Página 1 dos resultados de 1117 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Governança em higiene e limpeza hospitalar: implicações para o trabalho de enfermagem; Governance in hospital hygiene and housekeeping: implications for nursing work.

Pereira, Ana Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.3%
A governança na hotelaria hospitalar, atualmente, tem se mostrado como tendência. Considerando, na atualidade, a realidade dos serviços e as perspectivas sobre a implantação do serviço de governança hospitalar, voltada para a melhoria no processo de gestão, constata- se que ainda são incipientes as publicações científicas sobre a temática. A interface entre o serviço de governança em higiene e limpeza e o trabalho da equipe de enfermagem justificou a investigação das implicações da implantação do serviço de governança em higiene e limpeza, para o trabalho da equipe de enfermagem. O objetivo deste estudo foi caracterizar a implantação do serviço de governança em higiene e limpeza de unidade, em um hospital público, e as implicações positivas e negativas para o trabalho de enfermagem. Trata-se de pesquisa exploratória, realizada em hospital de ensino, nas enfermarias de clínica médica, pesquisa essa desenvolvida em duas fases, a primeira com o levantamento documental que possibilitou a análise sobre a dificuldade de reposição do quadro de pessoal e os fatos cronológicos do processo de implantação da governança. A segunda, um estudo de caso descritivo, adotou-se a Técnica do Incidente Crítico como norteadora dos procedimentos metodológicos...

Acreditação hospitalar: a percepção da equipe de enfermagem do centro cirúrgico de um hospital universitário; Hospital Accreditation: The perception of the Surgical Center's nursing team of a Teaching Hospital

Fernandes, Hellen Maria de Lima Graf
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.3%
Introdução: A gestão da qualidade é um imperativo para as instituições de saúde que almejam sobreviver ao mercado globalizado e competitivo. O programa de acreditação hospitalar é uma metodologia de avaliação voluntária, periódica e educativa utilizada para garantir a qualidade da assistência por meio de padrões previamente definidos. O centro cirúrgico é um setor complexo em que a equipe de enfermagem desempenha um papel importante na melhoria dos processos em busca da excelência. Objetivos: Analisar a acreditação hospitalar no centro cirúrgico de um hospital universitário, sob a ótica da equipe de enfermagem, nas dimensões avaliativas de estrutura, processo e resultado, e identificar os fatores intervenientes da acreditação, de acordo com modelo Donabediano. Método: Trata-se de um estudo exploratório-descritivo, de abordagem quantitativa, realizado no centro cirúrgico de um hospital universitário no interior do Estado de São Paulo. A população constou de 69 profissionais de enfermagem e a coleta de dados ocorreu nos meses de Janeiro e Fevereiro de 2014, por meio de um questionário, empregando-se uma escala de Likert. Os dados foram analisados em função dos índices percentuais e testes estatísticos específicos. O instrumento mostrou-se confiável para a população estudada...

Marketing hospitalar : uma visão gerencial

Cunha, Claudio Ramos Carneiro Da
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
56.26%
Concluímos que marketing em suma é a administração hospitalar sob a ótica do paciente. Deste modo, a nova concepção deve partir das necessidades do paciente, o hospital, os serviços, os recursos e as equipes multidisciplinares voltados para a satisfação do mercado

Administração estratégica de hospitais : o balanced scorecard e suas contribuições

Teles, João Pedro Da Silva
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
46.24%
O estudo trata da utilização do Balanced Scorecard como instrumento de gestão estratégica para hospitais privados. O texto faz uma avaliação do nível de aplicação desse modelo na área hospitalar e desenvolve um estudo exploratório com executivos desse segmento. A pesquisa trata dos principais temas e objetivos estratégicos para o segmento de hospitais privados no Brasil e utiliza o modelo de mapa estratégico genérico para adaptar a ferramenta às especificidades do setor

