Página 9 dos resultados de 1151 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Protocolo do Programa de Assistência Auxiliada por Animais no Hospital Universitário; Protocol of the Animal Assisted Activity Program at a University Hospital; Protocolo del Programa de Atención Auxiliada por Animales en el Hospital Universitario

SILVEIRA, Isa Rodrigues; SANTOS, Nanci Cristiano; LINHARES, Daniela Ribeiro
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
17.14%
A Assistência Auxiliada por Animais (AAA) consiste na visitação e recreação por meio do contato com animais, propondo o entretenimento e a melhora no relacionamento interpessoal entre pacientes e equipe. Para evitar acidentes e zoonoses, a permissão para os animais visitarem uma instituição exige um protocolo com normas e rotinas de segurança. Este artigo objetivou descrever pontos importantes do protocolo de implementação do programa de AAA. O protocolo contempla: introdução, objetivos, critérios de inclusão e exclusão dos animais, dos condutores e dos pacientes; recomendações aos condutores e à equipe de saúde, responsabilidades da Comissão Controle de Infecção Hospitalar, quadro de zoonoses, calendário vacinal de cães e gatos, termo de responsabilidade para participação do programa e ficha de análise comportamental dos animais. Consideramos que a divulgação do protocolo, fundamentado em estudos científicos, favorece a implantação de novos programas em instituições, visto a escassez de publicações nacionais.; Animal-Assisted Activity (AAA) consists in visitation and recreation through contact with animals, aiming at entertainment and improving the interpersonal relationship between patients and staff. Permission for the animals to visit an Institution requires a protocol with rules and safety routines to avoid accidents and zoonoses. The objective of this study is to describe the important points of the protocol to implement the AAA program. The protocol includes: introduction...

População domiciliada de cães e gatos em São Paulo: perfil obtido através de um inquérito domiciliar multicêntrico ; Populations of domestic dogs and cats of São Paulo city: profile gotten through health survey

Magnabosco, Cristina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
17.14%
Introdução: A relação entre cães, gatos e seres humanos é antiga e ainda polêmica ,principalmente, nos aspectos referentes à questão da saúde. O desequilíbrio na população animal levou a excessos populacionais, que junto com a falta de saneamento e o crescimento desordenado das cidades, propiciaram a disseminação de zoonoses, principalmente, nas metrópoles. Ainda não é claro o risco dos animais à população humana frente aos benefícios possíveis. Justificativa: As freqüentes interações entre o homem e animais de estimação propiciam surgimento de novas zoonoses, tornando fundamental o conhecimento da dinâmica populacional de cães e gatos nas diferentes cidades brasileiras. A análise desses parâmetros, através de um inquérito domiciliar, abrirá um novo leque de opções, que permitirá novos conhecimentos técnicos e poderá ser um norteador de políticas públicas para essa área tão carente de informação. Objetivo: Analisar o perfil da população domiciliada de cães e correlacionando com as condições dos domicílios e do seu entorno e o nível sócio- econômico dos proprietários de animais. Material e Método: Foram utilizados dados de estudos de corte transversal e base populacional...

Promovendo saúde no Horto Florestal; Promoting health in the Horto Florestal

Costa, Cristina Sabbo da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
17.32%
Trata-se de um estudo desenvolvido numa Unidade de Conservação de São Paulo o Parque Estadual Alberto Lofgrën - PEAL, situado na zona norte da cidade e conhecido como Horto Florestal. Visou identificar iniciativas sobre as diretrizes de promoção da saúde no parque, e a relevância dos determinantes sociais, ambientais e de saúde frente à Febre Maculosa Brasileira - FMB. A área de visitação pública do parque tornou-se importante área de estudo por possuir características epidemiológicas, consideradas pelo programa de controle desta doença, como área de alerta e, portanto, potencial para transmissão. Buscou-se identificar também as ações pedagógicas oferecidas pelo Núcleo de Educação Ambiental para entender a atuação dos monitores ambientais e foi efetuado um levantamento da infraestrutura e funcionamento do PEAL. Foram elaboradas oficinas pedagógicas com os monitores e outros profissionais que mantinham uma atuação de interface com a população para abordagem de temas norteadores do estudo como: educação em saúde e ambiental, promoção da saúde, Febre Maculosa Brasileira, planejamento de ações educativas e controle de carrapatos. Para garantir um processo pedagógico participativo nas oficinas...

