Página 1 dos resultados de 119 itens digitais encontrados em 0.029 segundos

Infeções associadas aos cuidados de saúde

Goulão, Inês Catarina da Silva
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
45.78%
Este trabalho aborda como principal tema as infecções associadas aos cuidados de saúde. As infecções associadas aos cuidados de saúde são um problema de saúde pública cuja incidência tem aumentando nos últimos anos. Em primeiro lugar é feita uma referência às IACS com maior prevalência em Portugal. As infecções mais frequentes são a pneumonia associada ao ventilador, a infecção do trato urinário associado ao cateter, a infecção do local cirúrgico e a infecção da corrente sanguinea associada a cateter. O aparecimento destas é favorecido pela utilização de dispositivos médicos, pelo facto de o doente apresentar co morbilidades, pela insuficiente lavagem das mãos por parte dos profissionais de saúde e através do grande consumo de AB. O consumo mundialmente excessivo de AB mundialmente nos últimos anos leva à pressão seletiva dos microrganismos favorecendo a multiplicação e disseminação de estirpes resistentes. O ECDC reporta que na europa morram 25 000 pessoas todos os anos devido às resistências bacterianas [1]. Desta forma deve ser feito um uso racional dos AB, deve-se usar AB cujo espetro de acção seja curto e deve, também, ser feita a identificação do microrganismo permitindo a adequação da terapêutica. Com a crescente preocupação do risco...

Evolução antropométrica e sintomas gastrointestinais em pacientes que receberam suplementos nutricionais ou nutrição enteral; Anthropometric evolution and gastrointestinal complaints in oral nutritional supplementation and enteral nutritional therapy

SICCHIERI, Juliana Maria Faccioli; UNAMUNO, Maria Do Rosário Del Lama de; MARCHINI, Júlio Sérgio; CUNHA, Selma Freire de Carvalho da
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.01%
OBJETIVO: Em pacientes hospitalizados, comparar a evolução de variáveis antropométricas e a ocorrência de efeitos adversos relacionados ao consumo de suplementos nutricionais e infusão de nutrição enteral. MÉTODOS: 10 pacientes que recebiam suplementos nutricionais (Grupo SN) e 20 em nutrição enteral (Grupo NE), pareados para o gênero, idade (50 ± 21 vs 49 ± 23 anos) e afecções de base foram submetidos à avaliação antropométrica ao início e término da terapêutica. Diariamente, foi aplicado um questionário semi-estruturado referente às queixas gastrointestinais. Determinaram-se as diferenças estatísticas obtidas entre o início e o final da terapêutica (teste t para amostras dependentes) e entre os grupos de estudo (teste t para amostras independentes). RESULTADOS: A circunferência muscular do braço aumentou nos pacientes do Grupo NE (80 ± 15 vs 85 ± 15% de adequação, p = 0,009) e diminuiu no Grupo SN (96 ± 14 vs 92 ± 14% de adequação, p = 0,04). Náuseas e vômitos foram mais frequentes no Grupo SN (60 vs 10%, p = 0,01) e as queixas relacionadas ao sabor dos produtos ocorreram em 30% dos casos. CONCLUSÃO: Os pacientes que receberam suplementos nutricionais apresentaram maior ocorrência de queixas gastrointestinais e evolução desfavorável dos parâmetros antropométricos. Os dados obtidos no estudo não evidenciam o benefício da suplementação nutricional de rotina em pacientes hospitalizados.; OBJECTIVE: To compare the evolution of anthropometric variables and the occurrence of adverse effects related to the ingestion of nutritional food supplements and enteral diet administration in hospitalized patients. METHODS: The study was performed in the Clinical Medicine wards of the Hospital of the School of Medicine of Ribeirão Preto...