Gestão de custo hospitalar : estudo de casos no município de São Paulo

Arashiro, Leila Akemi
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
46.4%
Aborda características organizacionais que operam cmo condições críticas para a implantação de sistemas de custo hospitalar. Destaca como determinadas condições internas às organizações afetam o processo de implementação, gestão e utilização dos sitemas de custos como instrumento de tomada de decisão na gestão hospitalar. Com base nos resultados de dois estudos de casos do munícípio de São Paulo, identificou-se que, tanto no setro público quanto no privado , a efetiva gestão de custos no segmento hospitalar parece estar condicionada a características relacionadas ao grau de implementação de sistemas de custo, à dinâmica do fluxo de informação e à utilização de sistemas informatizados

Contrato de gestão hospitalar implantado no estado de São Paulo, sob a égide da lei complementar n. 846, de 04.06.98

Araújo, Marcos Octávio Doria de
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.34%
O presente trabalho tem por objetivo o estudo da aplicação do contrato de gestão hospitalar, implantado no Estado de São Paulo, sob a égide da Lei Complementar n. 846, de 04.06.98, tomando-se por base os seguintes aspectos: a) planejamento; b) convocação e processamento dos planos operacionais dos interessados; c) dispensa de licitação para contratação direta com organização social de saúde; d) contrato de gestão em si, suas cláusulas; e) controle público, interno e externo, f) características gerais dessa contratação; g) publicações dos atos; h) assessoria jurídica. Ao final, apresentamos as nossas sugestões para aprimoramento do modelo legal estudado, como, por exemplo, a adoção de medidas visando a ampliação de possíveis interessados na celebração do contrato, a concentração de prazos, sua padronização, e dilatação, além do estabelecimento de exigências relativas às condições econômicas e, especialmente, técnicas, de forma a se assegurar a boa execução contratual, tudo, no fundo, com o desiderato acadêmico de alguma forma contribuir com a Administração Pública brasileira.

O trabalho do administrador hospitalar no gerenciamento do dia-a-dia dos hospitais filantrópicos gerais de grande porte no estado do Rio Grande do Sul

Santos, Nairio Aparecido Augusto Pereira dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.26%
Através da metodologia “Observação Estruturada” foram estudados 5 (cinco) adm inistradores hospitalares de hospitais filantrópicos gerais de grande porte no estado do Rio Grande do Sul, durante uma semana cada um, observando, minuto após minuto, dia após dia, como eles executam seus trabalhos. O estudo, que utilizou as mesmas categorizações de Mintzberg (1973), conclui no mesmo sentido de Mintzberg de que também o Administrador Hospitalar “não é um planejador sistemático e reflexivo, mas sim um profissional que executa suas atividades em ritmo intenso, com as características de brevidade, fragmentação e variedade. É firmemente orientado para a ação e vê-se constantemente bombardeado por telefonemas, correspondências e por pessoas que às vezes irrompem em sua sala para fornecer-lhe ou dele receber informações” (pág. 28-53, 1973). Utiliza-se intensamente da comunicação verbal e apóia-se em extensiva rede de contatos externos à organização hospitalar para a obtenção e troca de informações. A principal diferença entre os Administradores Hospitalares por mim pesquisados e os gerentes analisados por Mintzberg é que aqueles envolvem-se num número expressivamente maior de negociações do que estes. Enquanto que 10% (dez por cento) do total de contatos dos Administradores Hospitalares referem- se a negociações...

Proposta de um instrumento para avaliação de serviços hospitalares com base em critéios de assistência, infraestrutura e práticas de gestão

