Página 9 dos resultados de 5737 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Efeito de genótipos de maracujazeiro (Passiflora spp.) e da densidade larval na biologia de Dione juno juno (Cramer) (Lepidoptera: Nymphalidae)

Boiça Jr., Arlindo L.; Lara, Fernando Mesquita; Oliveira, João C.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 41-47
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
Objetivou-se estudar em laboratório a biologia de Dione juno juno (Cramer), determinando-se os efeitos da densidade larval e da alimentação das larvas com folhas de nove genótipos de maracujazeiro. Foram analisados a duração, o peso e a viabilidade das fases larval e pupal e a longevidade dos adultos sem alimento. Verificou-se que a densidade de cinco lagartas por recipiente proporcionou melhor desenvolvimento do inseto do que uma e dez lagartas. Passiflora alata e P. setacea apresentaram resistência do tipo não-preferência para alimentação e/ou antibiose, enquanto o híbrido P. alata2 x P. macrocarpa apresentou não-preferência para alimentação, possivelmente associada à presença de compostos químicos com alto grau de repelência a D. juno juno ou a supressores de alimentação.; The biology of Dione juno juno (Cramer) was studied under laboratory conditions; the effects of larval density and of feeding the larvae on leaves of nine passion fruit genotypes were observed. The duration, weight and viability of the larval and pupal phases were analyzed, as well as the longevity of unfed adults. The density of five larvae/recipient provided the best development of the insects. Passiflora setacea presented feeding nonpreference and/or antibiosis while the hybrid P. alata2 x P. macrocarpa presented feeding nonpreference...

Adubação e inseticidas no controle de Empoasca kraemeri e Bemisia tabaci, em cultivares de feijoeiro semeados no inverno

Boiça Jr., Arlindo Leal; Santos, Terezinha Monteiro dos; Muçouçah, Marcus Juabre
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ) Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 635-641
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
Vários fatores influenciam a produtividade da cultura do feijoeiro, dentre estes podem ser citados as pragas, merecendo destaque, a cigarrinha verde, Empoasca kraemeri Ross & Moore (Hemiptera: Cicadellidae) e principalmente a mosca branca, Bemisia tabaci (Gennadius) (Hemiptera: Aleyrodidae), que prejudica o feijoeiro pela transmissão do vírus do mosaico dourado. Este trabalho avalia o efeito de cultivares de feijoeiro, adubação e inseticidas nas populações de E. kraemeri e B. tabaci na época de semeadura de inverno. Os genótipos utilizados foram IAPAR MD-806, IAPAR MD-808, IAC-Carioca e Bolinha. Avaliaram-se, dos 7 aos 56 dias após emergência das plantas, o número de ninfas e adultos de cigarrinha verde e mosca branca, percentual de ataque de cigarrinha e número de plantas com sintomas de mosaico dourado. Na colheita, foram avaliados o número e peso de vagens por planta, o número de grãos por planta e peso de grãos (kg ha-1). Os danos de cigarrinha verde e os sintomas de mosaico dourado foram menos intensos em IAPAR MD-806 e IAPAR MD-808 em relação ao Bolinha e IAC-Carioca. A adubação não influenciou o número médio de adultos de cigarrinha verde nos genótipos de feijoeiro. As aplicações de inseticidas e adubo proporcionaram menores números médios de adultos de mosca branca nos genótipos de feijoeiro quando avaliados em conjunto aos 56 dias após emergência das plantas.; The productivity of bean crops is influenced by many factors...

Resistência de genótipos de milho ao ataque de Sitophilus zeamais Mots. (Coleoptera: Curculionidae)

