Página 1 dos resultados de 222 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Estudo sobre a transmissibilidade do vírus da artrite encefalite caprina através do sêmen e da placenta; Study on the transmissibility of the caprine arthritis encephalitis virus through semen and placenta

Hasegawa, Marjorie Yumi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.91%
Artrite Encefalite Caprina é uma enfermidade infecciosa, multissistêmica, causada pelo vírus da Artrite Encefalite Caprina, que pertence dentre os Lentivírus de Pequenos Ruminantes. Sobre o aspecto reprodutivo na transmissão, o objetivo do presente estudo consiste em avaliar experimentalmente a transmissibilidade do lentivírus caprino em cabras e suas crias pela placenta e sêmen. Para avaliar a influência da transmissão via placentária, foram utilizadas cinco fêmeas com CAEV inseminadas artificialmente com sêmen de bode livre de CAEV. Para avaliar a influência da transmissão pelo sêmen, foram utilizadas seis fêmeas livres de CAEV inseminadas artificialmente com sêmen de bode livre de CAEV. O CAEV-Cork foi adicionado ao sêmen fresco com a finalidade de se obter título infectante com carga viral em 105 TCID50/mL. Como grupo controle, duas cabras livres de CAEV foram inseminadas artificialmente com sêmen de mesmo bode sem o inóculo viral; e outras duas cabras com CAEV inseminadas com a carga viral. As fêmeas foram monitoradas durante a gestação até 15 dias pós-parto e as crias separadas das mães foram monitoradas até 12 meses de idade, empregando-se as técnicas de IDGA, cELISA e nested-PCR. As fêmeas com CAEV apresentaram resultados positivos em IDGA (87...

Detecção da infecção pelo vírus da artrite-encefalite caprina: imunodifusão em ágar e reação em cadeia da polimerase com "primers" degenerados; Detection of caprine arthritis-encephalitis virus infection : agar gel immunodiffusion and polymerase chain reaction with degenerated primers

Rutkoski, Juliana Klein; Werenicz, R.; Reischak, D.; Wendelstein, Ana Cristina da Silva; Moojen, Valeria; Ravazzolo, Ana Paula
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.81%
O objetivo deste trabalho foi analisar amostras de soro e de células sangüíneas de caprinos para detecção de anticorpos e DNA proviral do vírus da artrite-encefalite caprina (CAEV), respectivamente. Utilizou-se a técnica de imunodifusão em ágar (AGID) e a reação em cadeia da polimerase (PCR) com “primers” degenerados. Foram analisadas amostras de diferentes procedências: 39 de Mato Grosso do Sul (MS), 19 de São Paulo (SP) e 22 do Ceará (CE), dessas últimas, 12 oriundas de animais importados do Canadá. Os resultados de AGID e PCR foram discordantes, pois o primeiro permitiu a detecção de 25 animais soropositivos, enquanto a PCR detectou DNA proviral de CAEV em 16 amostras. Pela PCR foi possível identificar animais infectados cujos testes sorológicos foram negativos pelo AGID: oito amostras do MS e um do CE. São discutidos diferentes aspectos que poderiam estar envolvidos na discordância dos resultados.; The purpose of this work was to analyse serum and blood cells from caprine origin to detect antibody and proviral DNA of caprine arthritis encephalitis virus (CAEV), respectively. Agar gel immunodiffusion (AGID) and polymerase chain reaction (PCR) with degenerated primers were used. Samples of different geographical regions were analysed: 39 from Mato Grosso do Sul (MS)...

PCR associated with agar gel immunodiffusion assay improve caprine arthritis-encephalitis (CAEV) control

Modolo, J. R.; Stachissini, A. V. M.; Padovani, C. R.; Junior, J. P. Araujo; Castro, R. S.; Ravazzolo, A. P.; Leite, B. L. S.
Fonte: Elsevier B.V. Publicador: Elsevier B.V.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 18-20
ENG
Relevância na Pesquisa
27.81%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Caprine arthritis-encephalitis (CAE) is a multi-systemic viral syndrome in goats caused by small ruminant lentivirus (CAEV). The control measures prescribed for CAEV control are based on the identification of infected animals through a suitable serological test. The aim of this work was to improve the CAE control measures through the association of indirect (agar gel immunodiffusion-AGID) and direct (PCR) assays to CAEV diagnosis. Thirty-nine kids born to AGID-seropositive dairy goats were separated from their dams immediately after birth, fed heat-treated colostrum from AGID-seronegative goats and then after pasteurized goat milk. AGID was performed at birth before colostrum, at 9 and 12 months, and the AGID-seropositive animals were segregated. Seronegative goats were also submitted to PCR to detect proviral DNA in blood, and the positives were isolated. A study of accumulated residual negativity was performed using a 95% confidence limit rate. During the 12 month experimental period no clinical signs of CAEV were observed. At the end of that period 34 animals remained ACID-seronegative to CAEV...