Cavalcanti, Luciano Stuepp
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.3%
Esta pesquisa propõe um instrumento para avaliação de serviços hospitalares com base em critérios de assistência, infraestrutura e práticas de gestão, como forma de contribuir para o gerenciamento dos negócios em saúde no Brasil. Desta forma, identificou-se que os planos/seguros de saúde e os hospitais brasileiros não possuem um instrumento abrangente e adequado para aferir a qualidade dos serviços hospitalares multiespecializados, disponibilizados aos seus clientes, nos três aspectos fundamentais citados acima. Consequentemente, não há diferenciação, nas tabelas de remuneração contratadas entre planos/seguros de saúde e hospitais, que seja fundamentada em critérios técnicos e que estimulem a concorrência entre os prestadores de serviços nos quesitos eficiência, qualidade e custos dos serviços prestados aos clientes/pacientes. Através da revisão bibliográfica, buscou-se compreender a dinâmica econômica do setor saúde no Brasil, o relacionamento comercial entre os participantes, os métodos de classificação hospitalar disponíveis no mercado brasileiro, os critérios legais e técnicos para avaliação da assistência médicohospitalar, da infraestrutura hospitalar e das práticas de administração hospitalar. Obteve-se...

O controle da infecção na administração hospitalar

Darella, Nieti Bolan
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 53 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.42%
TCC (especialização). Universidade Federal de Santa Catarina. Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina. Gerência de Especialização e Projetos Especiais. Curso de Especialização em Gestão Hospitalar; Trabalho elaborado, a nível monográfico, para a conclusão do Curso de Especialização em Gestão Hospitalar, que resultou de um convênio entre a Universidade Federal de Santa Catarina e Secretaria de Estado da Saúde, através da FAPEU. Este convênio garantiu a gratuidade do curso para nós, servidores, e foi realizado com o objetivo de capacitar dirigentes hospitalares para executar com eficiência, eficácia sua gestão organizacional. O controle de infecção na visão do administrador hospitalar é o tema desta monografia, e foi escolhido por se sentir a necessidade de mostrar, cientificamente, que este serviço é indispensável por vários motivos: qualidade da assistência prestada, diminuição de gastos, assessoria em pareceres, educação continuada, monitorização, etc. O embasamento científico foi sustentado por pesquisa bibliográfica. Controle de Infecção Hospitalar são todos os atos praticados dentro de uma unidade hospitalar a fim de prevenir e controlar a transmissão de doenças entre os clientes...

Infecção hospitalar: aspectos epidemiológicos

Abreu, Lincoln V.
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 49
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.38%
TCC (especialização). Universidade Federal de Santa Catarina. Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina. Gerência de Especialização e Projetos Especiais. Curso de Especialização em Gestão Hospitalar; Esta monografia foi desenvolvida para atender exigência pedagógica de conclusão do Curso de Especialização em Administração Hospitalar, promovido em convênio pela Universidade Federal de Santa Catarina e Secretaria de Estado da Saúde, sendo ministrado no Centro de Recursos Humanos em Saúde – CEDRHUS – no período de março a novembro de 1998. O enfoque em infecção hospitalar e seus aspectos epidemiológicos se prendeu à importância do assunto quer pela atenção médico-hospitalar necessária quer, principalmente, por seus reflexos na saúde pública e na sociedade. Para sua consecução, realizou-se revisão bibliográfica e cotejamento com a vivência experimentada pela comissão de controle de infecção hospitalar do Hospital Infantil Joana de Gusmão - HIJG, em Florianópolis. O objetivo se ateve, na comparação teoria-prática, ao melhor conhecimento de nossa realidade e, eventualmente, contribuir para conscientização mais efetiva da comunidade médico-hospitalar, ampliando benefícios. Observa-se...

A Função do Administrador Hospitalar na Gestão Financeira das Unidades de Saúde do Exército

Carneiro, Rui
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 01/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.39%
A escassez de recursos na Administração Pública, e consequentemente no Ministério da Defesa Nacional, é cada vez mais sentida, sendo a racionalização e eficiência um fator crítico de sucesso. Nos hospitais, como organizações diferenciadas que movimentam uma grande diversidade de recursos, torna-se imprescindível, a utilização de sofisticados métodos de gestão, de forma a permitir a melhor racionalização possível. Os Hospitais Militares não são exceção, pelo que devem ser administrados de forma a gerar os serviços de saúde com a excelência indispensável, com o mínimo de custos e desperdício possível, mas com a máxima qualidade e excelência, ou seja, sob os princípios da economia, eficiência e eficácia. Quando analisamos as competências do Adjunto/Subdiretor para Administração, verificamos que ao nível financeiro, este não tem competências atribuídas. Quanto à formação exigida para o desempenho de funções, apenas é obrigado a deter o Curso em Administração Militar. Este estudo procura verificar se as competências do Adjunto/Subdiretor para Administração estão adequadas às necessidades dos Hospitais Militares do Exército. Tendo por base esse objetivo foi feita uma análise...