Boiça Jr., Arlindo L.; Lara, Fernando Mesquita; Guidi, Flávio P.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 481-485
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
Avaliação da resistência de genótipos de milho ao ataque de Sitophilus zeamais Mots., em condições de laboratório, em testes com e sem chance de escolha, indicaram que os genótipos menos atrativos ao inseto foram C-701 e C-505 (8,5% e 10,43% dos insetos liberados), enquanto que C-525 e C-606 (33,25% e 21,72%) foram os mais atrativos. Os genótipos C-511, C-505, C-525 e C-125 proporcionaram a emergência de menor número de insetos e de peso de grãos consumidos (5,0 insetos e 0,1g; 8,1 e 0,1; 8,5 e 0,2; 9,9 e 0,2), quando comparados ao C-606, C-805, C-701 e C-135 com maiores valores (24,2 insetos e 0,6g; 18,6 e 0,5; 20,4 e 0,5; 20,1 e 0,5 respectivamente).; Evaluation of maize (Zea mays) genotypes resistance to Sitophilus zeamais Mots., in the laboratory, in no choice and free choice tests, indicated that the genotypes less attractive to the insect were C-701 and C-505 (8.5% and 10.43% of the insects released), while the most attractive were C-525 and C-606 (33.25% and 21.72%). The emergence of insects and weight grain consumption were lower on the genotypes C-511, C-505, C-525 and C-125 (5.0 insects and 0.1g; 8.1 and 0.1; 8.5 and 0.2; 9.9 and 0.2) than on C-606, C-805, C-701 and C-135 (24.2 insects and 0.6g; 18.6 and 0.5; 20.4 and 0.5; 20.1 and 0.5).

Influência de aldicarbe e fosetyl-AL sobre Selenaspidus articulatus (Morgan) (Homoptera: Diaspididae) em plantas de citros com e sem sintomas de clorose variegada dos citros

Senô, Kenji C. A.; Galli, Julio Cesar
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 715-720
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
Estudou-se a relação entre a presença de sintomas da clorose variegada dos citros, doença causada pela bactéria Xilella fastidiosa (Wells), e a ação do inseticida aldicarbe e do fungicida fosetyl-AL sobre a cochonilha pardinha, Selenaspidus articulatus (Morgan) em plantas de citros. O ensaio foi realizado em pomar de laranja variedade Valência com cinco anos de idade, As pulverizações de fosetyl-AL foram realizadas quatro vezes com intervalo de três meses, e o aldicarbe foi aplicado no solo uma única vez. A ocorrência de S. articulatus foi avaliada quinzenalmente. Observou-se que: a) A clorose variegada dos citros (CVC) não interferiu na ação de aldicarbe, aplicado no solo, na dose utilizada sobre S. articulatus; b) A dose de aldicarbe empregada para o controle da referida praga em plantas com CVC pode ser a mesma indicada em plantas sem a doença; c) O poder residual de aldicarbe mostrou-se o mesmo em plantas com e sem sintomas de CVC; d) A associação de aldicarbe e fosetyl-AL não interferiu na ação do primeiro sobre a praga.; The objective of this work was to study the relationship between the presence of symptoms of citrus variegated chlorosis (CVC), a disease caused by Xilella fatidiosa, (Wells) and the effect of aldicarbe and fosetyl-AL against rufous scale...

Fatores climáticos na dinâmica populacional de Anastrepha spp. (diptera: tephritidae) e de Scymnus spp. (coleoptera: coccinellidae) em um pomar experimental de goiaba (Psidium guajava L.)

Calore, Ricardo Aparecido; Galli, Julio Cesar; Pazini, Wilson Carlos; Duarte, Rogério Teixeira; Galli, Juliana Altafin
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 67-74
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
Este trabalho objetivou caracterizar a dinâmica populacional de Anastrepha spp. e de Scymnus spp. em pomar experimental semiorgânico de goiaba (Psidium guajava L.), em Pindorama-SP, na Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) e correlacioná-la com fatores meteorológicos. Para o levantamento da dinâmica populacional, os espécimes foram monitorados com armadilhas adesivas amarelas (25 cm x 9,5 cm), trocadas a cada 15 dias, no período de um ano (entre junho de 2009 e junho de 2010). Os insetos foram avaliados e quantificados no Laboratório de Seletividade Ecológica da UNESP-FCAV em Jaboticabal-SP. Observou-se a ocorrência de Anastrepha spp. e Scymnus spp. durante todo o período de amostragem. Com base nos resultados obtidos e nas condições de desenvolvimento do presente trabalho, foram possíveis as seguintes conclusões: a) Ocorre aumento na densidade populacional de Anastrepha spp. com o aumento das temperaturas mínima, média e máxima; b) Os picos populacionais de Anastrepha spp. ocorrem de janeiro a março e coincidem com o período de disponibilidade de frutos maduros no pomar de goiaba; c) Constatam-se as maiores ocorrências do predador Scymnus spp. no período de setembro a dezembro, e as menores ocorrências...