Paratuberculosis in Sheep from Serra da Estrela Region

Vala, Helena; Santos, C.; Esteves, F.; Albuquerque, T.; Afonso, A.; Botelho, A.; Seixas, C.; Amaral, M; Amado, A.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 ENG
Relevância na Pesquisa
27.06%
Being Paratuberculosis a chronic disease of difficult diagnosis and having suspicious of her presence in Serra da Estrela ovine’s effectives, it’s essential to prove this fact and establish a fast, efficient and viable diagnosis protocol, to be able to identified flock’s carriers of disease cases and, subsequently, being developed an eradication plane that allows her control. Therefore, in this work were tested several diagnosis’ methods but this report reflects mostly on the histopatological diagnosis’ methods, including the general condition observation before necropsy elaboration, necropsy, histopathological exam and Ziehl-Neelsen’s stain method, as well as Immunohistochemical`s method. A analogy with serological diagnosis was made. Of the 46 animals sent to necropsy, 20 showed positive reaction to ELISA (enzyme linked immunosorbent assay), 2 doubtful reaction and 21 were negative. The AGID was only positive in 4 animals. The symptoms were compatible in 34 animals. The macroscopic’s exam was compatible in 40 animals. The histopathology was compatible in 26 animals. The Ziehl-Neelsen’s stain of tissues revealed acid fast bacterias in 20 animals. In Immunohistochemical method 20 animals were positives.

Estudo Anatomohistopatológico da Paratuberculose em ovinos Serra da Estrela

Vitória, A.; Vala, Helena; Santos, C.; Esteves, F.; Seixas, C.; Afonso, A. F.; Ribeiro, MTFA; Amado, A.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
27.35%
A Paratuberculose é de uma doença crónica, de difícil diagnóstico, causadora de importantes perdas económicas. Por haver suspeita da sua presença nos efectivos ovinos da região da Serra da Estrela, é fundamental estabelecer um protocolo de diagnóstico rápido, eficaz e fiável, de modo a poderem ser identificados os rebanhos portadores de casos de doença e, posteriormente, elaborar-se um plano que permita o seu controlo. Este trabalho consistiu na aplicação de métodos de diagnóstico anatomopatológicos a 34 animais previamente submetidos a dois testes serológicos, ELISA e AGID, aos quais foi realizada a necrópsia. Assim, foram contemplados vários parâmetros de diagnóstico que incluíram a observação do hábito externo antes da realização da necrópsia, necrópsia, exame histopatológico, método de coloração de Ziehl-Neelsen, bem como o método de Imunohistoquímica, cujos resultados se apresentam. Teve como objectivo o estudo anátomopatológico de uma amostragem de animais soropositivos, negativos e duvidosos, de modo a avaliar o padrão lesional macro e microscópico, a presença de bactérias álcool-ácido-resistentes na coloração de Ziehl-Neelsen, bem como a marcação com o anticorpo anti-MAP, de modo a comparar estes resultados com os da serologia e assim contribuir para o objectivo último de estabelecer um protocolo de diagnóstico rápido...

Resultado das técnicas de diagnóstico serológico – método ELISA

Seixas C, C.; Santos, C.; Esteves, F.; Albuquerque, T.; Vala, Helena
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
27.35%
A primeira abordagem de diagnóstico laboratorial de Paratuberculose ovina consistiu numa pesquisa de anticorpos específicos anti-mycobacterium paratuberculosis através do método ELISA (Enzime Linked Immunosorbent Assay), em amostras de soro sanguíneo recolhidas nos animais das explorações em estudo. A primeira fase do estudo serológico consistiu no rastreio de 20% dos animais das 12 explorações incluídas no estudo. A segunda fase de pesquisa focou-se nas explorações onde se verificaram resultados positivos (10 explorações), sendo rastreados os restantes 80% dos animais. A pesquisa de anticorpos por este método revelou, em 2589 amostras analisadas, a presença de 235 amostras positivas (9,1%) e de 45 duvidosas (1,7%). A técnica ELISA foi aplicada recorrendo a dois kits comerciais existentes no mercado. Todas as amostras foram testadas individualmente com um kit ELISA de “screening”, sendo posteriormente testadas as amostras positivas e duvidosas com um kit ELISA de confirmação. Estas mesmas amostras foram ainda submetidas a análise com a técnica AGID (Agar Gel Immunodiffusion), que consiste igualmente na pesquisa de anticorpos específicos anti-Mycobacterium paratuberculosis, verificando-se a reacção entre o soro da amostra e o PPA (Antigénio Protoplasmático Paratuberculose)...

