Página 1 dos resultados de 546 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Análise fatorial confirmatória através dos softwares R e Mplus

León, Daniela Andrea Droguett
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.31%
Nesta monografia apresentamos o trabalho desenvolvido com a finalidade de estudar a técnica de análise fatorial confirmatória (AFC) no que diz respeito à teoria e também a aplicação da técnica por meio computacional. São apresentados diversos conceitos e etapas da AFC, como por exemplo, a construção de diagramas de caminhos, conceito e diferenciação de variáveis latentes e observáveis, identificação e processo de modelagem estatística, estimação dos parâmetros, entre outros. Para tal. realizou-se uma revisão na literatura e foram desenvolvidos dois tutoriais: um mediante utilização do software R e outro mediante o software Mplus, este último com um estimador enfocado em variáveis categóricas (WLSMV). Foi apresentado uma aplicação e resultados da AFC para a validação de um instrumento de medida (com escala ordinal) nos dois softwares acima citados provenientes de uma pesquisa real. Também, foi avaliado o desempenho de ambos os softwares a fim de ressaltar similaridades, diferenças e limitações de cada um.

Análise do impacto de conjunções de comunidades virtuais de prática na aprendizagem e na (re)construção da prática; Analysis the impact of conjunctions of virtual communities of practice in learning and (re)construction of practice

Mariana da Rocha Corrêa Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.34%
Este trabalho descreve uma pesquisa quantitativa e qualitativa que investiga a percepção de alunos sobre possíveis influências de "Conjunções de Comunidades Virtuais de Prática" sobre seu processo de formação e sua prática. Essas conjunções visam o compartilhamento de conhecimento, o suporte à prática e a interação entre os membros de comunidades virtuais de prática. O levantamento bibliográfico sobre as características e aspectos do funcionamento de comunidades virtuais de prática e constelações de comunidades de prática possibilitou o desenvolvimento de uma metodologia voltada ao estabelecimento de Conjunções de Comunidades Virtuais de Prática e a elaboração de um instrumento que foi aplicado com os alunos do Curso de Especialização em Gestão Pública e Sociedade, um curso semipresencial que utilizou o ambiente TelEduc como suporte às aulas presenciais. Os dados obtidos foram submetidos à Análise Fatorial Confirmatória (Modelagem de Equações Estruturais), possibilitando a criação de um modelo que mostra como as variáveis ou indicadores se compõem e a correlação entre eles. Com isso, foi possível perceber uma forte relação entre os constructos ASP PEDAGÓGICOS e ASP TECNOLÓGICOS que se relacionaram para possibilitar o desenvolvimento do constructo ASP SOCIAIS no curso...

Análise da dependência espacial da mobilidade urbana do idoso : aplicação aos dados da pesquisa domiciliar de 2007 da região metropolitana de São Paulo

Barbosa, Rosana Rodrigues
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.09%
Sabe-se. na prática, que a maior ou menor restrição à mobilidade urbana vincula-se às condições da configuração espacial da cidade, à disposição das redes de transporte, às tecnologias dos meios disponíveis e à organização de rotas de transporte público. Tais parâmetros trazem consigo a necessidade de considerar a espacialidade na análise da mobilidade urbana, além dos fatores comportamentais já conhecidos na literatura. Com o aumento da população idosa nas grandes cidades brasileiras, a mobilidade urbana tem se tomado um tema crucial no desenvolvimento urbano, pois além de afetar a qualidade de vida dos moradores, a falta da mobilidade leva ao aumento da exclusão social. Desta forma, o objetivo da pesquisa foi desenvolver uma metodologia que caracterize a dependência espacial dos padrões de mobilidade urbana do idoso. O método utilizado é a identificação de clusters espaciais por meio do índice e mapas de Moran e ainda, a análise confirmatória através da regressão geograficamente ponderada, de modo a explicar a formação de padrões e sua relação com a localização geográfica. Os dados para as análises foram indicadores socioeconômicos (proporção de idosos, renda) e indicadores de viagem (frequência de viagens diárias...

Análise Fatorial Confirmatória da Prova de Avaliação de Competência Social face à Carreira.