Análise comparativa do teste imunocromatográfico DPP-Biomanguinhos com ELISA e RIFI no diagnóstico da leishmaniose visceral canina; Comparative analysis of DPP-Biomanguinhos immunoassay with ELISA and IFAT for the diagnosis of canine visceral leishmaniasis

Leandro Junior, Marcos Vinicius de Santana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
17.14%
Com o objetivo de avaliar o desempenho do teste rápido DPP® LVC comparando com os testes de ELISA e RIFI (Bio-Manguinhos, Br), assim como ELISA e RIFI in-house, empregando como antígeno formas promastigotas de L. (L.) infantum chagasi, com ênfase a reatividade cruzada com outros agentes infecciosos, soros de cães infectados por L. (L.) infantum chagasi, clinicamente sintomáticos (n=48) e assintomáticos (n=39), assim como soros de cães sadios e não infectados (n=18), e soros de cães infectados por Babesia canis (n=9), Dirofilaria immitis (n=4), Trypanosoma cruzi (n=6), Ehrlichia canis (n=17), Neospora caninum (n=6), Toxoplasma gondii (n=9), Neospora/Toxoplasma coinfecção (n=4) e Toxocara canis (n=9) foram avaliados pelas diferentes técnicas de diagnóstico. DPP e ELISA in-house mostraram alta sensitividade (90.81% e 94.25%) e especificidade (95.06% e 97.53%), respectivamente para o diagnóstico de LVC sintomática e assintomática, mas apresentaram reação cruzada com Babesia canis, 44% para DPP e 22% para ELISA in-house. Os dois testes mostraram uma excelente concordância de resultados (kappa=0.9405, p < 0.0001). ELISA Bio-Manguinhos assim como o RIFI Bio-Manguinhos e RIFI in-house mostraram boa sensitividade (90.81%...

Contribuição para o estudo da dinâmica de populações de cães e gatos do município de Jaboticabal, São Paulo

Nunes, Juliana Olivencia Ramalho
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xii, 91 f. : il., gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
17.14%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Medicina Veterinária - FCAV; O convívio do ser humano com cães e gatos tem se intensificado sem a devida adoção de posturas de posse responsável. O presente trabalho teve propósito de contribuir com os estudos da dinâmica populacional de cães e gatos em Jaboticabal, São Paulo, e avaliar o nível de conhecimento das pessoas sobre posse responsável e zoonoses. A obtenção de dados foi feita em dois bairros da periferia, nos anos 2005 e 2010, por meio de questionários. No Bairro Residencial entrevistaram-se 228 moradores em 2005 e, em 2010, foram re-entrevistados 196. No Bairro Jardim Boa Vista foram 111 em 2005, e 84 em 2010. Foram realizados a Análise de Correspondência Múltipla e o Geoprocessamento. Obteve-se um alto número de animais com livre acesso às ruas, na maioria machos e principalmente gatos. Esses animais podem ser computados como semi-restritos ou de vizinhança, com possibilidade de causar transtornos. Além de já estarem em número elevado, os animais de rua têm respaldo da comunidade, que os alimenta, dando condições para que perpetuem. Existe um programa de castração no Município, mas a população de cães e gatos continua crescendo...

