Página 9 dos resultados de 1535 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Subsídios para o manejo da resistência de Blattella germanica (L., 1767) (Dictyoptera: Blattellidae) a inseticidas.; Bases for managing the resistance of blattella germanica (L., 1767) (Dictyoptera: Blattellidae) to insecticides.

Salmeron, Eloisa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
27.07%
Bases para a implementação de um programa de manejo da resistência de Blattella germanica (L.) a inseticidas foram coletadas no presente trabalho. Técnicas de bioensaio de aplicação tópica e de contato tarsal foram comparadas inicialmente para a detecção da resistência a deltametrina e clorpirifós. O bioensaio de aplicação tópica possibilitou uma melhor discriminação entre a linhagem suscetível e as populações de campo de B. germanica testadas. Resultados do monitoramento da suscetibilidade de B. germanica a inseticidas evidenciaram a presença de variabilidade genética que confere resistência a deltametrina, clorpirifós e fipronil em populações coletadas em alguns estabelecimentos comerciais dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro. As razões de resistência encontradas para deltametrina e clorpirifós foram de aproximadamente 43 e 6 vezes, respectivamente. A resistência de B. germanica a deltametrina foi instável, ou seja, houve uma redução significativa na freqüência de resistência na ausência de pressão de seleção. Estudos de relações de resistência cruzada revelaram uma baixa intensidade de resistência cruzada (aproximadamente 2 vezes) entre fipronil e os inseticidas deltametrina e clorpirifós. E por último...

Resíduos de deltametrina e de carbaril em dois sistemas de condução da cultura de tomate estaqueado (Lycopersicon esculentum Mill) e sua eficiência no controle da broca-pequena-do-fruto Neoleucinodes elegantalis (Guenée, 1854) (Lepidoptera: Crambidae).; Residues of deltamethrin and carbaryl in two cultivation systems of staked tomato crop (Lycopersicon esculentum Mill) and their efficiency in the control of the fruit small borer Neoleucinodes elegantalis (Guenée: 1854) (Lepidoptera: Crambidae).

Carvalho, Stella Pacheco Lombardi de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/01/2004 PT
Relevância na Pesquisa
27.07%
O objetivo deste estudo foi avaliar os inseticidas deltametrina e carbaril, de modo a abranger seus resíduos em dois sistemas de condução da cultura de tomate estaqueado (linha dupla, plantio comercial e linha simples, plantio experimental) e sua eficiência no controle da broca-pequena-do-fruto, a determinação dos resíduos nos substratos: frutos (visando à proteção à saúde pública), folhas e solo (como uma possível fonte de contaminação ambiental), a comparação dos níveis de resíduos encontrados nesses diferentes sistemas de condução, o controle obtido com os dois inseticidas e sistemas de condução e a comparação dos níveis de resíduos dos frutos com os LMRs (Limites Máximo de Resíduo) e intervalo de segurança estabelecidos pela legislação brasileira. O experimento foi conduzido no Município de Piedade, no Estado de São Paulo, Brasil. Consistiu em cinco tratamentos: (1) nove aplicações de deltametrina (Decis 25 CE) no plantio linha simples, (2) nove aplicações de carbarill (Sevin 480 SC) no plantio linha simples, (3) nove aplicações de deltametrina (Decis 25 CE) em linha dupla, (4) nove aplicações de carbaril (Sevin 480 SC) no plantio linha dupla e (5) controle. A primeira aplicação foi feita no início da fase de maturação do fruto e as seguintes em intervalos subseqüentes de 7 dias. As amostras de frutos foram colhidas com (-1)...

Eficiência de iscas tóxicas no controle de adultos de Sphenophorus levis Vaurie (Coleoptera: Curculionidae) em cana-de-açúcar (Saccharum officinarum L.); Efficiency of toxic baits with different attractive substances in the control of adult Sphenophorus levis Vaurie (Coleoptera: Curculionidae) in sugarcane (Saccharum officinarum L.)