Avaliação da eficácia e segurança do emprego do tramadol para analgesia em cães portadores de dor oncológica; Evaluation of effectiveness and security of the tramadol for the analgesia in dogs with oncologic pain

Flor, Patrícia Bonifacio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2006 PT
Relevância na Pesquisa
45.92%
O câncer é a maior causa de morbidade e mortalidade em animais idosos de companhia, sendo a dor o principal sintoma relatado no homem. Objetivou-se, neste estudo, avaliar o emprego do tramadol para analgesia em cães com dor oncológica. Foram avaliados cães com câncer no período de agosto de 2004 a março de 2006, encaminhados ao Grupo de Dor do Serviço de Anestesia. Incluiu-se no estudo cães que permaneceram no mínimo 15 dias em tratamento e que, no momento de instituição da terapêutica com o tramadol, apresentaram dor igual ou maior que 4, de acordo com Escala Numérica Verbal (ENV) quando já medicados com dipirona associada ou não a antiinflamatórios não esteroidais ou esteroidais há mais de 10 (dez) dias. Avaliou-se a dor com a ENV e o escore de qualidade de vida (QV) através de escala validada para cães (Yazbek; Fantoni, 2000). Foram avaliados para o estudo 130 animais com câncer, 53 machos e 77 fêmeas, dos quais 37 obedeceram aos critérios de inclusão para análise da terapia analgésica. De acordo com a avaliação dos proprietários, a média de dor dos animais avaliados pela da ENV no momento de instituição da terapêutica com o tramadol foi de 6,11 ± 1,81 e o escore de qualidade de vida foi 21,95 ± 5...

Terapêutica experimental com células mononucleares da medula óssea em modelo animal de enfisema pulmonar.; Experimental therapy with bone marrow mononuclear cells in animal model of pulmonary emphysema.

Faria, Carolina Arruda de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/10/2011 PT
Relevância na Pesquisa
45.77%
O enfisema pulmonar define-se como a destruição das paredes alveolares e consequente dispneia progressiva. Este trabalho objetivou a adequação de um modelo de transplante celular in vivo de BMMC em camundongos com enfisema pulmonar. O enfisema foi induzido por instilação nasal de elastase (4 UI por animal). O diâmetro alveolar médio para os grupos não tratados e tratados com elastase apresentou diferença estatisticamente significativa, e mudanças no padrão de expressão de metaloproteinases envolvidas no processo inflamatório foram detectadas, indicando que a instilação de uma dose de elastase promove lesão semelhante ao enfisema pulmonar. Infundiu-se 0,4ml de BMMC (7x106 céls./ml) nestes animais. No grupo tratado com células, detectou-se mudanças morfométricas e no padrão de expressão de metaloproteinases, indicando melhora na evolução da lesão pulmonar 21 dias após a infusão. Foram ainda avaliadas duas e três doses do pool de BMMC, porém os resultados das análises mostraram que não há diferenças entre estre grupos e os grupos controle.; Pulmonary emphysema is defined as the destruction of the alveolar walls and consequent progressive dyspnea. This study aimed the adequacy of a model of BMMC transplantation in vivo in mice with pulmonary emphysema. Emphysema was induced by nasal instillation of elastase (4 IU per animal). The mean linear intercept for the groups untreated and treated with elastase showed a statistically significant difference...

Contribuições do grupo terapêutico de abordagem gestáltica no tratamento do transtorno depressivo recorrente moderado a grave; The contribution of Gestalt Group Therapy to the treatment of recurrent moderate to severe major depression

Garini, Ana Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.02%
O objetivo do presente estudo foi avaliar preliminarmente a eficácia do grupo terapêutico de abordagem gestáltica no tratamento do Transtorno Depressivo Recorrente através da avaliação quantitativa dos sintomas depressivos, avaliação da qualidade de vida e adequação social. Foi um estudo aberto, exploratório, prospectivo, em pacientes que se encontravam em tratamento farmacológico para Transtorno Depressivo Recorrente, submetidos a dezesseis sessões de grupo terapêutico. Aplicou--se no início e no fim do tratamento: Entrevista Clínica Estruturada para o DSM-IV: Transtorno do Eixo I, 17-item Hamilton Depression Rating Scale, Medical Outcomes Study 36-item Short-Form Health Survey e Escala de Auto-Avaliação de Adequação Social. Sete pacientes terminaram as dezesseis semanas de tratamento. Observou-se melhora clínica em relação aos sintomas depressivos. Em relação à qualidade de vida, apresentaram melhora nos domínios da capacidade funcional; estado geral da saúde; saúde mental e dor. Perceberam-se inadequados em relação à adequação social, porém apresentaram indicadores clínicos de melhora após grupo terapêutico. Resultados sugerem que a participação no grupo terapêutico de abordagem gestáltica pode auxiliar na redução da sintomatologia depressiva...

