Página 1 dos resultados de 137 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Precipita??o sazonal sobre a Amaz?nia oriental no per?odo chuvoso: observa??es e simula??es regionais com o RegCM3

SOUZA, Everaldo Barreiros de; LOPES, Marcio Nirlando Gomes; ROCHA, Edson Jos? Paulino da; SOUZA, Jos? Ricardo Santos de; CUNHA, Alan Cavalcanti da; SILVA, Renato Ramos da; FERREIRA, Douglas Batista da Silva; SANTOS, Daniel Menin?a; CARMO, Alexandre Melo C
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
106.56%
O presente trabalho apresenta uma contribui??o aos estudos de modelagem clim?tica com ?nfase na variabilidade pluviom?trica sazonal da Amaz?nia oriental, durante as esta??es de ver?o e outono (DJF e MAM). Baseado nos resultados das simula??es regionais do RegCM3 para um per?odo de 26 anos (1982/83 a 2007/08) e usando dom?nio em alta resolu??o espacial (30 Km) e dois diferentes esquemas de convec??o (Grell e MIT), foi investigado o desempenho do modelo em simular a distribui??o regional de precipita??o sazonal na Amaz?nia oriental, com refer?ncia a um novo conjunto de dados observacional compilado com informa??es de uma ampla rede integrada de esta??es pluviom?tricas. As an?lises quantitativas evidenciaram que o RegCM3 apresenta erros sistem?ticos, sobretudo aqueles relacionados com vi?s seco no Amap? e norte/nordeste do Par? usando ambos os esquemas Grell e MIT, os quais apontam que o modelo n?o reproduz as caracter?sticas da ZCIT sobre o Atl?ntico equatorial. As simula??es usando MIT, tamb?m apresentaram vi?s ?mido no sudoeste/sul/sudeste do Par? e norte do Tocantins. Al?m disso, atrav?s da t?cnica de composi??es, tamb?m foi investigado o desempenho do RegCM3 em reproduzir os padr?es espaciais an?malos de precipita??o sazonal em associa??o aos epis?dios ENOS...

Preval?ncia de infec??o genital pelo HPV em popula??es urbana e rural da Amaz?nia Oriental Brasileira

PINTO, Denise da Silva; FUZII, Hellen Thais; QUARESMA, Juarez Ant?nio Sim?es
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
106.41%
Foram investigados a preval?ncia e os fatores associados ? infec??o genital pelo HPV em mulheres de popula??o urbana e rural de duas regi?es da Amaz?nia Oriental brasileira. Foi um estudo transversal com 444 mulheres submetidas ao rastreamento para c?ncer cervical, sendo 233 urbanas e 211 rurais, de janeiro de 2008 a mar?o de 2010. Coletaram-se amostras da c?rvice uterina para a pesquisa de DNA do HPV pela PCR. Todas responderam a um formul?rio epidemiol?gico. An?lise bivariada e por regress?o log?stica foram empregadas na investiga??o dos fatores associados ao HPV. A preval?ncia geral de HPV foi de 14,6%. Entre as popula??es, n?o houve diferen?a significativa, 15% urbana e 14,2% rural. O ?nico fator de risco explorado no estudo significativamente associado ao HPV foi a situa??o conjugal de mulheres residentes na zona rural na faixa de 13 a 25 anos, com maior preval?ncia de infec??o entre solteiras, separadas ou vi?vas. Conclui-se que, apesar das preval?ncias entre as popula??es serem semelhantes, as estrat?gias preventivas a serem aplicadas seriam espec?ficas para cada popula??o.; ABSTRACT: This study investigated the prevalence and risk factors for genital infection with HPV in women from rural and urban areas in two different regions of the Eastern Brazilian Amazon. A cross-sectional survey was performed in Pap screening programs...

