Página 1 dos resultados de 81 itens digitais encontrados em 0.064 segundos

Expressão musical em atividades de enriquecimento curricular : estudo exploratório no Centro Escolar de Nossa Senhora do Pópulo

Machado, Maria João Calapez de Albuquerque Veloso
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
126.13%
Dissertação de Mestrado em Arte e Educação apresentada à Universidade Aberta; A criação das Atividades de Enriquecimento Curricular de Música (AECM), em 2006, proporcionou condições para que um elevado número de escolas públicas do 1º ciclo oferecessem atividades neste âmbito. Este estudo circunscreveu-se ao Centro Escolar de Nossa Senhora do Pópulo, concelho de Caldas da Rainha, durante o seu primeiro ano de funcionamento, em 2009. Ele aborda uma experiência no âmbito das AECM. Baseado numa ação-investigação de caráter exploratório o estudo pretende contribuir para uma maior compreensão sobre as estratégias de melhoria do ensino da música no 1º ciclo, partindo de práticas pedagógicas interligadas com os projetos escola e com o processo de inclusão dos alunos a uma nova realidade escolar. Eis a questão que orientou a nossa pesquisa: - Quais são os contributos da música no 1º ciclo, no que diz respeito ao enriquecimento das práticas pedagógicas, aos projetos de escola e à integração dos alunos ao seu novo espaço no Centro Escolar de Nossa Senhora do Pópulo? O estudo está dividido em dois níveis, atendendo ao facto de sermos também coordenadora das AECM. O primeiro nível traduz-se no envolvimento dos professores das AECM na prática do ensino/aprendizagem da música. Num segundo nível pretendemos identificar como um projeto de expressão musical pode ter um papel inclusivo e integrador num espaço escolar novo. O trabalho empírico em que foi delineada a investigação-ação assenta numa metodologia qualitativa com características de uma abordagem exploratória. Na recolha de dados usados salientamos a análise de documentos...

A música nas actividades de enriquecimento curricular nos concelhos de Viana do Castelo e Paredes de Coura : 2006/07 - 2011/12 : um projecto pedagógico : relatório reflexivo de actividade profissional

Martins, Maria Fernanda Pestana Mourão
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 28/01/2013 POR
Relevância na Pesquisa
116.14%
Este relatório é uma reflexão sobre um Projecto de Intervenção implementado na Música das Actividades de Enriquecimento Curricular nos Concelhos de Viana do Castelo e Paredes de Coura entre os anos lectivo de 2006/07 até 2011/12. É uma proposta de organização que propõe encontrar soluções para algumas das dificuldades encontradas na implementação da Educação Musical no 1º ciclo Ensino Básico (EB) fora do currículo, visando facilitar a sua implementação.

Actividades de enriquecimento curricular no 1º CEB : estudo de caso

Santos, Ângelo Manuel de Carvalho
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
116.16%
O Programa de Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) no 1.º Ciclo do Ensino Básico inicia-se no ano lectivo de 2005/2006 com a introdução da actividade de Inglês nos 3.º e 4.º anos de escolaridade. Nos anos seguintes este programa foi sofrendo alterações, aumentando e diversificando o número de actividades, alargando-se, consequentemente, o tempo de funcionamento das actividades no âmbito da chamada “Escola a Tempo Inteiro”. Todavia, o programa não tem conseguido angariar opiniões consensuais quanto à pertinência e adequação pedagógica, dado, por exemplo, os riscos de “hiperescolarização”, tal como não tem conseguido corresponder a algumas das expectativas criadas em termos da qualidade da realização das actividades e do enquadramento dos docentes a trabalhar neste âmbito. É, assim, objectivo deste trabalho recolher e analisar um conjunto de informações, quer quanto à própria concepção do modelo quer quanto à gestão e desenvolvimento das AEC, na opinião dos encarregados de educação, dos docentes titulares de turma e dos docentes das AEC, no decorrer desta quarta edição do programa (2008/2009). Para o efeito, foi aplicado um inquérito por questionário a estes três universos onde se patenteiam os aspectos que a pesquisa sobre a temática atesta como de maior dificuldade e controvérsia na implementação do programa. Os resultados evidenciam o interesse das actividades propostas nas AEC na formação dos alunos e a inadequação dos espaços disponibilizados para o desenvolvimento das actividades...