Biological aspects of the immature stages of Ceraeochrysa everes (Banks) (Neuroptera: Chrysopidae)

Barbosa, Leonardo Rodrigues; Freitas, Sérgio de; Auad, Alexander Machado
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ) Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 581-583
ENG
Relevância na Pesquisa
16.42%
Para o estabelecimento de um programa de controle biológico, o conhecimento de alguns aspectos biológicos e de comportamento dos inimigos naturais é de extrema importância. Os aspectos biológicos do desenvolvimento larval e pupal do predador Ceraeochrysa everes (Banks) foram estudados. Larvas oriundas de adultos da geração F1 foram mantidas em laboratório a 25 ± 21°C, 70 ± 10 % UR e fotofase 14 horas, sendo alimentadas com ovos de Sitotroga cerealella (Olivier). A duração e viabilidade do período embrionário, estágios imaturos de desenvolvimento e o período de ovo a adulto foram avaliados. O período embrionário foi em média de 5,0 dias, enquanto que as durações médias para o primeiro, segundo e terceiro instares foram de 5,1 ± 0,03; 4,3 ± 0,05 e 4,5 ± 0,05 dias, respectivamente, com viabilidade superior a 90 %. Os estágios larval, pré-pupal e pupal apresentaram duração média de 13,9 ± 0,07; 5,7 ± 0,07 e 9,6 ± 0,12 dias, respectivamente. A duração do ciclo biológico foi de 34 ± 0,11 dias em média. Ovos de S. cerelella não foram adequados para a manutenção de C. everes em laboratório, por interferir no desenvolvimento do predador.; A knowledge of the behavior and biological aspects of natural enemies is extremely important for the establishment of biological control programs. Biological aspects of the larvae...

Desenvolvimento de Leptoglossus gonagra Fabr. (Heteroptera: Coreidae) em espécies de maracujazeiro

Caetano, Antonio Cesar; Boiça Jr., Arlindo L.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 353-359
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
Objetivou-se estudar o desenvolvimento de Leptoglossus gonagra Fabr. (Heteroptera: Coreidae), em cinco espécies de maracujazeiro (Passiflora spp.), discriminando-as quanto aos tipos e graus de resistência. Os ensaios foram conduzidos em laboratório sob condições de 25 ± 1º C; 65 ± 10% UR e fotofase de 14 h, durante 1998, em Jaboticabal, SP. Foram utilizados ramos, botões florais, flores e frutos de P. alata, P. edulis f. flavicarpa, P. giberti, P. laurifolia e P. nitida. Avaliou-se a duração de cada ínstar, a mortalidade em cada ínstar e em toda fase ninfal, o peso de ninfas de terceiro e quinto ínstares com 24 h de idade, o peso de adultos com 24 h de idade e a longevidade. Utilizou-se o delineamento estatístico inteiramente casualizado. em todas as espécies, L. gonagra não completou seu desenvolvimento quando alimentado apenas com frutos. Os ramos, botões florais, flores e frutos de P. nitida apresentaram grau de antibiose mais elevado que os de P. alata, P. edulis f. flavicarpa e P. giberti, enquanto P. laurifolia é a espécie mais adequada ao desenvolvimento de L. gonagra.; The development of Leptoglossus gonagra Fabr. (Heteroptera: Coreidae), feeding on different Passiflora genotypes was evaluated under 25 ± 1ºC; 65 ± 10% UR and 14 L:10 D...

Preferência alimentar de Diabrotica speciosa (Germ.) e Cerotoma sp. por genótipos de soja

