Página 1 dos resultados de 32 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Tendências no uso dos manuais escolares de História e de Geografia : um estudo caso

Lima, João Carlos Silva Felgueiras de
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.69%
Dissertação de mestrado em Ensino de História e de Geografía do 3º Ciclo e Ensino Secundário; Este Relatório descreve um estudo caso que procura saber as principais tendências no uso dos manuais escolares de História e de Geografia de uma turma de 8º ano. As principais questões aqui apresentadas remetem-se aos tipos de fontes mais utilizados em sala de aula nas duas áreas, quais os recursos mais utilizados para desenvolver as aprendizagens dos alunos, que recursos os alunos mais gostam de trabalhar, e como se relacionam estes com os seus manuais escolares. A recolha dos dados iniciou-se com as observações naturalistas das aulas e com a aplicação de questionários aos alunos. Pretendeu-se nesta recolha investigar que fontes apresentadas quer pelos manuais quer como recursos adicionais são normalmente mais utilizadas nas aulas de História e de Geografia, e quais os recursos mais utilizados para satisfazer as necessidades educativas. Por fim, nas entrevistas realizadas às docentes cooperantes das disciplinas procurou-se indagar as suas posições face às tendências no uso de fontes e recursos pedagógicos. A análise dos dados focou, numa fase inicial e anterior à implementação do Projecto, excertos dos registos das observações naturalistas seleccionados em função das questões a investigar...

A análise de cartoons e de mapas nas aulas de História e de Geografia : a literacia visual histórica e geográfica

Santos, Christophe Nascimento da Costa
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Dissertação de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O presente relatório expõe um projecto desenvolvido em contexto real de aprendizagem das disciplinas de História B e Geografia A, numa turma do 11.º ano de escolaridade /Ensino Secundário, do curso de Ciências Socioeconómicas. Elegeu-se como tema/objecto a literacia visual histórica e geográfica dos alunos, e com ele pretendia-se responder à seguinte questão: - Que tipo de leitura e interpretação os alunos adoptam perante cartoons e mapas, respectivamente, nas aulas de História e de Geografia? Assim, e considerando a sua natureza, as nossas finalidades foram, simultaneamente, analisar o questionamento histórico e geográfico (heurística da fonte, contextualização histórica, conteúdo substantivo e a corroboração heurística), e identificar os conhecimentos históricos e geográficos que os alunos constroem a partir dessas fontes. A temática histórica -“Portugal do autoritarismo à democracia” focaliza o período da implantação da democracia após a Revolução dos Cravos (1974). No que diz respeito à Geografia A, a temática escolhida foi “A Integração de Portugal na União Europeia: os desafios e as oportunidades”...

Conceções dos alunos no estudo da história e da geografia do 3º ciclo do ensino básico

Tavares, Maria de Fátima Gonçalves
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O presente relatório descreve a implementação do Projeto de Intervenção Pedagógica supervisionado, levado a cabo numa turma a frequentar o 9º ano (final do 3º ciclo do ensino básico), numa escola urbana da cidade de Braga. Esta intervenção pedagógica teve como objetivo tentar perceber como as ideias prévias apresentadas pelos alunos na disciplina de História e de Geografia evoluíram até ao final da implementação da experiência, nomeadamente quanto aos significados que atribuíam a conceitos essenciais trabalhados nas aulas de ambas as disciplinas. O Relatório está dividido em quatro capítulos. No primeiro é apresentada uma breve referência à evolução da investigação educativa, ao papel do construtivismo na educação contemporânea e a pesquisas sobre significância histórica / geográfica atribuída por alunos. No segundo capítulo faz-se uma breve referência à metodologia utilizada na intervenção pedagógica, sendo apresentadas as questões de investigação, a caracterização da turma participante, a descrição dos instrumentos utilizados e da implementação da aula oficina em duas unidades letivas de História e uma de Geografia. No capítulo três são discutidos os dados obtidos quanto à construção de ideias dos alunos sobre um conjunto de conceitos explorados nas temáticas de História e de Geografia...

