Página 1 dos resultados de 768 itens digitais encontrados em 0.061 segundos

Identificação da mudança de uso da terra usando técnicas de agrupamento de séries temporais de imagens de satélite

Scrivani, Rachel; Amaral, Bruno Ferraz do; Gonçalves, Renata Ribeiro do Valle; Sousa, Elaine Parros Machado de; Zullo Junior, Jurandir; Romani, Luciana Alvim Santos
Fonte: Embrapa Informática Agropecuária; Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE; Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT; Universidade Federal do Mato Grosso do Sul - UFMS; Universidade Católica Dom Bosco - UCDB; Campo Grande Publicador: Embrapa Informática Agropecuária; Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE; Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT; Universidade Federal do Mato Grosso do Sul - UFMS; Universidade Católica Dom Bosco - UCDB; Campo Grande
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
95.96%
A disponibilidade de dados orbitais, aliada à necessidade crescente de monitoramento de grandes extensões e de preservação de regiões ambientalmente sensíveis, gera uma oportunidade para o desenvolvimento/adaptação de métodos computacionais. A fim de gerar informações de avaliação temporal e espacial que possam constituir importante ferramenta de planejamento e de orientação à tomada de decisão para o manejo e conservação destas áreas, o objetivo deste trabalho é propor uma abordagem baseada em métodos de agrupamento de séries de imagens de satélite para auxiliar na análise espaço-temporal da mudança do uso da terra, identificando de forma automática, com alta probabilidade de serem áreas inundáveis, floresta, culturas agrícolas e pastagem em escala regional. Séries temporais de imagens do sensor MODIS com valores dos índices de vegetação NDVI e EVI, do período de 2008/2009 a 2013/2014, foram agrupadas por meio do algoritmo K-means. Para uma avaliação da qualidade dos agrupamentos obtidos foi utilizado o coeficiente de Silhueta. Séries temporais de precipitação do satélite TRMM foram utilizadas a fim de correlacionar com os demais resultados obtidos para avaliar a pré-classificação gerada pelo método de agrupamento em anos secos...

Avaliação da vegetação como indicadora de áreas suscetíveis a escorregamentos na Serra do Mar em Caraguatatuba (SP); Evaluation of vegetation as an indicator of landslide susceptibility in the Serra do Mar in Caraguatatuba (SP)

Portela, Viviane Dias Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
86.18%
Apesar de a vegetação ser considerada fator controlador de escorregamentos, os estudos que a discutem como indicador destes processos são escassos. O sensoriamento remoto, por meio dos índices de vegetação, apresenta potencial ainda não explorado para subsidiar os estudos entre vegetação e escorregamentos. Assim, o objetivo deste trabalho é avaliar a vegetação como indicador de áreas suscetíveis a escorregamentos. A área escolhida para a pesquisa é o trecho da Serra do Mar no município de Caraguatatuba, litoral norte do Estado de São Paulo. A escolha desta área remete ao evento de 1967 no qual houve escorregamentos generalizados nas escarpas da Serra do Mar que culminaram em inúmeras mortes e perdas materiais. Para a realização da pesquisa foram gerados os índices de vegetação NDVI, Simple Ratio, ReNDVI, VIg e PSRI. Os índices de vegetação foram correlacionados às cicatrizes de escorregamentos e com os seguintes parâmetros topográficos: declividade, hipsometria, orientação de vertentes e curvatura em planta. Para isso foi utilizada a distribuição da razão de área afetada por cicatrizes em cada índice de vegetação (Vcic). Os resultados demonstraram que os índices de vegetação foram eficientes ao identificar as áreas com cicatrizes além de aludir que a maior densidade de vegetação visualizada pelo NDVI e...

Aplicação de ferramentas de geotecnologias para análise multitemporal do risco de acidentes aeroviários por colisão com fauna em 4 aeroportos brasileiros

Alencastro, Felipe Barbosa de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
95.86%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, 2014.; As colisões entre aves e aviões têm aumentado bastante nas últimas décadas em todo o mundo. É crescente a preocupação em reduzir a quantidade de colisões, bem como minimizar os danos causados por elas. Este estudo analisou as principais espécies envolvidas em incidentes aéreos e seus os focos atrativos, além do efeito da perda de vegetação na área de segurança dos aeroportos de Cuiabá, Manaus, Guarulhos e Porto Alegre. As espécies de risco foram identificadas a partir da análise dos registros de colisões entre 2001 e 2012. Os principais atrativos dessas espécies foram identificados e monitorados entre os anos de 2009 e 2013. A análise de perda de habitat natural foi feita a partir de imagens de sensoriamento remoto, por meio do índice de vegetação NDVI entre os anos de 2001 e 2011. Foi observado que os fatores que têm influência sobre esse aumento observado nos últimos anos, vão desde a presença de animais nas áreas operacionais dos aeroportos, à presença de diversos atrativos para a fauna no entorno dos aeroportos e também a perda de habitat natural nas áreas adjacentes. A espécie de maior risco para a aviação nos aeroportos estudados é o quero-quero...