Ocorrência de endoparasitos com potencial zoonótico em gatos no município de Andradina, São Paulo, Brasil

Coelho, Willian Marinho Dourado
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 64 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
17.14%
Pós-graduação em Ciência Animal - FMVA; Formas evolutivas parasitárias são eliminadas nas fezes dos animais, propiciando a contaminação ambiental. O objetivo deste estudo foi verificar a ocorrência de parasitos causadores de zoonoses em gatos entregues ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) do Município de Andradina, SP, no período de março a novembro de 2007. Amostras de sangue, medula óssea, linfonodos e fezes foram submetidas a análises laboratoriais. Para o diagnóstico coproparasitológico associou-se as técnicas de Willis e Faust, observando-se uma ocorrência de 96,1% dos animais para Ancylostoma spp., 43,1% para Toxocara spp., 43,1% para Cystoisospora spp., 21,6% para Dipylidium caninum e 5,9% para Giardia spp. Oocistos de Cryptosporidium spp. foram detectados em 3,9% das amostras pela técnica de verde malaquita. Por meio do ELISA direto, constatou-se uma ocorrência de 5,8% para Cryptosporidium spp. e 13,7% para Giardia spp. Dos animais, 3,9% foram reagentes para anticorpos anti-Leishmania spp. pela técnica de ELISA indireto. Foi observada presença de forma amastigota de Leishmania spp. em “imprint”de linfonodo de um único animal. Não foi verificada associação significativa entre a ocorrência de endoparasitos e a raça...

Perspectives on emerging zoonotic disease research and capacity building in Canada

Stephen, Craig; Artsob, Harvey; Bowie, William R; Drebot, Michael; Fraser, Erin; Leighton, Ted; Morshed, Muhammad; Ong, Corinne; Patrick, David
Fonte: Pulsus Group Inc Publicador: Pulsus Group Inc
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 EN
Relevância na Pesquisa
17.24%
Zoonoses are fundamental determinants of community health. Preventing, identifying and managing these infections must be a central public health focus. Most current zoonoses research focuses on the interface of the pathogen and the clinically ill person, emphasizing microbial detection, mechanisms of pathogenicity and clinical intervention strategies, rather than examining the causes of emergence, persistence and spread of new zoonoses. There are gaps in the understanding of the animal determinants of emergence and the capacity to train highly qualified individuals; these are major obstacles to preventing new disease threats. The ability to predict the emergence of zoonoses and their resulting public health and societal impacts are hindered when insufficient effort is devoted to understanding zoonotic disease epidemiology, and when zoonoses are not examined in a manner that yields fundamental insight into their origin and spread.

Perspectives on emerging zoonotic disease research and capacity building in Canada.

Stephen, Craig; Artsob, Harvey; Bowie, William R.; Drebot, Michael; Fraser, Erin; Leighton, Ted; Morshed, Muhammad; Ong, Corinne; Patrick, David
Fonte: Canadian Veterinary Medical Association Publicador: Canadian Veterinary Medical Association
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /01/2005 EN
Relevância na Pesquisa
17.24%
Zoonoses are fundamental determinants of community health. Preventing, identifying and managing these infections must be a central public health focus. Most current zoonoses research focuses on the interface of the pathogen and the clinically ill person, emphasizing microbial detection, mechanisms of pathogenicity and clinical intervention strategies, rather than examining the causes of emergence, persistence and spread of new zoonoses. There are gaps in the understanding of the animal determinants of emergence and the capacity to train highly qualified individuals; these are major obstacles to preventing new disease threats. The ability to predict the emergence of zoonoses and their resulting public health and societal impacts are hindered when insufficient effort is devoted to understanding zoonotic disease epidemiology, and when zoonoses are not examined in a manner that yields fundamental insight into their origin and spread. Emerging infectious disease research should rest on four pillars: enhanced communications across disciplinary and agency boundaries; the assessment and development of surveillance and disease detection tools; the examination of linkages between animal health determinants of human health outcomes; and finally...

