Página 1 dos resultados de 45 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

A mudança na cultura - identidade, interculturalidade e hibridação cultural 

Bastos, José Gabriel Pereira
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
16.72%
Para todos aqueles que, em busca de uma segurança imaginárias, e agarram a grandes frases estabilizadoras, em que avulta a palavra civilização e, sobretudo, «civilização ocidental», ou «euro-americana» e, de algum modo se identificam ou promovem o «orgulho branco», o mundo, na sua história recente, tem-se mostrado muito mais instável e ingrato do que desejariam. Não que tenham abdicado desse projecto de «americanização» do mundo que eufemisticamente designam de «globalização», atrelando a velha Europa ao comboio americano, ou atirando a «nova Europa» contra a «velha Europa» e continuando a emitir pseudópodes, sob a forma de governos-fantoches que ensaiam controlar as zonas mais rentáveis ou geo-estratégicas do mundo nos diferentes continentes e oceanos. Não conseguiram, no entanto, entravar alguns processos que agora não conseguem controlar. A descoberta paralisante de que os seus «primitivos» ou «inferiores», internos ou externos, não só não os admiravam como até mesmo os odiavam, pôs fim ao mito fordiano do «melting pot», o qual supostamente tornaria em «americanos» os imigrantes de todo o mundo que acorriam ao novo Eldorado. Como se viu mais tarde, não havia «melting pot» algum, os afro-americanos...

Economia Global e a "Americanização" da cultura Latino-Americana.; The Global Economy and the 'Americanization" of Latin American Culture

Migliori Neto, João
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.71%
Existe um sem número de obras que tratam da Economia Global (ou Globalização), analisando-a quanto aos aspectos econômicos, sociais, culturais, etc. Neste trabalho, utilizando-se as teorias de Gramsci, Althusser e outros sobre os Aparelhos Coercitivos de Estado, os Aparelhos de Hegemonia (Gramsci), os Aparelhos Ideológicos de Estado (Althusser) e a Indústria Cultural, partiu-se para uma perspectiva de Estado Transnacional Ampliado, liderado pelos Estados Unidos da América com as inevitáveis conseqüências para os países Latino-Americanos, no que tange aos aspectos econômicos e culturais. A necessária resistência a esse processo é enfatizada como a única saída possível para a América Latina, se quiser manter sua identidade perante a chamada "Americanização" econômico-cultural.; There are innumerable works on the issue of the Global Economy (or Globalization), analyzing the theme from economic, social and cultural aspects, etc. This work uses the theories of Gramsci, Althusser and others of the Coercive Apparatus of the State, the Hegemonic Apparatus (Gramsci), the Ideological Apparatus of the State (Althusser) and the Cultural Industry to move towards the perspective of an Enlarged Transnational State led by the United States of America and its inevitable consequences for Latin American nations on both the economic and cultural levels. Necessary resistance to this process is stressed as the only possible way out for Latin America...

Representações da enfermagem na imprensa paulistana: a gazeta 1942-1945; Representations of nursing in press paulistana: the gazette 1942-1945

Mecone, Márcia Cristina da Cruz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
16.72%
Este estudo teve como objeto analisar as representações da enfermagem veiculadas pela imprensa paulistana no período de 1942-1945, anos em que o Brasil participou da Segunda Guerra Mundial junto ao Bloco dos Aliados. Foram estabelecidos como objetivos do estudo identificar na mídia impressa do período delimitado (1942-1945) os achados iconográficos, bem como os tipos de notícias que evidenciavam a enfermagem como pressuposto de uma estratégia política para constituição de um front interno na capital paulista; analisar e discutir o perfil da enfermeira representado na imprensa através da formação proposta pela Escola de Enfermagem da Cruz Vermelha Filial do Estado de São Paulo. Trata-se de um estudo descritivo, qualitativo, exploratório, embasado nos pressupostos da História-Social. O corpus documental do estudo foi o jornal A Gazeta dos anos 1942 a 1945, que veiculava na capital paulista. Para tanto, foram pesquisados documentos no Arquivo Público do Estado de São Paulo e na Biblioteca da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo, contemplando, também, a historiografia acerca do objeto. Reconhecendo que a imprensa trabalha com o conceito de verdade transitória, que reflete interesses político-ideológicos do período investigado...

