Página 9 dos resultados de 2483 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Hipertens??o arterial e caracter??sticas ocupacionais em motoristas de t??xi do Munic??pio do Rio de Janeiro

Vieira, Marcelo Carvalho
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
Os motoristas de t??xi s??o freq??entemente submetidos a in??meras exposi????es ambientais adversas, como calor, vibra????es, ru??do intenso, gases t??xicos provenientes da exaust??o de combust??veis f??sseis, al??m de longas jornadas de trabalho e trabalho noturno. Contudo, n??o foram identificados estudos nacionais que tivessem abordado a quest??o da sa??de dos taxistas. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a associa????o entre fatores ocupacionais e a ocorr??ncia de hipertens??o arterial em um grupo de motoristas de t??xi do munic??pio do Rio de Janeiro. Al??m disso, procurou descrever as caracter??sticas s??cio-demogr??ficas e ocupacionais e analisar a freq????ncia de fatores de risco para hipertens??o arterial nesta popula????o. Tratou-se de um estudo epidemiol??gico do tipo seccional e de car??ter explorat??rio realizado entre os meses de novembro de 2008 e abril de 2009. Foram entrevistados 496 taxistas que utilizavam os pontos de parada regulamentados pela Prefeitura do Rio de Janeiro. Todas as informa????es analisadas neste estudo foram auto-referidas. Foi utilizado question??rio com perguntas sobre presen??a e controle da hipertens??o arterial, fatores de risco para seu desenvolvimento, perfil s??cio-demogr??fico e caracter??sticas ocupacionais. Entre os entrevistados...

Avalia????o nutricional antropom??trica de gestantes adolescentes no munic??pio do Rio de Janeiro

Barros, Denise Cavalcante de
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Relevância na Pesquisa
46.48%
O presente estudo teve como principal prop??sito analisar o estado nutricional de gestantes adolescentes do Munic??pio do Rio de Janeiro, identificando caracter??sticas maternas associadas ao desfecho obst??trico peso ao nascer e validando um m??todo para o diagn??sticode ganho de peso gestacional. O desenho do estudo foi descritivo do tipo transversal desenvolvido com dados prim??rios obtidos com o Estudo da Morbi-mortalidade e da Aten????o Peri e Neonatal no MRJ, 1999-2001. A an??lise estat??stica foi dirigida a testar a hip??tese de homogeneidade de propor????es mediante an??lises bi e multivariada, com o uso de regress??o log??stica multivariada e sua apresenta????o dividi-se em tr??s artigos. O primeiro ?? uma revis??o sistem??tica que visou a identifica????o de m??todos de avalia????o nutricional de gestantes adotados no Brasil e sua associa????o com desfechos obst??tricos.

Avalia????o das informa????es sobre defeitos cong??nitos no munic??pio do Rio de Janeiro atrav??s do SINASC

Guerra, Fernando Ant??nio Ramos
Fonte: Instituto Fernandes Figueira Publicador: Instituto Fernandes Figueira
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
Teve como prop??sito investigar as informa????es sobre defeitos cong??nitos no Munic??pio do RJ segundo o SINASC e apresenta-se sob a forma de artigos. O primeiro trata-se de um estudo seccional, descritivo que avaliou a ocorr??ncia dos defeitos cong??nitos (DC) em nascidos vivos (NV) com base no banco de dados do SINASC fornecido pela SMS. As vari??veis analisadas foram relativas aos DC, aos servi??os de sa??de, ??s m??es, ??s gesta????es, aos rec??m-natos e aos partos. Calculou-se o percentual de informa????es ignoradas e as preval??ncias dos DC por aparelhos e sistemas acometidos segundo vari??veis do RN, das m??es e do prestador de servi??o de sa??de, a cada ano e para todo o per??odo.Verificou-se uma preval??ncia de DC de 83/10.000 NV tendo como sistemas org??nicos mais afetados o osteomuscular, nervoso central, genital,as fendas labiais e/ou palatinas e as anomalias cromoss??micas. A maioria dos casos nasceu nas maternidades municipais e na rede privada com maior preval??ncia no IFF. Conclui-se ser importante uma maior divulga????o das informa????es do SINASC sobre DC e que estudos de confiabilidade seriam recomendados para o aprimoramento das mesmas. No segundo artigo procedeu-se ?? an??lise da confiabilidade das informa????es sobre DC nas DN dos NV em 2004 comparando-as com os prontu??rios destas crian??as e de suas m??es. Ap??s a sele????o de 24 maternidades do SUS...