Avaliação do impacto da criação de unidades centralizadas de preparação de nutrição parentérica no contexto hospitalar

Santos, António Paulo Morais de Almeida
Fonte: Porto : edição de autor Publicador: Porto : edição de autor
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
45.91%
Resumo da dissertação:A nutrição parentérica (NP) constituiu um grande avanço na área da terapêutica nutricional, ao permitir assegurar um suporte nutricional adequado a doentes com patologias em que até recentemente lhes era impossível fornecer esse suporte. É, no entanto, uma terapêutica relativamente dispendiosa, pelo que se deve ter também em atenção questões associadas ao custo da sua instituição. Paralelamente, as profundas alterações nos processos de gestão nas instituições de saúde Portuguesas, operadas com maior incidência nos últimos anos, têm colocado pressões na diminuição de custos e no aumento da eficácia e eficiência destas instituições. Estes argumentos apontam para a necessidade de se analisar e ponderar, quer do ponto de vista clínico, quer do ponto de vista económico, a escolha do melhor método de preparação e administração de NP. Assim, o presente trabalho tem como principal objectivo a comparação de custos das alternativas em NP, num hospital EPE direccionado para o tratamento do cancro – o Instituto Português de Oncologia do Porto Francisco Gentil EPE, dando importância a outros dois critérios, nomeadamente, qualidade e adequação às necessidades nutricionais de cada doente. Em oposição à actual preparação de NP nas enfermarias com incidência na utilização de bolsas padronizadas...

Caracterização do padrão de diagnóstico e tratamento da osteoporose em mulheres provenientes de um meio urbano e de um meio rural

Silva, Bárbara Maria Balão da
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
45.92%
Tese de mestrado, Farmacoterapia e Farmacoepidemiologia, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2013; INTRODUÇÃO: O agravamento do envelhecimento da população portuguesa tem vindo progressivamente a afectar a generalidade do território nacional e deixou de ser um fenómeno dos municípios do interior. O aumento do impacto de doenças como a osteoporose (OP) é uma consequência inevitável desta realidade. No entanto, existem dados que sugerem a existência de desigualdades regionais no que diz respeito à avaliação do padrão da doença nomeadamente no acesso ao tratamento e diagnóstico da mesma. A realização de um estudo descritivo que possa caracterizar e comparar estas diferenças numa população rural, versus uma população urbana pode ser relevante para o esclarecimento e consolidação destes dados e respectiva extrapolação para a realidade nacional actual. OBJECTIVO: O objectivo deste estudo consistiu na avaliação e análise de eventuais variações regionais no que diz respeito à probabilidade de acesso ao diagnóstico e tratamento da osteoporose. METODOLOGIA: Estudo observacional, transversal e descritivo. A amostra deste estudo é constituída por uma subpopulação de mulheres com diagnóstico de osteoporose...

