Página 1 dos resultados de 355 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Captação de sinais antecipativos na web utilizando agentes inteligentes; Captivation of signals experienced beforehand in the web using intelligent agents

Moreira, Ana Helena da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.62%
Este trabalho explora uma solução para tornar mais eficiente a recuperação de sinais estratégicos antecipativos na Internet, na chamada fase de rastreamento ou de captação de informação estratégica antecipativa, segundo diferentes autores, que descrevem ciclos da Inteligência Competitiva. Durante o texto a seguir serão descritos os conceitos de Inteligência Competitiva e de agentes inteligentes de software, considerada a solução ideal para suportar a recuperação de informação neste mundo imenso que é a Internet. Um protótipo será arquitetado para verificar a possibilidade de agentes serem uma boa representação e solução para o rastreamento de informação, com o objetivo de suportar o monitoramento estratégico do ambiente de uma organização. Estas informações, necessariamente, devem ser qualificadas, confiáveis e condizentes com um tema, atores e fontes predeterminados. A forma de obtenção das informações no ambiente Web pode ser feita diretamente e de forma discreta (no tempo) ou contínua, sem que seja acionada uma questão para busca direta, mas em resposta a um evento com características de interesse definidas.; This work explores a solution to making more efficient the recovery of antecipative strategical signals in the Internet...

Sistemas de informação contábeis: modelagem e aplicação de agentes inteligentes; Accounting information systems: modeling and intelligent agents application

Moraes, Marcelo Botelho da Costa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.62%
A contabilidade é ciência destinada ao tratamento da informação de eventos econômicos que ocorrem dentro das organizações. Diversas técnicas de registro e tratamento de dados foram desenvolvidas ao longo do tempo para gerar informações relevantes nas tomadas de decisões. Nesse sentido, a contabilidade tem sua origem no método das partidas dobradas (lançamentos de débito e crédito), conhecido por modelo DCA (Debit-Credit Accounting), que considera as variações monetárias do patrimônio. Com o advento da tecnologia da informação surgem, efetivamente, os sistemas de informação contábeis, que buscam dar maior autonomia aos processos de desenvolvimento dos bancos de dados. Na década de 80 surge o modelo REA (economic Resources, economic Events e economic Agents), que se baseia no registro da informação contábil com base na associação entre os recursos-econômicos, eventos-econômicos e agentes-econômicos, possibilitando ganhos na capacidade de geração de informação ao usuário. O objetivo deste trabalho é demonstrar estes sistemas de informação contábeis e sua evolução, bem como, propor uma modelagem de dados orientada a objetos com a utilização de agentes inteligentes, baseado em inteligência artificial...

Uma arquitetura para agentes inteligentes com personalidade e emoção; An architecture for intelligent agents with personality and emotion

Bressane Neto, Ary Fagundes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.74%
Uma das principais motivações da Inteligência Artificial no contexto dos sistemas de entretenimento digital é criar personagens adaptáveis a novas situações, pouco previsíveis, com aprendizado rápido, memória de situações passadas e uma grande diversidade de comportamentos consistente e convincente ao longo do tempo. De acordo com recentes estudos desenvolvidos nos campos da Neurociência e da Psicologia, a capacidade de resolução de problemas não está unicamente atrelada à facilidade na manipulação de símbolos, mas também à exploração das características do ambiente e à interação social, que pode ser expressa na forma de fenômenos emocionais. Os resultados desses estudos confirmam o papel fundamental que cumprem a personalidade e as emoções nas atividades de percepção, planejamento, raciocínio, criatividade, aprendizagem, memória e tomada de decisão. Quando módulos para a manipulação de personalidade e emoções são incorporados à teoria de agentes, é possível a construção de Agentes com Comportamento Convincente (Believable Agents). O objetivo principal deste trabalho é desenvolver e implementar uma arquitetura de agentes inteligentes para construir personagens sintéticos cujos estados afetivos influenciam em suas atividades cognitivas. Para o desenvolvimento de tal arquitetura utilizou-se o modelo BDI (Beliefs...

