Página 1 dos resultados de 174 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Identificação, análise e avaliação de linguagens de programação adequadas ao desenvolvimento de agentes móveis multi-plataforma

Reis, Paulo Manuel Pinto
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria Publicador: Instituto Politécnico de Leiria
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.74%
Dissertação apresentado à Escola Superior de Tecnologia e Gestão do IPL para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Informática - Computação Móvel, orientada pelo Doutor Nuno Alexandre Ribeiro Costa.; Agentes Móveis (AM) são programas autónomos que podem viajar sob o seu próprio controlo dentro de uma grande rede de computadores, de computador para computador, realizando uma tarefa em nome de um utilizador. Podem ainda fornecer uma estrutura conveniente, eficiente e robusta para a implementação de aplicações distribuídas, incluindo aplicações móveis. Dificuldades de instalação e de configuração, ocorrência de erros não documentados, funcionamento estável apenas para determinados sistemas operativos, entre outros, são algumas das lacunas identificadas nas várias frameworks desenvolvidas para suportar aplicações de AM. A estas, a popularização dos dispositivos móveis veio acrescentar a necessidade de compatibilidade com os seus ambientes computacionais. A identificação de uma ou várias linguagens de programação, potencialmente indicadas para implementação de AM multiplataforma, é o objetivo principal deste trabalho, para o qual foi elaborado um conjunto de testes centrados na análise de suporte ao nível da serialização de dados e do carregamento dinâmico...

Avaliação de ambientes servidores para agentes móveis.; Evaluation of mobile agents server environments.

Pereira Filho, Stenio Firmino
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2001 PT
Relevância na Pesquisa
66.75%
Agentes móveis são programas que podem ser disparados de um computador (cliente) e transmitidos através de uma rede de comunicação para uma outra maquina (servidor) com o objetivo de executar tarefas a eles designadas. Esta dissertação apresenta uma avaliação de plataformas de desenvolvimento e servidores para agentes móveis. A tecnologia de agentes móveis tem sido alvo de grandes pesquisas, inclusive nos setores de Segurança da Informação e Comércio Eletrônico. Foram executados testes e com as informações foi feita uma análise comparativa, levando-se em consideração questões como características de desempenho dos agentes, desempenho e segurança. Para efetuar os testes foram necessários o entendimento do funcionamento do servidor e o desenvolvimento de seus agentes. Os testes de desempenho serviram para definir quais agentes são mais ágeis e quais são os gastos de processamento dos servidores. Já o teste de segurança teve a finalidade de classificar os servidores quanto à segurança. Os resultados obtidos serviram para indicar qual a melhor plataforma a ser utilizada no desenvolvimento do Sistema de Detecção de Intrusão (SDI) do ICMC. As plataformas que obtiveram destaques nos testes foram o ASDK 1.1 e Grasshopper. A plataforma escolhida para o SDI foi o ASDK 1.1.; Mobile agents are programs able to migrate from a client computer to a server computer through communication networks. There are several mobile agent technologis application...

Avaliação do uso de agentes móveis em segurança computacional.; An evaluation of the use of mobile agents in computational security.

Bernardes, Mauro Cesar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/1999 PT
Relevância na Pesquisa
66.65%
Em decorrência do aumento do número de ataques de origem interna, a utilização de mecanismos de proteção, como o firewall, deve ser ampliada. Visto que este tipo de ataque, ocasionado pelos usuários internos ao sistema, não permite a localização imediata, torna-se necessário o uso integrado de diversas tecnologias para aumentar a capacidade de defesa de um sistema. Desta forma, a introdução de agentes móveis em apoio a segurança computacional apresenta-se como uma solução natural, uma vez que permitirá a distribuição de tarefas de monitoramento do sistema e automatização do processo de tomada de decisão, no caso de ausência do administrador humano. Este trabalho apresenta uma avaliação do uso do mecanismo de agentes móveis para acrescentar características de mobilidade ao processo de monitoração de intrusão em sistemas computacionais. Uma abordagem modular é proposta, onde agentes pequenos e independentes monitoram o sistema. Esta abordagem apresenta significantes vantagens em termos de overhead, escalabilidade e flexibilidade.; The use of protection mechanisms must be improved due the increase of attacks from internal sources. As this kind of attack, made by internal users do not allow its immediate localization...

