Página 1 dos resultados de 7803 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Hepatitis D and B virus genotypes in chronically infected patients from the Eastern Amazon Basin

GOMES-GOUVEA, Michele Soares; SOARES, Manoel do Carmo Pereira; MELLO, Isabel Maria Vicente Guedes de Carvalho; BRITO, Elisabete Maria Figueiredo; MOIA, Lizomar de Jesus Maues Pereira; BENSABATH, Gilberta; NUNES, Heloisa Marceliano; CARRILHO, Flair Jose; P
Fonte: ELSEVIER SCIENCE BV Publicador: ELSEVIER SCIENCE BV
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.89%
Hepatitis D virus (HDV) is a defective hepatotropic virus whose infectivity is dependent on hepatitis B virus (HBV). HDV super- or co-infiection leads to an increased risk of fulminant hepatitis or progression to severe chronic liver disease in HBV infected patients. The Brazilian Amazon Basin has been reported to be endemic for HBV and HDV, especially in the Western Amazon Basin. In this region, HDV infection is frequently associated with acute fulminant hepatitis with characteristic histologic features. HDV is classified into seven major clades (HDV-1 to HDV-7) and HBV is subdivided into eight genotypes (A-H). HDV and HBV genotypes have been shown to have a distinct geographic distribution. The aim of this study was to determine the HBV and HDV genotypes harbored by chronically infected patients from the Eastern Amazon Basin, Brazil. We studied 17 serum samples from HBV and HDV chronically infected patients admitted to a large public hospital (Santa Casa de Misericordia) at Belem, state of Para, Brazil, between 1994 and 2002. HDV-3 and HBV genotype A (subtype adw2) have been identified in all cases, in contrast to previous studies from other regions of the Amazon, where HBV genotype F has been found co-infecting patients that harbored HDV-3. The HDV-3/HBV-A co-infection suggests that there is not a specific interaction between HBV and HDV genotypes...

"O imaginário brasileiro sobre a Amazônia: uma leitura por meio dos discursos dos viajantes, do Estado, dos livros didáticos de Geografia e da mídia impressa"; The brazilian imaginary about the Amazon

Bueno, Magali Franco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/02/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.92%
O objetivo deste trabalho foi entender de que forma o vocábulo “Amazônia” tornou-se imbuído de significado, verificando que imagens estão predominantemente associadas a esta denominação. Foi retomada a construção de Amazônia ao nível do imaginário, através dos discursos vinculados a ela desde a chegada do colonizador ao Novo Mundo, privilegiando-se a representação elaborada nos últimos 50 anos. Dois níveis de representação de Amazônia foram estudados: o exógeno, estruturado pelos discursos enunciados externamente, e o endógeno, elaborado pelos protagonistas que vivem na região. A visão externa foi resgatada a partir dos discursos do Estado, da Geografia escolar e da mídia impressa brasileiros. A assimilação dessa imagem de Amazônia foi constatada empiricamente por meio de entrevistas de rua, e a apreensão da visão de Amazônia entre a população tradicional da região foi obtida através de um estudo de caso em uma comunidade ribeirinha amazônica. Constatou-se que, no Brasil, a percepção predominante de Amazônia é a da paisagem da floresta e que as visões endógena e exógena são dissonantes. A domesticação da natureza é um elemento presente nos discursos externos sobre a região, nos quais prevalecem dicotomias como paraíso/inferno e civilização/barbárie. A visão interna é heterogênea. Entre moradores tradicionais não existe uma concepção sobre Amazônia...

