Página 1 dos resultados de 1874 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Abuso de fármacos anestésicos pelos anestesiologistas; Anesthetic drug abuse by anesthesiologists; Abuso de fármacos anestésicos por parte de los anestesiólogos

Jungerman, Flavia Serebrenic; Alves, Hamer Nastasy Palhares; Carmona, Maria José Carvalho; Conti, Nancy Brisola; Malbergier, André
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O uso de substâncias psicoativas é um pouco mais alto na classe médica comparado à população geral. Dentre as especialidades médicas, a Anestesiologia é uma das mais atingidas, principalmente por excesso de trabalho e maior acesso aos fármacos. O objetivo deste artigo é revisar a literatura sobre o assunto. Para isso, realizou-se uma pesquisa com as palavras-chaves relacionadas ao assunto no MEDLINE, com artigos dos últimos 30 anos. CONTEÚDO: Apesar da droga de maior abuso entre os anestesiologistas ser o álcool, o abuso de agentes anestésicos é o mais preocupante, devido ao alto potencial de dependência, bem como às suas consequências, muitas vezes letais. Os mais usados são os opioides (fentanil e sufentanil), o propofol e os anestésicos inalatórios. Os profissionais mais jovens são os mais afetados. As consequências do uso vão desde afastamento do local de trabalho até morte. A volta à sala de cirurgia parece levar a alto risco de recaída. Programas de tratamento especializado para a classe médica são propostos nos EUA e na Europa, bem como medidas preventivas, como rigidez no controle de fármacos e identificação dos profissionais sob maior risco de abuso. No Brasil, os anestesiologistas são a segunda especialidade que mais consomem substâncias...

Uso de dexmedetomidina em anestesiologia

Villela, Nivaldo Ribeiro; Nascimento Júnior, Paulo do
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 97-113
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A dexmedetomidina é um novo agonista alfa2-adrenérgico que apresenta relação de seletividade entre os receptores alfa2:alfa1 de 1600:1, com importante ação sedativa e analgésica, bom controle hemodinâmico frente ao estresse e que pode produzir, por si só, anestesia. Este agente tem sido empregado para promover analgesia e sedação no período pós-operatório e nas unidades de tratamento intensivo. Devido à suas propriedades, recentemente, a dexmedetomidina passou a ser utilizada também na sala de operações, como fármaco coadjuvante em anestesia. Assim, este artigo faz uma revisão da literatura com relação ao uso da dexmedetomidina na prática anestésica. CONTEÚDO: São apresentados os principais trabalhos com o emprego da dexmedetomidina em Anestesiologia, seja como medicação pré-anestésica, ou durante o ato anestésico-cirúrgico. O mecanismo de ação dos fármacos alfa2-agonistas e as propriedades farmacocinéticas e farmacodinâmicas da dexmedetomidina também são revistos neste artigo. CONCLUSÕES: O uso da dexmedetomidina como medicação pré-anestésica, durante anestesia, ou no período pós-operatório, promove boa estabilidade hemodinâmica. Há redução do consumo de anestésicos durante a anestesia. Os pacientes sedados com a dexmedetomidina podem ser despertados...

Mapeamento das evidências das revisões sistemáticas do Grupo Anestesiologia da Colaboração Cochrane: entendendo seu valor para a prática clínica

Santos Junior, Reinaldo da Silva
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 171 f.
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
Pós-graduação em Anestesiologia - FMB; Cochrane Collaboration systematic reviews aim to offer updated, objective and consistent information for clinical practice and in order to settle Health policies. However, inconsistence of evidence, as well as inability of raising recommendations is being observed. The aim of this study is to analyze the systematic reviews of Cochrane Collaboration Anesthesia Group and to map its use for clinical practice and scientific research. Methods: A systematic study was conducted, having the analyzes of all systematic reviews of Cochrane Collaboration Anesthesia Group until February, 2014, and then validating which recommendation for clinical practice, based on the author’s conclusions, would be more suitable. Data are shown in percentage and 95% confidence interval (CI). Besides, the number of clinical assays and meta-analyzes per systematic review is demonstrated. Results: 115 systematic reviews were analyzed. There is enough evidence to support recommendation either with or without the need of more studies, as in 32.2% and 2.6% [CI 95% 23.7; 40.7], respectively. Evidences that were opposite to interventions, with or without the need of further studies, consisted in 6.1% [CI 95% 1.7; 10.4] and 1.7% [IC 95% 0; 4.0]...