Environmental monitoring to enhance comprehension and control of infectious diseases†

Carver, Scott; Kilpatrick, A. Marm; Kuenzi, Amy; Douglass, Richard; Ostfeld, Richard S.; Weinstein, Philip
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
17.14%
In a world of emerging and resurging infectious diseases, dominated by zoonoses, environmental monitoring plays a vital role in our understanding their dynamics and their spillover to humans. Here, we critically review the ecology, epidemiology and need for monitoring of a variety of directly transmitted (Sin Nombre virus, Avian Influenza) and vector-borne (Ross River virus, West Nile virus, Lyme disease, anaplasmosis and babesiosis) zoonoses. We focus on the valuable role that existing monitoring plays in the understanding of these zoonoses, the demands for new monitoring, and how improvements can be made to existing monitoring. We also identify the fruitful outcomes which would result from implementation of the monitoring demands we have highlighted. This review aims to promote improvements in our understanding of zoonoses, their management, and public health by encouraging discussion among researchers and public health officials.

Managing patients for zoonotic disease in hospitals

Warwick, Clifford; Corning, Susan
Fonte: SAGE Publications Publicador: SAGE Publications
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 01/07/2013 EN
Relevância na Pesquisa
17.32%
Zoonoses involve infections and infestations transmissible from animals to humans. Zoonoses are a major global threat. Exposure to zoonotic pathogens exists in various settings including encroachment on nature; foreign travel; pet keeping; bushmeat consumption; attendance at zoological parks, petting zoos, school ‘animal contact experiences’, wildlife markets, circuses, and domesticated and exotic animal farms. Under-ascertainment is believed to be common and the frequency of some zoonotic disease appears to be increasing. Zoonoses include direct, indirect and aerosolized transmission. Improved awareness of zoonoses in the hospital environment may be important to the growing need for prevention and control. We reviewed relevant literature for the years 2000 to present and identified a significant need for the promotion of awareness and management of zoonoses in the hospital environment. This article provides a new decision-tree, as well as staff and patient guidance on the prevention and control of zoonoses associated with hospitals.

Ocorrência de helmintos gastrintestinais em cães errantes na cidade de Goiânia – Goiás; Occurrence of intestinal parasites in stray dogs from Goiânia, Goiás, Brazil

Oliveira, Vanessa Silvestre Ferreira de; Melo, Débora Pereira Garcia; Fernandes, Paula Rogério; Schulze, Cybelly Moreno Boaventura; Guimarães, Marcelo Sales; Silva, Andréa Caetano da
Fonte: Ruy de Souza Lino Júnior Publicador: Ruy de Souza Lino Júnior
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
17.14%
v. 38, n. 4, p. 279-283, out./dez. 2009; O crescente número de animais de companhia em áreas urbanas, principalmente cães (Canis familiaris) e gatos (Felis catus), tem como consequência o estreitamento do contato desses animais com o homem, aumentando sua exposição às zoonoses. Com o objetivo de verificar a ocorrência de helmintos gastrintestinais em cães errantes em Goiânia e suas possíveis implicações em saúde pública, foram analisadas 201 amostras fecais de cães de rua recolhidos pelo Centro de Controle de Zoonoses. As amostras foram colhidas no período de fevereiro a maio de 2007 e examinadas segundo as técnicas convencionais para pequenos animais. Foram encontrados ovos das seguintes espécies de helmintos: Ancylostoma sp. (45,3%), Toxocara canis (8%), Trichuris vulpis (1%) e Dipylidium caninum (1%). A infecção isolada causada por Ancylostoma sp. foi observada em maior porcentagem, demonstrando o risco potencial da transmissão de zoonoses causadas por helmintos gastrintestinais de cães. Tal fato reforça a necessidade de medidas efetivas de saúde pública para que seja reduzida a ocorrência desses parasitos e sua possível transmissão ao homem. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ The increasing number of pets...

