Página 1 dos resultados de 729 itens digitais encontrados em 0.061 segundos

Um método para avaliar a aquisição de conhecimento em ambientes virtuais de aprendizagem tridimensionais interativos.; A method to assess knowledge acquisition in interactive three-dimensional virtual learning environments.

Nunes, Eunice Pereira dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
146.24%
Com a popularização de ferramentas computacionais aplicadas ao ensino e o advento da Web 2.0, os Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVAs) evoluíram com os recursos proporcionados pelas tecnologias de Realidade Virtual (RV) e Realidade Aumentada (RA), surgindo os AVAs tridimensionais (3D), amplamente adotados em diversos domínios de conhecimento. Aliado a este avanço, o processo de aquisição de conhecimento em AVAs 3D tem sido alvo de pesquisas a fim de que tal aspecto seja considerado na concepção dos ambientes virtuais. Uma discussão que é delineada neste contexto se refere à contribuição que os AVAs 3D efetivamente oferecem para a aquisição de conhecimento do aprendiz e como é possível avaliar tal aprendizado. Estudos têm demonstrado que os métodos amplamente aplicados para avaliação da cognição nos AVAs 3D têm feito uso intensivo de preenchimento de questionários, aplicados fora dos AVAs. É possível perceber ainda que os instrumentos de avaliação aplicados nos AVAs 3D não incorporam no processo de avaliação as próprias tecnologias interativas disponíveis no ambiente. Sendo assim, o propósito inicial desta pesquisa é identificar o processo de aquisição de conhecimento nos AVAs 3D, como também os métodos existentes para avaliar se ocorre de fato a aquisição de conhecimento e em que grau ela ocorre. A partir deste estudo...

Unidades fraseológicas especializadas em tutoriais de ambientes virtuais de aprendizagem : proposta de um sistema classificatório com base na valência verbal

Santiago, Márcio Sales
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
116.31%
Esta tese objetiva descrever a constituição e o papel de unidades fraseológicas presentes em tutoriais de ambientes virtuais de aprendizagem da Educação a Distância (EAD). O surgimento do ensino-aprendizagem mediado por ambientes virtuais de aprendizagem na internet foi um marco para o domínio da EAD, em que pese a mudança conceitual de sua terminologia. Desse modo, percebeu-se que, a partir da inclusão do computador e da internet, a EAD passou a criar, a adaptar e a tomar de empréstimo termos e fraseologias específicas de áreas correlatas, principalmente da informática. A pesquisa se apoia nos fundamentos teóricos da Teoria de Valências, especialmente na classificação sintático-semântica dos verbos proposta por Borba (1996), bem como na Fraseologia Especializada, considerando a denominação de Cabré, Estopà e Lorente (1996) e as concepções de Gouadec (1994), Desmet (2002) e Bevilacqua (2004). Partiu-se do entendimento basilar que as unidades fraseológicas especializadas correspondem aos modos de expressão essenciais de uma dada área de especialidade, visto que têm a função de transmitir conhecimento especializado. O corpus da pesquisa é constituído de tutoriais de ambientes virtuais de aprendizagem. Cumpre salientar que estes textos objetivam primordialmente a instrumentalização de professores...

Características para colaboração, elaboração e edição em ambientes virtuais de aprendizagem em arquitetura e design

Suzuki, Vanessa
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xxiii, 135 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
116.28%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, Florianópolis, 2010; A utilização da tecnologia da informação e comunicação, tendo por foco os ambientes virtuais de aprendizagem colaborativos tem levado a encurtar distâncias no desenvolvimento de atividades que necessitam do contato síncrono com outras pessoas para a sua realização. Diante disso, mecanismos passaram a ser utilizados para interagir entre as diversas mídias a fim de proporcionar a integração com o ensino e aprendizagem através destes ambientes. Esta pesquisa tem o objetivo de identificar formas de colaboração, elaboração e edição em Ambientes Virtuais de Aprendizagem para Arquitetura e Design (AVA-AD). Foram analisados referenciais teóricos sobre o processo de ensino de projeto arquitetônico, tecnologias da informação e comunicação na aprendizagem, ferramentas de colaboração e ambientes virtuais colaborativos 3D que possam ser integrados ao processo de ensino e aprendizagem. Esta pesquisa caracteriza-se como exploratória e para se alcançar os objetivos são realizados levantamentos bibliográficos e a aplicação de um questionário específico para trabalhar o processo de arquitetura e design no AVA-AD. Ao fim é efetuada uma síntese das características desejáveis a um ambiente para aprendizagem colaborativa de arquitetura e design...

