Página 1 dos resultados de 214 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Aplicação de um sistema de classificação de carcaças e cortes e efeito pós abate da qualidade de cortes de frango criados no sistema alternativo.; Carcasses and cuts classification system and the effects of time after slaughtering on the quality of meat from chicken raised on natural system.

Alvarado Huallanco, Mónica Beatriz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/01/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.51%
A qualidade da carne envolve aspectos estéticos, avaliados pelo consumidor e físico-químicos importantes para o processador, os quais podem ser controlados nas diversas etapas de produção. Na primeira fase, a fim de determinar a qualidade de carcaças e cortes aplicou-se um sistema de classificação, os quais foram avaliados na aparência (conformação, conteúdo de carne, cobertura de gordura, depenagem, carne exposta e corte, ossos quebrados, descolorações e hematomas) e classificados em níveis A, B ou C, decrescendo de nível conforme os defeitos se apresentaram, além analisou-se a capacidade de retenção de água (CRA), para esta fase utilizou-se à análise discriminante e análise de variância. Na segunda fase, foram avaliados os atributos de qualidade (cor, pH, CRA, força cisalhamento, perda de peso por cozimento, composição centesimal, análise sensorial) dos cortes de peito, coxa e sobrecoxa às 5, 24, 48 e 72 horas pós abate, para frangos criados no sistema alternativo. Para análise dos resultados foram utilizadas as análises de médias, regressão múltipla, correlação simples de Pearson e correspondência para os atributos físico-químicos e sensoriais. Na classificação foram avaliadas 301 carcaças e 146...

Valores energéticos e composição bromatológica dos fenos de jureminha, feijão bravo e maniçoba para aves

Costa, Fernando Guilherme Perazzo; Oliveira, Cleber Franklin Santos de; Barros, Leilane Rocha; Silva, Edson Lindolfo da; Lima Neto, Raul da Cunha; Silva, José Humberto Vilar da
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 813-817
POR
Relevância na Pesquisa
36.21%
Um experimento foi conduzido para determinação dos valores de energia metabolizável aparente (EMA) e energia metabolizável aparente corrigida pelo balanço de nitrogênio (EMAn) e da composição química dos fenos de feijão-bravo (FFB), jureminha (FJ) e maniçoba (FM) para uso na alimentação de aves. Duzentos e oitenta pintos com 17 dias de idade foram distribuídos aleatoriamente em sete tratamentos, em esquema fatorial 3 x 2 + 1 (três tipos de feno x dois níveis de substituição da dieta-referência + dieta-referência), com quatro repetições de dez aves. Os níveis de EMA e EMAn dos fenos de jureminha, feijão-bravo e maniçoba foram 3.205 e 2.911, 2.990 e 2.648, 2.728 e 2.419, determinados com 15% de substituição da dieta-referência pelo alimento e 2.678 e 2.371, 2.875 e 2.523, 2.277 e 1.956 com substituição de 30%, respectivamente, e evidenciaram influência do nível de substituição da dieta-referência sobre os valores de EMA e EMAn das dietas. Os valores de EMA e EMAn, para aves, dos fenos de jureminha e feijão-bravo são superiores aos do feno de maniçoba.; An experiment was carried out to determine the apparent metabolizable energy (AME), apparent metabolizable energy corrected for nitrogen balance (AMEn) and chemical composition of bravo bean hay (HBB)...

Chemical composition and apparent digestibility of the ostrich offal meal for Nile tilapia

Sales, Priscila Juliana Pinsetta; Furuya, Wilson Massamitu; Romanelli, Pedro Fernando
Fonte: Editora da Universidade Estadual de Maringá (EDUEM) Publicador: Editora da Universidade Estadual de Maringá (EDUEM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 335-339
ENG
Relevância na Pesquisa
36.51%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); O presente trabalho foi desenvolvido com objetivo de produzir e caracterizar nutricionalmente a farinha de vísceras de avestruz, e avaliar seu valor digestível para tilápia-do-Nilo. A relevância do estudo está na possibilidade de aproveitamento alternativo de subprodutos da indústria alimentícia na produção de alimento para animais. Para tanto, realizaram-se análises químicas, análise microbiológica e ensaio de digestibilidade na farinha produzida de vísceras de avestruz para tilápias-do-Nilo. Os teores encontrados para proteína, lipídios, energia bruta e minerais foram 71,08%, 16,54%, 5.115 kcal kg-1 e 5,62%, respectivamente. A pesquisa microbiológica resultou na ausência de Salmonella sp. no produto analisado. A digestibilidade da proteína foi de 90,41% e da energia 77,65%, ao passo que a disponibilidade do fósforo foi de 80,18%. Verifica-se, portanto, que a farinha de vísceras de avestruz é um alimento com bom perfil nutricional e relevante digestibilidade, podendo ser utilizado em rações para tilápia-do-Nilo.; This study aimed to produce and nutritionally characterize the ostrich offal meal, and to evaluate its digestible value for Nile tilapia. The relevance of the study lies in the possibility of using by-products from the food industry as alternative food for animals. For this...

