Página 1 dos resultados de 1056 itens digitais encontrados em 0.074 segundos

A infecção odontogênica e sua associação com a doença de Alzheimer; Dental infections and their association with Alzheimer's disease

Rolim, Thais de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
96.09%
A doença de Alzheimer (DA) é a doença degenerativa cerebral adquirida mais comum e a principal causa de demência nos paises ocidentais. Sua fisiopatologia pode envolver anormalidades neuronais além do processo inflamatório. As infecções odontogênicas são frequentes nestes doentes, e são importantes causas de dor e inflamação crônicas. Os objetivos desta pesquisa foram avaliar as características odontológicas e de dor orofacial de doentes com DA leve comparados aos controles, e verificar aspectos cognitivos, funcionais e emocionais após o tratamento das infecções odontogênicas presentes. Foram avaliados 29 doentes e 30 controles, sendo que os doentes foram tratados e reavaliados posteriormente em dois momentos (após um mês e após seis meses). Foram utilizados os seguintes instrumentos de avaliação: ficha clínica da Equipe de Dor Orofacial; Critérios de diagnóstico em Pesquisa para Disfunção Temporomandibular; questionário de dor McGill; qualidade de vida relacionada à saúde oral (OHIP); avaliação clínica periodontal; índice CPOD-d; índice de placa OLeary; Mini-Exame do Estado Mental (MEEM); escala funcional de Pfeffer. No grupo de estudo, houve maior prevalência de dor orofacial (20,7%, P<0,001)...

Desenvolvimento de sistemas de liberação nanoestruturados mucoadesivos contendo o ácido elágico visando o tratamento da doença de Alzheimer

Amorim, Clarissa de Medeiros
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 226 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
106.12%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Centro de Ciências da Saúde, Programa Programa de Pós-Graduação em Nanotecnologia Farmacêutica, Florianópolis, 2014.; A doença de Alzheimer é uma doença neurodegenerativa caracterizada pelo declínio progressivo no número de neurônios colinérgicos, sendo a causa mais comum de prejuízos cognitivos em indivíduos com mais de 65 anos de idade. Para o tratamento profilático e terapêutico desta doença, alguns estudos têm evidenciado o uso de compostos polifenólicos, como o ácido elágico (AE). O AE é um derivado dimérico do ácido gálico que possui diversas propriedades farmacológicas, tais como antioxidante, antitumoral, antimutagênica, hipoglicemiante e antibacteriana. Entretanto, este polifenol apresenta baixa solubilidade aquosa e elevado metabolismo no trato gastrintestinal, o qual limita a sua absorção e o alcance de concentrações terapêuticas. Desta maneira, o objetivo deste trabalho foi desenvolver sistemas de liberação nanoestruturados mucoadesivos para a administração nasal do AE, com vistas ao aproveitamento do seu potencial terapêutico para o tratamento da Doença de Alzheimer. As nanoemulsões foram preparadas pela técnica de emulsificação espontânea. Inicialmente...

Modulação autonômica do coração avaliada pela variabilidade da freqüencia cardíaca, e sua correlação com a função cognitiva na doença de alzheimer

Toledo, Maria Alice de Vilhena
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
96.2%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2007.; A doença de Alzheimer (DA) é a causa de demência neurodegenerativa mais comum em idosos. Os estudos na procura para bases neurológicas na doença de Alzheimer focaram-se ao longo dos anos, principalmente, na neurotransmissão central, especialmente no sistema colinérgico. As manifestações clínicas de declínio cognitivo das atividades funcionais e do transtorno de comportamento estão associadas ao comprometimento do sistema colinérgico, desde os estágios mais precoces da doença. Como a acetilcolina é o principal neurotransmissor do ramo parassimpático do sistema nervoso autonômico, bem como da neurotransmissão simpática pré-ganglionar, é possível que o sistema nervoso autonômico esteja alterado na DA. O presente estudo tem como objetivo avaliar e comparar a função autonômica cardíaca, usando a variabilidade da freqüência cardíaca, nos domínios do tempo e da freqüência, em registros de curta duração (5 minutos), em duas posições funcionais (supina e ortostática), em 22 pacientes com DA, que preenchiam os critérios diagnósticos de doença de alzheimer pelo DSM-IV (Manual Diagnóstico e Estatístico de Doenças Mentais, quarta edição) e DA “provável”...