Ambientes virtuais de aprendizagem no contexto do ensino presencial : uma abordagem reflexiva

Lopes, António Marcelino; Gomes, Maria João
Fonte: Centro de Competência da Universidade do Minho Publicador: Centro de Competência da Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
136.27%
Com esta comunicação pretendemos partilhar algumas reflexões em torno da utilização de ambientes virtuais de aprendizagem no contexto do ensino presencial. Esta reflexão, para além de alicerçada em algumas fontes consultadas, terá por base a experiência vivenciada na Escola Secundária Póvoa de Lanhoso (E.S.P.L.) desde o final do ano lectivo de 2005/06. Na sequência da provação do projecto “Criação e dinamização de um ambiente virtual de aprendizagem” no âmbito do “1º Concurso de produção de conteúdos educativos”, dinamizado pela Equipa de Missão do CRIE, a Escola dispõe de uma plataforma virtual de aprendizagem que tem sido utilizada no contexto de diversas áreas disciplinares e curriculares, projectos de colaboração e apoio a actividades de gestão. Ao longo do processo de implementação e dinamização da plataforma de aprendizagem fomos registando dados sobre contextos de utilização, implicações pedagógicas na sala de aula, dificuldades de professores e alunos, modelos pedagógicos preconizados, tipos de actividades dinamizadas, papel assumido pelo professor, papel atribuído aos alunos, factores condicionantes, aspectos que mudaram nas aulas, práticas inovadoras, etc. Neste momento...

Ambientes virtuais de aprendizagem no ensino superior: comunicação (as)síncrona e interacção

Morais, Nídia; Cabrita, Isabel
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
136.31%
Com o presente artigo pretende-se realizar uma breve reflexão em torno da adopção de ambientes virtuais de aprendizagem em contextos de b-learning ao nível do ensino superior, dando especial atenção à comunicação e à interacção que neles ocorre. Com efeito, os ambientes virtuais de aprendizagem poderão constituir-se como soluções bastante interessantes, capazes de complementar o ensino presencial e de favorecer uma participação mais activa e autónoma do aluno durante o processo de aprendizagem, consonante com o espírito de Bolonha. Neste contexto, desenvolveu-se uma investigação em torno da adopção, complementar de sessões presenciais, de ambientes virtuais de aprendizagem num grupo de alunos do ensino superior politécnico. Os principais resultados obtidos permitem concluir positivamente sobre a utilização destes ambientes, sobretudo, pelas vantagens daí decorrentes a nível da interacção entre professores, alunos e destes entre si.

Ambientes virtuais de aprendizagem: comunicação (as)síncrona e interacção no ensino superior; Virtual learning environments: (as)synchronous communication and interaction in a higher education level

Morais, Nídia; Cabrita, Isabel
Fonte: CETAC.MEDIA Publicador: CETAC.MEDIA
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
126.25%
A adoção de ambientes virtuais de aprendizagem em contexto educativo tem vindo a mostrar um enorme potencial, sobretudo ao nível da comunicação e interação entre professores e alunos. Especificamente ao nível do ensino superior, e consonante com o espírito de Bolonha, estes ambientes virtuais ganham especial importância ao permitirem prolongar a aprendizagem muito para além do espaço e do tempo da aula. Neste sentido, considerou-se importante desenvolver um estudo em torno da adoção, complementar de sessões presenciais, de um ambiente virtual de aprendizagem num grupo de alunos do ensino superior politécnico. Os principais resultados obtidos apontam como vantajosa a utilização destes ambientes, sobretudo, pelas vantagens daí decorrentes a nível da interação entre professores, alunos e destes entre si, bem como a nível do acesso a conteúdos e serviços.; The adoption of virtual learning environments in education contexts has shown great potential, especially at a communication and interaction level between teachers and students. At a higher education level, and in accordance with the Bologna spirit, these virtual environments gain special importance by allowing the prolonging of learning beyond the classroom and the class period. Bearing this in mind...

