Página 1 dos resultados de 57 itens digitais encontrados em 0.071 segundos

Estudo da produção de biodiesel a partir do óleo de macaúba (Acrocomia aculeata) pela rota etílica; Study of biodiesel production from oil macaúba (Acrocomia aculeata) by ethylic route

Machado, Sara Aparecida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
76.16%
Este trabalho objetivou explorar o óleo de macaúba (Acrocomia aculeata) como matéria prima para produção de biodiesel, propondo uma via através da qual se possibilite a produção do biodiesel apesar da alta acidez do óleo. O processo proposto ocorreu em duas etapas de catálise homogênea, a primeira foi a reação de esterificação etílica dos ácidos graxos livres, catalisada por H2SO4; e a segunda é a transesterificação dos triglicerídeos remanescentes catalisada por álcali (KOH). A utilização das ondas ultrassônicas também foi investigada neste trabalho como potencializador do processo. Para determinação das melhores condições reacionais foi utilizado o delineamento experimental e para validação dos resultados utilizou-se análise de variância do modelo para as variáveis respostas índice de acidez na etapa de pré-tratamento e conversão de ésteres etílicos na etapa de transesterificação alcalina. Os resultados foram avaliados utilizando o software MINITAB 16. Na etapa de pré-tratamento os resultados demonstram que utilizando quantidades de H2SO4 de 2% (em massa), razão molar óleo:etanol de1:9 e temperatura de 50 ºC o índice de acidez foi reduzido de 19,25 mgKOH/g para 1,46 mgKOH/g em 2 h de reação. Com estes resultados foi possível a aplicação da reação de transesterificação alcalina. Na etapa etapa de transesterificação alcalina com agitação mecânica as melhores condições determinadas pelo delineamento experimental foram de 1...

Caracterização do óleo de frutos de tucumã (Astrocaryum aculeatum) para produção de biodiesel

Zaninetti, Rean Augusto
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xi, 47 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Ciência do Solo) - FCAV; Na região Amazônica Sul - Ocidental encontram-se espécies cujos frutos encerram quantidade apreciável de óleo com valor econômico para diferentes aplicações industriais, como a produção de biodiesel. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o potencial do óleo de tucumã (Astrocaryum aculeatum) para produção de biodiesel. Os frutos de tucumã foram colhidos em áreas ao longo das BR- 364 e BR-317 a aproximadamente 150 km de Rio Branco - AC. Dos frutos, avaliou-se a massa, e posteriormente foram despolpados com a finalidade de separá-los em: polpa (epicarpo + mesocarpo), castanha ou caroço (endocarpo) e amêndoas (semente retirado do interior do endocarpo), cujas massas também foram determinadas. A extração do óleo de cada fração foi feita por prensagem. Foram avaliados os teores de lipídios totais na amêndoa e na polpa, o rendimento aparente da prensa e as características físico-químicas e cromatográficas do óleo extraído. O valor médio de lipídios totais na amêndoa foi de 21,9%, enquanto que o valor médio de lipídios totais na polpa foi de 31,9%. Observou-se um rendimento aparente de 70-73%. Os valores médios de densidade...

Estudo das características físico-químicas dos óleos da amêndoa e polpa da macaúba [Acrocomia aculeata (Jacq.) Lodd. ex Mart]

Amaral, Fabiano Pereira do
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiii, 52 f. il. color., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
56.36%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA; A conjuntura energética internacional aponta para o esgotamento das reservas de petróleo em curto prazo. O Brasil, face às suas potencialidades, tem procurado através de políticas públicas, incentivar o estudo de formas alternativas de energia. Muitas destas formas são baseadas em produtos e sub-produtos agrícolas, com destaque para a indústria de álcool para fins combustíveis. Outra alternativa de origem vegetal, mais recentemente discutida, seria a produção de óleo combustível denominado biodiesel. Para este fim, iniciativas tem sido tomadas em nível internacional, já sendo possível a obtenção e uso deste combustível de forma comercial. Em nossa região, muitas plantas oleaginosas podem ser potencialmente exploradas para esta finalidade, cujo potencial tem sido pouco estudado. Este trabalho dedica-se ao estudo de uma espécie oleaginosa, a macaúba [Acrocomia aculeata (Jacq) Lodd. ex Mart], para verificar seu potencial energético e econômico. Para este fim, foram realizadas diferentes caracterizações físico-químicas nos constituintes do fruto da macaúba, incluindo a avaliação qualitativa do óleo da polpa e da castanha. Verificou-se que esta espécie apresenta boas características como fonte de óleo vegetal para fins energéticos e/ou industriais...