A conquista e a ocupação da Amazônia brasileira no período colonial: a definição das fronteiras; The conquest and settling of the Brazilian Amazon region during the colonization period: the definition of the borders

Rezende, Tadeu Valdir Freitas de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/10/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.99%
A conquista e ocupação da Amazônia, no período colonial, foram empreendimentos conduzidos pelo Estado, planejados e executados com prioridade política pelo governo metropolitano, que resultaram na incorporação ao território do Brasil de, aproximadamente, 60% de sua área total atual. Coube a Portugal, ainda durante a vigência da União Ibérica, sob ordens do Rei de Espanha, a expulsão dos franceses de São Luís do Maranhão e a fundação, em 1616, do Forte do Presépio de Santa Maria de Belém. A partir dessa posição, pescadores e comerciantes ingleses e holandeses, que iniciavam sua instalação no baixo Amazonas, foram expulsos pelas forças portuguesas, que passaram então a controlar o acesso à maior bacia hidrográfica do mundo. Com a criação do Estado do Maranhão e Grão-Pará, em 1621 - entidade política autônoma e independente do Estado do Brasil - a administração desses territórios passou a ser diretamente subordinada ao governo de Lisboa, iniciando-se um processo irreversível de exploração e penetração territorial pela vasta rede hidrográfica amazônica. Uma expedição oficial, realizada entre 1637 e 1639, pretendeu estabelecer um limite entre os domínios das duas Coroas ibéricas; foi chefiada por Pedro Teixeira...

Amazônia: pensamento e presença militar; Amazon: thought and military presence

Marques, Adriana Aparecida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.89%
A tese analisa o pensamento dos militares sobre a Amazônia brasileira e a escolha das estratégias das Forças Armadas para defender a região, dando uma especial atenção às modalidades de sua presença na área. A pesquisa mostra que a identificação da Amazônia como prioridade estratégica das Forças Armadas não se deve apenas a uma reconfiguração dos interesses estatais em matéria de segurança e defesa. A importância atribuída à região amazônica pelos militares resulta de uma intrincada relação entre interesses e elementos simbólicos. O primeiro capítulo apresenta o debate acadêmico entre neorealistas, organizativistas e construtivistas sobre o que determina a adoção de uma doutrina militar por um Estado. O segundo capítulo analisa o discurso dos militares sobre a região amazônica e as transformações deste discurso ao longo das duas últimas décadas, dando especial atenção ao discurso do Exército. O terceiro capítulo examina a presença do Exército na Amazônia e as estratégias militares elaboradas para defendê-la. O quarto capítulo trata das percepções da Força Aérea e da Marinha sobre os problemas de Defesa Nacional na Amazônia. E o quinto capítulo aborda a percepção dos formuladores de política civis sobre a problemática amazônica e as medidas adotadas para incrementar a defesa militar da região. A principal fonte de pesquisa desta tese é a bibliografia militar...

Arquitetura ribeirinha sobre as águas da Amazônia: o habitat em ambientes complexos; Riverine architecture on the waters of the Amazon: the habitat in complex environments

Oliveira Júnior, Jair Antonio de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.92%
A dissertação aborda os aspectos formadores da habitação nas áreas de várzea da região Amazônica, especificamente nas margens do Rio Solimões, hoje alvo de intensos investimentos governamentais, principalmente os da indústria nacional petrolífera em função da construção do Gasoduto Coari - Manaus. Com forte incidência de impactos ambientais e culturais, tais intervenções apontam para um quadro amplo e complexo, servindo também de base experimental para outros tipos de interferência em menor escala. A Amazônia corresponde a aproximadamente 5% da superfície terrestre, equivalente a 2/5 da América do Sul. A Bacia Amazônica contém por volta de 1/5 de toda a água doce mundial, colaborando para que o Brasil tenha a maior biodiversidade do mundo, com mais de 20% das espécies. Integrante desta região, a ampla bacia do Rio Solimões é a terceira área sedimentar com produção petrolífera no Brasil. O que é produzido nesta reserva, que é estimada em 132 milhões de barris de petróleo, percorre aproximadamente 600 km até chegar ao mercado consumidor. Para tanto, está sendo construído um poliduto capaz de atender a essa demanda; sua construção atinge cerca de 135 comunidades ribeirinhas, que ainda conservam valores...