Triguilho na alimentação da tilápia do nilo (Oreochromis niloticus L.): digestibilidade e desempenho

Signor, Arcangelo Augusto; Boscolo, Wilson Rogério; Feiden, Aldi; Signor, Altevir; Reidel, Adilson
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Publicador: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1116-1121
POR
Relevância na Pesquisa
36.21%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); No presente experimento objetivou-se determinar os coeficientes de digestibilidade aparente (CDa) da proteína bruta (PB) e da energia bruta (EB) do triguilho para a tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) e avaliar a inclusão do triguilho sobre o desempenho de alevinos de tilápia do Nilo. Para a determinação dos CDa, foram utilizadas 40 tilápias com peso e comprimento médios de 80,00g e 15,9cm, respectivamente, submetidas à coleta das fezes por sedimentação. Para a avaliação do desempenho, foram utilizados 125 alevinos de tilápia do Nilo, com peso inicial médio de 0,80g, distribuídos em 25 aquários com capacidade de 30L, em um delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e cinco repetições. As rações experimentais continham níveis de inclusão de 0,00; 7,97; 14,94; 23,91 e 31,88% de triguilho substituindo até 100% do milho. Os CDas da PB e EB do triguilho foram de 91,03 e 78,72%, respectivamente, apresentando 11,92% de proteína digestível e 3134Kcal kg-1 de energia digestível. Não foi observada diferença (P>0,05) no desempenho dos peixes alimentados com as rações contendo os diferentes níveis de inclusão do triguilho. O triguilho é um alimento com bons CDa da PB e EB e pode ser incluído em até 31...

Degradabilidade ruminal do feno de alguns alimentos volumosos para ruminantes

Carvalho,G.G.P.; Pires,A.J.V.; Veloso,C.M.; Detmann,E.; Silva,F.F.; Silva,R.R.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.21%
Avaliou-se a degradabilidade ruminal da matéria seca (MS), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), da fibra em detergente ácido (FDA) e hemicelulose dos fenos de capim-elefante (Pennisetum purpureum), palma (Opuntia ficus), guandu (Cajanus cajan) e parte aérea da mandioca (Manihot esculenta) utilizando três bovinos mestiços machos, castrados, canulados no rúmen e mantidos em regime de pasto. Amostras de 4g de cada alimento foram incubadas em duplicata no rúmen dos animais, nos períodos de 0, 6, 12, 24, 36, 48 e 72 horas. A degradabilidade potencial da PB dos fenos de capim-elefante e guandu foi semelhante, 83,9 e 81,2%, respectivamente. Os maiores valores foram observados para os fenos de palma (94,2%) e parte aérea da mandioca (91,7%). A degradabilidade efetiva (DE) foi obtida considerando as taxas de passagem de 2, 5 e 8%/hora. A maior DE observada para MS (60,5%), PB (81,1%), FDN (21,6%), FDA (27,9%) e HEM (58,0%), na taxa de passagem de 5%/h, ocorreu com o feno de palma.