A utilização de webquests em ambientes virtuais de aprendizagem colobarativa na formação profissional de jovens

Cunha, Rui Paulo Figueiredo da
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
136.2%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gestão de Sistemas de e-Learning; Este estudo deriva da necessidade de compreender melhor as potencialidades da metodologia WebQuest nas actividades formativas de cursos de formação profissional de jovens e teve como principal objectivo estudar o impacto da utilização da metodologia WebQuest em ambientes virtuais de aprendizagem colaborativa, na realização de actividades formativas em módulos técnicos de cursos de formação profissional de jovens. O trabalho debruçou-se num estudo de caso de 3 turmas de cursos de formação profissional de jovens, nos quais os formandos procederam à realização, em grupo e com o suporte de um Ambiente Virtual de Aprendizagem, de uma WebQuest de longo prazo que incluiu 4 tarefas baseadas em problemas reais da área do curso que frequentavam. No final, os formandos procederam ao preenchimento de um questionário, cujos dados revelaram um impacto positivo nos níveis de motivação e empenho dos formandos derivado do trabalho colaborativo na realização das tarefas da WebQuest, uma facilitação na aquisição e desenvolvimento de conhecimentos e competências técnicas, uma preferência generalizada pela metodologia WebQuest e a importância de um Ambiente Virtual de Aprendizagem para complementar a formação presencial. Os resultados obtidos revelam que...

Capacitação de bibliotecários com limitação visual pela educação a distância em ambientes virtuais de aprendizagem

Estabel,Lizandra Brasil; Moro,Eliane Lourdes da Silva
Fonte: IBICT Publicador: IBICT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
126.13%
Este artigo ressalta a importância da capacitação de bibliotecários, profissionais da informação, por meio da educação aberta e a distância (EAD) mediada por computador, sendo estes videntes ou pessoas com necessidades educacionais especiais (PNEEs) com limitação visual. Apresenta o curso Bibliotec II, realizado pelo DCI/Fabico/UFRGS, ministrado para bibliotecários e com a participação de dois profissionais PNEEs com limitação visual. Aborda temas relacionados à biblioteca escolar, à educação, à acessibilidade e à inclusão social, digital e profissional das PNEEs, e o bibliotecário como educador, sendo um mediador, junto com os professores e os alunos, no uso das TICs, nos processos de interação, colaboração, cooperação em ambientes virtuais de aprendizagem (AVAs).

Ambientes virtuais de aprendizagem: implicações epistemológicas

Paiva,Vera Menezes de O
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
146.26%
Este texto apresenta algumas visões epistemológicas - objetivismo, subjetivismo e experiencialismo -, em uma tentativa de compreender os conceitos de conhecimento e de aprendizagem subjacentes à construção de ambientes virtuais de aprendizagem. Apresenta, também, uma descrição de três plataformas de aprendizagem gratuitas - AulaNet, Moodle e TeleEduc - e enfatiza que outras ferramentas do internet pode ser adicionadas a esses ambientes educacionais virtuais, de forma a propiciar mais experiências de aprendizagem. Finalmente, conclui que o ambiente virtual retira os professores do palco da aprendizagem, pois eles também podem aprender com os alunos.

Educação a distância: possibilidades e desafios para a aprendizagem cooperativa em ambientes virtuais de aprendizagem

Scherer,Suely; Brito,Glaucia da Silva
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
116.29%
Este artigo é resultado de um estudo que teve por objetivo analisar possibilidades de aprendizagem cooperativa em ambientes virtuais de aprendizagem de disciplinas e cursos oferecidos na modalidade de Educação a Distância (EaD). O estudo foi realizado a partir da análise de registros em fóruns virtuais de disciplinas e cursos, apresentados em uma tese de doutorado e duas dissertações de mestrado. A análise dos dados foi orientada pelas pesquisas sobre aprendizagem cooperativa de Jean Piaget. O que se concluiu é que a vivência da aprendizagem cooperativa em ambientes virtuais depende de alguns fatores, dentre eles, a atitude de habitante do professor e do aluno. O habitante é aquele que aprende ao propor, questionar, se responsabilizando pelo ambiente, por sua aprendizagem e pela do grupo, ao realizar coordenações mentais externas e internas para a apreensão do objeto em estudo.

