Página 1 dos resultados de 571 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

O MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO UNIVERSITÁRIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O PROCESSO DE CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO

Kobiyama, Adriana Regina Costa Espíndola; Silva, Elizabeth Coelho Rosa E; Perardt, Susany
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.32%
O presente estudo tem o objetivo de apresentar o processo de criação e implantação do Mestrado Profissional em Administração Universitária da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O estudo é do tipo descritivo, bibliográfico e documental. A abordagem é qualitativa e a técnica é a de estudo de caso. O instrumento utilizado para coleta dos dados é o questionário estruturado com perguntas abertas, e a população escolhida é formada por servidores técnico-administrativos e servidores docentes da instituição. Ao concluir o estudo, constata-se que o mestrado profissional tem promovido a discussão sobre a administração universitária e poderá propiciar a profissionalização da gestão, oferecendo um tratamento mais científico à área. A tradição do empirismo na administração das universidades, bem como o entendimento de quem leciona ou tem certo nível intelectual seja também capaz de administrar, pode ser suplantada pela profissionalização de seus técnicos e/ou gestores. Assim a implantação do Mestrado Profissional na UFSC tem contribuído para a formação de gestores que poderão ser responsáveis por promover a mudança no seu ambiente de trabalho, e por contribuir para melhorias da Gestão Universitária.

ADMINISTRAÇÃO UNIVERSITÁRIA: EM BUSCA DE UMA EPISTEMOLOGIA

SCHLICKMANN, RAPHAEL
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.27%
O presente trabalho tem por objetivo realizar uma análise epistemológica de alguns trabalhos relacionados à Administração Universitária. Para tanto, foram selecionados textos referentes às últimas cinco décadas, os quais foram analisados em ordem cronológica. Estes textos foram escolhidos de forma intencional, levando-se em consideração principalmente a abrangência e a importância nacional e internacional (fazer parte de um evento internacional ligado a um organismo internacional, por exemplo). A partir da leitura destes fez-se a análise, partindo-se do pressuposto que a epistemologia da Administração Universitária converge com a epistemologia da Administração, podendo ser considerada inclusive um sub-campo desta. Conclui-se que se faz necessário um repensar crítico das teorias administrativas que dê conta de toda complexidade inerente a todas as organizações, incluindo aí as universidades.

Planejamento estratégico em organização universitária

Harger, Carlos Augusto
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 225 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.27%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração, Florianópolis, 2011; O objetivo desta pesquisa foi Analisar as variáveis que influenciam no processo de Planejamento Estratégico na Universidade Federal de Santa Catarina. Para isto, adotou-se como procedimento metodológico, a pesquisa qualitativa e documental, utilizando o questionário fechado, e também entrevista semi-estrutura. Esta pesquisa é considerada um estudo de caso exploratório com utilização da análise de discurso, tendo como amostra, na UFSC os Vice-Diretores das Unidades Acadêmicas e Dirigentes das Unidades Administrativas, nas Pró-Reitorias (PRDHS e PRAE) e nas Secretarias (SINTER e SECARTE), além da obtenção de informações junto a SEPLAN para o desenvolvimento da pesquisa. Na análise, verificou-se que esta organização universitária possui uma estrutura organizacional bastante heterogênea nas suas Unidades Acadêmicas, e mais acentuada nas Unidades Administrativas, o que desafia implantar um processo idêntico de Planejamento em toda Universidade. Como fases do processo de Planejamento identificou-se: Seminários de Planejamento (Sensibilização); Elaboração; Sistematização dos Planos e Planejamento; Orçamento e Aprovação de Planos; Implantação; e Acompanhamento. Sendo que o menor nível de participação ocorreu na fase de Orçamento e Aprovação de Planos...

