Página 1 dos resultados de 7459 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Consumo abusivo e dependência de álcool em população adulta no Estado de São Paulo, Brasil; Alcohol abuse and dependence in adults in the State of São Paulo, Brazil

GUIMARÃES, Vanessa Valente; FLORINDO, Alex Antônio; STOPA, Sheila Rizzato; CÉSAR, Chester Luiz Galvão; BARROS, Marilisa Berti de Azevedo; CARANDINA, Luana; GOLDBAUM, Moisés
Fonte: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
OBJETIVO: Descrever as prevalências de consumo abusivo e dependência de álcool em população adulta de 20 a 59 anos no Estado de São Paulo, e suas associações com variáveis demográficas e socioeconômicas. MÉTODOS: Inquérito domiciliar do tipo transversal (ISA-SP), em quatro áreas do Estado de São Paulo: a) Região Sudoeste da Grande São Paulo, constituída pelos Municípios de Taboão da Serra, Itapecerica da Serra e Embu; b) Distrito do Butantã, no Município de São Paulo; c) Município de Campinas e; d) Município de Botucatu. Foi considerado consumo abusivo de álcool a ingestão em dia típico de 30 gramas ou mais de etanol para os homens, e 24 gramas ou mais para as mulheres. A dependência de álcool foi caracterizada pelo questionário CAGE. Análises bivariadas e multivariadas dos dados foram realizadas a partir de Modelos de Regressão de Poisson. Todas as análises foram estratificadas por sexo. RESULTADOS: Em 1.646 adultos entrevistados, a prevalência de consumo abusivo de álcool foi de 52,9% no sexo masculino e 26,8% no sexo feminino. Quanto à dependência de álcool, foram observadas duas ou mais respostas positivas no teste CAGE em 14,8% dos homens e em 5,4% das mulheres que relataram consumir álcool. Isto corresponde a uma prevalência populacional de dependência de 10...

Uso problemático de álcool entre pacientes psiquiátricos ambulatoriais; The problematic use of alcohol among psychiatric outpatients

Webster, Clarissa Mendonça Corradi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
O uso problemático de álcool tem sido apontado como problema de saúde pública. A prevalência de dependência de álcool é maior em pessoas com transtornos psiquiátricos. Esta comorbidade pode trazer sérias implicações para a identificação, tratamento e reabilitação do indivíduo doente. O presente estudo teve como objetivo identificar o uso problemático de álcool em pacientes com transtornos psiquiátricos, a partir da realidade clínica assistencial terciária de um serviço universitário. Foi realizado um estudo transversal, com uma amostra clínica ambulatorial composta por 127 indivíduos em tratamento por um dos seguintes diagnósticos: esquizofrenia, transtorno afetivo bipolar, depressão e transtornos de ansiedade. Os dados foram colhidos através de entrevista com o paciente e também através do prontuário. As informações coletadas foram: dados sócio-demográficos, história psiquiátrica, problemas de saúde, características familiares e registros do prontuário relacionados ao diagnóstico do paciente e ao consumo de álcool. Foi aplicado o instrumento de rastreamento CAGE e realizada a entrevista estruturada em conformidade com os diagnósticos da CID-10 para uso nocivo e dependência de álcool. A fim de aumentar a sensibilidade do CAGE...

Sou eu, mas não sou eu: as interações de mulheres mexicanas com o álcool; It was you, but it was not you: Interactions of Mexican women with alcohol.

