Página 1 dos resultados de 149 itens digitais encontrados em 0.029 segundos

As atitudes do terapeuta na teoria centrada na pessoa

Carreteiro, Tereza Cristina Othenio Cordeiro
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.09%
Este trabalho procede a um exame arqueológico das atitudes terapêuticas ao longo do desenvolvimento da teoria rogeriana. Estuda-se o processo evolutivo que compõe o referido corpo teórico. Inicialmente, é feita uma breve apresentação de Carl Rogers, precursor da Abordagem Centrada na Pessoa. São discorridos aspectos pessoais e profissionais do autor assim como suas principais cohtribuições no campo da Psicologia clínica. A teoria é decomposta em três fases principais: pré história da empatia, e empatia propriamente dita e da experienciação (experiencing) que correspondem a momento históricos diferentes. Cada capítulo inclui o estudo pormenorizado de cada uma dessas fases e a análise é feita em torno de três variáveis principais: teoria da personalidade, processo terapêutico e atitudes do terapeuta. Ressalta-se, de modo especial, este último tópico. Mostra-se como as posturas e "técnicas" do terapeuta se ampliam paralelamente aos progressos teóricos. Na última fase, a da experienciação, apresentam- se as contribuições de Eugene Gendlin, que permitem compreender a abordagem rogeriana numa perspectiva fenomenológica. Finalizando, faz-se uma conclusão onde são sintetizados os marcos mais importantes do estudo...

O espaço psicoterapico na psicanalise freudiana e na abordagem centrada na pessoa: um estudo comparativo

Silva, Paulo Roberto Mattos da
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.28%
O presente trabalho realiza um estudo comparativo entre a Abordagem Centrada na Pessoa e a Psicanálise no que tange, principalmente, aos aspectos teóricos relacionados com a prática clínica. A Abordagem Centrada na Pessoa é apresentada através do pensamento de seu fundador - Carl Rogers. Enfatiza-se seus pressupostos básicos, bem como procura-se mostrar a concepção teórica que fundamenta uma prática clínica com características especiais. Evidencia-se também as contribuições de Eugene Gendlin em direção a um entendimento mais completo do processo de mudança. São assinalados os aspectos fundamentais do pensamento de Freud em termos do tratamento analítico. Atenta-se, concomitantemente, para os progressos mais recentes da Psicanálise com o objetivo de se delinear uma visão ampla desse enfoque. É realizada uma análise comparativa das referidas modalidades psicoterápicas em que tem lugar seus aspectos evolutivos. Pontos de divergência e de convergência são apresentados paralelamente à tentativa de se estabelecer um intercâmbio que favoreça a um entendimento da eficácia prática desses modelos. Ratifica-se o valor heurístico das investigações inter-teóricas. É salientada, por outro lado...

Abordagem centrada na pessoa : um estudo sobre as implicações dos trabalhos com grupos intensivos para a terapia centrada no cliente

Vera Engler Cury
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/01/1993 PT
Relevância na Pesquisa
96.35%
Este estudo baseia-se nos princípios teóricos da Abordagem Centrada na Pessoa - denominação genérica adotada pelo psicólogo americano Carl R. Rogers e colaboradores para englobar atividades desenvolvidas em diversos campos. Historicamente, esta abordagem teve origem no Aconselhamento e na Psicoterapia, passando a incluir, posteriormente, o Ensino Centrado no Aluno, os Grupos de Encontro, os Workshops de Grandes Grupos Intensivos, e os Encontros de Comunidade. O objetivo da pesquisa consiste em analisar esta evolução, de forma a caracterizar a influência das experiências com Grandes Grupos Intensivos na prática da Terapia Centrada no Cliente. A ênfase recai sobre a necessidade de um desenvolvimento teórico consistente e que respeite os aspectos presentes na prática atual, conferindo-lhe legitimidade como uma abordagem psicossocial aos problemas humanos. Esta não é apenas uma pesquisa bibliográfica, pois inclui uma revisão teórica, levada a efeito através de uma leitura reflexiva da literatura existente, a partir da qual descrevem-se as tendências do campo analisado, sob a perspectiva do método psicoterapêutico. O estudo compõe-se de duas partes: Parte I - descreve as fases percorridas pela Terapia Centrada no Cliente...