A gestão universitária de projetos de extensão na perspectiva da gestão social

Borges, Jussara Maria
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 288 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.5%
Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária, Florianópolis, 2013; A presente dissertação, ao realizar um estudo de caso para pesquisar a gestão universitária de Projetos de Extensão, teve por objetivo geral: "Propor alternativas para que a Gestão Universitária dos Projetos de Extensão do CSE/UFSC possa produzir resultados na perspectiva da Gestão Social". O estudo realizou uma pesquisa aplicada, qualitativa, descritiva, pesquisa bibliográfica e documental, com levantamento de campo. Foram conceituadas e utilizadas as categorias: Administração Pública e Gestão Universitária; Gestão Estratégica e Gestão Social. Os resultados apontaram que: i) as instâncias deliberativas e a legislação da UFSC e do CSE configuram a gestão da Extensão Universitária com estruturas e operacionalização fundamentadas na racionalidade burocrática e valores normativos, processo decisório e comunicação verticalizados e monológicos, autonomia e poder centralizados, atendendo, na maior parte, aos interesses da Universidade, em detrimento do interesse coletivo de caráter público; ii) as competências do CSE...

Administração universitária

Schlickmann, Raphael
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 292 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
56.46%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração, Florianópolis, 2013.; O campo científico ao se constituir em uma estrutura em que agentes ocupam posições a partir do acúmulo de capital científico adquiridos ao longo de sua trajetória acadêmica por meio de lutas para alcançar o melhor lugar nessa estrutura (BOURDIEU, 1983) torna-se uma das categorias de análise que viabilizam o estudo da atividade dos cientistas enquanto atores sociais, cooperando ou rivalizando segundo modalidades particulares em instituições específica (BOUDON, 1990). Ao se perceber que a administração universitária no Brasil, pode ser vista como um subcampo científico da administração no país, e tomando por base a abordagem sobre o campo científico de Bourdieu (1983; 2004), o objetivo central desta tese é o de analisar como está constituída a administração universitária enquanto campo científico no Brasil. Por meio de uma abordagem predominantemente quantitativa buscou-se identificar alguns agentes que formam o campo científico da administração universitária no Brasil, traçar um perfil desses agentes e a partir deste caracterizar o próprio campo. Como resultados principais deste trabalho pode-se apontar: a identificação de 233 agentes-pesquisadores...

O QUE SE ENTENDE POR ADMINISTRAÇÃO UNIVERSITÁRIA NO BRASIL?

Schlickmann, Raphael; Melo, Pedro Antônio de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.3%
Com este artigo buscou-se construir um conceito de administração universitária que fosse capaz de traduzir como o termo vem sendo empregado, que temas podem estar a ele relacionados e o porquê de estarem ligados a ele. Para isso, tratou-se primeiramente de definir o que é administração e o que levou a que se chegasse ao seu objeto de estudo: as organizações. Na sequência buscou-se definir universidade a partir dos vários usos que se fez do termo ao longo da história até que se chegasse ao entendimento atual. Apresenta-se como as várias interpretações que foram dadas ao termo “universidade” fizeram com que fosse relacionado a quaisquer instituições que oferecessem ensino superior, ou mesmo fosse considerada como sinônimo deste termo. Por fim, fazendo a junção dos termos, buscou-se mostrar na prática, que temas constituem o corpus da administração universitária. Em primeiro lugar, a partir da relação com os próprios temas (segundo a ANPAD, 2011) e teorias da administração (optou-se pelo entendimento de RUBEN, SERVA, CASTRO, 1995), na medida em que esta tem por objeto as organizações e, portanto, inclui as organizações de educação superior. E em segundo lugar, a partir dos temas relacionados à educação e ao ensino superior...

Práticas de gestão do conhecimento adotadas na coordenação, dos polos do curso de graduação em administração a distância da Universidade Federal de Santa Catarina

Ferreira, Eliane Duarte
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 138 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.24%
Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária, Florianópolis, 2013.; Esta dissertação visa analisar as práticas de Gestão do Conhecimento aplicadas pela coordenação dos polos do curso de graduação em administração a distância da Universidade Federal Santa Catarina, visando o desenvolvimento das suas atividades.Para tanto, utilizou-se a pesquisa aplicada, qualitativa, descritiva e o estudo de caso. Para a coleta de dados, mais especificamente, fez-se uso da pesquisa bibliográfica e documental e de entrevistas semi-estruturadas, com o uso de um roteiro de entrevista, junto aos coordenadores dos polos de ensino de Santa Catarina do curso em estudo. As questões que integram tal roteiro foram construídas com base nas dimensões cultura organizacional, estrutura organizacional e políticas de recursos humanos, propostas por Terra (2005), que foram adaptadas considerando-se as características da instituição universitária e da educação a distância. Por fim, o método análise de conteúdo foi utilizado para analisar os dados coletados, sendo acompanhado pela técnica analítica pattern matching. Como resultados...