Bases teóricas para a implementação do aprendizado orientado por problemas na residência médica em anestesiologia

Oliveira Filho,Getúlio Rodrigues de
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 PT
Relevância na Pesquisa
47.12%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O Aprendizado Orientado por Problemas (AOP) é um método de ensino cujo objetivo primário é a acumulação de conceitos médicos no contexto de problemas clínicos, que tem sido largamente empregado na graduação médica desde os anos sessenta. O AOP é baseado na teoria do processamento de informação, segundo a qual, a aquisição de novos conhecimentos é facilitada pela ativação de conhecimentos preexistentes sobre o assunto, pela similaridade entre os contextos de aprendizado e aplicação do conhecimento e pela elaboração da informação. Outras teorias têm sido utilizadas para justificar o uso do método AOP no ensino de estudantes de Medicina e em outras áreas. O método AOP utiliza os conceitos aplicados ao aprendizado de adultos, os quais se aplicam aos episódios de aprendizado de médicos. CONTEÚDO: Este artigo descreve o método AOP, suas bases teóricas e psicológicas, o papel de instrutores e estudantes no processo e sugestões quanto à sua implementação. CONCLUSÕES: Comparado ao ensino tradicional, o AOP tem como principais vantagens a maior satisfação dos estudantes e instrutores, a maior diversificação das fontes de consulta e busca de conhecimento e o maior tempo despendido no estudo individual. Uma vez que o método não apresenta desvantagens...

Tutoria com médicos residentes em anestesiologia: o programa da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo

Marcolino,José Álvaro Marques; Vieira,Joaquim Edson; Piccinini Filho,Luiz; Mathias,Lígia Andrade da Silva Telles
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2004 PT
Relevância na Pesquisa
47.32%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A residência médica pode trazer desgaste emocional. Este artigo descreve um programa de tutoria durante o período de treinamento dos médicos em Anestesiologia. MÉTODO: O programa foi instituído na Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Vinte e sete residentes de Anestesiologia participaram do programa e quatro profissionais de saúde constituíram a equipe de tutoria. Um questionário sobre as impressões dos médicos residentes de primeiro e segundo anos, a respeito da formação médica em Anestesiologia foi desenvolvido com doze perguntas e três respostas para cada um, sendo aplicado antes e no fim do programa. Foram constituídos quatro grupos de residentes: residentes do 1º ano; residentes do 2º ano; residentes do 1º ano e 2º ano (2 grupos). As reuniões de tutoria ocorreram mensalmente às quintas-feiras, 7h00, com duração de uma hora. RESULTADOS: O cotidiano do residente foi considerado adequado. Houve redução na frustração e melhoria na auto-confiança. Um número elevado descreveu maior entusiasmo pela Anestesiologia e expectativas mais elevadas em relação ao futuro após a residência. Os tutores relataram a importância de reuniões obrigatórias, a possibilidade discutir a humanização e a possibilidade de despreparo dos tutores como um fator da limitação. CONCLUSÕES: O programa de tutoria pode ser considerado como um instrumento para a adaptação dos residentes no programa de Anestesiologia.

Anestesiologia baseada em evidências: o que é e como praticar

Angelis,Rodrigo Mariano da Costa de; Avezum Júnior,Álvaro; Cavalcanti,Alexandre Biasi; Carvalho,Rogério Teixeira de
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
47.24%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os princípios da Medicina baseada em evidências têm sido aplicados à Anestesiologia. A proposta dessa revisão é abordar os fundamentos para a prática da Medicina baseada em evidências e fornecer exemplos de como esses princípios podem ser incorporados à prática diária. Até o momento da conclusão desse artigo, não foi encontrado nenhum trabalho sobre Anestesiologia baseada em evidências na literatura médica brasileira, o que determinou a sua realização. CONTEÚDO: Este artigo consiste de revisão que aborda um novo paradigma da Medicina e como ele pode ser aplicado à Anestesiologia. CONCLUSÕES: A Anestesiologia baseada em evidências constitui a integração da melhor evidência científica disponível à experiência clínica do anestesiologista e às expectativas do paciente, visando à melhoria do cuidado com ele.