Estudo anatomohistopatológico e microscópico.

Vala, Helena; Afonso, A. F.; Esteves, F.; Santos, C.; Seixas, C.; Amaral, M.; Albuquerque, T.; Botelho, A.; Amado, A.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
27.35%
Este trabalho consistiu na aplicação de métodos de diagnóstico anatomopatológicos a 46 animais previamente submetidos a dois testes serológicos, ELISA e AGID, aos quais foi realizada a necrópsia. Foram contemplados vários parâmetros de diagnóstico que incluíram a observação do hábito externo antes da realização da necrópsia, exame macroscópico, exame histopatológico, método de coloração de Ziehl-Neelsen e método de Imunohistoquímica, cujos resultados se apresentam. Teve como objectivo o estudo anátomopatológico de uma amostragem de animais soropositivos, negativos e duvidosos, de modo a avaliar o padrão lesional macro e microscópico, a presença de bactérias álcool-ácido-resistentes detectadas pelo método de coloração de Ziehl- Neelsen, bem como pela detecção imunohistoquímica com o anticorpo anti-MAP, de modo a comparar estes resultados com os da serologia e assim contribuir para o objectivo último de estabelecer um protocolo de diagnóstico rápido, eficaz. A maioria dos animais submetidos a necrópsia, apresentou um quadro de magreza e mau estado geral, seguindo-se os sinais de diarreia ou de fezes moles. Na grande maioria dos animais submetidos a necrópsia, foram evidentes lesões ganglionares...

Detecção da infecção pelo vírus da artrite-encefalite caprina: imunodifusão em ágar e reação em cadeia da polimerase com "primers" degenerados

Rutkoski,J.K.; Werenicz,R.; Reischak,D.; Wendelstein,A.C.; Moojen,V.; Ravazzolo,A.P.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
27.54%
O objetivo deste trabalho foi analisar amostras de soro e de células sangüíneas de caprinos para detecção de anticorpos e DNA proviral do vírus da artrite-encefalite caprina (CAEV), respectivamente. Utilizou-se a técnica de imunodifusão em ágar (AGID) e a reação em cadeia da polimerase (PCR) com "primers" degenerados. Foram analisadas amostras de diferentes procedências: 39 de Mato Grosso do Sul (MS), 19 de São Paulo (SP) e 22 do Ceará (CE), dessas últimas, 12 oriundas de animais importados do Canadá. Os resultados de AGID e PCR foram discordantes, pois o primeiro permitiu a detecção de 25 animais soropositivos, enquanto a PCR detectou DNA proviral de CAEV em 16 amostras. Pela PCR foi possível identificar animais infectados cujos testes sorológicos foram negativos pelo AGID: oito amostras do MS e um do CE. São discutidos diferentes aspectos que poderiam estar envolvidos na discordância dos resultados.

Brucella spp. isolation from dogs from commercial breeding kennels in São Paulo state, Brazil

Keid,Lara B.; Soares,Rodrigo M.; Morais,Zenaide M.; Richtzenhain,Leonardo J.; Vasconcellos,Sílvio A.
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2004 EN
Relevância na Pesquisa
17.87%
Dogs from 12 commercial breeding kennels were submitted to clinical investigation and laboratorial tests for diagnosis of Brucella spp. infection. The sampling was carried out between April 2000 and February 2002 and the laboratorial tests employed were agar gel immunediffusion test (AGID) and blood culture. From 171 dogs examinated, 39 (22.8%) showed at least one clinical sign compatible with brucellosis, 58 (33.91%) were AGID positive and 24 (14.03%) were positive by blood culture. Gram negative bacterial cells with a biochemical pattern compatible with that of bacteria belonging to genus Brucella were isolated from blood specimens of 24 animals. According to Kappa index and McNemar test, the association between AGID and blood culture (k=0.360 with 95% of confidence interval; X²=25.93, p=0.000), between AGID and clinical test (k=0.248 with 95% of confidence interval; X²=6.11, p=0.013), and between blood culture and clinical examination (k=0.442 with 95% of confidence interval; X²=6.76, p=0.009) were not statistically significant. Qui-Square test indicated no association of sex and the results of clinical examination (X²=1.35 and p=0.2447), AGID (X²=1.58 and p=0.2086) or bacterial isolation (X²=1.48 and p=0.2230). Within 12 kennels...