Adequação da terapêutica no doente idoso em Portugal

Ferreira, Rute Isabel Lopes
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
106.22%
Tese de mestrado, Farmácia (Cuidados Farmacêuticos), Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2010; Introdução: A elevada prevalência de comorbilidades e polimedicação associada às alterações farmacocinéticas e farmacodinâmicas relacionadas com a idade, tornam o idoso mais susceptível a eventos adversos, daí que a terapêutica geriátrica exija cuidados acrescidos. Esta preocupação conduziu à criação de diversos instrumentos para a avaliação do uso de medicamentos inapropriados no idoso, sendo o Critério de Beers o mais frequentemente utilizado. Objectivos: Avaliar a adequação da terapêutica dos idosos portugueses seguidos em consultas de medicina geral e familiar, caracterizando a morbilidade e o seu perfil farmacoterapêutico. Métodos: Estudo descritivo transversal numa base de dados previamente facultada, a qual integra dados clínicos de 1011 idosos, com idade igual ou superior a 65 anos. Confronto do perfil de prescrição adoptado para as doenças mais prevalentes com as respectivas normas de orientação clínica. Avaliação dos medicamentos potencialmente inapropriados, de acordo com os critérios de Beers operacionalizados para Portugal. Resultados: Cerca de 8% dos doentes idosos tinham pelo menos cinco doenças diagnosticadas e quase 25% apresentavam polimedicação major...

Tromboembolismo venoso associado à contracepção hormonal combinada :

Batarda, Marisa Alexandra Rodrigues Soares
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2010 POR
Relevância na Pesquisa
45.99%
Introdução: A contracepção hormonal combinada (CHC) foi introduzida no fim da década de 50 e ainda no início da década de 60 foram descritos casos de tromboembolismo venoso (TEV) associados ao uso de CHC. Em 2003 a Organização Mundial de Saúde (OMS) desenvolveu uma lista de recomendações para a adequação da prescrição de CHC ao perfil individual de risco de TEV, com vista a diminuir a sua ocorrência e consequências. Objectivo: Avaliar a adequação da prescrição da CHC ao perfil individual de risco de TEV. Métodos: Realizaram-se dois estudos descritivos em paralelo. Um estudo incluiu 50 mulheres em idade fértil que faziam terapêutica de CHC, entrevistadas para avaliação do seu perfil de risco de TEV, de acordo com a OMS. O outro estudo, do tipo “série de casos”, incluiu todas as doentes do sexo feminino internadas no Centro Hospitalar da Cova da Beira (CHCB) entre 01 de Julho de 2008 a 30 de Junho de 2009, com o diagnóstico clínico de TEV, para avaliar a história de exposição a factores de risco de TEV, nomeadamente CHC. Resultados: Das 50 entrevistadas que faziam CHC, 35 (70,0%) apresentavam factores de risco de TEV. Destas, 10 (20,0%) possuíam um perfil de risco de TEV classificado nas categorias 3 ou 4 da OMS. Quando questionadas sobre o conhecimento dos diversos factores de risco de TEV associados ao uso de CHC...

Pancreatite aguda : estratificação de risco

Condado, Daniana Alexandra Sirgado de Alpoim
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2012 POR
Relevância na Pesquisa
45.8%
A pancreatite aguda é definida como uma condição inflamatória aguda do pâncreas, com acometimento variável das estruturas peripancreáticas e órgãos a distância, cuja génese depende da autodigestão do seu parênquima pelas próprias enzimas pancreáticas. Representa uma das principais causas de internamento em unidades de cuidados intensivos de gastroenterologia. A sua incidência varia nos diferentes países e depende da etiologia. A sua patogénese ainda não está completamente esclarecida, mas conhecem-se múltiplas condições predisponentes. A severidade é variável, podendo apresentar-se de forma autolimitada até evolução para falência de múltiplos órgãos e sistemas, sepsis e morte. Na maioria dos casos as apresentações são brandas e tratadas com suporte clínico. Já nos casos mais graves, comporta-se como doença multissistémica e leva a síndrome da resposta inflamatória, com alta letalidade, sendo necessário cuidado especializado e intervenção cirúrgica. Existem critérios de gravidade cientificamente validados e é neles que se deve basear a abordagem clínica, com a adequação da terapêutica a cada caso individual. No presente artigo pretende-se fazer uma revisão da literatura em relação às diferentes vertentes da patologia...

