Página 1 dos resultados de 145 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

2,4,6-Trinitrophenyl 4-chlorobenzoate

Moreno-Fuquen, Rodolfo; Mosquera, Fabricio; Ellena, Javier; Tenorio, Juan C.; Simone, Carlos A.
Fonte: International Union of Crystallography - IUCr; Chester Publicador: International Union of Crystallography - IUCr; Chester
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
25.93%
In the title benzoate derivative, C13H6ClN3O8, the planes of the benzene rings form a dihedral angle of 63.46 (5) . The dihedral angles between the benzene ring and its nitro groups are 12.78 (16) for the first ortho, 28.4 (4) and 17.4 (4) for the second (disordered) ortho and 3.58 (16) for the para nitro group. The central ester moiety, -C-(CO)-O-, is essentially planar (r.m.s. deviation for all non-H atoms = 0.0229 A ° ) and forms dihedral angles of 7.37 (14) with the chloro-substituted benzene ring and 69.85 (6) with the trinitro-substituted benzene ring. One of the nitro groups was refined as disordered over two sets of sites with fixed site occupancies of 0.61 and 0.39. In the crystal, molecules are linked by weak C-H O hydrogen bonds, forming a threedimensional network.

Perspectivas sobre a influência parental na execução de planos de carreira no ensino secundário; Perspectives of the parental influence in career choice implementation in highschool

Carvalho, Marisa
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 18/01/2008 POR
Relevância na Pesquisa
26.06%
Dissertação de mestrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia Escolar); O presente estudo tem como objectivo avaliar o papel dos pais no desenvolvimento vocacional e execução de planos de carreira dos seus filhos tal como perspectivado por pais, filhos, professores e profissionais de orientação. Este estudo prossegue investigação anterior sobre os modelos de intervenção vocacional no Ensino Secundário (Pinto, Taveira & Fernandes, 2003). Além disso, enquadra-se na linha de investigação sobre a influência parental no desenvolvimento vocacional (Gonçalves, 1997, 2006; Pinto & Soares, 2001, 2002; Soares, 1998; Whiston & Keller, 2004a; Young, 1994). A primeira parte da dissertação revê criticamente a investigação conceptual e empírica sobre o processo de tomada de decisão vocacional e, mais especificamente, a influência da família no mesmo. A segunda parte diz respeito ao estudo empírico das concepções emergentes sobre o papel dos pais na execução de planos de carreira dos seus filhos. Através do método de grounded theory (cf. Strauss & Corbin, 1994, 1998) foram investigadas as perspectivas emergentes de um total de 119 participantes, a saber: 46 alunos, 16 pais, 34 professores e 23 profissionais de orientação. O estudo analítico realizou-se com base nas respostas à questão aberta “Para promover e apoiar o desenvolvimento da carreira dos estudantes do 10ºano...

Educação e carreira : estudo de avaliação da eficácia de uma intervenção psicológica

Königstedt, Martina
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 26/03/2008 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Dissertação de Mestrado em Psicologia - Área de Especialização em Psicologia Escolar; This study presents the results of the impact of a career intervention with twelve sessions carried out in the classroom context, with a total of 82 ninth grade students from both sexes (43 girls and 39 boys), with ages ranging from 13 to 17 years and a mean age of 14, 4 years, attending a public secondary school in the centre region of Portugal. Following a quasiexperimental test design, two different outcome measures were administrated, the Career Exploration Survey (CES; Stumpf et al., 1983, adapted by Taveira, 1997) and the Career Decision Difficulties Questionnaire (CDDQ; Gati & Osipow, 2002, 2000, adapted by Silva, 2005). Results indicate significant gains (p<0,01) concerning all career exploration process dimensions measured by the CES. Difficulties on career decision making decreased significantly (p<0,01), concerning the following dimensions: lack of information about occupations and total mean of the questionnaire (p<0,05). Moreover, a consistent pattern of negative correlations between several CES dimensions, especially in what concerns the career process dimensions, and the decision making process dimensions of the CDDQ were also registered. Succinctly...