Arquitetura moderna das escolas "S" paulistas, 1952-1968: projetar para a formação do trabalhador; Modern architecture of the "S" schools in Sao Paulo: projecting for labor worker

Ferraz, Artemis Rodrigues Fontana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
16.72%
A tese documenta e analisa a arquitetura das escolas paulistas dos três S, SENAI (Serviço Nacional da Aprendizagem Industrial), SESC (Serviço Social do Comércio) e SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), concebidas de 1952 a 1968. Tem o propósito de ampliar a perspectiva de análise da arquitetura moderna brasileira, especialmente projetada para a formação do trabalhador. Consciente da atuação de âmbito nacional dos S, criados na década de 1940, a pesquisa abrange as escolas projetadas em todo o estado de São Paulo, a região mais industrializada do Brasil. Para melhor compreender a história social das obras analisadas, houve pesquisa documental e bibliográfica, aprofundando a leitura projetual das escolas investigadas. Durante as décadas de 1950 e 1960, há um processo de aceleração da industrialização brasileira, não por acaso, acompanhada por uma era de ouro da construção de escolas dos três serviços. Tanto na pedagogia quanto na arquitetura, buscava-se a modernização. O trabalho evidencia a atualização dos profissionais brasileiros quanto aos requisitos colocados pelo paradigma técnico-econômico (americanização) que então se difundia por todo o mundo, assim como, as possibilidades de democratização que foram exploradas no campo pedagógico (Progressive School). No entanto...

A distância entre as Américas: uma leitura do Pan-americanismo nas primeiras décadas republicanas no Brasil (1889-1912); The distance between the Americas: a reading of Pan-amercanism in the early decades of the republic in Brazil (1889-1912)

Ré, Flávia Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
16.72%
Este trabalho procura analisar o processo de americanização republicana no Brasil, entre 1889 e 1912. Pretende-se assim, discutir as interpretações dos intelectuais brasileiros construídas em torno do tema do Pan-americanismo, assim como quais foram alguns dos argumentos que contribuíram para o estabelecimento de proximidades e de distanciamentos entre o Brasil e os Estados Unidos e entre o Brasil e os demais países latino-americanos nas primeiras décadas republicanas. Este procedimento possibilitou ainda, compreender as interpretações em torno dos temas raça e civilização, sendo analisadas através do debate intelectual do período no Brasil; This work is an attempt at analyzing the process of political alignment with America that took place in the first years of the Brazilian Republic between 1889 and 1912. Hence, it aims at investigating the interpretations built around the theme of Pan- Americanism by the Brazilian intellectuals of the time, providing a better understanding of the arguments that contributed to the justification of proximities and distances between Brazil and the United States, as well as among Brazil and the other Latin American countries in the first decades of the Republic. This procedure has also enabled a better insight into the then current interpretations encompassing the themes of race and civilization taking place in the intellectual debate of the period in Brazil.

Desenvolviment(ism)o, descolonialidade e a geo-história da administração no Brasil: a atuação da CEPAL e do ISEB como instituições de ensino e pesquisa em nível de pós-graduação