Identificação do perfil de volateis e caracterização de seus impactos odoriferos em water phase e essencias naturais de caju (Anacardium occidentale L.).; Volatile profiles and odor impact compounds in cashew (Anacardium occidentale L.) water phase and natural essences.

Karina de Lemos Sampaio
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/07/2007 PT
Relevância na Pesquisa
65.91%
Durante a etapa de concentração de sucos, juntamente com a água, são também perdidos compostos voláteis responsáveis pelo aroma e sabor característicos da fruta. Esses voláteis podem, no entanto, ser recuperados por condensação, gerando um subproduto conhecido como water phase. Quando submetida à destilação fracionada, a water phase recuperada durante o processamento de sucos pode gerar essências naturais (GRAS), de alto valor agregado, as quais, ao serem incorporadas a sucos e refrescos, aumentam a qualidade sensorial desses produtos. Infelizmente, as water phases geradas por empresas brasileiras de sucos tropicais como caju, maracujá, etc são subaproveitadas. Isso ocorre devido ao conhecimento insuficiente tanto da composição dos voláteis presentes nas mesmas, como das condições de destilação a que devem ser submetidas para a elaboração de essências. Assim, os objetivos do presente estudo foram: i) identificar por cromatografia gasosaespectrometria de massas (CG-EM) o perfil de voláteis presentes em waterphase de caju gerada por indústria nacional de suco, determinando por CG-olfatometria (CGO), a importância odorífera de cada volátil identificado e, ii) através de destilação fracionada de water phase de caju gerada por empresa nacional...

Óleo de amêndoa de pêssego

Mezzomo, Natália
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1v.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
106.63%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos.; A prensagem das amêndoas de pêssego resulta na obtenção de 32 % a 45 % de óleo que possui importantes propriedades terapêuticas e é muito atrativo nutricionalmente devido à baixa composição em ácidos graxos saturados e alta em ácido oléico. A técnica de extração empregada na obtenção de compostos de produtos naturais é fundamental para a definição da qualidade do produto. A extração supercrítica (ESC) é uma tecnologia alternativa que vem ganhando espaço devido aos fatores ambientais e de qualidade envolvidos. O estudo da cinética de ESC e dos efeitos causados pelas variáveis operacionais do processo permitem a definição do volume do extrator e da vazão de solvente. O estudo da ampliação de escala (AE) é de fundamental importância para a aplicação industrial de ESC, entretanto há uma grande dificuldade na definição do método de AE. O objetivo foi estudar o processo de ESC do óleo de amêndoa de pêssego, avaliando a técnica, a qualidade dos extratos, cinética e modelagem de ESC, a fim de propor métodos de AE do processo, realizando a estimativa de custos do processo. Caroços de pêssego provenientes de indústrias de conservas do estado do Rio Grande do Sul foram separados em casca e amêndoa. Esta última foi encaminhada para extrações soxhlet com diferentes solventes...