Lara, Fernando Mesquita; Elias, João Marcelo; Baldin, Edson Luiz Lopes; Barbosa, José Carlos
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ) Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 947-951
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Avaliou-se a preferência para alimentação de Diabrotica speciosa Germ. e Cerotoma sp. por diferentes genótipos de soja Glycine max L., sob condições de laboratório. em testes com e sem chance de escolha utilizando-se discos foliares, os genótipos BR-82-12547, GO-BR-83-37004 e IAC 8 foram os mais preferidos e danificados; os genótipos PI 274454, PI 229358 e IAC 742832 destacaram-se como os menos preferidos nos dois testes, sugerindo serem resistentes aos dois crisomelídeos. em testes com e sem chance de escolha, utilizando-se extratos aquosos das folhas, os genótipos IAC-8, PI 229358 e BR-82-12547 mostraram-se os mais preferidos, já PI 274454 e IAC 742832 evidenciaram ser resistentes às duas espécies de inseto.; The feeding preference of Diabrotica speciosa Germ. and Cerotoma sp. was evaluated on soybean genotypes Glycine max L. under laboratory conditions. In free and no choice feeding tests using leaf disks, the genotypes BR-82-12547, GO-BR-83-37004 and IAC 8 were the most preferred and damaged; while the genotypes PI 274454, PI 229358 and IAC 742832 were the less preferred in both tests...

Diversidade de fungos associados a Parlatoria ziziphus (Lucas)(Hemiptera: Diaspididae) em Citros

Arantes, Andréia M.V.T.; Correia, Antônia do C.B.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 477-483
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
As espécies de entomopatógenos que causam impacto em populações de hospedeiros são muitas. Entretanto, informações básicas sobre sua biologia, identificação e relação entre o sistema patógeno-hospedeiro são escassas. Este estudo teve por objetivo identificar os fungos associados a Parlatoria ziziphus (Lucas)em pomares citrícolas do município de Taiúva, SP. Foram realizadas coletas mensais, em dois pomares de laranja (Citrus sinensis Osbeck), variedade Pera, de janeiro de 1995 a fevereiro de 1996. Amostraram-se 15 árvores em cada pomar, retirando-se 16 folhas por árvore. Estas foram levadas ao laboratório, para determinação dos fungos associados à cochonilha. Para a identificação dos fungos, consideraram-se aspectos da estrutura reprodutiva e do esporo. Foram identificadas cinco espécies, citadas como patógenos de diaspidídeos por vários autores: Fusarium coccophilum (Desm.) Wr. & Rg., Nectria flammea (Tul.) Dingley (fase sexual de F. coccophilum), Tetracrium coccicolum Hohnell, Podonectria coccicola (Ellis & Everhart) Petch (fase sexual de T. coccicolum) e Myriangium duriaei Mont. & Berk. Fusarium coccophilum foi a espécie mais freqüente e a mais prevalente, na maioria das coletas realizadas, em ambas as áreas amostradas.; There are many reports on species of entomopathogenic fungi that cause impact on host populations...

Aspectos biológicos e dano de Diatraea saccharalis (fabr., 1794) (Lepidoptera: Pyralidae) em sorgo cultivado sob diferentes doses de nitrogênio e potássio

Bortoli, Sergio Antônio de; Dória, Háyda Oliveira Souza; Albergaria, Nuno Miguel Mendes Soares; Botti, Maurício Vladimir
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras (UFLA) Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras (UFLA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 267-273
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
O presente trabalho teve como objetivo avaliar a influência da adubação da cultura do sorgo Sorghum bicolor (L.) Moench, na biologia da broca da cana-de-açúcar Diatraea saccharalis (Fabr., 1794) (Lepidoptera: Pyralidae). Para isso foi utilizado sorgo da cultivar Rubi-Asgrow, plantado em vasos utilizando-se diferentes doses de fertilizantes e mantidos em casa-de-vegetação. Os tratamentos utilizados (doses de NK) foram: N1 = 0-200 ppm; N2 = 50-200 ppm; N3 = 100-200 ppm; N4 = 200-200 ppm; N5 = 400-200 ppm; K1 = 200-0 ppm; K2 = 200-50 ppm; K3 = 200-100 ppm; K4 = 200-200 ppm; e K5 = 200-400 ppm. de modo geral, pode-se concluir que doses de 50 a 200 ppm de N promoveram o desenvolvimento normal das larvas de D. saccharalis, sendo que as menores porcentagens de dano foram verificadas nas menores doses; para o potássio, quanto maior a dose, menor foi o dano causado pelas lagartas, apesar de favorecer o desenvolvimento da mesma.; This work was carried out to evaluate the influence of the fertilization of sorghum, Sorghum bicolor (L.) Moench, on the stem borer Diatraea saccharalis (Fabr., 1794) (Lepidoptera: Pyralidae) biology. It was used the variety Rubi-Asgrow. The treatments were (NK doses): N1 = 0-200 ppm; N2 = 50-200 ppm; N3 = 100-200 ppm; N4 = 200-200 ppm; N5 = 400-200 ppm; K1 = 200-0 ppm; K2 = 200-50 ppm; K3 = 200-100 ppm; K4 = 200-200 ppm and K5 = 200-400 ppm. It was possible to conclude that nitrogen doses from 50 to 200 ppm provide a normal development for D. saccharalis larvae...