Visitas de estudo virtuais : como actividades de enriquecimento curricular em ciências naturais (7º ano)

Reis, Catarina Nabais da Costa
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
116.2%
O presente trabalho procura analisar a importância e pertinência das visitas de estudo virtuais, como actividades de enriquecimento curricular, nas geociências. Pretende reflectir sobre a natureza inclusiva deste tipo de actividades, na sua componente didáctica, social e económica e estabelecer uma interligação entre as potencialidades da multimédia, das novas tecnologias da informação e comunicação e os conteúdos programáticos previstos no programa curricular da disciplina de Ciências Naturais, no 3º ciclo, de forma a compreender as mais valias que essas ferramentas e/ou serviços podem aportar para as aprendizagens dos alunos nesse contexto ABSTRACT: The present study aims to analyse the importance and relevance of virtual field trips as an enrichment curricular activity in geosciences area. It intends to reflect about the inclusive nature of this type of activities, from different perspectives, such as didactic, social and economic views. It also intends to establish an interconnection between the potentialities of the multimedia, the new technologies of information and communication and the scholar programs foreseen in Portuguese Nature Science’s curricular program, for the 3rd school circle, in order to understand the added value that these tools and/or services can bring to the pupil’s learning skills.; Mestrado em Multimédia em Educação

Actividades de enriquecimento curricular no 1º Ciclo do Ensino Básico: um olhar sobre a avaliação

Neves, Rui
Fonte: Universidade de Aveiro, Centro de Investigação em Didáctica e Tecnologia na Formação de Formadores Publicador: Universidade de Aveiro, Centro de Investigação em Didáctica e Tecnologia na Formação de Formadores
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
136.21%
Este texto centrado sobre as Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) na escola do 1º Ciclo do Ensino Básico (CEB) pretende reflectir sobre os desafios da avaliação nesta componente educativa em generalização neste nível de ensino. Para isso, são previamente enquadradas questões conceptuais das AEC no actual contexto da realidade das escolas e equacionadas a natureza, o papel e características da sua avaliação contextualizada. Tendo como ponto de partida o enquadramento legislativo das AEC, são utilizados dados identificados em vários relatórios nacionais e internacionais, bem como relatos de realidades locais que ilustram as suas práticas educativas. Decorrente destas reflexões, são enunciados princípios e propostas de equacionar e operacionalizar a avaliação nas e das AEC na escola do 1º CEB.; The present text, focussing on Curricular Enrichment Activities (CEA) in primary education, aims at reflecting about the assessment challenges of this educational component that is under generalisation in this level of teaching. For that purpose we first discuss the conceptual issues of CEA within the present context of the reality of schools and equate the nature, role and characteristics of their contextualised assessment. Taking the legislative background of CEA as a starting point we will use data identified in various national and international reports as well as local reality testimonies that illustrate CEA educational practices. From these reflections we offer principles and proposals with a view to equating and performing assessment in and of CEA in primary education schools.; Cet article a pour but de réfléchir sur l’évaluation des Activités Extra-Curriculaires (AEC) dans le cadre de l’enseignement primaire. On analyse...

Supervisão das actividades de enriquecimento curricular: perspectivas e práticas dos actores educativos

Dias, Glória do Carmo da Costa Canastra
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
136.39%
A implementação das Actividades de Enriquecimento Curricular, introduziu mudanças no funcionamento e na organização das escolas. Implicou, a assunção de novas funções, por parte dos Professores Titulares de Turma, a Supervisão. Com este estudo, pretende-se caracterizar, analisar e compreender o papel do Professor Titular de Turma, no acompanhamento e supervisão destas Actividades, identificando em que medida o seu desenvolvimento introduziu mudanças no seu trabalho. Procura-se, ainda, conhecer a articulação existente entre a componente curricular e as Actividades de Enriquecimento Curricular, ao nível da planificação, supervisão e avaliação. Para a realização deste estudo, adoptou-se como estratégia de investigação o estudo de caso, de natureza exploratória. Recorreu-se a uma metodologia de cariz essencialmente qualitativa. Os dados foram obtidos a partir das entrevistas realizadas ao Coordenador de Departamento e aos Coordenadores de Escola e dos questionários aplicados aos Professores Titulares de Turma e aos Professores das Actividades de Enriquecimento Curricular. O desenvolvimento das Actividades de Enriquecimento Curricular, pressupõe um novo modelo de organização escolar em que a relação com os parceiros...

