Página 1 dos resultados de 4669 itens digitais encontrados em 0.512 segundos

Adherence level and knowledge about psychopharmacological treatment among patients discharged from psychiatric internment; Grau de adesão e conhecimento sobre tratamento psicofarmacológico entre pacientes egressos de internação psiquiátrica; Grado de adhesión y conocimiento sobre tratamiento psicofarmacológico entre pacientes egresados de internación psiquiátrica

CARDOSO, Lucilene; MIASSO, Adriana Inocenti; GALERA, Sueli Aparecida Frari; MAIA, Beatriz Marques; ESTEVES, Rafael Braga
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
65.5%
This exploratory, descriptive and prospective study aimed to identify the degree of adherence to psychopharmacological treatment of patients who were discharged from psychiatric hospitalization and their knowledge about their prescription and diagnosis. The study was carried out at a Mental Health Service. The sample consisted of all service clients who were discharged from psychiatric hospitalization in the data collection period. A Sociodemographic Questionnaire and the Morisky-Green Test were the instruments used. Data were analyzed through central trend measures. In total, 48 patients participated in the study. Regarding adherence, 70.8% of them showed a low adherence level to psychopharmacological treatment. Moreover, only twenty-one patients knew what their diagnosis was and most did not know or partially knew the name and dose of all prescribed medications.; O objetivo deste trabalho foi identificar o grau de adesão ao tratamento psicofarmacológico dos pacientes egressos de internação psiquiátrica e seu conhecimento quanto à sua prescrição e diagnóstico. Trata-se de estudo exploratório, descritivo, prospectivo, realizado em um núcleo de saúde mental. A amostra foi composta por todos os clientes desse serviço que tiveram alta de internação psiquiátrica...

Significados do tratamento diretamente supervisionado ("DOTS") para pacientes com tuberculose do programa de saúde da família da supervisão técnica de Vila Prudente/Sapopemba, São Paulo - SP; Significance of the directly observed treatment short-course ("DOTS") about to patients with tuberculosis of the program of health from family of supervision technique in Vila Prudente/Sapopemba, São Paulo city - SP

Speciale, Cristiane
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/05/2007 PT
Relevância na Pesquisa
75.38%
A tuberculose é uma doença infecto-contagiosa de proporções continentais. A situação é bastante complexa, pois a doença está diretamente associada às precárias condições sociais, à AIDS e à crescente multirresistência às drogas. Em 1993, a OMS a declarou em estado de emergência, recomendando a DOTS para seu controle. Assim, o presente estudo teve como objetivos identificar: as características pessoais, de condições de vida e de trabalho e de saúde-doença dos pacientes sob DOTS, matriculados em Unidades de Saúde da Família da Supervisão Técnica de Saúde de Vila Prudente/Sapopemba do Município de São Paulo; as potencialidades e os limites da estratégia DOTS sob o ponto de vista desses pacientes e como interpretam a adesão ao tratamento. Após aprovação em Comitê de Ética, foram coletados depoimentos de 11 pacientes de Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) da Supervisão Técnica de Vila Prudente/ Sapopemba do MSP. O material empírico foi decodificado mediante técnica de análise de discurso e analisado à luz da Teoria da Determinação Social do Processo Saúde-Doença. Os resultados evidenciaram que a tuberculose é uma doença de cunho eminentemente social e ainda impregnada de estigma. Os achados em relação às características pessoais e sobre a manifestação clínica confirmam os dados de literatura. A doença causou mudanças no cotidiano dos sujeitos de estudo...