Correlação entre os índices de necrose e a estabilização precoce nas fraturas da extremidade proximal do fêmur na infância

Astur,Diego da Costa; Arliani,Gustavo Gonçalves; Nascimento,Carolina Lins e Silva; Blumetti,Francesco Camara; Fonseca,Marcio José Alher; Dobashi,Eiffel Tsuyoshi; Pinto,José Antonio; Ishida,Akira
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
45.91%
OBJETIVO: Desenvolvemos este trabalho, com o intuito de avaliar o resultado do tratamento de pacientes portadores de fraturas do fêmur proximal, em uma série de casos. Procuramos observar a influência das complicações mais prevalentes nos resultados finais após o mínimo de dois anos de seguimento. Correlacionamos especialmente a instalação da necrose avascular e o tempo entre o acidente e a instituição da terapêutica. MÉTODOS: Estudamos, retrospectivamente, 29 pacientes com fraturas da extremidade proximal do fêmur, com idade inferior a 14 anos entre 1988 e 2007. Analisamos as seguintes variáveis: sexo, idade, mecanismo de trauma, classificação da fratura (Delbet), tratamento realizado, complicações (pseudartrose, deformidade em varo, anisomelia e necrose avascular), tempo para cirurgia e resultado (Ratliff). Obtivemos uma análise descritiva individual de cada variável. Os testes foram utilizados de acordo com a adequação das premissas de normalidade e para avaliação utilizamos o teste exato de Fisher. RESULTADOS: Obtivemos cinco (17,2%) pacientes com necrose avascular sendo três (60,0%) com idade superior a 10 anos; 73,3% dos pacientes tratados nas primeiras 24 horas apresentaram bons resultados; a causa mais comum de fratura foi acidente automobilístico (44...

Evolução antropométrica e sintomas gastrointestinais em pacientes que receberam suplementos nutricionais ou nutrição enteral

Sicchieri,Juliana Maria Faccioli; Unamuno,Maria Do Rosário Del Lama de; Marchini,Júlio Sérgio; Cunha,Selma Freire de Carvalho da
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.01%
OBJETIVO: Em pacientes hospitalizados, comparar a evolução de variáveis antropométricas e a ocorrência de efeitos adversos relacionados ao consumo de suplementos nutricionais e infusão de nutrição enteral. MÉTODOS: 10 pacientes que recebiam suplementos nutricionais (Grupo SN) e 20 em nutrição enteral (Grupo NE), pareados para o gênero, idade (50 ± 21 vs 49 ± 23 anos) e afecções de base foram submetidos à avaliação antropométrica ao início e término da terapêutica. Diariamente, foi aplicado um questionário semi-estruturado referente às queixas gastrointestinais. Determinaram-se as diferenças estatísticas obtidas entre o início e o final da terapêutica (teste t para amostras dependentes) e entre os grupos de estudo (teste t para amostras independentes). RESULTADOS: A circunferência muscular do braço aumentou nos pacientes do Grupo NE (80 ± 15 vs 85 ± 15% de adequação, p = 0,009) e diminuiu no Grupo SN (96 ± 14 vs 92 ± 14% de adequação, p = 0,04). Náuseas e vômitos foram mais frequentes no Grupo SN (60 vs 10%, p = 0,01) e as queixas relacionadas ao sabor dos produtos ocorreram em 30% dos casos. CONCLUSÃO: Os pacientes que receberam suplementos nutricionais apresentaram maior ocorrência de queixas gastrointestinais e evolução desfavorável dos parâmetros antropométricos. Os dados obtidos no estudo não evidenciam o benefício da suplementação nutricional de rotina em pacientes hospitalizados.