Revisão taxonômica e morfológica de Potamotrygon motoro (Müller & Henle, 1841) na bacia Amazônica (Chondrichthyes: Myliobatiformes: Potamotrygonidae); Taxonomic and morphological revision of Potamotrygonmotoro(Müller& Henle, 1841) in the Amazon basin (Chondrichthyes: Myliobatiformes: Potamotrygonidae)

Loboda, Thiago Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.89%
Descrita originalmente da bacia do Paraná-Paraguai desde meados do século XIX, Potamotrygon motoro (Müller & Henle, 1841) não só é uma das primeiras espécies da família Potamotrygonidae a ser descrita, como também a que apresenta a maior distribuição geográfica entre as raias de água doce neotropicais, ocorrendo nas três maiores bacias da América do Sul, Amazônica, Paraná-Paraguai e Orinoco, e também na pequena bacia do rio Mearim, no estado do Maranhão. Desde que foi descoberta ocorrendo em outras bacias além da Paraná-Paraguai, P. motoro sempre levantou dúvidas taxonômicas entre vários autores se sua unidade específica poderia ser sustentada ou se seria possível subdividi-lá em novas formas, principalmente devido à variedade cromática de sua coloração dorsal (seu caractere mais diagnóstico). O presente estudo teve como ponto principal abordar essa questão através da revisão morfológica de exemplares de várias localidades da bacia Amazônica, afim de complementar um estudo inicial de 2006 onde foi feita a revisão da espécie na bacia Paraná-Paraguai. Assim sendo foram obtidos mais de 250 exemplares de ao menos 23 rios principais da Amazônia brasileira e peruana de várias coleções nacionais visitadas e também de algumas coletas realizadas para análise...

O discurso ambiental da TV: a Amazônia do "Globo Repórter"; Environmental discourse of TV: Amazon by "Globo Reporter"

Vicentini, Juliana de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.95%
Os meios de comunicação de massa se fazem onipresentes na sociedade contemporânea, sendo legitimadores de discursos. Um dos temas que tem sido abordado pela mídia é o ambiente. No Brasil, a televisão é a referência para que o cidadão comum se informe sobre os assuntos ambientais. O "Globo Repórter" é um dos programas mais antigos da TV brasileira e possui abrangência nacional, além disto, pode ser considerado como um dos popularizadores de discursos sobre o ambiente. Conhecida internacionalmente por sua complexidade e por ser parcialmente responsável pela estabilidade ambiental do planeta, a Amazônia tem sido discutida em diversos segmentos da sociedade, inclusive nos âmbitos nacional e internacional. Por esta razão, ela se tornou uma das pautas da mídia e consequentemente um dos assuntos abordados periodicamente pelo "Globo Repórter". Deste modo, o objetivo desta pesquisa é analisar de que maneira a Amazônia foi veiculada por aquele programa televisivo durante todo o ano de 2010. Para tanto, desenvolveu-se análises de conteúdo e análises críticas do discurso. Nos programas analisados, a Amazônia está associada à natureza, cujo foco reside nas imagens de rio, floresta e biodiversidade. Os demais assuntos que poderiam ser abordados foram em grande medida silenciados. Desta maneira o atual discurso do programa ainda está enraizado nas antigas visões da época dos viajantes...

Produto interno bruto ajustado ambientalmente para Amazônia legal brasileira: uma análise de matriz de insumo-produto e matriz de contabilidade social; Environmental gross domestic product for Brazilian Legal Amazon: an analysis of input-output matrix and social accounting matrix.