Análise fisiológica e comportamental de modelos animais desenvolvidos geneticamente para o estudo da ansiedade e da doença de Alzheimer

Salviano, Marcelo de Faria
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
106.14%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Ciência do Comportamento, 2013.; Diversos modelos animais geneticamente modificados têm sido recentemente utilizados no estudo experimental de funções psicológicas e psicopatologias. Usualmente, tais modelos são desenvolvidos por meio de cruzamentos seletivos bidirecionais ou pela engenharia genética, tais como animais knock in, knock out ou transgênicos. O presente estudo analisou a correlação fisiológica e comportamental de dois modelos genéticos diferentes. No experimento 1, machos da 5ª geração de uma nova linhagem de ratos Wistar selecionados para alta (CAC) ou baixa (CBC) resposta de congelamento ao contexto foram utilizados para avaliar o nível sanguíneo de corticosterona e ratos machos e fêmeas da 10ª geração foram utilizados para avaliar reações indicativas de ansiedade no labirinto em cruz elevado (LCE), comportamento indicativo de depressão no teste do nado forçado (TNF), assim como medo condicionado ao contexto. As medidas fisiológicas indicaram concentrações semelhantes de corticosterona nos machos das linhagens CAC e CBC da 5º geração. Nos testes comportamentais da 10ª geração, as fêmeas da linhagem CAC apresentaram maior nível de comportamento indicativo de ansiedade do que a linhagem CBC...

Ensaio clínico randomizado, duplo-cego, controlado com placebo, do uso da mirtazapina no tratamento dos transtornos do sono em pacientes com Doença de Alzheimer

Scoralick, Francisca Magalhães
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
96.19%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2014.; Introdução: Os transtornos do sono são prevalentes em pacientes com doença de Alzheimer. Apesar do crescente número de pesquisas sobre o tema, a maioria não aborda o tratamento farmacológico. Os antidepressivos são muito utilizados na prática clínica apesar de evidência insuficiente. Objetivo: O objetivo principal desse estudo consistiu em avaliar, por meio da actigrafia, questionários estruturados e avaliação subjetiva do cuidador, a eficácia da mirtazapina na dose de 15 mg comparado ao placebo no tratamento dos transtornos do sono em pacientes com a doença de Alzheimer. Análises secundárias dos efeitos adversos e do possível impacto da mirtazapina na sobrecarga do cuidador foram realizadas. Método: No período de novembro de 2011 a março de 2014, foram randomizados 29 pacientes com diagnóstico de doença de Alzheimer e transtorno do sono avaliado pelo inventário neuropsiquiátrico e actigrafia. Desses, 24 pacientes finalizaram o estudo, sendo 8 submetidos ao tratamento com mirtazapina e 16 ao placebo. Os valores médios dos parâmetros do sono no momento pós-tratamento foram comparados entre os grupos usando-se MANCOVA sob a hipótese de que as variáveis dependentes estavam correlacionadas. Considerou-se como variável dependente as medidas obtidas no pós-tratamento...

Estudos de metabolismo in vitro de extractos aquosos de São Roberto, Geranium robertianum: aplicações terapêuticas na doença de Alzheimer