A INOVAÇÃO NA GESTÃO UNIVERSITÁRIA PELO USO DA TECNOLOGIA ATRAVÉS DE UM SISTEMA DE EMISSÃO DE DIPLOMAS BASEADO EM CERTIFICAÇÃO DIGITAL NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA – UFSC

Pereira, Fernando Lauro; Pinto, Marcia Teixeira; Lengler, Fernando Ramos; Bregalda, Andressa; Jacobsen, Alessandra de Linhares
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.24%
O objeto do presente artigo é fomentar a analise de uma perspectiva para o desenvolvimento e implantação de um sistema de emissão de diplomas baseado em certificação digital na, pela inovação na gestão universitária, através do uso da tecnologia de certificação digital. Essa ferramenta de gestão, que necessita de um estudo de análise sociotécnica de viabilidade para implantação, tem por finalidade a otimização de processos e agregar segurança ao processo de emissão de diplomas da UFSC. A proposta de valor desta pesquisa contempla o estudo dos requisitos mínimos, no que tangem a tecnologia, as pessoas e os processos, para auxiliar a administração universitária na tomada de decisão quanto a implantação da certificação digital no processo de emissão de diplomas na UFSC. A busca pela qualidade no diploma está contemplado na proposta de valor supracitada, com melhoria na eficiência do processo, na inovação da gestão pela difusão da tecnologia, e oportunizará agregar confiabilidade, agilidade e segurança aos diplomas emitidos pela UFSC. O diploma com certificação digital, como estratégia para divulgação e difusão do uso da certificação digital na comunidade universitária, é outro ponto relevante na proposta de valor desta pesquisa.

ADMINISTRAÇÃO UNIVERSITÁRIA COMO CAMPO CIENTÍFICO: POSSIBILIDADES A PARTIR DA ABORDAGEM DE BOURDIEU

Schlickmann, Raphael
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.35%
O campo científico ao se constituir em uma estrutura em que agentes ocupam posições a partir do acúmulo de capital científico adquiridos ao longo de sua trajetória acadêmica por meio de lutas para alcançar o melhor lugar nessa estrutura (BOURDIEU, 1983) torna-se uma das categorias de análise que viabilizam o estudo da atividade dos cientistas enquanto atores sociais, cooperando ou rivalizando segundo modalidades particulares em instituições específicas (BOUDON, 1990). Ao se perceber que a administração universitária no Brasil, pode ser vista como um subcampo científico da administração no país, o objetivo central deste trabalho é discutir os principais conceitos que constituem a abordagem sobre o campo científico de Bourdieu (1983; 2004). Nesse sentido, busca-se contribuir e fomentar trabalhos que se utilizem da abordagem bourdieusiana para o entendimento da estruturação e funcionamento do campo científico da administração universitária.

O burocrático e o político na administração universitária. Continuidades e rupturas na gestão dos recursos humanos docentes na Universidade Agostinho Neto (Angola)

Silva, Eugénio Alves da
Fonte: CIED Publicador: CIED
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /07/2004 POR
Relevância na Pesquisa
46.27%
Esta tese, construída em torno da análise compreensiva de uma universidade africana, aborda fundamentalmente as interconexões entre duas dimensões organizacionais estudadas no âmbito da teoria das organizações: a dimensão racional-burocrática, com as suas características de rigidez, estabilidade e uniformidade e a dimensão política, com os traços de conflitualidade, ambiguidade e variabilidade. Ambas, abordadas através dos modelos respectivos da burocracia e de sistema político, configuram sistemas de dominação que mantêm entre si relações complexas que vão do reforço mútuo à anulação recíproca. Pretende-se discutir e argumentar a prevalência da configuração burocrática da Universidade de Angola relativamente à sua feição política num contexto de mudanças socioculturais ligadas à substituição revolucionária de uma sociedade colonial capitalista por um regime socialista e, mais recentemente, a evolução para uma situação de economia de mercado. O problema objecto da tese é a análise das articulações e desarticulações entre o burocrático e o político para esclarecer o modo como o sistema burocrático tem sobrevivido às mutações político-ideológicas do contexto universitário. Do ponto de vista teórico trata-se de compreender como é que as lógicas burocráticas fundadas na hierarquia...