Avaliação em ambientes virtuais de aprendizagem

Laguardia,Josué; Portela,Margareth Crisóstomo; Vasconcellos,Miguel Murat
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
116.3%
A demanda por avaliações de projetos de aprendizagem virtual a distância tem requerido o emprego de conceitos e métodos que transcendem o campo exclusivo da Educação, destacando-se a multiplicidade de marcos teóricos e abordagens técnicas empregados nas estratégias avaliativas de aprendizagem online. A despeito da hegemonia dos métodos quantitativos na avaliação das tecnologias de informação e comunicação, o emprego de métodos qualitativos nas avaliações de ambientes virtuais tem crescido ao longo das duas últimas décadas. A combinação de métodos quali-quantitativos possibilita uma melhor compreensão dos fenômenos subjacentes ao uso das tecnologias para a aprendizagem online. Dado que a educação em ambientes virtuais refere-se a experiências de aprendizagem que utilizam recursos hipermidiáticos em ambientes apoiados por uma tecnologia de comunicação online, optou-se neste artigo enfocar alguns tópicos relativos à avaliação de tecnologias de informação e de aprendizagem nesses ambientes, aprofundando a discussão no que tange aos métodos relevantes à avaliação tanto dos ambientes virtuais de aprendizagem quanto da aprendizagem nesse meio. Essa opção se deve tanto ao reconhecimento das especificidades das práticas pedagógicas da EaD que colocam em evidência a relação entre educação e comunicação...

Modelo de sistema de recomendação de materiais didáticos para ambientes virtuais de aprendizagem.; Modelo de sistema de recomendação de materiais didáticos para ambientes virtuais de aprendizagem.; Recommender System Model of Instructional materials for Virtual Learning Environments.; Recommender System Model of Instructional materials for Virtual Learning Environments.

Ferro, Márcio Robério da Costa
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Modelagem Computacional de Conhecimento; Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional de Conhecimento; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Modelagem Computacional de Conhecimento; Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional de Conhecimento; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
126.28%
Recommender Systems are used by many companies that operate e-commerce to suggest items to its customers in a customized way. To achieve this end, these systems analyze the profile of the users through their personal data or by its interaction with the computing environment. Virtual Learning Environments, in turn, are computational environments used in teaching and learning in distance education, and aims to mediate the interactions among their users, such as teachers and students. In these environments are usually stored teaching materials used in courses such as word processing documents, brochures, and even audio and video. Over time, the number of textbooks tends to grow, making it important to have a tool that makes customized recommendations for users of the environment. Given these concepts, this work addresses the creation of a recommender system model of instructional materials to be used in Virtual Learning Environments, in order to suggest to users, instructional materials consistent with their profile. The creation of a recommendation system architecture, used in implementing a computer system model, to test and verify its operation, as the algorithm for generating recommendations, will also be addressed. Finally, the paper addresses the experimental work with students in an extension course...

Uso do design thinking na elicitação de requisitos de ambientes virtuais de aprendizagem móvel

Souza, Cynara Lira de Carvalho; Schuenemann, Carla Taciana Lima Lourenço Silva (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
126.19%
Mobile Learning (m-learning) é o campo de pesquisa que busca analisar como os dispositivos móveis podem colaborar para a aprendizagem. O desenvolvimento de softwares para dispositivos móveis que atuem como recursos pedagógicos é essencial para a efetiva implantação do m-learning através do uso de ambientes virtuais de aprendizagem móvel (AVAM). Não foi encontrado na literatura trabalhos com processos específicos para AVAM e há uma carência em processos que promovam a criação de produtos interessantes para esse domínio. Processos de engenharia de requisitos para AVAM precisam incluir atividades que usem técnicas de criatividade, de forma a promover a criação de produtos que modifiquem e melhorem o processo de ensino e aprendizagem. Nesse contexto, este trabalho apresenta um processo de elicitação e documentação de requisitos baseado em técnicas de criatividade que foi usado e avaliado no domínio de ambientes virtuais de aprendizagem móvel. Em particular, esse processo se baseia nas atividades do processo do Design Thinking (DT) que fornece uma metodologia para provocar as necessidades dos clientes, produzindo protótipos rápidos e simples, que eventualmente convergem para soluções inovadoras. O processo também adota técnicas como mapas mentais...