Comparison of serological methods for the diagnostic of Caprine arthritis-encephalitis (CAE) in Rio de Janeiro, Brazil

Cortez-Moreira,Madelayne; Oelemann,Walter M.R.; Lilenbaum,Walter
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2005 EN
Relevância na Pesquisa
27.35%
Serum samples of 562 goats were tested for Caprine arthritis-encephalitis using agar gel immunodiffusion test (AGID) and enzyme linked immunosorbent assay (ELISA). Seventy-nine samples (14.1%) were reactive by both testes but 141 (25.1%) were reactive only by ELISA. ELISA, when compared to AGID, presented 100% sensitivity and 70.8% specificity.

Development, evaluation, and laboratory validation of immunoassays for the diagnosis of equine infectious anemia (EIA) using recombinant protein produced from a synthetic p26 gene of EIA virus

Singha, Harisankar; Goyal, Sachin K.; Malik, Praveen; Khurana, Sandip K.; Singh, Raj K.
Fonte: Springer India Publicador: Springer India
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
17.81%
Equine infectious anemia (EIA)—a retroviral disease caused by equine infectious anemia virus (EIAV)—is a chronic, debilitating disease of horses, mules, and donkeys. EIAV infection has been reported worldwide and is recognized as pathogen of significant economic importance to the horse industry. This disease falls under regulatory control program in many countries including India. Control of EIA is based on identification of inapparent carriers by detection of antibodies to EIAV in serologic tests and “Stamping Out” policy. The current internationally accepted test for diagnosis of EIA is the agar gel immune-diffusion test (AGID), which detects antibodies to the major gag gene (p26) product. The objective of this study was to develop recombinant p26 based in-house immunoassays [enzyme linked immunosorbent assays (ELISA), and AGID] for EIA diagnosis. The synthetic p26 gene of EIAV was expressed in Escherichia coli and diagnostic potential of recombinant p26 protein were evaluated in ELISA and AGID on 7,150 and 1,200 equine serum samples, respectively, and compared with commercial standard AGID kit. The relative sensitivity and specificity of the newly developed ELISA were 100 and 98.6 %, respectively. Whereas, relative sensitivity and specificity of the newly developed AGID were in complete agreement in respect to commercial AGID kit. Here...

Diagnosis of caprine arthritis encephalitis by AGID and ELISA dairy goats in the states of Maranhão end Piaui.

NASCIMENTO, C. B.; PINHEIRO, R. R.; BATISTA, M. C. S.; RODRIGUES, A. S.; BRITO, R. L. L.
Fonte: In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON GOATS, 10., 2010, Recife. Technological development and associative attempts to a sustainable small livestock production: annals. Little Rock: IGA, 2010. Abstract 206-2. 1 CD-ROM. Publicador: In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON GOATS, 10., 2010, Recife. Technological development and associative attempts to a sustainable small livestock production: annals. Little Rock: IGA, 2010. Abstract 206-2. 1 CD-ROM.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
EN
Relevância na Pesquisa
27.06%
2010

Diagnóstico sorológico de Brucella ovis em ovinos do Estado da Paraíba.