A apreciação estética na História da Cultura e das Artes e a construção de gráficos na geografia : um estudo com alunos do ensino secundário

Cardoso, Hugo Miguel Ferreira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O presente relatório expõe um projecto desenvolvido em contexto real de aprendizagem, nas disciplinas de História da Cultura e das Artes e Geografia A, numa turma do 1º ano do curso de Técnico de Artes do Espectáculo-Interpretação do Ensino Profissional e numa turma do 10.º ano de escolaridade do Ensino Secundário, do curso de Ciências Socioeconómicas. Apesar de os dois estudos poderem ser incluídos no amplo domínio da Cultura e Literacia Visual Histórica e Geográfica, a especificidade de cada um determina a sua divisão. Com este estudo pretendia-se responder às seguintes questões: “Quais são os tipos de argumentos que sustentam as apreciações estéticas que os alunos formulam sobre as obras de arte?”; “Que tipo de representações gráficas os alunos adotam enquanto recurso didático na aula de Geografia?”. Deste modo, o estudo na disciplina de História da Cultura e das Artes pretendeu desenvolver-se em torno dos tipos de argumentos que os alunos elaboram a partir da fruição de uma obra de arte. Para a disciplina de Geografia A, o projecto de intervenção desenvolveu-se no âmbito da construção...

Os contributos da Webquest para a aprendizagem dos alunos nas disciplinas de história e de geografia : uma exploração com uma turma de 8º ano de história e uma turma do 11º ano de geografia

Castro, Manuel António Salgado da Silva
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O presente Relatório é resultado da implementação do projeto de intervenção pedagógico supervisionado, que teve como principal objetivo analisar os possíveis contributos da ferramenta WebQuest (WQ) para a aprendizagem dos alunos nas disciplinas de História e de Geografia. Este projeto foi implementado em duas turmas, uma do 8º ano de escolaridade da disciplina de História, com 23 alunos e bom aproveitamento no geral, e outra do 11º ano de escolaridade da disciplina de Geografia, com 17 alunos e um razoável aproveitamento. Os conteúdos abordados foram previamente selecionados de modo que fossem ao encontro dos conteúdos programáticos a lecionar. No caso da disciplina de História, elaborouse uma WebQuest que abordava o ensino da Revolução Francesa e, no caso da disciplina de Geografia, a WebQuest abordava os Transportes. Os instrumentos adotados neste trabalho de investigação ação, com uma efetiva participação do investigador como professor das respetivas turmas, foram bastantes semelhantes em ambas as turmas. Para além das WQ como suporte do trabalho utilizaram-se, para análise dos dados...

O contributo das ideias prévias dos alunos no desenvolvimento da aprendizagem conceptual em História e em Geografia : um estudo com alunos do 3º ciclo do ensino básico

Carvalho, Carla Fernanda Salazar
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3ºciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O Relatório nasce de uma Intervenção Pedagógica que encerra uma natureza dupla – pedagógica e investigativa – decorrida em contexto educativo de duas turmas de alunos que frequentavam o 8º ano e o 7º ano de escolaridade da Escola Básica 2,3 André Soares nas disciplinas de História e de Geografia, respetivamente. A bagagem conceptual com que o aluno entra na sala de aula levou-nos a desenvolver um estudo acerca das suas ideias prévias para aferir e compreender o seu contributo para o desenvolvimento da aprendizagem conceptual e inferencial, que são elementos essenciais da literacia histórica e geográfica dos alunos. Com esse propósito, tentamos responder às questões de investigação seguintes: Como é que as ideias prévias dos alunos podem contribuir para o enriquecimento da literacia histórica e geográfica do aluno na sala de aula e na sociedade em geral? De que forma as ideias prévias funcionam como um facilitador ou um entrave à construção do conhecimento histórico e geográfico? Dada a natureza do estudo, entendido numa abordagem de investigação ação, concebemos um questionário para ser implementado em dois momentos diferenciados - no início e no final da Intervenção Pedagógica - permeados por duas aulas de pendor socioconstrutivista...

Construção de esquemas mentais em história e em geografia por alunos do 7º ano de escolaridade

Costa, Sara de Jesus Oliveira Matos
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O presente Relatório de Intervenção Pedagógica reporta a uma experiência de investigação-ação sobre a importância dos Esquemas Mentais na aprendizagem da História e da Geografia, levada a cabo em duas turmas do 7º ano de escolaridade, na escola EB 2,3 André Soares, situada na cidade de Braga. Neste projeto de Intervenção procurou-se responder à seguinte grande questão: Como é que os alunos representam mentalmente esquemas sobre um tema Histórico e um tema Geográfico, com base na interpretação de um conjunto de fontes? Este estudo, desenvolvido em contexto de sala de aula, focalizou a exploração dos seguintes conteúdos programáticos: “O desenvolvimento económico, relações sociais e poder político nos séculos XII a XIV”, na disciplina de História, e o “Relevo” que está contemplado no grande tema o “Meio Natural”, na disciplina de Geografia. Os instrumentos utilizados nas duas disciplinas para a recolha de dados a analisar, foram uma ficha de trabalho individual com uma questão orientadora que propunha a construção de um Esquema Mental. Neste, cada aluno teria de elaborar...