Abordagem centrada na pessoa: relação terapêutica e processo de mudança

Santos, C
Fonte: Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E. Publicador: Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 POR
Relevância na Pesquisa
86.22%
A Abordagem Centrada na Pessoa surge como reacção aos paradigmas psicanalítico e comportamentalista propondo uma diferente visão do ser humano sobre a qual será criada uma nova forma de terapia: a terapia centrada na pessoa. Depois de caracterizar as ideias-chave destes princípios e valores, o autor re f e re a sua relação com os conceitos fundamentais desta abordagem. A presentará seguidamente uma breve caracterização da terapia centrada na pessoa focalizando-se nas condições para a mudança terapêutica.

A atitude de boa vontade e a abordagem centrada na pessoa

Amatuzzi,Mauro Martins; Cury,Vera Engler; Graetz,Carla Fabiana; Belatini,Juliana Martensen; Andrade,Marilu Lorete de; Seber,Moema Maria
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
126.2%
Esta pesquisa teve por objetivo levantar as características da atitude de Boa Vontade, levantar também as características da Abordagem Centrada na Pessoa enquanto uma abordagem mais ampla que sua aplicação no campo da clínica psicológica, e comparar uma coisa com a outra. O método adotado foi qualitativo, de tipo fenomenológico. A comparação mostrou que há semelhanças e diferenças entre as duas, e que a forma como os conceitos são construídos nesse caso e noutro difere. Na idéia de BV o foco é a bondade do ato apontando para o aspecto ético, e na ACP o foco é a relação voltada para o outro confiando nos processos básicos da vida. Da aproximação dos dois conceitos tira-se a conclusão da importância do aspecto ético, entendido como essencial, na formação para ACP e, em geral, na formação do psicólogo.

Alteridade e Psicologia Humanista: uma leitura ética da abordagem centrada na pessoa

Vieira,Emanuel Meireles; Freire,José Célio
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
126.19%
Este trabalho admite, de início, a ausência de um tratamento da alteridade radical na Abordagem Centrada na Pessoa - como proposta originalmente por Carl Rogers - para propor, ao fim, uma releitura da tendência atualizante e das atitudes facilitadoras - aceitação positiva incondicional, empatia e autenticidade - como lugares possíveis para o encontro com o outro em sua radicalidade. Aponta, assim, para uma perspectiva descentrada ou excêntrica da pessoa.

Revisitando as fases da abordagem centrada na pessoa

Moreira,Virginia
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
96.21%
Os interesses de Carl Rogers assumiram focos diferentes ao longo de seu pensamento, de maneira que seus comentadores dividiram sua teoria em distintas fases. Mais de 20 anos após sua morte, o que se observa atualmente é uma enorme diversidade de vertentes que se denominam Abordagem Centrada na Pessoa ou se dizem vinculadas a ela. Visando a contribuir para uma melhor compreensão do panorama atual da abordagem criada por Rogers, este artigo tem como objetivo revisitar as chamadas fases da Abordagem Centrada na Pessoa, propondo uma nova fase - a fase Pós-Rogeriana - consistente de vertentes atuais que, partindo de distintas fases daquela teoria, assumem distintos caminhos criando novas teorizações contemporâneas.

Utopia, teoria e ação:: leitura das propostas grupais na abordagem centrada na pessoa

Schmidt,Maria Luisa Sandoval
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
96.11%
O presente ensaio analisa as contribuições e os problemas da visão sobre os grupos de Carl Rogers, as concepções de grupo de encontro e de encontro de comunidade e os âmbitos de sua prática, localizandoos em relação à história de constituição da abordagem centrada na pessoa, bem como os conceitos de poder e política construídos por Rogers a partir da psicoterapia centrada no cliente. Da explicitação da trama de ideias e práticas grupais deriva, assim, uma interpretação da presença da utopia e da ideologia no pensamento rogeriano. Essa leitura tem como referência as facetas construtivas e negativas da utopia e da ideologia em suas relações de oposição e complementaridade, tal como tematizadas por Paul Ricoeur.