A construção de carreira no ensino superior; Career construction in higher education

Silva, Ana Daniela
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 26/11/2008 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Tese de Doutoramento em Psicologia - Área de Conhecimento de Psicologia Vocacional; O presente estudo pretende compreender de que modo mulheres e homens constroem os seus percursos de carreira no Ensino Superior. Concretamente, seguindo o modelo de compreensão das teorias de carreira proposto por Savickas (2004), este estudo pretende avaliar eventuais mudanças em aspectos motivacionais, psicossociais e identitários de estudantes do último ano da Licenciatura, do início para o final do ano lectivo. O estágio curricular, neste estudo, foi entendido como uma antecâmara entre dois contextos desenvolvimentais (Ensino Superior versus Mundo do Trabalho), e por tal, foi considerado um contexto de exploração do Self e do Mundo do Trabalho, seguindo a ideia de alguns autores que assumem o estágio como uma etapa determinante do desenvolvimento vocacional dos estudantes universitários (Feiman-Nemser & Buchmann, 1987; Feldman, Folks, & Turnley, 1998; Caires & Almeida, 2001). Este estudo tem como objectivo último, através da compreensão da forma como os estudantes constroem a carreira nesta fase das suas vidas, ajudar a definir as condições e critérios necessários para assegurar a eficácia e qualidade das intervenções de carreira no contexto educativo em que este projecto se insere...

A eficácia da consulta psicológica vocacional de jovens : estudo do impacto de uma intervenção

Faria, Liliana
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 06/11/2008 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Tese de Doutoramento em Psicologia - Área de Conhecimento em Psicologia Vocacional; A eficácia da intervenção psicológica como um elemento chave do estatuto científico da Psicologia tem sido recentemente evidenciada (Hamilton & Dobson, 2001). Neste sentido, é importante desenvolver investigações sobre o processo e os resultados da Consulta Psicológica Vocacional, de modo a compreender melhor as condições associadas à eficácia das intervenções. Este conhecimento pode ser aplicado à formação e treino dos futuros profissionais, a fim de realçar a qualidade e a eficácia dos serviços de aconselhamento da carreira (e.g., Spokane, 1991; 2004). Este estudo destina-se a avaliar a eficácia de um programa de intervenção psicológica vocacional, breve e estruturado, com adolescentes numa fase de transição escolar. O programa inclui cinco sessões semanais de 90 minutos cada, com os adolescentes, e duas sessões de 30 minutos cada, com as famílias. A amostra é constituída por 321 adolescentes, de ambos os sexos (190 raparigas; 131 rapazes) com idades compreendidas entre os 13 e os 17 anos (Midade=15.15; D.Pidade=0.49). Estes adolescentes encontravam-se a frequentar a escolaridade obrigatória em cinco escolas do noroeste de Portugal...

A escolha de áreas ligadas às ciências : um estudo com alunos de do 10º ano do distrito de Braga

Peixoto, Carla Sofia Vilas Boas
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 10/03/2009 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Dissertação de mestrado em Educação (área de especialização em Supervisão Pedagógica em Ensino das Ciências); A diminuição do número de alunos a escolher áreas ligadas às Ciências, como carreira profissional, constitui actualmente uma preocupação, quer a nível internacional, quer nacional, pelas repercussões no desenvolvimento científico-tecnológico, económico e na literacia científica das futuras gerações. Vários estudos têm procurado recolher informação relevante para poder dar respostas a esta situação. Em Portugal não existem muitos dados que permitam esclarecer as razões para o decréscimo na escolha de áreas ligadas às Ciências pelos alunos que terminam a escolaridade obrigatória, ou seja o nono ano de escolaridade. Neste contexto, o estudo que desenvolvemos, pretendeu compreender factores ou razões que influenciam a escolha ou a não escolha de áreas ligadas às Ciências, nomeadamente às Ciências Físico-Químicas (CFQ), pelos alunos. Para a recolha de dados utilizamos a técnica de inquérito, com recurso a questionários por nós elaborados. Este estudo envolveu 221 alunos do 10º ano de escolaridade, que frequentavam escolas do distrito de Braga, dos quais 111 pertenciam a cursos de Ciência e Tecnologia e 110 a outros cursos que não incluem as CFQ. Os resultados deste estudo indicam que os parâmetros que influenciam positivamente a opção por áreas ligadas às Ciência são: o gosto pela componente prática; o interesse e a relevância reconhecida nos temas abordados; a relação das CFQ com fenómenos do dia-a-dia; o sucesso na disciplina; e a importância atribuída às CFQ para a escolha profissional (curso superior). Como factores não promotores da escolha de áreas ligadas às Ciência temos: o interesse por outras áreas em que CFQ não é essencial; não gostar de CFQ; o envolvimento de conhecimentos de Matemática; o baixo sucesso nas Ciências; abordagem de temas desinteressantes ou pouco estimulantes; e a elevada complexidade teórica da disciplina de CFQ. Os resultados sugerem também que os alunos não tomaram ainda decisões definitivas denotando-se falta de apoio na tomada de decisões de modo informado e fundamentado. Parece portanto necessário o desenvolvimento de acções que...

