Página 9 dos resultados de 1001 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

A psicopatologização da infância no contemporâneo: um estudo sobre a expansão do diagnóstico de transtorno de déficit de atenção e hiperatividade

Ferrazza, Daniele de Andrade; Rocha, Luiz Carlos da
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 237-251
POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
The expansion of psychiatric labeling does not reach only the adult population, but also the problematic related to childhood have been captured by the speeches and practices of the medical-psychiatric knowledge and turned into psychopathologies which tend to be treated with the main resource made available by psychiatrics in the present times: the psychotropic drugs. This work presents a critical thinking on the expansion of the diagnoses of “attention deficit disorder and hyperactivity” (ADHD) both in children and teenagers and on the conduction of drug therapies. It follows that the processes of childhood psycho-pathologization and the trivializing of psychotropic drug prescription are related to the overvaluation of the biological conception of psychic suffering and to the economic interests of the great pharmaceutical laboratories which by means of several strategies influence the medical practices, factors that lead to exposure of these patients to possible side effects and the risks of stigmatization that must be considered.; La expansión del etiquetado psiquiátrico no afecta solamente a la población adulta, sino también las problemáticas relacionadas a la infancia han sido capturadas por los discursos y prácticas del saber médico-psiquiátrico y transformadas en psicopatologías que tienden a ser tratadas con el principal recurso disponible por la psiquiatría contemporánea: los psicofármacos. Este trabajo presenta una reflexión crítica sobre la expansión del diagnóstico de “Trastorno por Déficit de Atención e Hiperactividad” (TDAH) en niños y adolescentes...

Psicopedagogia: estratégias para trabalhar com crianças com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Batista, Drielly Adrean; Lepre, Rita Melissa; Costa, Rodrigo Cesar; Kadooka, Aline
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 640-647
POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
O objetivo desse trabalho é analisar os métodos psicopedagogicos para trabalhar com crianças que apresentam Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, seja ele no ambiente escolar ou na clinica contribuindo para o desenvolvimento cognitivo, afetivo, moral e físico dessas crianças. A metodologia utilizada é por meio de referencias bibliográficas acerca da literatura. Ao final se irá conclui que a intervenção do psicopedagogo é de extrema importância para que o tratamento traga resultados positivos, por meio de oficinas psicopedagogicas, da psicomotricidade, das brincadeiras, e jogos em gerais, ou até mesmo atividades lúdicas pode proporcionar uma alteração muito favorável na vida dessa criança.

Avaliação da memória de trabalho auditiva e visual em crianças com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade; Evaluation of verbal and visual working memory in children with attention deficit/hyperactivity disorder

Tais de Lima Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
O objetivo geral deste estudo foi avaliar os componentes da memória de trabalho para material auditivo e visual em crianças com o diagnóstico de Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Os objetivos específicos foram: comparar o desempenho das crianças com TDAH com o de crianças sem dificuldades de aprendizagem na prova de memória de trabalho, relacionar os dados na prova de memória de trabalho com as crianças com TDAH e com as crianças sem dificuldades de aprendizagem e atencional. Participaram deste estudo 60 crianças de ambos os sexos, freqüentadoras do ensino fundamental, as quais foram subdivididas em dois grupos, sendo grupo experimental (GE) composto por 30 crianças com TDAH e grupo controle (GC) composto por 30 crianças sem alterações no processo de aprendizagem e atencional. As crianças de ambos os grupos foram submetidas à avaliação fonoaudiológica e à aplicação do Protocolo de Memória de Trabalho. Os resultados evidenciaram desempenho aquém do esperado do GE em relação ao GC na avaliação fonoaudiológica e na avaliação da memória de trabalho, melhor desempenho em memória de trabalho auditiva pelo GE, melhor desempenho em memória de trabalho visual pelo GC. O desempenho dos dois grupos sofreu interferência dos efeitos de similaridade fonológica e semântica...