Cortaza Ramírez, Leticia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.04%
O consumo de álcool na mulher é uma problemática cada dia maior devido ao aumento nos padrões de consumo e na idade precoce em que se da o início do consumo de bebidas alcoólicas. O processo de adição é complexo e afeta a mulheres de todas as classes sociais, estas mulheres vistas em uma perspectiva externa não parecem ter muitas coisas em comum, mas compartilham o consumo de álcool de maneira impulsiva. Daí surge a finalidade deste estudo que foi compreender em que momento o álcool começou a fazer parte da vida da mulher que o consome e que significado atribui para o seu consumo. Diante da natureza do problema, este foi abordado segundo a metodologia qualitativa, tendo como referencial metodológico o estudo de caso, sob a perspectiva teórica de alguns dos pressupostos do Interacionismo Simbólico. Participaram deste estudo 10 mulheres que reconheceram consumir ou ter consumido bebidas alcoólicas. A história oral temática foi a técnica utilizada para a coleta de informação. As entrevistas gravadas foram transcritas, codificadas e categorizadas tomando como referência a análise de conteúdo. A análise de dados obteve como categorias centrais: O mundo das mulheres e sua interação com os objetos que as conformam e Encadeando ações em direção ao consumo de álcool. A partir das interações se evidenciou que a perspectiva da maioria das mulheres sobre o seu mundo foi uma visão continua de eventos de maustratos e objetos (pai...

Localização de tanques de armazenagem de álcool combustível no Brasil: aplicação de um modelo matemático de otimização; Ethanol storage tanks location in Brazil: a mixed integer program model application

Xavier, Carlos Eduardo Osório
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
O objetivo principal deste trabalho foi criar um modelo matemático para determinar, em nível estratégico, os locais no Brasil mais apropriados à instalação de tanques de álcool combustível (anidro e hidratado) e seus respectivos volumes. O modelo de programação inteira-mista desenvolvido baseou-se na organização do sistema de distribuição de álcool, enfocando sua logística, e considerando questões de oferta, demanda, infra-estrutura de transporte e armazenagem, além de custos de transporte, armazenagem e investimentos em tanques. O modelo foi formulado considerando o horizonte temporal dos meses do ano-safra canavieiro de 2006/2007. Essa formulação reflete as sazonalidades de produção, demanda e estoques do álcool. O modelo de transporte foi enfatizado na minimização dos custos logísticos da cadeia distribuição de álcool combustível dos produtores aos consumidores. Dois cenários e a análise de sensibilidade de suas respostas abordaram a questão estocástica do problema. O primeiro analisou o panorama atual do mercado de álcool, logo não considerou a possibilidade de criação de novos tanques. A idéia desse cenário foi apresentar a consistência da modelagem e ressaltar as condições de infra-estrutura existente de transporte e armazenagem para álcool combustível. Foi feita uma análise de sensibilidade em relação a custos de transporte e restrições de armazenagem para checagem das respostas e para a comparação das práticas atuais de mercado. No segundo cenário...

Influência de expectativas e do grupo de pares sobre o comportamento do uso de álcool entre estudantes da área da saúde: uma perspectiva das diferenças de gênero; Influence of expectancies and peer group on drinking behavior in university students of the health area: a perspective of gender differences.

Fachini, Alexandre
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.06%
Evidências recentes na literatura apontam um elevado consumo de álcool entre estudantes universitários. Expectativas relacionadas aos efeitos do uso de álcool têm sido associadas tanto ao início quanto à manutenção do beber de jovens. De forma análoga, o grupo de pares é um aspecto de destacada relevância sobre o comportamento dos jovens, inclusive no que se refere ao uso de álcool. Por sua vez, tanto expectativas quanto grupo de pares podem modular de forma diferente o comportamento do beber de homens e de mulheres. O objetivo deste estudo foi avaliar diferenças de gênero sobre o uso de álcool, expectativas relacionadas aos efeitos do uso de álcool e o envolvimento com o grupo de pares de risco para o uso de álcool entre estudantes universitários da área da saúde. Participaram 238 estudantes (105 homens) de todos os anos dos cursos de Medicina e Fisioterapia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Estudantes preencheram um questionário estruturado autoaplicável contendo os instrumentos AUDIT (Alcohol Use Disorders Identification Test), para avaliar o uso de álcool, AEQ-A (Alcohol Expectancy Questionnaire Adolescent Form), para avaliar as expectativas dos efeitos do uso de álcool...