Wanderley, Sergio Eduardo de Pinho Velho
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
17.71%
O objetivo desta tese é investigar a atuação da Comissão Econômica para a América Latina (CEPAL) e do Instituto Superior de Estudos Brasileiros (ISEB) na história da educação em administração no Brasil. Esta tese partiu de uma metodologia historiográfica consolidada na área, mas utilizou a abordagem descolonial para problematizar o termo história e, assim, propor uma nova agenda de pesquisa. A importação de temas de pesquisa historiográfica como americanização e Guerra Fria provoca um mimetismo de agendas de investigação e termina por subalternizar outros eventos locais que contribuíram para a historiografia da administração. A investigação geo-histórica desta tese é feita a partir da interação entre dois conceitos de desenvolviment(ism)o – o que emerge a partir da realidade da América Latina e o que é recebido de fora via americanização – que ora se aproximam, ora se afastam, e que estão inseridos na long durée da modernidade/colonialidade da América Latina. A busca pela ciência da administração se iniciou, no Brasil, vinculada ao processo de modernização e desenvolvimento do país, que levou à criação, durante a década de 1950, das primeiras escolas de ensino de graduação em administração e dos cursos objetos desta tese...

A Guerra Hispano-Americana (1898) na imprensa brasileira e sua relação com o processo de americanização das relações internacionais do Brasil

Dellazari, Ricardo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.72%

A cultura norte-americana como um instrumento do soft power dos Estados Unidos: o caso do Brasil durante a política de boa vizinhança

Galdioli, Andreza da Silva
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 147 f.
POR
Relevância na Pesquisa
16.72%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Relações Internacionais (UNESP - UNICAMP - PUC-SP) - FFC; A Política da Boa Vizinhança, lançada no governo Presidente Franklin Delano Roosevelt (1933-1945), sinaliza uma reorientação da política externa norte-americana para a América Latina. A postura agressiva dos Estados Unidos em suas relações com a região sul do continente americano desde o início do século XX mostrou-se contraproducente aos objetivos norte-americanos naquela área, especialmente considerando-se a crescente influência que a Alemanha nazista exercia entre os latinoamericanos. Nesse contexto, tomamos o caso brasileiro para demonstrar de que forma os Estados Unidos abandonam uma postura diplomática baseada no hard power (poder duro) e adotaram uma linha mais soft (branda) em sua política externa para a América Latina. Nesse sentido, busca-se, por meio desta pesquisa, apresentar a cultura norteamericana como um instrumento de poder dos Estados Unidos em suas relações com o Brasil à época da Segunda Guerra Mundial.; The Good Neighbor’s Policy, released in Franklin Delano Roosevelt’s government (1933-1945), sinalizes a new orientation in North American foreign policy for Latin America. The aggressive posture of the United States...

Americanização no condicional: brasil nos anos 40

Tota, Antonio Pedro
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.71%
O objetivo deste artigo é demonstrar as origens do processo do que pode se chamar de americanização da sociedade brasileira. Através de programas de rádio, do cinema, dos cartoons e outras manifestações culturais, o Office of the Coordinator of Inter American Affairs tratou de disseminar uma imagem favorável dos Estados Unidos no Brasil para garantir a unidade pan-americana na luta contra o Eixo.; The main issue of this paper is to demonstrate the roots of a process that can be called the americanization of the Brazilian society. Through radio programmes, movies, cartoons and any other cultural manifestation, the Office of the Coordinator of Inter American Affairs succeeded in spreading a very good image of the USA in Brazil so that it could have the Pan-American union-against the Axis.

Censura e modernização cultural à época da ditadura

Franco, Renato
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
16.72%
Este ensaio analisa, por um lado, os significados do uso da censura durante a ditadura militar - particularmente entre a edição do AI-5, em 1968, e o início do processo de abertura política, a partir de 1975. De forma (presumivelmente) pioneira, busca estabelecer relações entre o uso da censura, a modernização cultural e a tendência para a internacionalização (ou americanização?) da vida cultural. Por outro lado, tenta esclarecer como o romance reagiu à censura.; This essay analizes, at one hand, the meanings of the use of the censorship during the military dictatorship - specially between 1968 and 1975. In a (presumably) pioneer approach, it intends to establish relationships between the use of the censorship, the modernization of culture and the inclination to the globalization (or americanization?) of the cultural life. At the other hand, it intends to clear the issue of how the novel reacted to the censorship.