Giron Perez, Katherine
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.07%
No Brasil, o bicudo da cana-de-açúcar, Sphenophorus levis Vaurie (Coleoptera: Curculionidae) tem se tornado nos últimos anos praga importante da cultura, principalmente no estado de São Paulo onde as perdas alcançam 30 ton/ha/ano e no Sul do estado de Minas Gerais. Isto devido à ausência de medidas preventivas para a disseminação e ao crescimento da área plantada, decorrente da alta demanda de álcool. Existem diversos métodos para o seu controle e um dos mais empregados são as iscas tóxicas; apenas impregnadas com o inseticida carbaril não existindo alternativas, o que pode favorecer a aparecimento de populações resistentes do inseto, dificultando o controle. Sendo assim, é evidente a necessidade de investigar outros inseticidas tão ou mais eficientes visando aumentar inclusive a eficiência das iscas utilizadas atualmente através da incorporação de substâncias mais atraentes. O presente trabalho foi realizado no Departamento de Entomologia, Fitopatologia e Zoologia Agrícola da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Universidade de São Paulo, e teve como objetivos avaliar a atração de adultos de S. levis por meio de olfatômetro "Y" a toletes de cana-de-açúcar com e sem melaço a 10% e casca de abacaxi...

Seleção de genótipos de feijoeiro Phaseolus vulgaris (L.) (Leguminosae) resistentes aos carunchos Acanthoscelides obtectus (Boh.) e Zabrotes subfasciatus (Say) (Coleoptera: Bruchidae) e o seu uso associado com inseticidas botânicos; Selection of common bean Phaseolus vulgaris (L.) (Leguminosae) resistant genotypes to the weevils Acanthoscelides obtectus (Boh.) and Zabrotes subfasciatus (Say) (Coleoptera: Bruchidae) and its association to botanical insecticides

Guzzo, Élio César
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.07%
Este estudo foi realizado com o objetivo de identificar genótipos de feijão Phaseolus vulgaris resistentes aos carunchos Acanthoscelides obtectus e Zabrotes subfasciatus, bem como avaliar o efeito associado desses genótipos resistentes com inseticidas de origem vegetal. Para tanto, foram utilizados acessos de P. vulgaris do Banco de Germoplasma do Instituto Agronômico de Campinas e inseticidas comerciais de origem botânica. No screening inicial, amostras dos genótipos foram infestadas com cada uma das espécies de bruquídeos separadamente, avaliando-se o número de insetos emergidos aos 50 dias após a infestação. Dos 49 genótipos testados contra A. obtecus, não houve emergência naqueles com números de acesso 525, 584 e 615, podendo ser considerados os mais resistentes. Em relação a Z. subfasciatus, os genótipos com números de acesso 2, 35, 251, 570, 583, 584, 610, 621, 634, 816, 818 e 819 se mostraram mais resistentes entre os 185 avaliados. Destes, os genótipos portadores de arcelina 583, 584, 816, 818 e 819, além de 570 e 610, foram selecionados como os mais promissores para os testes subseqüentes, juntamente com a variedade Bolinha, que foi utilizada como controle de suscetibilidade. Não foi observada correlação entre as características morfoagronômicas dos genótipos de P. vulgaris e a sua resistência às espécies de bruquídeos avaliadas...

Monitoramento da suscetibilidade de populações de Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae) a inseticidas diamidas no Brasil; Monitoring the susceptibility to diamide insecticides in Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae) populations in Brazil

Ribeiro, Rebeca da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.07%
Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) é uma das pragas mais importantes da cultura do milho no Brasil. Vários casos de resistência de S. frugiperda a inseticidas de grupos químicos distintos já foram documentados. A busca contínua de alternativas para o controle de S. frugiperda tem possibilitado o desenvolvimento de novas tecnologias como plantas de milho geneticamente modificadas, e até mesmo a introdução de inseticidas que aliam segurança ambiental e alta atividade inseticida, como o recente grupo das diamidas. Estudos de caracterização e monitoramento da suscetibilidade de S. frugiperda são fundamentais para a implementação de programas de Manejo da Resistência de Insetos (MRI) no Brasil. Com o intuito de se prolongar a vida útil das diamidas, os objetivos deste trabalho foram: (a) caracterizar a suscetibilidade a diamidas em populações de S. frugiperda nas principais regiões produtoras de milho no Brasil na safra 2011/12; (b) monitorar a suscetibilidade de populações de S. frugiperda a chlorantraniliprole e flubendiamide coletadas na cultura do milho em oito estados do Brasil nas safras 2011/12, 2012/13 e 2013/14; (c) estimar a frequência inicial do alelo de resistência a chlorantraniliprole em populações de S. frugiperda. O método de bioensaio para a caracterização da suscetibilidade de populações de S. frugiperda a chlorantraniliprole e flubendiamide foi o de aplicação superficial do inseticida sobre a dieta. As linhas-básicas de suscetibilidade foram definidas para uma população suscetível de referência e cinco populações de campo de S. frugiperda. Posteriormente...

