Página 1 dos resultados de 396 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

O paradoxo micro-macro da eficácia da ajuda: morto ou vivo? Uma revisão da literatura empírica cross-country

Moreira, Sandrina Berthault
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /04/2005 POR
Relevância na Pesquisa
46.25%
O presente trabalho tem um duplo objectivo. Em primeiro lugar, visa dotar o investigador de um quadro-síntese sobre os estudos econométricos que deram relevo à questão da eficácia da ajuda (em termos de crescimentos económico), utilizando uma abordagem cross-country. Esta ferramenta de apoio abrange desde os primeiros estudos realizados na década de setenta até aos últimos desenvolvimentos na área e apresenta uma breve descrição de cada estudo em análise (incluindo principais resultados e conclusões). Como segundo objectivo, este trabalho propõe efectuar uma análise global dos estudos acima referidos e respectivos resultados. Tendo em consideração o quadro teórico e os procedimentos metodológicos e econométricos mais comuns, identificam-se duas gerações de estudos cross-country da relação ajuda-crescimento. Os resultados da primeira geração de estudos, constam com os resultados dos estudos mais recentes, ao não validarem, de forma consciente, o impacto positivo da ajuda no crescimento dos PVD, dando, desta forma, fundamento ao paradoxo micro-macro.; This article has a dual purpose. Firstly, it is intended to provide researchers with an overview of econometric studies that have focussed on the effectiveness of foreign aid (in terms of economic growth) using a cross-country approach. This support tool begins with the first studies conducted in the 1970 sand goes right up to the latest developments in the area...

O uso da econometria na cooperação internacional

Moreira, Sandrina Berthault
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /04/2008 POR
Relevância na Pesquisa
56.26%
As análises de regressão são o principal instrumental da Econometria para medir ou estimar relações entre variáveis que constituem a essência da teoria economia. Esta técnica básica para os economistas revela-se, porém, complexa e de contornos pouco claros, no entender de vários especialistas em Cooperação para o Desenvolvimento com diferente formação de base. Nesta linha, o presente trabalho visa descrever em termos acessíveis a leigos a metodologia econométrica utilizada nos estudos de avaliação macroeconómica da contribuição da ajuda internacional no crescimento económico dos países em desenvolvimento.; Regression analyses are the main instrumental of Econometrics to measure or estimate relations between variables that constitute the essence of economic theory. This basic technique for economists is however complex and of blurred forms, according to several specialists in Development Co-operation that have a different background. In light of this, the present article aims to describe in accessible terms to a lay person the econometric methodology used in macroeconomic evaluation studies of the impact of international Old on the economic growth of developing countries.

A cooperação UE-ACP: a dimensão política dos acordos

Pereira, Sandra Maria de Jesus
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /04/2005 POR
Relevância na Pesquisa
46.3%
Mestrado em Economia e Estudos Europeus; Este trabalho analisa uma das vertentes da cooperação estabelecida entre a União Europeia (UE) e os países de África, Caraíbas e Pacífico (ACP), mais especificamente, a dimensão política dos acordos assinados entre estes dois grupos de Estados. Os principais aspectos da cooperação UE-ACP, desde o próprio conceito de cooperação, passando pelos princípios gerais da política comunitária de cooperação para o desenvolvimento, pela inevitável globalização da economia e por um breve historial dessa mesma cooperação, servem de quadro de referência à contextualização do objecto de estudo desta dissertação. Posteriormente, a abordagem mais detalhada das Convenções de Lomé e do Acordo de Cotonou permite destacar, sobretudo, os mais importantes traços característicos da vertente política destes acordos, indicando um progressivo reforço da parceria política UE-ACP. De facto, a evolução histórica desta relação só pode ser compreendida se tivermos em consideração o contexto da descolonização (Associação dos Países e Territórios Ultramarinos e as Convenções de Yaoundé), a nova ordem económica internacional (modelo Lomé), o término da Guerra Fria (revisão de Lomé) e os efeitos da globalização (Livro Verde e o Acordo de Cotonou). Os últimos 40 anos assistiram...