A adesão ao tratamento de portadores de paracoccidioidomicose cutâneo mucosa atendidos em um hospital escola do interior paulista; Adhesion of patients with paracoccidioidomycosis cutaneous mucosa attended in a school hospital situated in the interior of São Paulo State.Adhesion of patients with paracoccidioidomycosis cutaneous mucosa attended in a school hospital situated in the interior of São Paulo State

Maciel, Maria Helena Versiani
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
75.45%
Às condições crônicas podem causar alterações físicas, psíquicas e sociais progressivas requerendo em alguns casos mudanças permanentes no estilo de vida dos indivíduos. A paracoccidioidomicose é uma micose sistêmica, que exige tratamento prolongado, cuja maior prevalência encontra-se na América Latina com diversas áreas endêmicas no Brasil. Este estudo teve como objetivo caracterizar os clientes portadores de paracoccidioidomicose cutânea mucosa e identificar os motivos da não adesão ao seguimento clínico terapêutico. Foram consultados 74 prontuários de clientes adultos com diagnóstico de paracoccidioidomicose cutâneo mucosa atendidos e ou internados em um hospital escola terciário do interior paulista, no período de janeiro de 2000 a junho de 2006. O projeto foi encaminhado ao Comitê de Ética em Pesquisa do referido hospital. A maioria dos sujeitos é do sexo masculino (86,5%), com idade médica de 44,5 anos, 67,6% dos casos foram internados de uma a oito vezes, em 50,0% dos casos a internação se deu em decorrência de recidivas e 74,3% fizeram uso irregular das medicações e houve o abandono do tratamento por 54% dos clientes. O enfermeiro enquanto elemento essencial nos serviços de saúde pode propor estratégias individuais e coletivas para a assistência...

O tratamento diretamente observado "dots" e a adesão ao tratamento da tuberculose: significados para os trabalhadores de unidades de saúde da região central do município de São Paulo-São Paulo-Brasil; The treatment directly observed ,SST,(Strictly Supervised Treatment") and the adhesion to the treatment of tuberculosis:Meanings to health workers of units at the central region of the municipality of Sao Paulo, São Pablo City - Brazil

Sanchez, Alba Idaly Muñoz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2007 PT
Relevância na Pesquisa
125.53%
A tuberculose ainda prevalece no cenário epidemiológico mundial e nacional e sua permanência relaciona-se a vários processos, dentre os quais, as desigualdades sociais. A adesão ao tratamento é um aspecto chave para o controle da doença, já que contribui para a diminuição da multirresistência aos fármacos e para o decréscimo da mortalidade. Em função desse panorama que evidencia ainda, a ineficácia dos programas de controle, a Organização Mundial da Saúde-OMS propôs um novo marco para controle da enfermidade, introduzindo a Estratégia do Tratamento Diretamente Observado-DOTS ou Tratamento Supervisionado (TS). Dada a carência de estudos qualitativos sobre o tema no Município de São Paulo, este estudo teve como objetivos: identificar os significados que trabalhadores da saúde manifestam em relação à tuberculose, à adesão ao tratamento e ao Tratamento Diretamente Supervisionado; identificar as potencialidades e os limites da estratégia DOTS numa região do Município de São Paulo; além de apontar alternativas que contribuam no aprimoramento do Programa de Controle da Tuberculose. Após aprovação do projeto por Comitê de Ética em Pesquisa, foram entrevistados 15 trabalhadores da saúde da Subprefeitura da Sé da Secretaria de Saúde do Município de São Paulo...

Diferenças na adesão ao tratamento da tuberculose em relação ao sexo; Differences in the adhesion to tuberculosis treatment in relation to sex

Queiroz, Raquel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
85.55%
Introdução Aproximadamente 1/3 da população mundial está infectada pelo bacilo M. tuberculosis e a prevalência da infecção é maior entre os homens. As razões para as diferenças na epidemiologia da tuberculose e adesão ao tratamento em relação ao sexo são desconhecidas. Objetivos Verificar diferenças na adesão ao tratamento da tuberculose em relação ao sexo. Identificar aspectos facilitadores e dificultadores para a adesão ao tratamento da tuberculose em relação ao sexo. Analisar as crenças consideradas importantes para adesão ao tratamento da tuberculose. Metodologia Pesquisa quali-quantitativa, baseada na análise de conteúdo e com fundamentação teórica no Modelo de Crenças em Saúde. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas em 6 serviços de saúde do Distrito de Saúde da Freguesia do Ó/Brasilândia, com 28 pacientes em tratamento supervisionado de tuberculose, sendo 11 homens e 17 mulheres. Os dados quantitativos foram obtidos por meio do livro de Registro e Controle de Tratamento dos Casos de Tuberculose de cada serviço de saúde. Resultados Aqueles que falharam na adesão apresentaram o seguinte perfil: mulher, solteira e separada, com atividade remunerada não comprovada, com nível de escolaridade entre fundamental I completo e ensino médio completo; homem: casado...