Interação e autismo : uso de agentes inteligentes para detectar déficits de comunicação em ambientes síncronos

Rabello, Roberto dos Santos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Os seres humanos dependem da interação social para desenvolver-se e evoluir, principalmente nos aspectos cognitivos. Este princípio é abordado principalmente por autores como Vigotsky (1998), que considera a interação social como o motor do desenvolvimento cognitivo humano. Em contrapartida, no caso das pessoas com autismo, conforme Hobson (1993), a sua característica principal é a limitação ou deficiência que apresenta na sua capacidade de ter um “sentido da relação pessoal” e de experimentar essa relação, ou, dito de outra forma, de criar um significado para a interação social e, consequentemente, participar da mesma. Essa limitação de comunicação de pessoas com autismo se caracteriza na dificuldade de utilizar, com sentido, todos os aspectos da comunicação verbal e não-verbal. Incluindo gestos, expressões faciais, linguagem corporal, ritmo e modulação da linguagem verbal, da ecolalia. A interação social, antes realizada através das relações presenciais, foi, ao longo da história, transformando-se através da interposição de inúmeras formas de mediação, entre as quais encontramos as comunicações mediadas por computador. Apesar do amplo uso do computador na educação especial, ainda são poucas as pesquisas que abordam o uso desta tecnologia na interação com pessoas com autismo...

Criação de comunidades virtuais a partir de agentes inteligentes

Bogo, Luis Henrique
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: viii, 108 f.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.62%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; O e-learning desponta como a principal opção de ensino-aprendizagem para as pessoas que necessitam manter-se atualizadas, mas não podem utilizar-se dos modelos tradicionais de ensino, seja por problemas financeiros, de tempo e espaço, seja por qualquer outro motivo. Os ambientes de e-learning porém, não transportam simplesmente o ambiente físico de uma sala de aula para um ambiente virtual. Vários conceitos precisam ser redefinidos, a começar pela interação entre os alunos de um curso virtual. Em um modelo tradicional, o aprendizado informal, construído na troca de informações entre os "atores" de uma sala de aula, gera um conhecimento valioso. Em um modelo virtual, uma forma dessa interação ser realizada é a criação de comunidades virtuais entre os usuários do ambiente. Comunidades virtuais são locais onde pessoas com interesses comuns se encontram, entram em contato e trocam idéias e informações umas com as outras, através de uma rede on-line como a Internet. Este trabalho descreve os conceitos relativos às comunidades virtuais e, a tecnologia de agentes inteligentes e apresenta um modelo de como esses agentes podem ser utilizados para a criação automática dessas comunidades...

Integração de reacção e deliberação em agentes inteligentes

Junior, Carlos António Batista Lopes
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.65%
A integração de reacção e deliberação é um dos aspectos centrais em modelos de agentes inteligentes, nomeadamente em modelos de agente híbridos. O conceito de agente inteligente híbrido, surgiu nos anos 90, numa tentativa de combinar o melhor de dois mundos, após o percurso da inteligência artificial ter passado pelos paradigmas hierárquico e reactivo. Este tipo de agente é composto principalmente por duas camadas: reactiva e deliberativa. A camada reactiva reage a estímulos do ambiente enquanto a deliberativa tem um carácter pró-activo, utilizando um modelo interno para gerar planos de alto nível. Nesta dissertação propõe-se um modelo de agente inteligente híbrido constituído por uma camada adicional de carácter adaptativo. Essa camada tem por objectivo disponibilizar um nível de competência, no qual o agente tem capacidade de aprender com a experiência, complementando as competências nos níveis reactivo e deliberativo. A arquitectura do modelo de agente proposto tem uma organização vertical, onde somente a camada reactiva interage com o ambiente. Esta é responsável por adquirir a percepção e gerar uma acção resultante da composição de vários comportamentos. Já a camada adaptativa recebe a percepção da camada reactiva e efectua uma discretização...

Agentes inteligentes para coordenação do controlo descentralizado em sistemas de canais de distribuição de água

Cravid, Celso Afonso
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.69%
Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Electrotécnica e de Computadores; O controlo descentralizado em sistemas distribuídos consiste, muitas vezes, em controladores locais que cumprem objectivos também locais. Nesses casos, sem a necessária e satisfatória coordenação, os objectivos de controlo podem ser comprometidos – assim, a coordenação entre as diversas entidades torna-se essencial, sobretudo quando o sistema é marcado por fenómenos de interdependência entre os seus subsistemas e interesses locais divergentes. Neste trabalho, pretende-se analisar e desenvolver uma solução para o problema da coordenação do controlo descentralizado exercido por diversos controladores locais em sistemas distribuídos, concretamente, num sistema de canais de distribuição de água por acção da gravidade. O estudo faz uso do conceito de agentes inteligentes, explorando as suas potencialidades enquanto tecnologia. As metodologias propostas resultam duma abordagem macroscópica ao problema, significando que são independentes do nível de detalhe do controlador. É apresentada uma arquitectura de coordenação do controlo...