O Papel económico e social da fome na África Oriental:o caso da ajuda internacional alimentar no Quénia

Beghetto, Helena Gonçalves Pereira
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 28/11/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.28%
Dissertação de Mestrado em Estudos Africanos; Esta investigação exploratória enquadra-se na análise do papel da ajuda alimentar no Quénia e sua relação com o desenvolvimento sócio-económico do país. O presente estudo tem como principal objectivo caracterizar a ajuda alimentar recebida pelos quenianos e seus impactos na vida daquela popu-lação. Optámos pela utilização de uma metodologia descritiva através da análise teórica-conceptual su-portada pela técnica do inquérito por questionário e a análise de conteúdo. Os entrevistados foram selec-cionados a partir de pesquisas sobre o tema: são respondentes que pertencem a agências de ajuda ali-mentar ou são actores no processo como, por exemplo, os economistas e que têm um posicionamento acerca do tema. Pretendemos com este estudo obter uma visão da realidade da população queniana em relação à fome e ao desenvolvimento sócio-económico, pesando prós e contras de tal ajuda ao nível do impacto na economia deste país.; This exploratory research aims to analyze the food aid role in Kenya and its relation with Kenyan socio-economic development. The main goal of the present study is to characterize the food aid received by Kenyans and its impact on that population life. I used a descriptive approach first having as reference a specific conceptual and theoretical background that was later assessed via survey technique and analysis of the content. The respondents were selected due to the positions occupied in food aid agencies and as economists with a clear position on the theme. With this study...

São Tomé e Príncipe e a Cooperação Internacional: O seu Impacto no Desenvolvimento e nas Finanças Públicas

Quintaneiro, Luís
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), Centro de Estudos Africanos (CEA-IUL) Publicador: Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), Centro de Estudos Africanos (CEA-IUL)
Tipo: Parte de Livro
Publicado em /10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.69%
É já proverbial afirmar-se que a economia e a sociedade santomense sobrevivem essencialmente graças à ajuda e cooperação internacionais, sejam elas de natureza pública/oficial (ajuda pública ao desenvolvimento) ou privada (veiculada através das ONG’s/ONGD’s). Nesse contexto é corrente surgir na comunicação social local (sem serem alvo de desmentido) expressões como “93% do Orçamento de São Tomé e Príncipe é financiado pela ajuda internacional”. Sendo indesmentível esse elevado papel da ajuda internacional, a generalizada ignorância sobre como a mesma se processa em São Tomé e Príncipe tem dado origem a alguma mitificação sobre este facto que em nada ajuda o desejável incremento da sua eficácia. Para se poder formular um efetivo juízo de valor sobre a importância e o impacto dessa ajuda é necessário analisar com mais detalhe como é que ela se manifesta, quem são os principais atores envolvidos, como a cooperação internacional se articula com o funcionamento do aparelho de estado, como condiciona o funcionamento desse mesmo aparelho e – em sentido mais lato – da sociedade santomense e como a sua componente financeira aparece “transcrita” nas contas públicas. Como pano de fundo para esta análise surge a incontornável realidade da prevalência da pobreza e da exclusão social terem vindo a aumentar de forma persistente e constante desde o fim da “primeira república” (1990) - período durante o qual a ajuda internacional era quase só proveniente do “bloco de leste” – até aos dias de hoje...

Curso de Direito Internacional Privado

Ferreira Júnior, Lier Pires; Chaparro, Verônica Zarete
Fonte: Freitas Bastos Publicador: Freitas Bastos
Tipo: Livro Formato: 78462 bytes; application/pdf
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.19%
Divulgação dos SUMÁRIOS das obras recentemente incorporadas ao acervo da Biblioteca Ministro Oscar Saraiva do STJ. Em respeito à lei de Direitos Autorais, não disponibilizamos a obra na íntegra. Localização: 341.9 C977d Código de barras: STJ00064260; Contempla os tópicos constantes nos programas de DIPRI das principais instituições do país. Elabora ao final de cada capítulo quatro itens, são eles: breve resumo, com o conteúdo básico focado; leitura complementar, possibilitando que o tema trabalhado possa ser aprofundado ou refletido sob outro prisma; estudo dirigido que se constitui como elemento de verificação e fixação; relação das referências bibliográficas utilizadas pelos autores. Por fim, apresenta uma pesquisa jurisprudencial e um conjunto suplementar de questões de direito internacional.