Pinto, J.; Taveira, M. C.; Candeias, A. A.; Araújo, A.
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.31%
A competência social diz respeito à forma como as pessoas percebem e atuam face a uma variedade de situações sociais. Este estudo avalia as características métricas da Prova de Avaliação de Competência Social face à Carreira (PACS-Car). Participaram 572 adolescentes (M=13,28 anos; DP=0,59), do 8º ano de escolaridade de escolas portuguesas. Os resultados da Análise Fatorial Confi rmatória apontam para uma solução fatorial constituída por oito fatores. Os índices globais de adequação registados para o modelo são bastante robustos, comprovando a sua qualidade no ajustamento aos dados empíricos (X 2 1 /gl=4,097, CFI=0,895, GFI=0,851, RMSEA=0,079). Estes resultados estimulam ao desenvolvimento de pesquisa e intervenções que abordem as competências sociais para a promoção de comportamentos socialmente inteligentes de adaptação, progresso, e sucesso de carreira dos jovens.

Escala de Sentimento de Competência Parental: Análise confirmatória do modelo de medida numa amostra de pais portugueses

Ferreira, Bruno; Veríssimo, Manuela; Santos, António José; Fernandes, Carla; Cardoso, Jordana Pinto
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.44%
A Competência Parental é uma das auto-percepções parentais mais estudadas no âmbito do estudo das cognições parentais com implicações no comportamento parental, nas interacções pais-crianças e no desenvolvimento e comportamento dos filhos. Neste domínio, a Escala de Sentimento de Competência Parental é amplamente utilizada no estudo da eficácia parental e na avaliação de consequências de intervenções na parentalidade. Contudo, diversos estudos têm reportado soluções factoriais distintas, levantando um debate sobre a natureza conceptual e as propriedades psicométricas da medida. Neste estudo, avalia-se através de Análise Factorial Confirmatória (MEE) o ajustamento do modelo de medida da ESCP numa amostra de pais portugueses (n=236). Os resultados mostram que a solução de 3 factores Satisfação, Eficácia e Interesse, revelou melhor ajustamento global e melhor fiabilidade compósita, validade convergente e divergente. Na globalidade, os resultados sustentam a validade discriminatória entre os construtos Satisfação, Eficácia e Interesse e a ideia de que as percepções de competência parental abrangem múltiplos componentes cognitivos modulares e interligados, mas com fontes de variação independentes e origens distintas.; ABSTRACT: Within the field of parenting cognitions...

Análise fatorial confirmatória do modelo do Questionário da Qualidade da Amizade numa amostra de jovens adolescentes portuguesa

Freitas, Miguel; Santos, António José; Correia, João Carlos Verdelho; Ribeiro, Olívia; Fernandes, Eulália
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.44%
O Friendship Quality Questionnaire (Parker & Asher, 1993) é um instrumento que avalia a percepção que os jovens têm dos aspectos qualitativos das suas relações de amizade, concretamente em seis dimensões: Companheirismo e Recreação, Validação e Cuidado, Ajuda e Orientação, Partilha de Intimidade, Conflito e Traição, Resolução de Conflito. O objectivo deste trabalho é testar a estrutura fatorial do Friendship Quality Questionnaire (F.Q.Q.), numa amostra de 1068 jovens adolescentes portugueses, com idades entre os 10 e os 15 anos de idade. Realizou-se uma Análise Fatorial Confirmatória à estrutura hexafatorial proposta pelos autores, tendo-se concluído que o modelo final simplificado apresenta a melhor qualidade de ajustamento.; ABSTRACT: The Friendship Quality Questionnaire (Parker & Asher, 1993) assesses adolescents’ perceptions of their friendships’ qualitative features, on 6 concrete dimensions: companionship and recreation, validation and caring, help and guidance, intimate disclosure, conflict and betrayal, and conflict resolution. This study’s goal is to test the Friendship Quality Questionnaire (FQQ) factor structure, on a sample of 1068 Portuguese young adolescents, aged from 10 to 15 years old. A Confirmatory Factor Analysis was performed on the 6 factor structure suggested by the authors and the simplified final model presented better fit.