N??o vacina????o: a fala das m??es, um estudo de caso numa comunidade de baixa renda do munic??pio do Rio de Janeiro

Bercini, Marilina A.
Fonte: Instituto Fernandes Figueira Publicador: Instituto Fernandes Figueira
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
O estudo do fen??meno da n??o vacina????o em locais onde os servi??os de sa??de e as vacinas encontram-se dispon??veis e de relev??ncia para as atuais prioridades do programa de aten????o a sa??de da crian??a em nosso pa??s. O presente trabalho, em forma de estudo de caso, procurou estudar a quest??o do ponto de vista do "usu??rio", ou seja, das m??es, especificamente daquelas pertencentes as camadas de baixa renda. A abordagem qualitativa foi a escolhida, tendo sido utilizados alguns de seus instrumentos: entrevistas semi-estruturadas, grupo focal e observa????o participante. As entrevistas desenvolveram-se com dois grupos de m??es, moradoras da favela de Manguinhos, munic??pio do Rio de Janeiro, sendo que um dos grupos era constitu??do de m??es cujos filhos de 1 a 5 anos haviam completado o esquema vacinal b??sico at?? os 12 meses de vida e no outro tal situa????o n??o ocorria. N??o foram observadas maiores diferen??as entre os dois grupos quanto a alguns aspectos relacionados com a cultura m??dica das m??es, isto ??, no que se referiu as suas representa????es sobre doen??as infantis, sobre a no????o de preven????o e sobre vacinas. Constatou-se a presen??a marcante da medicina popular em ambos os grupos. Foram as condi????es materiais de vida que explicaram a diferente participa????o das m??es nos programas de vacina????o. Verificou-se uma relativa estratifica????o s??cio-econ??mica dentro de um contexto geral de baixa renda...

Avalia????o da implanta????o da aten????o ?? hipertens??o arterial pelas equipes de sa??de da fam??lia do munic??pio de Recife - PE

Costa, Juliana Martins Barbosa da Silva
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
O controle da hipertens??o arterial tem se apresentado como uma das estrat??gias priorit??rias para diminuir a crescente morbimortalidade por doen??as cardiovasculares. O presente estudo tem como objetivo avaliar a implanta????o da aten????o ?? hipertens??o arterial pelas equipes de Sa??de da Fam??lia (ESF) do munic??pio do Recife-PE, em 2006. Foi realizada uma avalia????o normativa das dimens??es da estrutura e do processo de trabalho para defini????o do grau de implanta????o da aten????o ao hipertenso e analisado elementos contextuais, considerando-se as dimens??es pol??ticonormativa e t??cnico-gerencial e organizacional. Foi constru??do um modelo l??gico da aten????o ao hipertenso na aten????o b??sica, a partir de informa????es constantes em documentos oficiais, normas e estudos realizados. O modelo l??gico subsidiou a constru????o dos instrumentos de coleta de dados. Para verifica????o do grau de implanta????o foi utilizado um question??rio estruturado que foi aplicado a profissionais (m??dico ou enfermeira) de 72 ESF. Utilizou-se um sistema de escores que permitiu classificar o grau de implanta????o das atividades propostas, em excelente quando apresentou de 90 a 100 por cento das atividades implantadas, satisfat??rio de 70 a 79 por cento...