Actividades de enriquecimento curricular (AEC): o programa de generalização enquanto instrumento de regulação das políticas e dos actores

Pires, Carlos
Fonte: Escola Superior de Educação de Lisboa Publicador: Escola Superior de Educação de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
136.18%
Partindo da importância do papel dos actores públicos e privados na definição das políticas públicas de educação, procuramos desocultar e evidenciar o modo como são organizadas as interacções em função do “Programa de Generalização das Actividades de Enriquecimento Curricular”, entendido aqui como um “instrumento de acção pública”, em relação ao qual se procura escrutinar os seus objectivos, as suas características normativas e coercivas e problematizar as suas fases de desenvolvimento no decurso das quais se colocam em evidência traços de reconfiguração do papel do Estado na gestão das políticas públicas de educação.

O “Programa de Generalização das Actividades de Enriquecimento Curricular” como instrumento de regulação da política educativa

Pires, Carlos
Fonte: Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação / Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação / Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /04/2009 POR
Relevância na Pesquisa
136.18%
A partir de uma abordagem pela “análise das políticas públicas”problema público, tendo como fonte os textos e os discursos oficiais do Governo e de outros actores, pretende-se ensaiar um quadro explicativo para a génese das medidas de generalização do alargamento do horário das escolas do 1.º ciclo e das actividades de enriquecimento curricular (AEC), procurando desocultar as situações problemáticas que lhes estão subjacentes e justificar a sua “entrada” na “agenda política”. Neste processo releva-se o papel dos actores enquanto “empreendedores”, na definição das políticas públicas de educação. Focusing on the public policy analysis, a framework to explain the genesis of the generalization of the extension of school day and curriculum enrichment activities (CEA) in primary schools (1st Cycle) is provided, trying to make clear the problems underneath, as well as to justify their ‘entry’ in the ‘policy agenda’. The inquiry is based on the texts and discourse of government and other stakeholders. In this process the actors’ role is emphasized as "entrepreneurs" in the definition of the public policies for education

Actividades de enriquecimento curricular: Que contributo na construção e desenvolvimento de uma Política Educativa Local? Estudo de caso numa Autarquia da Área Metropolitana de Lisboa.

Pepe, Dora Isabel Sim Sim Nunes
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 28/02/2012 POR
Relevância na Pesquisa
136.4%
A presente investigação integra-se no âmbito da Administração da Educação e, em particular, na transferência de competências do poder central, para o poder local, considerando as Autarquias como as entidades politicamente credíveis e localmente sustentadas na implementação das Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC), nas escolas de 1º CEB. Esta medida legislativa publicada em 2006, enquadra-se no contexto da política Escola a Tempo Inteiro e poderá anunciar a capacidade que as Autarquias têm para definir um espaço político próprio, integrado com vários actores locais, susceptível de dinamizar uma Política Educativa Local. Assim, pretendeu-se com este estudo de caso qualitativo compreender de que forma é que a intervenção de uma Autarquia, na gestão e implementação das Actividades de Enriquecimento Curricular contribuiu para a construção e desenvolvimento de uma Política Educativa Local. Do ponto de vista metodológico, foi utilizado um conjunto de técnicas de recolha de dados, nomeadamente, análise documental, inquérito por questionário e por entrevista e a discussão dos resultados poderá ser lid em função da intervenção educativa da Autarquia nas escolas de 1º Ciclo do Ensino Básico...

As actividades de enriquecimento curricular e a dislexia: contributo para uma intervenção sinérgica

Cruz, Ana Paula do Nascimento
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
106.25%
67, [25] p.; A Dislexia é uma Dificuldade de Aprendizagem Específica da leitura, com repercussões claras na escrita, cujas características conduzem a efeitos nefastos naquilo que se pretende que seja o sucesso escolar, pessoal, social e profissional das crianças que a possuem. Consideramos que esta dificuldade é, pelas características que exibe e pelas consequências devastadoras que pode originar, uma preocupação educativa e, enquanto tal, merecedora da atenção e de medidas de intervenção diferenciadas da parte do poder político, da escola, e das leis que a regem. São estas, em conjunto com as práticas nos vários contextos educativos, que decidem, pelo que facultam ou pelo que obstaculizam, o percurso de vida das crianças com Dislexia. Partimos dos conceitos de territorialização da educação, autonomia escolar e de práticas de flexibilização curricular, para procurar responder, através de procedimentos metodológicos, concordantes com o Novo Paradigma de Investigação, Qual o contributo das Actividades de Enriquecimento Curricular na intervenção diferenciada de crianças com Dislexia. Identificar possíveis factores inibidores de um eventual contributo, é ainda um objectivo deste estudo. Este estudo levou-nos a concluir a inexistência de práticas diferenciadoras no referente à Dislexia. Há uma constelação de factores que parece inibir essa intervenção. Inserir as Actividades de Enriquecimento Curricular nos documentos orientadores de uma escola ou agrupamento – o Projecto Educativo de Escola...