Avalia??o da qualidade da base de dados de informa??es jornal?sticas sobre a Amaz?nia: ci?ncia, tecnologia e meio ambiente - BDIJAm

SILVA, Ana Rosa dos Santos Rodrigues da; RODRIGUES, Anderson Luis Cardoso; SOUZA, Erika de Santana de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
86.47%
Investiga a qualidade da informa??o e dos servi?os da Base de Dados de Informa??es Jornal?sticas sobre a Amaz?nia: ci?ncia, tecnologia e meio ambiente - BDIJAm, sistematizada pelo Museu Paraense Em?lio Goeldi ? MPEG e pela Universidade Federal do Par? ? UFPA, cujo resultado apontar? caminhos para o maior benef?cio, por parte dos usu?rios, no que diz respeito ao uso, estrutura e funcionamento da BDIJAm com vistas ao melhor aproveitamento de seu conte?do e de seus servi?os. Trata da experi?ncia no Projeto de Pesquisa Ci?ncia e Comunidade: Comunica??o e Educa??o para Preserva??o Ambiental e Cultural na Amaz?nia Oriental Brasileira, que originou o Sub-Projeto Tem?ticas Amaz?nicas: Dossi?s Comentados e Qualidade da Informa??o sobre Ci?ncia Tecnologia e Meio Ambiente. A BDIJAm representa um passo significativo para a democratiza??o de informa??es estrat?gicas sobre a Amaz?nia e representa ainda a conserva??o e divulga??o do acervo de jornais. Com parte do acervo j? digitalizado, disponibiliza cerca de 20 mil registros, dos anos de 1992 a 2006 via web, sobre informa??es estrat?gicas da Amaz?nia, conserva??o e divulga??o do acervo jornal?stico (hemeroteca) do Museu Paraense Em?lio Goeldi, al?m de constituir um importante recurso pedag?gico n?o s? para a forma??o dos professores...

Eventos extremos da zona de converg?ncia intertropical sobre o Atl?ntico durante o per?odo chuvoso da Amaz?nia oriental

FERREIRA, Douglas Batista da Silva
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
106.56%
Este trabalho reporta uma investiga??o observacional sobre as caracter?sticas climatol?gicas (per?odo de 1985 a 2007) associadas aos eventos extremos da ZCIT observados sobre o Oceano Atl?ntico equatorial, procurando estabelecer as influ?ncias na variabilidade pluviom?trica da Amaz?nia oriental, durante os meses de fevereiro, mar?o e abril. Tais eventos foram selecionados objetivamente atrav?s da an?lise de Fun??es Ortogonais Emp?ricas e os padr?es oceano-atmosfera associados aos eventos da ZCIT, bem como seus impactos na precipita??o da Amaz?nia oriental, foram investigados com base em composi??es mensais. Os resultados evidenciaram algumas diferen?as mensais, principalmente no padr?o da circula??o atmosf?rica em 200 hPa e na configura??o vertical da circula??o troposf?rica meridional associada ? c?lula de Hadley equatorial. Quanto ? estrutura din?mica dos padr?es oceano-atmosfera observada nos meses de fevereiro, mar?o e abril, basicamente evidenciou-se que a ZCIT forma-se sobre o Oceano Atl?ntico equatorial numa regi?o de conflu?ncia dos ventos al?sios de sudeste e nordeste, coincidente com ?reas contendo TSM anomalamente quente, movimento vertical ascendente associado ? c?lula de Hadley, com diverg?ncia do vento em altos n?veis. Os impactos de tais eventos na variabilidade espacial da precipita??o sobre a Amaz?nia oriental mostrou que os principais estados afetados pela ZCIT s?o: Amap?...

Estudo comparativo da distribui??o espa?o-temporal da precipita??o na Amaz?nia Oriental

GOMES, Nilzele de Vilhena
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
106.59%
Este trabalho utilizou os dados de precipita??o do per?odo de janeiro de 2000 a setembro de 2007 da torre micrometeorol?gica localizada na Esta??o Cient?fica Ferreira Pena (ECFP) em Caxiuan? e foram comparados com o algoritmo 3B42 que combina dados de sat?lites no canal de microoondas para ajustar aqueles do canal infravermelho. Adicionalmente foi feita uma an?lise da distribui??o temporal e espacial da precipita??o na Amaz?nia Oriental utilizando os dados de cinco algoritmos estimadores de precipita??o: O Geostationary Environmental SalellitePrecipitation lndex (GPI); o 3B42; 3A12 e 3A25 que s?o os algoritmos provenientes dos sensores de microondas e do radar meteorol?gico ? bordo do sat?lite Tropical Rainfall MeasuringMission (TRMM); e o Global Precipitation Climatology Center (GPCC) de janeiro de 1998 a dezembro de 2007. A compara??o entre o algoritmo 3B42 com os dados do pluvi?grafo da torre mostrou que o estimador 3B42 superestima a precipita??o em rela??o aos dados da torre para todo o per?odo de estudo. Os per?odos mais chuvosos foram os trimestres de mar?o-abril-maio (MAM) e dezembro-janeiro-feveireiro (DJF) e os per?odos menos chuvosos foram setembro-outubro-novembro (SON) e junho-julho-agosto (JJA). Esta sazonalidade da precipita??o se apresenta principalmente devido ? influ?ncia da Zona de Converg?ncia Intertropical (ZCIT)...