Trajetória dos adolescentes usuários de drogas em um serviço especializado: do primeiro uso ao tratamento; The life course of the adolescent drug users of a specialized service: from the first use to the treatment

Vasters, Gabriela Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
85.37%
O uso de drogas na adolescência é uma questão debatida nas diferentes esferas da sociedade devido aos prejuízos que ocasionados precocemente. No tratamento especializado, essa questão torna-se ainda mais complexa e desafiadora frente aos fatores intrínsecos e extrínsecos do adolescente. O estudo tem como objetivo conhecer a trajetória dos adolescentes em um tratamento para uso de drogas, desde a primeira experimentação às percepções sobre o tratamento. Baseando-se na pesquisa qualitativa, buscou-se a compreensão dos atos e comportamentos dos sujeitos ao priorizar o ponto de vista dos mesmos. A coleta de dados ocorreu por meio de um roteiro semiestruturado de entrevista. Os adolescentes sujeitos do estudo pertenciam ou já haviam abandonado o Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e Drogas II em Ribeirão Preto-SP. Analisaram-se os dados por meio da categorização temática do conteúdo. Quatorze adolescentes foram sujeitos do estudo, sendo oito participantes do tratamento e seis que o haviam abandonado, predominante do sexo masculino com idade entre 14 e 19 anos. A maioria apresentou-se abaixo do ano escolar adequado às suas idades. A maconha foi a droga mais utilizada. Os adolescentes que abandonaram o tratamento fizeram maior experimentação de outras drogas em relação aos que estavam em tratamento. A rede de relações composta por outros usuários de drogas mostrou-se muito influente ao uso da droga...

Adesão ao tratamento da Hipertensão Arterial: estudo entre usuários cadastrados no Centro de Saúde de um município do interior paulista; Adhesion to the hypertension treatment: a study among users registered in the Health Center in a city of Sao Paulo

Palota, Letícia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
75.52%
Trata-se de um estudo descritivo transversal de abordagem quantitativa, realizado entre 90 portadores de HA seguidos no Centro de Saúde de um município do interior paulista, tendo por objetivo avaliar a adesão ao tratamento. Para coleta de dados foram utilizados três instrumentos: um relativo a dados sociodemográficos, da doença e do tratamento; o Teste de Morisky e Green (TMG) para avaliar a adesão ao tratamento medicamentoso e o Insrumento de Avaliar Atitudes Frente à Tomada de Remédios (IAAFTR). Os testes estatísticos foram realizados por meio do software Statistica 8.0 e os resultados foram considerados significativos quando o nível de significância foi (p <0.05). Os sujeitos possuíam idade média de 66+10,4 anos, 62,2% eram do sexo feminino, 86,7% brancos, 66,7% casados, 72,2% aposentados, 57,8% com dois ou mais dependentes, 52,2% residiam com outros membros da família e 91,1% informaram renda familiar entre um e três salários mínimos. As principais comorbidades associadas foram: diabetes mellitus (20%) e hipercolesterolemia (14,4%). Em relação aos hábitos de vida, 71,1% não realizavam atividade física, 12,2% eram tabagistas, 15,6% citaram uso de bebida alcoólica, 72,2% referiram não possuir alteração no padrão de sono...