Antecedentes, dinâmica e consequentes do desenvolvimento vocacional na infância; Antecedents, dynamics and consequents of vocational development in childhood

Araújo, Alexandra Maria Dantas de Castro
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 03/12/2009 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Tese de doutoramento em Psicologia (área de especialização em Psicologia Vocacional); Actualmente, o desenvolvimento vocacional é caracterizado como um processo de ciclo-vital, influenciado por factores pessoais e contextuais. Não obstante ser evidente que as bases da exploração e da aprendizagem vocacional se formam durante a infância, são escassos os estudos que focam os primeiros anos de vida naquele domínio, comparativamente com o que é verificado para a adolescência e vida adulta. Esta investigação pretende contribuir para o aprofundamento das questões do desenvolvimento vocacional na infância, procurando colmatar algumas lacunas encontradas ao nível da teoria e da investigação a este respeito. Assim, no capítulo do enquadramento conceptual, analisam-se criticamente as teorias que contribuem para descrever e explicar indicadores de desenvolvimento vocacional na infância, oferecendo-se igualmente uma sistematização dos resultados da investigação associada. Além disso, apresenta-se o potencial da perspectiva contextualista desenvolvimentista para a integração de ideias, conceitos e resultados neste domínio, bem como para a orientação e definição de planos de estudo, focando os primeiros anos de vida. No segundo capítulo...

Educação para a carreira na Educação Pré-Escolar : avaliação da eficácia de uma intervenção de consultoria psicológica; Career education in preschool : study of the efficacy of a psychological consultation intervention

Souza, Séli Chaves de
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Dissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia Escolar e da Educação); A carreira tem sido conceptualizada como um processo do ciclo vital com início na infância, evoluindo até à idade adulta e velhice (e.g., Vondracek, Lerner & Schulenberg, 1986). Idealmente, as intervenções vocacionais deveriam iniciar-se precocemente, sendo a idade pré-escolar a faixa etária de eleição para estimular o desenvolvimento naquele âmbito. O presente estudo adopta a perspectiva de Educação para a Carreira, concebida como um “instrumento para proceder a uma ligação mais intencional entre a escola e o trabalho” (Hoyt, 1995, p. 15) que privilegia a infusão curricular e visa avaliar o impacto de uma intervenção de consultoria psicológica no domínio. Com efeito, a literatura tem apontado para a necessidade de realizar estudos de avaliação de eficácia neste âmbito (Huteau, 2001). A presente investigação adoptou um desenho de investigação com pré-teste e pós-teste de modo a avaliar a eficácia de uma intervenção junto do grupo de tratamento (N= 4), alvo da intervenção, e de controlo (N=3), nos quais foram aplicados a um total de sete educadoras de infância, o questionário de avaliação de Necessidades de Formação em Educação para a Carreira para Professores (NEFEC-P...

Exploração, dificuldades de tomada de decisão e indecisão vocacional no ensino básico; Career exploration, decision-making difficulties and indecision in primary education

Mota, Ana Isabel de Bastos
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
26.06%
Dissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia Escolar e da Educação); Este estudo tem como objectivos principais, analisar as relações simultâneas entre os constructos da exploração (Career Exploration Survey, CES, Stumpf, Colarelli & Hartman, 1983; adap. Taveira, 1997), dificuldades de tomada de decisão (Career Decision Difficulties Questionnaire, CDDQ, Gati & Osipow, 2000, 2002; adap. Silva, 2005) e indecisão vocacional (Career Decision Scale, CDS, Osipow, Carney & Barak, 1976; adap. Taveira, 1997), discriminar grupos de sujeitos com base nesta análise, e pensar a intervenção vocacional de jovens baseada nesta evidência empírica. A amostra é constituída por 272 alunos do 9.º ano de escolaridade, 51,5% dos quais são mulheres (N=140) e 48,5% homens (N=132), com idades compreendidas entre os 13 e os 18 anos (M=14,42; DP=0,78), a frequentar escolas da região noroeste do País. A análise de clusters efectuada (K-Means Clustering Analysis) permitiu discriminar quatro grupos diferentes de alunos, em função das variávies vocacionais: (a) Informados Confiantes, (b) Indecisos Ansiosos, (c) Indecisos Informados, e (d) Indecisos Pouco Informados. Discutem-se implicações dos resultados para a intervenção vocacional no Ensino Básico. This study aims to analyze the simultaneous relationships between the constructs of career exploration (Career Exploration Survey...