Triguilho na alimentação da tilápia do nilo (Oreochromis niloticus L.): digestibilidade e desempenho

Signor,Arcangelo Augusto; Boscolo,Wilson Rogério; Feiden,Aldi; Signor,Altevir; Reidel,Adilson
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.21%
No presente experimento objetivou-se determinar os coeficientes de digestibilidade aparente (CDa) da proteína bruta (PB) e da energia bruta (EB) do triguilho para a tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) e avaliar a inclusão do triguilho sobre o desempenho de alevinos de tilápia do Nilo. Para a determinação dos CDa, foram utilizadas 40 tilápias com peso e comprimento médios de 80,00g e 15,9cm, respectivamente, submetidas à coleta das fezes por sedimentação. Para a avaliação do desempenho, foram utilizados 125 alevinos de tilápia do Nilo, com peso inicial médio de 0,80g, distribuídos em 25 aquários com capacidade de 30L, em um delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e cinco repetições. As rações experimentais continham níveis de inclusão de 0,00; 7,97; 14,94; 23,91 e 31,88% de triguilho substituindo até 100% do milho. Os CDas da PB e EB do triguilho foram de 91,03 e 78,72%, respectivamente, apresentando 11,92% de proteína digestível e 3134Kcal kg-1 de energia digestível. Não foi observada diferença (P>0,05) no desempenho dos peixes alimentados com as rações contendo os diferentes níveis de inclusão do triguilho. O triguilho é um alimento com bons CDa da PB e EB e pode ser incluído em até 31...

Avaliação nutricional do farelo de algodão de alta energia no desempenho produtivo e características de carcaças de frangos de corte

Carvalho,Cleidida Barros de; Dutra Junior,Wilson Moreira; Rebello,Carlos Bôa-Viagem; Lima,Stélio Bezerra Pinheiro de; Takata,Fátima Naomi; Nascimento,Guilherme Rodrigues do
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.21%
O trabalho teve como objetivos determinar a composição química e energética do farelo de algodão produzido pela BUNGE Alimentos S/A, marca registrada como Farelo de algodão de alta energia (FAAE®) e avaliar a inclusão deste no desempenho de frangos de corte. Determinou-se a composição química, aminoacídica e energética (utilizando-se o método de coleta total de excretas, com duas coletas ao dia). Foi utilizado óxido férrico para marcar o início e o final da coleta. O nível de inclusão do alimento de teste na ração referência foi de 20%. O desempenho foi avaliado com a inclusão do farelo de algodão no período de nove a 42 dias. Durante os primeiros nove dias, os pintinhos receberam ração pré-inicial comum a todas as aves. A partir do nono dia, as aves foram submetidas à dieta experimental com níveis de 3, 6, 9 e 12% de inclusão do farelo de algodão. O farelo de algodão apresentou 95,91% de matéria seca, 9,8% de gordura, 27% de proteína bruta, 4,6% de cinza, 4.867kcal kg-1 de energia bruta, 1,32% de lisina e 0,35% de metionina. O valor de energia metabolizável aparente corrigida para nitrogênio determinado foi 1.188 kcal kg-1. Não se observou efeito no desempenho e no rendimento de carcaça dos frangos aos 42 dias de idade.

Elaboração e análises de um alimento alternativo destinado à complementação alimentar de populações carentes

Tavares,Gilmar; Vilela,Evódio Ribeiro
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.21%
Elaborou-se um alimento natural, destinado à complementação alimentar de populações carentes, em programas de combate à fome e desnutrição humana. O experimento foi realizado no sentido de se analisar duas misturas obtidas de matérias-prima à base de cana-de-açúcar, soja, mandioca, banana e lêvedo de cerveja, na proporção em massa seca de 5,0 x 0,5 x 0,2 x 0,2 x 0,1, respectivamente, e uma testemunha obtida com apenas caldo-de-cana. A primeira mistura, cujo produto final foi identificado por PR1, foi composta por: caldo de cana, proteína integral de soja, farinha crua de mandioca, farinha de banana e levedo de cerveja. E a segunda mistura cujo produto final foi identificado por PR2, foi composta por: caldo de cana, leite de soja em pó, farinha crua de mandioca, banana seca, em pedaços e lêvedo de cerveja. Na terceira mistura ou testemunha, cujo produto final foi identificado por PR3, havia somente caldo de cana natural. Cada 100 g de PR1 apresentou média de 236,74 kcal, umidade 13,83%, 7,53% de proteínas, 0,7% de lipídeos, 0,8% de fibra bruta, 1% de cinzas e 76,14% de carboidratos; teores consideráveis de pectina (total - 6,80 g, 7,40 g e solúvel - 1,71 g, 2,13 g) e vitamina C (20,84 g, 19,22 g); presença de micronutrientes: ferro (49...