Qualidade de vida de pessoas vivendo com HIV/aids e sua associação com aspectos sócio-demográficos, clínicos, psicoemocionais e adesão ao tratamento; Quality of life of people living with HIV/AIDS and its association with clinic, psicho emotional characteristics and adhesion to the treatment

Silva, Ana Cristina de Oliveira e
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
125.53%
Introdução: O uso correto dos antirretrovirais na infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV)/Aids tem possibilitado a desconstrução da ideia de morte iminente e a melhoria na qualidade de vida. Objetivo: Avaliar a qualidade de vida das pessoas com HIV/aids e sua associação com aspectos sócio-demográficos, psicoemocionais e adesão ao tratamento. Material e Métodos: Estudo analítico, de corte transversal, realizado em um hospital referência para doenças infecciosas do Estado da Paraíba. Foram utilizados cinco instrumentos: questionário para caracterização sócio-demográfica e clínica, WHOQoL HIV- bref, Escala de Ansiedade e Depressão Hospitalar (HADS), Escala de Esperança de HEERT, Escala de Adesão ao Tratamento (CEAT-HIV). Os aspectos éticos foram contemplados. Resultados: Dos 314 entrevistados, 190 (60,5%) eram do sexo masculino, idade média de 43 anos, 193 (61,4%) tinham até dez anos de estudo. A maioria, 226 (72%) recebiam até dois salários mínimos, 235 (74,8%) se classificavam como heterossexual e a principal forma de exposição para o HIV/aids foi a sexual 251 (79,9%). Sobre a avaliação do WHOQOL HIV bref, identificaram-se os menores escores nos domínios Nível de Independência (61...

O silêncio no cotidiano do adolescente com HIV/AIDS; Silence in the daily life of the adolescent with HIV/AIDS; El silencio en el cotidiano del adolescente con VIH/SIDA

Motta, Maria da Graça Corso da; Pedro, Eva Néri Rubim; Paula, Cristiane Cardoso de; Coelho, Débora Fernandes; Ribeiro, Aline Cammarano; Greff, Aramita Prates; Padoin, Stela Maris de Mello; Poletto, Paula Manoela Batista; Ribeiro, Nair Regina Ritter; Is
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.46%
Este estudo caracteriza-se por ser uma pesquisa qualitativa que objetivou desvelar a percepção e a vivência em relação ao tratamento antirretroviral do adolescente com síndrome da imunodefi ciência adquirida. A pesquisa foi realizada em serviços de referência em dois municípios na região sul do Brasil. A produção dos dados foi desenvolvida com a dinâmica de criatividade e sensibilidade mapa falante, por cinco participantes. Foi aplicada a técnica de análise temática do conteúdo. Das produções artísticas e depoimentos emergiram o cotidiano do uso dos medicamentos e o silêncio do diagnóstico da doença e do tratamento que implicam o cuidado à saúde. Conclui-se que é necessário o envolvimento dos profi ssionais de saúde, possibilitando espaços para a família e promovendo diálogos desta com o adolescente, visando à adesão ao tratamento.; This study is characterized as a qualitative research with the objective of unveiling the perception and experience regarding the antiretroviral treatment of the adolescent with acquired immunodefi ciency syndrome. The research was carried out within reference health care centers in two municipalities from the southern region of Brazil. The data production was developed through the creativity and sensitiveness dynamics of talking map type by a group of fi ve participants. One applied the technique of content thematic analysis. The artistic productions and testimonies evidenced their daily experience with use of medications and the silence on the diagnosis of the disease and its treatment that implies the health care. The conclusion drawn is that the involvement of health professionals is needed since it opens spaces for the family besides promoting the dialogue of its members with the adolescent aiming at the adhesion to the treatment.; Se trata de una pesquisa cualitativa que intenta revelar la percepción y experiencia vivida con relación al tratamiento antirretroviral del adolescente con síndrome de inmunodeficiencia adquirida. Se realizó la pesquisa en servicios de salud de referencia...