A diplomacia da americanização de Salvador de Mendonça (1889-1898)

Pereira, Gabriel Terra
Fonte: Cultura Acadêmica Publicador: Cultura Acadêmica
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
27.71%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em História - FCHS; A transição da Monarquia para a República no Brasil foi cercada de conturbados eventos no plano interno, em razão do vazio de poder decorrente das instituições decaídas, e no plano externo, eleito como ponto de referência e de legitimidade para a boa condução do país. Partindo do pressuposto de que havia porosidade entre a política interna e a política externa, a diplomacia exerceu alta influência nos acontecimentos domésticos nacionais, referendando principalmente o relacionamento com os Estados Unidos como o ponto de apoio à instável política interna. O maior representante dessa linha de atuação foi Salvador de Mendonça, diplomata do Brasil nos Estados Unidos. Americanista convicto, ele diplomata trabalhou pela aproximação - leia-se americanização - do Brasil, intervindo em três ocasiões: na Conferência Americana de 1889-1890 em Washington, na assinatura do Tratado de Reciprocidade Comercial de 1891 e durante a Revolta da Armada no Rio de Janeiro em 1893-1894. Fundamentando a pesquisa em sua na correspondência diplomática, o autor desta obra mostra a importância da atuação de Salvador de Mendonça na aproximação com os Estados Unidos...

Entre a diplomacia e a historiografia: a visão de mundo de Hélio Lobo (1908-1939)

Pereira, Gabriel Terra
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 222 f.
POR
Relevância na Pesquisa
17.37%
Pós-graduação em História - FCHS; In the context of republicanization institutions and political actors in Brazil in the late nineteenth and early twentieth century, Brazilian diplomacy, led by reforms in the management of Rio Branco, intensified the process of Americanization, represented by the progressive approach to the countries of continent, notably the United States. Hélio Lobo (1883-1960), elected by the Chancellor in the wake of renewed frameworks of the Foreign Ministry, was an exponent of the policy of Americanization to work for political and legal understanding of American States on several occasions, such as the American Conference (1910 and 1923) and consulates in New York (1920-1926) and Montevideo (1926-1930). In parallel, the diplomat said the elaborate works of historical character, focusing on the Brazilian diplomacy and origin of Pan-Americanism throughout the nineteenth century. The dedication to this career and compliments the White River as the savior and representative of the golden age of Brazilian diplomacy, enabled him recognition necessary to join the IHGB and ABL, traditional strongholds of Brazilian intellectuals and where may publish new studies focused on the defense of Brazil. It is understood that Hélio Lobo was deeply committed to diplomacy oligarchies...

O debate marxista contemporâneo sobre capitalismo e império americano; The contemporary marxist debate on capitalism and american empire

Fábio de Vasconcellos Aquino
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.72%
Ciclos Hegemônicos, imperialismo e relação dos Estados com a expansão nacional e internacional do capitalismo sempre foram temas caros à História Econômica. Partimos da hipótese de que a crise econômica iniciada em 2007 tem seus determinantes principais tanto nas contradições imanentes do capital quanto nas transformações ocorridas a partir dos anos 70 no seio da economia política capitalista, ou seja, na articulação entre política e leis imanentes do capital. O objetivo do trabalho é a análise do debate contemporâneo sobre capitalismo e imperialismo a partir de uma revisão bibliográfica marxista. Especificamente procuramos observar como o poder global americano erigido no imediato pós-guerra se renova depois dos anos 70, permanecendo até hoje por uma hegemonia expressa na sua tutela sobre a financeirização, colocada em questão pela crise atual. No primeiro capítulo passamos por uma breve etapa conceitual sobre o capital fictício e uma revisitação ao debate clássico sobre capitalismo e imperialismo. No segundo capítulo, colocamos em debate as posições de Brenner, Panitch e Gindin, Konings, Arrighi, Wallerstein, Callinicos e por fim Gowan. A leitura dos autores teve como guia a questão da causalidade da crise dos anos 1970; a dinâmica da economia política internacional...

