Página 1 dos resultados de 919 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

O julgamento simulado do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo: processo de ensino da ética médica

Oliveira, Reinaldo Ayer de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 141-146
POR
Relevância na Pesquisa
66.34%
O julgamento simulado reproduz a dinâmica de um julgamento em que os envolvidos são substituidos por representações da realidade, podendo tornar-se importante estratégia para o ensino da ética médica.; Simulated judgment reproduces the dynamics of a judgment where those involved are replaced by representations of reality and they may become an important strategy to be used while teaching medical ethics

Análise do erro médico em processos ético-profissionais: implicações na educação médica

Bitencourt,Almir Galvão Vieira; Neves,Nedy Maria Branco Cerqueira; Neves,Flávia Branco Cerqueira Serra; Brasil,Israel Soares Pompeu de Souza; Santos,Lívia Siqueira Costa dos
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.38%
O objetivo deste trabalho é avaliar as características dos Processos Ético-Profissionais (PEP) com denúncia de infração por erro médico e discutir a importância da educação médica na sua prevenção. O principal artigo do Código de Ética Médica que caracteriza o erro médico é o artigo 29. Trata-se de um estudo descritivo em que foi feita uma revisão de todos os PEP julgados no Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb) de 2000 a 2004. Dos 372 médicos processados no Cremeb no período, 42,7% (n = 159) foram denunciados no artigo 29. Destes, a maioria (78,6%) era do gênero masculino, e a idade média era de 44 anos. As especialidades mais freqüentes foram: Ginecologia-Obstetrícia (24,8%), Cirurgia Geral (9,4%) e Anestesia (7,4%). A maioria das denúncias de erro médico se deu em atendimento público (80,1%, n = 109) e relacionada a atos cirúrgicos (66%, n = 97). Foi identificada negligência em 67,3% (n = 107) das denúncias, imprudência em 23,3% (n = 37) e imperícia em 8,8% (n = 14). Apenas 23,9% (n = 38) foram considerados culpados, enquanto 31,4% (n = 50) foram absolvidos por falta de provas e 44% (n = 70) por comprovada inocência. Conclui-se que o erro médico é uma freqüente causa de denúncias contra médicos no Cremeb...

Conhecimento e interesse em ética médica e bioética na graduação médica

Almeida,Alessandro de Moura; Bitencourt,Almir Galvão Vieira; Neves,Nedy Maria Branco Cerqueira; Neves,Flávia Branco Cerqueira Serra; Lordelo,Marina da Rocha; Lemos,Kleuber Moreira; Nuñez,Geila Ribeiro; Barbetta,Marcelo Campos; Athanazio,Rodrigo Abensur
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
76.65%
OBJETIVOS: Avaliar o interesse e o conhecimento sobre ética médica e bioética na graduação médica. MÉTODOS: Estudo transversal e descritivo. Foram utilizados dois questionários auto-aplicáveis, um para docentes e outro para discentes, com questões sobre o interesse em ética médica e bioética e conhecimento sobre o Código de Ética Médica (CEM). RESULTADOS: Foram avaliados 101 professores e 331 estudantes. O CEM brasileiro foi lido por 86,2% dos professores e 100% dos alunos. A importância dada à disciplina de ética médica, numa escala de 1 a 5, foi semelhante entre professores e estudantes (4,7 ± 0,7 vs. 4,5 ± 0,8; p = 0,086), enquanto o autoconhecimento sobre o tema foi maior no primeiro grupo (3,4 ± 0,9 vs. 3,2 ± 0,7; p = 0,017). De um total de nove questões avaliadas sobre o conhecimento do CEM, a média de acertos foi de 5,0 ± 1,9 questões para os professores e de 5,9 ± 1,5 para os acadêmicos (p < 0,001), sendo os acertos correlacionados positivamente com a leitura do código. CONCLUSÕES: Este estudo fornece um panorama inédito sobre a percepção de professores e estudantes de Medicina sobre a ética médica e bioética, podendo servir para fundamentar a melhora do ensino dessa disciplina em nossas faculdades.