A perspectiva Rogeriana para a Educa????o Ambiental n??o-formal atrav??s do acompanhamento de uma experi??ncia

Silva, Marisol Prado
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
86.24%
Disserta????o(mestrado)-Universidade Federal do Rio Grande, Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o Ambiental, Instituto de Educa????o, 2009.; Este trabalho, intitulado A Perspectiva Rogeriana para a Educa????o Ambiental N??o- Formal atrav??s do acompanhamento de uma experi??ncia, tem por objetivo tentar estabelecer uma articula????o da abordagem centrada na pessoa com a Educa????o Ambiental n??o-formal. Em virtude disso, temos como hip??tese que os fundamentos te??ricos do psic??logo norteamericano Carl Rogers, especialmente no que tange a sua abordagem centrada na pessoa, aplicada tanto no universo cl??nico quanto no campo da educa????o, contribuem como ferramentas para a educa????o ambiental. Nesse sentido, estamos acompanhando os trabalhos desenvolvidos pela Unidade de Educa????o Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente da cidade do Rio Grande, dentro do projeto Patrulha Ambiental Mirim e, mais particularmente, a monitora respons??vel pela atividade A Hora do Conto, a educadora ambiental Maria Auxiliadora dos Santos Lima. A justificativa para esta pesquisa deu-se quando, ao estudar o projeto, percebemos que esta atividade, embora merit??ria, operava em uma perspectiva tradicional de ensino. Para tanto utilizamos como metodologia a pesquisa bibliogr??fica...

Curso de Especialização Saúde da Família_A Clínica da Atenção Primária à Saúde I: Abordagem Centrada na Pessoa, Abordagem Familiar e Assistência Domiciliar

Universidade Aberta do SUS da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UNA-SUS/UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.07%
Espera-se que o profissional da Saúde da Família tenha tido oportunidade de refletir sobre a necessidade de que sua atuação clínica seja desenvolvida com base na abordagem centrada na pessoa, compreendendo que a família é a principal fonte de saúde e adoecimento dos indivíduos. Além disso, espera-se que aprofunde seus conhecimentos e habilidades na utilização de ferramentas facilitadoras destas abordagens.

A função da supervisão na formação do psicólogo clínico na abordagem centrada na pessoa

Silva, Renata Beatriz da
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
126.38%
Esse trabalho, contém a apresentação do projeto de dissertação mestrado em psicologia clínica denominado "A função da Supervisão sob a ótica do psicólogo clínico em formação na Abordagem Centrada na Pessoa". Com a devida aprovação do comitê de ética em pesquisa da PUCRS, através de uma metodologia qualitativa, utilizando entrevistas semi-estruturadas, foram entrevistadas oito psicólogas que estavam realizando supervisão no curso de especialização em uma instituição de formação em psicoterapia centrada na pessoa. Como resultado do projeto de pesquisa foram elaborados dois artigos científicos. Um de revisão de literatura entitulado "Desenvolvimento e formação do psicólogo clínico à luz da abordagem centrada na pessoa" E um artigo Empírico entitulado "A experiência de supervisão na abordagem centrada na pessoa: mudanças pessoais além de aprimoramento profissional". Espera-se que esta dissertação, do ponto de vista teórico e empírico possa contribuir para avanço de mais estudos na Abordagem Centrada na Pessoa, e também como incentivo a novas reflexões sobre o processo de formação profissional do psicólogo, voltando-se para as relações humanas.;

Person centered psychotherapy: an encounter with oneself or a confrontation with the other?

VIEIRA, Emanuel Meireles; PINHEIRO, Francisco Pablo Huascar Arag?o
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
86.22%
O artigo discute a possibilidade do acolhimento da Alteridade no processo terap?utico da Abordagem Centrada na Pessoa. Tem-se como refer?ncia a ?tica de Emmanuel L?vinas, para quem a subjetividade seria constitu?da a partir da rela??o com o absolutamente outro. Questiona-se o processo de mudan?a terap?utica que visa uma maior integra??o da experi?ncia pelo self. Em dire??o distinta, a partir de uma releitura de um caso cl?nico rogeriano, aponta-se a exterioridade da experi?ncia como estranhamento que permite uma recria??o de si. O relato analisado mostra a interioridade ser solapada pelo organismo que se coloca como um outro-de-si, crivo para as experi?ncias. Conclui-se que a psicoterapia centrada na pessoa, al?m de um encontro consigo mesmo, parece apontar como um de seus efeitos o embate com o radicalmente diferente. Tal discuss?o alude a um reposicionamento pol?tico da Abordagem Centrada na Pessoa em sua lida com a diferen?a.; ABSTRACT: The paper discusses the possibilities of host of alterity in the therapeutic process of the Person Centered Approach. The debate is based on the ethics of Emmanuel Levinas, for whom subjectivity would be formed from the relationship with the absolute other. The therapeutic change process that aims to further integrate the experience by the self is questioned. On the other hand...