Brasileiro, Andrea Castelo Branco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.89%
The purpose of this work was to present and apply an analytical tool to the flows of goods and income between economic agents and the environment that allows us to calculate the Environmental Gross Domestic Product (EGDP) for Brazilian Legal Amazon. In order to achieve this goal the Environmental Social Accounting Matrix (ESAM) was developed. The model was developed from the traditional Social Accounting Matrix, the Environmental Input-Output Analysis Models, and from the United Nations handbook on the System of Integrated Environmental and Economic Accountings. The EGDP was calculated from the Environmental Input-Output Analysis, since the unavailability of data did not allow the application of the model of ESAM. The flows between the economy and the environment considered were the emissions of green house gases (depreciation of natural capital) and the investment needed to return the air to the same quality it had before being polluted. The results showed that the inclusion of depreciation of natural capital in the Gross Domestic Product (GDP) and in the added value (AV) calculation for each industry of the Brazilian Legal Amazon Region diminished the AV significantly in the industries of cattle (235%), soybean (77%), and other activities of livestock and agricultural (24%). In the Rest of Brazil...

Emissão de CO2 da madeira serrada da Amazônia: o caso da exploração convencional.; CO2 of Amazon lumber: the case of conventional logging.

Campos, Érica Ferraz de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/05/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.95%
Informações ambientais de materiais e produtos são essenciais para a gestão de sustentabilidade no setor de construção. Em função das mudanças climáticas, o fator de emissão de dióxido de carbono (CO2) de produtos torna-se relevante para inventariar projetos e edificações, e pautar a decisão de profissionais e consumidores. Com base na metodologia de Análise de Fluxo do Material, a presente pesquisa objetivou quantificar o fator de emissão de CO2 da madeira serrada da Amazônia originária de exploração convencional. O recorte abrangeu a extração de toras da floresta, transporte de toras até serraria, processamento primário e transporte de madeira serrada ao mercado consumidor. Foram consideradas para o cálculo as emissões advindas de resíduos de biomassa e consumo de energia fóssil. Os resultados são apresentados em faixas de valores mínimos a máximos, para cada etapa produtiva, com o objetivo de incorporar incertezas e variações relativas às características do ambiente florestal e procedimentos da atividade madeireira. A quantificação foi principalmente baseada em dados de literatura; entrevistas e questionários com madeireiras da região foram utilizados para determinar o consumo de energia no processo. Entre 200 t/ha e 425 t/ha de biomassa seca acima do solo compõem a floresta Amazônica...

Forests and cities: essays on urban growth and development in the Brazilian Amazon; Florestas e cidades: ensaios sobre crescimento urbano e desenvolvimento na Amazônia brasileira

Castelani, Sergio André
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2013 EN
Relevância na Pesquisa
36.96%
The Brazilian Amazon has been undergoing a process of population growth and urbanization in recent decades. Its urban population increased from 42% to 71% between 1960 and 2010, and in the last decade, its overall population grew around 21%. Such rises bring important consequences not only economically, but also in environmental terms, especially considering that the largest remaining rainforest in the world is located within this region. Nevertheless, this scenario is still poorly addressed by literature. Bearing this in mind, this thesis aims to examine some economic and environmental aspects related to this context, and is specifically divided into three essays. Firstly, a spatial econometric approach is implemented, based on the framework of spatial economics models, in order to investigate whether this process of urbanization has been generating local economic growth and development. In the second essay, aiming to measure the environmental impacts of such population growth and urbanization, an Interregional Input-Output model is built, for the year of 2004, merging data regarding the productive structure and land use transition in the Brazilian Amazon. Specifically, this method allows the measurement of how much local deforestation may be attributed to the consumption of goods and services demanded by households living within the region...