Agentes inteligentes na indústria do entretenimento

Isaías, Pedro Teixeira
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Outros
Publicado em /12/1998 POR
Relevância na Pesquisa
66.62%
O presente trabalho tem por objectivo abordar as questões mais relevantes envolvidas na problemática dos agentes inteligentes na indústria de entretenimento. No trabalho aborda-se o conceito de agente, as suas propriedades desejáveis e ferramentas para o seu desenvolvimento. Referem-se algumas abordagens de agentes nesta área e aspectos relevantes a considerar. São abordados dois exemplos paradigmáticos: Julia e Creatures. Dificuldades ligadas ao tema são referidas e algumas tendências futuras mencionadas. Por fim são equacionadas algumas questões em aberto.

Inteligência competitiva na Internet: um processo otimizado por agentes inteligentes

Silva,Helena Pereira da
Fonte: IBICT Publicador: IBICT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 PT
Relevância na Pesquisa
66.69%
Apresenta a proposta de um processo de inteligência competitiva (IC) na Internet, utilizando agentes inteligentes na tarefa de monitoramento de fontes de informação disponíveis na rede. O processo foi aplicado como projeto-piloto no Núcleo de Estudos em Inovação, Gestão e Tecnologia de Informação (IGTI) da Universidade Federal de Santa Catarina. Em seguida, foi verificada a aplicabilidade em mais três estudos de caso. Pode-se afirmar que, pelos casos estudados, foi possível vislumbrar a possibilidade efetiva de utilização do processo proposto em diferentes tipos de organizações. Os resultados ainda confirmam, como proposta, a necessidade de formalização do uso da informação e do processo de gestão da informação nas organizações, bem como a automação do processo por meio de agentes inteligentes.

Modelo Neuro-Fuzzy Hierárquico Politree com aprendizado por reforço para agentes inteligentes

Figueiredo,Karla; Vellasco,Marley; Pacheco,Marco; Souza,Flávio
Fonte: Sociedade Brasileira de Automática Publicador: Sociedade Brasileira de Automática
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.62%
Este trabalho apresenta um novo modelo híbrido neuro-fuzzy para aprendizado automático de ações efetuadas por agentes. O objetivo do modelo é dotar um agente de inteligência, tornando-o capaz de, através da interação com o seu ambiente, adquirir e armazenar o conhecimento e raciocinar (inferir uma ação). Este novo modelo, denominado Reinforcement Learning Neuro-Fuzzy Hierárquico Politree (RL-NFHP), descende dos modelos neuro-fuzzy hierárquicos NFHB, os quais utilizam aprendizado supervisionado e particionamento BSP (Binary Space Partitioning) do espaço de entrada. Com o uso desse método hierárquico de particionamento, associado ao Reinforcement Learning, obteve-se uma nova classe de Sistemas Neuro-Fuzzy (SNF) que executam, além do aprendizado da estrutura, o aprendizado autônomo das ações a serem tomadas por um agente. Essas características representam um importante diferencial em relação aos sistemas de aprendizado de agentes inteligentes existentes. O modelo RL-NFHP foi testado em diferentes problemas benchmark e em uma aplicação de robótica (robô Khepera). Os resultados obtidos mostram o potencial do modelo proposto, que dispensa informações preliminares como número e formato das regras, e número de partições que o espaço de entrada deve possuir.

Inteligência competitiva e Internet: um processo otimizado por agentes inteligentes - um estudo parcial de caso

Nadaes,Adriana Duarte; Borges,Mônica Erichsen Nassif
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
66.57%
Este artigo apresenta a proposta de uma atividade de Inteligência Competitiva (IC) através da Internet, com o objetivo de possibilitar a utilização de agentes inteligentes na tarefa de monitoramento de fontes de informação disponíveis na rede. O presente trabalho foi desenvolvido até o ponto relativo ao mapeamento de fontes de informação estratégicas disponíveis na Internet, imaginando-se a possibilidade de sua aplicação em qualquer organização. O referencial empírico do trabalho foi em uma empresa mineira do setor de consultoria e prestação de serviços em gestão da informação e documentação.