Condicionamento de membranas de ultra e nanofiltração e sua aplicação na dessolventização de n-hexano/óleo de macaúba

Penha, Frederico Marques
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 125 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
86.37%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos, Florianópolis, 2013.; A macaúba é a palmeira de maior dispersão no Brasil, com frutos de alto teor lipídico e elevada produtividade em relação a outros óleos comestíveis. A partir da macaúba, dois óleos podem ser obtidos: da amêndoa e da polpa, sendo a polpa mais rica em óleo (60 a 70 % em base seca) do que a amêndoa (40 a 50 % em base seca). Ambos são passíveis de uso industrial, como alimento ou cosmético, porém, apresentam sérios problemas de qualidade, relacionados principalmente à colheita, armazenamento dos frutos, extração e processamento dos óleos. A etapa de extração de óleos comestíveis na indústria geralmente é realizada com a utilização de solventes tóxicos, geralmente hexano, ou a combinação destes com processos mecânicos. Para recuperação dos solventes, operações unitárias de alto consumo de energia são utilizadas, porém, com pequenas perdas. Além de implicações econômicas, a recuperação desses solventes gera inconvenientes ambientais, dada a sua toxicidade e de segurança, visto sua inflamabilidade. Neste sentido, o uso de processos de separação por membranas tem sido intensamente estudado nas últimas décadas...

"Limites e potencialidades do Tucamã como fonte de energia para regiões isoladas da Amazômia"; Tucumã’s limits and energy potentiality a source from isolated amazon regions

Silva, Linda Edel Otero
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
56.18%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Mecânica, 2012.; O desenvolvimento de fontes de energia utilizando matérias primas regionais, pode tornar- se uma boa alternativa de inclusão energética, pois possibilita o acesso à eletricidade para as comunidades isoladas da região norte do Brasil, onde vivem cerca de 3 milhões de pessoas. Objetivo geral: avaliar os limites e potencialidades do tucumã para a produção de energia em regiões isoladas da Amazônia. Objetivos específicos: avaliar as características físico-químicas do óleo do endosperma da palma de tucumã assim como as do endocarpo do fruto, avaliar o porcentual do óleo contido no tucumã, complementando com ensaio em motores com óleo de tucumã e gaseificação do seu endocarpo. Metodologia: 1) Estudar, por meio de um inventário de plantas oleaginosas, o potencial do tucumã em duas comunidades no Assentamento Agroextrativista Lago Grande no território do baixo Amazonas no estado do Pará, 2) Fazer a avaliação experimental do tucumã para a determinação de parâmetros morfofisiológicos, 3) Extrair o óleo da amêndoa de tucumã por meio de três técnicas e caracterizar o mesmo...

Viabilidade de utilização de mafurra (Trichilia emética) para a produção de biodiesel

Simões, Diana Marta Barreiro
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.54%
Tese de mestrado integrado em Engenharia da Energia e do Ambiente, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2013; Este trabalho teve como objetivo o estudo da viabilidade da produção de biodiesel a partir de sementes de mafurra, provenientes de Moçambique, em particular a partir do óleo e da gordura extraídos do arilo e a da amêndoa, respetivamente. Diferentes lotes de sementes provenientes da mesma árvore, recebidos em alturas diferentes, apresentaram algumas variações na relação arilo/amêndoa e nos teores de humidade e de óleo, o que foi atribuído à fase de maturação do fruto na altura da colheita e ao processo de secagem da semente. Verificou-se que o tempo de armazenamento das sementes provocou alterações nos valores de alguns dos parâmetros de caracterização, nomeadamente, nos teores de humidade e de óleo, não se tendo observado variações significativas na composição em ácidos gordos. O óleo do arilo apresentou, para todas as amostras, um índice de acidez superior (1,93–13,26 mgKOH/g) ao da gordura da amêndoa (1,63–3,13 mgKOH/), tendo este parâmetro sofrido alteração com o tempo de armazenamento da amostra. Os ensaios de transesterificação básica da gordura da amêndoa (IA=1...