Determinação da emissão de metano da bacia amazônica; Determination of methane emission of the amazon basin

Basso, Luana Santamaria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.89%
No panorama atual de mudanças climáticas, o Metano (CH4) é considerado o segundo principal gás de efeito estufa antrópico. Este trabalho teve como objetivo estudar o papel da Amazônia na emissão global de CH4, sendo esta a maior floresta tropical do mundo. Neste estudo foram realizados perfis verticais, utilizando aviões de pequeno porte, desde 150 m da superfície até 4,4 km, em quatro localidades da Bacia Amazônica, formando um grande quadrante abrangendo toda a Bacia. Os locais foram: próximo a Santarém (SAN; 2,8°S, 54,9°O), Alta Floresta (ALF; 8,8°S, 56,7°O), Rio Branco (RBA; 9,3°S, 67,6°O) e Tabatinga (TAB; 5,9°S, 70,0°O). Foram realizados quatro anos (2010-2013) de medidas contínuas em escala regional, quinzenalmente, totalizando 293 perfis verticais. Até o presente momento estas medidas são únicas e representam uma nova abordagem nas emissões nesta escala. Foram calculados os fluxos de CH4 nestas quatro localidades por meio do Método de Integração de Coluna e os fluxos anuais foram calculados através de média proporcional, considerando a área de influência de cada localidade. Os anos de 2010 e 2012 foram anos de seca, enquanto 2011 e 2013 foram anos com precipitação acima da média na Amazônia. Dos quatro anos de estudo apenas 2011 apresentou uma temperatura inferior a média. Os resultados obtidos mostraram que a Amazônia atua como uma importante fonte de CH4...

Climatologia e ambiente de tempo severo na Amazônia; Climatology and severe weather environment in the Amazon

Nunes, Ana Maria Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.92%
A região amazônica desempenha papel fundamental na regulação do clima, tanto em escala regional quanto em escala global. A precipitação na região é bastante heterogênea, sobretudo devido à vasta extensão territorial da Amazônia. Dentre os sistemas responsáveis pela precipitação, alguns se destacam como eventos extremos de tempestades, como pode ser verificado em diversos estudos anteriores. Contudo, diferentemente das latitudes médias, na região tropical não há um conjunto de definições amplamente conhecido e difundido para identificação de tempo severo. O presente estudo busca identificar um critério para identificação de tempo severo na região amazônica a partir da base de dados Precipitation Features (PF) 1998 a 2012 - gerados e armazenados pela Universidade de Utah, com base nos dados do satélite TRMM. Além disso, identificar características sinóticas associadas ao ambiente de ocorrência destes eventos, através de composições com dados da reanálise CFSR-NCEP, bem como parâmetros importantes na identificação de tempestades. Utilizando o subconjunto PCTF do Nível 2 da base de dados PF, o critério estabelecido para identificação de casos severos compreende sistemas com: 80 pixels ou mais PCT85 GHz <250 K; 1 pixel ou mais com PCT85 GHz < 100 K; volume de chuva convectiva maior do que 1000 mm/h km2 e pelo menos um registro de raio. Comparando os sistemas selecionados pelo critério com os Sistemas Convectivos de Mesoescala já catalogados é possível notar que a distribuição sazonal é semelhante...

Hidrologia da bacia Amazônica : compreensão e previsão com base em modelagem hidrológica-hidrodinâmica e sensoriamento remoto; Hydrologie du bassin Amazonien : compréhension et prévision fondées sur la modélisation hydrologique-hydrodynamique et la télédétection; Hydrology of the Amazon basin : understanding and forecasting based on hydrologichydrodynamic modelling and remote sensing

Paiva, Rodrigo Cauduro Dias de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
A bacia Amazônica se destaca como o principal sistema hidrológico do mundo e pelo seu importante papel no sistema terrestre, influenciando o ciclo de carbono e o clima global. Recentes pressões antrópicas, como o desflorestamento, mudanças climáticas e a construção de barragens hidroelétricas, somados às crescentes cheias e secas extremas ocorridas nesta região, motivam o estudo da hidrologia da bacia Amazônica. Ao mesmo tempo, têm se desenvolvido métodos hidrológicos de modelagem e monitoramento via sensoriamento remoto que podem fornecer as bases técnicas para este fim. Este trabalho objetivou a compreensão e previsão da hidrologia da bacia Amazônica. Foram desenvolvidas e avaliadas diversas técnicas, incluindo de modelagem hidrológica-hidrodinâmica de larga escala, de assimilação de dados in situ e de sensoriamento remoto, e de previsão hidrológica. Este conjunto de técnicas foi utilizado para compreender o funcionamento da bacia Amazônica em termos de seus processos hidrológicos e sua previsibilidade hidrológica. O modelo hidrológico-hidrodinâmico de larga escala MGB-IPH foi utilizado para simular a bacia, sendo forçado com dados de chuva estimados por satélite. O modelo mostrou bom desempenho em uma validação detalhada contra observações de vazões e cotas in situ além de dados oriundos de sensoriamento remoto...