LIMA, A. M. C.; ALVES, S. M.; FARIAS, D. A.; OLIVEIRA, M. D.; SANTIAGO, L. B.; ALVES, F. S. F.; PINHEIRO, R. R.; CAVALCANTE, A. C. R.
Fonte: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 7.; SIMPÓSIO NORDESTINO DE ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES, 13., 2012, Maceió. Anais... Maceió: Sociedade Nordestina de Produção Animal, 2012. 4 f. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 7.; SIMPÓSIO NORDESTINO DE ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES, 13., 2012, Maceió. Anais... Maceió: Sociedade Nordestina de Produção Animal, 2012. 4 f. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.06%
Resumo: A Brucelose ovina, causada pela Brucella ovis, é responsável por perdas econômicas, principalmente na fertilidade do rebanho. Foi realizado um levantamento sorológico em ovinos procedentes de duas mesorregiões do Estado da Paraíba. Foram examinadas 240 amostras séricas de animais pertencentes a 24 propriedades de oito municípios. As amostras foram testadas pela técnica de imunodifusão em gel de ágar (IDGA). Dos 240 animais investigados, 13 (5,4%) apresentaram resultados positivos para Brucella ovis. Das propriedades analisadas, 45,8% (11/24) possuíam, pelo menos, um animal soropositivo. Os resultados obtidos neste trabalho são indícios de que a infecção por Brucella ovis encontra-se presente nos ovinos das duas mesorregiões do Estado da Paraíba, sendo necessária a adoção de medidas sanitárias para evitar a propagação da doença nos rebanhos. Abstract: Ovine Brucellosis, caused by Brucella ovis, is responsible for economic losses, especially in flock fertility. A serological survey was performed in two mesorregions of Paraíba State. 240 serum samples were examined from 24 sheep flocks belonged to eight different municipalities. Samples were tested by agar gel immunodiffusion technique (AGID). 13 of 240 (5.4%) animals tested were seropositive for Brucella ovis. 45.8% (11/24) of analyzed flocks had...

Monitoramento sorol??gico para diagn??stico precoce da aspergilose em pinguins em cativeiro; Monitoramento sorol??gico para diagnostic precoce da aspergilose em pinguins em cativeiro

CABANA, ??ngela Leitzke
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Veterin??ria; Programa de P??s-Gradua????o em Veterin??ria; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Veterin??ria; Programa de P??s-Gradua????o em Veterin??ria; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.87%
Aspergillosis is a leading cause of death in captive penguins. Though being a known problem for decades, most reported cases are still only confirmed in post-mortem examinations, requiring further studies on methods for in vivo diagnosis of the disease. This study aimed to evaluate the efficacy of detection of anti-Aspergillus fumigatus antibodies through the performance by serological monitoring with agar gel double radial immunodiffusion (AGID) for in vivo diagnosis of aspergillosis in captive penguins. The study was performed including Magellanic penguins in a rehabilitation program at Center for Recovery of Marine Animals (CRAM/FURG) in the period from 2009 to 2011. We included 134 Magellanic penguins (Spheniscus magellanicus) in rehabilitation at CRAM, which were monitored by AGID weekly until its final destination (death or release) totaling 660 studied serum samples. The serological monitoring was performed in order to detect anti-Aspergillus fumigatus antibodies using commercial antibodies and antigen. All animals were clinically monitored and post-mortem examinations were performed on penguins that died during the study period. A total of 28% (37/134) penguin died, 89.2% (33/37) of aspergillosis, 11% (4/37) of other causes and 97 were released. From the 33 animals with proven aspergillosis...

Avalia????o do teste de imunoperoxidase para detec????o de anticorpos contra o v??rus da leucose bovina (BLV); Evaluation of immunoperoxidase test for the detection of antibodies against the bovine leukosis virus (BLV)

CASTRO, Clarissa Caetano de
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Veterin??ria; Programa de P??s-Gradua????o em Veterin??ria; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Veterin??ria; Programa de P??s-Gradua????o em Veterin??ria; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
18%
The enzootic bovine leukosis is an illness caused by the bovine leukosis virus (BLV) which provokes a persistent infection in cattle and is responsible for significant economical losses to the bovines, mainly dairy cattle. It is widely spread in Brazilian cattle and it can come up in three forms: asymptomatic infection, persistent lymphocytosis and lymphosarcoma. The animals that have antibodies against the BLV must be eliminated or separated from the rest of the cattle, because they are carriers and disseminators of the virus during all their lifetimes. The diagnosis of this disease is essential for control and eradication strategies based on the segregation of infected animals in order to avoid or attenuate the transmission of the virus, and consequently, minimize the economical losses caused by the disease. During the BLV infection antibodies are produced against the main viral proteins, gp 51, gp 30 (envelope glicoproteins) and p24 (capsid protein). The agar gel immunodiffusion (AGID) and the enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA) tests are the most used for diagnosis. In this report the immunoperoxidase technique (peroxidase linked assay - PLA) was evaluated in order to detect antibodies against the BLV. The results obtained in the PLA were compared with the AGID test and the specificity of the positive ones was confirmed by the Western blotting (WB) technique. Two hundred and one bovine serum samples of cattle coming from the city of Pelotas were tested: 59% (119) were positive in PLA and 26% (53) were positive in AGID. All the AGID positive samples were also PLA positive. From the 32...

