Página 1 dos resultados de 3 itens digitais encontrados em 0.124 segundos

Adherence level and knowledge about psychopharmacological treatment among patients discharged from psychiatric internment; Grau de adesão e conhecimento sobre tratamento psicofarmacológico entre pacientes egressos de internação psiquiátrica; Grado de adhesión y conocimiento sobre tratamiento psicofarmacológico entre pacientes egresados de internación psiquiátrica

CARDOSO, Lucilene; MIASSO, Adriana Inocenti; GALERA, Sueli Aparecida Frari; MAIA, Beatriz Marques; ESTEVES, Rafael Braga
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
56.12%
This exploratory, descriptive and prospective study aimed to identify the degree of adherence to psychopharmacological treatment of patients who were discharged from psychiatric hospitalization and their knowledge about their prescription and diagnosis. The study was carried out at a Mental Health Service. The sample consisted of all service clients who were discharged from psychiatric hospitalization in the data collection period. A Sociodemographic Questionnaire and the Morisky-Green Test were the instruments used. Data were analyzed through central trend measures. In total, 48 patients participated in the study. Regarding adherence, 70.8% of them showed a low adherence level to psychopharmacological treatment. Moreover, only twenty-one patients knew what their diagnosis was and most did not know or partially knew the name and dose of all prescribed medications.; O objetivo deste trabalho foi identificar o grau de adesão ao tratamento psicofarmacológico dos pacientes egressos de internação psiquiátrica e seu conhecimento quanto à sua prescrição e diagnóstico. Trata-se de estudo exploratório, descritivo, prospectivo, realizado em um núcleo de saúde mental. A amostra foi composta por todos os clientes desse serviço que tiveram alta de internação psiquiátrica...

Participação do enfermeiro no processo de decisão de não reanimação da pessoa em estado terminal

Oliveira, Elisabete Maria da Costa, 1983-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
55.91%
Tese de mestrado, Cuidados Paliativos, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa, 2013; O processo de decisão de não reanimação do doente terminal é complexo, com fases e particularidades inerentes, envolvendo a intervenção de elementos distintos, de forma heterogénea, podendo ocasionar situações de difícil gestão. Os enfermeiros enquanto elementos da equipa multidisciplinar procuram definir o seu papel, optimizando o seu contributo na tomada de decisão. Este estudo surgiu no contexto das lacunas detectadas na prática clínica no cuidado a doentes terminais, eventualmente pela escassa existência de linhas orientadoras acerca da INR que suportem as práticas. Foram definidos como objectivos deste estudo: compreender a dinâmica da INR, descrevendo a participação do enfermeiro neste processo, percebendo a perspectiva da equipa de saúde sobre a importância desta colaboração, indicar as condutas e cuidados ao doente terminal e identificar quais os dilemas éticos mais frequentes. O estudo foi aplicado num hospital central da zona de Lisboa, a médicos e enfermeiros dos serviços de medicina, aplicando questionários de forma sistematizada, utilizando a técnica delphi. Desenvolveu-se um estudo exploratório averiguando os seguintes resultados...

Grau de adesão e conhecimento sobre tratamento psicofarmacológico entre pacientes egressos de internação psiquiátrica; Grado de adhesión y conocimiento sobre tratamiento psicofarmacológico entre pacientes egresados de internación psiquiátrica; Adherence level and knowledge about psychopharmacological treatment among patients discharged from psychiatric internment

Cardoso, Lucilene; Miasso, Adriana Inocenti; Galera, Sueli Aparecida Frari; Maia, Beatriz Marques; Esteves, Rafael Braga
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2011 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
56.12%
O objetivo deste trabalho foi identificar o grau de adesão ao tratamento psicofarmacológico dos pacientes egressos de internação psiquiátrica e seu conhecimento quanto à sua prescrição e diagnóstico. Trata-se de estudo exploratório, descritivo, prospectivo, realizado em um núcleo de saúde mental. A amostra foi composta por todos os clientes desse serviço que tiveram alta de internação psiquiátrica, no período de coleta, sendo utilizado um questionário sociodemográfico e o teste de adesão de Morisky e Green como instrumentos. Os dados foram analisados por medidas de tendência central. Fizeram parte da amostra 48 pacientes e, em relação à adesão, observou-se que 70,8% deles foram classificados como baixo grau de adesão ao tratamento psicofarmacológico. Além disso, apenas vinte e um pacientes sabiam informar qual era seu diagnóstico, e a maioria deles não sabia, ou sabia parcialmente, o nome e dosagem de todos os medicamentos a eles prescritos.; El objetivo de este trabajo fue identificar el grado de adhesión al tratamiento psicofarmacológico de los pacientes egresados de internación psiquiátrica y evaluar su conocimiento en cuanto a su prescripción y diagnóstico. Se trata de un estudio exploratorio...