Ocorrência de Frankliniella schultzei (trybom) (thysanoptera: thripidae) em plantas daninhas

Lima, Maria G. A.; Martinelli, Nilza Maria; Monteiro, Renata C.
Fonte: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 367-372
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
Realizaram-se levantamentos de plantas daninhas, no Campus da UNESP em Jaboticabal/SP, com o objetivo de identificar espécies de plantas daninhas hospedeiras do tripes Frankliniella schultzei (Trybom). As plantas foram coletadas semanalmente utilizando-se o método de ensacamento. A separação dos tripes foi feita mediante emprego do funil de Berlese. Entre as 43 espécies de plantas daninhas encontradas nas áreas amostradas, 19 são hospedeiras do tripes. Rabanete (Raphanus sativus L.), nabiça (R. raphanistrum L.) e mostarda (Sinapsis arvensis L.) foram as que apresentaram as maiores porcentagens de F. schultzei, 45, 27 e 17% do total de fêmeas coletadas respectivamente.; A monitoring of weeds was carried out on the UNESP Campus in Jaboticabal, SP, with the objective of indentifying host weed species of Frankliniella schultzei (Trybom). The plants were collected weekly and transported to the laboratory inside paper bags. The Berlese funnel method was used to separate the insects from the plants. Thrips were found in 19 of the 43 weed species studied: Raphanus sativus L., R. raphanistrum L., and Sinapsis arvensis L. presented the highest percentage of thrips, consisting of 45, 27, and 17% respectively of the total females that were collected.

Cigarras (Hemiptera: Cicadidae: Tibicinidae) associadas ao cafeeiro: distribuição, hospedeiros e chave para as espécies

Martinelli, Nilza Maria; Zucchi, Roberto A.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 133-143
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
É apresentada a distribuição de 10 espécies de cigarras associadas ao cafeeiro, Coffea arabica, nos Estados de Minas Gerais, São Paulo e Paraná, Brasil. A informação sobre a distribuição geográfica destas espécies no Continente Americano, afora o Brasil, foi baseada na literatura. Para o Brasil, as localidades de ocorrência de cigarras foram baseadas na literatura, nos levantamentos realizados e em exemplares de coleções nacionais. Outros sete hospedeiros, além do cafeeiro, foram também registrados: esponjeira (Acacia farnesiana), sibipiruna (Caesalpinia peltophoroides), Cassia spp., amoreira (Morus alba), abacateiro (Persea americana), angico (Piptadenia sp.) e cacaueiro (Theobroma cacao). São apresentadas chaves de identificação, baseadas nas características gerais e na genitália masculina.; The geographical distribution of 10 species of cicadas associated to coffee (Coffea arabica) plants, in Minas Gerais, São Paulo e Paraná States (Brazil) is reported. Informations on geographical distribution of these species of cicadas in the New World, except Brazil, were based on the existing literature. For Brazil, the occurrence of species were based on the literature survey, on entomological collections and on specimens captured. Seven other hosts...

Resistência de genótipos de algodoeiro (Gossypium hirsutum L.) a Alabama argillacea (Hübner) (Lepidoptera: Noctuidae)