Utilização de índices de vegetação para a gestão da vinha.; Utilización de índices de vegetación para la gestión de la viña

Silva, Luis Leopoldo; Marques da Silva, José Rafael; Sousa, Adélia; Terrón, J.M.
Fonte: RITECA Publicador: RITECA
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
95.99%
A determinação de indices de vegetação tem mostrado nos últimos tempos ser uma técnica eficaz na avaliação do vigor vegetativo das plantas,e fornecendo informação importante para ajudar o produtor na gestão diária da vinha. Este trabalho mostra um exemplo da utilização dessa técnica e dos resultados que se podem obter.

Análise da dinâmica sazonal e separabilidade espectral de algumas fitofisionomias do cerrado com índices de vegetação dos sensores MODIS/TERRA e AQUA

Liesenberg,Veraldo; Ponzoni,Flávio Jorge; Galvão,Lênio Soares
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
106.12%
Composições de 16 dias de índices de vegetação do sensor MODerate resolution Imaging Spectroradiometer (MODIS), com resolução espacial de 1km, a bordo dos satélites TERRA e AQUA, foram usadas para caracterizar a dinâmica sazonal em 2004 de cinco fitofisionomias de Cerrado e analisar a sua separabilidade espectral. Os índices Normalized Difference Vegetation Index (NDVI) e Enhanced Vegetation Index (EVI), calculados a partir dos dados dos sensores de ambas as plataformas e de uma base comum de pixels, foram comparados entre si. Os resultados indicaram que: (a) dentre as fitofisionomias estudadas, a Floresta Estacional decídua apresentou uma dinâmica sazonal muito marcante em função da perda de folhas da estação chuvosa para a seca (substancial redução nos índices) e do rápido verdejamento com o início da precipitação no final de outubro (rápido incremento de NDVI e EVI); (b) o NDVI mostrou maior variabilidade entre as classes de vegetação do que o EVI apenas na estação seca; (c) a discriminação entre as fitofisionomias melhorou da estação chuvosa para a seca; (d) o NDVI foi mais eficiente do que o EVI para discriminar as classes de vegetação na estação seca, ocorrendo o contrário na estação chuvosa; e (e) na maioria das datas selecionadas para estudo...

Padrões de autocorrelação espacial de índices de vegetação MODIS no bioma cerrado

Carvalho,Fábio Martins Vilar de; Ferreira,Laerte G.; Lobo,Fabio C.; Diniz-Filho,José Alexandre Felizola; Bini,Luís Maurício
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
116.12%
Embora os índices de vegetação MODIS estejam sendo extensivamente investigados quanto ao seu potencial para o mapeamento e monitoramento biofísico do bioma Cerrado, em particular no que diz respeito à sazonalidade e fenologia da cobertura vegetal, pouco se sabe sobre o comportamento espacial desses índices em escalas regionais. Assim, neste estudo foram avaliados, à escala adotada em estudos de macroecologia (Resolução de 1º x 1º), os padrões de autocorrelação espacial do EVI (índice de vegetação realçado) e NDVI (índice de vegetação da diferença normalizada), utilizando-se índices I de Moran obtidos em diferentes classes de distância geográfica (correlogramas espaciais). Em média, os valores apresentados por esses índices são autocorrelacionados até uma distância aproximada de 800 km, que pode revelar um padrão de manchas afetado por variação ambiental e conversão da vegetação nativa. No entanto, esses padrões de similaridade espacial são principalmente influenciados pelo contraste sazonal encontrado no bioma Cerrado, bem como em função dos padrões de cobertura da terra e do tipo de índice considerado (i.e., EVI ou NDVI).