Preditores sociodemográficos das transições entre os estágios do uso de álcool (uso na vida, uso regular, abuso e dependência) e remissão dos transtornos relacionados ao uso do álcool na população geral adulta residente na região metropolitana de São Paulo; Socio-demographic correlates of transitions from alcohol use to disorders and remission in the São Paulo megacity mental health survey, Brazil

Silveira, Camila Magalhães
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
Objetivos: Avaliar os correlatos sociodemográficos associados com as transições entre os estágios de uso do álcool (desde o primeiro uso na vida até o desenvolvimento de transtornos relacionados ao uso, como abuso e dependência, AUD) e remissão, em uma amostra da população geral residente na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), com 18 anos de idade ou mais. Métodos: Uma amostra probabilística e multiestratificada de adultos domiciliados (n = 5.037) na RMSP foi estudada. O uso de álcool, uso regular (pelo menos 12 doses/ ano), abuso e dependência de acordo com os critérios do DSM-IV, e remissão de AUD foram avaliados utilizando-se a versão do Composite International Diagnostic Interview para o World Mental Health Survey. As curvas de idade de início cumulativas (AOO) para o primeiro uso de álcool na vida, o uso regular, o abuso e a dependência foram elaboradas com dados obtidos a partir da amostra de 5.037 indivíduos. Os correlatos sociodemográficos das transições entre os estágios de uso do álcool e da remissão de AUD foram obtidos a partir de uma subamostra de 2.942 entrevistados, para os quais, os dados sociodemográficos tempodependentes estavam disponíveis. Resultados: as prevalências encontradas foram: 85...

Alterações no processamento da informação sensorial auditiva induzidas pela abstinência ao álcool em ratos: importância dos mecanismos GABAérgicos e glutamatérgicos do colículo inferior; Alterations in the Processing of the Auditory Sensorial Information Induced by the Abstinence to the Alcohol in Rats: Importance of the Mechanisms GABAérgicos and Glutamatérgicos of the Inferior Colliculus

Ferreira, Renata
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
A expressão de respostas de medo condicionadas e incondicionadas geradas por estímulos auditivos de natureza aversiva envolve a transmissão neural do colículo inferior (CI) para o núcleo geniculado medial do tálamo, principalmente através do seu núcleo central (CIc). Como outras drogas de abuso, o álcool atua em múltiplos alvos no cérebro produzindo uma variedade de efeitos, incluindo tanto efeitos recompensadores quanto aversivos. A ingestão crônica e a síndrome de abstinência ao álcool promovem alterações severas na regulação homeostática entre GABA e glutamato: os principais neurotransmissores inibitório e excitatório respectivamente, do sistema nervoso central, particularmente do CI. Esse estudo tem o objetivo de investigar os efeitos da interrupção crônica de álcool no processamento da informação acústica no CIc de ratos dependentes de álcool pelo uso da técnica dos potenciais evocados auditivos (PEA). Como uma medida adicional, os PEAs também foram registrados em ratos sob os efeitos do álcool. A influência da neurotransmissão de GABA e de glutamato na modulação das modificações induzidas pela abstinência ao álcool foi analisada por microinjeções locais no CI do agonista GABAA muscimol e do antagonista NMDA AP7. Nossos resultados mostraram que a ingestão crônica de álcool promove o seu bem conhecido efeito ansiolítico no processamento da informação auditiva no CIc...

Consumo de álcool na gestação e sua relação com o desenvolvimento cognitivo dos filhos na idade escolar; Alcohol consumption in pregnancy and children cognitive development at school age.