Anticoagulação oral em pacientes com fibrilação atrial: das diretrizes à prática clínica

Macedo,Paula Gonçalves; Ferreira Neto,Eustáquio; Silva,Bruno Toscani da; Barreto Filho,José Roberto; Maia,Henrique; Novakoski,Clarissa; Zanatta,André; Oliveira,Edna Marques de; Rocha,Jairo Macedo da; Seixas,Tamer Najar; Peres,Ayrton Klier; Leite,Luiz
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46%
OBJETIVO: Apesar da anticoagulação oral (ACO) ter benefício comprovado em pacientes com fibrilação atrial (FA) e fatores de risco embólico, ela vem sendo subutilizada. O objetivo desse estudo foi avaliar a adequação da terapêutica anticoagulante em pacientes com FA acompanhados em clínica especializada em cardiologia, privada, de acordo com as diretrizes das sociedades americana e europeia de cardiologia de 2006 e a diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) de 2003. MÉTODOS: No período de novembro/2005 a agosto/2006 foram avaliados 7.486 eletrocardiogramas e selecionados 53 pts com laudo de FA e informações claras relatadas em prontuário sobre fatores de risco embólico e terapêutica de ACO. RESULTADOS: Dentre os 53 pacientes incluídos (68±16 anos; 29 homens - 55%), 25 (48%) tinham HAS, 20 (38%) insuficiência cardíaca e 3 (6%) DM. Dentre os 15 pacientes com alto risco embólico, 13 (86%) estavam em uso de ACO. De acordo com a recomendação das diretrizes americana e europeia: 32 (60%) pacientes tinham indicação Classe I, 17 (32%) Classe IIa, 1 (2%) Classe IIb e 3 (6%) Classe III. Estavam adequadamente tratados 21 (66%) pacientes da Classe I e 13 (76%) pacientes Classe IIa. Nesse subgrupo, 7/19 (37%) pacientes com idade >75 anos estavam sendo anticoagulados...

Avaliação da assistência ao paciente asmático no Sistema Único de Saúde

Silveira,Carla Discacciati; Araújo,Flávia de Barros; Pereira,Luiz Fernando Ferreira; Corrêa,Ricardo de Amorim
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
45.77%
OBJETIVO: Verificar a adequação da assistência médica prestada a pacientes asmáticos do Sistema Único de Saúde de acordo com diretrizes internacionais para o manejo da asma. MÉTODOS: Estudo transversal, incluindo pacientes com suspeita de asma e encaminhados para o Serviço de Pneumologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais entre novembro de 2006 e outubro de 2007. RESULTADOS: Foram incluídos 102 pacientes, e 70 confirmados como asmáticos. A assistência médica anterior foi considerada adequada em 18,6% dos pacientes; 50,0% dos asmáticos já haviam realizado espirometria previamente e 34,3%, manobra de PFE. A medicação mais utilizada foi o β2-agonista de curta duração (90,3%). CONCLUSÕES: Os resultados indicam que o manejo de pacientes asmáticos pela maioria dos médicos não-especialistas do sistema público de saúde está em desacordo com as diretrizes, sendo necessários programas de educação médica continuada, priorizando o nível de atenção primária.

Análise da referenciação ao Serviço de Urgência Pediátrico

Carvalho, Isabel; Ferreira, Graça; Vilarinho, António
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pediatria Publicador: Sociedade Portuguesa de Pediatria
Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.07%
Contexto. Nos Serviços de Urgência Pediátricos, os doentes referenciados por outros profissionais de saúde representam uma proporção importante dos atendimentos diários. Actuação coordenada entre os cuidados de saúde primários e secundários permitiria uma melhor assistência à população e racionalização dos recursos de saúde.Objectivos. Identificar os motivos e a adequação da referenciação de crianças ao Serviço de Urgência, quais as atitudes em meio hospitalar após a sua observação clínica.Metodologia. Estudo descritivo transversal, com componente analítico, das crianças referenciadas à Urgência de Pediatria, nos dias úteis das 08:00 às 24:00, no período de Fevereiro a Julho de 2003. A referenciação foi considerada adequada caso se verificasse algum dos seguintes critérios: necessidade de realização de exames, necessidade de observação por outra especialidade, terapêutica no Serviço de Urgência ou necessidade de internamento.Resultados. A amostra obtida foi de 132 crianças, das quais 25% foram referenciadas por falta de capacidade de atendimento no Centro de Saúde. Areferenciação pelos Centros de Saúde (65%) ocorreu principalmente no período das 12:00 às 20:00 (60%). O principal motivo de envio foi a sintomatologia respiratória (28...