Utilização do açúcar de cana (Saccharum officinarum) como fonte de energia para frangos de corte no período de 1 a 21 dias

Cordeiro,Mariana Duran; Soares,Rita da Trindade Ribeiro Nobre; Fonseca,José Brandão; Ávila,Roberta Pereira de; Mercadante,Maria Beatriz
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.21%
O experimento foi realizado com o objetivo de avaliar a utilização de cinco níveis de açúcar de cana (0; 4; 8; 16 e 32%) em substituição ao milho na alimentação de frangos de corte no período de 1 a 21 dias. Trezentos e vinte pintos, metade de cada sexo, foram distribuídos casualmente em 20 boxes, com total de 16 aves/boxe. As aves receberam água e ração à vontade durante toda a fase de criação, sendo as rações isoprotéicas e isocalóricas. Aos 42 dias de idade, as aves foram pesadas e quatro aves de cada unidade experimental, dois machos e duas fêmeas, foram submetidas a um jejum de 12 horas para posterior abate e evisceração, quando foram avaliados peso e rendimento de carcaça e cortes nobres. Observou-se redução linear no ganho de peso e piora para conversão alimentar com o aumento dos níveis de açúcar, demonstrando menor eficiência de utilização do alimento. Com relação aos cortes, não houve efeito significativo para as fêmeas. Nos machos foi observado efeito quadrático para peso de carcaça, sendo o melhor nível estimado em 8,42%, alcançando o máximo de 1965,1 g. A análise econômica não demonstrou vantagens na utilização do açúcar.

Valores energéticos e composição bromatológica dos fenos de jureminha, feijão bravo e maniçoba para aves

Costa,Fernando Guilherme Perazzo; Oliveira,Cleber Franklin Santos de; Barros,Leilane Rocha; Silva,Edson Lindolfo da; Lima Neto,Raul da Cunha; Silva,José Humberto Vilar da
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.21%
Um experimento foi conduzido para determinação dos valores de energia metabolizável aparente (EMA) e energia metabolizável aparente corrigida pelo balanço de nitrogênio (EMAn) e da composição química dos fenos de feijão-bravo (FFB), jureminha (FJ) e maniçoba (FM) para uso na alimentação de aves. Duzentos e oitenta pintos com 17 dias de idade foram distribuídos aleatoriamente em sete tratamentos, em esquema fatorial 3 x 2 + 1 (três tipos de feno x dois níveis de substituição da dieta-referência + dieta-referência), com quatro repetições de dez aves. Os níveis de EMA e EMAn dos fenos de jureminha, feijão-bravo e maniçoba foram 3.205 e 2.911, 2.990 e 2.648, 2.728 e 2.419, determinados com 15% de substituição da dieta-referência pelo alimento e 2.678 e 2.371, 2.875 e 2.523, 2.277 e 1.956 com substituição de 30%, respectivamente, e evidenciaram influência do nível de substituição da dieta-referência sobre os valores de EMA e EMAn das dietas. Os valores de EMA e EMAn, para aves, dos fenos de jureminha e feijão-bravo são superiores aos do feno de maniçoba.

Farelo de amêndoa da castanha de caju na alimentação de codornas japonesas na fase de postura

Soares,Marcelo Borges; Fuentes,Maria de Fátima Freire; Freitas,Ednardo Rodrigues; Lopes,Irani Ribeiro Vieira; Moreira,Rafaele Ferreira; Sucupira,Francislene Silveira; Braz,Nádia de Melo; Lima,Raffaella Castro
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.21%
Avaliou-se o efeito da inclusão de farelo de amêndoa da castanha de caju (FACC) sobre a utilização dos nutrientes da dieta, o desempenho e as características dos ovos de codornas japonesas. Duzentos e setenta codornas com 17 semanas de idade foram pesadas e distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado, com seis dietas e nove repetições de cinco aves. Foram testadas uma dieta controle (sem FACC) e cinco dietas com 4, 8, 12, 16 e 20% de FACC. A digestibilidade da MS e do nitrogênio reduziu linearmente, entretanto, apenas com o nível de 20% de FACC estes resultados foram menores que os obtidos com a dieta controle. A digestibilidade da gordura e da energia bruta e os valores de EM das dietas não foram influenciados pelos níveis de FACC na dieta. O consumo de ração não foi afetado pelos níveis desse alimento na dieta, mas a produção de ovos, o peso e a massa de ovo e a conversão alimentar decresceram linearmente com a inclusão de FACC na dieta. As porcentagens de albúmen e gema, assim como a coloração da gema, sofreram efeito quadrático dos níveis de FACC na dieta. A porcentagem de albúmen e a coloração da gema aumentaram e a porcentagem de gema reduziu com a inclusão de FACC em níveis superiores a 9%. Em comparação à dieta controle...