Competências de exploração vocacional de adultos não universitários

Silva, Filipa Raquel Fernandes da
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em 01/10/2010 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Dissertação mestrado integrado Psicologia (área de especialização em Psicologia Escolar e da Educação); O estudo da exploração vocacional tem decorrido, em grande parte, com grupos de jovens adultos e adultos universitários (c.f. Bardagi & Boff, 2010; Bardagi & Hutz, 2010; Blustein, 1990; Creed, Hood & Patton, 2009; Greenberg & Steinberg, 1986; Stumpf, Colarelli & Hartman, 1983; Taveira, 1997; Teixeira & Gomes, 2005). De forma a contribuir para a conceptualização da exploração vocacional em adultos não universitários, desenvolveu-se um estudo com uma amostra de 300 adultos envolvidos em Processos de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) e Cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA), para obtenção de equivalência ao 6º, 9º e 12º anos de escolaridade, a residirem nos concelhos de Braga, Guimarães e Vizela. Para o efeito, foi adaptada a versão portuguesa (Taveira, 1997) do Career Exploration Survey (CES; Stumpf, Colarelli & Hartman, 1983), uma medida das dimensões comportamentais e cognitivo-motivacionais da exploração vocacional. Os resultados da versão adaptada do CES a adultos não–universitários portugueses sugerem uma consistência interna satisfatória do instrumento...

Dificuldades de tomada de decisão de carreira no contexto da intervenção vocacional; Decision-making difficulties in the context of career intervention

Simões, Diana Marina Nunes
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Dissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia Escolar e da Educação); Este estudo tem como principais objectivos, analisar as qualidades psicométricas e os resultados da versão portuguesa do Questionário de Dificuldades de Tomada de Decisão de Carreira, (CDDQ34q, Gati & Saka, 2001), desenvolvida por Silva e colaboradores (Silva, 2005; Silva & Ramos, 2008). A amostra é composta por 271 alunos do 9º ano de escolaridade, a frequentar estabelecimentos de ensino de Braga e Barcelos [138 (50,9%) raparigas e 132 (48,7%) rapazes, com idades compreendidas entre os 13 e os 18 anos (M=14,4; DP=0,78)]. Os resultados do processo de análise dos itens do CDDQ indicam uma consistência interna satisfatória, coeficiente de alfa de Cronbach de 0,92. Os resultados da análise de componentes principais e de consistência interna das dimensões do CDDQ34, indicam uma solução de sete factores, em que o coeficiente de alfa de Cronbach mais baixo é relativo ao Factor 7 (0,56) e o mais alto diz respeito ao Factor 1 (0.92), sendo que os restantes factores apresentam níveis de consistência com níveis entre 0,60 (Factor 4) e o 0,72 (Factor 2). Esta solução permite representar, com alguma clareza...

Gestão pessoal da carreira : estudo de um modelo de intervenção psicológica com bolseiros de investigação; Self-career management : study of a psychological intervention model with research grant holders

Pinto, Joana Carneiro
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 13/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Tese de doutoramento em Psicologia (ramo de conhecimento em Psicologia Vocacional); A gestão pessoal da carreira é um processo contínuo e regular, no qual a exploração vocacional, a definição de objectivos, o delineamento e a implementação de planos de acção, e a monitorização e obtenção de feedback se constituem como tarefas-chave para a resolução de problemas e a tomada de decisões relativas à carreira (Pinto & Taveira, 2010; Taveira, 2009). Tendo em consideração o conjunto de transformações que têm vindo a registar-se no mundo político, económico, e social, e as suas repercussões nas teorias e conceitos de carreira, os modelos de gestão pessoal da carreira tornaram-se indispensáveis no apoio ao desenvolvimento de trajectórias pessoais e profissionais saudáveis. Por conseguinte, o presente trabalho visa apresentar e discutir os resultados da avaliação do programa “Seminário de Gestão Pessoal da Carreira”, na sua versão B, - um modelo de intervenção psicológica especializado, implementado no Serviço de Psicologia, da Escola de Psicologia da Universidade do Minho, junto de estudantes de doutoramento e de bolseiros de investigação científica (GPC-B; Taveira, Araújo, Loureiro...