Avaliação da terapêutica potencialmente inapropriada no doente geriátrico

Soares, Maria Augusta, 1949-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
56.2%
Tese de doutoramento, Farmácia (Fármaco-epidemiologia), Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2009; O envelhecimento associa-se à polimedicação e consequente risco de redução de segurança da terapêutica nos doentes geriátricos. O objectivo deste trabalho foi analisar e caracterizar o perfil farmacoterapêutico de doentes geriátricos, a sua adequação e segurança. Efectuou-se uma revisão sistemática sobre a utilização de Critérios de prescrição de medicamentos potencialmente inapropriados (MPI), a operacionalização dos critérios de Beers de 2002 face aos medicamentos registados em Portugal e avaliação do perfil terapêutico baseada nos dados de um inquérito a 570 doentes de Farmácias da grande Lisboa. A MPI avaliou-se pelos critérios de Beers de 2002, Zhan e McLeod. As contra-indicações avaliaram-se pelo sistema informático de farmácias (SIF), a adequação da terapêutica pelo Medication Appropriateness Index (MAI), a adesão à terapêutica pela Medida de Adesão à Terapêutica (MAT) e a sua complexidade pelo Medication Regimen Complexity Regimen (MRCI). A revisão sistemática dos 10 estudos incluídos observou uma prevalência elevada de MPI e os critérios mais frequentemente utilizados foram os de Beers. Da operacionalização de Beers-2002...

Lidar com o sofrimento em Fisioterapia: a experiência formativa na ESTSP-IPP

Barreto, João Francisco; Dores, Artemisa Rocha
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto; CEPO; Universidade do Porto. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação; Universidade do Porto. Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto; CEPO; Universidade do Porto. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação; Universidade do Porto. Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar
Tipo: Outros
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.02%
A comunicação e a relação terapêutica são reconhecidamente domínios de competência dos profissionais de saúde cujas funções impliquem o contacto com doentes (Corney, 2000; Grilo & Pedro, 2005; Pio Abreu, 1998). Além do seu papel determinante na adesão terapêutica, a qualidade da comunicação e da relação terapêutica estabelecida tem particular impacto no sofrimento da pessoa, tomado como constructo multidimensional (McIntyre, 2004). Tradicionalmente descurados na formação académica, estes temas tendem actualmente a ganhar expressão nos currículos, para o que contribuíram, no espaço europeu, as recomendações para a adequação a Bolonha (Lopes, 2004). Neste trabalho, descrevemos a metodologia de formação adoptada para estes domínios na licenciatura em Fisioterapia da ESTSP-IPP, a funcionar segundo o modelo pedagógico designado Problem-Based Learning (Walsh, 2005; Macedo, 2009). Além dos conhecimentos disseminados ao longo de toda a estrutura curricular, temas como a comunicação (Watzlawick, Bavelas & Jackson, 1967/1993), a escuta activa (Gordon & Edwards, 1997), a relação terapêutica (Rogers, 1957/1992, 1980, 1985), as competências e microcompetências/técnicas de atendimento e de observação (Ivey...

Pancreatite aguda : estratificação de risco

Condado, Daniana Alexandra Sirgado de Alpoim
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2012 POR
Relevância na Pesquisa
45.8%
A pancreatite aguda é definida como uma condição inflamatória aguda do pâncreas, com acometimento variável das estruturas peripancreáticas e órgãos a distância, cuja génese depende da autodigestão do seu parênquima pelas próprias enzimas pancreáticas. Representa uma das principais causas de internamento em unidades de cuidados intensivos de gastroenterologia. A sua incidência varia nos diferentes países e depende da etiologia. A sua patogénese ainda não está completamente esclarecida, mas conhecem-se múltiplas condições predisponentes. A severidade é variável, podendo apresentar-se de forma autolimitada até evolução para falência de múltiplos órgãos e sistemas, sepsis e morte. Na maioria dos casos as apresentações são brandas e tratadas com suporte clínico. Já nos casos mais graves, comporta-se como doença multissistémica e leva a síndrome da resposta inflamatória, com alta letalidade, sendo necessário cuidado especializado e intervenção cirúrgica. Existem critérios de gravidade cientificamente validados e é neles que se deve basear a abordagem clínica, com a adequação da terapêutica a cada caso individual. No presente artigo pretende-se fazer uma revisão da literatura em relação às diferentes vertentes da patologia...