Desempenho e digestibilidade de nutrientes em ovinos alimentados com rações contendo farelo de babaçu

Xenofonte,Antônio Robson Bezerra; Carvalho,Francisco Fernando Ramos de; Batista,Ângela Maria Vieira; Medeiros,Geovergue Rodrigues de; Andrade,Rafael de Paula Xavier de
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.21%
Com o objetivo de avaliar o desempenho, o consumo voluntário e a digestibilidade dos nutrientes, foram utilizados 24 ovinos sem raça definida (SRD), machos não-castrados, com peso inicial de 20 ± 3,25 kg e 4,6 ± 0,8 meses de idade. Os animais foram mantidos em confinamento e alimentados com dietas com farelo de babaçu (0, 10, 20 e 30%) em substituição ao feno de capim-colonião. As dietas, isoprotéicas e isoenergéticas, foram fornecidas em forma de ração completa. Utilizou-se um delineamento em blocos casualizados, com quatro tratamentos e seis repetições. O consumo de matéria seca foi influenciado pela inclusão do farelo de babaçu na dieta e apresentou redução de 302 g/dia a cada 10% de participação de farelo de babaçu. A ingestão dos nutrientes e o desempenho foram restringidos pela diminuição do consumo de matéria seca. A inclusão do farelo de babaçu reduziu linearmente o ganho de peso dos animais. A digestibilidade dos nutrientes foi influenciada pelos níveis de farelo de babaçu, mas esse aumento está associado às reduções na ingestão de matéria seca. O farelo de babaçu, ao ser utilizado como alternativa de alimento para cordeiros em crescimento, compromete o consumo de alimentos e o ganho de peso dos animais.

Registro de Plantas Hospedeiras (Cactaceae) e de Nova Forma de Disseminação de Diaspis echinocacti (Bouché) (Hemiptera: Diaspididae), Cochonilha-da-Palma-Forrageira, nos Estados de Pernambuco e Alagoas

LIMA,IRACILDA M.M.; GAMA,NOÊMIA S.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2001 PT
Relevância na Pesquisa
36.21%
Opuntia ficus indica Mill. e Nopalea cochenillifera (L.) Lyons (Cactaceae) representam fontes alternativas de alimento para o gado nas regiões secas do Nordeste do Brasil. Diaspis echinocacti (Bouché), único inseto-praga destas forrageiras, foi detectado inicialmente nas seguintes cactáceas nativas: Cereus jamacaru DC., Melocactus sp., Opuntia dillenii Haw. e O. inamoena K. Schum. Os novos registros de plantas-hospedeiras são: Cereus gounellei (Weber) Luetzelb., C. squamosus Gërke. (nativas) e C. hildemannianus K. Schum., exótica, todas provenientes de regiões secas; Pereskia grandifolia Haw. e Epiphyllum oxypetalum Haw., da floresta tropical e utilizadas como plantas ornamentais. D. echinocacti não foi observada em O. monacantha Haw. no campo, nem conseguiu se estabelecer em raquetes desta planta em condições de laboratório. A disseminação de ninfas neonatas da cochonilha transportadas no corpo dos predadores Chilocorus nigrita (Fabricius) e Zagreus bimaculosus (Mulsant) (Coccinellidae: Chilocorinae) foi registrada pela primeira vez.

Efeito dos níveis de substituição do feno de capim-tifton 85 pela casca de mamona sobre o perfil de ácidos graxos do leite de cabras.