Alcântara, Luciana Inácia de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.04%
O consumo de álcool durante a gestação tem sido associado a alterações no desenvolvimento físico, neurológico e comportamental da criança, sendo que muitas das consequências sobre o desenvolvimento infantil apresentam ampla variação em extensão e gravidade. Os efeitos podem variar desde uma relativa normalidade até a morte perinatal e Síndrome Fetal do Álcool (SFA). No presente estudo foi avaliado o desenvolvimento cognitivo de crianças em idade escolar em relação ao padrão de consumo de álcool materno. Foram avaliadas oitenta e seis crianças de 8 a 9 anos de idade cujas mães (N = 449) haviam sido entrevistadas em 2001 durante o terceiro trimestre de gestação sobre o padrão de consumo de álcool e outras substâncias psicoativas, em um serviço obstétrico municipal da rede pública. Para avaliação cognitiva do grupo de crianças na idade escolar foi utilizada a Escala de Maturidade Mental Columbia (EMMC). O grupo constituído pelas mães ou cuidadores respondeu a um questionário sobre as condições sociodemográficas, saúde geral, e uso materno de álcool durante a gestação e recente. Foi realizada uma anamnese sobre o desenvolvimento neuropsicomotor e condições clínicas pregressas e atuais da criança. Foi utilizado o Child Behavior Checklist (CBCL 6-18 anos) para a identificação de problemas de saúde mental na infância. Resultados mostram que...

Avaliação da eficácia de intervenções breves com gestantes na redução do consumo de álcool; Efficacy of brief interventions in reducing alcohol consumption among pregnant women

Aliane, Poliana Patrício
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
O uso de álcool na gestação traz sérios riscos à saúde da mãe e do bebê. As prevalências do uso de risco de álcool entre gestantes encontradas em estudos nacionais giram em torno de 20%. Nos EUA, estudos sobre avaliação das intervenções breves têm mostrado uma na redução do uso de álcool em gestantes. O objetivo deste estudo foi elaborar um protocolo de intervenção breve (IB) para gestantes e avaliar sua eficácia na redução do consumo de álcool comparativamente ao recebimento de um folheto informativo sobre os riscos do uso de álcool na gestação. Foi realizado um ensaio clínico, cego, comparativo e prospectivo, com distribuição randômica das participantes em dois grupos (IB e folheto), com dois tempos de coleta de dados (T1 e T2). Foram recrutadas 86 gestantes em serviços de saúde de Ribeirão Preto e Araraquara com uso de risco de álcool utilizando o instrumento T-ACE (pontuação maior ou igual a dois). As gestantes eram maiores de 18 anos e possuíam até 16 semanas de gestação. Todas responderam a um questionário incluindo avaliação do padrão de uso de álcool e receberam IB ou um folheto informativo sobre os riscos do uso de álcool na gestação. Foram excluídas gestantes com diagnóstico prévio de dependência de álcool ou drogas...

Consumo abusivo e dependência de álcool em população adulta no Estado de São Paulo, Brasil

Guimarães, Vanessa Valente; Florindo, Alex Antônio; Stopa, Sheila Rizzato; César, Chester Luiz Galvão; Barros, Marilisa Berti de Azevedo; Carandina, Luana; Goldbaum, Moisés
Fonte: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 314-325
POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
OBJETIVO: Descrever as prevalências de consumo abusivo e dependência de álcool em população adulta de 20 a 59 anos no Estado de São Paulo, e suas associações com variáveis demográficas e socioeconômicas. MÉTODOS: Inquérito domiciliar do tipo transversal (ISA-SP), em quatro áreas do Estado de São Paulo: a) Região Sudoeste da Grande São Paulo, constituída pelos Municípios de Taboão da Serra, Itapecerica da Serra e Embu; b) Distrito do Butantã, no Município de São Paulo; c) Município de Campinas e; d) Município de Botucatu. Foi considerado consumo abusivo de álcool a ingestão em dia típico de 30 gramas ou mais de etanol para os homens, e 24 gramas ou mais para as mulheres. A dependência de álcool foi caracterizada pelo questionário CAGE. Análises bivariadas e multivariadas dos dados foram realizadas a partir de Modelos de Regressão de Poisson. Todas as análises foram estratificadas por sexo. RESULTADOS: em 1.646 adultos entrevistados, a prevalência de consumo abusivo de álcool foi de 52,9% no sexo masculino e 26,8% no sexo feminino. Quanto à dependência de álcool, foram observadas duas ou mais respostas positivas no teste CAGE em 14,8% dos homens e em 5,4% das mulheres que relataram consumir álcool. Isto corresponde a uma prevalência populacional de dependência de 10...