SANTOS, TEREZINHA M. DOS; BOIÇA JÚNIOR, ARLINDO L.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Avaliou-se a resistência de onze genótipos de algodoeiro a A. argillacea, considerando-se aspectos biológicos das fases jovem e adulta deste inseto. Os ensaios foram realizados em câmara climatizada mantida a 25±1ºC, umidade relativa de 70±10% e fotofase de 12h. A duração do primeiro ínstar foi significativamente maior quando lagartas de A. argillacea alimentaram-se dos genótipos CNPA 94/139 e CNPA Precoce 1. Durante o segundo ínstar, as lagartas que se alimentaram do genótipo CNPA 94/139 apresentaram período significativamente menor. O intervalo de variação para a duração do terceiro e quarto ínstares foram, respectivamente, de 1,8 a 2,1 e 1,9 a 2,2 dias. As lagartas de A. argillacea que se alimentaram da cultivar CNPA Precoce 2 apresentaram uma duração do quinto ínstar de 4,9 dias. O peso médio das lagartas foi menor quando alimentadas com o genótipo CNPA Precoce 1. Os períodos pré-pupal e pupal apresentaram intervalo de variação de 1,0 a 1,9 e 7,8 a 8,7 dias, respectivamente. O intervalo de variação para a fase larval foi de 13,1 a 14,7 dias. Os genótipos CNPA Precoce 1...

Efeito de diferentes dietas sobre o desenvolvimento pós-embrionário de Chrysoperla defreitasi Brooks (Neuroptera: Chrysopidae)

BIAGIONI, ALEXANDRE; FREITAS, SÉRGIO DE
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 333-336
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
Avaliou-se o período pós-embrionário do predador Chrysoperla defreitasi Brooks alimentada com ovos de Sitotroga cerealella (Olivier) e Diatraea saccharalis (Fabricius) em condições de laboratório à temperatura de 25±2ºC, UR de 70±10% e fotofase de 14h. Os ovos do crisopídeo foram individualizados em tubos de vidro e, após a eclosão, as larvas foram alimentadas com as respectivas presas e mantidas em sala climatizada, sob condições controladas. O delineamento estatístico utilizado foi inteiramente casualizado com 150 repetições para cada dieta. As durações do 1º, 2º e 3º ínstar e da fase pupal foram, respectivamente, 3,4, 2,7, 3,5 e 11,9 dias para larvas alimentadas com D. saccharalis e 3,6, 2,8, 2,7 e 9,3 dias, quando a dieta oferecida foi ovos de S. cerealella. Larvas de crisopídeos alimentados com ovos de D. saccharalis levaram em média 21,5 dias para completar o desenvolvimento pós-embrionário, com 34,0% de adultos emergidos, enquanto que os alimentados com ovos de S. cerealella levaram 18,4 dias com 55,3% de adultos. Pode-se, pois, constatar que a melhor dieta para o desenvolvimento pós-embrionário de C. defreitasi foram os ovos de S. cerealella, sendo que insetos alimentados com esta dieta apresentaram período mais curto de desenvolvimento...

Aspectos Biológicos dos Estádios Imaturos de Chrysoperla externa (Hagen) e Ceraeochrysa cincta (Schneider) (Neuroptera: Chrysopidae) Alimentados com Ovos e Ninfas de Bemisia tabaci (Gennadius) Biótipo B (Hemiptera: Aleyrodidae)

AUAD, ALEXANDER M.; TOSCANO, LUCIANA C.; BOIÇA JÚNIOR, ARLINDO L.; FREITAS, SÉRGIO DE
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 429-432
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
Foram avaliados os aspectos biológicos dos estádios imaturos de Chrysoperla externa (Hagen) e Ceraeochrysa cincta (Schneider), alimentados com ovos e ninfas de Bemisia tabaci (Genn.) biótipo B. Ovos dos predadores foram individualizados em recipientes de vidro de fundo chato com 2,5 cm de diâmetro e 8,5 cm de altura que foram mantidos à temperatura de 25±2ºC, UR de 70±10% e fotofase de 14h. Após a eclosão das larvas, discos de folhas de tomateiro e de couve com 2 cm de diâmetro, contendo ovos e ninfas de B. tabaci, respectivamente, foram colocados nos recipientes. A duração e a viabilidade de cada ínstar e da fase pupal de ambas as espécies predadoras alimentadas com diferentes estágios da presa foram avaliados. Larvas de primeiro ínstar de C. externa apresentaram desenvolvimento mais lento quando alimentadas com ovos de B. tabaci biotipo B monstrando influência do estágio da presa fornecida no período de desenvolvimento do predador. O mesmo não ocorreu para a espécie C. cincta. O desenvolvimento de larvas de primeiro ínstar de ambas as espécies predadoras foi semelhante quando foram alimentadas com ovos de B. tabaci; porém C. cincta apresentou período de desenvolvimento mais longo (5,4 dias) comparada a C. externa (4...