Ensino da deontologia, ética médica e bioética nas escolas médicas Brasileiras: uma revisão sistemática

Dantas,Flávio; Sousa,Evandro Guimarães de
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
76.62%
A relevância da educação em ética médica na formação do profissional de Medicina tem sido cada vez mais reconhecida em todo o mundo. No Brasil, a Resolução 08/1969 do Conselho Federal de Educação tornou obrigatório o ensino da deontologia nas escolas médicas. Com o objetivo de avaliar a evolução do ensino da ética em escolas médicas brasileiras, foi realizada uma revisão sistemática dos levantamentos nacionais sobre o ensino da disciplina de deontologia, ética médica ou bioética, publicados nos últimos 30 anos. Foram localizados três estudos, publicados em três diferentes décadas, que mostraram estagnação no número de disciplinas específicas para a ética médica ao longo do tempo, baixa carga horária reservada ao seu ensino e reduzido número de professores exclusivos, em sua maioria vinculados à especialidade de medicina legal. Os temas de responsabilidade profissional e segredo profissional foram os mais abordados, sendo o conteúdo ministrado principalmente em aulas expositivas e discussão de casos. A importância da educação em ética médica nos cursos de graduação exige o seu ensino, em todos os períodos, por docentes com vivência profissional e conhecimentos na área de ciências humanas...

Avaliação do conhecimento da ética médica dos graduandos de medicina

Godoy,Moacir Fernandes de; Ferreira,Hanna Rafaela Alves; Pria,Otávio Augusto Ferreira Dalla
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
76.6%
INTRODUÇÃO: Várias escolas de Medicina do País criaram disciplinas para o ensino de Ética Médica, mas o impacto dessa intervenção não tem sido claramente questionado. OBJETIVO: Mensurar o conhecimento referente ao tema Ética Médica adquirido pelos alunos do curso de Medicina da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp). MÉTODOS: Trata-se de estudo transversal descritivo. Os graduandos do ano letivo de 2012 responderam a um questionário autoaplicável com 12 questões objetivas, com três opções (verdadeiro, falso, desconhece), elaboradas com base no Código de Ética Médica (CEM). Os dados foram analisados com auxílio da estatística descritiva e inferencial; consideraram-se significantes valores de p ≤ 0,05. RESULTADOS: Dos 387 alunos, 251 responderam ao questionário (64,9%). Houve nítida evolução de conhecimento da primeira para a quarta série, porém, a partir da quarta série, houve estagnação do conhecimento. Além da estagnação observada, houve baixa taxa de acertos na sexta série (56,2%), apesar de ter sido a mais alta. CONCLUSÃO: Há necessidade do ensino formal da Ética Médica durante todos os anos da graduação, já que o modelo atual, com ensino apenas na terceira série...

A ética médica sob o viés da bioética: o exercício moral da cirurgia

Antonio,Eliana Maria Restum; Fontes,Tereza Maria Pereira
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgiões Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.51%
O exercício profissional da medicina atual tem uma forte abordagem biológica, devido à crescente especialização da ciência médica. Com frequência, a ciência, por si só, não ajuda a enfrentar e resolver uma situação particular de um profissional médico, e este é o lugar onde as ciências humanas, sociais e, especialmente as outras disciplinas, como a Bioética, podem dar uma abordagem mais humana e socialista, ao estudar sistematicamente a conduta humana no campo das ciências da vida e da saúde, através da luz dos valores e princípios morais. Como parte deste estudo, o segmento que está limitado à análise dos conflitos éticos decorrentes da prática da medicina e da assistência ao paciente, é conhecido como Ética médica. A Ética médica, no âmbito da cirurgia, compreende a integração do paciente cirúrgico com a natureza do cirurgião, influenciada pela sua formação e pelo seu treinamento, pela sua sensibilidade em identificar o que é correto. O ético não deve estar apenas no procedimento, no ato cirúrgico propriamente dito ou no que acontece em uma sala de operação ou mesmo no exercício da cirurgia como especialidade. A ética deve estar na vida e conduta do cirurgião, de forma que todos os atos profissionais e de vida devam ser eticamente válidos.

¿Políticas de salud y salud politizada? Un análisis de las políticas de salud sexual y reproductiva en Perú desde la perspectiva de la ética médica, calidad de atención y derechos humanos

Miranda,J. Jaime; Yamin,Alicia Ely
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 ES
Relevância na Pesquisa
66.44%
La ética médica es considerada entre los profesionales de salud como la disciplina que proporciona las bases para brindar una atención adecuada a los pacientes. En los últimos años, los conceptos de calidad de atención y derechos humanos - así como sus diversos discursos acompañantes - se han sumado al concepto de ética médica entre los paradigmas a tener en cuenta en la atención de las personas, tanto a nivel individual, así como a nivel de políticas de salud. El presente trabajo busca analizar tales paradigmas, utilizando como estudio de caso las políticas de salud sexual y reproductiva que se dieron en Perú en los últimos 10 años.