Estudo do processo de destilação alcoolica continua : simulação de plantas industriais de produção de alcool hidratado, alcool neutro e cachaça; Study of the alcoholic continuous distillation process : simulation of industrial plants for production of hydrated alcohool, neutral alcohol and cachaça

Fabio Rodolfo Miguel Batista
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/05/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
Do processo de industrialização da cana-de-açúcar, obtêm-se diversos produtos de importância econômica para o país como o álcool (anidro e hidratado) e a cachaça. Com o advento do PROÁLCOOL, a produção alcooleira ganhou um grande impulso, fazendo com que o país, em pouco tempo, se tornasse o maior produtor e exportador mundial de álcool combustível. Levando-se em conta a importância econômica do etanol, bem como a grande aceitabilidade da cachaça no mercado externo e interno, esse trabalho tem por objetivo estudar, por simulação computacional, um sistema típico de produção de álcool hidratado e neutro, visando a otimização do primeiro, bem como a produção de cachaça por meio contínuo. Todo o trabalho foi conduzido com auxílio do simulador comercial Aspen Plus 12.1. Tanto para a simulação da produção de álcool hidratado como de cachaça, foi considerado um vinho com uma grande quantidade de componentes, a fim de representar, o mais fielmente possível, o processo industrial. Com o auxílio da ferramenta de planejamento experimental, buscou-se otimizar uma configuração industrial típica para produção de álcool hidratado. Variaram-se alguns parâmetros de controle das colunas envolvidas, identificando quais desses parâmetros eram estatisticamente significativos...

The brazilian ethanol car : A sociotechnical analysis = O carro brasileiro a álcool: uma análise sociotecnica; O carro brasileiro a álcool : uma análise sociotecnica

Rafael Bennertz
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.06%
Esta tese apresenta a história do carro a álcool no Brasil, a partir de uma perspectiva sociotécnica, informada por estudos conduzidos nos campos dos Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia, Dinâmicas da Inovação, e Politicas de Ciência e Tecnologia. A história do carro a álcool no Brasil desde o início do século XX é interessante por si só e merece ser recontada. Ao tratar o carro a álcool como uma configuração sociotécnica e traçando a sua jornada inovativa, mais aspectos do desenvolvimento se tornam visíveis: o emaranhamento dos desenvolvimentos técnicos, econômicos e sociais (Capítulo 1); a importância do discurso sobre o Carro a Álcool Brasileiro e como ele se tornou uma entidade discursiva por si só (Capítulo 2); o papel especial que teve o estado Brasileiro em estimular o desenvolvimento do carro a álcool e mantendo o seu enraizamento social (Capítulo 3); o declínio parcial do carro a álcool depois de 1989 e seu re-avivamento noutra forma, o carro flex, que ilustra que não é a substituição de velhas por novas tecnologias, mas uma colcha de retalhos de velhas e novas tecnologias em continua evolução (Capítulo 4). A jornada inovativa do carro a álcool no Brasil, incluindo suas várias não-linearidades...