Regi?es do entorno dos projetos de extra??o e transforma??o mineral na Amaz?nia oriental

COELHO, Maria C?lia Nunes; MONTEIRO, Maur?lio de Abreu; LOPES, Adaise Gouv?a; LIRA, S?rgio Roberto Bacury de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
96.44%
Tentativas estrat?gicas de moderniza??o para a Amaz?nia Oriental brasileira recorreram com freq??ncia ? indu??o da concentra??o espacial de grandes volumes de capitais, e delas resultou o surgimento de grandes plantas m?nero-metal?rgicas na regi?o. Face ao que, o artigo analisa as principais mudan?as ocorridas nos munic?pios situados no entorno dos projetos de extra??o e transforma??o mineral e indicando que, contrariamente ?s predi??es governamentais, h? limitada capacidade destas atividades dinamizarem este entorno.; ABSTRACT: The tentative strategies in the modernization of Brazilian Oriental Amazon happened frequently to the induction in the spatial concentration of great amount of capitals and it resulted the appearance of large mineral-metallurgic plants in the region. The article analyses the main changes occurring in the cities around the mineral extraction and transformation operations contrary to the governmental predictions that there was limited capacity for these activities to promote the quality of life in this region.

Epidemiologia da infec??o genital pelo Papilomav?rus humano (HPV) em popula??o urbana e rural da Amaz?nia Oriental Brasileira

PINTO, Denise da Silva
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
126.58%
A infec??o genital pelo Papilomav?rus humano (HPV) ? a principal causa para o desenvolvimento de les?es precursoras e processos neopl?sicos na c?rvice uterina. O c?ncer cervical representa a segunda maior causa de ?bito por c?ncer em mulheres brasileiras, constituindo-se em uma das principais causas de morbimortalidade feminina na regi?o Norte do Brasil. Este estudo teve o intuito de investigar os aspectos epidemiol?gicos da infec??o genital pelo Papilomav?rus humano (HPV) em mulheres de popula??o urbana e rural oriundas de duas regi?es distintas da Amaz?nia Oriental Brasileira. Para tanto foi conduzido um estudo Transversal anal?tico com 444 mulheres de 13 a 74 anos que se submeteram ao exame preventivo do c?ncer do colo uterino, sendo 233 urbanas oriundas de uma unidade b?sica de sa?de da cidade de Bel?m do Par? e 211 rurais provenientes das margens direita e esquerda do lago da U.H.T de Tucuru? - PA, no per?odo de janeiro de 2008 a mar?o de 2010. Amostras da c?rvice uterina foram coletadas para a realiza??o da colpocitologia convencional e para a detec??o do DNA do HPV atrav?s da rea??o em cadeia da polimerase (PCR) mediada pelos oligonucleot?deos iniciadores universais MY9/11. Todas as mulheres responderam a um formul?rio cl?nico e epidemiol?gico. Para an?lise das associa??es epidemiol?gicas entre os fatores de risco e a infec??o pelo HPV dividiu-se a amostra em tr?s faixas et?rias...

Diversidade morfol?gica e molecular do g?nero Oecomys thomas, 1906 (Rodentia: Cricetidae) na Amaz?nia oriental brasileira

FLORES, Tamara Almeida
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
106.63%
Os roedores arbor?colas do g?nero Oecomys possuem distribui??o reconhecida para ?reas de floresta tropical e subtropical da Am?rica Central e do Sul, e compreendem 17 esp?cies atualmente reconhecidas, al?m de duas descritas, mas n?o nomeadas, reconhecidas em estudos pr?vios. Destas, apenas seis t?m ocorr?ncia esperada para a Amaz?nia oriental brasileira. A delimita??o das esp?cies com base apenas em caracteres morfol?gicos ? complicada, de forma que diversos t?xons nominais j? foram associados ao g?nero e diversos arranjos taxon?micos foram propostos. Na ?nica revis?o taxon?mica para o g?nero, realizada h? 50 anos, foram reconhecidas apenas duas esp?cies polit?picas. Desde ent?o, v?rios trabalhos envolvendo an?lises morfol?gicas, moleculares e cariot?picas t?m demonstrado que h? uma maior diversidade de esp?cies em Oecomys, resultando em descri??es de esp?cies novas e revalida??es de esp?cies anteriormente sinonimizadas. Este trabalho buscou caracterizar a varia??o morfol?gica e a diversidade molecular das esp?cies com ocorr?ncia na Amaz?nia oriental brasileira. Para isto, empregamos an?lises filogen?ticas com base no gene mitocondrial citocromo-b a fim de definir clados que representassem esp?cies, para as quais descrevemos a morfologia externa e craniana. Como resultado...