Apreensão de tópicos em ética médica no ensino-aprendizagem de pequenos grupos: comparando a aprendizagem baseada em problemas com o modelo tradicional

Figueira,Eliandro José Gutierres; Cazzo,Everton; Tuma,Paula; Silva Filho,Carlos Rodrigues da; Conterno,Lucieni de Oliveira
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 PT
Relevância na Pesquisa
76.62%
OBJETIVO: O presente estudo tem como objetivo avaliar o ensino de ética médica durante o curso de medicina e se houve mudança na aquisição de conhecimentos em ética médica com o redirecionamento do modelo pedagógico da Faculdade de Medicina de Marília. MÉTODOS: Foi realizado estudo prospectivo e analítico, baseado na aplicação de questionários sobre temas gerais em Ética, em dois períodos distintos. RESULTADOS: Observou-se não haver diferenças significantes entre a aquisição de conhecimentos entre os dois métodos. Verificou-se que os alunos de anos mais próximos do término do curso apresentaram desempenho significativamente melhor que os ingressantes no curso. Os tópicos que apresentaram menor índice de acerto compreendiam o sigilo médico, o consentimento do responsável, a autonomia do paciente, a prescrição médica, o prontuário médico e o corporativismo em relação ao erro médico. CONCLUSÃO: A variável mais importante não foi o modelo pedagógico e sim o tempo de exposição ao tema. O modelo ABP dá chance de distribuir o tema em vários módulos e tutorias durante o curso médico ajudando a acelerar o processo de aquisição de conhecimentos em ética médica. Conclui-se que é necessário uma revitalização do ensino da Ética Médica em nossa instituição...

Comparação do código de ética médica do Brasil e de 11 países

Vianna,Jayme Augusto Rocha; Rocha,Lys Esther
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
76.56%
OBJETIVO: Comparar o Código de Ética Médica do Conselho Federal de Medicina do Brasil com códigos de diferentes países com o objetivo de melhorar a compreensão da sua estrutura, contribuindo para o cumprimento de seus objetivos. MÉTODOS: Foram estudados 11 países dos cinco continentes: Argentina, Chile, Canadá, Estados Unidos, Portugal, Reino Unido, África do Sul, Egito, China, Índia e Austrália. As informações foram obtidas na internet, pelo acesso a sites de agências reguladoras e associações médicas. Os códigos foram descritos e comparados segundo informações sobre sua organização elaboradora, abrangência espacial, obrigatoriedade, data de elaboração, organização das orientações, e documentos auxiliares. RESULTADOS: Os códigos de ética médica estudados eram: 59% elaborados pela agência reguladora da medicina de seu país, 92% com abrangência nacional, 67% obrigatórios para todos os médicos e 73% tiveram sua última reelaboração após o ano 2000. Foi observada relação entre a organização elaboradora e a obrigatoriedade e abrangência espacial dos códigos. Foi evidenciada a necessidade de atualização sistemática dos códigos, o que freqüentemente é realizado por meio de documentos auxiliares...

O julgamento simulado do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo: processo de ensino da ética médica

Oliveira,Reinaldo Ayer de
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1997 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
O julgamento simulado reproduz a dinâmica de um julgamento em que os envolvidos são substituidos por representações da realidade, podendo tornar-se importante estratégia para o ensino da ética médica.

A Cirurgia Plástica brasileira e o Código de Ética Médica

Silva,Dione Batista Vila-Nova da; Nahas,Fabio Xerfan; Bussolaro,Rodolpho Alberto; Ferreira,Lydia Masako
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.6%
Os cirurgiões plásticos devem conhecer o Código de Ética Médica que rege sua conduta profissional, pois cresce o número de processos contra esses especialistas. Este estudo é uma revisão do Código de Ética Médica vigente no Brasil, que monitora (controla, normatiza e/ou define) a atividade profissional, associando-o a exemplos da prática cotidiana. As fontes estudadas foram: Código de Ética Médica, PubMed, SciELO, LILACS, Google Acadêmico e Jornal do Cremesp. Foram estudados todos os artigos pertinentes à legislação que diz respeito à prática médica, sendo apresentados exemplos de cada situação. O cirurgião plástico deve estar consciente de seus deveres e obrigações, fundamentados no Código de Ética da especialidade, para evitar problemas jurídicos. Deve, ainda, aprimorar seu atendimento, detectando alterações psiquiátricas e pacientes mal-intencionados.