A abordagem centrada na pessoa e a psicologia do esporte : vivência de um psicólogo com jogadores e a comissão técnica de uma equipe durante os períodos de preparação e disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior; The Person Centered Approach and Sport Psychology : Experiences of psychologist with players and coaching staff of a team during periods of preparation and the Copa São Paulo de Futebol Junior

Bruno José de Mattos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
126.35%
Os objetivos desta pesquisa foram compreender e refletir sobre o serviço de atenção psicológica prestado por um psicólogo, que se orientou pelos pressupostos da Abordagem Centrada na Pessoa, numa equipe de futebol durante os períodos de preparação e disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O referencial teórico utilizado foi o da Psicologia Humanista de Carl Ransom Rogers, a Abordagem Centrada na Pessoa. O presente estudo aplicou-se num Clube de Futebol do Estado de São Paulo, que disputou uma das edições da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Participaram da pesquisa os jogadores e a comissão técnica da equipe. A pesquisa é de natureza qualitativa e o seu caminhar metodológico se deu pela abordagem fenomenológica. Utilizou-se a técnica da Narrativa para relatar as vivências psicológicas dos participantes. O proponente inseriu-se na condição de Observador Participante, uma vez que foi o psicólogo do time de futebol e também pesquisador. Justifica-se a importância deste estudo pela possibilidade que os leitores terão de conhecer o que é vivenciado dentro de um ambiente esportivo de alto rendimento, tão fechado e peculiar; dessa forma poderão discutir com mais propriedade sobre o papel da atenção psicológica no Esporte. Nos resultados foram apresentados os relatos dos atendimentos psicológicos prestados...

Curso de Especialização Saúde da Família_A Clínica da Atenção Primária à Saúde I: Abordagem Centrada na Pessoa, Abordagem Familiar e Assistência Domiciliar

Universidade Aberta do SUS da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UNA-SUS/UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Tipo: Backup de Moodle Formato: Backup Moodle em HTML do Curso de Especialização Saúde da Família- A Clínica da Atenção Primária à Saúde I: Abordagem Centrada na Pessoa, Abordagem Familiar e Assistência Domiciliar
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.07%
Espera-se que o profissional da Saúde da Família tenha tido oportunidade de refletir sobre a necessidade de que sua atuação clínica seja desenvolvida com base na abordagem centrada na pessoa, compreendendo que a família é a principal fonte de saúde e adoecimento dos indivíduos. Além disso, espera-se que aprofunde seus conhecimentos e habilidades na utilização de ferramentas facilitadoras destas abordagens.; versão 1.0; Ministério da Saúde do Brasil

Abordagem individual na atenção primária à saúde - A consulta

Lopes, José Mauro Ceratti
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.17%
Uma vídeo-aula que ensina sobre o método clínico centrado na pessoa na abordagem ao paciente da atenção primária, desenvolvendo uma consulta efetiva e melhorando a consulta do educando.

Abordagem individual na atenção primária à saúde - A consulta II

Lopes, José Mauro Ceratti
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.17%
Uma vídeo-aula que ensina sobre o método clínico centrado na pessoa na abordagem ao paciente da atenção primária, desenvolvendo uma consulta efetiva e melhorando a consulta do educando.

A dialogicidade na abordagem centrada na pessoa

Santos, Sonia Mello dos
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.08%
Considerando a dialogicidade como pilar necessário para o desenvolvimento de uma boa qualidade na relação terapeuta-cliente dentro da clínica psicoterápica, esse trabalho teve como objetivo principal verificar de que forma a dialogicidade se configura na Abordagem Centrada na Pessoa. Para melhor conceitualizar o termo Dialogicidade, foi realizado um estudo generalizado para que se pudesse compreender a forma como a dialogicidade é utilizada, ou pode ser compreendida, dentro de algumas das diferentes abordagens Humanistas Fenomenológico-Existencialistas, tais como: Gestalt-terapia de Perls, Psicoterapia Dialógica de Hycner, Psicodrama de Moreno e a própria ACP de Rogers. Direcionando-se a atenção sobre a ACP houve um aprofundamento no estudo dessa abordagem com maior exploração sobre suas bases epistemológicas, sua história de desenvolvimento e seu modo de entendimento do Homem no Mundo com sua respectiva forma de atuação sobre esse Homem. Na expectativa de alinhar esse estudo a um sentido mais específico do termo dialogicidade, buscou-se estabelecer algumas correlações possíveis entre a Dialogicidade em Buber e na ACP de Rogers. Visando ampliar o aproveitamento e aprofundamento do estudo optou-se por realizar uma pesquisa qualitativa com caso único...