Diferencia??es na produ??o sider?rgica e implica??es para o desenvolvimento na Amaz?nia Oriental Brasileira

LOIOLA, Edney
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
96.5%
As estrat?gias de moderniza??o da Amaz?nia concebidas pelo Estado nacional tinham em sua proposta as fragilizadas diretrizes geopol?ticas de seguran?a e desenvolvimento regional, voltadas centralmente para a instala??o de empreendimentos industriais, dentre elas as ind?strias sider?rgicas independentes, sob a no??o de que desta atividade passaria para a produ??o produtos de a?o e assim se processaria o desenvolvimento regional. Pela an?lise das diferencia??es das rotas de produ??o independente, integrada e semi-integrada ? poss?vel se compreender como os elementos das plantas industriais se comportam em cada rota e como se inter-relacionam com a socioeconomia regional. O trabalho de pesquisa junto ? guseiras permitiu identificar que a instala??o de sider?rgicas independentes nos munic?pios de A?ail?ndia (MA) e Marab? (PA) gerou expectativas frustradas de desenvolvimento local, consolidando-se, portanto, apenas como atividade que possibilitou o crescimento econ?mico, pois manteve uma rota de produ??o que articulou a atividade com a socioeconomia regional em bases fr?geis e insustent?veis, apoiada, sobretudo na demanda de carv?o vegetal. As estruturas de custos e elementos estruturais de cada rota permitiram identificar as diferen?as que cada rota apresenta...

Avalia??o do valor nutritivo da torta de coco (Cocos nucifera L.) para suplementa??o alimentar de ruminantes na Amaz?nia Oriental

SOUZA J?NIOR, Lucival de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
106.48%
Foram avaliados os efeitos que a inclus?o de n?veis de torta de coco (Cocos nucifera L.), O,4%; 0,8% e 1,2%PV, sobre os consumos e as digestibilidades aparentes da mat?ria seca (DAMS); mat?ria org?nica (DAMO); prote?na bruta (DAPB); extrato et?reo (DAEE); energia bruta (DAEB); fibra em detergente neutro (DAFDN); fibra em detergente ?cida (DAFDA). O volumoso foi o capim quicuio-daamaz?nia (Brachiaria humidicola). Foi realizado um ensaio metab?lico, utilizando 16 ovinos inteiros, com m?dia de peso vivo de 28 kg, distribu?dos em quatro tratamentos em delineamento inteiramente casualizado. Houve um per?odo adaptativo de 14 dias com 7 dias de coleta de dados, onde se monitorou o fornecimento da dieta e a coleta total de fezes. As digestibilidades aparentes DAMS; DAMO; DAEB e DAFDA tiveram efeitos lineares crescentes no intervalo de inclus?o 0,4% at? 1,2%PV. A DAPB apresentou efeito quadr?tico, com melhor n?vel de inclus?o para PB, 0,66%PV e DAPB m?xima 62,9%. A DAFDN, tamb?m, se apresentou de modo quadr?tico, onde o melhor n?vel de inclus?o ocorreu quando se incluiu 0,89% PV e DAFDN m?xima de 59,39%. O teor de EE na dieta afetou a DAMS segundo a equa??o y = 17,85 - 28,92x; R? = 0,38, onde o aumento na inclus?o afetou negativamente a digest?o da DAMS. Conclui-se que a torta de coco (Cocos nucifera L.) ? uma excelente fonte de prote?na e energia para ruminantes...