Lima, Inês de Sousa
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
96.09%
Tese de mestrado, Bioquímica, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2009; O objectivo deste trabalho foi o estudo do metabolismo in vitro de extractos aquosos de Geranium robertianum e actividades biológicas com aplicações terapêuticas na Doença de Alzheimer. O aumento das doenças neurodegenerativas na população leva à necessidade de encontrar novas terapêuticas. Uma área em expansão é o estudo de plantas medicinais, como o G. robertianum, utilizado na medicina tradicional portuguesa e cuja caracterização exaustiva permitirá a compreensão das suas potencialidades como agente terapêutico. Determinou-se a concentração de G. robertianum necessária para inibir 50% da actividade do enzima acetilcolinesterase, obtendo-se 765,88±15,39 μg/mL. Simultaneamente, calculou-se a concentração de extracto aquoso responsável por 50% de extinção do radical DPPH, 6,53±0,58 μg/mL. A análise destas actividades biológicas para cada fracção maioritária mostrou que o seu efeito sinergístico promove as actividades globais apresentadas. Seguidamente, caracterizou-se a planta relativamente ao tipo e estrutura dos principais compostos. Quantificaram-se os fenóis totais, obtendo-se um valor de 106,96±2,37 μg de equivalentes de pirogalol / mg de extracto. A análise por espectrometria de massa permitiu concluir que as principais moléculas presentes em G. robertianum são o ácido sinápico glucuronado...

Mecanismos moleculares que relacionam a hipercolesterolemia familiar à doença de Alzheimer

Oliveira, Jade de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 150 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
106.16%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Bioquímica, Florianópolis, 2015.; A hipercolesterolemia familiar é uma doença do metabolismo das lipoproteínas causada por anormalidades genéticas que direta ou indiretamente prejudicam a função do receptor de lipoproteína de baixa densidade (LDL). Esta condição é caracterizada pelo catabolismo defeituoso da LDL, o qual resulta em aumento das concentrações plasmáticas de colesterol desde o nascimento e aterosclerose prematura. Recentemente, estudos clínicos e pré-clínicos demonstraram uma associação entre a hipercolesterolemia familiar e o desenvolvimento de comprometimento cognitivo leve, considerado um estágio de transição entre o envelhecimento saudável e os primeiros sintomas da doença de Alzheimer ? principal causa de prejuízos cognitivos em pessoas com mais de 65 anos. De fato, há mais de duas décadas o envolvimento da hipercolesterolemia no acúmulo e deposição de peptídeo ß-amiloide (Aß) cerebral vem sendo intensamente estudado. Por outro lado, inúmeros estudos recentes têm indicado o receptor de LDL como uma via fisiológica importante que medeia a regulação celular dos níveis de Aß cerebral. Nesse sentido...

Identificação de peptídeos miméticos a autoantígenos por phage display na Doença de Alzheimer

Oliveira Júnior, Luiz Carlos de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
96.11%
A Doença de Alzheimer (DA) é a causa mais importante de demência no mundo. O envolvimento do sistema imunológico no processo patogênico tem sido demonstrado em diversos estudos inclusive com a descrição de autoanticorpos (AAcs) presentes no soro dirigidos a alvos no sistema nervoso central. Não é possível definir ainda qual a sua participação exata na DA. Neste estudo, utilizando a metodologia do Phage Display procuramos identificar AAcs específicos de pacientes com a doença e caracterizar seus antígenos utilizando ferramentas de bioinformática. Foram selecionados 10 pacientes com DA segundo os critérios do DSM-IV TR e NINCDS-ASRDA e 10 controles saudáveis pareados por sexo e idade. Utilizando uma biblioteca de peptídeos expostos em fagos M13, foi realizado biopanning selecionando 10 peptídeos reconhecidos por IgGs no soro de pacientes com DA. Os prováveis epítopos foram caracterizados e seu envolvimento com a DA foi avaliado na literatura. Foram encontrados alinhamentos com a Neurexina 3β, PLK4, Neuroserpina, vários membros da família DNAJ, Mint-1/X11, Gene 2 de susceptibilidade para o Autismo, unidades α2, α3, α4 e α6 do receptor nicotínico da acetilcolina, Trombospondina-1, TRAF6, ECA, receptor α 3 do GDNF...