Caracterização morfomecânica para beneficiamento do fruto da castanha-de-cutia (Couepia edulis)

Pessoa,José Dalton Cruz; Assis,Odílio Benedito Garrido de; Braz,Daniel Cesar
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 PT
Relevância na Pesquisa
56.34%
A castanha-de-cutia (Couepia edulis (Prance) Prance) é um fruto fibroso encontrado na Amazônia Ocidental contendo uma amêndoa muito saborosa que os caboclos daquela região costumam consumir torrada e moída com a farinha de mandioca. Suas qualidades organolépticas tornam-na uma boa candidata para consumo também nos grandes centros urbanos do Brasil e no exterior. Diferentemente do que acontece nas indústrias extratoras de óleo, para o consumo de mesa, as amêndoas inteiras e com boa aparência são mais valorizadas. Esta é a primeira razão para o desenvolvimento de um equipamento de extração da amêndoa; o outro motivo é a inexistência de estudos específicos para o desenvolvimento de metodologias de extração da amêndoa da castanha-de-cutia. Neste trabalho, realizou-se parte das análises recomendadas para o desenvolvimento de um extrator da amêndoa de dentro do fruto: foi avaliado qualitativamente o comportamento reológico e de hidratação do mesocarpo; medidas as irregularidades e a esfericidade da seção transversal do fruto em função do perímetro do fruto; determinadas a excentricidade da seção longitudinal do fruto em função da área total, e a taxa de ocupação da amêndoa nas seções transversal e longitudinal. Estas informações serão usadas para desenvolver uma instrumentação de extração da amêndoa inteira...

Produção e atributos de qualidade de cultivares de macadâmia no sudoeste do estado de Säo Paulo

Entelmann,Fábio Albuquerque; Scarpare Filho,Joäo Alexio; Pio,Rafael; Silva,Simone Rodrigues da; Souza,Filipe Bittencourt Machado de
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
56.19%
A macadâmia apresenta-se como uma importante alternativa para a fruticultura paulista, principalmente pela sua rusticidade e pelo valor alcançado por seus frutos. No entanto, estudos relacionados ao seu desenvolvimento e às suas características produtivas e químicas säo necessários para a adequada escolha da cultivar. Com o objetivo de caracterizar o desenvolvimento e a produção de diferentes cultivares de macadâmia nas condições climáticas, no sudoeste do Estado de Säo Paulo, foram conduzidos experimentos instalados no município de Dois Córregos-SP, nos ciclos produtivos de 2009/2010 e 2010/2011, para avaliação do ciclo fenológico da cultivar HAES-344, o desempenho produtivo, a caracterização física e o perfil de ácidos graxos das cultivares HAES-344, HAES-660, IAC 1-21, HAES-816, IAC 4-20, IAC Campinas-B, Aloha e IAC 4-12 B de macadâmia. O intumescimento de gemas ocorreu de maio a junho, a antese de final de julho a início de agosto e a queda de frutos de fevereiro a março. As cultivares HAES-344, IAC 1-21 e IAC 4-12 B apresentaram a maior produção. A cultivar HAES-816 apresentou os maiores valores para as variáveis diâmetro da casca e da amêndoa e massa da amêndoa. Para a taxa de recuperação de noz (TR)...

Efeito de óleos essenciais como alternativa no controle de Colletotrichum gloeosporioides, em pimenta

Sousa,Rosa Maria Souto de; Serra,Ilka Marcia Ribeiro de Souza; Melo,Thiago Anchieta de
Fonte: Grupo Paulista de Fitopatologia Publicador: Grupo Paulista de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.19%
Fungos do gênero Colletotrichum causam doenças conhecidas como antracnose. Métodos alternativos que sejam eficientes e menos agressivos vêm sendo amplamente testados. Dentre estes, surge o interesse pela utilização de óleos essenciais extraídos de vegetais. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de óleos essenciais de eucalipto, copaíba, andiroba, babaçu, coco, neem, semente de uva, amêndoa, hortelã e pau rosa, em diferentes concentrações sobre o fungo Colletotrichum gloeosporioides, in vitro e em frutos de pimenta em pós colheita. O experimento in vitro foi realizado utilizando-se cinco concentrações (0,2; 0,4; 0,6; 0,8 e 1,0%) dos dez óleos misturados ao meio de cultura BDA. As variáveis analisadas foram a taxa de crescimento micelial e o índice de velocidade de crescimento micelial (IVCM). O ensaio em pós-colheita foi feito com imersão dos frutos de pimenta por 5 minutos, nos mesmos óleos utilizados no experimento anterior, usando-se a maior concentração. O fungo C. gloeosporioides foi inoculado, através de ferimento, logo após a imersão dos frutos. As avaliações foram realizadas diariamente através de medição do diâmetro das colônias e das lesões, tomando-se duas medições em sentidos diametralmente opostos. Pode-se observar que no experimento in vitro todos os óleos...