Julgamento simulado como estratégia de ensino da ética médica

Savaris,Priscila Katiúscia; Reberte,Aliny; Bortoluzzi,Marcelo Carlos; Schlemper Júnior,Bruno; Bonamigo,Élcio Luiz
Fonte: Conselho Federal de Medicina Publicador: Conselho Federal de Medicina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.56%
Este trabalho buscou identificar a percepção dos alunos sobre a importância do julgamento simulado como estratégia de ensino da ética médica em uma escola de medicina. Durante o julgamento simulado do segundo semestre de 2010 compareceram 211 alunos, que responderam um questionário contendo itens escalonados de Likert, no qual foram incluídas três questões específicas sobre a utilização da estratégia: contribuição para a aquisição de conhecimentos sobre ética médica, relevância para a formação profissional e se recomenda a continuidade da atividade na instituição. Os alunos que responderam "definitivamente sim" ou "provavelmente sim" para as três questões escalonadas alcançaram, respectivamente, um total de 96,2%, 93,9% e 92,5%. Este resultado permitiu concluir que, com base na percepção favorável dos estudantes pesquisados, é recomendável a continuidade do julgamento simulado como uma das estratégias de ensino da ética médica na instituição.

Análisis jurisprudencial : la ética medica en la jurisprudencia de la corte constitucional

Flechas Serna, Catalina; Merizalde Arico, Carolina; Olano García, Hernán Alejandro, 1968- dir.
Fonte: Universidade La Sabana Publicador: Universidade La Sabana
Tipo: Tese de Doutorado
ES
Relevância na Pesquisa
66.51%
El trabajo de grado se llama "La Ética Médica en la Jurisprudencia de la Corte Constitucional Colombiana". La investigación analiza la constitucionalidad de la ley 23 de 1981 que desarrolla el tema de la ética médica y casos concretos en los cuales las desiciones tomadas por médicos vulneran derechos fundamentales. Los temas más controversiales se relacionan con el secreto profesional, la autonomía del paciente, el nuevo sistema de seguridad social y el proceso ético disciplinario que se adelanta ante el tribunal de ética médica. Como resultado concluimos que la Corte ha manifestado que los apartes demandados de la Ley 23 de 1981 están acorde con nuestra Constitución y que cada situación que ponga en peligro derechos fundamentales debe ser analizada separadamente.

Posesion de los magistrados del tribunal de etica medica

Narvaez, Ivan
Fonte: Biblioteca Departamental Jorge Garcés Borrero Publicador: Biblioteca Departamental Jorge Garcés Borrero
Tipo: historicalDocument; other; Documento histórico Formato: JPEG; 1 fot; 21 X14cm; Electronico
SPA
Relevância na Pesquisa
66.34%
El gobernador, German Villegas Villegas aparece junto con los magistrado del Tribunal de Ética Medica, Hernando Escallon Hernandez, Santiago Dominguez Plaza, Rodrigo Triana Ricci, Armando Cifuentes Ramirez y Nestor Amorocho Pedraza, quioenes asumieron ante su despacho.El Archivo del Patrimonio Fotográfico y Fílmico del Valle del Cauca es responsabilidad de la Biblioteca Departamental del Valle Jorge Garcés Borrero, por convenio de cooperación suscrito con la Secretaria del Cultura Departamental, con el fin de aunar esfuerzos para su conservación, preservación y divulgación del Archivo entre la comunidad Vallecaucana, especialmente entre los estudiantes e investigadores que visitan la Biblioteca, propiciando el su uso y consulta permanente. La universidad Icesi es un colaborador en el proceso de difusión, facilitando la tecnología que permite la consulta de las imágenes.; Valle del Cauca, Gobernación.; Archivo del Diario Occidente - Biblioteca Departamental Jorge Garcés Borrero; Tipo de fotografía: Color. Estado: Bueno. Lugar de la toma: Santiago de Cali. Personajes: German Villegas Villegas,Hernando Escallon Hernandez, Santiago Dominguez Plaza, Rodrigo Triana Ricci, Armando Cifuentes Ramirez y Nestor Amorocho Pedraza. Fecha: Oct-09-2001. Ingresado por: Iris Dayan R. Escobar.