Atratividade e Consumo Foliar por Adultos de Diabrotica speciosa (Germ.) (Coleoptera: Chrysomelidae) em Diferentes Genótipos de Abóbora

Baldin, Edson Luiz Lopes; Lara, Fernando Mesquita
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 675-679
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Alguns crisomelídeos atacam a abóbora desde a germinação até a colheita, destruindo folhas e causando danos característicos. Com o objetivo de selecionar genótipos de abóbora menos preferidos para alimentação por Diabrotica speciosa (Germar), realizaram-se ensaios, em condições de casa-de-vegetação e de laboratório, utilizando-se plântulas e discos foliares. Inicialmente avaliou-se a atratividade de 33 genótipos de abóbora Cucurbita moschata e um genótipo comercial de moranga C. maxima (Exposição), utilizado como genótipo suscetível padrão. Visando observar o consumo realizado em plântulas, efetuaram-se testes com e sem chance de escolha com oito genótipos selecionados a partir do ensaio de atratividade. em placas de Petri, foram realizados testes de atratividade e consumo, com e sem chance de escolha, utilizando-se discos foliares de oito materiais. O índice de atratividade apontou o genótipo BRA003531 como o mais atrativo em relação ao padrão comercial (genótipo Exposição). em teste de consumo com chance de escolha, utilizando-se plântulas, o genótipo BRA014869 foi o mais preferido para alimentação por adultos de D. speciosa...

Efeito de genótipos de sorgo sobre o predador Chrysoperla externa (Hagen) (Neuroptera: Chrysopidae) alimentado com Schizaphis graminum (Rondani) (Hemiptera: Aphididae)

FIGUEIRA, LILIANE K.; Lara, Fernando Mesquita; CRUZ, IVAN
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 133-139
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
O trabalho objetivou avaliar o efeito indireto da resistência de genótipos de sorgo sobre o predador Chrysoperla externa (Hagen) usando o pulgão Schizaphis graminum (Rondani) como presa. Os genótipos usados no estudo foram: GR 11111 e TX 430 x GR 111 (resistentes), GB 3B (moderadamente resistente) e BR 007B (suscetível). Larvas recém-eclodidas foram confinadas individualmente em recipientes de vidro e alimentadas com S. graminum, criados separadamente em cada um dos quatro genótipos. Após a emergência, os adultos obtidos de cada tratamento foram sexados e agrupados aos casais, colocados em gaiolas contendo dieta à base de levedo de cerveja e mel. Os insetos foram observados diariamente da fase jovem até o período de 60 dias após a emergência do adulto. Genótipos com maior grau de resistência proporcionaram maior consumo de pulgões pelo predador, porém menor peso a este. Quando os pulgões foram criados no genótipo resistente GR 11111, o peso das larvas, sobrevivência da pré-pupa e longevidade da fêmea do predador foram inferiores. As associações positivas observadas entre o predador, C. externa, e o genótipo resistente, TX 430 x GR 111, e entre o predador e o genótipo moderadamente resistente GB 3B, evidenciaram a possibilidade de integração entre os dois métodos de controle: resistência de plantas e controle biológico.; The work aimed to evaluate the indirect effect of sorghum genotypes resistance on biological aspects of the predator Chrysoperla externa (Hagen) using the aphid Schizaphis graminum (Rondani) as prey. The genotypes used in the study were: GR 11111 and TX 430 x GR 111 (resistant)...

Integração da resistência de plantas e predação por Chrysoperla externa (Hagen) (Neuroptera: Chrysopidae) para o manejo de Schizaphis graminum (Rondani) (Hemiptera: Aphididae) em sorgo

