Página 1 dos resultados de 890 itens digitais encontrados em 0.059 segundos

Sobrevivência após acidentes de trânsito: impacto das variáveis clínicas e pré-hospitalares; Survival after motor vehicle crash: impact of clinical and prehospital variables; Sobrevida después de accidentes de tránsito: impacto de las variables clínicas y pre hospitalarias

MALVESTIO, Marisa Aparecida Amaro; SOUSA, Regina Marcia Cardoso de
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
126.32%
OBJETIVO: Analisar as variáveis clínicas e pré-hospitalares associadas à sobrevivência de vítimas de acidente de trânsito. MÉTODOS: Estudo realizado no município de São Paulo, SP, de 1999 a 2003. Foram analisados dados de 175 pacientes, entre 12 e 65 anos, vitimados por acidente de trânsito. A Análise de Sobrevivência de Kaplan-Meier foi utilizada na abordagem dos resultados na cena do acidente com as vítimas de escore <11 segundo o Revised Trauma Score. As variáveis analisadas foram: sexo, idade, mecanismos do acidente, procedimentos de suporte básico e avançado realizados, parâmetros e flutuações do Revised Trauma Score, tempo consumido na fase pré-hospitalar e gravidade do trauma segundo o Injury Severity Score e a Maximum Abbreviated Injury Scale. RESULTADOS: A análise identificou que as vítimas que tiveram menor probabilidade de sobrevivência durante todo período de internação hospitalar apresentaram: lesões graves no abdome, tórax ou membros inferiores, com flutuação negativa da freqüência respiratória e do Revised Trauma Score na fase pré-hospitalar e necessitaram de intervenções avançadas ou compressões torácicas. As lesões encefálicas foram associadas ao óbito tardio. CONCLUSÕES: O reconhecimento das variáveis envolvidas na sobrevivência de vítimas de acidentes de trânsito pode auxiliar na determinação de protocolos e na tomada de decisão para a realização de intervenções pré e intra-hospitalares e conseqüentemente maximizar a sobrevivência.; OBJECTIVE: To assess clinical and prehospital variables associated with survival of motor vehicle crash victims. METHODS: Study carried out in the city of São Paulo (Southeastern Brazil)...

Mapping injuries in traffic accident victims: a literature review; Identificación de lesiones en víctimas de accidentes de tránsito: revisión sistemática de la literatura; Mapeamento das lesões em vítimas de acidentes de trânsito: revisão sistemática da literatura

CALIL, Ana Maria; SALLUM, Elias Aissar; DOMINGUES, Cristiane de Alencar; NOGUEIRA, Lilia de Souza
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
126.34%
The objective of this study was to identify the body regions most affected in traffic accident victims and to map the trauma and severity of the lesions. A systematic literature review using key words related to traffic accidents, transportation accidents, wounds and injuries found a total of 248 articles. The electronic bases LILACS, MEDLINE, and PAHO were surveyed between the years 1990 and December 2006. This review emphasized a series of conclusive studies about the most frequent body regions involved and the major injuries occurring in these situations. It also indicated information gaps in the Brazilian literature. We believe that these findings are valuable for pre-hospital and intra-hospital teams and point the way to new investigations.; El objetivo del estudio fue identificar las regiones corpóreas más afectadas en víctimas de accidentes de transporte e identificar la gravedad de las lesiones y del trauma. Fue realizada una revisión sistemática de la literatura, utilizándose descriptores relacionados a los accidentes de tránsito, accidentes de transporte, heridas y lesiones, totalizando 248 artículos. Las bases electrónicas investigadas fueron LILACS, MEDLINE y PAHO, entre 1990 y diciembre de 2006. Esta revisión destacó una serie de estudios conclusivos sobre las regiones corpóreas más frecuentes y aquellas de mayor gravedad afectadas en esos eventos y apuntó lagunas de conocimiento en la literatura nacional. Pensamos que lo encontrado puede ser de gran importancia para los equipos en los escenarios de prehospitalario e intrahospitalario y apuntan caminos en dirección de nuevas investigaciones.; O objetivo do estudo foi identificar as regiões corpóreas mais atingidas em vítimas de acidentes de transporte e mapear a gravidade das lesões e do trauma. Foi realizada revisão sistemática da literatura...