Administração universitária: em busca de uma epistemologia

Schlickmann,Raphael; Melo,Pedro Antônio de
Fonte: Universidade de Sorocaba Publicador: Universidade de Sorocaba
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.37%
O presente trabalho tem por objetivo realizar uma análise epistemológica de alguns trabalhos relacionados à Administração Universitária. Para tanto, foram selecionados textos referentes às últimas cinco décadas, os quais foram analisados em ordem cronológica. Estes textos foram escolhidos de forma intencional, levando- se em consideração principalmente a abrangência e a importância nacional e internacional (fazer parte de um evento internacional ligado a um organismo internacional, por exemplo). A partir da leitura destes fez- se a análise, partindo- se do pressuposto que a epistemologia da Administração Universitária converge com a epistemologia da Administração, podendo ser considerada inclusive um sub- campo desta. Conclui- se que se faz necessário um repensar crítico das teorias administrativas que dê conta de toda complexidade inerente a todas as organizações, incluindo aí as universidades.

Empreendedorismo social e protagonismo juvenil: a estratégia socioeducativa do projeto Oasis de intervivência universitária

Silva, Fabiano André Gonçalves
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.26%
This dissertation aims to analyze the strategy of socio Intervivência University Project OASIS training of community development from the perspective of social entrepreneurship. This project was part of the context of a sort of university extension, called Intervivência University, which emerged in 2008 through the announcement MCT / CNPq / CT-Agribusiness / MDA - No. 23/2008 - Intervivência University Program. With the analysis of the OASIS project sought to identify a strategy socio, which was used elements of popular education and aimed to develop young people within the social entrepreneurship that made contributions to such has taken actions in their communities seeking range of social gains. For this, the methodological aspect, it was used in the research, a qualitative approach, case study, content analysis, semi-structured interviews and non-participant observation. In the theoretical aspect was addressed in the affairs of: social entrepreneurship, with emphasis on the concept, their differentiations of business entrepreneurship and social responsibility, and characterizing the social entrepreneur, popular education, as for the development of social entrepreneurship is the need for a new way of thinking and seeing reality for the people...

Administração universitaria : um caso politico

Vera Lucia Graciano Brisola
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/1991 PT
Relevância na Pesquisa
56.27%
Estudo da questão da Administração Universitária partindo da revisão de várias teorias, especialmente a de Baldridge sobre os três modelos de Governo da Universidade. Focaliza a evolução da relação entre Governo e Universidade no Brasil no período 1976 - 1988, as propostas de Administração do Governo Federal, desenvolvimento das entidades e movimentos da comunidade universitária e as perspectivas atuais; A study of University Administration starting with a theoretical review with special interest in Baldridge's proposal of three models of university governance. An overview of the relationships between Federal government and the Universities in Brazil in the period 1976 - 1988, the Administrative proposals of authoritarian government and the rise of social movements at the university

Hierarquia, poder e decisão na administração universitária na Universidade Nacional de Timor Lorosa'e - UNTL

Pinto, Paulo Sarmento
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.35%
Dissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Administração Educacional); A dissertação de mestrado que aqui se apresenta centra-se na temática da hierarquia, poder e decisão no contexto da Administração Universitária na Universidade Nacional de Timor Lorosa’e - UNTL, universidade pública implantada em Díli. A questão da hierarquia, poder e decisão na administração da UNTL diz respeito ao modo como decorre a administração e gestão universitária nesta instituição. Esta questão poderá ter repercussões na gestão do ensino superior. Assim, com esta investigação, pretende-se captar, conhecer e analisar as representações dos professores desta universidade sobre o ethos institucional, as tensões, os desafios e as contradições inerentes a uma agenda internacional de modernização assumida por esta universidade bem como sobre o tipo de liderança, a função dos líderes e os modos de tomada de decisão. Este estudo, centrado na análise da organização universitária, particularmente em três aspectos importantes (hierarquia, decisão e poder) incidiu sobre seis dimensões fundamentais (processo decisório, relações de poder, distribuição de poder e autoridade...