O uso de notícias televisivas ou de imprensa na aula de história e geografia : um estudo com os alunos do 9º ano de escolaridade

Maciel, Diana Patrícia Ferreira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O presente Relatório apresenta um projeto desenvolvido em contexto real de aprendizagem das disciplinas de História e de Geografia, numa turma do 9.º ano de escolaridade. Elegeu-se como tema o uso por alunos de notícias televisivas ou de jornais na sala de aula, para responder à seguinte questão: Como os alunos interpretam a informação veiculada pelo notícia televisiva e pela notícia de jornal, e que compreensão histórica e geográfica obtiveram? Assim, as nossas finalidades foram, simultaneamente, analisar a interpretação histórica e geográfica e identificar os conhecimentos históricos e geográficos que os alunos constroem a partir dessas fontes. A temática selecionada para a História diz respeito ao “Portugal Democrático: a Revolução do 25 de Abril e o processo revolucionário” e focaliza o período da implantação da democracia a partir da Revolução dos Cravos (1974). No que diz respeito à Geografia, a temática escolhida foi “O efeito de estufa: consequências e medidas”, que explana os problemas associados ao aumento do efeito de estufa. No caso da História...

A importância do documentário na aula de História e da reportagem na aula de Geografia no ensino básico e secundário

Carvalho, António Manuel Gomes
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O presente relatório insere-se no âmbito do Estágio Profissional do Mestrado em Ensino de História e Geografia no 3.º ciclo do Ensino Básico e Secundário. O estudo foi realizado em duas turmas distintas do 9.º ano de escolaridade, numa escola do núcleo urbano da cidade de Braga. Este estudo teve como principal objetivo saber se o documentário e a reportagem televisivos são artefactos válidos na construção do conhecimento histórico e geográfico. Nele foi discutida a aprendizagem de temáticas específicas, respetivamente, a agricultura biológica na aula de Geografia, e a 2ª Guerra Mundial na aula de História. Foi também abordada a relevância e a validade do uso de artefactos mediáticos no quotidiano escolar, alertando-se para a necessidade de os selecionar e explorar de uma forma crítica e ativa, tendo presente as suas intenções políticas e educacionais. Discutiu-se, assim, o seu uso como fonte e recurso didático como alternativa e ou complemento aos discursos do manual escolar e do professor. Os dados foram recolhidos através de fichas de trabalho cujo objetivo foi fazer a confrontação das ideias prévias...

Os jogos didáticos na aprendizagem da História e da Geografia

Marques, Andreia Araújo
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino da História e da Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O presente relatório de Estágio de Intervenção Pedagógica supervisionado tem como finalidade apresentar o contexto teórico e metodológico de dois estudos executados nas seguintes disciplinas: História e Cultura das Artes e Geografia, respetivamente numa turma do 1º ano Técnico de Turismo do Ensino Profissional /Ensino Secundário, e numa turma do 3º Ciclo do Ensino Básico. Ambos foram implementados numa escola urbana da cidade de Braga. Estes estudos tiveram como propósito discutir as potencialidades dos jogos didáticos no quotidiano da sala de aula. Assim, definimos os seguintes objetivos: - Compreender a importância dos jogos didáticos na consolidação dos conteúdos programáticos; - Avaliar o contributo dos jogos didáticos como recurso à aprendizagem de História e Geografia. Ao longo do processo de ensino aprendizagem foram utilizadas fichas de trabalho associadas aos jogos implementados, e um questionário aos alunos para a recolha de dados. Os dados recolhidos foram analisados de modo a encontrar respostas que cumprissem os objetivos definidos.; The present supervised internpedagogics work experience aims to present a theoretical context in the following school subjects of History...