MobiGrid: arcabouço para agentes móveis em ambiente de grades computacionais; Mobigrid: framework for mobile agents on computer grid environments

Barbosa, Rodrigo Moreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.62%
Este texto apresenta nosso projeto de implementação de um arcabouço de suporte a agentes móveis dentro de um ambiente de grade denominado InteGrade. Nosso arcabouço - MobiGrid - foi criado de forma a permitir que aplicações seqüenciais longas possam ser executadas em uma rede de estações de trabalho pessoais. Os agentes móveis são utilizados para encapsular essas aplicações com longo tempo de processamento. O encapsulamento de uma aplicação com longo tempo de processamento dentro de um agente móvel é o que denominamos como tarefa. Sendo assim, as tarefas podem migrar sempre que a máquina é requisitada por seu usuário local, já que são providas com capacidade de migração automática. Nosso arcabouço também fornece ao usuário um gerente que rastreia as tarefas por ele submetidas. Baseados no ambiente de execução de tarefas descrito, criamos um modelo matemático para efetuarmos simulações de como se comportariam muitas tarefas submetidas a uma grade com grande quantidade de estações de trabalho. Neste trabalho apresentamos também esse modelo, bem como os resultados das simulações nele baseadas.; This text presents a project which focuses on the implementation of a framework for mobile agents support within a grid environment project...

Agentes móveis em grades oportunistas: uma abordagem para tolerância a falhas; Mobile Agents in opportunistic grids: an approach for tolerating failures

Pinheiro, Vinicius Gama
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.55%
Grades oportunistas são ambientes distribuídos que permitem o aproveitamento do poder de processamento ocioso de recursos computacionais dispersos geograficamente em diferentes domínios administrativos. São características desses ambientes a alta heterogeneidade e a variação na disponibilidade dos seus recursos. Nesse contexto, o paradigma de agentes móveis surge como uma alternativa promissora para superar os desafios impostos na construção de grades oportunistas. Esses agentes podem ser utilizados na construção de mecanismos que permitam a progressão de execução das aplicações mesmo na presença de falhas. Esses mecanismos podem ser utilizados isoladamente, ou em conjunto, de forma a se adequar a diferentes cenários de disponibilidade de recursos. Neste trabalho, descrevemos a arquitetura do middleware MAG (Mobile Agents for Grid Computing Environment) e o que ele pode fazer em ambientes de grades oportunistas. Utilizamos esse middleware como base para a implementação de um mecanismo de tolerância a falhas baseado em replicação e salvaguarda periódica de tarefas. Por fim, analisamos os resultados obtidos através de experimentos e simulações.; Opportunistic grids are distributed environments built to leverage the computacional power of idle resources geographically spread across different administrative domains. These environments comprise many charateristics such as high level heterogeneity and variation on resource availability. The mobile agent paradigm arises as a promising alternative to overcome the construction challenges of opportunistic grids. These agents can be used to implement mechanisms that enable the progress on the execution of applications even in the presence of failures. These mechanisms can be combined in a flexible manner to meet different scenarios of resource availability. In this work...

Uma abordagem para incorporar mecanismos de inteligencia artificial a agentes moveis

Paulo Sergio da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/11/2004 PT
Relevância na Pesquisa
66.74%
Este trabalho contribui para a convergência de agentes móveis e agentes inteligentes através da proposta de um framework para incorporar técnicas de Inteligência Artificial (IA) a agentes móveis criados com os principais sistemas de mobilidade contemporâneos baseados em Java. Os requisitos a serem satisfeitos pelo framework são identificados e sua arquitetura é estabelecida. Um dos principais mecanismos de IA, o mecanismo de inferência com encadeamento progressivo baseado em regras, é implementado de acordo com o framework sugerido. Uma metodologia de desenvolvimento de software orientada a objetos e vários padrões de projeto são utilizados na concepção tanto do framework quanto do mecanismo de inferência. Os modelos resultantes são documentados através da Linguagem Unificada de Modelagem (UML) e as principais decisões de projeto, na forma de diretrizes a serem adotadas na criação de outros mecanismos. A proposta é avaliada através da construção de agentes móveis controlados pelo mecanismo desenvolvido e pelo levantamento do custo de transporte de seu código e dados. Os resultados mostram que o framework é viável e que o custo de transporte do mecanismo implementado é bem menor que o dos equivalentes encontrados na literatura.; This thesis contributes for the convergence of mobile and intelligent agents by proposing a framework for embedding Artificial Intelligence (AI) techniques in mobile agents built with the main actual Java-based mobile agent systems. The requirements to be satisfied by the framework are identified and its architecture is established. One of the most essential AI engines...