SANTOS, S. F. dos; BOMFIM, M. A. D.; CÂNDIDO, M. J. D.; SILVA, M. M. C.; PEREIRA, L. P. da; SOUZA NETO, M. A.; GARRUTI, D. S.
Fonte: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 5.; SIMPÓSIO NORDESTINO DE ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES, 11.; SIMPÓSIO SERGIPANO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 1., 2008, Aracaju. Anais... Aracaju: Sociedade Nordestina de Produção Animal; Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2008. 3 f. 1 CD ROM. Publicador: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 5.; SIMPÓSIO NORDESTINO DE ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES, 11.; SIMPÓSIO SERGIPANO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 1., 2008, Aracaju. Anais... Aracaju: Sociedade Nordestina de Produção Animal; Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2008. 3 f. 1 CD ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.31%
Objetivou-se com o presente trabalho, avaliar o efeito dos níveis de substituição da casca de mamona sobre o perfil de ácidos graxos do leite de cabras. Foram utilizadas oito fêmeas caprinas, da raça Anglo-Nubiano, com peso médio de 45 kg. Os animais foram alojados em gaiolas de metabolismo e distribuídos em um delineamento em quadrado latino 4 x 4 duplo. Os tratamentos consistiram de três níveis de substituição do feno de tifton pela casca de mamona como alimento volumoso (0; 33; 67 e 100%), mantendo uma relação volumoso:concentrado de 50:50. Cada período experimental teve uma duração de 21 dias, sendo 14 dias de adaptação e sete dias de coleta de dados. Não houve efeito dos tratamentos sobre a concentração de vário ácidos graxos. Para a percentagem na concentração dos ácidos graxos mirístico (C14:0), linoeladico (C18:2n6t) houve significânca (P<0,05). O mesmo foi observado para o ácido linoléico conjugado (CLA 9t11 (P<0,05), e para o perfil de ácidos graxos poliinsaturados e saturados(AGPOL e AGESS). Não houve efeito dos tratamentos sobre para os insaturados, cadeia curta, cadeia longa e monoinsaturados (AGINS AGCC, AGCL E MONO). Foi obtido um menor índice de aterogenicidade (IA) indicando que no que se refere ao potencial da gordura em gerar colesterol endógeno...

Efeito dos níveis de substituição do feno de capim-tifton 85 pela casca de mamona sobre o balanço nitrogenado em cabras leiteiras.

SANTOS, S. F. dos; CÂNDIDO, M. J. D.; BOMFIM, M. A. D.; PEREIRA, L. P. da; SEVERINO, L. S.; ARAÚJO FILHO, J. M. de.
Fonte: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 5.; SIMPÓSIO NORDESTINO DE ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES, 11.; SIMPÓSIO SERGIPANO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 1., 2008, Aracaju. Anais... Aracaju: Sociedade Nordestina de Produção Animal; Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2008. 3 f. 1 CD ROM. Publicador: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 5.; SIMPÓSIO NORDESTINO DE ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES, 11.; SIMPÓSIO SERGIPANO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 1., 2008, Aracaju. Anais... Aracaju: Sociedade Nordestina de Produção Animal; Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2008. 3 f. 1 CD ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.21%
Objetivou-se com o presente trabalho, avaliar o efeito dos níveis de substituição do feno de capim-tifton 85 sobre o balanço de nitrogênio em cabras leiteiras. Foram utilizadas oito fêmeas caprinas, da raça Anglo-Nubiana. Os animais foram alojados em gaiolas de metabolismo e distribuídos em um delineamento em quadrado latino 4 x 4 duplo. Os tratamentos consistiram de três níveis de substituição do feno de tifton pela casca de mamona como alimento volumoso (0; 33; 67 e 100%), mantendo uma relação volumoso:concentrado de 50:50. Cada período experimental teve uma duração de 21 dias, sendo 14 dias de adaptação e sete dias de coleta de dados. Houve influência significativa dos tratamentos sobre os coeficientes, o que resultou em uma redução linear nos coeficientes de consumo de nitrogênio, excreção (fezes, urina e leite) e no balanço de nitrogênio com médias de 27,33, 6,95, 7,90, 5,46 e 7,05% respectivamente (P<0,01). O consumo de casca de mamona por estes animais pode ocorrer em até 33% de substituição ao feno de capim-tifton 85.; 2008

Balanço energético de caprinos alimentados com dietas contendo soro de leite bovino1