Análise confirmatória fatorial de uma versão portuguesa do Questionário de Agressividade de Buss-Perry

Cunha, Olga; Gonçalves, Rui Abrunhosa
Fonte: ISPA - Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: ISPA - Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.49%
Buss e Perry (1992) desenvolveram um instrumento composto por 29 itens para avaliar comporta - mentos agressivos, o Questionário de Agressividade de Buss-Perry (AQ). Neste estudo analisaram-se a estrutura fatorial e as propriedades psicométricas de uma versão portuguesa deste Questionário numa amostra de 633 estudantes do Norte de Portugal. A análise fatorial exploratória confirmou a estrutura fatorial de quatro fatores definida por Buss e Perry (1992): agressividade física, agressi - vidade verbal, raiva e hostilidade. A escala evidenciou boa consistência interna, com exceção do fator agressividade verbal. Na análise confirmatória verificou-se uma replicação moderada dos fatores agressividade física, raiva e hostilidade e uma modesta replicabilidade da agressividade verbal. O instrumento evidencia igualmente uma boa capacidade discriminante, verificando-se diferenças entre os sexos, com exceção da hostilidade. Os resultados foram discutidos com base na utilidade do AQ para a prática clínica e forense.; Buss and Perry (1992) developed a questionnaire composed by 29 items to evaluate aggressive behaviours, the Buss-Perry Aggression Questionnaire (AQ). In this study we analysed the factorial structure and psychometric properties of a Portuguese version of the AQ in a sample of 633 students from the North of Portugal. Factorial analysis confirmed the Buss and Perry (1992) four-factor structure: physical aggression...

Análise do WOM no contexto de um evento promocional inesperado

Moreira, Mafalda Reino da Costa Salgado
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 01/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.34%
A acção promocional inesperada promovida pela cadeia de supermercados Pingo Doce do dia 1 de Maio de 2012 foi o ponto de partida para a recolha de dados acerca do passa-­‐palavra (WOM) gerado por esta campanha. Assim, a presente dissertação analisa o WOM neste contexto específico, adaptando a escala de medida de WOM validada por Goyette et al. (2010), pretendendo também compreender os factores que o determinam. Através de análise factorial confirmatória foi possível validar a escala considerando três constituintes do WOM: a intensidade, a valência positiva e o conteúdo. Foi ainda possível concluir que o factor intensidade é o que tem um maior impacto no WOM, sendo a valência positiva o que tem menor peso factorial. A análise dos factores antecedentes ao WOM e das características individuais dos respondentes, realizada posteriormente, permitiu ainda verificar se grupos de respondentes diferentes tinham comportamentos de WOM diferentes. Assim, concluiu-­‐ se que os antecedentes ao WOM (forma de conhecimento da campanha, comportamento de ida à loja no dia da campanha e mudança da opinião geral acerca do Pingo Doce) têm grande importância para explicar o WOM, a sua intensidade, a valência positiva e o seu conteúdo. Verificou-­‐se que diferentes grupos de respondentes têm valores significativamente diferentes relativamente a cada um destes factores latentes. Já no que toca às características individuais dos respondentes (género...

Análise fatorial confirmatória da escala de impacto do treinamento no trabalho

Pilati,Ronaldo; Abbad,Gardênia
Fonte: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Publicador: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.31%
Impacto do treinamento no trabalho é o principal indicador da efetividade de ações de treinamento no nível individual. Nos modelos de avaliação de treinamento impacto é um indicador de mudança do comportamento no cargo. A delimitação de conceitos similares, como transferência de aprendizagem, e o teste desses construtos tornam-se relevantes para a pesquisa na área. Este estudo tem como objetivo testar a estrutura empírica de um instrumento de impacto do treinamento no trabalho por meio de modelagem por equações estruturais. Participaram do estudo 2.966 funcionários de sete organizações, divididos em três sub-amostras. Os resultados das análises sugeriram re-especificações do modelo hipotético, e a análise cruzada da estrutura foi corroborada nas três sub-amostras. Desta forma, conclui-se que existe a necessidade de aprimoramento da medida. Entretanto, a proposta conceitual de impacto do treinamento no trabalho foi corroborada.

Clima organizacional: análise fatorial confirmatória de modelos de mensuração concorrentes

Kinpara,Daniel Ioshiteru; Laros,Jacob Arie
Fonte: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Publicador: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
O objetivo deste trabalho foi verificar qual modelo de mensuração para a Escala Clima Organizacional (ECO) ajusta-se melhor aos dados. Quatro modelos concorrentes foram comparados: 1) o modelo de sete fatores de Laros e Puente-Palacios; 2) um modelo de cinco fatores derivado do modelo anterior; 3) um modelo de seis fatores baseado na teoria de campo vital de Lewin; e 4) um modelo de três fatores baseado na teoria de motivação de McClelland. Foram analisados os dados de 9.901 respondentes da ECO. Os resultados de análise fatorial confirmatória indicaram o modelo de três fatores como o melhor. Todos os modelos mostram ajuste suficiente aos dados. Sugere-se que a escolha do modelo baseie-se na finalidade de uso da escala.