Avaliação hematológica e parasitária por Ancylostoma spp em cães (Canis familiares , Linnaeus, 1758) apreendidos no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Lages, SC

Liz, Fernanda Ronconi de
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Monografia de Curso de Pós-graduação Lato Sensu
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.74%
Monografia apresentada à Diretoria de Pós-graduação da Universidade do Extremo Sul Catarinense- UNESC, para a obtenção do título de especialista em Análises Clínicas.; As infecções parasitárias, causadas por helmintos, provocam, sobretudo em animais jovens, gastrinterites, afecções respiratórias, perda de peso, emagrecimento e retardo no desenvolvimento, podendo evoluir para caquexia e morte. Os ancilostomídeos são helmintos que segundo a história foram herdados pela espécie humana através da evolução simultânea do parasito e do hospedeiro. A magnitude da agressão é determinada pela virulência e pelo número de ancilostomíneos que penetram no hospedeiro dependendo da espécie envolvida. Para cães, A. caninum é muito mais patogênico que A. braziliense porque se alimentam com maior quantidade de sangue. O presente trabalho teve por objetivo analisar as alterações hematológicas consequentes do parasitismo pelo Ancylostoma spp em cães recolhidos pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Lages, SC. Das 80 amostras de fezes dos cães, 65% (52 amostras) estavam infectadas com algum tipo de parasito intestinal canino, sendo 57,5% (42 amostras) positivas para Ancylostoma spp, 32,5% (26 amostras) positivas para Trichuris vulpis e 13...

Diagn?stico molecular da infec??o por hemoplasmas em gatos dom?sticos naturalmente infectados da cidade de Bel?m, Par?

SOUSA, Sinerey Karla Salim Arag?o de; SAMPAIO JUNIOR, Francisco Dantas; SOUSA, Luciane Oeiras; SANTOS, Rafaelle Cunha; GON?ALVES, Evonnildo Costa; SCOFIELD, Alessandra; CAVALCANTE, Gustavo G?es
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
26.74%
Mycoplasma haemofelis, 'Candidatus Mycoplasma haemominutum' e 'Candidatus Mycoplasma turicensis' s?o os agentes causadores da micoplasmose felina, que podem causar anemia aguda ou cr?nica. O objetivo deste trabalho foi determinar a ocorr?ncia de hemoplasmas em gatos dom?sticos de Bel?m, Par?. Para isso, 201 gatos foram divididos em tr?s grupos: Grupo A foi composto por 101 gatos de rua capturados pelo Centro de Controle de Zoonoses, o grupo B foi composto por 62 gatos domiciliados e saud?veis e o grupo C foi composto por 38 gatos domiciliados que apresentavam alguma afec??o cl?nica. Foram coletadas amostras de sangue para a realiza??o de Rea??o em Cadeia pela Polimerase (PCR) para detectar o DNA destes agentes, os quais foram sequenciados e alinhados. A an?lise estat?stica foi realizada para detectar a associa??o entre a infec??o, o sexo dos animais e os grupos experimentais. O DNA de pelo menos uma das esp?cies de hemoplasmas pesquisados foi detectado em 19,9% (40/201) das amostras, sendo o DNA de 'Candidatus M. haemominutum' encontrado em 7,96% (16/201) das amostras, M. haemofelis em 1,49% (3/201) das amostras, enquanto que o DNA de 'Candidatus M. turicensis' foi detectado em 12,93% (26/201) das amostras. O DNA destes tr?s agentes foi detectado em gatos dos grupos A e C...

Pesquisa de anticorpos anti-Rickettsia rickettsii em eqüinos do Centro de Controle de Zoonoses do município de São Paulo (CCZ/SP); Detection of antibodies against Rickettsia rickettsii in equines of the Zoonosis Control Center of São Paulo Municipality (CCZ/SP)