Perfil lipídico da polpa e amêndoa da guarirova

Nozaki,Vanessa Taís; Munhoz,Cláudia Leite; Guimarães,Rita de Cássia Avellaneda; Hiane,Priscila Aiko; Andreu,Maxwell Parrela; Viana,Luiz Henrique; Macedo,Maria Lígia Rodrigues
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.18%
Os óleos de frutos estão sendo estudados por seu potencial na indústria de alimentos e também para aumento do consumo de ácidos graxos monos e poli-insaturados. Este estudo objetivou determinar as constantes físico-químicas, composição centesimal, identificar e quantificar os principais ácidos graxos presentes na fração lipídica da polpa e da amêndoa dos frutos de guarirova, espécie Syagrus oleracea (Mart.) Becc. Foi realizada a caracterização físico-química dos óleos, composição de ácidos graxos e índices de qualidade nutricional. O óleo da amêndoa possui maior concentração de ácidos graxos saturados (89,2%), sendo representado principalmente pelo ácido láurico (48,34%). A polpa apresentou ácidos graxos monoinsaturados (24,84%) e poli-insaturados (33,25%), com maior percentual de ômega-6 (31,94%) e ômega-9 (19,15%); e menor de ômega-3 (1,31%).

Ocorrência de fungos fitopatogênicos à palma de óleo, variedade Tenera, cultivada no município de Moju-PA.

COELHO, I. L.; BOARI, A. de J.; TREMACOLDI, C. R.; PANTOJA, K. de F. C.
Fonte: In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA AMAZÔNIA ORIENTAL, 15., 2011, Belém, PA. A ciência de fazer ciência: anais. Belém, PA: Embrapa Amazônia Oriental, 2011. Publicador: In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA AMAZÔNIA ORIENTAL, 15., 2011, Belém, PA. A ciência de fazer ciência: anais. Belém, PA: Embrapa Amazônia Oriental, 2011.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.16%
A palma de óleo (Elaeis guineensis Jacq.), introduzido no Brasil por volta do século 17, é uma palmeira oleaginosa de alto potencial produtivo dos óleos de palma e de palmiste, extraídos, respectivamente, do fruto e da amêndoa. O estado do Pará detém 93% da produção nacional, com grande área plantada no município de Moju. A variedade Tenera, mesmo sendo predileta ao cultivo por seu alto rendimento de óleo de palma, pode ter sua produtividade comprometida pela a ação de patógenos. Desde modo, objetivou-se avaliar ocorrência de fungos fitopatogênicos à palma de óleo, Tenera, de plantios comerciais no município de Moju-PA. Os fungos Curvularia sp., Pestalotiopsis sp., Phomopsis sp. e Lasiodiplodia sp. foram isolados isolados de tecidos de manchas foliares de plantas adultas. Após seus cultivos em meio de cultura batata-dextrose-ágar (BDA) estes foram inoculados em folhas de mudas de Tenera, com 7 meses de idade, por meio de sobreposição de discos miceliais de 0,7 cm de diâmetro em tecido foliar previamente ferido, e incubadas em câmara úmida, 70± 2 UR% e 30 oC±2 por 5 dias. Após 15 dias da data de inoculação reisolou-se os fungos a partir de tecidos inoculados que apresentaram lesões. Todos os isolados reproduziram os sintomas previamente observados no campo e obteve-se 100% de reisolamento dos fungos inoculados por tratamento...