Ambientes físico-virtuais de aprendizagem

Santos, Rafael Augusto Penna dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
116.34%
O avanço tecnológico dos últimos anos ocasionou mudanças na maneira como as pessoas se relacionam. Dispositivos computacionais, sensores e atuadores se fazem presentes na vida das pessoas atualmente, de maneira que os mundos físico e virtual se misturam. Propostas de sistemas físico-cibernéticos (Cyber-Physical Systems ou CPS) surgem com o intuito de integrar os sistemas computacionais com objetos do mundo físico. Neste novo contexto, as discussões dos impactos tecnológicos nos ambientes escolares são importante, estabelecendo novas áreas de pesquisa, como ensino eletrônico, educação à distância, aprendizagem móvel e aprendizagem ubíqua. Dentro dessas áreas, os Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVAs), que são sistemas computacionais disponíveis na internet, destinados ao suporte de atividades mediadas pelas tecnologias de informação e comunicação, são bastante utilizados e estudados. Esses ambientes podem ser identificados por uma série de características que envolvem interação entre alunos e professores, oportunidades de socialização e concepção de informação, propostas pedagógicas, representação do espaço virtual, entre outras. No entanto, os AVAs costumam apresentar possibilidades restritas de lidar com as informações do mundo físico. Esta tese tem como foco a integração de elementos reais/físicos em AVAs...

Recomendações de Materiais Didáticos Assistida por Computador em Ambientes Virtuais de Aprendizagem; Recommendations of Educational Materials for Computer Assisted Learning in Virtual Environments

Ferro, Márcio Robério da Costa; Paraguaçu, Fábio; Peres, Angela Lima; Marinho, Marcela Ferreira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Brasil; UFRGS Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Brasil; UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
126.14%
The article aims to contribute to the discussion of teaching materials recommendation prototype system’ architecture to be used at virtual learning systems. The study also aims to present a literature review that elucidates a method of recommendation suitable for this prototype development. The prototype was built to validate the suggested model, generating recommendation based on student’s profile using hybrid model. The study was conducted through an extension course held at the Faculdade Estácio de Alagoas, in 2010. The model has satisfactory results at preliminary tests in this experiment. As future work, new experiments should be done to apprimorate the recommender system in order to produce better results.; O artigo objetiva contribuir com discussões de um modelo de sistema de recomendações de materiais didáticos, para ser utilizado em ambientes virtuais de aprendizagem. Também objetiva um resgate teórico de forma a elucidar o modelo apropriado ao protótipo em questão. Foi construído um protótipo de sistema de recomendação para testar o modelo adotado, por meio de um curso de extensão realizado na Faculdade Estácio de Alagoas, no ano de 2010, o qual efetuava gerações baseadas no perfil dos usuários, sendo estas recomendações alvo de análise do estudo. Diante dos estudos efetivados...

Potencial de inserção das redes de informação científica nos processos de ensino-aprendizagem em ambientes virtuais de aprendizagem; Insertion potential of Scientific Information Networks in teaching-learning processes in virtual learning environments.

Ramos, Lucia Maria Sebastiana Veronica Costa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
116.39%
A presente tese investiga o potencial de inserção das Redes de Informação Científica nos processos de ensino-aprendizagem em Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) como apoio para o ensino exclusivamente a distância quanto como apoio ao ensino presencial. Como suporte a investigação, procurou-se construir panorama teórico fundamentado em estudos sobre a contribuição das TICs para o desenvolvimento e aperfeiçoamento de propostas e projetos, os desafios para usos das TICs na integração dos ambientes presenciais e virtuais de aprendizagem, no ensino em redes colaborativas de informação e no favorecimento à aprendizagem cooperativa, centrada no indivíduo e autônoma. Trata-se de uma pesquisa exploratória de caráter descritivo e aplicado. O campo de pesquisa é a Rede BVS Odontologia Brasil, composta por 17 instituições de ensino, pesquisa e extensão. Para investigar a infraestrutura e capacitação dos profissionais bibliotecários para inserção neste novo ambiente foram entrevistados diretores das bibliotecas integrantes da Rede utilizando a ferramenta Adobe Connect no período de dezembro/2014 a março/2015. A pesquisa revelou que, apesar do grande potencial para apoio à atividades de Ensino-Aprendizagem virtual no âmbito da área de conhecimento...