Moraes-Filho, Jonas; Horta, Maurício Claudio; Pacheco, Richard de Campos; Maeda, Marly Matiko; Galano, Arquimedes; Oliveira, Maria Lucia de; Yai, Lucia Eiko Oishi; Labruna, Marcelo Bahia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2009 POR
Relevância na Pesquisa
26.74%
A Febre Maculosa Brasileira (FMB) é uma zoonose transmitida por pelo menos duas espécies de carrapatos: Amblyomma cajennense e Amblyomma aureolatum. Os eqüinos assumem um importante papel de sentinela da FMB em áreas onde o carrapato vetor é o A. cajennense, por ser considerado hospedeiro primário dessa espécie de carrapato. O A. aureolatum, cujos hospedeiros primários são aves, alguns roedores silvestres e canídeos, é incriminado como vetor da doença na região da Grande São Paulo. Este trabalho objetivou pesquisar a presença de anticorpos contra Rickettsia rickettsii, agente da FMB, em eqüinos encaminhados ao Centro de Controle de Zoonoses do município de São Paulo (CCZ/SP) no período de 2003 a 2005. Após coleta de sangue, o soro obtido pela centrifugação foi submetido à reação de imunofluorescência indireta (RIFI) e os animais foram considerados positivos quando as amostras de soro apresentaram títulos >; 64. Durante os três anos, foram testados 363 amostras pela RIFI, sendo que 64 se mostraram reagentes: 6 (2003), 16 (2004) e 42 (2005). Os títulos finais variaram de 64 a 1.024. Os resultados obtidos demonstram uma baixa porcentagem de animais reagentes (17,6%) quando comparados com dados de literatura de áreas endêmicas para FMB onde o vetor é o A. cajennense...

Contaminação por fezes caninas das praças públicas de Cuiabá, Mato Grosso; Contamination for faecal samples dogs of the public squares of Cuiabá, Mato Grosso

Almeida, Arleana do Bom Parto Ferreira de; Sousa, Valéria Régia Franco; Dalcin, Luciana; Justino, Christiano Henrique da Silva
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 POR
Relevância na Pesquisa
26.74%
O presente trabalho teve o objetivo de avaliar a contaminação das praças públicas de Cuiabá, Estado de Mato Grosso, por fezes de cães. Foram pesquisadas 55 praças, de agosto a novembro de 2006. Destas, 14 localizavam-se no centro da cidade e 41 em diversos bairros periféricos do município. As amostras foram coletadas pela manhã, armazenadas em sacos plásticos sob refrigeração e processadas no Laboratório de Doenças Parasitárias do Hospital Veterinário da UFMT, através das técnicas de Willis-Mollay e Hoffmann, Pons e Janer, 1934. Das 55 praças, 40 possuíam amostras de fezes de cães. Ao todo foram coletadas 121 amostras e em 45 foram observados ovos de helmintos. Destas, 38 (84,4%) apresentaram ovos de Ancylostoma sp; 07 (15,5%) de Toxocara sp; 09 (20%) de Trichuris vulpis e 01 (2,2%) de Platynossomum sp e Cystoisospora sp. Vinte e duas das 121 amostras encontradas foram nas praças centrais e 99 nas de bairros periféricos, entretanto não houve diferença estatística significativa (p>;0,05) entre as mesmas. Este estudo revelou alta contaminação de praças públicas da cidade de Cuiabá por ovos de helmintos, incluindo os de importância em saúde pública, o que indica risco de transmissão dessas zoonoses a população.; The present work had the objective to evaluate the contamination of the public squares of Cuiabá...

Emerging viral zoonoses: Frameworks for spatial and spatiotemporal risk assessment and resource planning

Clements, Archie; Pfeiffer, Dirk U.
Fonte: W. B. Saunders Co., Ltd. Publicador: W. B. Saunders Co., Ltd.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Relevância na Pesquisa
26.74%
Spatial epidemiological tools are increasingly being applied to emerging viral zoonoses (EVZ), partly because of improving analytical methods and technologies for data capture and management, and partly because the demand is growing for more objective ways of allocating limited resources in the face of the emerging threat posed by these diseases. This review documents applications of geographical information systems (GIS), remote sensing (RS) and spatially-explicit statistical and mathematical models to epidemiological studies of EVZ. Landscape epidemiology uses statistical associations between environmental variables and diseases to study and predict their spatial distributions. Phylogeography augments epidemiological knowledge by studying the evolution of viral genetics through space and time. Cluster detection and early warning systems assist surveillance and can permit timely interventions. Advanced statistical models can accommodate spatial dependence present in epidemiological datasets and can permit assessment of uncertainties in disease data and predictions. Mathematical models are particularly useful for testing and comparing alternative control strategies, whereas spatial decision-support systems integrate a variety of spatial epidemiological tools to facilitate widespread dissemination and interpretation of disease data. Improved spatial data collection systems and greater practical application of spatial epidemiological tools should be applied in real-world scenarios.