Specific dot-blot immunoassay for Newcastle disease serodiagnosis

Hemmatzadeh, F.; Sharifzadeh, A.
Fonte: ANSI Network Publicador: ANSI Network
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 EN
Relevância na Pesquisa
27.06%
Dot-blot enzyme immunoassay (DB-EIA) was utilized for detection of Newcastle disease virus (NDV) specific antibodies in infected poultries. Velogenic strain of NDV virus was propagated in embryonated eggs and purified by using ultracentrifugation. Purified whole particle of virus was absorbed by rabbit anti B1 and La-Sota strains antibodies and tested by AGID method. A total number of 140 sera from experimentally infected and 850 sera from vaccinated, healthy and/or diseased chicks tested by HI and ELISA were used for investigating of specific NDV antibodies. HRPO-conjugated anti-chicken antibody was used to detect bound NDV antibodies using TMB as substrate. Statistical analyses were shown significant differences in results of DB-EIA, to HI and ELISA test to detection of specific anti-velogeni NDV antibodies. The assay proved to be a simple, inexpensive reliable and rapid tool for NDV serodiagnosis and differentiation between vaccination and disease.; Farhid Hemmatzadeh and Ali Sharifzadeh

Soroepidemiologia de brucelose ovina na microrregião de Feira de Santana, Bahia, Brasil; Seroepidemiology of sheep brucellosis in the microregion of Feira de Santana, BA, Brazil

Araújo, Byanca Ribeiro; Costa, Joselito Nunes; Souza, Thiago Sampaio de; Lima, Carla Caroline Valença de; Leite, Magda Danyella Xavier; Costa Neto, Antônio Oliveira; Anunciação, Antônio Vicente Magnavita; Almeida, Maria das Graças Ávila Ribeiro; L
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 19/04/2013 ENG
Relevância na Pesquisa
27.06%
O objetivo do presente trabalho foi a realização de um inquérito soroepidemiológico de Brucella ovis em rebanhos de ovinos da Microrregião de Feira de Santana, Estado da Bahia, Brasil. Foram selecionados os dez municípios de maior efetivo ovino: Antônio Cardoso, Feira de Santana, Ipecaetá, Ipirá, Itatim, Pintadas, Rafael Jambeiro, Santa Teresinha, Santo Estévão e Serra Preta,. O tamanho da amostra foi calculado com base nos parâmetros: nível de significância, 99%; erro amostral, 5%, prevalência estimada, 50%. A amostra total foi fracionada segundo a população de ovinos do respectivo município. Foram examinados 793 animais, machos e fêmeas, com idade superior a seis meses, distribuídos em 49 propriedades dos municípios visitados. Por ocasião das visitas, foi aplicado um questionário epidemiológico destinado à análise de possíveis fatores de risco. Todos os soros foram submetidos ao teste da imunodifusão em gel de ágar (IDGA) com o antígeno constituído por proteínas e lipopolissacarídeos solúveis de B. ovis amostra Reo198. Foram obtidos 6,94% (55/793) de animais positivos e não houve diferença significativa (p>0,05) para idade e sexo. Para as variáveis analisadas, não foram encontrados fatores de risco que pudessem estar associados aos casos de animais reatores positivos. Dentre as propriedades trabalhadas...

Occurrence of seropositive sheep (Ovis aries) to Bovine Leukemia Virus in Brazil; Ocorrência de ovinos (Ovis aries) soropositivos ao vírus da Leucemia Bovina no Brasil