Cooperação jurídica e inserção internacional do Brasil : o caso da contribuição brasileira em Timor-Leste

Mazzola, Maria Amélia
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.19%
Trabalho de conclusão de Curso – Monografia, como pré-requisito parcial para a conclusão do curso de Pós-graduação Lato Sensu em Business Intelligence do Centro Universitário – Unieuro na área de Política Internacional.; Analisa a cooperação internacional e a importância do seu papel nas relações internacionais contemporâneas, enquadrando a matéria no âmbito do debate entre as teorias realista e liberal e a sua definição no mundo atual. Em torno da referida questão o trabalho analisa as atividades de cooperação internacional que envolvem conhecimentos inerentes às mais diversas atividades, tendo como protagonistas atores nacionais e internacionais, entre ele o Brasil. Este documento busca analisar o papel de nosso país nas cooperações jurídicas internacionais. Estuda-se, também, a história do Timor-Leste, destacando-se, aí, a necessidade de intervenção internacional por sua independência, o papel da ONU e do Brasil nos destinos daquela nação até os dias de hoje. Como conclusão a monografia destaca a relevância da cooperação jurídica entre Brasil e Timor-Leste e o papel do Superior Tribunal de Justiça nos resultados até o momento alcançados. Para atingir tal objetivo é feita uma análise dos principais pressupostos que auxiliam no processo de concretização dos acordos jurídicos internacionais...

O julgamento de atos de terrorismo pelo Tribunal Penal Internacional

Ruiz, Fernanda; Almeida, Daniel Freire e
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.19%
Discorre sobre a criação do Tribunal Penal Internacional, pelo Estatuto de Roma, incluindo os principais acontecimentos que o precederam, apresentando as normas de funcionamento do Tribunal, bem como os crimes de sua competência. Sugerindo a inclusão de outros delitos na previsão do Estatuto como o crime de terrorismo. Comenta sobre o desenvolvimento do fenômeno terrorista, suas atuais formas de manifestação, o tratamento penal que recebe em vários países e tratados internacionais, ressaltando a importância da cooperação internacional e de um órgão jurisdicional imparcial no combate ao terrorismo.

A cooperação jurídica internacional e as cartas rogatórias passivas

Ghetti, Carmen Rizza Madeira
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.19%
Aborda como a cooperação jurídica internacional emerge como meio para resolução de conflitos e interesses e como arma de combate dos crimes transnacionais, uma vez que o Direito confere segurança às relações jurídicas que se estabelecem em virtude das inter-relações dos países. A cooperação jurídica internacional ocorre por meio dos institutos jurídicos da extradição, homologação de sentenças estrangeiras,auxílio direto e cartas rogatórias.; Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Direito internacional humanitário e atuação da Cruz Vermelha na América Latina = International humanitarian law and the Red Cross performance in Latin America

Cicco Filho, Alceu José
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.2%
Pondera sobre o direito internacional humanitário e sua presença em países latino-americanos, sem esquecer do empenho do Comitê Internacional da Cruz Vermelha em difundir nessas localidades princípios humanitários. Analisa, em tempos de conflitos armados, a disseminação da violência em nações como a colombiana e haitiana, levando em conta as questões que ocasionaram a ruptura do equilíbrio até então instituído e fizeram com que os Estados necessitassem do amparo do Direito Internacional Humanitário.

Tributação e cooperação internacional

Schoueri, Luís Eduardo
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.18%
Relata os pontos discutidos no 11º Encontro do Grupo de Peritos em Cooperação Internacional em Questões Tributárias (Group of Experts), realizado em dezembro de 2003, no âmbito da Organização das Nações Unidas (ONU), acerca de tibutação e cooperação internacional.; Relata discussões do 11º Encontro do Grupo ad hoc de Peritos em Cooperação Internacional em Questões Tributárias da Organização das Nações Unidas.

Cooperação jurídica internacional e a concessão de exequatur

Zavascki, Teori Albino
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.18%
Texto de autoria de Ministro do Superior Tribunal de Justiça.; Traça “as características gerais do atual sistema de cooperação jurídica internacional adotado pelo Brasil, identificando os seus instrumentos de atuação e definindo as hipóteses em que é indispensável a prévia expedição de carta rogatória e do consequente exequatur pelo Superior Tribunal de Justiça e as em que é dispensável qualquer prévia intermediação do Judiciário”.