Swallowing in moderate and severe phases of Alzheimer's disease; A deglutição nas fases moderada e grave da doença de Alzheimer

CORREIA, Sheilla de Medeiros; MORILLO, Lilian Schafirovits; JACOB FILHO, Wilson; MANSUR, Leticia Lessa
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
96.08%
OBJECTIVE: To characterize the problems of feeding and swallowing in individuals with moderate and severe Alzheimer´s disease (AD) and to correlate these with functional aspects. METHOD: Fifty patients with AD and their caregivers participated in this study. The instruments used were: Clinical Dementia Rating (CDR), Mini-Mental State Examination, Index of Activities of Daily Living, Assessment of Feeding and Swallowing Difficulties in Dementia, Functional Outcome Questionnaire for Aphasia, and Swallowing Rating Scale. RESULTS: Problems with passivity, distraction and refusal to eat were encountered in the CDR2 group. Distraction, passivity and inappropriate feeding velocity were predominant in the CDR3 group. The problems were correlated with communication, swallowing severity of AD individuals and caregiver schooling. CONCLUSION: Given the inexorable functional alterations during the course of the disease, it is vital to observe these in patients with a compromised feeding and swallowing mechanism. The present study supplies the instruments to orient caregivers and professionals.; OBJETIVO: Caracterizar os problemas de alimentação e deglutição em indivíduos com doença de Alzheimer (DA) em fases moderada e grave e correlacioná-las com os aspectos funcionais. MÉTODO: Participaram do estudo 50 pacientes com DA e seus 50 cuidadores. Os instrumentos utilizados foram: Estadiamento clínico da demência (CDR)...

Impacto de uma intervenção psicoeducacional sobre o bem-estar subjetivo de cuidadores de idosos com doença de Alzheimer; Impact of a psychoeducational intervention on subjective well-being of caregivers of patients with Alzheimer’s disease; Impacto de una intervención psicoeducativa en el bienestar subjetivo de los cuidadores de pacientes con enfermedad de Alzheimer

Lopes, Lais de Oliveira; Cachioni, Meire
Fonte: Sociedade Brasileira de Psicologia; Ribeirão Preto Publicador: Sociedade Brasileira de Psicologia; Ribeirão Preto
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
106.15%
O objetivo deste estudo foi investigar o impacto de um programa psicoeducacional dirigido a cuidadores familiares de idosos com Doença de Alzheimer em relação às avaliações desses cuidadores sobre o seu bem-estar subjetivo. Cuidadores familiares de idosos (n=21) foram entrevistados antes e após a intervenção, composta por quinze sessões. Os instrumentos aplicados foram: Escala de Satisfação Geral com a Vida; Escala de Satisfação com a Vida Referenciada a Domínios; Escala de Ânimo Positivo e Negativo; e, Escala de Depressão Geriátrica. Os cuidadores apresentaram melhora em satisfação geral com a vida e com o envolvimento social, e maior presença de afetos positivos. Ao comparar os valores correspondentes às diferenças de antes e após a intervenção das variáveis de bem-estar, observou-se que houve diferença significativa entre os cuidadores com renda superior a seis salários mínimos e os cuidadores de menor renda em relação à variável de satisfação com a capacidade mental, e entre os cuidadores que cuidavam há mais de doze meses e os que cuidavam há menos tempo quanto à satisfação geral com a vida. Tais resultados se diferenciaram entre grupos de cuidadores, de acordo com o sexo, gênero, graus de parentesco...

Aluminum as a risk factor for Alzheimer's disease; Aluminio como factor de riesgo para la enfermedad de Alzheimer; Alumínio como fator de risco para a doença de Alzheimer