Flebotom??neos vetores e preval??ncia da Leishmaniose visceral canina, em ??rea end??mica do munic??pio de Santa Luzia, regi??o metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais/Brasil

Carvalho, Gustavo Mayr de Lima
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
O Brasil enfrenta atualmente a expans??o e urbaniza????o das leishmanioses com um grande n??mero de casos humanos e c??es positivos em v??rias cidades de grande e m??dio porte. [...] O presente trabalho avaliou aspectos epidemiol??gicos das leishmanioses relacionados ?? infec????o canina e aosflebotom??neos em uma ??rea end??mica do munic??pio de Santa Luzia/MG, com registros recentes de casos humanos aut??ctones de LVA e LTA. Foram realizadas coletassistematizadas mensais durante um ano, utilizando armadilhas luminosas de Falc??o e n??o sistematizadas, com capturas manuais utilizando o capturador de Castro. As f??meas capturadas foram identificadas e destinadas ?? verifica????o de infec????o natural atrav??s da dissec????o e detec????o de DNA do parasito (PCR) em pools espec??ficos contendo at?? 20 f??meas cada. A densidade total de flebotom??neos foi correlacionada com dados climatol??gicos. No estudo da infec????o canina foi verificada a soropreval??ncia, preval??ncia da infec????o e da doen??a nos c??es, utilizando t??cnicas sorol??gicas (RIFI e ELISA) e moleculares (PCR) para o diagn??stico. Foram utilizadas na PCR amostras cl??nicas de pele, medula ??ssea (de 43 c??es sorologicamente positivos) e sangue perif??rico (202 c??es). O isolamento e caracteriza????o do parasito foram realizados utilizando amostras positivas da cultura de aspirado de medula ??ssea e amostras cl??nicas positivas dos 43 c??es reativos na sorologia. Foi coletado um total de 1552 exemplares...

Programa de Sa??de da Fam??lia: estudo sobre o processo de implementa????o em munic??pio do Rio de Janeiro a partir do modelo ambiguidade-conflito

Carvalho, Eliane Hollanda
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
Este trabalho discute o processo de implementa????o de um programa de sa??de de car??ter nacional o Programa Sa??de da Fam??lia atualmente denominado Estrat??gia de Sa??de da Fam??lia, num munic??pio de pequeno porte no Estado do Rio de Janeiro

Avalia????o de programas de preven????o de DST/AIDS para jovens: estudo de caso numa organiza????o governamental e numa organiza????o n??o-governamental do munic??pio do Rio de Janeiro

Cruz, Marly Marques da
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
O estudo tem por objetivo avaliar as a????es de preven????o de DST/AIDS para jovens a partir das experi??ncias de uma Organiza????o Governamental (OG) e uma Organiza????o N??o-Governamental (ONG) do Munic??pio do Rio de Janeiro (MRJ). O prop??sito desta pesquisa avaliativa ?? descrever, analisar e emitir julgamento de valor sobre o acesso dos jovens ??s a????es de preven????o DST/AIDS, com base nos referenciais do Modelo L??gico de Programa (MLP) e do Modelo Te??rico de Avalia????o (MTA). A estrat??gia metodol??gica adotada o estudo de caso comparativo para aproxima????o e compreens??o da implementa????o das a????es de preven????o de DST/AIDS em uma Unidade de Sa??de (US) e uma ONG, selecionadas por t??cnica de consenso mediante crit??rios previamente definidos. A coleta de dados se deu por meio da triangula????o de m??todos atrav??s de: observa????o participante, entrevista semi-estruturada com gestores, profissionais e jovens e a an??lise documental. As categorias de an??lise e de julgamento correspondem as seguintes dimens??es de acesso: disponibilidade, oportunidade, acessibilidade, aceiilidade e adequa????o. Na US e na ONG as interven????es avaliadas foram, sucessivamente, os programas Vista Essa Camisinha e o Agente Jovem. (...) Para tal...