Análise confirmatória do Questionário de Satisfação do Atleta: versão Portuguesa

Borrego,Carla M. Chicau; Leitão,José Carlos; Alves,José; Silva,Carlos; Palmi,Joan
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.55%
O objectivo do estudo foi examinar as propriedades psicométrica da versão Portuguesa do Questionário de Satisfação do Atleta ([QSA/Athlete Satisfaction Questionnaire - ASQ], Riemer & Chelladurai, 1998), através da análise factorial confirmatória, uma vez que as características culturais e de idioma podem afectar a aplicação e interpretação do questionário. O QSA possui 14 dimensões, com 54 itens e visa avaliar a satisfação do atleta com a sua experiência desportiva. O modelo foi testado com uma amostra de 527 atletas de diferentes modalidades: basquetebol, andebol, futebol e voleibol, dos campeonatos nacionais e regionais de Portugal. Todos os factores apresentam elevados coeficientes de consistência interna, com valores de alpha de Cronbach entre a=0,70 e a =0,94. De uma forma geral os valores dos indicadores globais de ajustamento do modelo observado, resultantes da análise factorial confirmatória (robustos TLI/NNFI=0,93, CFI=0,93 e do IFI=0,93, RMSEA=0,042 (0,039 - 0,044 e o índice SRMR=0,05) expressam a sua qualidade. Assim, os resultados sugerem que a avaliação da satisfação do atleta nas diversas facetas consideradas relevantes para a sua experiencia desportiva, parece poder ser realizada em futuras pesquisas...

Análise fatorial confirmatória da prova de avaliação de competência social face à carreira

Pinto,Joana Carneiro; Taveira,Maria do Céu; Candeias,Adelinda; Araújo,Alexandra
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
A competência social diz respeito à forma como as pessoas percebem e atuam face a uma variedade de situações sociais. Este estudo avalia as características métricas da Prova de Avaliação de Competência Social face à Carreira (PACS-Car). Participaram 572 adolescentes (M=13,28 anos; DP=0,59), do 8º ano de escolaridade¹ de escolas portuguesas. Os resultados da Análise Fatorial Confirmatória apontam para uma solução fatorial constituída por oito fatores. Os índices globais de adequação registados para o modelo são bastante robustos, comprovando a sua qualidade no ajustamento aos dados empíricos (X²/gl=4,097, CFI=0,895, GFI=0,851, RMSEA=0,079). Estes resultados estimulam ao desenvolvimento de pesquisa e intervenções que abordem as competências sociais para a promoção de comportamentos socialmente inteligentes de adaptação, progresso, e sucesso de carreira dos jovens.

Percepção de apoio social na adolescência: análise fatorial confirmatória da escala Social Support Appraisals

Antunes,Cristina; Fontaine,Anne Marie
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
Durante a adolescência, a percepção de apoio social parece estar relacionada com o ajustamento psicossocial do adolescente e com o processo de desenvolvimento da sua auto-estima e da sua identidade. Este estudo aprecia algumas das qualidades psicométricas de um instrumento construído por Vaux para avaliar a percepção dos adolescentes do apoio emocional recebido da família, dos amigos e dos professores, o Social Support Appraisal (SSA). A sua consistência interna em estudantes portugueses do 7º ao 12º ano de escolaridade é satisfatória e melhora com a progressão na escolaridade. A sua estrutura, evidenciada graças ao recurso à técnica de modelação de estruturas covariantes (análise fatorial confirmatória, com o programa EQS, Bentler) revelou-se multidimensional e hierárquica, formada por um fator de segunda ordem e por três fatores de primeira ordem, que diferenciam a percepção de apoio social dos amigos, dos professores e da família.