Relações empíricas entre a estrutura da vegetação e dados do sensor TM/LANDSAT

Accioly,Luciano J. de O.; Pachêco,Admilson; Costa,Thomaz C. e C. da; Lopes,Osvaldo F.; Oliveira,Maria A. J. de
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2002 PT
Relevância na Pesquisa
96.09%
A utilização de dados espectrais, na estimativa de parâmetros estruturais da vegetação, constitui-se num dos mais importantes papéis do sensoriamento remoto dos ecossistemas naturais. Neste trabalho foram aplicadas transformações espectrais, como os índices de vegetação e a fração de vegetação obtida pelo modelo de análise de misturas em dados do sensor TM/LANDSAT, com o objetivo de se estimar parâmetros estruturais da Floresta Nacional do Araripe, no Ceará. As imagens foram calibradas para radiância, ao nível do solo, e antes do processamento foram removidos seus "outliers". Tanto a fração de vegetação verde quanto os índices de vegetação e as respostas de bandas individuais, apresentaram correlação positiva e significativa com as estimativas da altura média da parcela, da área basal à altura do peito e da área basal na base. Os valores de coeficientes de correlação variaram entre 0,33 e 0,60. Os melhores relacionamentos foram obtidos com o índice de vegetação da razão simples e com o índice estrutural da vegetação para os quais foram estabelecidas as equações de regressão.

Índices de vegetação no milho em função da hora do dia e da taxa de nitrogênio aplicada

Souza,Eduardo G.; Rocha,Teoferson; Uribe-Opazo,Miguel A.; Nóbrega,Lúcia H. P.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
86.13%
Métodos têm sido propostos visando à melhoraria da administração de nitrogênio (N) e, simultaneamente, ao aumento de produtividade com a proteção do meio ambiente, diminuindo a concentração de nitratos no solo e na água, em que um deles, a agricultura de precisão, consiste na aplicação localizada dos insumos agrícolas em função da necessidade específica local. Neste contexto, a medição da reflectância espectral foliar da planta se apresenta como método promissor para o sensoriamento instantâneo da deficiência de N em milho, através do cálculo de índices de vegetação; entretanto, não são bem conhecidas as características da interação das plantas com a radiação solar. Avaliou-se, neste trabalho, o comportamento dos índices de vegetação em relação à hora do dia e da taxa de nitrogênio aplicada. Seis índices diferentes foram estudados: relação infravermelho próximo/vermelho (IVP/V), relação infravermelho próximo/verde (IVP/Verde), índice de vegetação de diferença normalizada (IVDN), índice verde de vegetação da diferença normalizada (IVVDN), índice de vegetação ajustado ao solo (IVAS) e índice aperfeiçoado de vegetação ajustado ao solo (IAVAS). Quando analisados apenas os dados coletados em torno do meio dia solar...

Detecção do efeito da adubação nitrogenada em Brachiaria decumbens Stapf. utilizando um sistema de sensoriamento remoto

Silva Júnior,Mário Cupertino da; Pinto,Francisco de Assis de Carvalho; Fonseca,Dilermando Miranda da; Queiroz,Daniel Marçal de; Maciel,Bruno Ferreira
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
95.91%
Objetivou-se com este trabalho utilizar técnicas de sensoriamento remoto para detectar diferentes status nutricionais em pastagem de Brachiaria decumbens Stapf. Os tratamentos consistiram de cinco doses de nitrogênio (0, 50, 100, 150 e 200 kg ha-1), com seis repetições, avaliadas em delineamento inteiramente casualizado. Foi utilizado um sistema de sensoriamento remoto composto por câmeras digitais, cabos, placa de digitalização de imagens e microcomputador, com uma haste de três metros de altura para posicionamento das câmeras. O sistema adquiriu imagens em duas bandas espectrais simultaneamente em duas fases. A primeira fase foi aos 15, 21 e 32 dias após a adubação, realizada no período de fevereiro a março de 2006, e a segunda aos 28, 36, 45 e 53 dias após a reaplicação das doses de N, no período de março a maio de 2006. Das imagens originais foram determinados diferentes índices de vegetação, os quais foram submetidos às análises de regressão e correlação. Também foram adquiridos valores estimados do teor de clorofila pelo medidor de clorofila SPAD 502 e valores do teor de N foliar. Foi possível ajustar modelos de primeiro ou segundo grau aos dados experimentais para todos os períodos estudados. Os índices calculados com a banda verde mostraram-se mais eficientes na relação com a estimativa de clorofila foliar...