Fava, Claudia Del; Basílio, Marianna de Lima Freitas; Donato, Talita Maria de; Ribeiro, Claudia Pestana; Okuda, Líria Hiromi; Stefano, Eliana de; Pituco, Edviges Maristela
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2010 ENG
Relevância na Pesquisa
27.06%
A ocorrência de ovinos sororreagentes ao vírus da Leucemia Bovina (VLB) pelo teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA) utilizando o antígeno gp51 foi avaliada no período de 2005-2007, em diferentes regiões do Brasil. Amostras foram colhidas de ovinos dos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Pernambuco, Maranhão, Pará, Bahia, Mato Grosso, Rondônia e Acre. Duas em 35 cabanhas (5,7%) e dois em 2592 ovinos (0,077%) foram soropositivos. Os únicos animais com anticorpos contra o VLB eram fêmeas, uma com 13 meses de idade e da raça Santa Inês e a outra não se conhecia a idade e raça, ambas provenientes do Estado de São Paulo. A distribuição da soropositividade na população estudada demonstrou ser rara a infecção pelo VLB em ovinos no Brasil.; Occurrence of seropositive sheep (Ovis aries) to Bovine Leukemia Virus (BLV) by agar-gel immunodiffusion test (AGID) using the antigen gp51 was surveyed for the period 2005-2007. Samples were collected from sheep in the Brazilian states of Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Pernambuco, Maranhão, Pará, Bahia, Mato Grosso, Rondônia, and Acre. Two of 35 (5.7%) flocks were seropositive to BLV, and the rate of seropositive animals was 0.077% (two of 2,592). The two seropositive sheep were female...

Comparação de três testes sorológicos aplicados ao diagnóstico da infecção de caninos por Brucella canis; Comparison of three serological tests applied to diagnosis of the Brucella canis infection in dogs

Azevedo, Sérgio Santos de; Vasconcellos, Sílvio Arruda; Keid, Lara Borges; Grasso, Lília Márcia Paulin da Silva; Pinheiro, Sônia Regina; Mascolli, Roberta; Alves, Clebert José
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2004 POR
Relevância na Pesquisa
17.87%
Foram comparados os testes de imunodifusão em gel de ágar (IDGA), imunodifusão em gel de ágar em soros tratados pelo 2-mercaptoetanol (IDGA-ME) e reação de fixação de complemento (CFT), aplicados ao diagnóstico da infecção de caninos por Brucella canis. O antígeno utilizado nas técnicas de IDGA e IDGA-ME constituiu-se de lipopolissacarídeos e proteínas de Brucella ovis, amostra Reo 198, e na CFT, o antígeno empregado foi a Brucella ovis, amostra 63/290. Foram examinadas 80 amostras de soro sanguíneo de cães colhidas durante a campanha de vacinação anti-rábica animal do Município de Santana de Parnaíba-SP, realizada em agosto de 1999. As provas sorológicas foram comparadas, duas a duas, pelo teste de Mc Nemar, e a concordância foi analisada pelo indicador Kappa. A concordância entre as técnicas de CFT e IDGA-ME foi regular (Kappa = 0,54), entre as técnicas de IDGA e CFT foi sofrível (Kappa = 0,36) e entre as provas de IDGA e IDGA-ME também foi sofrível (Kappa = 0,39).; The agar gel immunodiffusion test (AGID), agar gel immunodiffusion test in sera treated by 2-mercaptoethanol (ME-AGID) and complement fixation test (CFT), applied to diagnosis of the canine brucellosis due to Brucella canis, were compared. For this purposes...

Comparison of three techniques for production goat lentivirus antigen used in the agar gel immunodifusion test; Comparação de três técnicas de produção do antígeno do lentivírus caprino utilizado no teste de imunodifusão em gel de ágar

Pinheiro, Raymundo Rizaldo; Gouveia, Aurora Maria Guimarães; Yorinori, Eliane Harumi; Andrioli, Alice
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2005 POR
Relevância na Pesquisa
27.35%
The Caprine Arthritis Encephalitis (CAE) is a disease who cause considerable economic losses, including loss in the milk production and reduction of the useful life of the animal. In the diagnosis of this disease the agar gel immunodifusion test (AGID) is used worldwide as the selection test. The objective of thid work was to test three different concentrations of bovine fetal serum (BFS) in the production of the antigen (Ag) for the diagnosis of the CAE virus (CAEV), to verify amongst the three methods the most efficient concentration and which the antigen concentration of the antigen produced is appropriate for the test. The method of the AMICON and the concentration of the Ag for dialysis was indicated, however the system AMICON, despite the implantation costs, promoted minor loss of antigen, little time expense in the processing and greater simplicity. With relation to the amount of BFS placed after the viral inoculation it was verified that 5% of BFS the amount that presented better resulted. The antigen concentration 100 times was more indicated, therefore it allowed the diagnosis of the CAEV for two proteins (gp 135 and p28). The concentration of the Ag for precipitation/ultracentrifugation, used for imunoenzimatic tests, did not present resulted satisfactory used in the AGID.; A Artrite Encefalite Caprina (AEC) é uma enfermidade que causa perdas econômicas consideráveis...