A serendipidade na medicina e na anestesiologia

Vale,Nilton Bezerra do; Delfino,José; Vale,Lúcio Flávio Bezerra do
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Neste trabalho foram examinados mais de uma centena dos mais felizes acoplamentos de uma mente brilhante com a sorte benfazeja (serendipidade), através da releitura das mais relevantes histórias sobre invenções e descobertas relacionadas à ciência (n = 46), à Medicina (n = 46) e à Anestesiologia (n = 16). CONTEÚDO: Conceito de serendipidade; exemplos célebres de serendipidade em Ciência e Tecnologia; serendipidade na pesquisa e prática médicas; serendipidade na Anestesiologia; serendipidade e criatividade na pesquisa. Através da história do desenvolvimento médico, a natureza provou que o caminho mais efetivo e mais barato na obtenção de drogas, instrumentos e serviços pode ser a sorte fortuita porque muitas descobertas são serendípticas. Este artigo educacional encoraja o anestesiologista a apreciar os eventos relacionados com invenções e descobertas científicas, mostrando-lhe que a serendipidade é possível, desde que seja aguardada. Cada descoberta ou invenção inclui história, biografia e explicação científica ou anedótica. Além das descobertas tradicionais como pão, vinho, gravidade, fotografia, velcro, air-bag, etc., há outras relacionadas à Medicina (microscópio, Raio X...

Pós-graduação stricto sensu em anestesiologia: experiência de dez anos na UNESP

Braz,José Reinaldo Cerqueira; Vianna,Pedro Thadeu Galvão; Castiglia,Yara Marcondes Machado; Vane,Luiz Antonio; Massone,Flávio; Lemonica,Lino; Castro,Gladys Bastos de
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
47.28%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O número de Programas de Pós-Graduação em Anestesiologia stricto sensu existente no país ainda é muito pequeno. Com a finalidade de incentivar a pós-graduação em Anestesiologia no Brasil, é apresentada a experiência acumulada em dez anos de atividades do programa da Universidade Estadual Paulista (UNESP). CONTEÚDO: O Programa de Pós-Graduação em Anestesiologia stricto sensu da UNESP foi credenciado pela CAPES, desde a sua criação em 1994, nos Cursos de Mestrado e Doutorado. O Programa é desenvolvido em três Áreas de Concentração: Risco e Proteção de Órgãos e Sistemas em Anestesia e Cirurgia; Qualidade e Segurança em Anestesiologia; e Modelos Clínicos e Experimentais em Terapia Antálgica, com as suas respectivas linhas de pesquisa, em número de 14. O número de alunos regulares do Programa é compatível com o número de orientadores (12), com proporção média de três alunos por orientador. Desde o seu início até setembro de 2004, ocorreram 45 Dissertações de Mestrado e 24 de Doutorado, perfazendo 69 defesas, a maioria com bolsas e financiamentos de Órgãos de Fomento à Pesquisa. Após a conclusão do doutorado, 65% dos alunos têm atividade de docência e pesquisa em instituições públicas e privadas do ensino universitário do país. A maioria das publicações do programa tem sido realizada em revistas nacionais com Qualis A...

Bioética: aspectos de interesse do anestesiologista

Udelsmann,Artur
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A evolução da Medicina exige dos profissionais da saúde a realização de uma série de reflexões de cunho ético, diante de situações enfrentadas diariamente, de maneira a não transgredir regras morais, éticas e legais. O objetivo deste artigo foi abordar os princípios da bioética que devem ser observados durante o exercício da Anestesiologia. CONTEÚDO: Após a introdução histórica e a definição de bioética como uma ciência de cunho filosófico, são demonstradas as interfaces desta com o Direito. Os princípios da beneficência, da não-maleficência, do respeito à autonomia e da justiça são apresentados como pontos essenciais da prática da Anestesiologia e cujo objetivo é, primordialmente, a preservação da dignidade do ser humano. A observação desses princípios protege o paciente de resultados inesperados, indesejáveis e também o anestesiologista de implicações na esfera ética ou jurídica em face de complicações fortuitas. CONCLUSÕES: A bioética tornou-se inseparável no âmbito das discussões da saúde; para o progresso da Anestesiologia e da pesquisa tornam-se necessários os conhecimentos dessa área na prática da especialidade. Embora de cunho filosófico, de certa maneira um pouco longe da especialidade que prima pela atenção aguda ao paciente...