La implementación del estatuto de la Corte Penal Internacional en Alemania

Ambos, Kai
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
ES
Relevância na Pesquisa
46.22%
Analisa legislação relativa à implementação, na Alemanha, do Estatuto de Roma da Corte Penal Internacional, particularmente no que tange à cooperação com a referida corte internacional. Examina o princípio da jurisdição universal e sua aplicação prática. Explica as formas e problemas da cooperação entre Estados e tribunais penais internacionais em comparação com a cooperação interestadual.

O Papel da ONU e do Banco Mundial na Consolidação do Campo Internacional de Desenvolvimento

Salles,Fernanda Cimini
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto de Relações Internacionais Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto de Relações Internacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2015 PT
Relevância na Pesquisa
46.18%
ResumoO artigo tem por objetivo resgatar o processo histórico de construção do modus operandi das práticas de desenvolvimento, destacando o papel das organizações internacionais nesse processo e como elas mobilizavam seus recursos tangíveis e intangíveis para a conformação de uma agenda legítima de intervenção social. A análise terá como foco as dinâmicas políticas que sucederam a Comissão Pearson, conferência internacional realizada em 1969, que teve como objetivo repensar e propor diretrizes internacionais para o desenvolvimento. O ponto crítico deste momento será o reconhecimento, por parte do Banco Mundial e da ONU, de que a cooperação internacional para o desenvolvimento mobilizava diferentes projetos de coordenação societária que tinham como pano de fundo o problema da desigualdade internacional. A partir da análise dos documentos e discursos da época, é possível perceber que, embora a ONU e o Banco Mundial compartilhassem a percepção de que a ajuda internacional ainda teria um papel a cumprir, esses organismos ofereciam agendas distintas para solucionar o problema do subdesenvolvimento. Com isso, buscar-se-á identificar o projeto que sai vitorioso desse embate e nos fornece elementos para a compreensão da sobrevivência e ampliação da agenda de desenvolvimento no pós-Guerra Fria.

O que teria acontecido a Moçambique se não tivesse recebido ajuda internacional ao desenvolvimento? Uma análise contrafactual no período pós-independência

Dias, Viriato Caetano
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.36%
Com a independência de Moçambique em 1975, a Frelimo tinha entre outros objectivos, a consolidação do Estado moçambicano, como uma nação independente e soberana, e a manutenção do marxismo-leninismo, como um sistema doutrinário incubado durante as trincheiras da luta de libertação nacional. Para a consecução deste projecto, foi adoptado no III Congresso do partido em 1977 o modelo económico socialista. Durante este estádio, o país viveu uma espiral de acontecimentos negativos, destacando-se a guerra civil e as agressões externas. A uma semana da bancarrota, Moçambique é aceite pelas IBWs tornando-se membro das mesmas em 1984, a partir de então começa a desenhar-se um novo ciclo político e económico, quer a nível interno como externo. O presente ensaio recorre à análise contrafactual, a metodologia histórica, económica e das Relações Internacionais para explicar o que teria acontecido a Moçambique se não tivesse recebido ajuda internacional ao desenvolvimento; ABSTRACT: With the independence of Mozambique in 1975, Frelimo had among other objectives, the consolidation of the Mozambican state, as an independent and sovereign nation, and maintenance of Marxism-Leninism, as a doctrinal system that had been incubated in the trenches of the struggle for national liberation. To attain this goal the socialist economic model was adopted at the Third Party Congress in 1977. During this stage...