Tromboembolismo venoso associado à contracepção hormonal combinada :; prescrição adequada ao risco individual?

Batarda, Marisa Alexandra Rodrigues Soares
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2010 POR
Relevância na Pesquisa
45.99%
Introdução: A contracepção hormonal combinada (CHC) foi introduzida no fim da década de 50 e ainda no início da década de 60 foram descritos casos de tromboembolismo venoso (TEV) associados ao uso de CHC. Em 2003 a Organização Mundial de Saúde (OMS) desenvolveu uma lista de recomendações para a adequação da prescrição de CHC ao perfil individual de risco de TEV, com vista a diminuir a sua ocorrência e consequências. Objectivo: Avaliar a adequação da prescrição da CHC ao perfil individual de risco de TEV. Métodos: Realizaram-se dois estudos descritivos em paralelo. Um estudo incluiu 50 mulheres em idade fértil que faziam terapêutica de CHC, entrevistadas para avaliação do seu perfil de risco de TEV, de acordo com a OMS. O outro estudo, do tipo “série de casos”, incluiu todas as doentes do sexo feminino internadas no Centro Hospitalar da Cova da Beira (CHCB) entre 01 de Julho de 2008 a 30 de Junho de 2009, com o diagnóstico clínico de TEV, para avaliar a história de exposição a factores de risco de TEV, nomeadamente CHC. Resultados: Das 50 entrevistadas que faziam CHC, 35 (70,0%) apresentavam factores de risco de TEV. Destas, 10 (20,0%) possuíam um perfil de risco de TEV classificado nas categorias 3 ou 4 da OMS. Quando questionadas sobre o conhecimento dos diversos factores de risco de TEV associados ao uso de CHC...

Adequação da alimentação ao perfil dos dependentes químicos em uma comunidade terapêutica: um estudo de caso; Adecuación de la alimentación al perfil de los adictos en una comunidad terapéutica: un estudio de caso; Adequacy of nutrition to chemical dependents' profile in a therapeutic community: a case study

Teo, Carla Rosane Paz Arruda; Baldissera, Luana; Rech, Francielle Rodrigues da Fonseca
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2011 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
56.14%
Objetivou-se avaliar a adequação da alimentação ao perfil dos dependentes institucionalizados em uma comunidade terapêutica. Os dependentes (33) responderam questionário semiestruturado para identificação do perfil e tiveram peso e altura aferidos. Foram avaliados 56 cardápios almoço. Constatou-se baixo nível socioeconômico (66,7%), baixa escolaridade (42,4%), abuso de álcool (93,9%) e excesso de peso (45,5%). Os cardápios almoço foram ricos em folhosos (75%), legumes (57%), frutas (82,1%), apresentando também elevado índice de carboidratos complexos (44,6%) e frituras (35,7%). Concluiu-se que a alimentação na instituição contribui para o excesso de peso, reforçando-se a importância da inserção do profissional nutricionista na equipe terapêutica da dependência química.; El objetivo fue evaluar la adecuación de la alimentación en una comunidad terapéutica al perfil de los adictos. Dependientes (33) respondieron a un cuestionario de perfil; peso y altura fueron medidos. Se evaluaron 56 menús de almuerzo. Se encontró bajo nivel socioeconómico (66,7%) y educativo (42,4%), abuso de alcohol (93,9%), sobrepeso (45,5%). Los menús fueron ricos en verduras (75,0%), hortalizas (57,0%), frutas (82,1%), con altos niveles de hidratos de carbono complejos (44...