Implementa????o da aten????o b??sica em sa??de no Munic??pio de Niter??i, RJ: estudo de caso em unidade b??sica de sa??de tradicional e m??dulo do programa m??dico de fam??lia

Mascarenhas, M??nica Tereza Machado
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
A implementa????o da aten????o b??sica em sa??de no munic??pio de Niter??i/RJ foi avaliada atrav??s de estudos de caso de uma Unidade B??sica de Sa??de, no bairro de Santa B??rbara, e de um m??dulo do Programa M??dico de Fam??lia, no bairro de Jurujuba. Para a medida do grau de implementa????o utilizaram-se, como condi????es tra??adoras da aten????o, os programas de pr??-natal e o de controle da hipertens??o arterial. Adotaram-se os seguintes pressupostos te??ricos: a) o grau de implementa????o dessas a????es (cobertura, integralidade e qualidade), nas unidades de sa??de selecionadas, est?? associado aos processos de trabalho; b) os dois modelos assistenciais de aten????o b??sica em sa??de apresentam diferen??as nos processos de trabalho relacionadas ??s dimens??es de acolhimento e v??nculo / responsabiliza????o entre profissionais de sa??de e popula????o. A metodologia de pesquisa avaliativa baseou-se em revis??o de literatura e pesquisa documental, checagem dos protocolos em coleta de dados de prontu??rios, roteiro para entrevista semi-estruturada, observa????o participante, grava????es, depoimentos de amostra dos usu??rios e dos membros das equipes de sa??de, incluindo avalia????o da estrutura e funcionamento das unidades atrav??s de instrumento validado pelo Minist??rio da Sa??de. Entre os resultados observados...

As invisibilidades do dengue: um olhar sobre suas representa????es em uma favela do Munic??pio do Rio de Janeiro: retratos de uma vulnerabilidade

Lenzi, M??rcia de Freitas
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
Com o passar dos anos, a organiza????o social de cidades como o Rio de Janeiro se alterou devido ao empobrecimento e a uma fraca pol??tica de habita????o enfrentados por um grande setor da popula????o ocasionando o incessante surgimento e crescimento de favelas. Emdecorr??ncia da falta de implementa????o de pol??ticas sociais suficientes nas ??ltimas d??cadas, o crescimento das popula????es pobres vem se dando n??o s?? nas ??reas perif??ricas, mas tamb??mnos grandes centros urbanos, agravando ainda mais o programa de controle do dengue. A despeito dos esfor??os empreendidos para controlar essa endemia e buscar a participa????o efetiva da popula????o na tarefa preventiva, as estrat??gias utilizadas nas a????es deComunica????o, Educa????o em Sa??de e Mobiliza????o Social s??o repetitivas, sazonais e padronizadas, desconsiderando aspectos sociais, culturais e hist??ricos na elabora????o deinterven????es mais pr??ximas ?? popula????o.A teoria das representa????es sociais foi utilizada neste estudo com o intuito deaproxima????o do senso comum, das vulnerabilidades existentes, e tamb??m das formas de enfrentamento desenvolvidas por uma popula????o de favela moradora do Parque OswaldoCruz, localizada no Complexo de Favelas de Manguinhos - Munic??pio do Rio de Janeiro...

Avalia????o da qualidade do sistema de vigil??ncia epidemiol??gica no munic??pio do Rio de Janeiro, 1994 a 1996

Wakimoto, Mayumi Duarte
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
O estudo teve como objetivo avaliar o Sistema de Vigil??ncia Epidemiol??gica no Munic??pio do Rio de Janeiro. Foi utilizada a metodologia do CDC, que aponta sete caracter??sticas para avalia????o de Sistemas de Vigil??ncia: Simplicidade, Flexibilidade, Sensibilidade, Oportunidade, Representatividade, Aceiilidade e Valor Preditivo Positivo. Para an??lise das caracter??sticas do Sistema foram selecionadas duas doen??as tra??adoras: a Doen??a Meningoc??cica e as Hepatites Virais. Embora cada um destes agravos constitua um subsistema dentro do Sistema de V.E., foi poss??vel a avalia????o dos pontos cr??ticos no fluxo de cada um deles e do sistema como um todo. O sistema foi analisado nos n??veis local e central (estadual e municipal) por meio de entrevistas com os profissionais de sa??de dos diferentes n??veis e an??lise de documentos e bancos de dados do per??odo (1994 a 1996)