Da Moral paternalista ao modelo de respeito à autonomia do paciente: os desafios para o ensino da ética médica; From paternalistic morals to a model of respect for patient’s autonomy: the challenges of teaching medical ethics

Almeida, José Luiz Telles de
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.51%
Ao longo da história da ética médica, desde Hipócrates, os princípios absolutos de beneficência e de não-maleficência ordenaram as bases da prática médica e justificaram a postura paternalista do médico frente ao paciente. O objetivo do presente ensaio é o de discutir, sob o ponto de vista da justificativa ética, a moralidade do ato médico paternalista frente ao crescente movimento de autodeterminação do paciente que se apóia no princípio bioético prima facie de respeito à autonomia. Buscamos chamar a atenção para o fato deste movimento de autodeterminação encontrar, cada vez mais, espaço nas reivindicações das associações de doentes crônicos existentes em nosso país. Acreditamos que as instituições de serviços de saúde e de ensino médico deveriam buscar junto a estas associações parcerias para incrementar o debate contemporâneo sobre as transformações pelas quais a ética médica tradicional vem passando.; Throughout the history of medical ethics, since Hippocrates, the absolute principles of beneficence and non-maleficence have led the basis of medical practice and justified physicians’ paternalistic stance towards patients. The aim of this paper is to discuss, from the point of view of ethical justification...

Ética médica e bioética; Bioethics and medical ethics

Oliveira, Reinaldo Ayer de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 07/11/2005 POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
The expression medical ethics may be defined as what physicians usually say “to follow what is determined by the ethics code”: duties and rights of physicians”. Bioethics is an area of human knowledge which relates ethic values with biological facts mainly those facts which involve life and health of human beings within a proper environment.; A expressão ética médica pode ser definida como aquilo que os médicos tomaram por hábito denominar “o cumprimento ao determinado pelo código de ética: deveres e direitos dos médicos”. A bioética afirma-se como uma área do conhecimento humano que relaciona os valores éticos com fatos biológicos sobretudo aqueles fatos que envolvem a vida e a saúde do seres humanos dentro de um meio ambiente adequado.

La transformación de la ética médica

Torres León,J.M.
Fonte: Sanidad Militar Publicador: Sanidad Militar
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/06/2011 SPA
Relevância na Pesquisa
66.44%
La ética médica, basada en un modelo paternalista y con raíces en la filosofía aristotélica, dominó la forma de practicar la medicina hasta bien avanzado el siglo XX. Los acontecimientos provocados por la segunda guerra mundial y los cambios sociales de este siglo, proporcionaron argumentos suficientes para la irrupción de la filosofía en los problemas relacionados con la ética médica. El principialismo, en especial el principio de autonomía, y la teoría del consentimiento informado, cambiaron el carácter tradicional en la que se apoyaba la relación médico-enfermo. Lejos de quedar asentado, el principialismo no ha resuelto la esencia de los problemas éticos que con frecuencia se plantean en la actualidad. Las exigencias sociales e individuales sobre lo que hoy se espera que la medicina logre, colisionan frecuentemente con la forma de entender el médico su profesión. El argumento ético que sustente la actuación de un médico por el bien de su enfermo se ha convertido, en no pocas ocasiones, en una fuente de incertidumbre para la profesión.

La ley, la ética médica y los trasplantes

Pérez-Tamayo,Ruy
Fonte: Instituto Nacional de Ciencias Médicas y Nutrición Salvador Zubirán Publicador: Instituto Nacional de Ciencias Médicas y Nutrición Salvador Zubirán
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 ES
Relevância na Pesquisa
66.39%
Se presenta una discusión de cuatro aspectos de la legislación y de la ética médica de los transplantes: el concepto de muerte, la donación de órganos, la selección de receptores y el futuro de los trasplantes terapéuticos. Se incluyen los párrafos relevantes de la Ley General de Salud del país sobre muerte cerebral, las dos formas legales y éticas de donadores de órganos, los criterios y problemas más frecuentes para la selección de receptores, y el carácter de tecnología médica de transición de los trasplantes terapéuticos.

O julgamento simulado do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo: processo de ensino da ética médica

Oliveira,Reinaldo Ayer de
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1997 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
O julgamento simulado reproduz a dinâmica de um julgamento em que os envolvidos são substituidos por representações da realidade, podendo tornar-se importante estratégia para o ensino da ética médica.

¿Políticas de salud y salud politizada? Un análisis de las políticas de salud sexual y reproductiva en Perú desde la perspectiva de la ética médica, calidad de atención y derechos humanos

Miranda,J. Jaime; Yamin,Alicia Ely
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 ES
Relevância na Pesquisa
66.44%
La ética médica es considerada entre los profesionales de salud como la disciplina que proporciona las bases para brindar una atención adecuada a los pacientes. En los últimos años, los conceptos de calidad de atención y derechos humanos - así como sus diversos discursos acompañantes - se han sumado al concepto de ética médica entre los paradigmas a tener en cuenta en la atención de las personas, tanto a nivel individual, así como a nivel de políticas de salud. El presente trabajo busca analizar tales paradigmas, utilizando como estudio de caso las políticas de salud sexual y reproductiva que se dieron en Perú en los últimos 10 años.