Índices de vegetação de base espectral para discriminar doses de nitrogênio em capim-tanzânia

Abrahão,Selma Alves; Pinto,Francisco de Assis de Carvalho; Queiroz,Daniel Marçal de; Santos,Nerilson Terra; Gleriani,José Marinaldo; Alves,Enrique Anastácio
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
96.04%
Este trabalho foi realizado para determinar, entre seis índices de vegetação baseados em dados de refletância espectral, aquele que melhor discrimina doses de nitrogênio e que possui maior correlação com leituras de clorofila e massa seca do capim-tanzânia (Panicum maximum Jacq.). Os índices testados foram o NDVI (índice de vegetação por diferença normalizada, calculado utilizando a banda do vermelho e a banda do infravermelho próximo), VARI (índice resistente à atmosfera na região do visível, calculado utilizando a banda de transição do vermelho ao infravermelho e a banda do verde) e WDRVI (índice de vegetação de amplo alcance, calculado utilizando três coeficientes de ponderação, 0,05; 0,1 e 0,2). Foram avaliadas quatro doses de nitrogênio (0, 80, 160 e 320 kg/ha) em delineamento de blocos ao acaso com subamostras, com três repetições e três subamostras por bloco. Os índices VARI utilizando a banda de transição do vermelho ao infravermelho e o WDRVI utilizando os coeficientes 0,05 e 0,1 foram os melhores para discriminar as doses de nitrogênio aplicadas em todos os períodos de avaliação estudados. O índice que apresentou maior correlação com as leituras de clorofila e massa seca foi o VARI com banda de transição do vermelho ao infravermelho.

Um sistema de aquisição de imagem de alta resolução para detecção remota de estresse hídrico, índices de vegetação e níveis de nitrogênio em milho irrigado.

GOMIDE, R. L.; ALBUQUERQUE, P. E. P. de; BRITO, R. A. L.; AVELAR, G. de; COELHO, A. M.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 15., 2007, Aracaju. Efeito das mudanças climáticas na agricultura: anais... Aracaju: Sociedade Brasileira de Agrometeorologia: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2007. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 15., 2007, Aracaju. Efeito das mudanças climáticas na agricultura: anais... Aracaju: Sociedade Brasileira de Agrometeorologia: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2007.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.86%
O objetivo principal deste trabalho foi o desenvolvimento de um sistema de aquisição de imagem com uma câmera digital de alta resolução para detecção remota de estresse hídrico, índices de vegetação e níveis de nitrogênio (N) no milho irrigado. A câmera utilizada é dotada de três dispositivos, que permitiram que imagens fossem adquiridas simultaneamente nas bandas do espectro visível (RGB) e" infravermelho colorido (CIR, falsa-cor). Um sistema de posicionamento global diferencial (DGPS) foi usado junto com a câmera para o georreferenciamento de pixels das imagens adquiridas. A cobertura vegetal foi usada como indicadora do status hídrico e nutricional (N) da cultura. Usou-se uma metodologia para a calibração da reflectância nas diferentes bandas de espectro estudadas em função de níveis de estresse hídrico e de N pré-estabelecidos, diferenciados e controlados em parcelas experimentais, considerando-se uma altura e um ângulo de visada da lente da câmera de 2,60 m e 45o, respectivamente, em relação a um plano logo acima do dossel da cultura. Outros dados ambientais de solo, clima e cultura foram usados na calibração. As imagens da cobertura vegetal adquiridas, uma vez processadas, vão permitir a caracterização e o mapeamento de áreas de produção...

Identificação de áreas agrícolas de ciclo curto com uso de índices de vegetação.

CARVALHO, D. DA. S.; LOEBMANN, D. G. dos S. W.; VICTORIA, D. de C.; ANDRADE, R. G.
Fonte: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 6., 2012. Jaguariúna, SP. Anais... Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2012. Publicador: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 6., 2012. Jaguariúna, SP. Anais... Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 8 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.86%
Imagens do satélite Landsat 5 obtidas ao longo do ciclo fenológico da safra de verão de 2010 foram utilizadas para estimar a área agrícola de ciclo curto de um importante município do Mato Grosso do Sul. Essa estimativa foi feita a partir da comparação de índices de vegetação calculados para as fases de plantio e máximo desenvolvimento da cultura. Os resultados são de importância estratégica, pois mostram quais são as áreas do município utilizadas para cultivos de ciclo curto, informação que ainda não é oferecida pelos órgãos encarregados de gerar as estatísticas oficiais.; 2012

Análise espectral e avaliação de índices de vegetação para o mapeamento da caatinga.