Avaliação de desempenho do uso de agentes móveis na gerência de redes utilizando técnicas de medidas

Fiorese, Adriano
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ii, 105 f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.83%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação.; O trabalho analisa o desempenho de agentes móveis no gerenciamento de redes de computadores comparando-o com o desempenho do modelo cliente/servidor. A análise do desempenho é baseada na comparação do tempo de resposta obtido por meio de técnicas de medidas. Para obtenção dos valores de tempo de resposta foram construídos protótipos de agentes móveis e de cliente SNMP (modelo cliente/servidor). Foi utilizada a plataforma Aglets 1.1.0 para a construção dos protótipos de agentes móveis, bem como a linguagem Java. Java também foi a linguagem de programação utilizada para o desenvolvimento do protótipo de cliente SNMP. Esses protótipos foram executados sobre dois ambientes de teste distintos: rede remota, separada da estação de gerenciamento por enlace de baixa velocidade que caracterizava "gargalo de comunicação"; e rede local, sem "gargalo de comunicação". Para os experimentos com agentes móveis, foram utilizados dois protótipos: um que utilizou SNMP para recuperação das variáveis da MIB II, e outro, que usou JNI para recuperação de variáveis não presentes na MIB II. Para os experimentos com cliente SNMP foi utilizado apenas um protótipo. A análise dos resultados obtidos indica que o cliente SNMP apresenta desempenho melhor tanto em rede remota quanto em rede local...

Avaliando a interoperabilidade de plataformas de agentes móveis através da padronização OMG MASIF

Lobo, Eduardo Augusto Oliveira
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.69%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Computação.; O trabalho apresenta além de uma revisão da literatura sobre sistemas e de uma descrição de cinco plataformas de agentes móveis - Aglets, Voyager, Concórdia, Grasshopper e MAP -, contém uma análise crítica sobre a especificação do MASIF (Mobile Agent System Interoperability Facility). Um padrão para agentes móveis adotado pelo OMG (Object Management Group), que despertou interesse do meio acadêmico e empresarial em razão da especificação que faz com que vistas à interoperabilidade de diferentes sistemas de agentes. Os testes com as referidas plataformas, que apresentam indícios de compatibilidade com a especificação MASIF, mostraram que não foi possível o envio de agentes de uma região à outra, mesmo entre diferentes plataformas compatíveis com a especificação MASIF. Entre as conclusões da pesquisa, algumas soluções são indicadas para permitir troca de agentes entre diferentes regiões de plataformas diversas, visando à superação da incompatibilidade identificada.

Implementação de uma aplicação de agentes móveis para avaliar o impacto da mobilidade na segurança

Custódio, Tatiana
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 95 f.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.65%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação.; Neste trabalho apresenta-se um modelo para o desenvolvimento de uma aplicação baseada em agentes móveis. Esta aplicação é desenvolvida de acordo com uma política de segurança. Tal política faz com que os riscos existentes na utilização de agentes sejam reduzidos. Questões como a proteção do agente, do computador hospedeiro e da rede são abordados neste trabalho, assim como os tipos de ataque que podem ser encontrados neste paradigma. A identidade é o ponto de partida do modelo de segurança pois, através dela, os elementos podem ser autenticados. Além das identidades, o modelo de segurança é baseado ainda em permissões associadas a elementos e a recursos do sistema, proteções e autorizações. O modelo de segurança proposto por Karjoth [KARJOTH at al 97], utilizado como base deste trabalho, é aplicado em um caso prático, usando a plataforma de agentes móveis da IBM cujo nome é Aglets. Esta plataforma foi desenvolvida utilizando a linguagem

Aplicação de inteligência computacional na gerência de redes através da automatização do uso de agentes móveis

Xavier, Edison Alessandro
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 119 f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.72%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação.; A gerência de redes de computadores é uma atividade computacional que precisa ser implementada de maneira a obter os dados ou enviar ações ao ambiente gerenciado da melhor forma possível. Dentre as formas de implementação da coleta dos dados destacamos os agentes móveis, que possuem características interessantes: podem variar a quantidade de agentes envolvidos ou o momento de entrega dos dados ao gerente. Essa variação abre um ponto de decisão: qual a melhor configuração de agentes móveis, dada uma gerência? Esse trabalho inicia investigando as variações das configurações de agentes móveis, obtendo métricas que podem ser classificadas e avaliadas, dando subsídios para a decisão de qual a melhor configuração. Por fim, apresenta soluções de decisão baseadas em paradigmas de inteligência computacional, notadamente redes neurais, lógica fuzzy e regras de inferência.