OLIVEIRA, D. de S.; ARAÚJO, A. R.; COSTA, H. H. A.; BARBOSA, J. dos S. R.; LEITE, E. R.; LANDIM, A. V.; VASCONDELOS, A.; ROGERIO, M. C. P.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOTECNIA, 21., 2011, Maceió. Inovações tecnológicas e mercado consumidor: anais. Maceió: Associação Brasileira de Zootecnistas, 2011. 3 f. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOTECNIA, 21., 2011, Maceió. Inovações tecnológicas e mercado consumidor: anais. Maceió: Associação Brasileira de Zootecnistas, 2011. 3 f. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.21%
Neste trabalho, objetivou-se determinar o balanço energético de caprinos alimentados com dietas contendo soro de leite bovino. Vinte caprinos machos não castrados, sem padrão racial definido (SPRD), com cinco meses e meio de idade e peso vivo médio de 17 + 3,9 kg foram utilizados. As dietas fornecidas foram compostas por feno de capim-aruana, milho moído, farelo de soja e calcário (dieta controle), e a inclusão do soro de leite bovino em 1,71%; 3,51% e 5,28% na MS (dietas teste). Foram coletadas amostras do alimento fornecido, sobras, fezes e urina para determinação da energia bruta. Os valores de energia digestível e energia metabolizável, bem como os teores desses nutrientes em proporção da matéria seca e o balanço energético foram obtidos através de cálculos. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado com quatro tratamentos e cinco repetições, sendo utilizado o teste Duncan para a comparação de médias, realizando-se também a análise de regressão, ambos, com uso do software SAEG 9.0. Não foram observadas diferenças (P>0,05) entre as dietas fornecidas em relação aos parâmetros avaliados, assim como não foram evidenciadas equações significativas (P>0,05). O balanço energético apresentou-se positivo...

Consumo e digestibilidade dos carboidratos totais e não fibrosos de caprinos alimentados com dietas contendo soro de leite bovino.

OLIVEIRA, D. de S.; ARAÚJO, A. R.; COSTA, H. H. A.; BARBOSA, J. dos S. R.; MOTA, C. M.; COSTA, E. I. S.; ROGERIO, M. C. P.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOTECNIA, 21., 2011, Maceió. Inovações tecnológicas e mercado consumidor: anais. Maceió: Associação Brasileira de Zootecnistas, 2011. 3 f. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOTECNIA, 21., 2011, Maceió. Inovações tecnológicas e mercado consumidor: anais. Maceió: Associação Brasileira de Zootecnistas, 2011. 3 f. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.21%
Esta pesquisa teve por objetivo determinar o consumo e a digestibilidade aparente dos carboidratos totais e não fibrosos de caprinos alimentados com dietas contendo soro de leite bovino (SLB). Vinte caprinos machos não castrados, sem padrão racial definido (SPRD) foram distribuídos em quatro tratamentos dietéticos, um composto por feno de capim-aruana, milho moído, farelo de soja e calcário (dieta controle) e os demais com a inclusão do SLB em 1,71%; 3,51% e 5,28% na MS (dietas teste). Foram coletadas amostras do alimento fornecido, sobras e fezes para determinação dos valores dos nutrientes das dietas, e, a partir destes, calcular os valores de carboidratos totais e não fibrosos, com seus respectivos valores de consumo e digestibilidade. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com quatro tratamentos e cinco repetições. Para o teste de comparação de médias, o teste Duncan foi utilizado para os dados de consumo e o teste SNK para os dados de digestibilidade. Análises de regressão também foram realizadas. Não foi observada diferenças (P>0,05) entre os parâmetros de consumo e de digestibilidade avaliados. Também não foram evidenciadas equações que apresentassem significância (P>0,05). Assim...

Balanço energético de caprinos alimentados com dietas contendo soro de leite bovino.

OLIVEIRA, D. de S.; ARAÚJO, A. R.; COSTA, H. H. A.; BARBOSA, J. dos S. R.; LEITE, E. R.; LANDIM, A. V.; VASCONCELOS, A.; ROGERIO, M. C. P.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOTECNIA, 21., 2011, Maceió. Inovações tecnológicas e mercado consumidor: anais. Maceió: Associação Brasileira de Zootecnistas, 2011. 3 f. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOTECNIA, 21., 2011, Maceió. Inovações tecnológicas e mercado consumidor: anais. Maceió: Associação Brasileira de Zootecnistas, 2011. 3 f. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.21%
Neste trabalho, objetivou-se determinar o balanço energético de caprinos alimentados com dietas contendo soro de leite bovino. Vinte caprinos machos não castrados, sem padrão racial definido (SPRD), com cinco meses e meio de idade e peso vivo médio de 17 + 3,9 kg foram utilizados. As dietas fornecidas foram compostas por feno de capim-aruana, milho moído, farelo de soja e calcário (dieta controle), e a inclusão do soro de leite bovino em 1,71%; 3,51% e 5,28% na MS (dietas teste). Foram coletadas amostras do alimento fornecido, sobras, fezes e urina para determinação da energia bruta. Os valores de energia digestível e energia metabolizável, bem como os teores desses nutrientes em proporção da matéria seca e o balanço energético foram obtidos através de cálculos. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado com quatro tratamentos e cinco repetições, sendo utilizado o teste Duncan para a comparação de médias, realizando-se também a análise de regressão, ambos, com uso do software SAEG 9.0. Não foram observadas diferenças (P>0,05) entre as dietas fornecidas em relação aos parâmetros avaliados, assim como não foram evidenciadas equações significativas (P>0,05). O balanço energético apresentou-se positivo...