Álcool em vítimas fatais de acidentes de trânsito no município de São Paulo, ano 2005; Alcohol in fatal victims of traffic accidents in the city of São Paulo, 2005

Ponce, Julio de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
116.4%
Os acidentes de trânsito constituem a 13ª causa mais freqüente de morte no Brasil, ocupando o primeiro lugar na faixa de 10 a 14 anos, e o segundo na faixa dos 15 aos 29 anos. Estudos indicam que do total do custo dos acidentes de trânsito, mais de 20% deve-se diretamente ao uso indevido de álcool. Estudos internacionais que relacionam o consumo de álcool com fatalidades no trânsito são freqüentes, mas carecemos de dados epidemiológicos confiáveis e de abrangência nacional que sinalizem a atual e real situação. Portanto, o objetivo do presente estudo é realizar uma análise retrospectiva de dados de vítimas fatais de acidentes de trânsito ocorridos no Município de São Paulo no ano de 2005, para estabelecer a relação do uso do álcool e a morte no trânsito. Nas 907 vítimas avaliadas, notou-se uma associação com o uso de etanol, com 39,4% de casos positivos. Para condutores de veículos, essa porcentagem atinge 55,8%, todos acima do limite máximo permitido para condução à época, de 0,6 g/l. Acidentes em geral, e aqueles relacionados ao álcool, ocorreram com maior frequência aos sábados e domingos, e nos horários das 18hs às 6hs da manhã Os resultados demonstram uma associação do etanol com a ocorrência de vítimas fatais...

Acidentes de trânsito com adultos e suas consequências após a alta hospitalar; Traffic accidents with adults and their consequences after hospital discharge

Magalhães, Ana Paula Nogueira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
116.4%
Introdução: Os acidentes de trânsito representam um dos principais problemas de saúde da atualidade, atingindo principalmente os adultos em faixa produtiva de vida. Além das mortes, esses eventos podem resultar em incapacidades e outras implicações para as vítimas e seus familiares. Objetivo: O presente estudo propôs-se a avaliar os acidentes de trânsito com adultos e suas consequências após a alta hospitalar. Método: Trata-se de um estudo quantitativo, do tipo coorte retrospectivo, realizado na cidade de Arapiraca, Alagoas, ano de 2011. Os dados foram obtidos por meio dos registros de atendimentos a vítimas de acidentes de trânsito no serviço de atendimento pré-hospitalar, na unidade de emergência de referência para traumas e durante a realização de entrevistas domiciliares. Estatísticas descritivas e teste de regressão logística múltipla foram utilizados. Resultados: Dentre as vítimas estudadas (n=105), houve predomínio do sexo masculino (72,3%), na faixa etária de 20 a 29 anos (42,8%), de cor parda (63,8%), baixa escolaridade (61,9%), casado/união estável (59%) e que trabalhavam principalmente como vendedores (18,1%). Os motociclistas predominaram entre as vítimas (84,7%), sendo a queda de moto o tipo de acidente mais frequente (35...

Análise dos tipos de acidentes de trânsito em rodovias

Salvador, Daniel Meira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 199 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
116.43%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Florianópolis, 2009; No Brasil, os índices de fatalidade no trânsito, em comparação aos dos países desenvolvidos, são bastante elevados e representam uma das principais causas de morte prematura da população economicamente ativa. Em Santa Catarina, entre os anos de 2003 e 2007, mais de 3.000 pessoas morreram em acidentes de trânsito nas oito rodovias federais que cortam o Estado. Dentre essas rodovias, a BR-101 apresenta-se como a mais violenta por representar cerca de 20% da malha rodoviária federal do Estado e concentrar quase 50% dos acidentes registrados. Diante desse cenário, torna-se fundamental dedicar esforços e pesquisas visando minimizar os riscos impostos à qualidade de vida da população em termos de acidentes de trânsito. O presente trabalho tem como objetivo principal analisar a ocorrência dos tipos de acidentes em três trechos distintos da rodovia federal BR-101 em Santa Catarina: Trecho Sul (não duplicado e predominantemente rural); Trecho da Grande Florianópolis (duplicado e urbanizado) e Trecho Norte (duplicado e predominantemente rural). A análise nos trechos Norte...