Implementação de um Sistema Organizativo: As Actividades de Enriquecimento Curricular numa Escola Actual

Pinto, Maria Joana Teixeira; Figueiredo, Óscar Manuel da Fonseca
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
106.23%
58 f.; O presente trabalho insere-se na Pós-graduação de Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores, na disciplina de Projecto de Investigação. Neste trabalho propusemo-nos a desenvolver um estudo de investigação sobre o funcionamento das Actividades de Enriquecimento Curricular, a sua articulação com a escola, o desempenho académico e motivação dos alunos. Participaram no estudo 230 alunos de ambos os sexos e com idades compreendidas entre os seis e os doze anos, a frequentar o 1º Ciclo do Ensino Básico e, os seus Encarregados de Educação. Foi realizado em duas Escolas do 1.º Ciclo do grande Porto, com algumas características diferentes, no que diz respeito, ao nível sociocultural e económico. No entanto, sentimos a necessidade de melhorar o processo de desenvolvimento e aplicação das Actividades de Enriquecimento Curricular trazendo à realidade um modelo possível de implementação das Actividades, com a apresentação de diversos instrumentos e ferramentas, fornecendo dados relevantes sobre a sua implementação.

Promover a criatividade e o conhecimento da cultura local nas actividades de enriquecimento curricular

Silva, Laura Isabel Rosado
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
116.27%
Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia da Educação e da Orientação), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2009; A presente investigação foi realizada no sentido de compreender como se pode promover a criatividade e o conhecimento da cultura local nas Actividades de Enriquecimento Curricular (A.E.C.) Trata-se de um estudo de caso (N=10, estudantes do 4.º ano de Escolaridade do 1.º Ciclo do Ensino Básico que frequentavam em simultâneo a Actividade Física e Desportiva e o Ensino da Música das A.E.C.), com 10 sessões de intervenção de 50 minutos cada, envolvendo uma avaliação pré e pós-teste. A intervenção baseou-se em modelos teóricos que fundamentam e dimensionam quer a criatividade, particularmente, como promover climas criativos em sala de aula; quer a construção de uma identidade cultural positiva. Ambas as avaliações da intervenção, pré e pós-teste, contemplaram três instrumentos formais de avaliação: um teste de criatividade (Torrance Test of Creative Thinking Teste 2 e Teste 3), uma grelha de verificação da identificação de elementos do património natural e cultural e uma composição sobre a vila onde o estudo foi implementado. Encontraram-se efeitos positivos...

Uma avaliação da supervisão e da articulação pedagógica no âmbito das actividades de enriquecimento curricular no 1º ciclo do ensino básico

Santos, Sofia Margarida Mourão dos, 1984-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
116.19%
Relatório de estágio de mestrado, Ciências da Educação (Avaliação em Educação), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2010; Uma das tarefas que mais realizamos no nosso dia-a-dia é avaliar, nos seus mais variados sentidos. Seja de acordo com as necessidades, possibilidades e desejos, fazemos escolhas ou tomamos decisões, caracterizando o que denominamos de uma avaliação informal. Esta é a avaliação que fazemos, quase que automaticamente, mas existe outro tipo de avaliação - avaliação formal ou sistemática - que é regulamentada por outros dados. Ela exige objectivos e critérios bem definidos e está direccionada para um processo ou um resultado de uma situação, actividade ou um dado específico. Esta é a avaliação que permite avaliar a qualidade e os resultados de um programa. O trabalho apresentado é um relatório de estágio desenvolvido na Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular (DGIDC) e encaminhou-se, fundamentalmente, no propósito de fazer uma avaliação ao programa das Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC). A natureza do problema e as finalidades deste estudo de avaliação decorreram do facto de ser imprescindível conhecer a realidade do exercício de supervisão...