A identidade institucional da universidade brasileira segundo atores macrossociais relevantes: convergências e conflitos

Ésther, Angelo Brigato; Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Administração e Ciências Contábeis Departamento de Ciências Administrativas
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.38%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2012v5n3p199  A análise acerca da identidade institucional da universidade brasileira é uma tarefa árdua, na medida em que há discursos de diversos atores sociais com matizes político-ideológicas diversas e nem sempre convergentes, e que ganham “atualizações” ao longo do tempo histórico, de modo a não apenas evitar anacronismos, mas sobretudo encorpar a defesa de posições. Para tanto, muitos artifícios são utilizados, fazendo-se uso de estatísticas, comparações quantitativas e qualitativas, mas de modo nem sempre contextualizado. Neste artigo, é realizada uma análise acerca dos discursos oficiais, por assim dizer, dos que aqui denominamos “atores macrossociais relevantes”, buscando identificar aspectos convergentes e divergentes, de modo a tentar clarificar como tais atores definem a instituição universitária brasileira, ou seja, como definem e descrevem a identidade institucional da universidade brasileira. Evidentemente, não se esgota o assunto nem as possibilidades, mas o objetivo é identificar a concepção central dos atores macrossociais em sua forma mais conceitual, ou seja, não se trata de identificar aspectos operacionais acerca das universidades. Ao contrário...

Resistência à mudança na educação superior: design e operacionalização de um instrumento de medida para o MEES

Corrêa, Angela Cristina; UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA; Bortolotti, Silvana Ligia Vincenzi; UTFPR; Sousa Júnior, Afonso Farias de; Universidade da Força Aérea; Andrade, Dalton Francisco de; UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARIAN; Moreira Juni
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.24%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2013v6n2p55A autonomia científica e tecnológica de um país pressupõe que o mesmo tenha uma educação de qualidade. O objetivo deste artigo é apresentar um instrumento de medida de avaliação da resistência à mudança na administração da educação superior. Propõe-se um desenho e operacionalização para o projeto Mapa Estratégico da Educação Superior (MEES) fundamentado em um sistema de gestão integrado. O MEES se constitui em uma proposta metodológica para a operacionalização do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) em Instituições de Ensino Superior (IES). O instrumento de medida  de avaliação da resistência à mudança na administração da educação superior (RAMES) se fundamenta na seguinte base conceitual: teoria de resposta ao ítem (TRI),  teoria psicometrica e no estudo sobre gestão da mudança. A RAMES compõe-se de cinco etapas: 1. elaboração do instrumento de coleta de dados; 2. definição do tamanho amostra representativa da comunidade acadêmica das IES; 3. coleta de dados – conjunto de itens; 4. estimação dos parâmetros dos itens; 5. definição da escala de medida A RAMES tem como expectativa de resultados contribuir para  a eficácia na implementação do MEES. Visa também identificar os principais indicadores de resistência a mudança na administração da educação superior.

Perfil metodológico da produção científica no Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária nas Américas

Freitas, Alair Ferreira de; Universidade Federal de Minas Gerais; Costa, Danilo de Melo; UFMG; Ckagnazaroff, Ivan Beck; UFMG; Barbosa, Francisco Vidal; UFMG
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.28%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2014v7n1p18A educação superior é um dos principais pilares para as nações buscarem o desenvolvimento tecnológico e a capacitação da população. Por este motivo, torna-se cada vez mais frequente o debate em prol de uma gestão universitária eficiênte. Sendo o Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária nas Américas um dos principais eventos para a comunicação científica na área, o presente artigo objetiva identificar as abordagens metodológicas da produção científica dos eventos, traçando um perfil metodológico dos artigos. Para tanto, analisou-se 293 artigos científicos divididos em nove eventos (Colóquio I ao IX). Os dados coletados foram divididos nas seguintes categorias: Pesquisa Científica, Caracterização do estudo, Abordagem, Método de Pesquisa, Coleta de Dados e Análise de Dados. Os resultados demonstram uma evolução no rigor metodológico dos artigos com o passar dos anos, mas sinalizou a necessidade de se expandir os tipos de métodos utilizados. Finalmente, demonstrou-se que o Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária nas Américas é um evento que atingiu um alto nível de maturidade e está pronto para receber as mais diversas contribuições metodológicas para ampliação dos estudos na importante área da gestão universitária.