Protocols used in veterinary clinics and hospitals for the control of endo and ectoparasites in dogs and cats in Curitiba, PR, Brazil; PROTOCOLOS UTILIZADOS EM CONSULTÓRIOS, CLÍNICAS E HOSPITAIS VETERINÁRIOS PARA O CONTROLE DE ENDO E ECTOPARASITAS EM PEQUENOS ANIMAIS EM CURITIBA

Beirão, Breno Castello Branco; UFPR; Rosinelli, Adriana de Siqueira; da Silva, Luana Célia Stunitz; Santos, Gizah de Gonçalves Costa; Ruthes, Luciane Daemmes; Molento, Marcelo Beltrão; UFPR
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 16/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
26.74%
Because of the zoonotic risk of parasitic diseases and the mounting number of pets – which are potential transmitters of such diseases – the specialized study of this field becomes more significant. Practitioners helped to develop parasite resistance against chemical compounds, and this is due, mainly, to the way that drugs were used. The Veterinary Doctor must bear in mind that, beyond animal health, he must deal with human welfare by divulging and making clear to animal owners the possibility of zoonotic diseases. To have an overview on the Clinical practitioners’ routine on this matter, interviews were made on 120 veterinary establishments in the city of Curitiba – PR, in April and March of 2006. Questions ranged from the veterinary’s gender and age to protocols employed by them against parasites (active compounds utilized, length of the treatment, parasitologic exams), most commonly found parasites and drug efficacy, resistance and commercialization. It was verified that 87.5% of the interviewed use prophylactic and suppressive protocols to control parasites, often in opposition to technical recommendations, which gives rise to parasitic resistance. To avoid this, Veterinary practitioners must apply consciously the chemical compounds and utilize parasitologic exams for correct diagnosis.; Tendo-se em vista o alto risco zoonótico das doenças parasitárias e o crescente número de animais de companhia – potenciais transmissores dessas doenças – torna-se mais relevante o conhecimento especializado da área. Na tentativa de controle sobre as parasitoses...

Estudo parasitológico de amostras fecais encontradas em calçadas no município de Niterói, RJ

Barros, Luciano Antunes; UFF; Serra, Cathia Maria Barrientos; UFF; Mattos, Dalton Garcia; UFF; Nunes, Beatriz Coronato; UFF; Gaze, Leonardo Varon; UFF; Cavalcanti, Mariana Braga; UFF; Machado, Gustavo Dornelles; UFF; Luna, Daniel Lange; UFF
Fonte: Universidade Federal Fluminense Publicador: Universidade Federal Fluminense
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; MVP; Artigo original; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2013
Relevância na Pesquisa
26.74%
    A contaminação ambiental por fezes de cães e gatos tem sido uma preocupação constante em áreas urbanas, devido principalmente à possibilidade de transmissão de zoonoses. É comum o encontro de massas fecais nas calçadas de alguns bairros do município de Niterói. O objetivo deste trabalho foi determinar a prevalência de parasitos em massas fecais recolhidas em oito bairros do município de Niterói. Duzentas e quarenta amostras de massas fecais foram recolhidas em vias públicas e processadas no Laboratório de Doenças Parasitárias da Faculdade de Veterinária da UFF, utilizando as técnicas de sedimentação simples e centrifugo-flutuação em solução de sulfato de zinco.  A prevalência das massas fecais positivas para a presença de formas parasitárias foi de 18,3%. Destas 22,7% foram encontradas em Charitas, 20,7% em Jurujuba, 13,6% no Vital Brazil, 13,6% no Ingá, 11,4% em São Francisco, 9,1% em Santa Rosa, 4,5% em Icaraí e 4,5% em Piratininga. Das formas parasitárias encontradas 76% foram ovos de ancilostomatídeos, 9% cápsulas ovígeras de Dipylidium sp., 9% ovos de Trichuris sp., 4% ovos de Toxocara sp. e 2% de formas vegetativas de Entamoeba sp. Estes dados são úteis como indicadores de risco para a saúde animal e humana...