A integração economica da Amazonia (1930-1980); The economic integration of the Amazon (1930-1980)

Thomas Henrique de Toledo Stella
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.98%
A integração da Amazônia na economia nacional teve inicio apenas quando a região reorientou sua base primário-exportadora do mercado externo para o mercado interno nacional na década de 1930. No entanto, sua economia fundamentalmente extrativa e agrícola tem origens muito mais antigas, que remetem ao início da colonização portuguesa a partir de 1616. Apesar da experiência extrativa, a região só integrou-se comercialmente com a metrópole com as políticas mercantilistas de "valorização econômica", adotadas a partir de 1750. A abertura dos portos em 1808 estimulou a região a integrar-se na periferia do mercado internacional. Com o crescimento da demanda pela borracha amazônica depois de 1850, especialmente com o uso industrial do processo de vulcanização nos centros capitalistas, o produto ascendeu nas exportações, chegando ao apogeu entre 1910-1912. O que se seguiu foi a decadência que expôs as contradições desse do modelo primário-exportador. Durante o período Colonial, Império e Primeira República, a Amazônia permaneceu praticamente isolada de articulações comerciais com outras regiões do Brasil, voltada quase exclusivamente ao exterior. A crise de "1929" abalou o modelo primário-exportador no país...

Assessment of the Risk of Amazon Dieback

Vergara, Walter; Scholz, Sebastian M.
Fonte: World Bank Publicador: World Bank
Tipo: Publications & Research :: Publication; Publications & Research :: Publication
ENGLISH
Relevância na Pesquisa
36.92%
The Amazon basin is a key component of the global carbon cycle. The old-growth rainforests in the basin represent storage of ~ 120 petagrams of carbon (Pg C) in their biomass. Annually, these tropical forests process approximately 18 Pg C through respiration and photosynthesis. This is more than twice the rate of global anthropogenic fossil fuel emissions. The basin is also the largest global repository of biodiversity and produces about 20 percent of the world's flow of fresh water into the oceans. Despite the large carbon dioxide (CO2) efflux from recent deforestation, the Amazon rainforest ecosystem is still considered to be a net carbon sinks of 0.8-1.1 Pg C per year because growth on average exceeds mortality (Phillips et al. 2008). However, current climate trends and human-induced deforestation may be transforming forest structure and behavior (Phillips et al. 2009). Increasing temperatures may accelerate respiration rates and thus carbon emissions from soils (Malhi and Grace 2000). High probabilities for modification in rainfall patterns (Malhi et al. 2008) and prolonged drought stress may lead to reductions in biomass density. Resulting changes in evapo-transpiration and therefore convective precipitation could further accelerate drought conditions and destabilize the tropical ecosystem as a whole...

Lessons from the Rain Forest : Experiences of the Pilot Program to Conserve the Amazon and Atlantic Forests of Brazil; Lecciones de la selva tropical experiencias del programa piloto para conservar la selva Amazonica y la selva Atlantica de Brasil Licoes da floresta tropical experiencias do programa piloto para a protecao das florestas tropicais do Brasil