Administração universitária: desvendando o campo científico no Brasil

Schlickmann, Raphael; Oliveira, Maurício Roque Serva de; Melo, Pedro Antônio de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.43%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2014v7n3p160Ao se perceber que a administração universitária no Brasil, pode ser vista como um subcampo científico da administração no país, e tomando por base a abordagem sobre o campo científico de Bourdieu (1983; 2004), o objetivo central deste trabalho é o de analisar como está constituída a administração universitária enquanto campo científico no Brasil. Como resultados principais pode-se apontar: a identificação de 233 agentes-pesquisadores, 17 grupos de pesquisa e 18 cursos de pós-graduação stricto sensu em administração atuando no campo científico da administração universitária no Brasil, conforme os critérios utilizados. Verificou-se que existe a presença de temas que não necessariamente estejam relacionados à administração, mas ao ensino ou a educação superior. Quanto à estrutura do campo foi identificada uma relativa desigualdade na distribuição de capital científico, independente do tipo (puro ou institucional) considerado. Constatou-se que existe maior facilidade em se obter poder científico que prestígio acadêmico neste campo. Ainda, concluiu-se que os agentes tendem a atuar em locais mais próximos aos dominantes para ocupar melhores posições no campo. As fontes de capital científico mais importantes para ocupar posições de destaque no campo estão ligadas principalmente à titulação e à experiência profissional dos agentes.

A importância das atividades extracurriculares universitárias para o alcance dos objetivos profissionais dos alunos de administração da Universidade Federal de Santa Catarina

Pereira, Alessandra Knoll; Universidade Federal de Santa Catarina e Universidade do Vale do Itajái; Koshino, Marcos Fernandes; Universidade Federal de Santa Catarina; Ferreira, Talita Ribeiro; Universidade Federal de Santa Catarina; Rocha, Rudimar Antune
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.27%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2011v4nespp163 Este artigo analisa a importância atribuída pelos alunos do curso de Administração da Universidade Federal de Santa Catarina às atividades extracurriculares para o alcance dos seus objetivos profissionais. O Objetivo geral configurou-se como: identificar como os alunos desse estudo avaliam a importância do desenvolvimento de atividades extracurriculares durante a vida acadêmica para o alcance dos seus objetivos profissionais; já os objetivos específicos foram: a) identificar as atividades extra-curriculares que os alunos consideram importantes para atingir os seus objetivos profissionais; b) identificar as aspirações profissionais dos ingressos e egressos; c) identificar se os ingressos e egressos planejam suas carreiras; d) verificar como a Instituição em estudo colabora com o oferecimento de atividades extra-curriculares;  e) identificar quais as atividades que devem ser desenvolvidas para  auxiliar o aluno em estudo na busca de sua realização profissional. Para tanto, esta pesquisa foi classificada como de caráter descritivo e qualitativo, e utilizou-se o método de pesquisa bibliográfica e a pesquisa de campo. Como instrumentos de coleta de dados foram utilizados questionários impressos e eletrônicos. Como resultado...

A trajetória e a funcionalidade da universidade pública brasileira

Falqueto, Júnia Maria Zandonade; Mestrado Profissional em Administração -MPA Programa de Pós-Graduação em Administração Faculdade de Administração, Contabilidade e Economia -FACE Universidade de Brasília; Farias, Josivania Silva; Universidade d
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 28/01/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.32%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2013v6n1p22Este trabalho propõe uma reflexão sobre o modelo de gestão das universidades federais brasileiras. O objetivo principal é analisar a influência de dois importantes modelos de gestão pública (a burocracia e o gerencialismo) na gestão universitária do País. Inicialmente, discute-se a trajetória da universidade na América Latina, enfatizando o histórico brasileiro. Em seguida, analisa-se a influência do modelo burocrático. Por fim, delineia-se a lógica gerencial na gestão da educação superior brasileira, admitindo se tratar de um novo paradigma à gestão universitária. Parte-se de um aparato teórico que subsidia o desenvolvimento da discussão acerca da trajetória e da funcionalidade dessas instituições. Os resultados evidenciaram que as universidades brasileiras são geridas a partir de estruturas burocráticas, ocasionando um cenário de conflitos na tomada de decisão e de pouca eficiência, embora já se verifique, na literatura e também no cotidiano dessas organizações, o discurso gerencialista, que pressupõe o ajuste das universidades à lógica de gestão do setor privado. Não se defende aqui que universidades públicas devam ser desvirtuadas para a lógica privatizadora do bem público e gratuito...