FERREIRA, Pricilla Costa; PIAI, Kamila de Almeida; TAKAYANAGUI, Angela Maria Magosso; SEGURA-MUÑOZ, Susana Inés
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
96.17%
The purpose of the study was to condense existing scientific evidence about the relation between aluminum (Al) exposure and risk for the development of Alzheimer's Disease (AD), evaluating its long-term effects on the population's health. A systematic literature review was carried out in two databases, MEDLINE and LILACS, between 1990 and 2005, using the uniterms: "Aluminum exposure and Alzheimer Disease" and "Aluminum and risk for Alzheimer Disease". After application of the Relevance Test, 34 studies were selected, among which 68% established a relation between Al and AD, 23.5% were inconclusive and 8.5% did not establish a relation between Al and AD. Results showed that Al is associated to several neurophysiologic processes that are responsible for the characteristic degeneration of AD. In spite of existing polemics all over the world about the role of Al as a risk factor for AD, in recent years, scientific evidence has demonstrated that Al is associated with the development of AD.; El objetivo del estudio fue condensar la evidencia científica existente entre la exposición al aluminio (Al) y el riesgo para el desarrollo de la Enfermedad de Alzheimer (EA), evaluando los efectos para la salud de la población a largo plazo. Una revisión sistemática de la literatura científica existente entre 1990 y 2005...

Psicomotricidade e retrogênese: considerações sobre o envelhecimento e a doença de Alzheimer; Psicomotricity and retrogenesis: considerations about aging and Alzheimer's disease

BORGES, Sheila de Melo; APRAHAMIAN, Ivan; RADANOVIC, Márcia; FORLENZA, Orestes Vicente
Fonte: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
96.09%
CONTEXTO: A teoria da retrogênese refere-se às mudanças nas habilidades psicomotoras que ocorrem de forma inversa à aquisição do desenvolvimento motor normal. Tais mudanças ocorrem ao longo do processo de envelhecimento e também são ilustradas por mudanças degenerativas ocorridas na doença de Alzheimer (DA). OBJETIVOS: Revisar o conceito de retrogênese no envelhecimento e na DA e discutir os artigos publicados sobre o assunto nos últimos 10 anos. MÉTODOS: Foi realizada uma pesquisa nas bases de dados PubMed (MEDLINE), Lilacs, Cochrane e Sci SciELO com as palavras-chave "retrogenesis" (retrogênese), "elderly" (idoso) e "Alzheimer's disease" (doença de Alzheimer). RESULTADOS: A busca bibliográfica resultou em seis artigos, dois dos quais publicados nos primeiros meses de 2009, sendo realizadas análise descritiva e interpretação crítica deles. Foi possível observar que o estudo da retrogênese na velhice tem sido feito fundamentalmente com base na DA, principalmente por meio de revisões bibliográficas e explorações teóricas. Esses trabalhos correlacionam manifestações observadas na DA com determinadas alterações fisiológicas, seguindo o sentido oposto ao do desenvolvimento normal do ser humano. CONCLUSÃO: A partir da revisão realizada...

Análise de textura em imagens cerebrais : aplicações em acidente vascular cerebral isquêmico, epilepsia mioclônica juvenil, doença de Machado-Joseph, déficit cognitivo leve e doença de Alzheimer; Texture analysis in brain images : applications in ischemic brain stroke, juvenile myoclonic epilepsy, Machado-Joseph disease, mild cognitive impairment and Alzheimer¿s disease

Márcia Silva de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
96.12%
Análise de textura em imagens digitais é um termo que se refere a um grupo de técnicas de processamento de imagens que objetivam a extração de descritores da imagem ou de regiões de interesse (ROIs) de forma a simplificar a caracterização das mesmas. A textura pode ser entendida como características intrínsecas da imagem (por exemplo: brilho, cor e distribuição de formas) que remetem à ideia de regularidade, rugosidade, suavidade, entre outras, por isso o nome `textura'. Um tipo particular de análise de textura, bastante utilizado em imagens médicas, se baseia em medidas estatítsticas relativas à distribuição de níveis de cinza da imagem (matriz de coocorrência). Os descritores de textura, baseados na matriz de coocorrência, são conhecidos como descritores de Haralick. Este trabalho consistiu na aplicação de vídeo deste tipo de análise em imagens de Tomografia Computadorizada (TC) de vítimas de Acidente Vascular Cerebral Isquêmico e em imagens de Ressonância Magnetica (RM) de portadores de Epilepsia Mioclônica Juvenil, Doença de Machado-Joseph, Déficit Cognitivo Leve e Doença de Alzheimer, visando o desenvolvimento de uma ferramenta computacional que auxilie o neurologista na identificação de areas atingidas por estas doenças e que não sejam distinguíveis em uma análise visual. Neste trabalho foram selecionadas regiões de interesse (ROIs) e calculados os parâmetros de textura para cada grupo de imagens. Após o cálculo dos descritores de textura foi realizada uma análise estatística para verificar se havia diferenciação entre os vários tipos de tecidos. Os resultados obtidos mostraram que a análise de textura pode...