Prevalência de uso de tabaco e de álcool em universitários da área da saúde : um estudo em Porto Velho, Rondônia, Amazônia Ocidental

Wandroski, Silvana Francescon
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2009.; A utilização de derivados de tabaco e de bebidas alcoólicas é um dos maiores problemas de saúde pública na atualidade e tem causado preocupação e demandado esforços das autoridades políticas e da saúde para o seu controle. O quadro se agrava quando a abordagem incide sobre os universitários da área da saúde. Com o objetivo de avaliar o uso de tabaco e álcool em universitário da área da Saúde na cidade de Porto Velho considerando o perfil e a dimensão do fenômeno nesta população utilizou-se desenho de estudo do tipo transversal descritivo, com dados coletados por meio de instrumental construído a partir de testes mundialmente conhecidos, amplamente utilizados e validados nacionalmente, o Questionário de Tolerância de Fagerström, para reconhecer o grau de envolvimento com o tabaco, e o AUDIT - Teste de Identificação de Distúrbio de Uso do Álcool, juntamente com dados sociodemográficos e outros questionamentos relacionados às variáveis estabelecidas. Os resultados encontrados foram as prevalências para o uso de tabaco na vida e no período da pesquisa de 47,6% e 39,5% respectivamente, de 58,9% e 57,2% para o álcool e 40...

Consumo abusivo e dependência de álcool em população adulta no Estado de São Paulo, Brasil

GUIMARÃES, Vanessa Valente; FLORINDO, Alex Antônio; STOPA, Sheila Rizzato; CÉSAR, Chester Luiz Galvão; BARROS, Marilisa Berti de Azevedo; CARANDINA, Luana; GOLDBAUM, Moisés
Fonte: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
OBJETIVO: Descrever as prevalências de consumo abusivo e dependência de álcool em população adulta de 20 a 59 anos no Estado de São Paulo, e suas associações com variáveis demográficas e socioeconômicas. MÉTODOS: Inquérito domiciliar do tipo transversal (ISA-SP), em quatro áreas do Estado de São Paulo: a) Região Sudoeste da Grande São Paulo, constituída pelos Municípios de Taboão da Serra, Itapecerica da Serra e Embu; b) Distrito do Butantã, no Município de São Paulo; c) Município de Campinas e; d) Município de Botucatu. Foi considerado consumo abusivo de álcool a ingestão em dia típico de 30 gramas ou mais de etanol para os homens, e 24 gramas ou mais para as mulheres. A dependência de álcool foi caracterizada pelo questionário CAGE. Análises bivariadas e multivariadas dos dados foram realizadas a partir de Modelos de Regressão de Poisson. Todas as análises foram estratificadas por sexo. RESULTADOS: Em 1.646 adultos entrevistados, a prevalência de consumo abusivo de álcool foi de 52,9% no sexo masculino e 26,8% no sexo feminino. Quanto à dependência de álcool, foram observadas duas ou mais respostas positivas no teste CAGE em 14,8% dos homens e em 5,4% das mulheres que relataram consumir álcool. Isto corresponde a uma prevalência populacional de dependência de 10...

Representações sociais do consumo de álcool e drogas em adolescentes

Carvalho, Ana Catarina
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2003 ENG
Relevância na Pesquisa
37.05%
Dissertação de mestrado em Psicologia da Saúde; O principal objectivo do presente estudo, de carácter exploratório, consistiu em conhecer a representação do consumo de álcool e drogas em adolescentes. Foram definidos os seguintes objectivos específicos: investigar se a representação social acerca do consumo de álcool e drogas varia em função da faixa etária; do género; do ano de escolaridade; de dois grupos etários (adolescentes com <16 anos vs >= 16 anos); e em dois grupos distintos de adolescentes (grupo com experiências de consumo vs grupo que nunca consumiu). A amostra, de conveniência, foi constituída por 376 adolescentes de ambos os sexos e com uma média de idades de 16 anos, alunos de escolas do 3o Ciclo e Ensino Secundário da região da Grande Lisboa. Os critérios de inclusão na amostra foram: terem idades compreendidas entre os 13 e os 19 anos; possuírem entre o 7o ano e o 12° ano de escolaridade; estarem presentes na sala de aula aquando da aplicação do questionário. O material utilizado foi um protocolo constituído por duas partes: um Questionário de Caracterização e um Questionário de Representações Sociais do Consumo de Álcool e Drogas destinado a adolescentes. Tratando-se de um questionário bastante extenso e dada a dimensão da nossa amostra...