Tratamento de sementes de soja com inseticidas e um bioestimulante

Castro, Gustavo Spadotti Amaral; Bogiani, Julio Cesar; Silva, Matheus Gustavo da; Gazola, Eduardo; Rosolem, Ciro Antonio
Fonte: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1311-1318
POR
Relevância na Pesquisa
27.07%
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do tratamento de sementes com inseticidas e um bioestimulante na germinação no crescimento da planta e raiz de soja. Foram realizados dois experimentos em delineamento de blocos ao acaso, em que as sementes foram tratadas com aldicarb, thiametoxan, imidacloprid e duas testemunhas: uma sem produto e uma com bioestimulante. em laboratório, as unidades experimentais constituíram-se de rolos de papel toalha com sementes de soja, para avaliar o vigor, a germinação, as plantas anormais e mortas, o comprimento de radículas e de plântulas. Nos testes em casa de vegetação, as unidades experimentais constituíram-se de tubos de PVC, com volume de 16 dm³, e foram avaliados: os teores de N, P e K; a matéria seca; o comprimento, a área e o raio médio radicular; a eficiência de absorção de N, P e K; e a taxa de crescimento radicular da soja. Os tratamentos de sementes de soja com os inseticidas e o bioestimulante levam à formação de raízes mais finas, o que caracteriza um efeito tônico. O produto aldicarb, na dose empregada, prejudica o vigor e a germinação das sementes de soja. O tratamento de sementes com inseticidas e bioestimulante não proporciona maior crescimento das raízes das plantas de soja.; The objective of this work was to evaluate the effects of seed treatment with insecticides and biostimulant on soybean germination and plant and root growth. Two experiments were performed in complete randomized blocks...

Hazards in non-pasteurized milk on retail sale in Brazil: prevalence of Salmonella spp, Listeria monocytogenes and chemical residues

Nero, Luís Augusto; Mattos, Marcos Rodrigues de; Beloti, Vanerli; Barros, Marcia A.F.; Netto, Daisy Pontes; Pinto, José Paes de Almeida Nogueira; Andrade, Nélio José de; Silva, Wladimir P.; Franco, Bernadette D.G.M.
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 211-215
ENG
Relevância na Pesquisa
27.07%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); A instabilidade do mercado de leite no Brasil força pequenos produtores de leite a procurar alternativas de comércio de sua produção, o que inclui a venda de leite cru para indivíduos que dão preferência a esse tipo de leite. Considerando a importância desse mercado e os conhecidos riscos à saúde que o consumo de leite cru pode representar, este estudo avaliou a qualidade microbiológica e a presença de Listeria monocytogenes, Salmonella spp., resíduos de cloretos, antimicrobianos e inseticidas (organofosforados e carbamatos) em leite cru produzido em 210 propriedades leiteiras localizadas em quatro importantes estados produtores de leite no Brasil (Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul). em 66% das propriedades selecionadas, a ordenha era manual. em 33% a ordenha era semi-automática (ordenha mecânica balde ao pé) e em apenas 1% o sistema de ordenha e armazenamento era totalmente mecânico (sistema fechado). Todas as amostras de leite cru foram negativas para L. monocytogenes, Salmonella spp e resíduos de cloretos. As contagens de aeróbios mesófilos foram superiores a 10(5) UFC/mL em 75...