O contributo da WebQuest na aprendizagem da História e da Geografia

Fernandes, Adélia Sofia Campelo
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; No nosso quotidiano a tecnologia tem sido um auxiliador nas atividades que exercemos, nas atividades primárias, secundárias e terciárias da nossa sociedade. De modo particular ela está presente no quotidiano do nosso lar, na rua onde caminhamos, e, inclusive nas escolas. Numa perspetiva construtivista da educação, em que o aluno deve ter um papel ativo no seu processo de ensino-aprendizagem propus-me a verificar se um recurso didático como a WebQuest ajuda, ou não, a desenvolver competências, neste caso, competências específicas de História e Geografia.; In our daily life technology has been a helper in activities that we practise, such as primary activities, secondary or tertiary in our society. In particular, technology is present in the everyday life of our home, when we walk in the street our even in schools. In a constructivist perspective of education, where the student must take an active role in the process of teaching-learning i tried to see if a teaching resource, such as the WebQuest helps, or not, to develop skills, in this case, specific skills of History and Geography.

Competências interpretativas de fontes históricas e de documentos geográficos no ensino de História e de Geografia : um estudo com alunos do 3º ciclo do ensino básico

Correia, Flávia Maria Pinto
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O presente Relatório descreve e reflete sobre o Projeto de Intervenção Pedagógica Supervisionado, inserido no contexto de formação inicial de professores, que foi desenvolvido na disciplina de História e de Geografia, numa turma do 8º ano de escolaridade e do 7ºano de escolaridade, respetivamente na Escola E.B. 2,3 André Soares. A leitura e interpretação de fontes históricas e de documentos geográficos de natureza diversificada apresenta-se como uma condição fundamental para a produção e desenvolvimento do conhecimento pelos alunos, que passam a realizar inferências a um nível mais elaborado que a simples reprodução da informação. Foi esta convicção que nos conduziu na conceção do presente estudo que visou responder às seguintes questões de investigação: “Que competências revelam os alunos na interpretação de fontes históricas e de documentos geográficos?” “Pode a construção de documentos geográficos contribuir para o desenvolvimento de competências interpretativas?” Os dados, recolhidos a partir tarefas individuais escritas, foram analisados sobretudo de acordo com o método indutivo inspirado na Grounded Theory. Os resultados em História revelaram que...

As perguntas das fichas de trabalho de História e Geografia : um estudo com turmas do 3º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário

Moura, Maria Helena Afonso de Morais de
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O presente trabalho descreve a implementação de um projeto de Intervenção Pedagógica supervisionado, cujo objetivo foi identificar o tipo de discurso interrogativo presente nas fichas de trabalho utilizadas pelo grupo de professoras. Estas fichas de trabalho foram implementadas numa turma de Geografia do Ensino Básico (7º ano) e numa turma de História da Cultura das Artes do Ensino Secundário Profissional (1º ano do Curso de Turismo). A análise daqueles instrumentos convocou categorias de tipo de perguntas utilizadas por aquelas professoras em diversos temas constantes nos programas das respetivas disciplinas. Tivemos em conta as intenções das professoras e dos seus enunciados. Por fim, procurámos refletir sobre os resultados deste estudo de forma a traçar alguma notas mais precisas sobre o tipo de questões a comtemplar no ensino da História da Cultura e das Artes e da Geografia.; This paper describes the implementation of the Project Supervised Pedagogical Intervention, aimed to identify the type of discourse in the interrogative worksheets used by a group of teachers. These worksheets have been implemented in a class of Geography Basic Education (7th grade) and a class of the Art and Culture History both in a Secondary School. We took into account the intentions of the teachers and their utterances. Finally...

O valor formativo das temáticas do desenvolvimento económico em História e do desenvolvimento sustentável em Geografia

Araújo, Renato Paredes
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; Este relatório expõe e analisa uma intervenção pedagógica que explora o valor formativo das temáticas do Desenvolvimento Económico em História e do Desenvolvimento Sustentável em Geografia, com o intuito de promover o pensamento histórico e geográfico aos alunos. Este projeto pretende perceber a importância das temáticas acima mencionadas, através da análise das opiniões dos alunos. Estas temáticas são importantíssimas nos programas de História e Geografia, na medida em que, dotam os alunos de ferramentas importantíssimas para a sua vida em sociedade, assim como para a sua capacidade de tomada de decisão enquanto cidadãos. Este projeto insere-se no contexto de formação inicial de professores e é um projeto de intervenção em sala de aula implementado no âmbito do estágio profissional, numa turma de História do 9º ano e numa turma de Geografia do 9º ano. Os materiais utilizados, assim como as fichas de trabalho relativas à análise das temáticas deste relatório, foram selecionados em função dos conteúdos programáticos a lecionar. No caso da História a temática escolhida foi “As dificuldades económicas sentidas mundiais nos anos 70. O caso português”...