Figueira, Liliane K.; Lara, Fernando Mesquita; Cruz, Ivan; Waquil, José M.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 487-492
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
A integração entre plantas resistentes e agentes de controle biológico pode ser uma alternativa viável para o manejo do pulgão-verde, Schizaphis graminum (Rondani), na cultura do sorgo. Experimentos foram conduzidos com a finalidade de avaliar o efeito de quatro genótipos de sorgo: GR 11111 e TX 430 x GR 111 (resistentes), GB 3B (moderadamente resistente), e BR 007B (suscetível), sobre o controle biológico do pulgão S. graminum realizado pelo predador Chrysoperla externa (Hagen). Para isso, avaliaram-se diferentes níveis de infestação de S. graminum, na presença e ausência do predador, em casa-de-vegetação e a viabilidade de controle de S. graminum no campo. O efeito do predador foi notado 25 dias após a infestação, proporcionando maior crescimento das plantas e menores danos. Os danos também foram menores nos genótipos resistentes e aumentaram com a elevação dos níveis de infestação, sendo menores na presença do predador C. externa. em condições de campo, a integração dos dois métodos de controle proporcionou 83% de redução de danos, quando se utilizou o genótipo resistente TX 430 x GR 111, que foi considerado o mais promissor dentre os estudados.; The integration of plant resistance and biological control agent can be a viable alternative to the management of the greenbug...

Efeito de temperaturas de armazenamento e de genótipos de feijoeiro sobre a resistência a Acanthoscelides obtectus (Say) (Coleoptera: Bruchidae)

Baldin, Edson Luiz Lopes; Lara, Fernando Mesquita
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 365-369
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
Visando avaliar os efeitos de diferentes temperaturas de armazenamento e de genótipos de feijoeiro, Phaseolus vulgaris L., sobre a expressão da resistência ao caruncho, Acanthoscelides obtectus (Say), realizaram-se ensaios com os genótipos Arc.1S, Arc.1, Arc.2, Arc.4 e Carioca Pitoco. Os grãos de Arc.1S e Arc.2 expressaram resistência a A. obtectus nas temperaturas de 20ºC, 25ºC e 30°C; a resistência do genótipo Arc.1 diminuiu à medida que a temperatura de armazenamento foi elevada de 25ºC para 30ºC. A interação genótipos x temperaturas foi significativa, indicando que a elevação da temperatura afeta a expressão da resistência. A temperatura de 20ºC foi a mais adequada para discriminar os genótipos de feijoeiro, quanto a resistência.; Aiming to evaluate the effect of different temperatures of storage and bean genotypes, Phaseolus vulgaris L., on the expression of resistance to the bean weevil, Acanthoscelides obtectus (Say), tests were carried out with the genotypes Arc.1S, Arc.1, Arc.2, Arc.4 and Carioca Pitoco. Grains of Arc.1S and Arc.2 expressed resistance to A. obtectus at 20ºC, 25ºC and 30ºC; the resistance of Arc.1 was reduced as the storage temperature increased from 25ºC to 30ºC. The interaction genotypes x temperatures was significant...

Resistência de cultivares de batata-doce a Euscepes postfasciatus Fairmaire (Coleoptera: Curculionidae)

Wanderley, Paulo A.; Boiça Júnior, Arlindo L.; Wanderley, Maria J.A.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 371-377
POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
Foram estudadas 40 cultivares de batata-doce Ipomoea batatas (L.) Lamarck, objetivando avaliar a resistência ao ataque da broca Euscepes postfasciatus Fairmaire. Numa primeira fase da pesquisa foi medida a atratividade, a não-preferência para alimentação e oviposição em ramas e raízes. Dos resultados foram escolhidas oito cultivares resistentes e duas suscetíveis. Numa segunda fase utilizaram-se raízes das cultivares escolhidas para estudar a resistência a E. postfasciatus. Ramas e raízes foram oferecidas a adultos da broca em arenas com livre chance de escolha, com seis repetições. As avaliações foram feitas aos 5, 10, 30, 60 min., 3h e 24h após a liberação. O melhor tamanho de rama, entre os testados, a ser utilizado foi o de 35 cm. Os adultos da broca ao serem liberados nas arenas, dirigiram-se rapidamente para o material e atacaram as mais atrativas, prioritariamente nos ramos mais grossos ou na inserção das folhas. As cultivares com ramas menos atrativas foram: Rocha da Paz, Mineira, Lagartixa e Bom Nome, sendo que os tubérculos das cultivares Lagartixa e Bom Nome também foram menos danificados e juntamente com Caboatã, não preferidas para oviposição. As raízes e ramas das cultivares Granfina e UFRPE foram as mais atrativas e as mais danificadas portanto devem ser evitadas...