Avalia????o da pol??tica de humaniza????o ao parto e nascimento no munic??pio do Rio de Janeiro

Boaretto, Maria Cristina
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
A pol??tica de sa??de na aten????o ao parto ocupa um importante espa??o na agenda sanit??ria na maioria dos pa??ses. (...) O presente estudo objetivou avaliar os principais servi??os de assist??ncia ao parto da rede p??blica de sa??de do Munic??pio do Rio de Janeiro, verificar alguns resultados obtidos na implementa????o de processos institucionais e de pr??ticas assistenciais propostas pela pol??tica de humaniza????o ao parto nesses eselecimentos, avaliar o grau de penetra????o dessa pol??tica na percep????o dos dirigentes locais e verificar junto ?? clientela o seu real acesso a essas pr??ticas bem como o grau de satisfa????o com a assist??ncia recebida. O estudo foi de car??ter transversal e constou de entrevistas com todos dirigentes das vinte principais maternidades do SUS, e de entrevistas com uma amostra representativa da clientela atendida. Foram avaliados itens relativos aos protocolos de procedimentos cl??nicos e organizacionais do pr??-natal e parto, particularmente aqueles referentes ?? agenda de humaniza????o, bem como itens relativos a aspectos de avalia????o dos servi??os por meio do relato da clientela e dos dirigentes. Como principais resultados verificamos alguns avan??os importantes na implementa????o da pol??tica de humaniza????o do parto e nascimento. A assist??ncia pr??-natal apresentou elevada cobertura e ades??o dos profissionais aos protocolos de assist??ncia. Na assist??ncia hospitalar encontramos elevado n??vel de orienta????o fornecida sobre a import??ncia do aleitamento materno e a baixa taxa de algumas pr??ticas sabidamente prejudiciais...

Determina????o de contaminantes met??licos (metal pesado) num solo adubado com composto de lixo em ??rea agr??cola no munic??pio de Nova Friburgo

Venezuela, Tereza Cristina
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
Foi estudado o efeito dos n??veis crescentes de composto de lixo urbano em solos de culturas oler??colas. (...) A presen??a de metais t??xicos oriundos do lixo utilizado em compostagem pode limitar a utiliza????o do composto de lixo na agricultura, visto que grandes quantidades destes metais podem ser introduzidas no sistema solo contaminando esp??cies cultivadas. ?? necess??rio avaliar a concentra????o destes metais conhecendo-se a quantidade destes elementos tanto no composto quanto no solo adubado e nas hortali??as cultivadas nestes solos, isto porque a contamina????o ambiental e de alimentos representam um problema de sa??de ambiental e de sa??de p??blica. Foi determinada a concentra????o de 9 (nove) metais: Ferro (Fe), Cobre (Cu), Mangan??s (Mn), Cobalto (Co), C??dmio (Cd), Chumbo (Pb), Alum??nio (Al), N??quel (Ni) e Cromo (Cr) em solo oriundo de uma regi??o agr??cola do Munic??pio de Nova Friburgo, RJ, Brasil, o qual foi adubado com composto de lixo. Foi analisada em trabalho paralelo a concentra????o destes mesmos metais em hortali??as cultivadas neste solo que foi adubado com o composto em estudo. O composto de lixo utilizado no experimento, foi produzido na Usina de Reciclagem e Compostagem da Companhia de Limpeza Urbana - Rio de Janeiro (...) Foram aplicadas...