Investigação dos efeitos neuroprotetores da grelina e do neuropeptídeo Y em um modelo experimental da doença de Alzheimer

Santos, Vanessa Valgas dos
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 180 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
96.16%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Neurociências, Florianópolis, 2012.; O acúmulo da proteína beta amilóide (AB) no sistema nervoso central (SNC) e os prejuízos cognitivos são sinais clássicos da doença de Alzheimer que estão fortemente associados ao estresse oxidativo e às alterações colinérgicas. Um número crescente de trabalhos tem relacionado à obesidade como um fator de risco para o desenvolvimento da doença de Alzheimer. Durante o ganho de peso existe uma redução nos níveis plasmáticos e no SNC dos hormônios orexígenos grelina (Ghr) e neuropeptídeo Y (NPY), que além de regularem a ingesta de alimentos, também participam da modulação de processos cognitivos, emocionais e neurodegenerativos. No presente estudo, foram investigados os efeitos do pré-tratamento com Ghr ou NPY sobre as alterações comportamentais e neuroquímicas induzidas pela infusão intracerebroventricular (i.c.v.) do peptídeo AB1-40, utilizado como um modelo experimental da doença de Alzheimer. Grupos independentes de camundongos albinos (3 meses de idade) receberam uma administração aguda de Ghr (3 nmol/µl, i.c.v.), NPY (0.0234 umol/uL...

Relação entre qualidade de vida e Doença de Alzheimer leve e moderada

Vasques, Ana Tereza Dias
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
96.2%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Processos Psicológicos Básicos, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Comportamento, 2012.; O presente estudo teve como objetivo verificar a relação existente entre qualidade de vida e o diagnóstico de doença de Alzheimer leve e moderada. Pretendeu também investigar a influência do desempenho funcional, do desempenho cognitivo e da depressão na qualidade de vida dos pacientes com esse diagnóstico. Foram avaliados 60 participantes, sendo 20 do grupo controle, através do Mini Exame do Estado Mental, da Escala de Depressão Geriátrica, da Escala de Barthel, da Escala de Pfeffer e da Escala de Qualidade de Vida na Doença de Alzheimer. Não houve diferenças estatisticamente significativas na qualidade de vida total nem na qualidade de vida relatada pelo paciente entre os grupos com diagnóstico de doença de Alzheimer leve e moderado, contudo, entre este último e o grupo controle, observaram-se variações tanto na resposta dos pacientes quanto na dos cuidadores. Depressão e percepção de qualidade de vida por parte do próprio paciente apresentaram boa correlação negativa para o grupo diagnosticado com doença de Alzheimer leve. Os demais desempenhos não apresentaram significância. Mais pesquisas voltadas para a avaliação da qualidade de vida em cada estágio da doença de Alzheimer são necessárias para que os programas de intervenção e reabilitação possam ser mais direcionados e eficientes. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This study aimed to assess the relationship between quality of life and the diagnosis of Alzheimer's disease...