Previsão da ocorrência de acidentes de trânsito em interseções de vias arteriais urbanas : o caso de Taguatinga/DF; Prediction of the occurrence of traffic accidents on urban arterial roads intersections - the case of Taguatinga / DF

Claude, Giovana Freire de Moura
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
116.42%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2012.; A Organização Mundial da Saúde revela que morrem no mundo mais de 1,2 milhões de pessoas por ano devido a acidentes de trânsito. No Brasil, em 2010, foram 36 mil mortes. Assim, estudos voltados à melhor compreensão dos acidentes de trânsito, inclusive com a elaboração de instrumentos que permitam estimar a frequência dessas ocorrências em diferentes elementos do sistema viário, tornam-se relevantes. Somente a partir desses estudos é que medidas efetivas para a redução do número de acidentes podem ser concebidas e implantadas. Os Modelos de Previsão de Acidentes (MPAs) são modelos probabilísticos utilizados para determinar o valor médio esperado de acidentes de trânsito, levando em consideração o conhecimento histórico desses acidentes em determinado local. Devido ao grave problema de acidentalidade apresentado nas cidades do Distrito Federal, o objetivo deste trabalho foi o de desenvolver um modelo de previsão de acidentes (MPA) para interseções localizadas em vias arteriais urbanas da cidade de Taguatinga. Esse desenvolvimento levou em consideração o volume diário médio anual (VDMA) de tráfego e o número de acidentes ocorridos em algumas interseções dessas vias no período de 2005 a 2010...

Evolução dos acidentes de trânsito em um grande centro urbano, 1991-2000

Oliveira,Zenaide Calazans de; Mota,Eduardo Luiz Andrade; Costa,Maria da Conceição N.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
116.42%
Este estudo descreve a evolução dos acidentes de trânsito em Salvador, Bahia, Brasil, entre 1991 e 2000, utilizando-se dados do Departamento Estadual de Trânsito do Estado da Bahia. Calculou-se taxas globais dos acidentes de trânsito, vítimas e taxas padronizadas de mortalidade por habitante e por veículos, e comparou-se médias destes indicadores para antes (1991 a 1994) e após (1995 a 2000) a adoção de medidas de intervenção como o uso do cinto de segurança e o Código Nacional de Trânsito. As taxas de acidentes de trânsito e de vítimas apresentaram-se elevadas e estáveis. A mortalidade reduziu entre 1995 e 1998, (25,7/100 mil habitantes e 18,1/100 mil, respectivamente) estabilizando-se posteriormente. A diferença entre médias das taxas de mortalidade foi estatisticamente significante (p < 0,001). A letalidade passou de 10,7% em 1995 para 7% em 2000. Os acidentes de trânsito representaram importante problema de saúde coletiva na área estudada e a redução da mortalidade sugere impacto positivo das intervenções adotadas, em especial o Código Nacional de Trânsito. A persistência de elevada freqüência de vítimas dos acidentes de trânsito indica a necessidade de intensificar esforços para a mudança de comportamento de motoristas e pedestres.

Fatores de exposição, experiência no trânsito e envolvimentos anteriores em acidentes de trânsito entre estudantes universitários de cursos na área da saúde, Ponta Grossa, PR, Brasil

Labiak,Valéria Beatris; Leite,Maysa de Lima; Virgens Filho,Jorim Sousa das; Stocco,Caroliny
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
116.42%
Os tipos de vítimas mais freqüentes nos acidentes de trânsito são os jovens, principalmente os do sexo masculino. Essa alta incidência tem sido atribuída aos comportamentos próprios da idade, que poderiam levar os jovens a transgredir leis de trânsito e, conseqüentemente, provocar acidentes. Assim, este estudo teve como objetivo descrever o perfil socioeconômico e demográfico, além de caracterizar a exposição e os antecedentes em acidentes de trânsito, dos estudantes universitários de cursos na área da Saúde da Universidade Estadual de Ponta Grossa (PR), em 2005. Utilizou-se um questionário auto-respondido, de forma anônima, cuja amostra compreendeu 624 acadêmicos. As variáveis estudadas foram: características demográficas e socioeconômicas, fatores de exposição e experiência no trânsito, uso do cinto de segurança e antecedentes em acidentes de trânsito. O perfil dos estudantes caracterizou-se pela maioria do sexo feminino (66,67%), com idade entre 18 e 23 anos, morando com a família e com renda igual ou inferior a 10 salários mínimos. Quanto à idade de aprendizagem de direção, a maior freqüência no sexo masculino foi entre 15 e 17 anos e no sexo feminino, 18 anos ou mais. Encontrou-se número expressivo de relatos de aprendizagem de direção com menos de 14 anos...