A reestruturação do Self a partir da Psicoterapia na ACP

Cabral, Angela Jacklane Martins
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.08%
O presente trabalho apresenta um estudo sobre a teoria desenvolvida por Carl Rogers e seguidores, a Abordagem Centrada na Pessoa – ACP, com foco no processo de reconstrução do self e na psicoterapia, fundamentado com a apresentação de um estudo de caso clinico, realizado no Centro de Formação de Psicólogos CENFOR-UniCEUB, no primeiro semestre de 2014. O capítulo um apresenta a teoria da ACP, suas origens, os conceitos-chaves para melhor compreensão dessa proposta, com enfoque na explicação de Carl Rogers sobre a dinâmica da personalidade e self, incluindo as proposições sobre sua teoria da personalidade e conduta. O segundo capítulo pretende apresentar o processo psicoterápico como visto pela ACP, suas características, as sete fases descritas por Rogers por onde se movimenta o cliente durante a psicoterapia, além da descrição de uma pessoa no seu funcionamento pleno. O terceiro capítulo faz referências à metodologia de estudo do caso clínico, que neste trabalho é de sujeito único, trazendo as características do sujeito de pesquisa, as explicações dos critérios de escolha, assim como os procedimentos de coleta e análise dos dados. Já o quarto e último capítulo, apresenta o estudo do caso escolhido dentre os atendimentos realizados no CENFOR...

O Self em Perls e em Rogers: convergências e divergências

Salgado, Mirian Maria Duarte
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.09%
Este trabalho tem como proposição fazer uma revisão bibliográfica sobre a concepção de self elaborada pelos teóricos da Gestalt-Terapia - GT e por Carl Rogers, criador da Abordagem Centrada na Pessoa - ACP, no sentido de se compreender mais amplamente este conceito, apontando as convergências e divergências existentes entre essas duas abordagens humanistas, no que diz respeito ao entendimento de self. Para isso, é realizada, inicialmente, uma pesquisa teórica sobre a visão de self proposta pela GT e pela ACP, descrevendo-se, posteriormente, as características funcionais assumidas pelo self na Autorregulação Organísmica Saudável e no Funcionamento Pleno da pessoa. Como resultado desse estudo, constata-se que, devido ao fato dessas duas abordagens terem as mesmas bases epistemológicas, as convergências entre elas são bem maiores do que as divergências, estando estas relacionadas à descrição das funções do self e de suas características disfuncionais, em decorrência da perda de sua totalidade, devido à falta de aceitação incondicional por parte do outro e à introjeção de mensagens tóxicas impostas por este. Enquanto na GT, o self tem três funções básicas: id, ego e personalidade, na ACP, as funções do self não são diferenciadas entre si...

Abordagem centrada na pessoa: tendência atualizante em idosos no contexto psicoterapêutico

Aguiar, Bárbara da Silva de
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
126.16%
O processo de envelhecimento pressupõe alterações naturais e gradativas no indivíduo, sendo estas físicas, psicológicas e sociais. Mesmo em meio aos conflitos ocasionados pelo correr dos anos, o sujeito é repleto de capacidades, e o avançar da idade não impede que este continue evoluindo e transformando-se, assim a velhice consiste em uma época de descobertas, autoconhecimento, e de contínuo crescimento pessoal. Nessa perspectiva, a tendência atualizante parte da ideia de evolução, liberdade e autonomia, este potencial é inato e inerente a todos os seres humanos, independente da faixa etária, movendo o sujeito em direção ao progresso, de forma a guiar as ações e percepções do indivíduo, para que este possa se desenvolver integralmente e viver plenamente. Portanto, a presente pesquisa teve como objetivo analisar e compreender a capacidade de tendência atualizante em idosos no contexto terapêutico, e o avanço desse processo a partir dos pressupostos da Abordagem Centrada na Pessoa. O estudo contou com a participação de uma idosa, 59 anos, cadastrada na lista de espera para atendimento psicoterápico do CENFOR. A análise das sessões possibilitou verificar condições que bloqueavam a recuperação da potencialidade atualizadorada da cliente. Ao final...