Material alternativo para confecção de filtros empregados na metodologia "Nylon bag" para a determinação de fibra.

NUNES, C. da S.; VELASQUEZ, P. A. T.; CARILHO, E. N. V. M.; SOUZA, G. B. de; NOGUEIRA, A. R. de A.; OLIVEIRA, S. G.; BERCHIELLI, T. T.
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 42., 2005, Goiânia. A Produção animal e o foco no agronegócio: anais. Goiânia: SBZ, 2005. Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 42., 2005, Goiânia. A Produção animal e o foco no agronegócio: anais. Goiânia: SBZ, 2005.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.22%
Teores de fibra em detergente neutro (FDN) e fibra em detergente ácido (FDA) em milho, soja, farelo de trigo, capins, feno, silagens, fezes e conteúdo duodenal de bovinos, foram determinados em analisador de fibra ANKOM 220, empregando saquinhos de polipropileno (TNT ? Tecido Não Tecido) confeccionados no laboratório, como material alternativo aos filtros fabricados e comercializados pela ANKOM. As análises foram conduzidas no Laboratório de Nutrição Animal da Embrapa Pecuária Sudeste, São Carlos - SP. Em um primeiro ensaio, os dois materiais foram comparados. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 6 x 2 (seis amostras e dois tipos de saquinho), com três repetições. Em um segundo ensaio, amostras de referência foram usadas para confirmar a eficiência dos saquinhos de TNT. Para tal, foram avaliados o efeito da massa de amostra (0,5 e 0,25 mg) nos teores de FDN e FDA e o emprego de a amilase nos resultados de FDN. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado em esquema fatorial 5 x 4 (cinco fatores e 4 amostras), com três repetições. Não foram observadas diferenças significativas (P > 0,05) entre os resultados obtidos com o emprego deste material em comparação aos filtros ANKOM. Os fatores variação de massa de amostra e adição de a amilase não tiveram efeito sobre os teores de FDN e FDA (P > 0...

O elo microbiano como alimento alternativo para o zooplâncton em reservatórios dominados por cianobactérias

Camacho, Fabrício Rodrigues
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ecologia; Bioecologia Aquática Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ecologia; Bioecologia Aquática
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.37%
Protozoa may be an important alternative food source for Calanoida copepods in these environments. Aiming to quantify the feeding preferences of N. cearensis by ciliates in the presence of cyanobacteria, in vitro experiments were conducted, using mixed cultures in different concentrations of total food for copepod. Two ciliates species (Paramecium sp. and Cyclidium sp.) and a cyanobacteria toxic strain (Microcystis aeruginosa) were offered as food. Previous experiments were done to identify the copepod s maximum ingestion rate through the use of a type II functional response model when each prey is offered separately. High maximum ingestion rate were found when those protists were offered as prey. N. cearensis showed significant preference for protozoal prey over the cyanobacterium tested both in low (corresponding 95.15% of the diet) and in high food concentration treatments (about 91.56% of the diet), preferring the bigger ciliate in lower concentrations (67.52% of the diet). The meaningful involvement of heterotrophic organisms in the zooplankton diet emphasis the microbial loop participation in the energy transition from copepods to higher trophic levels. This data contributes to understand the stability of existing trophic interactions in reservoirs subjected to eutrophication and assists trophic cascade studies in these environments; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Protozoários podem ser uma importante fonte alternativa de alimento para copépodos Calanoida em ambientes dominados por cianobactérias. Com o objetivo de quantificar a preferência alimentar de Notodiaptomus cearensis por ciliados em presença de cianobactérias...