Correlação entre funcionalidade, mobilidade e risco de quedas em idosos com doença de Alzheimer

Miranda, Heula Áurea Alves Amorim
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
96.11%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2014.; Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: resultados, anexos e apêndices.; Com o envelhecimento ocorrem maior prevalência e incidência de doenças crônico-degenerativas, principalmente as neurodegenerativas como as demências, sendo a mais frequente a Doença de Alzheimer (DA). Objetivo: avaliar a capacidade funcional, mobilidade e equilíbrio em pacientes idosos com Doença de Alzheimer (DA), em suas formas leve, moderada e grave, verificando se há correlação entre esses parâmetros. Metodologia: selecionados 44 pacientes idosos (81,79±6,54 anos) diagnosticados com DA atendidos em dois centros de atendimento aos idosos em Taguatinga-DF, de fevereiro 2013 a junho de 2014. A coleta dos dados foi feita inicialmente com o preenchimento da ficha de avaliação. A seguir, aplicaram-se dois questionários aos cuidadores (Clinical Dementia Rating-CDR e Disability Assessment for Dementia - DAD) e dois testes aos idosos dementados (Southampton Assessment of Mobility-SAM-Br e Timed “Up & Go” - TUG). A correlação das variáveis foi feita no software SPSS versão 20 com o uso da Correlação de Pearson, considerando-se o nível de significância p≤0...

Ensaio clínico randomizado, duplo-cego e controlado com placebo sobre o uso da trazodona nos transtornos do sono em pacientes com doença de Alzheimer

Camargos, Einstein Francisco de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
106.19%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2013.; Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: Anexo 6.; Os transtornos do sono são frequentemente observados em pacientes com doença de Alzheimer e são desafiadores na prática clínica dos profissionais que lidam com esse paciente. Apesar de existirem estudos sobre terapias cognitivas e comportamentais nesse campo, fármacos hipnóticos e antidepressivos são os mais utilizados na prática clínica, frequentemente sem o embasamento de pesquisas adequadas. O objetivo principal desse estudo consistiu em avaliar, por meio da actigrafia, questionários estruturados e escalas, a eficácia e segurança do uso da trazodona 50mg comparado com o placebo no tratamento dos transtornos do sono em pacientes com a doença de Alzheimer. Análises secundárias do possível impacto da trazodona em testes cognitivos, funcionais e comportamentais também foram realizadas. Durante o período de fevereiro de 2010 a julho de 2012, foram randomizados 36 pacientes com diagnóstico de doença de Alzheimer provável e queixa de transtorno do sono avaliada pelo inventário neuropsiquiátrico e actigrafia. Desses, 30 pacientes chegaram ao final do estudo...

O impacto do declínio cognitivo, da capacidade funcional e da mobilidade de idosos com doença de Alzheimer na sobrecarga dos cuidadores.; The impact of cognitive, functional, and mobility decline of elderly with Alzheimer disease on their caregivers' burden

Borges, Larissa de Lima; Albuquerque, Cristina Rodrigues; Garcia, Patrícia Azevedo
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
96.17%
O objetivo foi avaliar capacidade funcional, mobilidade e função cognitiva de idosos com a doença de Alzheimer (DA), bem como o nível de sobrecarga de seus cuidadores, verificando possíveis associações entre essas variáveis. Foram selecionados 28 idosos (77,8±8,3 anos) diagnosticados com DA por meio do manual diagnóstico e estatístico das doenças mentais e da Classificação Internacional de Doenças; e também os respectivos cuidadores (58,0±13,9 anos), todos participantes da Associação Brasileira de Alzheimer em Goiás. Foram avaliadas função cognitiva, mobilidade e capacidade funcional dos idosos, por meio do miniexame do estado mental, Southampton assessment of mobility e Disability assessment for dementia, respectivamente. O nível de sobrecarga dos cuidadores foi avaliado pela Zarit burden interview. As associações foram calculadas pelo teste de correlação de Spearman e o nível de significância fixado em 0,05. Obtiveram-se correlações fracas significativas entre o nível cognitivo e a escolaridade dos idosos (r=0,389; p=0,041), nível de funcionalidade dos idosos e nível de sobrecarga dos cuidadores (r=-0,398; p=0,036), e mobilidade e tempo de diagnóstico da DA (r=0,401; p=0,042). Os resultados sugerem que o deficit cognitivo não interferiu na capacidade funcional e a perda cognitiva foi proporcionalmente maior que a perda da mobilidade. Foi possível associar a sobrecarga dos cuidadores ao nível de funcionalidade dos idosos com doença de Alzheimer. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The purpose here was to assess functional capacity...