Produção de biossurfactante por Candida lipolytica (UPC 0988) utilizando óleo de pequi como fonte alternativa de Carbono

Santana, Willma José de; Porto, Ana Lúcia Figueiredo (Orientadora); Takaki, Galba Maria de Campos (Coorientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
86.69%
A produção de biossurfactantes tem sido amplamente investigada nos últimos anos, considerando seu potencial biotecnológico e suas aplicações nos mais diversos setores industriais. O objetivo desta pesquisa foi à produção de biossurfactante por Candida lipolytica (UCP 0998), utilizando óleo da amêndoa e do endocarpo do pequi como fonte alternativa de carbono durante 72 horas a 150 rpm e 28º C através de planejamentos fatoriais. No primeiro planejamento fatorial completo 22 foram utilizadas as variáveis óleo da amêndoa e do endocarpo do pequi e glicose. Os resultados com o óleo da amêndoa do pequi, demonstraram uma tensão superficial de 30,51 mN/m, no ensaio 4 (20% de óleo e 1% de glicose), o melhor índice de emulsificação foi obtido com óleo de canola 50%, a produção de biomassa foi de 0,4396g/L. As atividades enzimáticas produzidas pela Candida lipolytica para esterase foi de 30mm e para lípase 15mm. Para óleo do endocarpo do pequi verificou-se a menor tensão superficial 31,96 mN/m, no ensaio 3 (10% de óleo e 1% de glicose), com o melhor índice de emulsificação com óleo de milho de 50%, a produção de biomassa foi 0,5107g/L. As atividades enzimáticas esterase foi de 23mm e de lípase 15mm. Foi realizado um segundo planejamento fatorial meia fração 2 5-1 selecionando o óleo da amêndoa do pequi para aumentar a produção do biossurfactante...

Avaliação da implantação de uma unidade de extração do óleo do coco babaçu para o desenvolvimento sustentável de comunidades tradicionais da região amazônica

Souza, Iracema Pinto de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
76.21%
Resumo: A sustentabilidade pode ser alcançada quando um projeto é ecologicamente correto, economicamente viável, socialmente justo e culturalmente aceito. Desta forma, o desenvolvimento de comunidades tradicionais, como indígenas e quilombolas, pode ter melhor sucesso quando baseado nesta filosofia. A situação social da comunidade de Axixá do Tocantins e seu potencial de gerar renda foram avaliados para proposição de uma atividade econômica que melhorasse a sustentabilidade do município. Para tal, a avaliação socioeconômica, a extração do óleo usando tecnologia tradicional e de prensagem a frio e suas composições químicas, e a proposição de uma unidade industrial econômica e tecnicamente viável foram realizadas. O Índice de Desenvolvimento Humano do município sugere uma condição socioeconômica melhor do que a observada in loco. Por outro lado, o índice de Gini confirma a forte concentração de renda observada, e que tem se agravado na última década. As "quebradeiras de coco" formam um grupo de moradores que apresentam potencial para o desenvolvimento sustentável neste município. Elas tradicionalmente colhem o fruto do babaçu, retiram as amêndoas e produzem o óleo; o qual é comercializado localmente. A remoção das amêndoas é feita manualmente com auxílio de machado e bastão de madeira. Alguns relatos descrevem acidentes e também...