Sistemas de informação contábeis: uma abordagem orientada a objetos com agentes inteligentes

Moraes,Marcelo Botelho da Costa; Nagano,Marcelo Seido
Fonte: TECSI Laboratório de Tecnologia e Sistemas de Informação - FEA/USP Publicador: TECSI Laboratório de Tecnologia e Sistemas de Informação - FEA/USP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.62%
A contabilidade busca o tratamento da informação de eventos econômicos que ocorrem dentro das organizações. Para tal, é utilizado o método das partidas dobradas (lançamentos de débito e crédito), que considera as variações monetárias do patrimônio. Com o advento da tecnologia da informação nascem, efetivamente, os sistemas de informação contábeis, onde na década de 80 surge o modelo REA, que se baseia no registro da informação com base na associação entre os recursos-econômicos, eventos-econômicos e agentes-econômicos. O objetivo deste trabalho é demonstrar uma modelagem de dados orientada a objetos com agentes inteligentes, para o desenvolvimento e análise da informação de acordo com as necessidades dos usuários. Dessa forma, o modelo proposto é analisado segundo as qualidades necessárias à informação contábil, demonstrando-se capaz de atender as necessidades de diferentes grupos de usuários com vantagens em sua aplicação.

Agentes Inteligentes no Processo de Análise Ambiental: fatores para adoção e utilização

Eduardo Marques Thompson, Carlos; Simião Dornelas, Jairo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.75%
A tecnologia da informação pode auxiliar as empresas a sanarem um grande problema dos dias de hoje: a necessidade de obter informações em um curto espaço de tempo por conta das rápidas mudanças do mercado. Com o aumento de informações disponíveis e das possibilidades de coletá-las por meio eletrônicos, aumenta a complexidade de algumas tarefas, como a busca das informações para a realização do processo de análise ambiental. Um dos possíveis caminhos para diminuir essa complexidade é dotar programas de computadores com conhecimentos sobre a realização de tais tarefas, por meio da inteligência artificial. Esta dissertação versa sobre a utilização de agentes inteligentes nas empresas. Os agentes são programas de computadores destinados à realização de funções específicas. Além de uma revisão sobre o atual uso de tal tecnologia, apresenta-se o processo de análise ambiental e os fatores que levariam um executivo a adotar os agentes em tal processo. Através das contribuições de um executivo, uma acadêmica especialista na área de agentes inteligentes e desenvolvedores de software, este estudo analisa o caso de uma empresa de hospedagem de sites. Dentre os resultados pode-se destacar que esta tecnologia não é amplamente utilizada mais por questões comerciais do que por questões técnicas.

Uma proposta baseada em features para a etapa de lances e negociação de um pregão eletrônico: uma abordagem com agentes inteligentes

Santos, Henrique Cezar da Silva; Silveira, Denis Silva da (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
66.62%
Esta pesquisa, de natureza explicativa, teve como objetivo identificar e representar o conhecimento, por meio de features, sobre as características de um agente inteligente que poderá ser utilizado na etapa lances e negociação do processo eletrônico de compras públicas (e-Procurement), a partir dos agentes humanos e das propriedades institucionais associadas às instituições públicas brasileiras. Para validar o estudo, foram adotadas a triangulação entre diferentes sujeitos e diversas fontes de dados, além da análise de domínio e da análise do modelo proposto com um especialista de negócios que atua no pregão eletrônico. O modelo proposto representa as características de um agente inteligente necessárias para apoiar o pregoeiro na negociação em um pregão eletrônico, objetivando chegar ao preço ideal, ou seja, o preço compreendido entre valores estimados e inexequíveis. Assim, conclui-se que o modelo proposto, se for implementado corretamente, contribuirá para diminuir a despesa do Estado a partir de uma mudança no ComprasNet, que passaria de um sistema de processamento de transação - SPT para um sistema especialista - SE. Por último, os resultados desta pesquisa podem ser utilizados para alertar os gestores sobre as dificuldades encontradas no e-Procurement público...