A visão administrativa do enfermeiro no macrossistema hospitalar: um estudo reflexivo

Souza,Fábia Maria de; Soares,Enedina
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.38%
Objetivou-se neste estudo investigar a visão administrativa do enfermeiro na gerência do macrossistema hospitalar, com base na Teoria Contingencial de Administração. Participaram do estudo 09 enfermeiras administradoras de serviços de enfermagem, de 06 hospitais de grande porte localizados na cidade de Fortaleza, Ceará. Os dados foram coletados mediante entrevista livre no período de agosto a dezembro de 2002. Os resultados apontam para uma visão administrativa do enfermeiro centrada em dois itens da administração geral: Atividades de Liderança e de Controle. As entrevistas revelaram que a administração de enfermagem no Macro Sistema Hospitalar não foi percebida como uma tarefa fácil pelo grupo, porém factível. A dificuldade maior pareceu centrar-se na falta de uma reflexão voltada para as práticas administrativas próprias do enfermeiro.

Qualidade total e administração hospitalar: explorando disjunções conceituais

Gurgel Júnior,Garibaldi Dantas; Vieira,Marcelo Milano Falcão
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
Neste artigo discute-se o gerenciamento da qualidade total e sua aplicabilidade na administração hospitalar, abordando o movimento da qualidade no contexto histórico e as conseqüências da implementação destes programas para as organizações. Identificam-se, com base nas características historico-estruturais das organizações hospitalares e dos conceitos e técnicas dos programas de qualidade total, elementos que podem contribuir para seu sucesso ou fracasso, como forma de desenvolver uma visão crítica e delimitar melhor o alcance dos programas no incremento gerencial destas organizações.

Os processos de aprendizagem gerencial em uma organização hospitalar: uma abordagem sistêmico-complexa

Martini, Beatriz Prange
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.3%
Esta dissertação tem como tema a aprendizagem gerencial no contexto hospitalar. A organização, ao considerar seu compromisso como prestadora de serviço de alta complexidade, precisa desenvolver competências técnicas e comportamentais do seu corpo funcional. Pratica um modelo de gestão fundamentado por pilares baseados no saber: (a) a competência técnica de seus profissionais; (b) a capacidade de gestão; e (c) o desenvolvimento científico e da pesquisa. Nesse contexto, os processos de aprendizagem são fundamentais para o crescimento do negócio. A dissertação é composta por duas seções: a seção I, Implicações da abordagem sistêmico-complexa nos processos de aprendizagem gerencial, é um aprofundamento teórico que contextualiza a sociedade do conhecimento, a área da saúde, modelos de gestão, cinco abordagens de aprendizagem organizacional e a abordagem sistêmico-complexa como uma possibilidade de entendimento da complexidade no mundo dos negócios na contemporaneidade. O relatório de pesquisa deste trabalho, na seção II da dissertação, A aprendizagem gerencial como um “processo virtuoso” para a gestão organizacional, é resultado de uma pesquisa que teve como objetivo geral compreender como o processo de aprendizagem gerencial se desenvolve dentro de uma organização hospitalar complexa...