Padrões de esterases em populações resistentes e suscetíveis de Aedes aegypti (Diptera, Culicidae)

Guirado, Marluci Monteiro
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 97 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
27.07%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 05/59219-5; Pós-graduação em Genética - IBILCE; Hoje se sabe que as enzimas esterásicas estão relacionadas com o desenvolvimento de resistência a inseticidas, em muitos organismos. Em Aedes aegypti, a dedução desse envolvimento tem resultado mais de testes que permitem a avaliação da atividade das esterases no extrato total dos mosquitos (mostrando valores maiores nas populações resistentes) do que de estudos mais profundos de padrões e bandas individualizadas e sua relação com a resistência. Com o objetivo básico de contribuir para o conhecimento desse aspecto, no presente trabalho 11 populações geográficas daquele vetor, sendo seis classificadas como resistentes, três como suscetíveis e duas como tendo suscetibilidade diminuída, foram analisadas quanto ao polimorfismo de esterases, por eletroforese em géis de poliacrilamida. O resultado do estudo de cerca de 30 amostras de larvas e adultos de cada população mostrou 24 bandas que foram tentativamente associadas com oito loci genéticos. Considerando também os dados de Lima-Catelani et al. (2004) e de Sousa-Polezzi & Bicudo (2005)...

Exposição dérmica de trabalhadores a resíduos de pesticidas presentes nas plantas, na reentrada na lavoura de algodão após pulverização

Rotundo, Maurício
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 110 f. : il. fots. (algumas color.)
POR
Relevância na Pesquisa
27.07%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia - FEIS; Nas últimas décadas a consciência ecológica despertou a atenção de governos e da sociedade para o problema dos resíduos dos pesticidas nos alimentos e no ambiente, onde os amostradores de pragas agrícolas se enquadram dentro de um grupo de risco. A exposição dérmica de amostradores foi avaliada na reentrada em lavoura de algodoeiro após pulverização de três inseticidas. Aos 3 minutos após a aplicação quatro equipes vestiram um conjunto de vestimentas amostradoras (calça, camisa e luvas), entrando e permanecendo nas áreas tratadas por 30 minutos, simulando uma amostragem de pragas. O procedimento foi repetido aos 60 e 300 minutos e aos 1, 3, e 7 dias após a aplicação. As vestimentas amostradoras contaminadas após as exposições foram seccionadas em campo em 6 regiões distintas mais as luvas, embaladas e levadas ao Laboratório. Os inseticidas foram extraídos das vestimentas amostradoras com acetato de etila e a determinação quantitativa foi realizada por meio de cromatografia gasosa. As exposições dérmicas foram extrapoladas para uma jornada de trabalho de oito horas. Para classificar a segurança das condições de trabalho foram estimadas a margem de segurança (MS) e o tempo de trabalho seguro (TTS). O conjunto correspondente aos antebraços/braços/mãos concentrou 35% dos resíduos presentes nas vestimentas amostradoras. Partes correspondentes ao tronco (frente)...

Analise citologica de populações de Aedes aegypti (Linnaeus, 1762) e Culex quinquefasciatus Say, 1823 (Diptera, Culicinae)

Jairo Campos Gaona
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/09/2002 PT
Relevância na Pesquisa
27.07%
No presente estudo foram feitas avaliações da susceptibilidade de Aedes aegypti e Culex quinquefasciatus a inseticidas organofosforados, carbamato e piretróides por meio de bioensaios. Isto permitiu monitorar a resistência em populações destas espécies em Campinas,SP, Campo Grande,MS e Cuiabá,MT. Adicionalmente, foi realizada uma avaliação citológica dos cromossomos politênicos dos túbulos de Malpighi em larvas, pupas e adultos de A. aegypti para as populações de Campinas,SP (Aea-Campus, Aea-Lab, Aea-Unicamp) e Campo Grande,MS (Aea-UFMS, Aeacemitério)- Brasil, para as populações Aea-INS-Bogotá e Aea-Palmira,VA-Colômbia, e para a linhagem padrão Rockefeller. Da mesma forma foram avaliados os cromossomos politênicos de C. quinquefasciatus em populações de Campinas,SP (UNI-R1, UNI-R2), Campo Grande,MS (UFMS-R) e Cuiabá,MT (Cuiabá-R)- Brasil, nas populações Cxq-Palmira,VA e Cxq-INS-Bogotá- Colômbia, e na linhagem padrão IAL. A partir de larvas criadas em baixas temperaturas (18-24°C), bem alimentadas e com pouco estresse por alta densidade populacional foram feitos estudos citológicos usando a técnica convencional de coloração com orceína. Os melhores resultados na obtenção e reproducibilidade dos cromossomos politênicos de A. aegypti e C. quinquefasciatus foram alcançados com túbulos de Malpighi de pupas fêmeas grandes recém formadas (0-4h/18-24°C). Lâminas adequadas também foram obtidas com imagos fêmeas e larvas de 4° estádio avançado. Pode-se considerar que as dificuldades registradas na literatura para estas espécies foram contornadas em 80% para as linhagens avaliadas neste trabalho. Mapas dos cromossomos politênicos para A. aegypti e C. quinquefasciatus foram elaborados. Isto permitiu identificar marcadores cromossômicos para uso na diferenciação dos cromossomos e caracterização citológica das espécies. Em C. quinquefasciatus as regiões centroméricas e a região organizadora do nucléolo são os principais marcadores para identificar os cromossomos...