Adherence level and knowledge about psychopharmacological treatment among patients discharged from psychiatric internment

Cardoso,Lucilene; Miasso,Adriana Inocenti; Galera,Sueli Aparecida Frari; Maia,Beatriz Marques; Esteves,Rafael Braga
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2011 EN
Relevância na Pesquisa
65.33%
This exploratory, descriptive and prospective study aimed to identify the degree of adherence to psychopharmacological treatment of patients who were discharged from psychiatric hospitalization and their knowledge about their prescription and diagnosis. The study was carried out at a Mental Health Service. The sample consisted of all service clients who were discharged from psychiatric hospitalization in the data collection period. A Sociodemographic Questionnaire and the Morisky-Green Test were the instruments used. Data were analyzed through central trend measures. In total, 48 patients participated in the study. Regarding adherence, 70.8% of them showed a low adherence level to psychopharmacological treatment. Moreover, only twenty-one patients knew what their diagnosis was and most did not know or partially knew the name and dose of all prescribed medications.

Polymorphonuclear leukocyte adhesion triggers the disorganization of endothelial cell-to-cell adherens junctions

Fonte: The Rockefeller University Press Publicador: The Rockefeller University Press
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 02/10/1996 EN
Relevância na Pesquisa
65.46%
Polymorphonuclear leukocytes (PMN) infiltration into tissues is frequently accompanied by increase in vascular permeability. This suggests that PMN adhesion and transmigration could trigger modifications in the architecture of endothelial cell-to-cell junctions. In the present paper, using indirect immunofluorescence, we found that PMN adhesion to tumor necrosis factor-activated endothelial cells (EC) induced the disappearance from endothelial cell-to-cell contacts of adherens junction (AJ) components: vascular endothelial (VE)-cadherin, alpha-catenin, beta-catenin, and plakoglobin. Immunoprecipitation and Western blot analysis of the VE- cadherin/catenin complex showed that the amount of beta-catenin and plakoglobin was markedly reduced from the complex and from total cell extracts. In contrast, VE-cadherin and alpha-catenin were only partially affected. Disorganization of endothelial AJ by PMN was not accompanied by EC retraction or injury and was specific for VE- cadherin/catenin complex, since platelet/endothelial cell adhesion molecule 1 (PECAM-1) distribution at cellular contacts was unchanged. PMN adhesion to EC seems to be a prerequisite for VE-cadherin/catenin complex disorganization. This phenomenon could be fully inhibited by blocking PMN adhesion with an anti-integrin beta 2 mAb...

Cell surface phosphatidylinositol-anchored heparan sulfate proteoglycan initiates mouse melanoma cell adhesion to a fibronectin-derived, heparin-binding synthetic peptide

Fonte: The Rockefeller University Press Publicador: The Rockefeller University Press
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 02/06/1992 EN
Relevância na Pesquisa
65.44%
Cell surface heparan sulfate proteoglycan (HSPG) from metastatic mouse melanoma cells initiates cell adhesion to the synthetic peptide FN-C/H II, a heparin-binding peptide from the 33-kD A chain-derived fragment of fibronectin. Mouse melanoma cell adhesion to FN-C/H II was sensitive to soluble heparin and pretreatment of mouse melanoma cells with heparitinase. In contrast, cell adhesion to the fibronectin synthetic peptide CS1 is mediated through an alpha 4 beta 1 integrin and was resistant to heparin or heparitinase treatment. Mouse melanoma cell HSPG was metabolically labeled with [35S]sulfate and extracted with detergent. After HPLC-DEAE purification, 35S-HSPG eluted from a dissociative CL-4B column with a Kav approximately 0.45, while 35S- heparan sulfate (HS) chains eluted with a Kav approximately 0.62. The HSPG contained a major 63-kD core protein after heparitinase digestion. Polyclonal antibodies generated against HSPG purified from mouse melanoma cells grown in vivo also identified a 63-kD core protein. This HSPG is an integral plasma membrane component by virtue of its binding to Octyl Sepharose affinity columns and that anti-HSPG antibody staining exhibited a cell surface localization. The HSPG is anchored to the cell surface through phosphatidylinositol (PI) linkages...