Esquema de segurança para agentes móveis em sistemas abertos

Wangham, Michelle Silva
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xviii, 187 f.| il., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.75%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica; O paradigma de agentes móveis vem sendo utilizado em sistemas distribuídos, principalmente, devido a sua flexibilidade proveniente da noção de mobilidade. A capacidade para mover agentes em um sistema aberto permite o desenvolvimento de serviços e aplicações mais flexíveis e dinâmicos quando comparado com o modelo cliente-servidor. Apesar das suas vantagens, a tecnologia de agentes móveis introduz novas ameaças de segurança ao sistema que, muitas vezes, impedem a sua ampla aceitação. Esta tese propõe um esquema de segurança para aplicações baseadas em agentes móveis em sistemas abertos (chamado MASS), composto de técnicas de prevenção e de detecção, que visam prover segurança para o canal de comunicação, para as plataformas de agentes e para os próprios agentes. Para ser corretamente implantado em sistemas abertos, este esquema combina os aspectos da segurança com questões de portabilidade, interoperabilidade, escalabilidade, compatibilidade, simplicidade e desempenho. As técnicas disponíveis no MASS estão baseadas na infra-estrutura SPKI, no conceito de Federação SPKI e em protocolos criptográficos. Para atender às necessidades específicas de aplicações...

Busca de informação distribuída usando heurísticas adaptativas para agentes móveis em tempo real

Magalhães, Alex Pinho
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 114 p.| il., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.81%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Florianópolis, 2010; Com a contínua expansão da Internet, a busca de informação relevante deve atender requisitos de tempo e qualidade. A área da inteligência artificial possui soluções de busca informada sofisticadas que tratam essas variáveis: tempo e qualidade. Esses sistemas de busca de informação são sistemas distribuídos de tempo real, uma área emergente de pesquisa e que tem nos apresentado soluções de arquitetura computacional com alta escalabilidade. Uma alternativa para a busca de informação em tempo real é a tecnologia de agentes móveis, a qual vem sendo objeto de pesquisa desde antes da popularização da Internet, mas vem ganhando força com a padronização desta tecnologia através da FIPA, uma fundação filiada ao IEEE. A introdução de agentes móveis no cenário de sistemas distribuídos traz diversas vantagens e possuem características que são altamente desejáveis para sistemas distribuídos de tempo real. Os agentes móveis também utilizam técnicas originadas na inteligência artificial para melhorar seu desempenho em cenários com restrição temporal. Uma dessas técnicas é a de anytime algorithms...

Uma abordagem de detecção de intrusão baseada em sistemas imunológicos artificiais e agentes móveis

Machado, Renato Bobsin
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xi, 148 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.62%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação.; Neste trabalho é apresentada uma abordagem para detecção de intrusão inspirada nos conceitos, princípios e propriedades do sistema imunológico humano. A abstração computacional aplica a técnica de detecção baseada em anomalias e tem por base a monitoração dos registros de auditoria dos sistemas operacionais Unix-like. Sua arquitetura é baseada em host e distribuída. O processo de geração de eventos é realizado pelo Syslog-ng, a análise é responsabilidade da ferramenta Logcheck e a distribuição e persistência dos registros, assim como a incorporação de ações reativas e pró-ativas são implementadas por uma arquitetura baseada em agentes móveis. Os resultados gerados pelo processo de análise são classificados como ataques, violações de segurança e eventos de segurança. Como contribuições, abstraíram-se computacionalmente importantes premissas de sistemas imunológicos artificiais, tais como detecção de anomalias, memorização e reatividade. Uma classe de experimentos permitiu analisar o desempenho e segurança de agentes móveis considerando-se distintos métodos de mobilidade...

Unificando agentes móveis inteligentes e WBEM para o gerenciamento corporativo de sistemas

Antonio Costa Simões, Marco; Luís de Medeiros Santos, Andre (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.7%
A complexidade dos sistemas de computação atuais demanda um alto nível de gerenciamento destes sistemas. O gerenciamento corporativo (GC) deve ser capaz de administrar e gerenciar todos os aspectos dos sistemas de computação, desde os detalhes físicos de hardware e comunicação até as aplicações, passando pelos protocolos de comunicação e middleware de apoio. Para suprir estas demandas diversas abordagens baseadas em agentes móveis inteligentes vêm sendo utilizadas. Um agente móvel é um software capaz de migrar entre as máquinas executando determinada tarefa. Este agente deve ter autonomia para decidir suas próprias ações, além de ser adaptável ao ambiente externo. A grande velocidade com que os sistemas de computação evoluem gera uma demanda adicional para os sistemas de GC: capacidade de suportar novos tipos de objetos gerenciados de forma flexível e auto-extensível. Para suprir esta demanda, a indústria de TI apresenta uma iniciativa chamada WBEM (Web-Based Enterprise Management) que provê um modelo de informações orientado a objetos e altamente extensível. Neste trabalho, validamos o uso das arquiteturas de Gerenciamento Corporativo de Sistemas baseadas em agentes móveis inteligentes em conjunto com os padrões propostos pela iniciativa WBEM. Para atingir este objetivo...