Efeito da amêndoa de Baru, Amendoim e Castanha-do-Pará no perfil sérico e na peroxidação de lipídios em ratos com dieta hiperlipídica; Effect of baru almond, peanut and Brazil nut in serum profile and peroxidation of lipids in rats fed high-fat diets

FERNANDES, Daniela Canuto
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos; Ciencias Agrárias - Agronomia Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos; Ciencias Agrárias - Agronomia
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.34%
The aim of this study was to evaluate the effect of the intake of baru almond, peanut and brazil nut in lipid profile and in lipid peroxidation in rats that were fed with high-fat diet. The effect of baru almond, peanut and brazil nut intakes in lipid profile and in lipid peroxidation were evaluated by bioassay with young adults Wistar rats during two months. The diets were formulated according to American Institute of Nutrition (AIN-93G): 5 fat diets (0.1% cholic acid + 1% cholesterol + 5% lard + 15% of one the fat sources lard and olive oil [controls], baru almond, peanut or brazil nut) and a standard diet (7% soybean oil). Blood samples were collected in order to determine the serum lipid profile and the samples of the animal liver were collected in order to evaluate total malondialdehyde (total MDA), reduced glutathione and vitamin E. Peanut modulated the lipid profile in rats with high-fat diet, decreasing levels of total cholesterol (TC= 84 mg.dL-1) and triglycerides (TG= 46 mg.dL-1), and increased levels of HDL-cholesterol (HDL-c= 44 mg.dL-1), when compared to lard-control (TC= 217 mg.dL-1, TG= 223 mg.dL-1, HDL-c= 24 mg.dL-1) and olive oil-control (TC= 111 mg.dL-1, TG= 39 mg.dL-1, HDL-c= 36 mg.dL-1). The baru almond reduced total cholesterol (TC= 126 mg.dL-1) and triglycerides (61 mg.dL-1)...

Efeitos dos parâmetros da extração e avaliação da qualidade física e química dos óleos de baru e amendoim; Effects of parameter extraction and quality assessment ofphysics and chemistry of baru and peanut oil

LIMA, Jean Carlos Rodrigues
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos; Ciencias Agrárias - Agronomia Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos; Ciencias Agrárias - Agronomia
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.37%
This work aimed to optimize the extraction of baru oil (Dipteryx alata Vog.) by continuous mechanical pressing and assess its quality compared to peanut oil extracted under the same conditions, since both have similar characteristics. The characterization of fruit and baru almonds from southern state of Goiás was carried out, determining their chemical composition. Response surface methodology was used to assess the influence of process variables on the extraction yield and quality of oils. Analyses of moisture content, color, relative density, viscosity, refractive index, iodine value, saponification index, acidity, peroxide index, p-anisidine index and total oxidation value were conducted to assess the quality of the oils extracted. There was great variability in the physical characteristics of fruits and baru almonds, with almond yield in relation to fruits similar to literature (4.54%). Baru almond has composition similar to peanuts, with high energy density (594.43 kcal / 595.42 kcal) and nutrients, especially protein (23.66 g.100g-1 / 32.93 g.100g-1) and lipids (37.19 g.100g-1 / 46.14 g.100g-1). The efficiency of the extraction process was similar between baru (80.85%) and peanuts (81.08%) The process of baru oil extraction has been optimized with regard to yield and parameters tested. In evaluating the effect of the extraction parameters...

"Produção e caracterização de biodieseis obtidos a partir da oleaginosa macaúba (Acrocomia aculeata)"

Melo, Patricia Gontijo de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
A oleaginosa Macaúba (Acrocomia aculeata) vem se destacando como matéria prima para produção de biodiesel por produzir um óleo não comestível e assim não compromete a dieta humana. O fruto de Macaúba é constituído por duas fontes de óleo: o mesocarpo/polpa e amêndoa, que possuem alto teor de óleo, que podem ser utilizadas para a produção de biodiesel. Neste trabalho, fez-se previamente a análise das características físico químicas da matéria prima bruta, e a partir daí, escolheu-se o caminho catalítico a ser realizado. Para a reação de transesterificação utilizou-se os álcoois metanol e etanol, na presença de catalisadores ácidos (ácido clorídrico e sulfúrico) e básico (hidróxido de potássio). Ao comparar as características físico químicas dos óleos de Macaúba, observou-se que o óleo da amêndoa possui características que demonstram menor estado de degradação quando comparado ao óleo de mesocarpo, o mesmo fato foi evidenciado quando se comparou os respectivos biodieseis. Tais fatos podem ser atribuídos a presença do endocarpo lenhoso que envolve a amêndoa protegendo dos efeitos dos processos de degradação. As melhores características do óleo de amêndoa também são refletidas no seu custo de mercado que é três vezes maior que do mesocarpo. Visando o aproveitamento da matéria prima de menor valor...