Efeito de sistemas silvipastoris no conforto t?rmico e nos ?ndices zoot?cnicos de bezerros bubalinos criados na Amaz?nia Oriental

MORAES JUNIOR, Raimundo Jos?
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
86.52%
Sistemas silvipastoris s?o alternativas para aliar conforto animal a ?ndices produtivos mais elevados, principalmente em regi?es de clima tropical, como a Amaz?nia, onde o estresse cal?rico ? constante. Este trabalho teve como objetivo propor uma metodologia para cria??o de bezerros bubalinos em sistema silvipastoril na Amaz?nia Oriental, capaz de conferir conforto t?rmico e maior capacidade de desenvolvimento aos animais. O experimento foi realizado na Embrapa Amaz?nia Oriental, em Bel?m?PA, regi?o de tipo clim?tico Afi, em dois per?odos do ano: Per?odo menos chuvoso (abril/2007 a setembro/2007) e Per?odo mais chuvoso, (outubro/2007 a mar?o/2008). Os bezerros foram inseridos no Sistema Silvipastoril 1 (SSP1; n=10), com ?rea de sombreamento ?til nas pastagens, ou no Sistema Silvipastoril 2 (SSP2; n=9), com pouco sombreamento e um lago para banho. Foram aferidas vari?veis fisiol?gicas, dados morfom?tricos, e calculados o ITU e o ICB, para os dois SSPs nos dois per?odos do ano, e comparados pelo Teste F (P<0,05). O ITU mostrou ?n?vel de alerta? durante os dois per?odos experimentais (Per?odo 1: 78,9?3,7 e Per?odo 2: 77,5?3,5). A FR ficou acima dos n?veis considerados normais, com amplitude de 32,2?9,2 a 56,5?19,0 mov/min. A TR (38...

Certifica??es socioambientais: desenvolvimento sustent?vel e competitividade da ind?stria mineira na Amaz?nia

ENRIQUEZ, Maria Am?lia Rodrigues da Silva; DRUMMOND, Jos? Augusto Leit?o
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
96.34%
Este estudo trata do crescimento econ?mico de um setor que consome recursos naturais n?o-renov?veis, o setor mineromet?lico, e do processo de desenvolvimento sustent?vel na Amaz?nia oriental, no estado do Par?. Desde os anos 1980, o segmento mineromet?lico do Par? vem crescendo de forma acelerada. As empresas ali instaladas - Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), Minera??o Rio do Norte (MRN) e Alum?nio Brasileiro S.A. (Albras) - s?o l?deres globais nas suas respectivas ?reas de atua??o e necessitam estar ajustadas ?s normas socioambientais; por isso, quase todas s?o certificadas social e ambientalmente. A conquista dessas certifica??es ? um forte ind?cio de que essas empresas compartilham dos preceitos da sustentabilidade. Dessa forma, o objetivo deste estudo ? verificar a rela??o entre essas certifica??es e o processo de desenvolvimento sustent?vel das ?reas onde essas empresas est?o instaladas, considerando-se que s?o regi?es carentes. A partir dos fundamentos conceituais do desenvolvimento sustent?vel e de uma perspectiva espacial e setorial, a pesquisa apresenta os principais indicadores do segmento mineromet?lico do Par?, al?m do perfil socioambiental de suas mais importantes empresas. ? feito ainda um breve hist?rico da recente evolu??o do processo de certifica??es socioambientais no Brasil. A partir de uma s?rie de indicadores...

Comunidades "no sentido social da evangeliza??o": CEBs, camponeses e quilombolas na Amaz?nia Oriental Brasileira

MAU?S, Raymundo Heraldo
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
106.47%
O estudo sobre novos movimentos eclesiais na Igreja Cat?lica, desenvolvido na Amaz?nia Oriental brasileira, permite uma reflex?o sobre a influ?ncia dessa Igreja em duas ?reas rurais do estado do Par?: a Transamaz?nica e a microrregi?o de Tom? A?u. Em ambas, sua atua??o, atrav?s das chamadas Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), muito ativas, desempenha papel relevante entre as popula??es dessas ?reas. O artigo se prop?e a analisar a condi??o social dessas popula??es que, em fun??o de suas viv?ncias e pr?ticas, incorporando criticamente a influ?ncia de agentes de pastoral, assumem novas identidades e novas pr?ticas de natureza pol?tica e religiosa, antes n?o existentes em seu meio.; ABSTRACT: The study about new ecclesial movements in the Roman Catholic Church, in Oriental Brazilian Amazon, has allowed a reflection on the influence of that Church in two rural areas of the State of Par?: the Transamaz?nica Highway and the Tom? A?u micro-region. In both, the so-called Ecclesial Base Communities, very active, play important role between the populations of these areas. The article proposes to examine the social condition of those people who, according to their experiences and practices, incorporating critically the influence of pastoral agents...