FRANCISCO, P. R. M.; CHAVES, I. de B.; CHAVES, L. H. G.; LIMA, E. R. V. de; BRANDAO, Z. N.; SILVA, B. B. da
Fonte: In: SIMPÓSIO REGIONAL DE GEOPROCESSAMENTO E SENSORIAMENTO REMOTO - GEONORDESTE, 6., 2012, Aracaju. Anais. Aracaju,SE: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2012. Publicador: In: SIMPÓSIO REGIONAL DE GEOPROCESSAMENTO E SENSORIAMENTO REMOTO - GEONORDESTE, 6., 2012, Aracaju. Anais. Aracaju,SE: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: n.p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.85%
2012

Mapeamento das estimativas do saldo de radiação e índices de vegetação em área do estado de Alagoas com base em sensores remotos.; Mapping of the estimates of the balance of radiation and indices of vegetation in an area of the state of Alagoas based on remote sensing.

Novas, Maria Fátima Bettini
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.17%
The balance of radiation at the surface is of great importance in studies related to the flow of heat in the atmosphere, particularly in agricultural crops in areas and basins. This work mapped the components of the radiation balance of the land surface and vegetation indices of the area with the river basin Pratagy in Alagoas, by means of remote sensing data in days of clear sky. In the estimation of the components of the balance of radiation were used data from TM-Landsat 5 and algorithm SEBAL - Surface Energy Balance Algorithm for Land is proposed by Bastiaanssen Land (1995). We analyzed the images of the day 06/11/1990, 09/21/1998 and 09/03/2003. The average value of the Normalized Difference Vegetation Index (NDVI) in 0.633 was 06/11/1990, 0.607 and 0.502 on 09/21/1998 to 09/03/2003, evidencing reduction of vegetation in the area in 1990 to study 1998 and also from 1998 to 2003. The gradual reduction of NDVI that occurred between the years studied, where the low values of 0 - 0.20 are found in more urbanized area, may have resulted from the urbanization process which intensified in these years. The classified image of the subtraction of NDVI between 1990 and 1998, however, demonstrated that in 59.5% of the area in study was little variation in the index. Once in the image of the subtraction of NDVI between 1998 the 2003 evidenced more that in almost 50% of the area in study was loss of vegetation and more spatially distributed in the central part of it. The instantaneous average value of the balance of radiation to the surface (Rn) increased from 1990 to 1998 and decreased between 1998 and 2003...

Índices de vegetação (NDVI, IVAS, IAF, NDWI) como subsídio à gestão do uso e ocupação do solo na zona de amortecimento da Reserva Biológica de Saltinho

Oliveira, Josemary Santos e Silva; Galvíncio, Josiclêda Dominciano (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
106.14%
A Mata Atlântica representa para a comunidade científica nacional e internacional o bioma com a maior potencialidade biológica do território brasileiro. Tal importância caminha ao lado das constantes interferências antrópicas que ameaçam não só a existência da floresta, como também os demais ecossistemas associados a seu habitat, como exemplo: restingas, manguezais e apicuns. Estabelecer critérios que delimitem o perímetro de interferência das ações antrópicas são assegurados por lei. A criação de zonas de amortecimento é sugerida a fim de minimizar estas ações. O presente estudo tem como objetivo principal, gerar subsídios para a gestão do uso e ocupação do solo na zona de amortecimento da Reserva Biológica Saltinho Pernambuco - Brasil, por meio da criação de mapas que permitam levantar informações sobre o estado atual da vegetação fornecendo informações relevantes sobre os ecossistemas naturais existentes, usos antrópicos e possibilidades de manejo para a elaboração dos planos de utilização a serem implementados. Na realização da pesquisa foram utilizadas quatro cenas do satélite Landsat 5 Sensor TM, pré-processadas, ortorretificadas e validadas através de trabalho de campo. Para melhor identificação dos alvos foi feita uma classificação supervisionada identificando os valores de nuvem...