Psicomotricidade e retrogênese: considerações sobre o envelhecimento e a doença de Alzheimer

BORGES, Sheila de Melo; APRAHAMIAN, Ivan; RADANOVIC, Márcia; FORLENZA, Orestes Vicente
Fonte: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
96.09%
BACKGROUND: The theory of retrogenesis refers to changes in psychomotor abilities that occur in the reverse order in which they are acquired in normal psychomotor development. Such changes occur along the aging process and are also illustrated by the degenerative changes that occur in Alzheimer's disease (AD). OBJECTIVES: To review the concept of retrogenesis in aging and in AD and to discuss the articles published on the subject in the last ten years. METHODS: A search was conducted in the databases PubMed (MEDLINE), Lilacs, Cochrane and SciELO with the keywords "retrogenesis", "elderly" and "Alzheimer's disease". RESULTS: The literature search resulted in six articles, two of which recently published. We conducted a descriptive analysis of them. We observed that the study of retrogenesis in old age has been done primarily on the basis of AD, mainly through literature reviews and theoretical explorations. These works correlate events observed in AD with some physiological changes, following the opposite direction to the normal development of human beings. DISCUSSION: Based on available literature, we support the notion that functional retrogenesis model illustrate the changes that occur in patients with AD. This notion is supported by experimental models using diffusion tensor imaging and addressing white-matter changes that occur along the aging and the disease processes.; CONTEXTO: A teoria da retrogênese refere-se às mudanças nas habilidades psicomotoras que ocorrem de forma inversa à aquisição do desenvolvimento motor normal. Tais mudanças ocorrem ao longo do processo de envelhecimento e também são ilustradas por mudanças degenerativas ocorridas na doença de Alzheimer (DA). OBJETIVOS: Revisar o conceito de retrogênese no envelhecimento e na DA e discutir os artigos publicados sobre o assunto nos últimos 10 anos. MÉTODOS: Foi realizada uma pesquisa nas bases de dados PubMed (MEDLINE)...

Analysis of caregiver burden of elderly with Alzheimer disease caused by behavioral psychological symptons of dementia; Análise do desgaste e da sobrecarga de cuidadores/ familiares de idosos com doença de Alzheimer causado pelos sintomas psicológicos e comportamentais

Arakaki, Blenda Kimie; Tsubaki, Jaqueline Namy de Souza; Caramelli, Paulo; Nitrini, Ricardo; Novelli, Marcia Maria Pires Camargo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.14%
Alzheimer’s disease (AD) is characterized as a degenerative disease that affects manydomains, including behavior and can cause burden in caregivers/family member of these individuals.The aim of the study was to analyze the caregiver burden in relation to the presence and intensityof Behavioral and Psychological Symptoms in Dementia (BPSD). We used socio demographic profile, Neuropsychiatric Inventory (NPI) and NPI - caregiver distress (NPI-D) for our evaluation.We interviewed 30 caregivers of elderly with Alzheimer disease according to NINCDS-ADRDAcriteria, divided in mild level (n=15) and moderate level (n=15) according to DSM-III-R criteria.The most prevalent symptoms were, in the mild level, anxiety and depression, and in the moderatelevel they were anxiety and agitation. The analyses conducted between caregivers’ distress andBPSD showed us that the symptoms with the greatest correlation in the mild level were agitationfollowed by disinhibition. In relation to caregiver burden there was a significant correlation withdelirium in mild level and apathy in moderate level. In conclusion, it was observed that the BPSDthat affect the burden caregivers differ according to the level of the disease and the knowledge ofthese impacts allows us to reflect and propose actions to implement public policies and interventionsin the care of the elderly and their caregivers/family members; A demência da doença de Alzheimer (DA) se caracteriza como uma doença crônicae degenerativa que compromete o indivíduo em diversos domínios...