Possível impacto da "Lei Seca" nos atendimentos a vítimas de acidentes de trânsito em uma unidade de emergência

Oliveira,Ana Paula Pereira de; Abreu,Ângela Maria Mendes; Paixão,Louise Anne Reis da; Faria,Vanessa Silveira
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
116.4%
Estudo quantitativo descritivo, cujos objetivos foram: determinar o número de indivíduos vítimas de acidentes de trânsito atendidos em um setor de emergência de um hospital municipal do Rio de Janeiro antes e depois da implementação da "Lei Seca" e identificar o perfil dessa população e as características dos acidentes de trânsito, estimando sua prevalência antes e após a vigência da "Lei Seca". Foram analisados 1.531 prontuários relativos aos acidentes de trânsito ocorridos no ano de 2007 e 2009. Houve prevalência de adultos jovens do sexo masculino, vítimas em sua maioria de atropelamento e acidentes envolvendo motos nos dois períodos estudados. Sobre o impacto da "Lei Seca" não foi observada grande redução no número de vítimas de acidentes de trânsito no período de estudo. Contudo, salienta-se sobre a importância da Lei em caráter permanente, pois esta é uma forte ferramenta para a prevenção de acidentes de trânsito no país.

Motociclistas de entrega: algumas características dos acidentes de trânsito na região sul do Brasil

Soares,Dorotéia Fátima Pelissari de Paula; Mathias,Thais Aidar de Freitas; Silva,Daniela Wosiack da; Andrade,Selma Maffei de
Fonte: Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
116.38%
OBJETIVO: conhecer características dos acidentes de trânsito ocorridos com motoboys nos municípios de Londrina e Maringá, Estado do Paraná. MÉTODOS: Foram considerados 327 motoboys que relataram, em 2005/2006, acidentes de motocicleta nos 12 meses anteriores à pesquisa (147 de Londrina e 180 de Maringá). RESULTADOS: Dos entrevistados, 39,6% relataram mais de um acidente de trânsito. Os acidentes foram percebidos como graves por 21,4% dos motoboys e 56,3% relataram conhecer motoboy afastado do trabalho por acidente. A maioria dos acidentes (82,9%) ocorreu durante o trabalho. Foram observadas diferenças significativas, entre os municípios, para condições climáticas (p=0,013), período do dia (p=0,002), atendimento pré-hospitalar (p=0,032) e necessidade de internação hospitalar (p<0,001). CONCLUSÃO: A alta incidência e reincidência de acidentes de trânsito reforçam a susceptibilidade dos motoboys a esses eventos e a necessidade de estratégias e políticas específicas de prevenção.

Alcoolemia em vítimas fatais de acidentes de trânsito no Rio Grande do Norte empregando cromatografia em fase gasosa - head space

Santiago, Edna de Farias
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas; Bioanálises e Medicamentos Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas; Bioanálises e Medicamentos
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
126.45%
Alcohol is one of the few psychotropic drugs that their consumption has admitted legally and sometimes encouraged by the society. Studies show alcohol as the highest consumption of drugs among young people and society in general, probably because of its availability and easy access. The abuse causes public health problems, which was closely related to the violence, socioeconomic problems and the high number of automobile accidents. Transit is one of the main sectors affected by the effects of alcohol, observing a high incidence in the studies. About half of automobile accidents occurs after the consumption of alcoholic beverage, and the vast majority of cases related to high concentrations of alcohol in the bloodstream. The relationship of drunk with traffic accidents is in fact evident everywhere in the world, including Brazil, where studies have shown a high relationship between alcohol consumption and traffic accidents. This study determined the alcohol in fatal victims of traffic accidents in the state of Rio Grande do Norte and established the profile of this population compared with those found in Brazil and other countries. Samples of blood of ethanol added to fulfillment of the standardization of chromatographic conditions and procedures for the analysis...