Mulheres nas ciências e tecnologias : escolhas e constrangimentos

Martins, Patrícia Susana Moura
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Dissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia Escolar e da Educação); O Género destaca-se como uma das barreiras que mais limita a liberdade de escolha dos e das jovens, em termos escolares e profissionais, influenciando a forma como concretizam as suas decisões ao longo do ciclo de vida. É devido a esta influência que as raparigas e mulheres continuam a evitar áreas associadas às Ciências ditas exactas (como a Física e a Matemática), à Informática e às Engenharias e optam por áreas associadas às Humanidades e Ciências da Vida (Medicina e Enfermagem). Segundo dados da investigação, o número de rapazes e raparigas que se interessam pelas Ciências, Engenharias e Tecnologias (CET) é idêntico até aos doze/treze anos de idade, estádio a partir do qual se começa a registar uma diminuição no número de raparigas que escolhem estes domínios, em todos os níveis de ensino ulteriores. A literatura especializada designa esta realidade por “The leaky pipeline effect” (efeito do oleoduto que pinga), analogia que pretende mostrar a ideia de que à medida que se avança na escolaridade e posteriormente na carreira profissional o número de mulheres fica cada vez mais reduzido. Tendo por base um conjunto de investigações realizadas em Portugal sobre as Mulheres nas CET...

Um olhar crítico sobre a Psicologia Vocacional : género, classe social e relação família-trabalho em adolescentes e jovens adultos e adultas

Ferreira, Sara
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 19/10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Tese de doutoramento em Psicologia (área de especialização em Psicologia Vocacional); O trabalho que se segue debruça-se sobre três temas fundamentais e a sua relação com o desenvolvimento da carreira: o género, a classe social e a relação família-trabalho. Parte de uma constatação, devidamente fundamentada na introdução desta dissertação, de que as concepções teóricas mais tradicionais em Psicologia Vocacional têm-se revelado incompletas no que concerne a compreensão e o apoio ao planeamento da carreira, dado o contexto sócioeconómico actual caracterizado, acima de tudo, pela rápida mudança e consequente instabilidade. Urge uma atenção mais marcada às especificidades contextuais, nomeadamente, ao género e à classe social e urge a promoção de um foco paralelo entre o planeamento da vida profissional e o planeamento da vida pessoal e familiar. Enquadramos, em primeiro lugar, as nossas preocupações de investigação, fazendo uma incursão sobre alguns dos principais contributos teóricos para a compreensão do papel das variáveis género (Capítulo 1 – “Um olhar crítico sobre a Psicologia Vocacional: género e feminismos”) e classe social (Capítulo 2 - “Um olhar crítico sobre a Psicologia Vocacional: classe social”) no desenvolvimento da carreira e sobre a linha de investigação recente e multidisciplinar relativa à compreensão da relação entre a família e o trabalho (Capítulo 3 - “Um olhar crítico sobre a Psicologia Vocacional: a relação família-trabalho”). Estabelecemos como principal objectivo deste trabalho...

Abordagem sócio-cognitiva do ajustamento à carreira no ensino superior : o papel das actividades em grupo, da auto-eficácia e dos interesses

Miranda, Maria Cristina Queiroz da Costa Lobo
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 07/10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Tese de doutoramento em Psicologia (área de conhecimento em Psicologia Vocacional); O presente trabalho aborda o processo de ajustamento à carreira no ensino superior em Portugal, numa perspectiva sócio-cognitiva. Pretende-se contribuir para o desenvolvimento do modelo sócio cognitivo de adaptação académica proposto por Lent (2005), o qual adopta uma perspectiva integrativa do bem-estar sob condições de vida normativas. Pretende-se, além disso, enquadrar a investigação do impacto do processo de Bolonha no ensino superior, através do estudo do potencial da aprendizagem cooperativa, das expectativas de auto-eficácia e dos interesses vocacionais como fontes de bem-estar, bem como prosseguir os contributos de Lent, Taveira, Sheu e Singley (2009). A amostra desta investigação é constituída por 368 participantes, de ambos os sexos (n=355; 96% homens; 13; 4% mulheres), com idades compreendidas entre os 19 e os 46 anos, tendo 50% dos participantes idade inferior a 24 anos, maioritariamente estudantes que frequentavam o 2º ano (N= 328; 89%) da licenciatura de Engenharia Mecânica do Instituto Superior de Engenharia do Porto, no ano lectivo de 2008/2009. Foram administrados três questionários para recolha de dados sócio-demográficos e caracterização dos processos e experiências pessoais do trabalho em grupo realizado em sala de aula por alunos do ensino superior...