Avaliação da qualidade dos ensaios clínicos aleatórios em anestesia publicados na Revista Brasileira de Anestesiologia no período de 2005 a 2008

Barbosa,Fabiano Timbó; Jucá,Mário Jorge
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
47.02%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O ensaio clínico aleatório (ECA) é definido como um estudo que envolve grupos de intervenção e controle, com alocação aleatória dos participantes. O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade dos artigos de ECA em anestesia publicados num determinado período. Desenho do estudo: descritivo. MÉTODO: Foi realizada busca manual dos artigos publicados na Revista Brasileira de Anestesiologia entre janeiro de 2005 e fevereiro de 2008, que tivessem características de ECA. A variável primária foi a qualidade dos ECA; as variáveis secundárias foram: encaminhamento da pesquisa para o Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), utilização do termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE), descrição da fonte de fomento, realização do cálculo do tamanho da amostra, número de autores, local de origem, teste estatístico utilizado, nível de significância adotado na pesquisa e classificação do tipo de estudo. Foi utilizada a escala de qualidade para avaliar a qualidade dos ECA, estatística descritiva e o cálculo do intervalo de 95% de confiança. RESULTADOS: Dos 114 artigos originais, 42 foram identificados como ECA. Destes, somente 3 (7,1%) foram classificados como de boa qualidade metodológica...

Carlos Parsloe (1919-2009) - in memoriam

Reis Júnior,Almiro dos
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Dr. Carlos Pereira Parsloe foi o mais importante e conhecido anestesiologista brasileiro e o que alcançou maior repercussão mundial. Teve papel fundamental como Presidente da Comissão Científica do III Congresso Mundial de Anestesiologia (Brasil). Foi Presidente da SAESP e atingiu a Presidência da WFSA. Sua autobiografia foi publicada pela Wood Library-Museum of Anesthesiology (Illinois, EUA). Com seu desaparecimento em janeiro deste ano de 2009, a Anestesiologia brasileira perdeu um dos seus mais valiosos membros. CONTEÚDO: A vida de Parsloe é descrita, ressaltando-se seu caráter, sua competência, sua dedicação ao estudo e ao ensino, as funções que brilhantemente exerceu e as conquistas que obteve. Registram-se fatos desde sua infância até o curso médico no Rio de Janeiro e seus primeiros anos de exercício da Medicina nesta cidade e em Chicago (EUA). Transmite fatos ocorridos durante os dois anos de residência dele em Madison (Wisconsin), sob a orientação de Ralph Waters, da qual sempre se orgulhou. Relata sua volta temporária ao Brasil, seu segundo período de vida em Madison, seu retorno definitivo ao nosso país e sua vida e importância no Serviço Médico de Anestesia (SMA) de São Paulo. Recorda algumas das numerosas homenagens que recebeu no Brasil e no exterior. CONCLUSÕES: Ocorrendo neste ano o triste desaparecimento do Dr. Carlos Pereira Parsloe...