American popular culture and the lifestyle of Portuguese teenagers

Gomes, Isabel Cristina de Oliveira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
ENG
Relevância na Pesquisa
16.72%
A globalização, proliferação dos média e a predominância da língua Inglesa no mundo permitem mergulhar numa viagem virtual e instantânea a diversas culturas, e com particular incidência na cultura Americana, o que necessariamente exporá os jovens a imagens e representações desta cultura. O presente estudo pretende olhar para este fenómeno através de um estudo aos jovens Portugueses. Tem como objectivos aferir as representações da cultura americana entre os jovens Portugueses e o modo como esta cultura é entendida pelos jovens, assim como o seu impacto no estilo de vida dos jovens. E as conclusões foram de que os jovens estão subjugados pelas novas tecnologias e escolhem maioritariamente entretenimento e informação em fontes com base na cultura Americana, que é conotada com o progresso e a modernidade. O estilo de vida dos jovens Portugueses sofre o impacto deste fenómeno quase hegemónico enraizando na sua identidade laivos de americanização. ABSTRACT: Globalization, the proliferation of the media and the predominance of the English language permit a virtual and instantaneous journey into real cultures, and particularly into the American culture, and this will necessarily expose teenagers to images and representations of that culture. This dissertation presents a study of Portuguese teenagers which is centred on these issues. The study aims to assess the representations of American popular culture among Portuguese teenagers as well as its impact on their lifestyle. And it concludes that...

Latino-americanização da Europa

Moisés Naím
Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.72%

Uma escola Norte-Americana no Ultramar?: uma historiografia da EAESP

Alcadipani,Rafael; Bertero,Carlos Osmar
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.71%
O ensino de Administração desenvolvido nos Estados Unidos da América (EUA) ganhou proeminência internacional após a Segunda Guerra Mundial, levando diversos autores a analisar esse processo como americanização. Partindo da discordância dos autores com relação à americanização do ensino de gestão, o objetivo deste artigo é analisar como a EAESP não se constituiu como mera cópia das escolas norte-americanas de Administração em terras brasileiras. Para tanto, com base em depoimentos de figuras proeminentes na história da escola e relatórios enviados por professores da Missão Universitária que deu início a ela, desenvolvemos uma historiografia da FGV-EAESP e, ao final, concluímos que a escola é uma instituição híbrida, na qual o modelo dos EUA foi adequadoà realidade brasileira.

A industrialização das editoras e dos livros didáticos nos Estados Unidos (do século XIX ao começo do século XX)

Warde,Mirian Jorge
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
17.37%
Este artigo examina a implantação da indústria do livro didático nos Estados Unidos a partir da terceira década do século XIX. Nos anos 20 daquele século, editoras sediadas na cidade de Nova York e em Boston já haviam adquirido a capacidade de editar diferentes modalidades de livros didáticos, além de livrinhos para diversão das crianças, e vendê-los em regiões distantes do país, para o que tiveram a iniciativa de destacar funcionários com dedicação exclusiva. Em fins daquela década, o processo de produção sofisticou-se com a organização e o treinamento de equipes para a escrita especializada dos schoolbooks. No rastro dessas primeiras casas editoriais, outras se afirmaram, tornando-se potências nacionais e internacionais ao desempenharem papel decisivo tanto na americanização das enormes levas de imigrantes que chegaram ao país, desde meados do século XIX, quanto na americanização dos povos submetidos ao domínio militar ou econômico dos EUA.