Prevalência dos sintomas de transtorno do déficit de atenção e hiperatividade em crianças do primeiro ciclo do ensino fundamental das escolas públicas estaduais de Campinas = : Prevalence of symptoms of attention deficit disorder and hyperactivity in children of the first cycle of basic education attending state public schools in the city of Campinas; Prevalence of symptoms of attention deficit disorder and hyperactivity in children of the first cycle of basic education attending state public schools in the city of Campinas

Wantuir Francisco Siqueira Jacini
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
O Transtorno e Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é o distúrbio do comportamento mais comum na infância. Pode persistir na adolescência e vida adulta, sua manifestação com o passar da idade pode sofrer alterações. O Manual de diagnostico e estatística de distúrbios mentais, 4a edição texto revisado (DSM-IV-R) classifica três tipos de TDAH: Predominantemente Desatento (TDAH-D), Predominantemente Hiperativo/impulsivo (TDAH-H) e os dois combinados (TDAH-C). Estudos epidemiológicos relatam a variação da prevalência entre 3% e 20% diferenças causadas por critérios metodológicos, diagnósticos e perfil da amostra. O objetivo do presente estudo foi definir a prevalência dos sintomas do quadro clínico de TDAH em crianças escolares da rede pública do ensino fundamental no município de Campinas. Foi realizada uma seleção quantitativa descritiva, utilizando instrumento estruturado específico para levantamento de sintomas de TDAH, a escala SNAP-IV (Swanson, Nolan, and Pelham Questionnaire-Version-IV) adaptada a população brasileira e respondida por professores. Foram respondidos 5282 questionários referentes a crianças, de 7 a 10 anos, da rede pública estadual, em Campinas. A analise estatística foi realizada utilizando o SPSS 18. De acordo com os questionários respondidos...

Explicações reducionistas no discurso científico sobre o transtorno de déficit de atenção com hiperatividade desde 1950

Brzozowski, Fabíola Stolf
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 283 p.| il., tab.
POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, entro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva, Florianópolis, 2013; O Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) se tornou um transtorno psiquiátrico bastante difundido, inclusive fora dos muros acadêmicos e clínicos. Muitas das informações veiculadas nesses ambientes provêm do discurso científico, conhecimento que possui bastante crédito perante a sociedade. De maneira geral, esse discurso descreve o TDAH como uma condição psiquiátrica altamente prevalente na população em geral, de origem genética, que produz alguma alteração cerebral, responsável pelos comportamentos considerados característicos do transtorno, tratável com medicamentos estimulantes. Para entender a configuração atual do discurso científico em torno do TDAH, é necessário analisar como a definição do transtorno e seus tratamentos foram mudando ao longo do tempo. Dessa forma, nosso objetivo é analisar o discurso científico do TDAH e seus tratamentos (principalmente o metilfenidato), desde a década de 1950, a partir de dois periódicos (The American Journal of Psychiatry e Pediatrics) e das diferentes edições do DSM (Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders). Descrevemos alguns conceitos de explicações reducionistas e como esses conceitos aparecem no discurso neurocientífico atualmente para...

“SAPECA”, “DANADO”, “ABOBADINHO”, “DISTANTE”: CONSIDERAÇÕES ANTROPOLÓGICAS SOBRE O TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE A PARTIR DE ENTREVISTAS COM PROFESSORAS DE FLORIANÓPOLIS, SANTA CATARINA

Moura, Fernando Augusto Groh de Castro
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 49 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.02%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Curso de Ciências Sociais.; O presente artigo tem por objetivo discutir sobre o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), a partir de entrevistas que realizei com cinco professoras que trabalham em uma escola de Florianópolis, a qual oferece aulas para o Ensino Fundamental e Ensino Médio. Procuro explorar alguns elementos que emergem dos seguintes questionamentos: em primeiro lugar, quais os critérios que as docentes se baseiam para desconfiar que alguma aluna ou aluno possua TDAH ou algum distúrbio que, de acordo com as professoras, mereceria um tratamento psiquiátrico ou psicológico? Além disso, segundo o discurso das docentes, qual o lugar ocupado pelos medicamentos utilizados pelos estudantes diagnosticados com TDAH e de que maneira se configura a própria relação entre o pedagógico e o terapêutico? Enfim, quais as tensões e especificidades que emergem das falas das professoras em relação a tal diagnóstico e a medicalização de suas/seus alunas/os? Inicialmente, apresento as origens do TDAH como entidade nosológica, bem como as variações de critérios diagnósticos e quadros etiológicos ao longo do tempo. Em seguida...

Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade : sintoma escolar e sintoma analítico

Pita, Patrícia Pinheiro Nunes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2008.; Pelo menos desde a década de 90 do século passado o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) vem se confirmando como um dos diagnósticos psiquiátricos mais comuns entre crianças escolares. Muitos casos assim diagnosticados são encaminhados, inclusive pela escola, à clínica psicanalítica, que os tem tratado para além da fenomenologia psiquiátrica. Mas seria possível partir de outro referencial para se tratar e escolarizar crianças com esse transtorno? Eis o pressuposto desta dissertação de mestrado, construída na interface psicanálise-educação, cujo objetivo é estudar o TDAH a partir do ensino de Freud e Lacan, sem desconsiderar, tampouco destituir a nosografia deste sintoma, nem todas as questões cognitivas e neuropsicológicas que o circulam. As hipóteses gerais sobre o TDAH são formuladas em dois campos: como um sintoma escolar e como um sintoma analítico. Enquanto um sintoma escolar, o TDAH é proposto como um sintoma da escola e não da criança. A razão desta proposição devese ao fato de que a escola, também para atender à proposta inclusiva, fundamenta sua prática psicopedagógica na visão médica...

Jogos de regras como recurso de intervenção pedagógica na aprendizagem de crianças com Transtorno de Déficit de Atenção / Hiperatividade

Andrade, Rebeca da Silva Campos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2012.; Existem evidências de que a utilização de jogos com regras como recurso pedagógico influencia positivamente o desempenho escolar além de beneficiar desenvolvimento moral das crianças. A presente dissertação teve como objetivo investigar a influência desses jogos no desempenho escolar e no desenvolvimento de habilidades sociais de crianças com Transtorno de Déficit de Atenção / Hiperatividade (TDAH). Participaram deste estudo 11 crianças (6 do grupo experimental, 5 do grupo controle), 5 professoras e 6 mães. Os resultados indicaram que houve diferença significativa entre os grupos experimental e controle em relação aos pós-testes de escrita (t[9]=2,83; p=0,02), aritmética (t[9]=4,19; p=0,002) e leitura de palavras (t[9]=2,76; p=0,02). Eles demonstram também que houve diferenças significativas entre o pré-teste e o pós-teste de escrita (t[11]=5,13; p=0,001), aritmética (t[11]=7,61; p=0,001), leitura de palavras (t[11]=5,23; p=0,001) e compreensão de orações (t[11]=2,25; p=0,04) do grupo experimental. Corroboram com esses resultados os dados fornecidos pelas crianças, pelas professoras e pelas mães durante a realização da análise qualitativa. Ambos os participantes reconhecem que além do desenvolvimento de habilidades acadêmicas tais como leitura...

Percepção visual da informação de orientação, sinalização e alertas de prevenção de acidentes dos portadores de transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Guimarães, Daniel Alves Ribeiro
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2013.; Recentes estudos sobre a percepção visual de pessoas com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) demonstraram uma deficiência em seus sistema dopaminérgico no que se refere à percepção das cores azul e amarelo. Estes resultados permitem inúmeras questões com relação à percepção visual de informações como um todo. Até o presente momento, ainda não tinham sido exploradas pesquisas no campo da ciência da informação que pudessem corroborar com esses resultados, dando continuidade aos estudos sob os aspectos semióticos das informações originadas sob o foco da arquitetura da informação. Esta pesquisa insere-se no contexto da acessibilidade da informação, largamente discutido, contudo, extrapola os limites já conhecidos das deficiências auditivas e visuais. Estudos recentes têm demonstrado que os portadores de TDAH envolvem-se com maior frequência em acidentes, entretanto ainda não havia estudos que investigassem a possível relação dos acidentes com a dificuldade de percepção de determinados padrões de organização das informações destinadas à orientação...