Avaliação de relatório eletrônico de anestesia

Zamper,Raffael Pereira Cezar; Torres,Marcelo Luís Abramides; Ferraz,Janice Leão; Mori Neto,Silvio; Holzhacker,Rafael; Shimada,Vanessa; Carmona,Maria José Carvalho
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A utilização de sistemas de informação que permitem o preenchimento automático de relatórios de anestesia ainda é incipiente no Brasil. O objetivo deste estudo foi validar um sistema informatizado para elaboração de relatório de anestesia. MÉTODOS: O projeto foi aprovado pela Comissão de Ética institucional e desenvolvido em sistema de parceria empresa-universidade (Dixtal, São Paulo, Brasil e Universidade de São Paulo) com financiamento da FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos do Ministério de Ciência e Tecnologia). O projeto elaborado teve como premissa a integração ao sistema de informações hospitalares para recuperação de dados referentes à identificação, avaliação pré-operatória e resultados de exames laboratoriais. A versão final do protótipo do sistema informatizado desenvolvido foi submetida à avaliação com relação à aplicabilidade por meio de instrumento semiestruturado, aplicado a 33 médicos, residentes e/ou especialistas em Anestesiologia durante procedimentos anestésico-cirúrgicos realizados em 66 pacientes. Os dados foram avaliados descritivamente. RESULTADOS: O sistema informatizado avaliado foi considerado con fiável por 81% dos participantes, inclusive para cirurgias de grande porte. A maioria dos anestesiologistas considerou o protótipo proveitoso para a realização de pesquisas futuras e capaz de atender às necessidades de confecção de relatório de anestesia...

Frequência do uso adequado dos testes estatísticos nos artigos originais publicados na Revista Brasileira de Anestesiologia entre janeiro de 2008 e dezembro de 2009

Barbosa,Fabiano Timbó; Souza,Diego Agra de
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
47.19%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A realização de uma análise estatística é necessária para uma avaliação adequada do artigo original por parte do leitor, possibilitando-lhe melhor visualização e compreensão dos resultados. O objetivo desta pesquisa foi determinar a frequência do uso adequado dos testes estatísticos de hipóteses presentes nos artigos originais publicados na Revista Brasileira de Anestesiologia no período entre janeiro de 2008 e dezembro de 2009. MÉTODOS: Foram selecionados artigos originais publicados na Revista Brasileira de Anestesiologia entre janeiro de 2008 a dezembro de 2009. O uso dos testes estatísticos foi avaliado como apropriado quando a seleção dos testes foi adequada para variáveis contínuas e categóricas e para testes paramétricos e não paramétricos; houve descrição do fator de correção quando se relatou o uso de múltiplas comparações; foi mencionado o uso específico de um teste estatístico para a análise de uma variável. RESULTADOS: Foram selecionados 76 artigos originais, com um total de 179 testes estatísticos de hipóteses. A frequência dos testes estatísticos mais utilizados foi: 20,11% para o qui-quadrado, 19,55% para o teste t de student, 10,05% para o teste de ANOVA e 9...

Avaliação do interesse na carreira acadêmica dos médicos em especialização em Anestesiologia

Meurer,Gustavo Henrique; Kozuki,Henrique; Oliveira Filho,Getúlio R de
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
47.19%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Tem-se observado certa tendência à perda pelo interesse acadêmico nas diversas áreas da Medicina, inclusive Anestesiologia. O objetivo deste estudo foi pesquisar o interesse de médicos em especialização (ME) em Anestesiologia em seguir uma carreira acadêmica, bem como identificar os fatores determinantes dessa escolha. MÉTODO: O estudo foi prospectivo e transversal. Selecionou-se uma amostra probabilística simples de médicos em especialização em Anestesiologia. Um questionário foi enviado a cada participante. As respostas foram submetidas a análises uni e multivariadas para determinar a frequência de predisposição acadêmica na amostra e determinação dos fatores preditivos independentes de predisposição acadêmica. RESULTADOS: Foram analisados 155 questionários (taxa de resposta = 38,7%). Sessenta e nove participantes (44,5%) manifestaram interesse em seguir uma carreira acadêmica. A análise multivariada identificou como fatores independentes de previsão da predisposição acadêmica: estar cursando o primeiro ano do curso de especialização (razão de chances [RC] = 2,52; intervalo de 95% de confiança [IC 95%] = 1,19 - 5,38), ter apresentado trabalho científico em evento médico (RC = 3...