Fiscalização eletrônica: análise da eficácia na redução dos acidentes de trânsito - Uberlândia 2004 a 2006

Sousa, Maria Cecília de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
116.49%
No Brasil, a cada ano, ocorrem cerca de 350 mil acidentes com vítimas, dos quais resultam mais de 33 mil óbitos e cerca de 400 mil feridos ou inválidos, vítimas dos Acidentes de Trânsito, transformando em um grave problema econômico, social e de saúde pública. Dentro desse contexto, observa-se um crescimento acelerado do número de veículos privados, devido à necessidade de se locomover com rapidez produzindo um cenário indesejado e insustentável quanto aos deslocamentos diários. Essa disputa pelo espaço e tempo induz o condutor a se envolver em acidentes de trânsito ou a cometer infrações, que muitas vezes são autuadas pelos órgãos competentes ou pelos equipamentos de fiscalização eletrônica. Portanto torna-se objetivo deste estudo avaliar a fiscalização eletrônica, utilizada como ferramenta na redução dos acidentes de trânsito e sua gravidade, na área de influência desses equipamentos, no período de 2004 a 2006. Ao analisar o banco de dados dos acidentes, observou-se uma mudança considerável quanto ao aumento do número de vítimas, envolvendo feridos leves e feridos graves no período de 2004 a 2005, no entanto, o período subseqüente apresentou uma redução no número de feridos graves e vítimas fatais. A principal causa dos acidentes de trânsito em Uberlândia no período analisado foi o desrespeito à sinalização de regulamentação em cruzamentos...

Acidentes de trânsito com motociclistas: um estudo social e participativo

Morais, Sandra Dalvi Quintaes de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
116.46%
INTRODUÇÃO: Milhares de jovens são vítimas de acidentes de trânsito no mundo. No Brasil, entre 2006 a 2010, período selecionado para análise nesta pesquisa, os bancos de dados disponíveis registraram 94.160 mortes de motociclistas jovens, com idade entre 15 e 24 anos, que representou 40,8% de todos os óbitos ocorridos no país. Em Uberlândia, no Pronto Socorro do Hospital de Clinicas da Universidade Federal de Uberlândia, essa realidade não é diferente: foi possível observar que neste mesmo período, foram registrados 9.034 acidentes de trânsito. Destes, 4.476 (49,5%) envolveram motociclistas e 1.602 (35,8%) atingiram jovens naquela faixa etária supracitada. OBJETIVO: conhecer as causas e a percepção das vítimas de acidentes de trânsito com motocicletas em Uberlândia, na faixa etária de 18 a 24 anos, no ano de 2010, encaminhados para o atendimento no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). MÉTODO: estudo retrospectivo, com a utilização de amostragem por variedade de tipos. A seleção dos sujeitos foi realizada de acordo com os seguintes critérios pré-estabelecidos: ser do sexo masculino, estar na faixa etária de 18 a 24 anos de idade, ter se envolvido em acidente com motocicleta no ano 2010 e ter sido encaminhado para o atendimento no HC-UFU. Foi produzido um roteiro de entrevista semiestruturado...

Análise dos acidentes de trânsito envolvendo crianças na cidade de Uberlândia: subsídios para as políticas públicas

Freitas, Juliana Pontes Pinto
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
116.5%
Todas as crianças ao redor do mundo têm o direito a um ambiente seguro e a proteção contra acidentes e violências (ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE - OMS, 2008a). O trânsito será a quinta causa de morte no mundo no ano de 2030 e no cenário mundial, o Brasil ocupa o quinto lugar entre os recordistas em mortes no trânsito. O objetivo desse trabalho é analisar os acidentes de trânsito envolvendo a população de zero a quatorze anos da cidade de Uberlândia no intuito de subsidiar as políticas públicas de prevenção e redução desses acidentes. Para atingir os objetivos propostos, após autorização do comando da 9ª Região Integrada de Segurança Pública (9ª RISP) e do 5º Batalhão de Bombeiros Militar de Minas Gerais, foi realizado levantamento de dados, através de boletins de ocorrência de acidentes de trânsito preenchidos pela Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, dos casos de crianças de zero a 14 anos, vítimas de acidentes de trânsito na cidade de Uberlândia no ano de 2010. Foi solicitada ao Setor de Nosologia do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) a listagem das vítimas de zero a 14 anos que foram admitidas no referido hospital em decorrência de acidentes de trânsito. Foram entrevistados os pais ou cuidadores de crianças vítimas de acidentes de trânsito após consentimento livre e esclarecido...