Insecticidal activity of Cerrado plant extracts on Rhodnius milesi Carcavallo, Rocha, Galvão & Jurberg (Hemiptera: Reduviidae), under laboratory conditions; Atividade inseticida de extratos de plantas do Cerrado em Rhodnius milesi Carcavallo, Rocha, Galvão & Jurberg (Hemiptera: Reduviidae), em Condições de Laboratório

Coelho, André Afonso Machado; Paula, José Elias de; Espindola, Laila Salmen
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
27.07%
A transmissão da doença de Chagas ocorre, principalmente, por meio de fezes de hemípteroshematófagos (Triatominae), os quais ingerem Trypanosoma cruzi ao se alimentarem do sangue de pessoas ou animais infectados. Para o controle dos triatomíneos, os piretróides são os principais inseticidas utilizados. Entretanto, algumas populações de insetos demonstraram resistência a determinados piretróides, indicando a necessidade do desenvolvimento de novos inseticidas eficazes no controle desses vetores. Assim, foi avaliada a atividade inseticida de 24 extratos vegetais em ninfas do quarto estádio de Rhodnius milesi Carcavallo, Rocha, Galvão & Jurberg, em condições de laboratório. Para o teste tópico, foram aplicados 50 μg de cada extrato nos tergitos abdominais de dez ninfas, em duplicata. Como controles, foram utilizados insetos tratados com etanol, acetona ou sem nenhum tipo de tratamento. Os triatomíneos foram observados durante 28 dias. Extratos hexânicos e etanólicos de Simarouba versicolor , Guarea kunthiana, Guarea guidonia e Talauma ovata causaram mortalidade entre 20% e 95% de R. milesi em comparação com os controles, onde não houve mortalidade dos insetos. Estes dados preliminares sugerem que o extrato etanólico da casca da raiz de S. versicolor e o extrato hexânico da raiz de G. guidonia...

Comprometimento neurológico por inseticidas: estudo das manifestações crônicas em 13 casos

Nóvak,Edison Matos; Werneck,Lineu Cesar
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1977 PT
Relevância na Pesquisa
27.07%
Foram estudados 13 pacientes com manifestações neurológicas crônicas deter minadas por inseticidas organoclorados e organofosforados. Todos apresentavam pelo menos quatro de cinco condições adotadas para o diagnóstico. A sintomatologia compreendeu neuropatias motoras puras e mistas, mielopatias e lesão de nervos cranianos. A pesquisa de inseticidas no sangue e urina foi positiva em todos os pacientes em que foi realizada. Estudo eletromiográfico em oito casos mostrou padrão neuropático em sete deles. A medida da velocidade de condução nervosa motora mostrou redução em todos os casos em pelo menos um nervo estudado. A conduta foi espectante, sendo que todos os pacientes tiveram remissão total ou parcial do quadro clínico, em prazos variáveis após o afastamento da zona rural. São abordados aspectos da patogenia e feita revisão da literatura. Os autores concluem sobre a importância relativa da pesquisa de inseticidas no sangue e urina e especulam sobre a existência de outros fatores coadjuvantes na etio-patogenia da doença desencadeada pelos defensivos agrícolas.