Preval?ncia de gen?tipos e de mutantes pr?-core A-1896 do v?rus da hepatite B e suas implica??es na hepatite cr?nica, em uma popula??o da Amaz?nia oriental

CONDE, Simone Regina Souza da Silva; M?IA, Lizomar de Jesus Mau?s Pereira; BARBOSA, Maria Silvia de Brito; AMARAL, Ivanete do Socorro Abra?ado; MIRANDA, Esther Castello Branco Mello; SOARES, Manoel do Carmo Pereira; BRITO, Elizabete Maria de Figueiredo; S
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
106.39%
A infec??o pelo virus da hepatite B apresenta amplo espectro de manifesta??es cl?nicas. Objetivando conhecer os gen?tipos do HBV mais prevalentes e determinar a ocorr?ncia da muta??o pr?-core A-1896, em uma popula??o da Amaz?nia oriental, correlacionando com o diagn?stico cl?nico, foram selecionados 51 pacientes portadores cr?nicos de HBsAg e HBV-DNA positivos e divididos em tr?s grupos: grupo A (n=14, pacientes assintom?ticos); grupo B (n=20, sintom?ticos HBeAg positivos) e grupo C (n=17, sintom?ticos HBeAg negativos), sendo usado o sequenciador autom?tico ABI modelo 377 para identifica??o de gen?tipos e mutantes pr?-core. Os resultados evidenciaram o gen?tipo A como o mais prevalente, 81,8%, 89,5% e 93,7%, nos grupos A, B e C, respectivamente. A muta??o pr?-core A-1896 foi encontrada em 11,5% (3/26), sendo todos assintom?ticos. Concluiu-se que na popula??o estudada o gen?tipo A foi o mais prevalente e houve baixa ocorr?ncia do mutante pr?-core A-1896, ambos n?o se constituindo fatores agravantes da doen?a hep?tica.; ABSTRACT: Hepatitis B virus (HBV) infection presents itself with a variety of clinical manifestations. The present work aims to describe the prevalence of HBV genotypes and the occurrence of precore mutation A-1896 in a population group of the Eastern Amazon region of Brazil and to correlate them with the clinical presentation of chronic HBV infection. 51 HBsAg carriers (HBV-DNA positive) were selected and divided into three groups: A (14 asymptomatic subjects)...

Influ?ncia de sistemas meteorol?gicos de grande escala sobre a distribui??o de raios na Amaz?nia Oriental, com aplica??o no setor el?trico

SANTOS, Alex de Assis Santos dos
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
106.43%
Foi feito um estudo da associa??o entre a densidade de ocorr?ncia de raios com condi??es meteorol?gicas no leste da regi?o Amaz?nica entre os anos de 2006 a 2008. A regi?o estudada foi limitada por uma grade geogr?fica entre as latitudes 0? a -10? e longitudes -53? a -43?. Foram desenvolvidos m?todos computacionais de processamento estat?stico e gera??o de mapas de ocorr?ncias de raios para diferentes intervalos de tempo. Esses m?todos foram aplicados para determinar os pontos de altas ocorr?ncias de raios ao longo de linhas de transmiss?o de energia el?trica, a fim de oferecer subs?dios para a prote??o e opera??o dos sistemas el?tricos da regi?o. Foram utilizados dados da rede de detec??o de raios do SIPAM para redimensionar a detec??o do sistema de alcance intercontinental STARNET, e subsequentemente, foram obtidos mapas de densidade de raios mais uniformes e realistas. Esses mapas foram interpretados em per?odos semanais e sazonais, considerando as observa??es simult?neas de chuva, vento, radia??o de onda longa e a presen?a de sistemas meteorol?gicos de grande escala. Zona de Converg?ncia Intertropical e Zona de Converg?ncia do Atl?ntico Sul (ZCIT, ZCAS) definidos pela converg?ncia de ventos e anomalias negativas de Radia??o de Ondas Longas ( ROL). Os resultados mostraram boa correspond?ncia entre as ?reas de convec??o e a intensa ocorr?ncia de raios. Nas regi?es de mais alta atividade el?trica atmosf?rica...