World Bank
Fonte: Washington, DC Publicador: Washington, DC
Tipo: Publications & Research :: Brief; Publications & Research
ENGLISH
Relevância na Pesquisa
36.95%
The largest hydrographic basin in the world, the Amazon is the source of 20 percent of all the fresh water on the planet. The Basin covers some 600 million hectares in nine countries, over half of which are located within Brazil's national boundaries. A striking characteristic of the Amazon region is its tremendous biodiversity, which includes an estimated 50,000 species of plants, 3,000 species of fish and over 400 known species of mammals. To date, scientists have classified 467 species of reptiles and 516 species of amphibians. Nearly 2,000 known species of birds and the majority of the world's primates are endemic to Amazonia. An estimated 20 million people currently live in the Brazilian Amazon, the majority in urban areas. The region is home to over 170 indigenous groups with distinct cultures, in various levels of contact with the outside world. A variety of social and economic groups are also part of the rural landscape, including rubber-tappers, Brazil nut gatherers, riverine populations, migrant settlers...

Terra preta, o tesouro esquecido : política, ciência e as relações internacionais na história da Amazônia = Terra preta, the forgotten treasure : politics, science and international relations in the history of the Amazon; Terra preta, the forgotten treasure : politics, science and international relations in the history of the Amazon

Joana Carlos Bezerra
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.95%
Em um mundo no qual o meio ambiente ganha cada vez mais espaço na agenda política nacional e internacional, a Amazônia se destaca. Conhecida ao redor do mundo por sua riqueza, a floresta sul-americana é alvo de diferentes visões, muitas vezes contraditórias, e mexe com a imaginação de todos. É nesta região que se encontra a terra preta de índio, horizonte de solo fértil com elevados teores de carbono de origem antrópica, que gera grande interesse da comunidade científica. Estudos sobre este solo, e sobre suas características tão singulares, têm gerado discussões cruciais acerca do passado, do presente e do futuro de toda a região amazônica. Apesar da suas características particulares, a importância da terra preta de índio - e a história de uma Amazônia mais produtiva e populosa - ficou adormecida desde o seu descobrimento, por volta de 1880, até 1980, quando é possível identificar o início do aumento no número de trabalhos sobre estes horizontes de solo. Estes cem anos entre o descobrimento da terra preta de índio e o início do aumento do interesse em torno dela foram palco de mudanças estruturais tanto no plano nacional, com a ditadura militar e uma mudança no lugar ocupado pela Amazônia na política interna...

As fronteiras Amazônicas : dinâmicas populacionais pensadas a partir do estudo de estratégias de sobrevivência familiares em três áreas urbanas da Amazônia brasileira; Amazonian frontiers : understanding population dynamics from a study of family livelihoods in three urban areas of Brazilian Amazon

Thais Tartalha do Nascimento Lombardi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.98%
Um conceito que parece ser constantemente aplicado à Amazônia é o de fronteira. Da primeira expedição pelos grandes rios da região até as controversas construções de usinas hidrelétricas, a Amazônia, enquanto bioma e região, é pensada como uma fronteira. No entanto, seria a fronteira uma boa lente para se pensar e compreender a Amazônia? E sendo a fronteira a ótica adequada para se olhar para a Amazônia, quantas lentes poderia ter a fronteira para que melhor refletisse a realidade? Para tentar responder essas perguntas esta tese reflete sobre o conceito de fronteira e sobre a pertinência de usá-lo como instrumento para pensar dinâmicas populacionais na Amazônia brasileira. Foi feito um recorte temático cujo foco foram as mudanças na composição e estrutura etária da população vis-à-vis o processo de urbanização, estudadas a partir das estratégias de sobrevivência das famílias. Como recorte metodológico e espacial foi escolhido um estudo comparativo de três áreas urbanas na Amazônia brasileira, todas na porção oriental da mesma, e foram feitas análises descritivas e aplicadas técnicas de análise multivariada, numa combinação de dados censitários e dados de surveys conduzidos nessas áreas. Havia a hipótese de que as famílias ¿ imersas em um processo mais amplo de mudanças na composição e estrutura etária ¿ estariam colocando em prática diferentes estratégias de sobrevivência como resposta às dinâmicas econômicas e de ocupação do espaço. Os resultados confirmaram esta hipótese e identificaram três diferentes classes de estratégias de sobrevivência familiar que mesmo vivenciando níveis e ritmos similares de mudança na estrutura e composição etária fazem com que as famílias respondam de maneira particular a tais mudanças...