Efeitos de inseticidas e acaricidas em cultura de feijão

Arruda,Hermano Vaz de
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1960 PT
Relevância na Pesquisa
27.07%
No presente trabalho são apresentados os resultados de duas experiências com inseticidas, instaladas na Estação Experimental de Ribeirão Prêto, visando ao contrôle de pragas de feijão, cigarrinhas (Empoasca spp.) e ácaros tropicais (Hemitarsonemus latus Banks). A primeira experiência visava controlar as cigarrinhas. Por esta ocasião não havíamos ainda constatado a presença dos ácaros. O resultado desta primeira experiência, indicando como melhores tratamentos os inseticidas-acaricidas Diazinon e Endrín, e as citações bibliográficas da ocorrência do ácaro tropical em feijoeiro, fizeram com que se instalasse uma segunda experiência, agora prevendo a ocorrência dos citados ácaros. Foram usados dois inseticidas sistêmicos, Sistox e Metasistox, visando ácaros e cigarrinhas, e o DDT, apenas cigarrinhas. Procurava-se verificar qual das duas pragas tinha maior importância na redução da produção de feijão. O resultado em favor dos sistêmicos e a contagem do número de ácaros e cigarrinhas revelaram ser o ácaro trópico! a praga que deve receber maior atenção em experiências futuras.

Qualidades organolépticas de purês de batatinhas procedentes de culturas tratadas com inseticidas

Garruti,Ruth dos Santos; Pigatti,Antonieta; Orlando,Antônio
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1961 PT
Relevância na Pesquisa
27.07%
Resultados significativos foram obtidos na análise do sabor de amostras de purês preparados com batatinhas procedentes de ensaios de aplicação de vários inseticidas no solo, na folhagem e em batatas-semente. Em 1959, dos inseticidas aplicados no solo (BHC, Heptaclor, Aldrin, Parathion e Lindane) apenas o BHC imprimiu sabor estranho bastante pronunciado semelhante a môfo, diferindo da testemunha ao nível de 1%.Para Heptaclor e Aldrin não foram verificadas alterações de sabor; Lindane e Parathion apresentaram leves odores estranhos, semelhantes a medicamento. Disyston, aplicado nas batatas-semente, e Metasystox, na folhagem, imprimiram ao purê sabor ardido e odor a remédio, mostrando-se inferiores, respectivamente, aos níveis de 5 e 1%. tanto à testemunha, tratada com carvão, como ao item sem qualquer tratamento. Parathion, aplicado na folhagem, comparado com as mesmas testemunhas, não apresentou diferenças significativas. Em 1960, dos inseticidas aplicados no solo, apenas Lindane, em dose normal e dobrada, diferiu da testemunha ao nível estatístico de 1%, apresentando sabor estranho, semelhante a môfo. Heptaclor, Aldrin e Toxafeno. em doses normal e dobrada, não diferiram da testemunha. classificando-se o sabor do primeiro como regular e dos dois últimos como bom.

Perfil de suscetibilidade da população de Aedes aegypti (Diptera: Culicidae) da ilha de Santiago, Cabo Verde, a inseticidas

Rocha, Hélio Daniel Ribeiro
Fonte: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães; Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães Publicador: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães; Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.17%
Em Cabo Verde, arquipélago situado na Costa Ocidental Africana, os primeiros casos de dengue ocorreram em 2009, com a notificação de mais de 21.000 casos, a maioria desses registrados na Ilha de Santiago. O mosquito Aedes aegypti foi identificado como vetor, e ações para seu controle, usando os inseticidas temephos (larvicida) e a deltametrina (adulticida), têm sido implementadas. Objetiva-se com esse trabalho avaliar o atual status de suscetibilidade a inseticidas e caracterizar os mecanismos de resistência nessa população. Amostras de A. aegypti da ilha de Santiago foram coletadas através de armadilhas de oviposição, para o estabelecimento de uma população a ser analisada. Foram realizados bioensaios do tipo dose diagnóstica, usando garrafas impregnadas com doses únicas dos adulticidas malathion (organofosforado), deltametrina (piretróide) e cipermetrina (piretróide), e bioensaios do tipo dose resposta, usando múltiplas concentrações dos inseticidas temephos (organofosforado), Bacillus thuringiensis sorovariedade israelensis (bactéria entomopatogênica) e diflubenzuron (inibidor de síntese de quitina). Para a investigação dos mecanismos de resistências, foram realizados testes bioquímicos com substratos específicos para quantificar a atividade das enzimas glutationa S-transferases...