Indicadores associados a acidentes de trânsito envolvendo motoristas de ônibus da cidade de Natal

Oliveira, Andréa Carla Ferreira de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
126.4%
The purpose of this study was to investigate indicators of urban bus drivers involvement in transit accidents. We analyzed their involvement in accidents in relation to several indicators suggested by the literature, including the temporal dimension of those bus drivers, as expressed in Zimbardo's Time Perspective Inventory (ZTPI), for previous studies have shown that people more present time oriented revealed greater tendency to engage in risk driving. A questionnaire was applied to 457 bus drivers of the city of Natal, RN, Brazil, with questions about participants socio-demographic information, their professional performance and items on time perspective, presented in a five points Likert type scale. Among the indicators analyzed, the best predictors of traffic accidents were: worried about not being on schedule, family problems, and falling asleep; to work overtime, passengers complaints, work while on vacations and medical leaves. In regard to drivers' time perspective, the sub-scale of "combined present" showed a positive relationship with involvement in transit accidents, while the future scale a negative one, in both cases in accordance with the expect direction, even though the effects have not been statistically significant. The selected predictive variable indicate that traffic accidents are mainly associated to situational factors...

Acidentes de transito em Maringa - PR : analise do perfil epidemiologico e dos fatores de risco de internação e de obito

Doroteia Fatima Pelissari de Paula Soares
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
116.38%
Os objetivos deste estudo foram analisar o perfil epidemiológico dos acidentes de trânsito com vítimas em Maringá-PR e identificar as características dos acidentes, das vítimas e dos condutores que constituíram fatores de risco para internação e óbito. Para o estudo foram consideradas as vítimas de acidentes de trânsito ocorridos no Município de Maringá - Pr, no ano 2000, com registro no Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (SIATE) e/ou Boletim de Ocorrência Policial (BO). Esta população incluiu as vítimas internadas nos hospitais de Maringá e/ou Hospital Metropolitano de Sarandi e as vítimas fatais. Para determinar os principais fatores de risco para internação e óbito, foi utilizada análise de regressão logística. Foram identificadas 3468 vítimas com base nas fontes BO e/ou SIATE, decorrentes de 2725 acidentes. As principais categorias de vítimas foram: motociclista (38,6%), ciclista (26,3%), ocupante de carro (22,5%) e pedestre (9,5%). As vítimas eram em sua maioria do sexo masculino (75,9%), da faixa etária de 15 a 39 anos (70,0%) e residentes em Maringá (83,2%). Entre as vítimas foi constatado o uso de equipamento de proteção em 90,0% e a presença de consumo de álcool em 14...

Uso de álcool em vítimas de acidentes de trânsito: estudo do nível de alcoolemia; Uso de alcohol en accidentes de tránsito: estudio del nivel de alcoholemia; Alcohol use and traffic accidents: a study of alcohol levels

Abreu, Ângela Maria Mendes; Lima, Jose Mauro Braz de; Matos, Ligia Neres; Pillon, Sandra Cristina
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
116.43%
Trata-se de estudo exploratório descritivo. O objetivo foi correlacionar os níveis de alcoolemia, detectados nas vítimas fatais por acidentes de trânsito, na cidade do Rio de Janeiro, a partir dos registros do Instituto Medico Legal -IML, com o perfil da vítima e as características dos acidentes. Os dados foram levantados no arquivo do IML, por meio dos prontuários de vítimas fatais por acidentes de trânsito, compilados e tabulados Poe meio do programa estatístico SPSS, no período compreendido entre janeiro e maio de 2005. Avaliaram-se 348 prontuários de vítimas fatais por acidentes de trânsito. Desses, apenas 94 realizaram o exame de alcoolemia, sendo que 83 apresentaram alcoolemia positiva e 60,2% níveis acima de 0,6g/l. Evidenciou-se o envolvimento do álcool com vítimas fatais nos acidentes de trânsito em níveis acima e abaixo de 0,6g/l de álcool por litro de sangue.; Se trata de estudio epidemiológico exploratorio y descriptivo. El objetivo fue correlacionar los niveles de alcoholemia detectados en las víctimas fatales por accidentes de tránsito, en la ciudad de Río de Janeiro (datos de los registros del Instituto Médico Legal/IML) con el perfil de la víctima y las características de los accidentes. Los datos fueron recolectados del archivo del IML...