Contribuições da Análise Fatorial Confirmatória Multigrupo (AFCMG) na avaliação de invariância de instrumentos psicométricos

Damásio,Bruno Figueiredo
Fonte: Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia Publicador: Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
A Análise Fatorial Confirmatória Multigrupo (AFCMG) é uma técnica da modelagem de equações estruturais que avalia em que medida a configuração e os parâmetros de determinado instrumento psicométrico são invariantes (equivalentes) para diferentes grupos. Tal técnica tem se apresentado como um importante recurso no desenvolvimento, no uso, na avaliação e no refinamento de instrumentos psicométricos. Entretanto, no Brasil há enorme escassez de publicações sobre o tema. Assim, o presente estudo discute a AFCMG, apresentando suas potencialidades. Ao longo do artigo três grandes tópicos são abordados: os diferentes modelos a serem testados, a invariância completa versus a invariância parcial, e os métodos de avaliação de invariância dos modelos. Espera-se que esta leitura auxilie pesquisadores na compreensão, na interpretação e no uso da AFCMG.

Análise Fatorial Confirmatória do Instrumento de Avaliação Neuropsicológica Breve Infantil - NEUPSILIN - Inf

Salles,Jerusa Fumagalli de; Sbicigo,Juliana Burges; Machado,Wagner de Lara; Miranda,Monica Carolina; Fonseca,Rochele Paz
Fonte: Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia Publicador: Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.31%
Examinou-se a estrutura interna do Instrumento de Avaliação Neuropsicológica Breve Infantil - NEUPSILIN-Inf através de Análise Fatorial Confirmatória (AFC). Participaram do estudo 840 crianças (421 da cidade de São Paulo, 419 de Porto Alegre, Rio Grande do Sul), com idades entre seis e 12 anos (M=8,98, DP=1,98), entre a primeira e a sexta série do ensino fundamental, de escolas públicas e privadas. Modelos teórico-hipotéticos foram testados considerando-se a organização original do instrumento e a literatura neuropsicológica. Verificou-se adequação empírica de cinco dos sete modelos inicialmente hipotetizados: praxias construtivas, memória verbal, memória episódica e semântica, processamento visual e desempenho acadêmico. Contrariando as hipóteses, linguagem ajustou-se em um modelo unifatorial, enquanto memória de trabalho, atenção e funções executivas foram mais bem explicadas por um modelo de dois fatores correlacionados. Concluiu-se que o NEUPSILIN-Inf apresenta evidência de validade de estrutura interna e pode ser utilizado na avaliação neuropsicológica de crianças para examinar esses grupos de componentes neurocognitivos.

Análise fatorial confirmatória do Exercise Motivation Inventory-2 (EMI-2) e validação de uma versão reduzida

Baptista, Pedro
Fonte: Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.51%
Projeto de Investigação apresentado para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia do Desporto e do Exercício; Resumo geral Esta tese centra-se na validação de instrumentos para análise dos motivos para a prática de exercício físico e divide-se em dois estudos com um seguimento lógico de organização entre eles. O primeiro estudo centra-se na necessidade de validação do Exercise Motivation Invetory 2, onde é elaborada uma Análise Fatorial Confirmatória que pretende determinar se este questionário preenche todos os requisitos para que possa ser aplicado na população portuguesa. Para que este processo se pudesse suceder foi necessário recorrer a utilização de programas específicos e a procedimentos estatísticos avançados específicos numa amostra bastante larga. No seguimento do primeiro estudo, surge o segundo estudo que pretende fazer uma redução do EMI-2p. Visto que o instrumento se encontra validado, ocorre uma nova preocupação, o fato deste ter um vasto número de itens cria, assim, a necessidade selecionar os itens com pesos fatoriais mais fortes dentro dos catorze fatores, fazendo assim com que a estrutura original se mantenha. Este processo foi possível através de uma Análise Fatorial Exploratória...

Análise Fatorial Confirmatória e Normatização da Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS)

Faro,André
Fonte: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Publicador: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
RESUMOOs principais objetivos deste estudo foram realizar a análise fatorial confirmatória da Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS) e conduzir análises de curvas ROC para a normatização de seus pontos de corte, em uma amostra não-clínica. Os resultados exibiram evidências de validade estrutural da HADS e foram propostas mudanças para os parâmetros diagnósticos da ansiedade (≥7 pontos) e depressão (≥6 pontos). Ao final, destaca-se a necessidade de cautela na interpretação dos escores e decisão diagnóstica, principalmente na mensuração da depressão.