Análise das necessidades de formação dos professores de inglês das actividades de enriquecimento curricular

Montenegro, Monique, 1986-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
116.27%
Tese de mestrado, Ciências da Educação (Formação de Professores), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2010; Este trabalho teve como foco privilegiado o estudo das necessidades de formação dos professores de Inglês nas Actividades de Enriquecimento Curricular. Procuramos apreender o mundo subjetivo das dificuldades vividas, dos desejos e dos interesses de mudança e desenvolvimento de sete professoras de Inglês do 1º Ciclo. Procuramos ainda conhecer as concepções que os professores têm acerca das Actividades de Enriquecimento Curricular e as representações sobre a formação recebida e desejada nesta área. Desenvolvemos um estudo exploratório, de natureza qualitativa e que teve como base metodológica de recolha de dados a entrevista semi diretiva, realizada com sete professoras, de dois agrupamentos da cidade de Lisboa, que lecionam Inglês dentro da política curricular das AEC. Os resultados a que chegamos neste estudo evidenciaram áreas problemáticas vividas pelos entrevistados nas suas atividades profissionais, permitindo satisfazer o nosso objetivo inicial, bem como refletir sobre o contributo da análise de necessidades como estratégia ao serviço da formação contínua, na medida que se constitui como orientação das decisões a tomar para a planificação...

Gestão das actividades de enriquecimento curricular no Município de Almada

Monteiro, Ana Filipa Machado, 1988-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
116.15%
Relatório de Estágio de mestrado, Ciências da Educação (Administração Educacional), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2011; O presente trabalho apresenta o estágio realizado para conclusão de estudos de mestrado em Ciências da Educação. O estágio que proporcionou diversas experiências formativas, aqui descritas e analisadas, implicou também, a realização de um estudo sobre as Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC). Este estudo visa conhecer e analisar a opção política adoptada pelo Município de Almada, no que concerne às modalidades de gestão praticadas no Programa das AEC, em vigor no 1º Ciclo do Ensino Básico, regulamentado pelo Despacho n.º14 460/2008, de 26 de Maio. Partindo de uma matriz metodológica qualitativa, recorri ao estudo de caso para analisar o processo que conduziu o município estudado a optar por diferentes modalidades de gestão das AEC, e perceber se estas diferentes modalidades de gestão têm influência no desenvolvimento das AEC. Concluiu-se que, no caso estudado, existe uma diversidade de práticas em função do entendimento de cada promotor. Com efeito, esta diversidade de práticas existentes revela dois modelos de gestão, sendo que, num deles...

Escola a Tempo Inteiro: Actividades de Enriquecimento Curricular – Actividade Física e Desportiva. A sua implementação – Estudo realizado nas escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico do Concelho de Baião: Agrupamento de Escolas - Eiriz.

Pereira, Álvaro Jorge Sousa
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
136.36%
Dissertação de Mestrado em Ensino da Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário; A medida da política educativa Escola a Tempo Inteiro, lançada no ano de 2005, introduziu alterações significativas nos modos de funcionamento das escolas e nos processos de organização do trabalho dos professores. No âmbito dessa medida, o estudo de que aqui damos conta foca-se na análise e na identificação da existência, ou não, das Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC), nomeadamente da Actividade Física e Desportiva (AFD), nas diversas Escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico (1º CEB) do Concelho de Baião (Agrupamento de Eiriz), bem como de todos os procedimentos para a sua implementação. Numa primeira fase, foi requerido às onze escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico, que constituem esse agrupamento, o preenchimento de um pequeno questionário, com o intuito de verificar quais as Actividades de Enriquecimento Curricular que têm lugar nessas escolas, bem como a existência ou não de Actividade Física e Desportiva. Numa segunda fase, inquirimos os professores de Actividade Física e Desportiva e o coordenador responsável das AEC-AFD. Após essa análise foi possível concluir que a autarquia local é a entidade promotora para o desenvolvimento das diversas Actividades de Enriquecimento Curricular e as escolas tiveram pouca ou nenhuma interferência na sua implementação. O facto de ser uma medida...