Bioética e anestesia: um estudo reflexivo de publicações da Revista Brasileira de Anestesiologia

Santos,Maria de Fátima Oliveira dos; França,Genival Veloso de
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
47.28%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Especificamente no caso da Anestesiologia, há grande carência de subsídios teóricos para nortear os princípios bioéticos. O presente trabalho propõe a análise da produção bibliográfica referente ao tema Bioética, em forma de artigos, da Revista Brasileira de Anestesiologia, entre os anos 1999 e 2009. MÉTODO: Foram selecionados três artigos da Revista Brasileira de Anestesiologia, publicados no período de 1999 a 2009. Os artigos tratavam da questão bioética especificamente na área de Anestesiologia, ou faziam relação entre Anestesia e Bioética. Como procedimento metodológico, empregou-se a técnica de análise de conteúdo manual, segundo o modelo de Bardin. RESULTADOS: Observou-se que o tema mais emergente no material analisado refere-se aos ideais da Bioética, destacando-se o ideal do Principialismo (f 23; 23,5%). Por outro lado, a classe que define a ética como o berço da Bioética foi a que obteve menor quantidade de Unidade de Contexto Elementar (UCE) (f 15, 15,3%). CONCLUSÕES: Nas produções referenciadas, a Bioética ainda é considerada um ideal a ser atingido, encontrando dificuldade no âmbito de aplicação na prática diária da Anestesiologia. Ressalta-se a necessidade de se realizarem estudos que abordem a Anestesia e a Bioética de maneira mais específica...

Ensino de anestesiologia durante a graduação por meio de uma liga acadêmica: qual o impacto no aprendizado dos alunos?

Ramalho,Alan Saito; Silva,Felipe Duarte; Kronemberger,Tatiana Barboza; Pose,Regina Albanese; Torres,Marcelo Luis Abramides; Carmona,Maria José Carvalho; Auler Jr,José Otávio Costa
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
47.28%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As ligas acadêmicas vêm se firmando como instrumentos de ensino médico e inserção dos estudantes de medicina na prática das especialidades, inclusive na anestesiologia. Como o papel das ligas no processo de desenvolvimento de competências e aprendizado de seus alunos não é bem conhecido, avaliou-se o aprendizado dos integrantes de uma liga acadêmica de anestesiologia após um ano de participação nas suas atividades. MÉTODO: Os alunos de uma liga acadêmica de anestesiologia foram acompanhados de março a dezembro de 2010 e avaliados por meio de testes cognitivos objetivos de múltipla escolha aplicados antes do início das atividades e após sua conclusão. A frequência nas atividades e o perfil epidemiológico dos alunos foram correlacionados aos resultados dos testes. RESULTADOS: Foram analisados 20 acadêmicos do 3º ao 6º ano, com média de idade de 22,8 (21-26) anos. A frequência média nas atividades propostas foi 10,4/13 (80%). A média de acertos no primeiro teste foi 8,1/17 (47,6%), sendo que os alunos do 3º ano apresentam notas menores (p < 0,02) em relação aos demais. No teste pós-liga, a média de acertos foi 11,9/17 (70%), mostrando melhora no desempenho dos alunos (p < 0...

Exposição ocupacional a poluição sonora em anestesiologia

Oliveira,Carlos Rogério Degrandi; Arenas,Gilberto Walter Nogueira
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
47.02%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os efeitos nocivos da poluição sonora em ambientes de trabalho são bem conhecidos e descritos na literatura. Os efeitos da exposição prolongada a ruídos em áreas que demandam alto nível de concentração, como as salas de operações, dependem da variabilidade nas respostas individuais e da intensidade das diferentes fontes geradoras. O objetivo deste trabalho é apresentar uma revisão sobre a exposição ocupacional a poluição sonora em Anestesiologia. CONTEÚDO: São discutidos os resultados dos principais artigos da literatura sobre o tema, envolvendo as fontes de poluição sonora e seus efeitos sobre os profissionais, em especial o anestesiologista. É dada ênfase a legislação e as recomendações para a minimização dos efeitos imputados à poluição sonora.