Gerenciamento de Redes com Agentes Móveis -GRAM

Mane, Babacar
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.68%
Com a instalação constante de redes de computadores nas organizações (sociais, industriais, comerciais etc.) as atividades de gerenciamento tornam-se sempre mais complexas, embora sejam indispensáveis e melhorem a qualidade dos serviços oferecidos aos seus usuários. Os sistemas atuais de gerenciamento, considerados como aplicações distribuídas, são implementados com base no paradigma cliente-servidor. Este modelo transforma as atividades de gerenciamento em operações centralizados numa única estação. Dados dos recursos gerenciados são monitorados, coletados por agentes e registrados numa base de dados local. Os serviços fornecidos por essas entidades lhes são atribuídos na sua fase de implementação. Para acessar a esses serviços as aplicações de gerenciamento ou gerente localizados na estação central são obrigados microgerenciar os dispositivos gerenciados. Esse processo pode aumentar riscos de congestionamento na rede e o tempo destinado à solução imediata de eventuais problemas o que pode tornar os sistemas de gerenciamento atuais uma solução ineficiente e não confiável. O nosso trabalho, denominado de gerenciamento de redes com agentes móveis-GRAM, apresenta um paradigma mais flexível baseado em agentes móveis. O GRAM é implementado na plataforma Máquina Virtual Agentware (Agentware V irtual Machine-AVM) que suporta execução em tempo real...

Agentes móveis inteligentes para suporte à umbiqüidade de serviços multimídia; Intelligent mobile agent for ubiquity suport of multimedia services

Carvalho, Juliana Oliveira de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.65%
A convergência das telecomunicações com as redes de computadores tem permitido a disponibilização de serviços cada vez mais sofisticados e por serviços que sejam entregues com rapidez, agilidade, segurança, confiabilidade e principalmente que atendam as necessidades dos usuários. Nesse contexto os serviços serão adaptáveis e sensíveis ao contexto, ou seja, serão dependentes da mobilidade pessoal, de serviço e de terminal. Mobilidade global requer a coordenação de uma grande variedade de provedores de serviço, garantia de compatibilidade entre as redes backbone (Telecom Fixa, Telecom Móvel e Internet), e obtenção de acordos entre operadores de redes. Desta forma usuários poderão Ter aceso a serviços adaptados às suas necessidades a partir de diferentes localizações e dispositivos. O uso da tecnologia de agentes móveis inteligentes proporciona autonomia e flexibilidade nos processos de personalização e disponibilização de serviços quando da necessidade de suporte à mobilidade pessoal e de serviço, e realça a tecnologia de objetos distribuídos. Este trabalho parte de uma arquitetura que estabelece um Ponto de Referência entre Provedores, e propõe o uso de paradigmas de objetos distribuídos e agentes móveis inteligentes para integrar um ambiente de comunicação que permita o acesso a um conjunto de serviços a partir de diferentes localizações e dispositivos. Para avaliar a proposta...

Coordenação de Agentes Móveis através do Canal de Broadcast; Coordination of Mobile Agents through the Broadcast Channel

Nagamuta, Vera
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/11/1999 PT
Relevância na Pesquisa
66.9%
Em aplicações distribuídas baseadas em agentes móveis, a coordenação das ações dos agentes móveis é uma tarefa complexa. A maior dificuldade é devido ao fato que agentes móveis podem mudar de endereço dinamicamente. Nesta dissertação, apresentamos o projeto e a implementação de um mecanismo de coordenação de agentes móveis que contorna este problema. Este mecanismo, que chamamos de Canal de Broadcast, está baseado na difusão de mensagens e possibilita que os membros de um grupo de agentes móveis interajam entre si, independentemente de suas localizações correntes. Modelos de coordenação existentes oferecem formas de interação entre agentes móveis, mas todos eles impõem alguma exigência. Ou os agentes móveis devem conhecer a localização de outros agentes, ou devem estar localizados no mesmo lugar ou devem migrar para um lugar específico. A principal vantagem deste mecanismo de coordenação está na total transparência de localização: as mensagens podem ser endereçadas a um conjunto de agentes móveis independentemente de sua localização corrente. Este mecanismo foi implementado no ASDK (Aglets Software Development Kit) da IBM e a sua utilidade foi demonstrada usando dois problemas típicos de coordenação em Sistemas Distribuídos: a Exclusão Mútua e o protocolo Manager-Workers. Testamos o desempenho do mecanismo e identificamos que o custo do Canal de Broadcast não é tão alto comparado aos benefícios que proporciona. Através deste mecanismo...