Programación del cambio de turno desde la óptica de los profesionales de enfermería; Mapeamento da passagem de plantão sob a ótica dos profissionais de enfermagem; Shift change mapping the perspective of nursing professionals

Llapa Rodríguez, Eliane Ofelia; Da Silva Oliveira, Cleiton; Santos de França, Tâmara Raylane; Santos de Andrade, Joseilze; Pontes de Aguiar Campos, María; Costacurta Pinto da Silva, Flávia Janólio
Fonte: Murcia: Servicio de Publicaciones de la Universidad de Murcia Publicador: Murcia: Servicio de Publicaciones de la Universidad de Murcia
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA; POR
Relevância na Pesquisa
46.28%
Objetivo: Analizar la influencia de los factores internos y externos (Fortalezas, Oportunidades, Debilidades y Amenazas) durante el proceso de cambio de turno, según la óptica de profesionales de enfermería del Hospital Universitario de Sergipe, Brasil. Método: Investigación de tipo descriptiva-exploratoria con enfoque cuantitativo utilizando el planeamiento estratégico como fundamento teórico, así como la construcción de la Matriz de Fortalezas, Oportunidades, Debilidades y Amenazas (FODA). Los datos fueron recolectados a través de cuestionario previamente elaborado. Resultados: Tipos de pasaje de turno encontrados: entre profesionales de la misma categoría, a través del libro, en la unidad del paciente. Fortalezas: duración máxima de 15 a 20 minutos, objetividad en las informaciones y cooperación del equipo. Debilidades: funcionarios apresurados para salir, impuntualidad para inicio y atraso de los colegas. Oportunidades: relación efectiva con otros profesionales, la gerencia hospitalaria y los nuevos modelos de gestión implantados en la institución. Amenazas: llamadas telefónicas durante el cambio de turno, exceso de unidades bajo responsabilidad de los profesionales. Se elaboró también la matriz estratégica FODA. Conclusiones: Posterior al estudio sistemático de los factores internos e externos fue posible proponer alternativas capaces de contribuir en la gestión del cuidado.; RESUMO: Objetivo: Analisar a influência dos fatores internos e externos (Fortalezas...

A tecnologia da informação como instrumento para gestão estratégica hospitalar: um estudo de caso sobre a contribuição do Prontuário Eletrônico do Paciente - PEP - para a gestão hospitalar do hospital beneficente Maria Vitória - PE

Méllo, Antônio Charles Lucena de Oliveira
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.34%
O presente estudo teve objetivo identificar qual a percepção e expectativas que os Gestores da Sociedade Hospitalar Maria Vitória localizada no Estado de Pernambuco tem acerca da contribuição do Prontuário Eletrônico do Paciente – PEP – para a gestão estratégica do Hospital. Este trabalho está focado em três importantes pilares, a saber: Administração Hospitalar e suas principais características, a Tecnologia da Informação – TI como ferramenta estratégica para a gestão e a utilização do Prontuário Eletrônico do Paciente e suas peculiaridades. No que se refere à metodologia aplicada trata-se de um estudo de caso, o tipo de pesquisa utilizado, quanto aos meios, foram bibliográfica, documental e de campo. As conclusões suscitadas servirão no sentido de contribuir para o avanço em matéria de administração pública, mais especificamente, a percepção dos gestores da potencial contribuição do PEP como ferramenta estratégica na gestão do Hospital Maria Vitória.; This study aims to identify the perception that managers Maria Victoria Hospital Society located in the state of Pernambuco has about the contribution of the Electronic Patient Record - PEP - for the strategic management of the Hospital. This work is focused on three major pillars...

Relações interorganizacionais e formas de governança praticadas nos prestadores de serviços de saúde: um estudo de caso em uma organização hospitalar privada

Farias, Fatima Izabel Dornelles
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.3%
O cenário econômico e social têm levado os diversos meios produtivos a uma busca constante por inovações, e a competição, antes mobilizada por empresas isoladamente, hoje assume um caráter mais sistêmico. As empresas começam a transitar em torno de outras possibilidades de organização para aumentar suas potencialidades, otimizar recursos, ganhar mercados e aprimorar suas capacidades. As redes interorganizacionais, parcerias e alianças estratégicas estão sendo formadas para atender a estas necessidades. Com os prestadores de serviços em saúde não têm sido diferente e novos arranjos produtivos estão se formando, com os mais diferentes objetivos. No entanto, é imperativo que para novas formas de relacionamento, novas estruturas de governança sejam adotadas para gerenciar as interfaces e garantir resultados superiores para os parceiros. Conhecer e compreender os fatores que afetam as relações interorganizacionais pode colaborar para que estruturas de governança adequadas sejam utilizadas buscando os resultados de um empreendimento conjunto. O objetivo deste estudo vem ao encontro destas necessidades: analisar as relações interorganizacionais e as formas de governança praticadas no ambiente hospitalar privado. O método utilizado para o alcance dos objetivos foi um estudo de caso único. Os resultados foram descritos considerando três dimensões de análise: prestação de serviços no ambiente hospitalar privado...