Desenvolvimento vocacional de jovens estudo com alunos do Ensino Secundário Moçambicano

Ussene, Camilo
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 07/11/2011 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Tese de doutoramento em Psicologia (ramo do conhecimento Psicologia Vocacional); O presente estudo, exploratório, destinou-se a avaliar as características do desenvolvimento vocacional e as necessidades de intervenção vocacional em contexto escolar, na sociedade moçambicana. Pretendeu-se avaliar os processos de exploração e de decisão vocacional, bem como os valores de carreira, de jovens da 12ª classe finalistas do ensino secundário moçambicano, com vista ao desenvolvimento mais sistemático de estudos e serviços de carreira, em ambiente escolar, na sociedade moçambicana. A amostra inclui 314 alunos de ambos sexos, a frequentar a 12 ª classe do ensino secundário da cidade da Matola e da cidade de Maputo de Moçambique, no ano lectivo de 2009. Os alunos preencheram medidas de exploração vocacional, decisão de carreira e dos valores de vida, nomeadamente, o Career exploration Survey, medida que visa avaliar a natureza do processo de exploração vocacional, o Career Decision-Making Difficulties Questionnaire, que tem como objectivo analisar as dificuldades de tomada de decisão de carreira de modo a apoiar o desenvolvimento vocacional e finalmente o Life Values Inventory, um instrumento que serve para avaliar os valores de vida. Este estudo apresenta ainda duas abordagens do desenvolvimento de carreira dos adolescentes relacionados com as condições do contexto moçambicano do sistema educativo e profissional moçambicano e como este é disponibilizado aos jovens...

Intervenção vocacional em contexto escolar : avaliação de um programa longo em classe com adolescentes; Career intervention in school context : evaluation of a long-term classroom-based program with adolescents

Königstedt, Martina
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 22/02/2012 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Tese de doutoramento em Psicologia (especialização em Psicologia Vocacional); A exploração constitui um processo chave do desenvolvimento vocacional na adolescência (Blustein, 1992, 1997; Jordaan, 1963), não só porque é um elemento essencial na tomada de decisão e favorece a construção de identidade (Super, 1990; Porfeli & Skorikov, 2010), mas também, devido às suas funções adaptativas, aumentando a capacidade dos sujeitos para lidar com as transições ao longo da sua vida (Flum & Blustein, 2000; Flum & Kaplan, 2006). A investigação demonstrou a eficácia da intervenção vocacional na promoção da exploração na adolescência (Faria, 2008; Königstedt & Taveira, 2010), bem como a importância da interação entre pares focada em temas vocacionais no fomento da exploração (Kracke, 2002), e das condições pessoais para uma exploração confiante (Taveira & Moreno, 2003). No entanto, existe pouco conhecimento sobre a estabilidade da mudança da exploração vocacional como resultado da intervenção, ou sobre o papel de fatores como o género (Faria, Taveira, & Saveedra, 2008), a idade, o estatuto socioeconómico da família (SEE) (Sobral, Gonçalves, & Coimbra, 2009), e as crenças exploratórias...