Domissanitários ou domitóxicos? A maquiagem dos venenos

Mello,Marcia Gomide da Silva; Rozemberg,Brani; Castro,Jane Silva Maia
Fonte: Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.17%
ResumoO objetivo desta pesquisa foi avaliar o uso dos inseticidas usados no ambiente doméstico, relacionando-os com seus possíveis impactos na saúde e no ambiente. Utilizamos uma abordagem quantitativa-descritiva. Para coleta de dados, foram aplicados 125 questionários nas residências no município de Niterói, no Estado do Rio de Janeiro, entre 2009 e 2010, dos quais 50 foram realizados em um condomínio de classe média alta e 75 em uma comunidade de baixa renda. Nossos resultados demonstraram que 92% do grupo do condomínio e 77,3% do grupo da comunidade usam inseticidas. Os dois grupos pesquisados conheceram os inseticidas por meio das propagandas de televisão. Observamos nesta investigação que a vulnerabilidade do consumidor é independente da classe social, uma vez que todos se expõem aos inseticidas de alguma forma.

Propaganda de inseticidas: estratégias para minimização e ocultamento dos riscos no ambiente doméstico; Insecticides advertisements: strategies for minimization and concealment of household risks

Castro, Jane Silva Maia; Rozemberg, Brani
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2015 POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
Este trabalho tem como objetivo fazer uma análise e propor uma discussão sobre as estratégias adotadas pelas propagandas de inseticidas para uso no ambiente doméstico, e suas implicações para a saúde pública. Foram analisadas peças publicitárias de inseticidas veiculadas na mídia televisiva no período de 2008 a 2010. Como critério de seleção das peças, foram escolhidas quatro peças publicitárias de inseticidas que foram ao ar em dois canais de TV aberta, nos horários da manhã e da noite, ao longo do período citado. Para a análise dessas peças, utilizou-se a observação da propaganda na TV. O método utilizado foi a análise de conteúdo. As categorias geradas pela análise foram: apelo ao status do usuário; ocultação e minimização dos riscos; símbolos de modernidade e cientificidade; representações de um mundo asséptico; e representações de força, poder e controle. Concluímos, então, que todas as propagandas analisadas utilizaram estratégias que ocultam os riscos toxicológicos dos inseticidas no ambiente doméstico e não cumprem a legislação brasileira.; The study aims to analyze and propose a discussion on insecticide ads for domestic use and their implications on public health. We analyzed insecticide ads broadcast on the television between the years of 2008 and 2010. As selection criteria four insecticide ads were chosen...

Compatibilidade entre o fungo entomopatogênico Beauveria bassiana e inseticidas usados na cultura do cafeeiro; Compatibility between the entomopathogenic fungus Beauveria bassiana and insecticides used in coffee plantations

Oliveira, Carolina Natali de; Neves, Pedro Manuel Oliveira Janeiro; Kawazoe, Lídio Sueki
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2003 ENG
Relevância na Pesquisa
27.17%
Em programas de Manejo integrado de pragas (MIP) deve-se considerar o controle microbiano como um importante fator de redução da densidade populacional de pragas. A utilização de produtos seletivos quando associados a patógenos, pode aumentar a eficiência de controle, reduzindo assim a quantidade de inseticidas. O efeito fungitóxico in vitro das formulações inseticidas de Tiametoxan, Ciflutrin, Deltametrin, Alfacipermetrina, Triazofos, Clorpirifós, Fenpropatrin e Endosulfan em três concentrações (RC= recomendação média para campo, 0,5 ´ RC e 2 ´ RC), foi avaliado sobre a germinação dos conídios, crescimento vegetativo e produção de conídios no fungo Beauveria bassiana. Apenas cinco formulações inseticidas, na concentração RC, proporcionaram viabilidade dos conídios acima de 60%. A viabilidade deve ser considerada o parâmetro mais importante a ser avaliado por ser o passo inicial no processo de infecção. As formulações de Alfacipermetrina, Tiametoxan e Ciflutrin, nas menores concentrações, causaram a menor inibição da germinação, sem diferença em relação à testemunha. Analisando-se o crescimento vegetativo, observou-se que a formulação de Tiametoxan nas menores concentrações, não inibiu o crescimento radial...