Fatores que interferem no tempo entre o nascimento e o in??cio da amamenta????o em Hospitais do Munic??pio do Rio de Janeiro, RJ

Boccolini, Cristiano Siqueira
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
46.48%
Esse estudo investiga fatores que interferem no tempo entre o nascimento e o in??cio do Aleitamento Materno (AM), nas primeiras 24 horas de vida. M??TODO: Foi utilizada amostra representativa de m??es com partos hospitalares na Cidade do Rio de Janeiro/RJ, obtida entre 1999 e 2001. Os Rec??m Nascidos (RN) ou pu??rperas com impedimento para iniciar o AM ao nascimento foram exclu??dos, o que resultou em amostra de 8397 partos. Foi utilizada an??lise hierarquizada de sobrevida com fragilidade (IC=95 por cento), considerando as vari??veis em tr??s n??veis: distal (caracter??sticas maternas), intermedi??rio (aten????o ao pr??-natal) e proximal (caracter??sticas de aten????o hospitalar e do RN). Foi utilizado um modelo para cada tipo de parto. RESULTADOS O in??cio da amamenta????o nas primeiras 24 horas foi diferente entre as m??es com parto vaginal (mediana de 4 horas) e cesariano (10 horas). Foram encontrados fatores de risco e prote????o comuns para o desfecho entre as m??es que tiveram parto normal e cesariano (respectivamente): idade materna (RR=1,02; RR=1,02); presen??a de intercorr??ncias com o RN (RR=1,81; RR=1,47); atendimento ao RN considerado n??o ??timo pela m??e (RR= 1,16; RR= 1,14); interna????o em ber????rio (RR=3,60; RR=4...

Avalia????o da implementa????o do Programa de Sa??de da Fam??lia no Munic??pio do Rio de Janeiro

Cazelli, Carla Moura
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
O Programa de Sa??de da Fam??lia (PSF) do munic??pio do Rio de Janeiro teve o seu primeiro projeto implantado em 1995, na Ilha de Paquet??, sofrendo sua efetiva expans??o em 1999, para as comunidades do Borel (Tijuca), Parque Royal (Ilha do Governador), Canal do Anil (Jacarepagu??), Vila Canoas (S??o Conrado) e Vilar Carioca (Campo Grande). O objetivo deste trabalho ?? avaliar o processo de implementa????o do Programa nessas comunidades, com vistas ?? identificar aspectos problem??ticos e estrat??gias de melhoria para a sua efetiva atua????o. Al??m disso, ainda que sem perspectiva de generaliza????o dos seus achados, ele pretende prover elementos a serem considerados na expans??o do Programa, especialmente, no contexto de um grande centro urbano como o Rio de Janeiro.A pesquisa realizada constituiu-se em um estudo de casos m??ltiplos, focado num grande centro urbano. Envolveu investiga????o documental, a an??lise de indicadores de desempenho do Sistema de Informa????es da Assist??ncia B??sica (SIAB), e a an??lise de entrevistas com o Gerente Central do PSF na Secretaria Municipal de Sa??de do Rio de Janeiro, bem como profissionais das Equipes de Sa??de da Fam??lia (ESF) e moradores das comunidades selecionadas. Entre os aspectos cobertos destacam-se: condi????es f??sicas do Programa...

Leishmaniose visceral: situa????o epidemiol??gica e distribui????o espacial, munic??pio de Palmas, Tocantins