Syk and paxillin are differentially phosphorylated following adhesion to the plastic substrate in rat alveolar macrophages

Hirano, S; Kanno, S
Fonte: Blackwell Science Inc Publicador: Blackwell Science Inc
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /07/1999 EN
Relevância na Pesquisa
65.52%
Adhesion is associated with tyrosine phosphorylation in many types of cells. Although macrophages are known to adhere and phagocytose foreign particles, the signal transduction pathway of macrophages in response to adhesion to the foreign substrate has not been fully investigated. In the present study we investigated tyrosine-phosphorylated proteins and phosphorylation of paxillin in alveolar macrophages (AMs) following adhesion to a plastic substrate. Adhesion to a plastic dish resulted in tyrosine phosphorylation of a 68 000 MW protein, which was shown, by immunoprecipitation and immunoblotting in the present study, to be a rat Syk kinase. Treatment with erbstatin reduced both tyrosine phosphorylation of Syk and adherence of AMs, while treatment with cytochalasin B inhibited spreading of AMs but did not inhibit tyrosine phosphorylation of Syk. These results suggest that tyrosine phosphorylation of Syk plays an important role in adhesion of AMs to the plastic substrate, but not in AM spreading. Paxillin is known to be tyrosine phosphorylated following adhesion to the extracellular matrix in many types of cells. However, paxillin appeared to be serine/threonine phosphorylated rather than tyrosine phosphorylated following adhesion of AMs to the plastic substrate. Treatment with A23187 (a calcium ionophore)...

Neutrophil granulocyte-dependent proteolysis enhances platelet adhesion to the arterial wall under high-shear flow

WOHNER, N; KERESZTES, Z; SÓTONYI, P; SZABÓ, L; KOMOROWICZ, E; MACHOVICH, R; KOLEV, K
Fonte: Blackwell Publishing Ltd Publicador: Blackwell Publishing Ltd
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /07/2010 EN
Relevância na Pesquisa
65.4%
Background: Under high shear stress platelets adhere preferentially to the adventitia layer of the arterial vessel wall in a von Willebrand factor (VWF)-dependent manner. Objective: The present study was undertaken in an attempt to characterize the structural background of the relative thromboresistance of the media and the impact of neutrophil leukocyte-derived proteases (matrix metalloproteinases, neutrophil elastase) on platelet adhesion in this layer of the arteries. Methods and results: Platelet adhesion to cross-sections of the human iliac artery was monitored by indirect immunofluorescent detection of GpIIb/IIIa antigen. Exposure of the vessel wall to activated neutrophils or neutrophil-derived proteases increased platelet adhesion to the media about tenfold over the control level at 3350 s−1 surface shear rate. In parallel with this enhanced thrombogenicity morphological changes in the media were evidenced by atomic force microscopy (AFM) and scanning electron microscopy (SEM). The fine proteoglycan meshwork seen with Cupromeronic Blue enhancement of the SEM images was removed by the proteolytic treatment and the typical collagen fiber structure was exposed on the AFM images of the media. Conclusion: Through their proteases activated neutrophils degrade proteoglycans...

Three-dimensional multi-scale model of deformable platelets adhesion to vessel wall in blood flow

Wu, Ziheng; Xu, Zhiliang; Kim, Oleg; Alber, Mark
Fonte: The Royal Society Publishing Publicador: The Royal Society Publishing
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 06/08/2014 EN
Relevância na Pesquisa
65.42%
When a blood vessel ruptures or gets inflamed, the human body responds by rapidly forming a clot to restrict the loss of blood. Platelets aggregation at the injury site of the blood vessel occurring via platelet–platelet adhesion, tethering and rolling on the injured endothelium is a critical initial step in blood clot formation. A novel three-dimensional multi-scale model is introduced and used in this paper to simulate receptor-mediated adhesion of deformable platelets at the site of vascular injury under different shear rates of blood flow. The novelty of the model is based on a new approach of coupling submodels at three biological scales crucial for the early clot formation: novel hybrid cell membrane submodel to represent physiological elastic properties of a platelet, stochastic receptor–ligand binding submodel to describe cell adhesion kinetics and lattice Boltzmann submodel for simulating blood flow. The model implementation on the GPU cluster significantly improved simulation performance. Predictive model simulations revealed that platelet deformation, interactions between platelets in the vicinity of the vessel wall as well as the number of functional GPIbα platelet receptors played significant roles in platelet adhesion to the injury site. Variation of the number of functional GPIbα platelet receptors as well as changes of platelet stiffness can represent effects of specific drugs reducing or enhancing platelet activity. Therefore...