A interface entre a ética e administração hospitalar; The interface of and ethics and healthcare management

ZOBOLI, Elma Lourdes Campos Pavone
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; DTR2; Formato: application/pdf
Publicado em 07/11/2002 POR
Relevância na Pesquisa
66.44%
O hospital, no transcurso de sua história, experimenta distintos processos de reorganização. De abrigo para pobres e viajantes transforma-se em centro de alta tecnologia para diagnóstico, tratamento e pesquisas. Isto lhe confere uma complexidade ímpar, pois mescla a nobre missão social de cuidar das pessoas com traços administrativos e econômicos comuns a outras organizações de negócios. O administrador hospitalar, que chega aos hospitais para fazer frente a esta complexidade, acaba centrando suas atividades na busca do bom funcionamento e da sobrevivência organizacionais. Ofusca-se a missão social do hospital e o administrador hospitalar parece não perceber a repercussão, muitas vezes maleficente, de suas decisões na qualidade da atenção de saúde prestada ao paciente. Parece claro que o administrador deve trabalhar para a viabilidade econômico- financeira da instituição, no entanto o propósito primário do hospital é cuidar das pessoas e, esta especificidade, não pode ser perdida de vista. Urge uma atitude ética consonante com a vulnerabilidade das pessoas que acorrem ao hospital, pois elas conformam o fundamento, o sujeito e o fim de toda atividade sanitária. Fica patente, desta forma, a essencialidade de uma interface entre administração hospitalar e ética. É necessário enfrentar o desafio de construir uma ética própria da administração hospitalar. Uma ética que se mostre capaz...

Análise da permanência hospitalar do SUS para os diagnósticos mais comuns em Minas Gerais

Pedro Coelho Siqueira, Roberto Maranhão - Márcio Augusto Gonçalves -
Fonte: RAHIS Publicador: RAHIS
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 13/03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.37%
A análise de indicadores hospitalares trás consigo dois interesses conflitantes. Por um lado, cidadãos e pacientes sempre gostariam de ter o melhor atendimento possível, tanto em termos de agilidade como de amplitude de cobertura do serviço médico. Por outro lado, o atendimento médico é cada vez mais um jogo de soma zero, ou seja, um sistema no qual os recursos disponíveis são limitados e cabe aos administradores hospitalares balancear e aperfeiçoar a utilização desses recursos. Ao mesmo tempo a administração hospitalar tem se baseado em transferir os gastos para outros participantes do sistema. Nesse estudo, buscou-se explorar quais fatores interferem no desempenho hospitalar. Para isso, foram analisados dados de internação hospitalar entre Dezembro de 2007 e Dezembro de 2008, armazenados no sistema DataSUS/AIH. 

Qualidade total e administração hospitalar: explorando disjunções conceituais

Gurgel Júnior,Garibaldi Dantas; Vieira,Marcelo Milano Falcão
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
Neste artigo discute-se o gerenciamento da qualidade total e sua aplicabilidade na administração hospitalar, abordando o movimento da qualidade no contexto histórico e as conseqüências da implementação destes programas para as organizações. Identificam-se, com base nas características historico-estruturais das organizações hospitalares e dos conceitos e técnicas dos programas de qualidade total, elementos que podem contribuir para seu sucesso ou fracasso, como forma de desenvolver uma visão crítica e delimitar melhor o alcance dos programas no incremento gerencial destas organizações.