Dados espectrorradiométricos de campo e índices de vegetação para estimar porcentagem de cobertura vegetal verde de pastagens cultivadas

Borges, Karen Lídia Castro
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
106.15%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, Pós-graduação em Geociências Aplicadas, 2015.; Pastagens cultivadas correspondem a principal atividade antrópica do Cerrado, concentrandose principalmente em Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Minas Gerais. Mais de 50% das áreas de pastagens apresentam algum tipo de degradação, os quais são difíceis de serem mapeados com base em imagens de satélite. Diante de uma necessidade de quantificar os parâmetros biofísicos das pastagens do Cerrado, esta pesquisa objetivou analisar o potencial de dados espectrorradiométricos de campo para estimar porcentagem de cobertura vegetal verde (%CV) de pastagens cultivadas como Brachiaria, no campo experimental da Embrapa Cerrados em Planaltina/DF. Dados espectrorradiométricos foram obtidos por meio do espectrorradiômetro portátil FieldSpec da Analytical Spectral Devices (ASD) Inc. (que adquire dados de reflectância na faixa espectral de 325 - 1075 nm, com 1 nm de intervalo e 25º de IFOV), nos meses de julho, setembro, outubro e novembro de 2013, além de janeiro de 2014 (50 pontos de amostragem para cada mês). Nesses mesmos pontos de amostragem, foram obtidas fotografias verticais do terreno que foram classificadas pelo método de classificação supervisionada por máxima verossimilhança para estimar a correspondente %CV. Os dados espectrorradiométricos foram ainda convertidos para índices de vegetação...

Identificação da mudança de uso da terra usando técnicas de agrupamento de séries temporais de imagens de satélite.

SCRIVANI, R.; AMARAL, B. F. do; GONÇALVES, R. R. do V.; SOUSA, E. P. M. de; ZULLO JÚNIOR, J.; ROMANI, L. A. S.
Fonte: In: SIMPÓSIO DE GEOTECNOLOGIAS NO PANTANAL, 5., 2014, Campo Grande, MS. Anais... São José dos Campos: INPE, 2014. Publicador: In: SIMPÓSIO DE GEOTECNOLOGIAS NO PANTANAL, 5., 2014, Campo Grande, MS. Anais... São José dos Campos: INPE, 2014.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.; p. 554-563.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.83%
Resumo. A disponibilidade de dados orbitais, aliada à necessidade crescente de monitoramento de grandes extensões e de preservação de regiões ambientalmente sensíveis, gera uma oportunidade para o desenvolvimento/adaptação de métodos computacionais. A fim de gerar informações de avaliação temporal e espacial que possam constituir importante ferramenta de planejamento e de orientação à tomada de decisão para o manejo e conservação destas áreas, o objetivo deste trabalho é propor uma abordagem baseada em métodos de agrupamento de séries de imagens de satélite para auxiliar na análise espaço-temporal da mudança do uso da terra, identificando de forma automática, com alta probabilidade de serem áreas inundáveis, floresta, culturas agrícolas e pastagem em escala regional. Séries temporais de imagens do sensor MODIS com valores dos índices de vegetação NDVI e EVI, do período de 2008/2009 a 2013/2014, foram agrupadas por meio do algoritmo K-means. Para uma avaliação da qualidade dos agrupamentos obtidos foi utilizado o coeficiente de Silhueta. Séries temporais de precipitação do satélite TRMM foram utilizadas a fim de correlacionar com os demais resultados obtidos para avaliar a pré-classificação gerada pelo método de agrupamento em anos secos...

Índices de vegetação aplicados na discriminação de classes de idade e manejo de Pinus.

CARMELLO, D. I.; BOLFE, E. L.; GOMES, P. B.; OSHIRO, O. T.; CARDOSO, D. J.
Fonte: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 9., 2015. Anais... Campinas: IAC, 2015. Publicador: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 9., 2015. Anais... Campinas: IAC, 2015.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 8 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.05%
O objetivo do estudo foi discriminar classes de idade e manejo de áreas de plantio de Pinus localizadas no planalto norte catarinense, por meio da avaliação dos índices de vegetação (IV). Para a geração dos índices NDVI (índice de vegetação por diferença normalizada), NDVI-RE (índice de vegetação por diferença normalizada na borda vermelha), EVI (índice de vegetação realçado) e ARI (índice de reflectância da antocianina), foram utilizadas duas cenas do satélite RapidEye de novembro de 2013. Foram selecionadas parcelas plantadas nos anos 1999, 2003 e 2007, em situações com e sem desbaste. Entre as parcelas com essas características, foram sorteadas ao acaso seis repetições para cada tratamento. Após a extração dos valores dos IV de cada parcela, foram feitas as seguintes análises: (1) comparação dos valores médios de IV das parcelas de 1999, 2003 e 2007, sem desbaste, pelos testes Anova e Tukey; (2) comparação dos valores médios de IV considerando os fatores ano (1999 e 2003) e manejo (sem e com desbaste), pelos testes Anova dois fatores e Tukey. Para todos os testes foi considerado o nível de significância de 5%. Os resultados permitem concluir que os IVs estudados foram adequados para a separação das classes de idade de Pinus...