Percepção de apoio social na adolescência: análise fatorial confirmatória da escala Social Support Appraisals; Social support appraisals during adolescence: a confirmatory factor analysis of the Social Support Appraisals scale

Antunes, Cristina; Fontaine, Anne Marie
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2005 POR
Relevância na Pesquisa
36.44%
Durante a adolescência, a percepção de apoio social parece estar relacionada com o ajustamento psicossocial do adolescente e com o processo de desenvolvimento da sua auto-estima e da sua identidade. Este estudo aprecia algumas das qualidades psicométricas de um instrumento construído por Vaux para avaliar a percepção dos adolescentes do apoio emocional recebido da família, dos amigos e dos professores, o Social Support Appraisal (SSA). A sua consistência interna em estudantes portugueses do 7º ao 12º ano de escolaridade é satisfatória e melhora com a progressão na escolaridade. A sua estrutura, evidenciada graças ao recurso à técnica de modelação de estruturas covariantes (análise fatorial confirmatória, com o programa EQS, Bentler) revelou-se multidimensional e hierárquica, formada por um fator de segunda ordem e por três fatores de primeira ordem, que diferenciam a percepção de apoio social dos amigos, dos professores e da família.; Social support has been studied as an important variable, related to several aspects of Human behaviour and psychological well-being. During adolescence, the perception of support from the most important network resources - such as family, peers and teachers - seems to be related to the children's psychosocial adjustment...

Confirmatory factor analysis of the portuguese Depression Anxiety Stress Scales-21; Análisis factorial confirmatoria de la versión portuguesa de la Depression Anxiety Stress Scale-21; Análise fatorial confirmatória da versão portuguesa da Depression Anxiety Stress Scale-21

Apóstolo, João Luís Alves; Tanner, Barry Allen; Arfken, Cynthia Lee
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2012 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
36.52%
To determine which of three published models best characterizes the factor structure of the Portuguese version of the Depression Anxiety Stress Scales-21 and to assess its validity and reliability. Confirmatory factor analysis of Depression Anxiety and Stress Scale-21 for 1,297 adult, primary care outpatients (66.7% female, Mage = 48.57 years) comparing 3 models. The relationship between the Depression Anxiety Stress Scales-21 and the Positive and Negative Affect Schedule was analyzed. The correlated 3-factor model fit the data best. The scale demonstrated good internal consistency, with alpha scores of the subscales ranging from 0.836 to 0.897. Correlation with the Positive and Negative Affect Schedule was positive and moderate with the negative affect scale; it was negative and limited with the positive affect. These findings support the correlated 3-factor structure. The test demonstrated adequate reliability and construct validity, which supports its use for screening in primary care settings with Portuguese speakers.; El objetivo de este estudio fue determinar cual de los tres modelos publicados mejor caracteriza la estructura factorial de la versión portuguesa de la Depression Anxiety Stress Scale-21 (DASS-21) y evaluar su validez y confiabilidad. Se compararon los tres modelos a través de análisis factorial confirmatoria de la DASS-21...

Analise factorial confirmatória da versão portuguesa do CSAI-2

Coelho,Eduarda Maria; Vasconcelos-Raposo,José; Fernandes,Helder Miguel
Fonte: Edições Desafio Singular Publicador: Edições Desafio Singular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
O objectivo deste estudo foi avaliar a estrutura factorial da versão portuguesa do CSAI-2, utilizando várias estruturas propostas em estudos anteriores, através da análise factorial confirmatória (AFC) em duas amostras distintas (uma de calibração e uma de validação). A amostra de calibração foi constituída por 287 alunos da licenciatura em Educação Física e Desporto e a amostra de validação foi constituída por 323 atletas de desportos individuais. Os resultados da AFC realizada à estrutura original demonstraram uma inadequabilidade do modelo. As outras estruturas propostas por outros autores também foram analisadas e apresentaram índices de adequabilidade superiores, embora ainda não aceitáveis. O novo modelo que propomos, sem a escala de activação, revelou um ajustamento adequado para a amostra de calibração, sendo validada a sua adequabilidade pela segunda amostra (X²/df= 2,645, CFI= 0,916, GFI= 0,871 e RMSEA= 0,074). É sugerida a utilização deste novo modelo, em vez do original, na avaliação da ocorrência de pensamentos negativos, composto por duas escalas correlacionadas (negativismo e autoconfiança), e a continuação da verificação das propriedades psicométricas em investigações futuras.