Agentes inteligentes: definici??n y tipolog??a. Los agentes de informaci??n

H??pola, Pedro; Vargas-Quesada, Benjam??n
Fonte: El Profesional de la Informaci??n (EPI) Publicador: El Profesional de la Informaci??n (EPI)
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
66.75%
La distribuci??n de las fuentes de informaci??n on-line, especialmente a trav??s de WWW, lejos de ser el sue??o anhelado de todos, se est?? convirtiendo en una pesadilla en forma de avalancha informativa. Los usuarios inexpertos rara vez consiguen unos resultados satisfactorios en sus consultas, e incluso los expertos suelen cometer errores a la hora de utilizar herramientas de b??squeda. La solucci??n a los problemas de recuperaci??n en este ??mbito, puede venir de los agentes inteligentes. El objetivo de este art??culo es presentar, identificar, definir y clasificar los distintos tipos de agentes inteligentes, centr??ndose en aquellos destinados a la recuperaci??n de la informaci??n.; The distribution of online information resources, especially via WWW, far from being the long awaited dream, is turning into a nightmare in the form of an information avalanche. Unskilled users rarely obtain satisfactory results when conducting searches, and even experts tend to commit mistakes when using search tools. The solution to the problems of information retrieval in this area might be found in intelligent information agents. The objective of the this article is to identify, define and classify the different types of intelligent agents, focussing on those used for information retrieval.

Modelado automático del comportamiento de agentes inteligentes

Iglesias Martínez, José Antonio
Fonte: Universidade Carlos III de Madrid Publicador: Universidade Carlos III de Madrid
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
66.84%
Las teorías más recientes sobre el cerebro humano confirman que un alto porcentaje de su capacidad es utilizado para predecir el futuro, incluyendo el comportamiento de otras personas. Para actuar de la forma más adecuada en un contexto social, los humanos tratan de reconocer el comportamiento de las personas que les rodean y así hacer predicciones basadas en estos reconocimientos. Cuando este proceso se lleva a cabo por agentes software, se conoce como modelado de agentes donde un agente puede ser un robot, un agente software o un humano. El modelado de agentes es un proceso que permite a un agente extraer y representar conocimiento (comportamiento, creencias, metas, acciones, planes, etcétera) de otros agentes en un entorno determinado. Un agente capaz de reconocer el comportamiento de otros, puede realizar diversas tareas como predecir el comportamiento futuro de los agentes observados, coordinarse con ellos, facilitarles la ejecución de sus acciones o detectar sus posibles errores. Si este reconocimiento puede ser realizado de forma automática, su utilidad puede ser muy relevante en muchos dominios. En esta tesis doctoral se aborda la tarea de adquirir automáticamente conocimiento acerca del comportamiento de otros agentes inteligentes. Actualmente...

Sistemas de informação contábeis: uma abordagem orientada a objetos com agentes inteligentes; Accounting information systems: an approach focused on objects with intelligent agents

MORAES, Marcelo Botelho da Costa; NAGANO, Marcelo Seido
Fonte: TECSI Laboratório de Tecnologia e Sistemas de Informação - FEA/USP Publicador: TECSI Laboratório de Tecnologia e Sistemas de Informação - FEA/USP
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.62%
A contabilidade busca o tratamento da informação de eventos econômicos que ocorrem dentro das organizações. Para tal, é utilizado o método das partidas dobradas (lançamentos de débito e crédito), que considera as variações monetárias do patrimônio. Com o advento da tecnologia da informação nascem, efetivamente, os sistemas de informação contábeis, onde na década de 80 surge o modelo REA, que se baseia no registro da informação com base na associação entre os recursos-econômicos, eventos-econômicos e agentes-econômicos. O objetivo deste trabalho é demonstrar uma modelagem de dados orientada a objetos com agentes inteligentes, para o desenvolvimento e análise da informação de acordo com as necessidades dos usuários. Dessa forma, o modelo proposto é analisado segundo as qualidades necessárias à informação contábil, demonstrando-se capaz de atender as necessidades de diferentes grupos de usuários com vantagens em sua aplicação.; Accounting aims at the treatment of information related to economic events within organizations. In order to do so, the double entry method is used (debt and credit accounting), which only considers monetary variations. With the development of information technologies, accounting information systems are born. In the 1980's...

"SemanticAgent, uma plataforma para desenvolvimento de agentes inteligentes" ; SemanticAgent, a platform for development of Intelligent Agents capable of processing restricted natural language.