Índices de vegetação como parâmetro para delimitação de zonas de manejo

Kuiawski, Amanda Carolina Marx Bacellar
Fonte: Curitibanos, SC Publicador: Curitibanos, SC
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 33 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.16%
TCC (graduação)- Universidade Federal de Santa Catarina. Campus Curitibanos. Agronomia.; A aplicação de técnicas de agricultura de precisão (AP) no manejo da fertilidade do solo desperta o interesse de agricultores, consultores e empresas prestadoras de serviços. Se avaliar a fertilidade do solo de maneira correta, se aplicar a quantidade correta de fertilizantes e corretivos necessária para se explorar o máximo de produção que aquela cultura pode nos oferecer. Uma técnica vem sendo muito estudada, trata-se da geração de classes para fins de manejo diferenciado. Este estudo objetivou avaliar o desempenho de índices de vegetação na geração de zonas para o manejo diferenciado dos atributos químicos do solo, ou seja, mostrar para o produtor que se ele usar essa técnica ele terá uma diminuição com o custo de fertilizantes e corretivos. O trabalho foi realizado no município de Curitibanos, estado de Santa Catarina, em uma área comercial destinada ao cultivo de soja, cebola e alho, totalizando 13 ha, onde foi estabelecida uma malha amostral composta por 50 pontos, georreferenciados, que serviram de base para coleta de dados. A cultura estudada foi à soja, em cada ponto amostral, foi mensurada a reflectância da cultura em três estádios fenológicos diferentes...

Medidas de reflectância hiperespectral a campo para estimar produtividade de grãos e altura de plantas de trigo; Hyperspectral field reflectance measurements to estimate wheat grain yield and plant height

Xavier, Alexandre Cândido; Rudorff, Bernardo Friedrich Theodor; Moreira, Mauricio Alves; Alvarenga, Brummer Seda; Freitas, José Guilherme de; Salomon, Marcus Vinicius
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2006 ENG
Relevância na Pesquisa
96.09%
Hyperspectral crop reflectance data are useful for several remote sensing applications in agriculture, but there is still a need for studies to define optimal wavebands to estimate crop biophysical parameters. The objective of this work is to analyze the use of narrow and broad band vegetation indices (VI) derived from hyperspectral field reflectance measurements to estimate wheat (Triticum aestivum L.) grain yield and plant height. A field study was conducted during the winter growing season of 2003 in Campinas, São Paulo State, Brazil. Field canopy reflectance measurements were acquired at six wheat growth stages over 80 plots with four wheat cultivars (IAC-362, IAC-364, IAC-370, and IAC-373), five levels of nitrogen fertilizer (0, 30, 60, 90, and 120 kg of N ha-1) and four replicates. The following VI were analyzed: a) hyperspectral or narrow-band VI (1. optimum multiple narrow-band reflectance, OMNBR; 2. narrow-band normalized difference vegetation index, NB_NDVI; 3. first- and second-order derivative of reflectance; and 4. four derivative green vegetation index); and b) broad band VI (simple ratio, SR; normalized difference vegetation index, NDVI; and soil-adjusted vegetation index, SAVI). Hyperspectral indices provided an overall better estimate of biophysical variables when compared to broad band VI. The OMNBR with four bands presented the highest R² values to estimate both grain yield (R² = 0.74; Booting and Heading stages) and plant height (R² = 0.68; Heading stage). Best results to estimate biophysical variables were observed for spectral measurements acquired between Tillering II and Heading stages.; Dados hiperespectrais de reflectância de culturas agrícolas são úteis para diversas aplicações e ainda existe a necessidade de estudos para definir as melhores bandas para estimar parâmetros biofísicos de culturas. O objetivo deste trabalho é analisar o uso de índices de vegetação (IV) de bandas estreitas e largas obtidas de medidas de reflectância hiperespectral a campo para estimar a produtividade de grãos e a altura de plantas do trigo (Triticum aestivum L.). Um experimento a campo foi conduzido durante a entre safra de 2003 em Campinas...