Avaliação do desenvolvimento vocacional na infância : versão portuguesa da Childhood Career Development Scale

Oliveira, Íris
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em 04/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
A investigação revela que na infância se desenvolvem competências básicas de carreira, que afetam processos futuros de tomada de decisão e de adaptabilidade vocacional. Tais evidências apelam para a implementação de intervenções psicológicas que promovam o desenvolvimento vocacional na infância. Essas podem basear-se no modelo interativo (Super, 1990), com nove dimensões – curiosidade, exploração, informação, figuras-chave, interesses, locus de controlo, perspetiva temporal, autoconceito e planeamento – e na abordagem desenvolvimentista-contextualista, que enfatiza a interdependência entre variáveis pessoais e contextuais no desenvolvimento vocacional (Vondracek, Lerner, & Schulenberg, 1986). Reconhecendo a necessidade de criar medidas para aprofundar a investigação e a prática psicológica nesta área, Stead e Schultheiss (2003, 2010; Schultheiss & Stead, 2004) construíram a Childhood Career Development Scale (CCDS), aplicável a crianças desde o 4.º ao 7.º ano de escolaridade e que avalia oito dimensões do modelo interativo. Este estudo tem por objetivo validar a versão Norte-Americana da CCDS para Portugal, recorrendo a uma amostra de 704 estudantes do 2.º ciclo do ensino básico, de dois agrupamentos públicos de escolas do Noroeste do país. A análise fatorial exploratória revela que a versão Portuguesa da CCDS integra uma estrutura de oito fatores (planeamento...

Desenvolvimento vocacional na infância : validação da childhood career developmnent scale para a população portuguesa e contributos para a prática psicológica

Oliveira, Íris; Taveira, Maria do Céu
Fonte: Centro de Investigação em Educação (CIEd) Publicador: Centro de Investigação em Educação (CIEd)
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
Na infância desenvolvem-se competências de carreira que afetam processos posteriores de tomada de decisão e de ajustamento vocacional. O enquadramento teórico e empírico do desenvolvimento vocacional neste período sustenta o investimento em programas de educação para a carreira. Estes devem sustentar-se em práticas de avaliação psicológica, nas quais ressalta a escassez internacional de medidas baseadas teoricamente e com propriedades psicométricas robustas. Schultheiss e Stead (2004) contribuíram para superar esta lacuna ao construir a Childhood Career Development Scale (CCDS), aplicável a alunos do 4.º ao 7.º ano de escolaridade e que avalia oito dimensões do modelo interativo (Super, 1990) - curiosidade/exploração, figuras-chave, informação, interesses, autoconceito, perspetiva temporal, locus de controlo e planeamento. Este estudo pretende validar a CCDS para a população portuguesa, recorrendo a uma amostra de 704 estudantes do 2.º ciclo. Pela análise fatorial exploratória extraíram-se oito fatores que explicam 48.09% da variância, sendo que a consistência interna varia entre .44 e .87. Através da MANOVA fatorial, analisaram-se efeitos do ano de escolaridade, do sexo e da idade nos fatores extraídos...

Autoeficácia nos papéis de vida e barreiras de carreira em jovens institucionalizados; Self-efficacy and career barriers among foster youth

Freitas, Joana Maria Sousa Ferreira Lima de
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
26.13%
Dissertação de mestrado integrado em Psicologia; Este estudo tem como objetivo estudar a autoeficácia nos papéis de vida e as barreiras de carreira sentida pelos jovens que vivem em lares de infância e juventude (LIJ) comparando-os com jovens que vivem com a sua família de origem. A amostra é composta por 272 jovens dos quais 131 (48.2%) estão institucionalizados em LIJ (58 raparigas (44.3%) e 73 rapazes (55.7%)) e 141 (51.8%) jovens que vivem com as famílias (63 raparigas (44.7%) e 78 rapazes (55.3%)) com idades compreendidas entre os 13 e os 20 anos (M=16.15, DP=1.74). Com vista à avaliação da autoeficácia utilizou-se o Inventário de Crenças de Autoeficácia Relativamente aos Papéis da Carreira (ICARPC; Vale, 1997) e quanto às barreiras de carreira foi utilizado o Inventário de Perceção de Barreiras de Carreira (IPBC; Cardoso, 2009). As análises estatísticas encetadas foram o Teste T para amostras independentes e correlação de Pearson, revelando que jovens que vivem com as suas famílias percecionam maiores níveis de autoeficácia, enquanto que os jovens que vivem em lares percecionam maiores índices de barreiras de carreira.; This project aims to study the role of self-efficacy regarding papers role in life and career barriers experienced by young people living in fostercare comparing them to young people living with their family of origin. The sample consists of 272 youth of which 131 (48.2%) are institutionalized in fostercare (58 girls (44.3%) and 73 boys (55.7%)) and 141 (51.8%) young people living with their families (63 girls (44.7 %) and 78 boys (55.3%)) aged between 13 and 20 years (M = 16.15...