Gl??ria, Mary Ruth Batista
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
(...) O objetivo deste estudo foi descrever a situa????o epidemiol??gica da LV no munic??pio de Palmas e analisar sua distribui????o espacial na cidade no per??odo de 1995 a 2004. Foram analisados os casos notificados no SINAN, na FUNASA, no SIM e na Secretaria Municipal de Sa??de de Palmas, considerando-se apenas pacientes residentes em Palmas, cujas fichas de investiga????o apresentavam campo da classifica????o final confirmado para a LV.(...) O primeiro registro de caso de LV em Palmas data de 1990, ano de implanta????o da cidade. De l?? para c?? a doen??a se disseminou por varias regi??es da capital, e hoje ?? encontrada em grande parte das quadras/loteamentos. A LV em Palmas se caracteriza como uma doen??a de transmiss??o claramente urbana, pois quase a totalidade dos casos (98 por cento) procedia de ambiente urbano. (...) A transmiss??o da LV em Palmas apresentou um comportamento claramente c??clico, com picos em 1996, 1999, 2001 e 2003. Ademais, evidenciou-se um aumento crescente dos picos ao longo dos anos, acompanhando o crescimento populacional e a ocorr??ncia de importantes modifica????es ambientais, como a forma????o do lago da UHE Lajeado. A perman??ncia de fragmentos vegetais entremeados por quadras habitadas e consolidadas...

O consumo alimentar de gestantes adolescentes no Munic??pio do Rio de Janeiro

Barros, Denise Cavalcante
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
O crescimento da gravidez na adolesc??ncia ?? visto com preocupa????o pela ??rea de sa??de p??blica, evidenciando a necessidade de pol??ticas de sa??de voltadas ao atendimento deste gruo et??rio. O consumo de alimentos que atenda a alta demanda de nutrientes t??m sido identificado como um dos componentes relevante para o resultado da gesta????o. Este estudo prop??e-se a apresentar atrav??s de uma revis??o bibliogr??fica introdut??ria e um artigo o consumo habitual dos alimentos entre gestantes adoelscentes e como est??o sendo atendidas suas demandas nutricioanis espec??ficas. Foram entrevistadas 1181 m??es adolescentes em maternidades do Munic??pio do Rio de Janeiro e aplicado um question??rio simplificado de freq????ncia de consumo alimentar semiquantitativo. Estimou-se a ingest??o de energia, prote??na, ferro, folato, vitamina C e c??lcio, avaliou-se a dadequa????o nutricional segundo as recomenda????es internacionais. Tamb??m verificou-se a freq????ncia dos alimentos mais consumidos di??ria e semanalmente. As vari??veis sociodemogr??ficas inclu??das no estudo foram a idade da m??e, ocupa????o do chefe de fam??lia, assist??ncia pr??-natal em rela????o ??s informa????es recebidas sobre a alimenta????o durante a gesta????o. Os alimentos referidos por pelo menos 50 por cento das entrevistadas foram arroz...

An??lise espa??o-temporal da leptospirose no munic??pio do Rio de Janeiro (1995-1999)

Pellegrini, D??bora da Cruz Pay??o
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
A leptospirose, uma das zoonoses mais difundidas no mundo, ?? end??mica no Brasil, sendo caracterizada principalmente pelo aparecimento de surtos nas ??pocas de maior precipita????o pluviom??trica. O munic??pio do Rio de Janeiro apresentou em 1996 uma das maiores epidemias urbanas logo ap??s ter sido assolada por fortes temporais no m??s de fevereiro, com 1792 casos notificados e 51 ??bitos. Estes dados refletem a grande import??ncia desta patologia reemergente como problema de Sa??de P??blica no Rio de Janeiro. Com base neste contexto, o objetivo deste trabalho foi descrever o padr??o espa??o-temporal da leptospirose, avaliando uma proposta metodol??gica para a detec????o de aglomerados de casos e delimita????o de superf??cies de risco, visando auxiliar no desenvolvimento da vigil??ncia ambiental de base territorial. Os m??todos utilizados para a an??lise foram: kernel de intensidade e a estat??stica de varredura. No primeiro m??todo foram delimitadas ??reas de risco utilizando vari??veis consideradas relevantes para o estudo como: popula????o, densidade populacional por bairro, distribui????o das favelas e os limites das ??reas sujeitas a inunda????es; e tamb??m realizada a sobreposi????o dos mapas de incid??ncia nos momentos epid??mico e p??s epid??mico da doen??a. O segundo m??todo consistiu em detectar e localizar aglomerados espa??o-temporais utilizando a estat??stica de varredura do programa SaTScan. No primeiro artigo verificou-se que as maiores taxas de incid??ncia n??o foram observadas na regi??o considerada de maior risco .No segundo artigo somente foram detectados aglomerados no ano de 1996. Destes...