Ensino superior em administração entre os anos 1940 e 1950: uma discussão a partir dos acordos de cooperação Brasil-Estados Unidos

Barros,Amon Narciso de; Carrieri,Alexandre de Pádua
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.37%
O presente trabalho tem como objetivo discutir o desenvolvimento dos cursos superiores em Administração no Brasil entre os anos 1940 e 1950 a partir dos acordos de cooperação entre Brasil e EUA. Inicialmente discutimos brevemente a metodologia utilizada para coleta dos dados e, em seguida, apresentamos uma discussão sobre as relações bilaterais entre os países. Posteriormente tecemos considerações sobre os cursos superiores em Administração que contaram com o apoio estadunidense, além de refletirmos sobre os próprios acordos. Concluímos que a dita "americanização" da Administração no Brasil tem raízes profundas e que, para que um saber mais autoconsciente seja construído e fortalecido, devemos refletir sobre a constituição da própria área, sobre como as influências de modelos estrangeiros são recebidas e articuladas. Por fim, sugerimos que futuras pesquisas poderiam aprofundar as discussões realizadas, ao fazer estudos específicos sobre a história dos cursos superiores em Administração brasileiros, especialmente os que participaram de acordos com outras instituições.

Americanização no Brasil e na Alemanha: uma proposta de interpretação através dos grupos de pressão de O Cruzeiro e Der Spiegel (1947-1952)

Bammann, Kellen
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.71%
O presente trabalho trata sobre o processo de americanização na sociedade brasileira e na sociedade alemã entre os anos de 1947 e 1952. O processo de americanização é compreendido como o estudo da influência dos Estados Unidos nas práticas políticas, econômicas e culturais em outras sociedades. Dentro dessa perspectiva, o olhar atento a um grupo de indivíduos, reunido nos bastidores de dois periódicos, um brasileiro (O Cruzeiro) e outro alemão (Der Spiegel), proporcionou o caminho teórico-metodológico, que se revelou por meio do estudo dos “grupos de pressão”. Por meio do método comparativo, procurou-se compreender posicionamentos similares entre grupos distantes, desvendando-se o que levou os grupos de pressão de O Cruzeiro e Der Spiegel a “se americanizarem”.; This dissertation has as its main theme the process of insertion of American values at the Brazilian and German societies between 1947 and 1952. This process is understood as the study of the influence of the United States over the politics, economics and culture of foreign countries. Into that perspective, I focused on a selected group of individuals that pulled the strings at both publications, O Cruzeiro (Brazil) and Der Spiegel (Germany). This insight led the research to opt for the use of pressure groups as the main theoretical concept for this research. Throughout the establishment of a comparison between both publications was possible to analyze similarities and differences on the perspectives of the pressure groups in both countries and their feelings towards the americanization process.

A diplomacia da americanização de Salvador de Mendonça (1889-1898)

Fonte: Editora UNESP Publicador: Editora UNESP
Tipo: Livro Formato: pdf; epub
Publicado em //2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.71%
A transição da Monarquia para a República no Brasil foi cercada de conturbados eventos no plano interno, em razão do "vazio de poder" decorrente das instituições decaídas, e no plano externo, eleito como ponto de referência e de legitimidade para a boa condução do país. Partindo do pressuposto de que havia porosidade entre a política interna e a política externa, a diplomacia exerceu alta influência nos acontecimentos domésticos nacionais, referendando principalmente o relacionamento com os Estados Unidos como o ponto de apoio à instável política interna. O maior representante dessa linha de atuação foi Salvador de Mendonça, diplomata do Brasil nos Estados Unidos. Americanista convicto, ele diplomata trabalhou pela aproximação - leia-se americanização - do Brasil, intervindo em três ocasiões: na Conferência Americana de 1889-1890 em Washington, na assinatura do Tratado de Reciprocidade Comercial de 1891 e durante a Revolta da Armada no Rio de Janeiro em 1893-1894. Fundamentando a pesquisa em sua na correspondência diplomática, o autor desta obra mostra a importância da atuação de Salvador de Mendonça na aproximação com os Estados Unidos, processo que ao longo de quase uma década tornou sinônimas as idéias de republicanização e americanização da esfera política brasileira.