S?ndrome metab?lica e fatores associados em popula??es da Amaz?nia oriental brasileira: um estudo transversal

FRAN?A, Sergio Lobato
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
106.54%
Introdu??o: a s?ndrome metab?lica (SM) desempenha papel fundamental na origem das doen?as cardiovasculares. Estudos sobre a SM no Brasil ainda s?o recentes, e em regi?es mais isoladas como na Amaz?nia, o seu comportamento epidemiol?gico ainda ? desconhecido. O estudo objetivou estimar a preval?ncia da SM e fatores associados em adultos da Amaz?nia Brasileira. M?todos: realizou-se no per?odo de 2012 a 2013 um estudo transversal de base populacional, com a participa??o de 787 adultos selecionados aleatoriamente da ?rea urbana de quatro cidades do estado do Par?, Amaz?nia Oriental Brasileira. Os participantes foram submetidos a avalia??o antropom?trica, laboratorial e interrogados sobre o estilo de vida. A s?ndrome metab?lica foi definida pelo crit?rio cl?nico harmonizado - Joint Interim Statement, sendo utilizada a regress?o log?stica m?ltipla para verificar o potencial de associa??o dos fatores de risco com a presen?a da SM. Resultados: A preval?ncia geral da SM foi de 34,1% (IC 95%= 30,8-37,4), aumentando linearmente com aumento do ?ndice de massa corporal e idade. A partir da faixa et?ria de 40-49 anos a SM atingiu aproximadamente metade das mulheres (46,0%), enquanto que os homens s? experimentaram preval?ncia similar na quinta d?cada de vida (43...

Infec??es pelos v?rus das hepatites B e C e o carcinoma hepatocelular na Amaz?nia oriental

MIRANDA, Esther Castello Branco Mello; M?IA, Lizomar de Jesus Mau?s Pereira; AMARAL, Ivanete do Socorro Abra?ado; BARBOSA, Maria Silvia de Brito; CONDE, Simone Regina Souza da Silva; ARA?JO, Marialva Tereza Ferreira de; CRUZ, Ermelinda do Ros?rio Moutinho
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
106.39%
Com o objetivo de contribuir para um melhor conhecimento do envolvimento das infec??es pelos v?rus das hepatites B e C, na etioepidemiologia do CHC na Amaz?nia Oriental, estudou-se 36 pacientes em Bel?m-PA. Foram avaliados marcadores sorol?gicos e a pesquisa do HBV-DNA e HCV-RNA pela rea??o em cadeia da polimerase. Observou-se etilismo em 33,3% e cirrose em 83,3%. Marcadores sorol?gicos das infec??es pelo HBV e HCV foram encontrados respectivamente em 88,9% e 8,3%. O HBsAg foi encontrado em 58,3%; anti-HBc em 86%; anti-HBe em 85,7; HBeAg em 9,5%; anti-HBc IgM em 57,1%. O HBV-DNA foi detectado em 37,7% e em 65% dos HBsAg positivos; o HCV-RNA em 8,5% e em 100% dos anti-HCV positivos. AFP esteve alterada em 88,9% e acima de 400ng/ml em 75% dos casos. Conclui-se que a infec??o pelo HBV parece ter import?ncia na etiologia do CHC e ressalta-se a import?ncia de implementar programas de vacina??o e detec??o precoce do tumor.; ABSTRACT: In order to contribute to a better understanding of the possible role of hepatits B and C in the etiopathogenis of HCC in the East Amazon, there were studied 36 patients in Bel?m/PA. Serological hepatitis markers were evaluated and polymerase chain reaction assays were used to detect HBV-DNA and HCV-RNA. Alcohol abuse was observed in 33.3% and cirrhosis in 83.3%. In 88.9% of the sample...

Valor nutritivo da leguminosa Flemingia macrophylla (Willd.) Merrill para suplementa??o alimentar de ruminantes na Amaz?nia Oriental