Consumo abusivo e dependência de álcool em população adulta no Estado de São Paulo, Brasil

Guimarães,Vanessa Valente; Florindo,Alex Antônio; Stopa,Sheila Rizzato; César,Chester Luiz Galvão; Barros,Marilisa Berti de Azevedo; Carandina,Luana; Goldbaum,Moisés
Fonte: Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
OBJETIVO: Descrever as prevalências de consumo abusivo e dependência de álcool em população adulta de 20 a 59 anos no Estado de São Paulo, e suas associações com variáveis demográficas e socioeconômicas. MÉTODOS: Inquérito domiciliar do tipo transversal (ISA-SP), em quatro áreas do Estado de São Paulo: a) Região Sudoeste da Grande São Paulo, constituída pelos Municípios de Taboão da Serra, Itapecerica da Serra e Embu; b) Distrito do Butantã, no Município de São Paulo; c) Município de Campinas e; d) Município de Botucatu. Foi considerado consumo abusivo de álcool a ingestão em dia típico de 30 gramas ou mais de etanol para os homens, e 24 gramas ou mais para as mulheres. A dependência de álcool foi caracterizada pelo questionário CAGE. Análises bivariadas e multivariadas dos dados foram realizadas a partir de Modelos de Regressão de Poisson. Todas as análises foram estratificadas por sexo. RESULTADOS: Em 1.646 adultos entrevistados, a prevalência de consumo abusivo de álcool foi de 52,9% no sexo masculino e 26,8% no sexo feminino. Quanto à dependência de álcool, foram observadas duas ou mais respostas positivas no teste CAGE em 14,8% dos homens e em 5,4% das mulheres que relataram consumir álcool. Isto corresponde a uma prevalência populacional de dependência de 10...

Elasticidades de curto e longo prazos da demanda por álcool hidratado no Brasil

Pontes, André Pimentel; Ramos, Francisco de Sousa (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.06%
A partir de março de 2003, com o lançamento dos automóveis flex fuel, o consumo de álcool hidratado voltou a crescer fortemente no Brasil. O processo de escolha do consumidor detentor dessa tecnologia, que permite a utilização de álcool hidratado, gasolina ou qualquer proporção de mistura entre os dois em um mesmo tanque de combustível, passa a ter como principal variável o preço dos combustíveis (álcool hidratado e gasolina C) ajustado pelo seu rendimento no motor. Diante desse fato, o objetivo da presente dissertação é analisar a evolução da demanda por álcool hidratado no âmbito nacional a partir de um modelo econômico que relaciona consumo e preço do álcool e da gasolina e renda. Pretende-se ainda avaliar o grau de substituição entre álcool e gasolina, principalmente após o surgimento dos veículos bicombustíveis, preenchendo a lacuna de estudos sobre as elasticidades do álcool combustível. Com o intuito de alcançar o objetivo acima descrito serão estimadas a função demanda por álcool hidratado no Brasil e suas elasticidades preço, renda e preço cruzada em relação à gasolina para o período pós-liberalização de preços, de julho de 2001 a outubro de 2008, utilizando o método de cointegração e o modelo de correção de erros. Os resultados obtidos indicam que no curto prazo a demanda por álcool hidratado é inelástica a mudanças no preço...