Comparação SNMP x agentes móveis para gerência de redes

Reis, Ana Lúcia Anacleto
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ii, 122 f.| il., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.62%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação.; O trabalho tem como objetivo apresentar uma comparação entre o modelo de gerência de redes SNMP e a proposta de uso de AM's nas tarefas de gerenciamento de redes. Quanto aos aspectos teóricos, o trabalho apresenta os principais conceitos da gerência SNMP e conceitos básicos sobre agentes móveis e suas formas de implementação. Posteriormente, apresenta a proposta de integração destes dois modelos, enfatizando os problemas, vantagens e situações em que esta integração pode apresentar resultados com relação ao modelo atualmente utilizado. Ao final, apresenta resultados de experimentos realizados, direcionados por fatos e conclusões expressos nos capítulos anteriores. Os experimentos utilizaram implementações desenvolvidas em Java, descritas também no trabalho. Os resultados apurados enfatizam comparações entre as duas alternativas (SNMP x Agentes Móveis) com relação ao tempo de resposta e tráfego gerado em operações comuns de gerenciamento.

Gestão de Redes Baseada em Agentes Móveis

Costa, Ricardo Jorge Teixeira da
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.65%
A gestão das redes informáticas converteu-se num fator vital para as redes operarem de forma eficiente, produtiva e lucrativa. A gestão envolve a monitorização e o controlo dos sistemas para que estes funcionem como o pretendido. Ações de configuração, monitorização e reconfiguração dos componentes, são essenciais para melhorar o desempenho, diminuir o tempo de inatividade, melhor a segurança e efetuar contabilização. A maioria das aplicações de gestão de Redes assenta no paradigma centralizado cliente-servidor, onde um servidor central coleta e analisa dados provenientes dos diferentes elementos dispersos pela rede. Esses dados de gestão estão armazenados em bases de dados de gestão localizadas nos diversos elementos da rede. No entanto, este paradigma não tem conseguido dar resposta às exigências das redes atuais. Surge assim a necessidade de utilizar novos paradigmas para a gestão das redes. Uma alternativa baseada no paradigma dos agentes móveis já foi estudada, proposta e desenvolvida para a gestão da rede do GECAD-ISEP. Neste trabalho pretende-se propor e adicionar novas capacidades aos agentes móveis existentes, assim como novos agentes. Com vista à validação da solução proposta recorre-se à utilização de um simulador de redes.; The management of computer networks has become a vital networks operate efficiently...

Uma aplicação de gestão de redes baseada no paradigma dos agentes móveis

Teixeira, Joaquim
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.62%
A massificação da utilização das tecnologias de informação e da Internet para os mais variados fins, e nas mais diversas áreas, criou problemas de gestão das infra-estruturas de informática, ímpares até ao momento. A gestão de redes informáticas converteu-se num factor vital para uma rede a operar de forma eficiente, produtiva e lucrativa. No entanto, a maioria dos sistemas são baseados no Simple Network Management Protocol (SNMP), assente no modelo cliente-servidor e com um paradigma centralizado. Desta forma subsiste sempre um servidor central que colecta e analisa dados provenientes dos diferentes elementos dispersos pela rede. Sendo que os dados de gestão estão armazenados em bases de dados de gestão ou Management Information Bases (MIB’s) localizadas nos diversos elementos da rede. O actual modelo de gestão baseado no SNMP não tem conseguido dar a resposta exigida. Pelo que, existe a necessidade de se estudar e utilizar novos paradigmas de maneira a que se possa encontrar uma nova abordagem capaz de aumentar a fiabilidade e a performance da gestão de redes. Neste trabalho pretende-se discutir os problemas existentes na abordagem tradicional de gestão de redes, procurando demonstrar a utilidade e as vantagens da utilização de uma abordagem baseada em Agentes móveis. Paralelamente...