AVIZ, M?rcia Alessandra Brito de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
86.5%
O conhecimento do valor nutritivo de plantas forrageiras ? de grande relev?ncia quando se pretende elevar a produtividade dos sistemas pecu?rios na Amaz?nia Oriental, principalmente em ?reas onde ocorre defici?ncia de forragem de boa qualidade, em per?odos de d?ficit h?drico. Assim, caracterizar a potencialidade da leguminosa Flemingia macrophylla (Willd.) Merrill, como alternativa para alimenta??o animal, assume relevante import?ncia, pois pode influenciar no desempenho produtivo de bov?deos para carne e leite. Dessa forma, esta pesquisa visou avaliar a composi??o qu?mica, digestibilidade aparente e consumo volunt?rio dessa leguminosa na alimenta??o suplementar de ruminantes, em per?odos de reduzida disponibilidade de forragem, de baixo valor nutritivo. O trabalho foi realizado na Embrapa Amaz?nia Oriental, em Bel?m-Par?, (1?28? S 48?27? W de Greenwich). Foram determinadas as caracter?sticas nutricionais da leguminosa, durante um per?odo de 21 dias, com 16 ovinos, em gaiolas metab?licas individuais, distribu?das em delineamento inteiramente casualizado, em quatro tratamentos e quatro repeti??es, onde os tratamentos (T1, T2, T3 e T4) continham quicuio-da-amaz?nia (Brachiaria humidicola) e n?veis crescentes de 100%, 75%, 50% e 25% de inclus?o de F. macrophylla. Os teores de tanino na composi??o da dieta foram 1...

Abund?ncia, composi??o e diversidade de Arctiinae (Lepidoptera, Arctiidae) em um fragmento de floresta na Amaz?nia Oriental em Altamira, PA, Brasil

TESTON, Jos? Augusto; NOVAES, Jess? Bucioli; ALMEIDA J?NIOR, Jos? Ot?vio Barros
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
96.39%
Este estudo avaliou a fauna de Arctiinae em um fragmento de floresta prim?ria em Altamira, Par?, na Amaz?nia Oriental brasileira. As mariposas foram amostradas durante dois anos (de agosto de 2007 a julho de 2009), com aux?lio de armadilha luminosa. Foram medidos os seguintes par?metros: riqueza, abund?ncia, const?ncia, ?ndices de diversidade e uniformidade de Shannon (H' e E') e de Brillouin (H e E) e o ?ndice de domin?ncia de Berger-Parker (BP). As estimativas de riqueza, foram efetuadas atrav?s dos procedimentos n?o param?tricos, "Bootstrap", "Chao 1", "Chao 2", "Jackknife 1", "Jackknife2" e "Michaelis-Mentem". Foram capturados 466 exemplares pertencentes a 78 esp?cies de Arctiinae, das quais 12 s?o novos registros para o Estado. Os valores dos par?metros analisados para todo o per?odo foram: H'= 3,08, E'= 0,708, H= 2,86, E= 0,705 e BP= 0,294. As comunidades dos meses menos chuvosos foram mais diversas. Os estimadores previram o encontro de 17 a 253 esp?cies a mais.; ABSTRACT: This study evaluated the Arctiinae fauna in a fragment of primary forest in Altamira, Par?, Eastern Amazonia, Brazil. The moths were sampled during two years (from August 2007 to July 2009) with a light trap. The following parameters were measured: richness...

Ecologia e comportamento do Cuxi?-Preto (Chiropotes Satanas) na paisagem fragmentada da Amaz?nia Oriental

VEIGA, Liza Maria
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
116.54%
Cuxi?s s?o primatas frug?voros especializados na preda??o de sementes. O cuxi?-preto (Chiropotes satanas), atualmente amea?ado de extin??o, ? end?mico de uma ?rea da Amaz?nia oriental brasileira bastante povoada e desmatada. O principal objetivo deste estudo foi pesquisar o comportamento e a ecologia de dois grupos de cuxi?s-pretos vivendo sob diferentes graus de fragmenta??o de h?bitat, de maneira a entender como par?metros ecol?gicos nestes diferentes contextos influenciam estrat?gias comportamentais. Al?m disso, o estudo procurou identificar fatores que limitam a viabilidade a longo prazo do cuxi?-preto e coletar informa??es que possam contribuir com planos de manejo e conserva??o. O estudo foi realizado na margem direita do rio Tocantins, no reservat?rio de Tucuru?, Estado do Par?, Brasil (415'S, 4931'W). Dois grupos de cuxi?s-pretos foram estudados: um (denominado T4) em um grande fragmento de floresta situado na margem do reservat?rio (1.300 ha, 39 indiv?duos) e outro numa pequena ilha (19,4 ha, oito indiv?duos) coberta por floresta. O comportamento dos dois grupos foi monitorado durante 12 meses (1.153 horas de observa??o) utilizando metodologias de amostragem por varredura e de todas as ocorr?ncias por 4 a 5 dias consecutivos por m?s por grupo. Al?m de coletar dados sobre seus or?amentos de atividades...