A banda desenhada como representação gráfica-verbal na aprendizagem de História e Geografia

Mota, Ana Cláudia Costa
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O presente Projeto de Intervenção Pedagógica Supervisionada tem como objetivo analisar a banda desenhada como representação gráfica-verbal na aprendizagem de História e Geografia. Os nossos objetivos são os seguintes: - Compreender a BD como estratégia de explicitação do conhecimento histórico e geográficos aprendidos pelos alunos. - Avaliar a BD como fonte de informação para a avaliação dos conhecimentos históricos e geográficos aprendidos. Esta investigação foi implementada em contexto real de aprendizagem na Escola Francisco Sanches no concelho de Braga, em duas turmas, uma de 7º ano em relação à disciplina de História e outra de 9º ano para a disciplina de Geografia. A investigação foi enquadrada nos conteúdos programáticos das correspondentes áreas disciplinares, nos seguintes temas: «O Mundo Romano no Apogeu do Império» (História) e «Ambiente e Desenvolvimento Sustentável» (Geografia). A escolha da BD foi orientada em função de dois critérios. O primeiro obedeceu às temáticas já aludidas que correspondiam às aulas nas quais os professores estagiários iriam lecionar. Em segundo escolhemos a BD pois a construção desta seria desafiador para os alunos. O instrumento para recolha de dados adoptado foi a entrega de um guião de orientação que continham os diversos passos para auxiliar o aluno na construção de uma BD. A análise dos resultados...

O papel da WebQuest no processo de aprendizagem, nas disciplinas de História e Geografia : uma intervenção pedagógica com alunos do 9º ano de escolaridade

Ribeiro, Ana Rita Gonçalves da Silva
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; A utilização de recursos provenientes da Web no processo de ensino e aprendizagem torna-se cada vez mais imprescindível. O presente relatório descreve a implementação do Projeto de Intervenção Pedagógica supervisionado, sobre o uso da WebQuest na aula de História e de Geografia, levado a cabo numa turma do 9º ano (final do 3º ciclo do ensino básico), numa escola urbana da cidade de Braga. Neste relatório são discutidos os dados obtidos quanto à construção de ideias dos alunos sobre as temáticas da Guerra Fria, em História, e da Agricultura, em Geografia, desenvolvidas em aulas com recurso à WebQuest. Os resultados foram fornecidos pela análise de respostas dos alunos a três instrumentos, uma ficha de literacia informática, tarefas dos alunos através da WebQuest e uma ficha de metacognição. Constatou-se que os alunos navegam na Web com facilidade e que na sua maioria, realizaram aprendizagens significativas, quer em História quer em Geografia. Alguns alunos mostraram-se conscientes das suas aprendizagens, dificuldades e do que mais gostariam de saber.; The use of web resources in the teaching and learning process turns to be more and more essential. This Report describes a supervised educational Intervention Project on the use of the WebQuest in history and geography classes...

O uso da WebQuest nas aulas de História e de Geografia para a promoção de competências nos alunos : um estudo com alunos do 9º ano de escolaridade

Pires, Regina Soraia Pereira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; Este Relatório é o resultado da implementação de um projeto de Investigação Pedagógica que procura perceber as potencialidades do recurso a WebQuest para a promoção de competências em alunos do 3º ciclo do Ensino Básico, nas disciplinas de História e Geografia. Para tal, foram elaboradas de raiz duas WebQuest a serem realizadas pelos alunos em grupos de pares, e que deveriam resultar na elaboração de um texto, onde fosse possível perceber se o recurso a este tipo de atividades promove o desenvolvimento de competências e a construção de conhecimento. Este projeto foi realizado com uma turma do 9º ano de escolaridade e as temáticas abordadas foram a Revolução do 25 de Abril, no âmbito da disciplina de História e a Desflorestação, no que concerne à disciplina de Geografia. Seguindo uma abordagem de investigação-ação os resultados finais produzidos, bem como todos os dados recolhidos durante o desenvolver das tarefas, foram alvo de uma reflexão que servirá, antes de mais, para uma auto formação profissional sistemática e consistente, bem como, para reforçar a ideia de que...