Ajuda Alimentar Europeia: cooperação ou neo-proteccionismo? Estudo de impacto da BSE

Ramos, Ana Cristina Loureiro
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2002 POR
Relevância na Pesquisa
46.5%
Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional; Os efeitos de longo prazo da subnutrição constituem um dos mais sérios problemas dos países subdesenvolvidos: um crescimento físico e psicológico prejudicados pela fome poderão encurralar gerações inteiras em ciclos de pobreza. A ajuda alimentar foi pioneira na transferência de recursos dos países ricos para os pobres, com graves carências alimentares. Entretanto, as políticas agrícolas de alguns doadores conduziram ao surgimento de grandes excedentes, transformando a ajuda alimentar numa espécie de subproduto destas políticas. Este dumping de produtos altamente subsidiados provocou deficiências no funcionamento dos mercados alimentares dos países em desenvolvimento, desacreditando a ajuda alimentar. Desde os anos 90 que as decisões de ajuda alimentar europeia são tomadas num contexto de novas políticas e directrizes institucionais: o Tratado de Maastricht (que coloca a política de cooperação acima de todas as outras); orçamentos restritivos; políticas agrícolas em mutação; competição comercial intensa com os EUA; negociações da Organização Mundial de Comércio (OMC), que restringem o recurso a subsídios à exportação, transformando novamente a ajuda alimentar numa solução atractiva para os problemas de excedentes; colapso do mercado europeu de carne de bovino em virtude da BSE ("doença das vacas loucas"). O ressurgimento da doença em 2000 (e uma crise de consumo sem precedentes)...

A ajuda internacional e as guerras civis: uma relação perversa?

Barbosa, Tânia Isabel Lopes
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2005 POR
Relevância na Pesquisa
66.66%
Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional; No século XXI, continuam a predominar nos países pobres guerras civis travadas por razões como a ambição da secessão do Estado e luta pela inclusão, alimentadas por diversos factores (recursos naturais, clivagens étnicas, diáspora), e com graves consequências para essas sociedades. É nesse contexto que actua a ajuda internacional com o compromisso de salvar vidas e de minimizar o sofrimento humano. Esta dissertação reflecte sobre a possível influência da APD no agravamento e no prolongamento dos conflitos. Por um lado, a ajuda internacional está associada a interesses políticos, económicos e geoestratégicos que poderão determinar o comportamento dos doadores. Por outro, existem aspectos técnicos da distribuição da ajuda pelos actores humanitários que influenciam a dinâmica da paz e da guerra. Essa hipótese é testada à luz dos casos das guerras civis no Sri Lanka e em Angola. Apesar de ser indiscutível que, em ambos os casos, a ajuda internacional tenha desempenhado um papel fundamental na distribuição de bens básicos, ela terá sido marcada por alguns trâmites menos positivos na sua actuação e interferido em questões de carácter político...

Os Forúns de alto nível da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) : limites e perspectivas da posição brasileira na agenda sobre efetividade da ajuda internacional

Campos, Rodrigo Pires de; Lima, João Brígido Bezerra; Lopes, Luara Landulpho Alves
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
66.61%
O presente artigo se propõe a explorar os limites e perspectivas da posição brasileira na agenda sobre efetividade da ajuda internacional a partir dos Fóruns de Alto Nível sobre Efetividade da Ajuda promovidos pela OCDE e de iniciativas internas que possibilitem configurar a inserção adequada do país na nova arquitetura da ajuda internacional em discussão.; p. 27-40

A Ásia, os fenômenos naturais e como o Direito tangenciou a Moral no sistema internacional

Wolff Beckert, Tiago; Universidade de Brasília
Fonte: Meridiano 47; Meridiano 47 Publicador: Meridiano 47; Meridiano 47
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 09/10/2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.3%
Este artigo busca analisar o impacto que as recentes catástrofes naturais, que assolaram a Ásia no mês de maio, terão sob a as relações internacionais, no que tange ao comportamento dos diferentes atores mediante à ajuda internacional e às organizações internacionais.

O uso da econometria na cooperação internacional

Moreira,Sandrina Berthault
Fonte: ISCTE-IUL Business School Publicador: ISCTE-IUL Business School
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.26%
As análises de regressão são o principal instrumental da Econometria para medir ou estimar relações entre variáveis que constituem a essência da teoria económica. Esta técnica básica para os economistas revela-se, porém, complexa e de contornos pouco claros, no entender de vários especialistas em Cooperação para o Desenvolvimento com diferente formação de base. Nesta linha, o presente trabalho visa descrever em termos acessíveis a leigos a metodologia econométrica utilizada nos estudos de avaliação macroeconómica da contribuição da ajuda internacional no crescimento económico dos países em desenvolvimento.