Ecocardiografia transesofágica em anestesiologia: caracterização do perfil de uso em um hospital terciário

Silva,Alexander Alves da; Segurado,Arthur; Kimachi,Pedro Paulo; Silva,Enis Donizete; Goehler,Fernando; Gregory,Fabio; Simões,Claudia
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
47.02%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVO: Desde sua introdução, na década de 1980, a ecocardiografia transesofágica (ETE) não só ganhou popularidade como também passou por grandes avanços tecnológicos e atualmente constitui-se numa ferramenta extremamente valiosa no período intraoperatório. No Brasil ainda não há dados publicados sobre o perfil de seu uso no período intraoperatório por anestesiologistas. O objetivo deste trabalho foi descrever o perfil de uso da ETE no intraoperatório por Serviço de Anestesiologia em um hospital privado de nível terciário. PACIENTES E MÉTODOS: Estudo retrospectivo feito através da coleta de dados das fichas preenchidas em todos os casos em que o paciente foi monitorado com a ETE. A monitoração foi aplicada nos pacientes enquadrados nas classes I e II de acordo com a Sociedade Americana de Ecocardiografia e que não apresentassem contraindicação ao exame. No fim do procedimento, após a conclusão do exame, uma anotação na ficha classificou a monitoração quanto à sua utilidade no período intraoperatório em três grupos: grupo 1 - a ETE não interferiu na conduta cirúrgica ou anestésica; grupo 2 - a ETE motivou mudança na conduta anestésica quanto à administração de volume, introdução e/ou modificação de drogas vasoativas (aqui a ETE gerou a mudança de conduta anestésica em conjunto com os outros monitores...

Riscos e doenças ocupacionais relacionados ao exercício da anestesiologia

Volquind,Daniel; Bagatini,Airton; Monteiro,Gabriela Massaro Carneiro; Londero,Juliana Rech; Benvenutti,Giovani Dani
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
47.12%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O exercício da anestesiologia não é isento de riscos para o anestesiologista. Considerada um local de trabalho insalubre em razão dos riscos potenciais que oferece, a sala de operações (SO) é o local no qual o anestesiologista passa a maior parte do tempo. Nesta revisão, propomos uma análise dos riscos ocupacionais aos quais estão expostos os anestesiologistas em sua prática diária. CONTEÚDO: Apresentamos a classificação dos riscos e suas relações com as doenças ocupacionais. CONCLUSÃO: O controle dos riscos ocupacionais, aos quais os anestesiologistas são expostos diariamente, se faz necessário para o desenvolvimento de um local de trabalho adequado e com riscos reduzidos para a boa prática da anestesiologia. Isso contribui para a diminuição do absenteísmo, a melhora da assistência prestada ao paciente e da qualidade de vida do anestesiologista.

Ensino de anestesiologia durante a graduação por meio de uma liga acadêmica: qual o impacto no aprendizado dos alunos?; Anesthesiology teaching during undergraduation through an academic league: what is the impact in students' learning?; Enseñanza de la anestesiología durante el pregrado por medio de una liga académica: ¿cuál es el impacto en el aprendizaje de los alumnos?

Ramalho, Alan Saito; Silva, Felipe Duarte; Kronemberger, Tatiana Barboza; Pose, Regina Albanese; Torres, Marcelo Luis Abramides; Carmona, Maria José Carvalho; Auler Jr, José Otávio Costa
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
47.35%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As ligas acadêmicas vêm se firmando como instrumentos de ensino médico e inserção dos estudantes de medicina na prática das especialidades, inclusive na anestesiologia. Como o papel das ligas no processo de desenvolvimento de competências e aprendizado de seus alunos não é bem conhecido, avaliou-se o aprendizado dos integrantes de uma liga acadêmica de anestesiologia após um ano de participação nas suas atividades. MÉTODO: Os alunos de uma liga acadêmica de anestesiologia foram acompanhados de março a dezembro de 2010 e avaliados por meio de testes cognitivos objetivos de múltipla escolha aplicados antes do início das atividades e após sua conclusão. A frequência nas atividades e o perfil epidemiológico dos alunos foram correlacionados aos resultados dos testes. RESULTADOS: Foram analisados 20 acadêmicos do 3º ao 6º ano, com média de idade de 22,8 (21-26) anos. A frequência média nas atividades propostas foi 10,4/13 (80%). A média de acertos no primeiro teste foi 8,1/17 (47,6%), sendo que os alunos do 3º ano apresentam notas menores (p < 0,02) em relação aos demais. No teste pós-liga, a média de acertos foi 11,9/17 (70%), mostrando melhora no desempenho dos alunos (p < 0...