A escola a tempo inteiro num contexto de mudança

Cunha, Elmira Maria Gomes Lourenço De-Giorgi
Fonte: Universidade Portucalense Publicador: Universidade Portucalense
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
106.18%
Este trabalho pretende analisar como as mudanças introduzidas nas escolas do 1º ciclo, com a Escola a Tempo Inteiro, estão a ser sentidas e apropriadas pela comunidade educativa. A pertinência deste problema é evidenciada por um conjunto de factores da actualidade educativa decorrentes do Despacho n.º12591/2006, que contempla, expressamente, a importância do desenvolvimento de actividades de animação e de apoio às famílias na educação pré-escolar e de enriquecimento curricular no 1º Ciclo do Ensino Básico. Procurámos, assim, avaliar o impacto do Programa de generalização do Ensino de Inglês e de outras Actividades de Enriquecimento Curricular nas escolas do 1.º ciclo, no sentido de perceber se está a ser criado um espaço de educação, ensino e aprendizagem mais alargado e de melhor qualidade.

Políticas educativas: escola(rização) e desempenho escolar : actividades de enriquecimento curricular no 1º CEB

Simões, Dora Margarida Pires de Jesus
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
156.23%
O presente estudo, realizado no âmbito de uma dissertação de Mestrado, teve como principal objectivo investigar possíveis associações entre a frequência das actividades de enriquecimento curricular do 1.º ciclo do ensino básico (AEC), implementadas pelo Despacho n.º 12591/2006, de 16 de Junho, e o desempenho escolar alcançado pelos alunos, nas escolas da rede pública do Município de Coimbra. Para tal, desenhou‐se uma investigação quantitativa, do tipo comparativo‐ ‐causal (ex post facto), com a constituição de uma amostra de dois grupos independentes, com igual número de alunos dos quatro anos de escolaridade. Esta era constituída por um total de 200 sujeitos, com idades compreendidas entre os 6 e os 11 anos, distribuídos por onze escolas do concelho, pertencentes a 5 dos 9 agrupamentos existentes. As hipóteses principais foram testadas com recurso à comparação de médias (teste t de student para grupos independentes). Os resultados obtidos permitiram estabelecer associações entre a frequência das AEC e um menor desempenho escolar, numa avaliação global e nas áreas curriculares de Língua Portuguesa, Matemática e Estudo do Meio, ao contrário da área de Expressões. A mesma associação não foi possível estabelecer entre a frequência das AEC dentro do espaço escolar e fora dele...

Actividades de enriquecimento curricular no 1º CEB na Figueira da Foz

Moço, Ana Paula Oliveira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
116.27%
O Despacho n.º 12.591 de Julho de 2006 do Ministério da Educação institucionalizou o prolongamento de horário facultativo na educação básica da escola pública pelas chamadas Actividades de Enriquecimento Curricular. Pretende-se estudar, no concelho da Figueira da Foz, o lugar da educação artística na educação básica, a organização das Actividades de Enriquecimento Curricular e saber as razões das escolhas pelos pais para não colocarem os seus educandos nestas actividades. ABSTRACT: The Dispatch nr. 12.591 of July 2006 from the Ministry of Education (Portugal) constitutes the basis of the no-compulsory after-school enrichment activities or curricular enrichment activities in the public basic education. We aim to study the organization of these activities and to know the reasons for the parents' choices not to put their pupils in the extra-curricular activities in Figueira da Foz city.; Mestrado em Ciências da Educação - Formação Pessoal e Social

A supervisão pedagógica nas Actividades de Enriquecimento Curricular, no 1º Ciclo do Ensino Básico, num Agrupamento de Escolas de um Concelho do distrito de Vila Real

Barreto, José Maria Fonseca Dias
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
136.35%
Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação/ Especialização em Supervisão Pedagógica; A escola está envolvida numa realidade muito complexa, caracterizada por um emaranhado de causalidades e determinações que lhe estruturam o funcionamento (Felouziz, 2000). O Despacho nº 1460/2008, que regulamenta todo o projecto das Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC), introduzidas pelo Ministério da Educação no 1º ciclo do Ensino básico, aborda também o papel dos Professores Titulares de Turma na realização da actividade de supervisão pedagógica nestas actividades extra-curriculares. Com este trabalho de investigação, pretendeu-se averiguar de que forma decorria essa acção supervisiva em todas as turmas do 1º ciclo, num agrupamento de escolas do concelho de S. Marta de Penaguião. Para que estas actividades decorressem com a normalidade desejada e adequada, seria necessário que essa supervisão pedagógica tivesse um papel pró-activo na organização social da escola e de mediação entre os profissionais envolvidos. Só uma prática permanente de diálogo, discussão e empenho, será capaz de encontrar a melhor solução para resolver qualquer ocorrência escolar. Nesse empenhamento escolar, quer os professores/monitores...