Modelling sustainable international tourism demand to the Brazilian Amazon

Divino, Jose Angelo; McAleer, Michael
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: Texto
EN
Relevância na Pesquisa
36.95%
The Amazon rainforest is one of the world’s greatest natural wonders and holds great importance and significance for the world’s environmental balance. Around 60% of the Amazon rainforest is located in the Brazilian territory. The two biggest states of the Amazon region are Amazonas (the upper Amazon) and Para (the lower Amazon), which together account for around 73% of the Brazilian Legal Amazon, and are the only states that are serviced by international airports in Brazil’s north region. The purpose of this paper is to model and forecast sustainable international tourism demand for the states of Amazonas,Para´ , and the aggregate of the two states. By sustainable tourism is meant a distinctive type of tourism that has relatively low environmental and cultural impacts. Economic progress brought about by illegal wood extraction and commercial agriculture has destroyed large areas of the Amazon rainforest. The sustainable tourism industry has the potential to contribute to the economic development of the Amazon region without destroying the rainforest. The paper presents unit root tests for monthly and annual data, estimates alternative time series models and conditional volatility models of the shocks to international tourist arrivals...

Late Quaternary Paleoclimatology and Paleoceanography of the Amazon Continental Margin, Brazil

Nace, Trevor
Fonte: Universidade Duke Publicador: Universidade Duke
Tipo: Dissertação
Publicado em //2012
Relevância na Pesquisa
36.99%

The tropics are a significant source of heat and moisture export, which drive global circulation patterns, thus it is vital to systematically understand the land, ocean and sedimentological interactions within the tropics. The Brazilian continental margin is an ideal region to characterize the tropics due to its unique local oceanography and proximity to the atmospheric engine that is the Amazon Basin. A combination of: 1) terrestrial organics and hydrology; 2) oceanographic temperature, isotopic composition, and salinity and 3) early diagenesis and geochemistry of sedimentary interstitial water and methane hydrate, provide a detailed understanding of the primary constituents that influence the South American tropics.

Sedimentological, organic and paleoceanographic reconstructions of the Amazon Basin, Brazilian Nordeste, and western equatorial Atlantic have been undertaken on two sediment cores located on the Brazilian continental slope representing 30 and 110 ka, respectively. High-resolution XRF analyses of Fe, Ti, K and Ca are used to define the sedimentological history of the Amazon Basin and northern Nordeste. Here we present elemental ratios of Ti/Ca and Fe/K, in addition to magnetic susceptibility, to determine variability in Amazon Basin and Nordeste hydrology. Bulk organic proxies d13C and d15N of sedimentary organic carbon are used to define the organic history of the Amazon Basin. Peaks in Ti/Ca and Fe/K ratios largely correlate in both the Amazon Basin and in the Nordeste Record. These excursions correlate with commonly modeled global slowdown of the Atlantic meridional overturning circulation (AMOC) during increased northern hemisphere glaciation. Differences in the Fe/K and Ti/Ca records suggest periods of increased chemical weathering independent of precipitation driven sediment discharge in the Brazilian Nordeste. Bulk organic geochemistry indicates the vegetative history of the Amazon Basin has been relatively stable during the late Quaternary.

High-­resolution stable oxygen isotopic analysis and Mg/Ca paleothermometry undertaken on the near-­surface-dwelling planktic foraminiferal species Globierinoides ruber provide a picture of paleoceanographic forcings in the western equatorial Atlantic. The Nordeste core exhibits a rapid warming of ~3.5ºC between the last glacial maximum and the early Holocene. Furthermore...