ANÁLISE PARASITOLÓGICA DA AREIA DAS PRAIAS URBANAS DE JOÃO PESSOA/PB; PARASITOLOGICAL ANALYSIS OF SAND FROM URBAN BEACHES OF JOÃO PESSOA/PB

SOUSA, Jiliélisson Oliveira de; SANTOS, Edcleide Oliveira dos; LIRA, Edson Morais; SÁ, Iris Costa; HIRSCH-MONTEIRO, Cristine
Fonte: Universidade Federal da Paraíba Publicador: Universidade Federal da Paraíba
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
26.74%
Objetivo: Contando com a parceria entre UFPB e Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde, nos propomos a analisar a qualidade do solo das praias urbanas de João Pessoa/PB. Material e Métodos: Amostras de areia, coletadas em pontos definidos ao longo das praias, entre setembro de 2007 e agosto de 2008, foram analisadas quanto à presença de cistos de protozoários e ovos ou larvas de helmintos. Resultados: Contaminação por parasitos foi identificada em 29,1% das amostras (n=51) apresentaram-se contaminadas simultaneamente por helmintos e protozoários, 60,6% das amostras (n=106) apresentaram algum tipo de protozoário e 44,4% (n=77), algum tipo de helminto, enquanto 43 amostras (24,6%) não apresentaram qualquer estágio evolutivo de parasito. Os achados mais frequentes foram amebas (50,9%) e ascarídeos (32,6%). Altura da maré no momento da coleta não influenciou a contaminação da amostra por protozoários ou helmintos. Entretanto, baixa umidade relativa da amostra foi correlacionada à contaminação de helmintos, mas não de protozoários. Conclusão: A contaminação da areia das praias urbanas da capital paraibana por protozoários e helmintos potencialmente parasitos foi confirmada e estes dados podem orientar a implantação de ações para melhorar a qualidade de vida da população que frequenta o litoral da cidade de João Pessoa. DESCRITORES Poluição das Praias. Análise do solo. Parasitos. Helmintos. Protozoários.; Objective: With a partnership between the Federal University of Paraíba (UFPB) and the Center for Zoonosis Control in the Municipal Health Department...

Importance of animal/human health interface in potential Public Health Emergencies of International Concern in the Americas

Schneider,Maria Cristina; Aguilera,Ximena P.; Smith,Ryan M.; Moynihan,Matthew J.; Silva Jr.,Jarbas Barbosa da; Aldighieri,Sylvain; Almiron,Maria
Fonte: Organización Panamericana de la Salud Publicador: Organización Panamericana de la Salud
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2011 EN
Relevância na Pesquisa
26.74%
This study analyzed the importance of zoonoses and communicable diseases common to man and animals as potential Public Health Emergencies of International Concern to build an evidence base for future efforts to reduce risk of infection at the animal/human health interface. The events recorded in the World Health Organization (WHO) Event Management System (EMS) database for the Americas during the 18 months since the implementation of the 2005 revised version of WHO's International Health Regulations (15 June 2007-31 December 2008) were the main source for this analysis. Of the 110 events recorded by the EMS for the Americas during the study period, 86 were classified as communicable diseases-77 (70.0%) "within the animal/human health interface," 9 (8.2%) "not common to man and animals," 16 (14.5%) "syndromes with unknown etiologies," and 8 (7.3%) "product-related/ other." Of the 77 events within the animal/human health interface, 48 were "substantiated" (the presence of hazard was confirmed and/or human cases occurred clearly in excess of normal expectancy). These results confirm previous research and underscore the importance of the animal/human health interface as well as inter-sectoral collaboration.