A literacia visual de alunos do 9º ano de escolaridade: dois estudos sobre a interpretação de cartazes de propaganda e de gráficos

Monteiro, Marta Isabel Pereira Baptista
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O presente estudo insere-se no domínio da Literacia Visual na aula de História e Geografia, cuja natureza é descritiva e qualitativa. Tendo em vista analisar o tipo de leitura de interpretação de cartazes de propaganda política e de gráficos realizada por alunos em contexto de sala de aula, pretendemos encontrar resposta às seguintes questões de investigação: Qual é o tipo de interpretação de cartazes de propaganda política que os alunos do 9ºano de escolaridade realizam? Qual é o tipo de interpretação de gráficos que os alunos do 9º ano de escolaridade realizam na aula de Geografia? A investigação foi elaborada em contexto escolar numa turma de 9º ano de escolaridade, constituída por 20 alunos de uma escola urbana na cidade de Braga, nos temas “A 2ª Guerra Mundial” e “Contrastes de Desenvolvimento”. Os instrumentos de recolha de dados foram fichas de trabalho e no final foi implementada uma ficha de metacognição.; This study falls within the field of Visual Literacy in History and Geography classes, using descriptive and qualitative methodological proceedings. In order to analyze students’ interpretation of political propaganda posters and graphs it intends to find answers to the following research questions: What kind of interpretation of political propaganda posters students perform in history class? What kind of interpretation of graphs students perform in in geography class? The study was developed in urban elementary school in the city of Braga with a class of 9th grade (20 students)...

A escrita epistolar como estratégia de aprendizagem da História e a interpretação de gráficos na aula de Geografia: dois estudos com alunos do 3º ciclo do Ensino Básico

Teixeira, Diana Sofia Fernandes
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O presente relatório constitui um projeto desenvolvido em contexto real de aprendizagem nas disciplinas de História e de Geografia do 3.º ciclo do Ensino Básico. Este visa analisar a empatia histórica expressa pelos alunos aquando a escrita de cartas no caso da História, e a leitura e interpretação de gráficos, no caso da Geografia. Estes dois estudos foram implementados na Escola de Ensino Básico do 2º e 3º ciclo Dr. Francisco Sanches, numa turma do 9.º ano de escolaridade. Elegeram-se determinados conteúdos programáticos das disciplinas de História e de Geografia nos quais se enquadram os nossos estudos. Os subtemas intitulamse: «Segunda Guerra Mundial» (História) que salienta o período compreendido entre 1939 e 1945, após a grande depressão e a consequente implementação de regimes ditatoriais; e «Contrastes de Desenvolvimento» (Geografia) que esclarece os obstáculos ao desenvolvimento e as possíveis soluções para atenuar os contrastes deste. Dada a especificidade de cada disciplina, implementaram-se dois estudos que procuraram dar respostas às seguintes questões: Que tipos de empatia histórica os alunos expressam face a conflitos bélicos? Quais são os tipos de interpretação de gráficos que os alunos do 9.º ano de escolaridade apresentam? O estudo desenvolvido na disciplina de História consistiu na reconstrução de vivências de pessoas do passado...

O discurso interrogativo na aula de geografia e o filme de ficção na construção do conhecimento histórico: um estudo com alunos do 10º ano de escolaridade

Gomes, Luís Fernando Marques
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Relatório de estágio de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário; O presente Relatório de Estágio de Intervenção Pedagógica Supervisionado insere-se no âmbito do Estágio Profissional Do Mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e Secundário. Na abordagem aos estudos, estes foram efectuados em duas turmas completamente distintas, apesar de serem ambas do 10º ano de escolaridade, numa escola da cidade de Braga. A finalidade destes era analisar a construção do conhecimento histórico através de fontes históricas e filmes de ficção (História), e identificar o tipo de questionamento escrito dos professores de Geografia sobre a exploração de mapas (Geografia). O presente relatório divide-se em 3 capítulos, apresentando-se como primeiro o capitulo dedicado à revisão da literatura dos estudos apresentados. Este capítulo autentica a posição e as posturas já adquiridas por diversos autores acerca desta temática, no mesmo sentido que valoriza a importância desta no seio da comunidade científica por forma à construção de cidadãos críticos. O segundo capítulo assenta sobre análise dos objectos de estudo propostos...