Fatores de exposição, experiência no trânsito e envolvimentos anteriores em acidentes de trânsito entre estudantes universitários de cursos na área da saúde, Ponta Grossa, PR, Brasil; Factors of exposure, experience in the traffic and previous involvements in traffic accidents among college students of health courses, Ponta Grossa, PR, Brazil

Labiak, Valéria Beatris; Leite, Maysa de Lima; Virgens Filho, Jorim Sousa das; Stocco, Caroliny
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2008 POR
Relevância na Pesquisa
116.42%
Os tipos de vítimas mais freqüentes nos acidentes de trânsito são os jovens, principalmente os do sexo masculino. Essa alta incidência tem sido atribuída aos comportamentos próprios da idade, que poderiam levar os jovens a transgredir leis de trânsito e, conseqüentemente, provocar acidentes. Assim, este estudo teve como objetivo descrever o perfil socioeconômico e demográfico, além de caracterizar a exposição e os antecedentes em acidentes de trânsito, dos estudantes universitários de cursos na área da Saúde da Universidade Estadual de Ponta Grossa (PR), em 2005. Utilizou-se um questionário auto-respondido, de forma anônima, cuja amostra compreendeu 624 acadêmicos. As variáveis estudadas foram: características demográficas e socioeconômicas, fatores de exposição e experiência no trânsito, uso do cinto de segurança e antecedentes em acidentes de trânsito. O perfil dos estudantes caracterizou-se pela maioria do sexo feminino (66,67%), com idade entre 18 e 23 anos, morando com a família e com renda igual ou inferior a 10 salários mínimos. Quanto à idade de aprendizagem de direção, a maior freqüência no sexo masculino foi entre 15 e 17 anos e no sexo feminino, 18 anos ou mais. Encontrou-se número expressivo de relatos de aprendizagem de direção com menos de 14 anos...

Motociclistas de entrega: algumas características dos acidentes de trânsito na região sul do Brasil

Soares,Dorotéia Fátima Pelissari de Paula; Mathias,Thais Aidar de Freitas; Silva,Daniela Wosiack da; Andrade,Selma Maffei de
Fonte: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
116.38%
OBJETIVO: conhecer características dos acidentes de trânsito ocorridos com motoboys nos municípios de Londrina e Maringá, Estado do Paraná. MÉTODOS: Foram considerados 327 motoboys que relataram, em 2005/2006, acidentes de motocicleta nos 12 meses anteriores à pesquisa (147 de Londrina e 180 de Maringá). RESULTADOS: Dos entrevistados, 39,6% relataram mais de um acidente de trânsito. Os acidentes foram percebidos como graves por 21,4% dos motoboys e 56,3% relataram conhecer motoboy afastado do trabalho por acidente. A maioria dos acidentes (82,9%) ocorreu durante o trabalho. Foram observadas diferenças significativas, entre os municípios, para condições climáticas (p=0,013), período do dia (p=0,002), atendimento pré-hospitalar (p=0,032) e necessidade de internação hospitalar (p<0,001). CONCLUSÃO: A alta incidência e reincidência de acidentes de trânsito reforçam a susceptibilidade dos motoboys a esses eventos e a necessidade de estratégias e políticas específicas de prevenção.

Evolução dos acidentes de trânsito em um grande centro urbano, 1991-2000

Oliveira,Zenaide Calazans de; Mota,Eduardo Luiz Andrade; Costa,Maria da Conceição N.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
116.42%
Este estudo descreve a evolução dos acidentes de trânsito em Salvador, Bahia, Brasil, entre 1991 e 2000, utilizando-se dados do Departamento Estadual de Trânsito do Estado da Bahia. Calculou-se taxas globais dos acidentes de trânsito, vítimas e taxas padronizadas de mortalidade por habitante e por veículos, e comparou-se médias destes indicadores para antes (1991 a 1994) e após (1995 a 2000) a adoção de medidas de intervenção como o uso do cinto de segurança e o Código Nacional de Trânsito. As taxas de acidentes de trânsito e de vítimas apresentaram-se elevadas e estáveis. A mortalidade reduziu entre 1995 e 1998, (25,7/100 mil habitantes e 18,1/100 mil, respectivamente) estabilizando-se posteriormente. A diferença entre médias das taxas de mortalidade foi estatisticamente significante (p < 0,001). A letalidade passou de 10,7% em 1995 para 7% em 2000. Os acidentes de trânsito representaram importante problema de saúde coletiva na área estudada e a redução da mortalidade sugere impacto positivo das intervenções adotadas, em especial o Código Nacional de Trânsito. A persistência de elevada freqüência de vítimas dos acidentes de trânsito indica a necessidade de intensificar esforços para a mudança de comportamento de motoristas e pedestres.