A experiência da adesão ao tratamento pela mulher com HIV/aids; The experience of the adhesion to the treatment for the HIV/AIDS in the woman

COSTA, Dalva Aparecida Marques da
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.55%
The high effectiveness of the combined antiretroviral therapy for HIV/AIDS is wellknown, but it depends on the efficient adhesion of the patient to the treatment. The efficient adhesion to the treatment guarantees its effectiveness because increasing the patient s adherence to the antiretroviral treatment constitutes a global goal to stop the HIV/AIDS epidemic. This study aimed to understand the adhesion to the treatment the HIV/AIDS in the experience of the woman. Ethnographic study based on Geertz theoretical presuppositions. The data collection occurred by semistructuralized interviews and participant observation ith eight women of a Public Hospital Group of Adhesion in Goiás, Brazil, from 2007 January to December. The first moment of data analysis started as soon as it was initiate the interviews and where we sought to find the units of meanings. The second moment occurred in an inference process and findings theorization and its interrelation with our subject, but always searching answers to the study objectives and the theoretical concepts. From data analysis process emerged four meaning units, as known, confrontation of the cultural values in the experience of the adhesion; the rite of the experience in the adhesion to the treatment; practical customs and in the experience of the adhesion and taking care of in the interpersonal relations. Results allow an understanding that adhesion to the treatment for HIV/AIDS is ruled in the aspects of the local culture...

Adesão e não adesão ao tratamento psiquiátrico para depressão

Cunha, Marines de Fátima
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
55.59%
Entende-se que a adesão ao tratamento medicamentoso seja de fundamental importância para o manejo da doença depressiva e concebendo-se que a não adesão a este tratamento possa ocorrer com uma freqüência importante, este estudo teve por objetivo compreender os aspectos relacionados à adesão e não adesão ao tratamento psiquiátrico para depressão, na ótica de usuários e ex-usuários de um serviço público de saúde mental da cidade de Araguari MG. A amostra deste estudo compôs-se de 24 participantes, sendo 12 considerados aderentes ao tratamento para depressão e12 considerados como não aderentes ao tratamento, de acordo com o critério de assiduidade às consultas médicas psiquiátricas. Realizaram-se entrevistas semidirigidas que foram conduzidas individualmente com cada participante pela Pesquisadora, e a partir dos relatos transcritos procedeu-se à análise de conteúdo na perspectiva de análise temática. Verificou-se que a adesão e a não adesão ao tratamento medicamentoso para depressão consistem em fenômenos multifatoriais, identificando-se três grandes aspectos ou perspectivas a serem considerados no comportamento de adesão e de não adesão a este tipo de tratamento. Na perspectiva dos “Aspectos Intrapessoais” concebeu-se a participação de fatores relacionados ao próprio paciente que podiam facilitar e também dificultar a adesão ao tratamento...

Trabajadores de la salud y sus significados en torno a la adherencia al tratamiento de la tuberculosis; Health workers and their meanings towards the adhesion to the tuberculosis treatment

Muñoz Sánchez, Alba Idaly; Cruz Martínez, Oscar Andrés; Rubiano Mesa, Yurian Lida
Fonte: Murcia: Servicio de Publicaciones de la Universidad de Murcia Publicador: Murcia: Servicio de Publicaciones de la Universidad de Murcia
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
75.46%
Objetivos: Se propuso identificar el concepto de adherencia al tratamiento de la tuberculosis, las causas que la limitan o que la fortalecen, a través del análisis de los significados de los trabajadores de la salud en una localidad de Bogotá. Métodos: Estudio cualitativo, alcance descriptivo. Perspectiva teórica metodológica, hermenéutica-dialéctica. Se entrevistaron 18 trabajadores de la salud. La recolección de los datos se realizó en el año 2010. Resultados: Los participantes conciben la adherencia al tratamiento como un fenómeno complejo: conocimiento sobre la importancia del tratamiento, voluntad del mismo para la toma del tratamiento y la asistencia a controles, además integra factores programáticos, como las visitas del equipo de salud, la flexibilidad en la entrega de los medicamentos, la construcción y consolidación de redes de apoyo para los portadores, el apoyo de la familia, entre otros. Factores que limitan la adherencia: Se reconoce el proceso salud-enfermedad-tuberculosis como categoría que interfiere en el fenómeno adherencia, este integra el estigma social, evidenciado en estereotipos y prejuicios que relacionan la enfermedad. El sistema de salud es visto como fragmentado. El desconocimiento de la enfermedad...