Lucena, Percival Silva de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2003 PT
Relevância na Pesquisa
66.87%
Agentes inteligentes é um termo guarda-chuva que agrega diversas pesquisas no desenvolvimento de softwares autônomos que utilizam técnicas de Inteligência Artificial a fim de satisfazer metas estabelecidas por seus usuários. A construção de sistemas baseados em agentes inteligentes é uma tarefa complexa que envolve aspectos como comunicação entre agentes, planejamento, divisão de tarefas, coordenação, representação e manipulação de conhecimento e comportamentos, entre outras tarefas. Plataformas para agentes prevêem alguns serviços que permitem a desenvolvedores construir soluções sem a necessidade de se preocupar com todos detalhes da implementação. Um novo modelo para criação de agentes chamado 'agentes atômicos' é proposto com o objetivo de oferecer flexibilidade para o gerenciamento de conhecimento e implementação de comportamentos. A arquitetura Agentes Semânticos provê um framework para a implementação de tal modelo, oferecendo um conjunto de ferramentas para a criação de agentes inteligentes. Um protótipo de plataforma para agentes, baseado em tal arquitetura, foi desenvolvido em Java e permite a criação de aplicações capazes de processar linguagem natural restrita, manipular conhecimento e executar ações úteis.; Intelligent Agents is an umbrella term that aggregates different research on the development of autonomous software that uses Artificial Intelligence techniques in order to satisfy user requests. The construction of systems based on intelligent agents is a complex task that involves aspects such as agent communication...

Credibilidade e reputação em agentes inteligentes. Aplicação ao comércio electrónico

Moreira, Rúben Martins
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.86%
Desde o seu aparecimento, a Internet teve um desenvolvimento e uma taxa de crescimento quase exponencial. Os mercados de comércio electrónico têm vindo a acompanhar esta tendência de crescimento, tornando-se cada vez mais comuns e populares entre comerciantes ou compradores/vendedores de ocasião. A par deste crescimento também foi aumentando a complexidade e sofisticação dos sistemas responsáveis por promover os diferentes mercados. No seguimento desta evolução surgiram os Agentes Inteligentes devido à sua capacidade de encontrar e escolher, de uma forma relativamente eficiente, o melhor negócio, tendo por base as propostas e restrições existentes. Desde a primeira aplicação dos Agentes Inteligentes aos mercados de comércio electrónico que os investigadores desta área, têm tentado sempre auto-superar-se arranjando modelos de Agentes Inteligentes melhores e mais eficientes. Uma das técnicas usadas, para a tentativa de obtenção deste objectivo, é a transferência dos comportamentos Humanos, no que toca a negociação e decisão, para estes mesmos Agentes Inteligentes. O objectivo desta dissertação é averiguar se os Modelos de Avaliação de Credibilidade e Reputação são uma adição útil ao processo de negociação dos Agente Inteligentes. O objectivo geral dos modelos deste tipo é minimizar as situações de fraude ou incumprimento sistemático dos acordos realizados aquando do processo de negociação. Neste contexto...

Sistemas de informação contábeis: uma abordagem orientada a objetos com agentes inteligentes; Accounting information systems: an approach focused on objects with intelligent agents

Moraes, Marcelo Botelho da Costa; Nagano, Marcelo Seido
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.62%
A contabilidade busca o tratamento da informação de eventos econômicos que ocorrem dentro das organizações. Para tal, é utilizado o método das partidas dobradas (lançamentos de débito e crédito), que considera as variações monetárias do patrimônio. Com o advento da tecnologia da informação nascem, efetivamente, os sistemas de informação contábeis, onde na década de 80 surge o modelo REA, que se baseia no registro da informação com base na associação entre os recursos-econômicos, eventos-econômicos e agentes-econômicos. O objetivo deste trabalho é demonstrar uma modelagem de dados orientada a objetos com agentes inteligentes, para o desenvolvimento e análise da informação de acordo com as necessidades dos usuários. Dessa forma, o modelo proposto é analisado segundo as qualidades necessárias à informação contábil, demonstrando-se capaz de atender as necessidades de diferentes grupos de usuários com vantagens em sua aplicação.; Accounting aims at the treatment of information related to economic events within organizations. In order to do so, the double entry method is used (debt and credit accounting), which only considers monetary variations. With the development of information technologies, accounting information systems are born. In the 1980's...