ACUTE TOXICITY AND RISK ASSESMENT OF HERBICIDES AND INSECTICIDES USED IN PADDY RICE ON CLADÓCERA Daphnia magna; TOXICIDADE AGUDA E ANÁLISE DE RISCO DE HERBICIDAS E INSETICIDAS UTILIZADOS NA LAVOURA DO ARROZ IRRIGADO SOBRE O CLADÓCERO Daphnia magna

Nakagome, Fernando Kojima; Universidade do Vale do Itajaí; Noldin, José Alberto; EPAGRI - SC; Resgalla JR, Charrid; Universidade Do Vale do Itajaí
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 07/03/2007 POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
Este trabalho teve como objetivo determinar a CE50;48h de alguns herbicidas e inseticidas utilizados na cultura do arroz irrigado e estimar os coeficientes de risco (análise de risco determinístico), com base na toxicidade dos compostos para Daphnia magna. Foram avaliados os herbicidas oxyfluorfem, oxadiazona,carbofentrazona etílica, clomazona, quincloraque, pirazossulfurom etílico, 2,4–D, bispiribaque-sódico, metsulfurom metílico e bentazona e os inseticidas lambdacialotrina, fipronil e carbofurano. Os resultados indicaram que os herbicidas oxyfluorfem, oxadiazona e os inseticidas lambdacialotrina, fipronil e carbofurano são os produtos com maior toxicidade sobre D. magna. Os valores de CE50; 48h em mg.L-1 obtidos foram: 3,18; 3,54; 12,252; 14,35; 134,31; 182,11; 407,3; 1.060,0; 2.100,0; 3.900,0; 0,00021; 0,15 e 0,32, respectivamente, para os ingredientes ativos oxyfluorfem, oxadiazona, carbofentrazonaetílica, clomazona, quincloraque, pirazossulrurom etílico, 2,4–D, bispiribaque-sódico, metsulfurom metílico, bentazona, lambdacialotrina, fipronil e carbofurano. Considerando a dose de aplicação recomendada pelo fabricante diluída em lâmina deágua de 10 cm na cultura do arroz irrigado...

Aplicação especial de inseticidas em saúde pública

Aragão,Mario B.; Amaral,Ronaldo Santos do; Lima,Milton Moura
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1988 PT
Relevância na Pesquisa
27.17%
A aplicação espacial de inseticidas iniciada por Gorgas e Oswaldo Cruz, perdeu importância com o aparecimento do DDT, mas voltou a ser usada com o desenvolvimento dos inseticidas fosforados de baixa toxicidade. Nessa fase, entretanto, o nível tecnológico é diferente. O avião e o helicóptero permitiram a nebulização de inseticidas sob forma de produto técnico e, em seguida, apareceram máquinas portáteis e transportadas em viaturas capazes de realizar essa tarefa. Pouco demorou para que fosse resolvido o problema do tamanho das gotas que, para mosquitos, tem que ser inferior a 20µ. Essas aplicações a ultrabaixo volume (UBV) começaram a ser usadas no Brasil contra Culex quinquefasciatus e seu uso foi incrementado depois da reintrodução, no país, de Aedes aegypti. Uma série de trabalhos experimentais visando a um método de fazer baixar, rapidamente, a densidade desse mosquito foi iniciada pela Superintendência de Campanhas de Saúde Pública (Sucam), em 1984, com a aplicação de Sumitiom (Fenitrotiom) técnico. Em seguida foi experimentada a concentração de 60%, em óleo de soja e, depois, Sumitiom e Malatiom a 40%, com resultados satisfatórios. Na máquina motorizada (Leco) a vazão foi de 127 ml/min com a viatura a 10 km/hora...