Controle da antracnose na pós-colheita de manga 'Ubá' com o uso de produtos alternativos

Lemos,Lorena Moreira Carvalho; Coutinho,Paulo Henrique; Salomão,Luiz Carlos Chamhum; Siqueira,Dalmo Lopes de; Cecon,Paulo Roberto
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
76.73%
Foi avaliada a eficácia de produtos alternativos aos agroquímicos no controle da antracnose na pós-colheita de mangas 'Ubá'. Frutos fisiologicamente maduros foram pulverizados até o completo molhamento, com suspensão de conídios de Colletotrichum gloeosporioides, na concentração de 2,5 x 10(5) conídios/mL. Após a secagem ao ar, foram pulverizados com água destilada (testemunha), tween 20 (8 mL/L de solução), Prochloraz (1,10 mL de Sportak 450 EC/L de solução), óleo de alho (10 mL/L + 8 mL/L de tween 20), óleo de amêndoa de Acrocomia aculeata + leite em pó instantâneo (LPI) (25 mL/L+ 10 g LPI/L), óleo de amêndoa de A. aculeata + tween (25 mL/L + 8 mL/L de tween 20), biofertilizante agro-mos® (100 µL/L), óleo de neen (10 mL/L + 8 mL/L de tween 20), quitosana (10 mL/L + 8 mL/L de tween 20) e biomassa cítrica (10 mL/L + 8 mL/L tween 20).O solvente utilizado foi água destilada. Avaliaram-se o período de incubação, o período latente, a perda de massa fresca, a produção de CO² e, diariamente, a severidade e incidência da doença. Os períodos mais curtos de incubação da doença foram observados nos frutos tratados com óleo de neen, água + tween e biomassa cítrica, com aproximadamente cinco dias. O óleo de amêndoa de A. aculeata + LPI e agro-mos® foram os produtos que mais retardaram o aparecimento dos sintomas...

Potencial de óleos de plantas biologicamente ativos para o controle da larva do mosquito Culex pipiens (Diptera: Culicidae) de localidade egípcia; Potential of biologically active plant oils to control mosquito larvae (Culex pipiens, Diptera: Culicidae) from an egyptian locality

Khater, Hanem Fathy; Shalaby, Afaf Abdel-Salam
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2008 ENG
Relevância na Pesquisa
56.34%
O efeito inseticida de seis óleos de plantas comercialmente disponíveis foi testado contra larvas de 4ºinstar de Culex pipiens. Larvas foram coletadas originalmente de Meit El-Attar, Qalyubia Governorate, Egito e então cultivadas no laboratório até a geração F1. Os valores LC50 foram 32,42, 47,17, 71,37, 83,36, 86,06 e 152,94 ppm para o feno grego (Trigonella foenum-grecum), amêndoa da terra (Cyperus esculentus), mostarda (Brassica compestris), olíbano (Boswellia serrata), rocket (Eruca sativa) e salsa (Carum ptroselium), respectivamente. Os óleos testados alteraram alguns aspectos biológicos do C. pipiens, por exemplo os períodos de desenvolvimento, estados de crisálida, e emergências de adultos. As concentrações mais baixas de óleo de olíbano e feno grego causaram extraordinário prolongamento da duração larval e pupal. Dados também mostraram que o aumento das concentrações foi diretamente proporcional à redução no estado de crisálida e emergências dos adultos. Notável decréscimo no estado de crisálida foi conseguido com o óleo de mostarda a 1000 ppm. Emergência de adulto foi diminuída no óleo de amêndoa da terra e feno grego a 25 ppm. Além do mais, os óleos de plantas testados, exibiram várias anormalidades morfológicas nas larvas...