Avaliação em ambientes virtuais de aprendizagem; Evaluation in virtual learning environments

Laguardia, Josué; Portela, Margareth Crisóstomo; Vasconcellos, Miguel Murat
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2007 POR
Relevância na Pesquisa
116.3%
A demanda por avaliações de projetos de aprendizagem virtual a distância tem requerido o emprego de conceitos e métodos que transcendem o campo exclusivo da Educação, destacando-se a multiplicidade de marcos teóricos e abordagens técnicas empregados nas estratégias avaliativas de aprendizagem online. A despeito da hegemonia dos métodos quantitativos na avaliação das tecnologias de informação e comunicação, o emprego de métodos qualitativos nas avaliações de ambientes virtuais tem crescido ao longo das duas últimas décadas. A combinação de métodos quali-quantitativos possibilita uma melhor compreensão dos fenômenos subjacentes ao uso das tecnologias para a aprendizagem online. Dado que a educação em ambientes virtuais refere-se a experiências de aprendizagem que utilizam recursos hipermidiáticos em ambientes apoiados por uma tecnologia de comunicação online, optou-se neste artigo enfocar alguns tópicos relativos à avaliação de tecnologias de informação e de aprendizagem nesses ambientes, aprofundando a discussão no que tange aos métodos relevantes à avaliação tanto dos ambientes virtuais de aprendizagem quanto da aprendizagem nesse meio. Essa opção se deve tanto ao reconhecimento das especificidades das práticas pedagógicas da EaD que colocam em evidência a relação entre educação e comunicação...

Usabilidade de design e usabilidade pedagógica a partir do olhar do aluno em EAD: uma análise comparativa entre dois ambientes virtuais de aprendizagem

Oliveira, Cleber Marques de; Instituto Federal de Alagoas
Fonte: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 03/09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
126.26%
Este artigo apresenta o resultado de uma pesquisa realizada em duas turmas de cursos de graduação a distância em que uma utiliza um Software Livre e a outra, um Software Proprietário como Ambiente Virtual de Aprendizagem. A pesquisa busca analisar de que forma a Usabilidade de Design e a Usabilidade Pedagógica desses ambientes comprometem o processo de ensino-aprendizagem. Para isso, parte-se da análise dos testes de usabilidade, com ênfase nos graus de dificuldade e de acessibilidade dos conteúdos, e dos objetos de mediação presentes nesses ambientes para a construção de um processo de ensino e aprendizagem eficaz. Os resultados mostram que ainda há necessidade de desenvolver interfaces que permitam a interação e a produção do conhecimento de forma simples e eficiente entre professores e alunos, utilizando Ambiente Virtual de Aprendizagem. Conclui-se que os ambientes investigados possuem entraves que comprometem a eficácia na mediação entre professores, conteúdos e alunos. Contudo, a partir das análises, algumas pistas, como regras para padronização da interface, apontam para possíveis resoluções dos problemas.

Diretrizes para a gestão da informação em ambientes virtuais de aprendizagem Guidelines for the management of information in virtual learning environments

Felipe, André Anderson Cavalcante
Fonte: Associação Catarinense de Bibliotecários Publicador: Associação Catarinense de Bibliotecários
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; abordagem qualitativa, pesquisa bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 20/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
136.14%
Apresenta a gestão da informação (GI) como um processo que facilita o acesso à informação em ambientes virtuais de aprendizagem (AVA’s) na promoção do conhecimento no ensino superior brasileiro. Como objetivo, propõe categorias para o gerenciamento informacional de AVA’s com base nos modelos de GI, adotados na produção científica do Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (ENANCIB). Como resultado, sugere quatro categorias da GI: reconhecer a informação, adquirir informação, disponibilizar informação, e aplicar a informação, voltadas para atuar no gerenciamento informacional de AVA’s, possibilitando maiores situações de construção de conhecimento entre alunos e professores. 

Capacitação de bibliotecários com limitação visual pela educação a distância em ambientes virtuais de aprendizagem

Estabel, Lizandra Brasil; Moro, Eliane Lourdes da Silva
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 16/07/2007
Relevância na Pesquisa
126.13%
Este artigo ressalta a importância da capacitação de bibliotecários, profissionais da informação, por meio da educação aberta e a distância (EAD) mediada por computador, sendo estes videntes ou pessoas com necessidades educacionais especiais (PNEEs) com limitação visual. Apresenta o curso Bibliotec II, realizado pelo DCI/Fabico/UFRGS, ministrado para bibliotecários e com a participação de dois profissionais PNEEs com limitação visual. Aborda temas relacionados à biblioteca escolar, à educação, à acessibilidade e à inclusão social, digital e profissional das PNEEs, e o bibliotecário como educador, sendo um mediador, junto com os professores e os alunos, no uso das TICs, nos processos de interação, colaboração, cooperação em ambientes virtuais de aprendizagem (AVAs). Acesso ao texto completo (PDF)