Caracterização, análise multivariada e predição de propriedades do álcool etílico combustível

Alessandra de Lira Clemente Torres, Ângela; Rodrigues de Carvalho, Florival (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.04%
O álcool combustível, por ser uma fonte renovável de energia e menos poluente que os combustíveis fósseis, está se tornando uma das principais alternativas para substituição destes. Novas tecnologias e principalmente o Protocolo de Kyoto vêm incentivando o aumento na produção e consumo do álcool. O Brasil, por ter grande capacidade de produção e suficiência nesta área, pode vir a ser um dos maiores exportadores de álcool combustível. Para isto, além de aumentar sua produtividade, o álcool produzido deve também ter uma qualidade que atenda às exigências do mercado exterior. Sendo assim, um processo de produção que seja controlado de forma eficiente, utilizando metodologias analíticas confiáveis, rápidas e que possam determinar simultaneamente vários parâmetros de qualidade é de fundamental importância. A espectroscopia na região do infravermelho próximo (NIR) e intermediário (MID), por ser rápida, não destrutiva, de relativo baixo custo e possibilitar a determinação de vários constituintes simultaneamente em um curto espaço de tempo, em conjunto com métodos quimiométricos para tratamento dos dados, vem sendo amplamente empregada no controle de processos e produtos, inclusive em usinas de produção de açúcar. Com o objetivo de caracterizar...

Obtenção de álcool alílico (PROP-2-EN-1-OL) a partir da glicerina derivada do biodiesel de óleo de mamona

Lima, Luis Ferreira de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia do Petróleo; Pesquisa e Desenvolvimento em Ciência e Engenharia de Petróleo Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia do Petróleo; Pesquisa e Desenvolvimento em Ciência e Engenharia de Petróleo
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.03%
In this work, biodiesel was produced from castor oil that was a byproduct glycerin. The molar ratio between oil and alcohol, as well as the use of (KOH) catalyst to provide the chemical reaction is based on literature. The best results were obtained using 1 mol of castor oil (260g) to 3 moles of methyl alcohol (138g), using 1.0% KOH as catalyst at a temperature of 260 ° C and shaken at 120 rpm. The oil used was commercially available, the process involves the reaction of transesterification of a vegetable oil with methyl alcohol. The product of this reaction is an ester, biodiesel being the main product and the glycerin by-product which has undergone treatment for use as raw material for the production of allyl alcohol. The great advantage of the use of glycerin to obtain allyl alcohol is that its use eliminates the large amount of waste of the biodiesel and various forms of insult to the environment. The reactions for the formation of allyl alcohol was conducted from formic acid and glycerin in a ratio 1/1, at a temperature of 260oC in a heater blanket, being sprayed by a spiral condenser for a period of 2 hours and the product obtained contains mostly the allylic alcohol .. The monitoring of reactions was performed by UV-Visible Spectrophotometer: FTIR Fourier transform...

Promoção da Literacia acerca do Álcool: Avaliação de Intervenção em Contexto Escolar

Oliveira, Nuno Rafael Neves de
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.03%
O álcool é a substância psicoativa mais consumida pelos adolescentes e jovens. As primeiras experiências de consumo ocorrem precocemente, por volta dos 12 anos de idade, com metade dos jovens a ter o seu primeiro episódio de embriaguez antes dos 18 anos de idade. As recomendações mais recentes relativas à redução dos problemas relacionados com o álcool incluem o desenvolvimento de programas de prevenção, culturalmente adaptados e dirigidos a grupos mais vulneráveis, particularmente aos adolescentes (Barroso, Mendes e Barbosa, 2013). A literacia em saúde mental é um conceito que envolve conhecimentos sobre o reconhecimento e a procura de ajuda, por forma a facilitar a identificação e gestão de problemas de saúde mental. Assim, com vista à promoção da literacia acerca do álcool foi desenvolvida uma intervenção de sensibilização de educação para a saúde dirigida a adolescentes em contexto escolar que integra: conhecimentos úteis acerca do álcool, as componentes relativas ao reconhecimento do consumo abusivo de álcool e procura de ajuda, e ainda o desafio das expectativas e crenças pessoais acerca do álcool, enquanto fatores que influenciam o início precoce de consumo de álcool e o seu padrão de consumo. Objetivo: Avaliar o efeito da intervenção de sensibilização na promoção da literacia acerca do álcool em adolescentes. Métodos: A amostra é constituída por 256 estudantes do 7º ao 9º ano de escolaridade...