General surgeons' attitudes to the treatment and prevention of abdominal adhesions.

Scott-Coombes, D. M.; Vipond, M. N.; Thompson, J. N.
Fonte: Royal College of Surgeons of England Publicador: Royal College of Surgeons of England
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /03/1993 EN
Relevância na Pesquisa
65.46%
A questionnaire survey of general surgeons was undertaken to estimate the incidence of abdominal adhesions as a clinical problem and to establish current attitudes to the treatment of adhesional bowel obstruction and the prevention of adhesion formation. Replies were received from 362 of 416 surgeons (response rate 87%). In all, 76% (95% confidence limits, 72%-80%) of surgeons operate upon at least two patients each year with adhesional small bowel obstruction and 31% (26-36) operate upon more than five patients. More than five patients are admitted each year with suspected adhesional bowel obstruction by 64% (59-69) of surgeons and 35% (30-40) of surgeons found adhesions to be a problem during a non-adhesion-related laparotomy in more than five patients each year. This represents an estimated annual incidence of between 12,000 and 14,000 adhesion-related clinical problems in the United Kingdom. A number of preventive measures, such as the wearing of starch-free gloves (78% of surgeons; 95% CL 74%-82%), peritoneal lavage (68%; 63-73) and placement of the omentum beneath the wound closure (90%; 87-93) are generally accepted, whereas routine wetting of swabs (39%; 34-44) and the role of non-essential adhesiolysis (49%; 44-54) are controversial. Routine small bowel plication (1%; 0-2) and intubation (2%; 0-5) are rarely used. This survey gives an indication of the large burden on patients and the health services caused by abdominal adhesions...

Grau de adesão e conhecimento sobre tratamento psicofarmacológico entre pacientes egressos de internação psiquiátrica; Grado de adhesión y conocimiento sobre tratamiento psicofarmacológico entre pacientes egresados de internación psiquiátrica; Adherence level and knowledge about psychopharmacological treatment among patients discharged from psychiatric internment

Cardoso, Lucilene; Miasso, Adriana Inocenti; Galera, Sueli Aparecida Frari; Maia, Beatriz Marques; Esteves, Rafael Braga
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2011 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
65.5%
O objetivo deste trabalho foi identificar o grau de adesão ao tratamento psicofarmacológico dos pacientes egressos de internação psiquiátrica e seu conhecimento quanto à sua prescrição e diagnóstico. Trata-se de estudo exploratório, descritivo, prospectivo, realizado em um núcleo de saúde mental. A amostra foi composta por todos os clientes desse serviço que tiveram alta de internação psiquiátrica, no período de coleta, sendo utilizado um questionário sociodemográfico e o teste de adesão de Morisky e Green como instrumentos. Os dados foram analisados por medidas de tendência central. Fizeram parte da amostra 48 pacientes e, em relação à adesão, observou-se que 70,8% deles foram classificados como baixo grau de adesão ao tratamento psicofarmacológico. Além disso, apenas vinte e um pacientes sabiam informar qual era seu diagnóstico, e a maioria deles não sabia, ou sabia parcialmente, o nome e dosagem de todos os medicamentos a eles prescritos.; El objetivo de este trabajo fue identificar el grado de adhesión al tratamiento psicofarmacológico de los pacientes egresados de internación psiquiátrica y evaluar su conocimiento en cuanto a su prescripción y diagnóstico. Se trata de un estudio exploratorio...