Participa????o social, associativismo de vizinhan??a e conselhos de sa??de: estudo explorat??rio sobre as associa????es de moradores e seus representantes nos conselhos distritais de sa??de do munic??pio do Rio de Janeiro

Borges, Susidarley Fideles da Mota
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
Este estudo aborda a participa????o social das associa????es de moradores (AMs) nos 10 Conselhos de Distritais de Sa??de (CODSs) do munic??pio do Rio de Janeiro, com o objetivo de caracterizar as AM representadas nesses CODSs e tra??ar um perfil de seus representantes, bem como verificar a rela????o entre eles, enfatizando o grau de envolvimento das associa????es para viabilizar a participa????o do conselheiros. Tal objetivo ?? de especial relev??ncia no entendimento da participa????o social da popula????o organizada nos CSs, sobretudo tendo em vista, a centralidade dessas inst??ncias na configura????o institucional do SUS. A atua????o dessas associa????es nos Conselhos de Sa??de (CSs) ?? o resultado da abertura de espa??os na arena da sa??de ?? representa????o parit??ria e deliberativa dos usu??rios. Utilizaram-se como estrat??gias metodol??gicas a pesquisa explorat??ria pela abordagem aleat??ria aos conselheiros nas confer??ncias distritais de sa??de, aplica????o de question??rios aos representantes e presidentes das Mas, an??lise documental e revis??o bibliogr??fica. Concluiu-se que, apesar da mobiliza????o pela redemocratiza????o da sociedade brasileira, as associa????es em geral ainda apresentam resqu??cios das formas tradicionais de a????o pol??tica semelhante ?? da representa????o partid??ria...

Perfil de risco para c??ncer de mama em uma popula????o-alvo do Programa Viva Mulher: um inqu??rito epidemiol??gico nas Unidades de Sa??de da Fam??lia do munic??pio de Teres??polis, Rio de Janeiro

Pinho, Val??ria Fernandes de Souza
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.48%
Esta disserta????o foi composta de dois artigos cient??ficos. No primeiro deles foi realizada uma revis??o sistem??tica de estudos brasileiros, com o objetivo de descrever a distribui????o dos fatores de risco para c??ncer de mama em amostras de mulheres da popula????o geral. Dos 23 artigos identificados somente 14 foram selecionados. A maior parte deles foi oriunda da regi??o sudeste do pa??s. Tr??s eram transversais, desenvolvidos em popula????es muito espec??ficas, e 11 eram do tipo caso-controle. O tamanho das amostras variou de 40 a 164.269 mulheres. Foram pesquisados ao todo, 29 fatores de risco, e dentre estes, 11 foram investigados em quatro ou mais estudos. A nuliparidade foi o fator mais freq??ente, estando presente em 12 deles. As preval??ncias para estes fatores variaram grandemente entre as amostras, e como estas eram heterog??neas, e os estudos tinham algumas limita????es metodol??gicas, n??o se calculou uma medida-sum??rio para as mesmas. No segundo artigo, um inqu??rito epidemiol??gico foi desenvolvido nas Unidades de Sa??de da Fam??lia do Munic??pio de Teres??polis/RJ em 2003, onde se investigou o padr??o de distribui????o dos fatores de risco para o c??ncer de mama e das a????es de detec????o precoce para a doen??a. Tamb??m foi feita uma avalia????o do risco individual das mulheres atrav??s de dois instrumentos extra??dos da literatura. Foram entrevistadas 698 mulheres entre 25 e 88 anos. Segundo o instrumento que estimou o risco absoluto individual...