Phonological processing in individuals with attention deficit hyperactivity disorder; Processamento fonológico em indivíduos com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade

Alves, Luciana Mendonça; Souza, Helma Tamára Vieira de; Souza, Vanessa Oliveira de; Lodi, Débora Fraga; Ferreira, Maria do Carmo Mangelli; Siqueira, Cláudia Machado; Celeste, Leticia Correa
Fonte: CEFAC - SAÚDE E EDUCAÇÃO Publicador: CEFAC - SAÚDE E EDUCAÇÃO
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR; ENG
Relevância na Pesquisa
37.02%
Objetivo: analisar e descrever o desempenho das habilidades dos componentes do processamento fonológico nos sujeitos com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDA/H). Métodos: trata-se de estudo descritivo analítico dos dados de avaliação das habilidades do processamento fonológico de 45 sujeitos, com idade entre 7 e 16 anos, com diagnóstico multiprofissional de TDA/H. Os dados foram obtidos pela análise dos prontuários dos sujeitos avaliados pelo Laboratório de Estudo dos Transtornos de Aprendizagem (LETRA) do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), nos anos de 2008 a 2011. Os resultados analisados incluem a prova de Consciência Fonológica proposta pela bateria de testes BELEC, prova de Nomeação Seriada Rápida (RAN) e Memória Auditiva. Duas variáveis foram consideradas nesta análise: idade e presença ou não de comorbidades associadas. O teste aplicado para caracterização da amostra foi o não paramétrico de Mann Whitney. Resultados: os grupos tendem a se diferenciarem ao se analisar a variável idade, nas provas de consciência fonológica e RAN. Quando a variável comorbidade foi analisada, a consciência fonológica é a mais influenciada pela presença de comorbidades. Na habilidade de memória fonológica...

Perspetiva dos professores do 2º ciclo sobre a importância do jogo no desenvolvimento de alunos com perturbação da hiperatividade e défice de atenção

Fernandes, Maria do Rosário Borges de Pinho
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
As crianças com Perturbação da Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA), podem ser um verdadeiro desafio para os pais, professores e para os próprios. Apresentamos a PHDA, nomeadamente as suas causas, diagnóstico e tratamento numa tentativa de perspetivar a importância do jogo no desenvolvimento de crianças com esta perturbação. O objetivo fundamental deste trabalho é tornar-se um instrumento para professores, de forma a tornar possível o processo de ensino e aprendizagem um sucesso para o aluno, tanto do ponto de vista cognitivo como social e emocional, para além de sensibilizar os docentes para uma problemática que vai muito além da irrequietude e agressividade, que vulgarmente apelida estes alunos. Pretendemos demonstrar que os jogos podem ser ferramentas relevantes no desenvolvimento destas crianças, contribuindo para que aprendam a viver em sociedade. O jogo é uma ferramenta cultural muito importante, pois através dele o ser humano desfruta de momentos de diversão e descontração, beneficiando ainda de momentos de aprendizagem criativa. Os jogos permitem ao ser humano conhecer e refletir sobre a sua cultura, dando-lhe a oportunidade de modificar a sua forma de estar no mundo. O uso do jogo faculta a libertação da imaginação e criatividade...

Importância das atividades lúdicas na criança com hiperatividade e défice de atenção segundo a perspetiva dos professores

Cunha, Ana Cristina Teixeira
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Este trabalho foi realizado no âmbito do Mestrado em Educação Especial: Domínio Cognitivo e Motor em Ensino Especial. O tema escolhido para este trabalho de investigação, intitula-se: “A Importância das atividades lúdicas na criança com Hiperatividade e Défice de Atenção, na perspetiva dos professores”. A passagem da criança hiperativa na escola, exige uma atenção especial por parte do professor, este deve estar bem preparado para saber contornar o problema e como proceder para incentivar o aluno a estar atento, calmo e interessado em aprender. É necessário uma didática e uma ação pedagógica voltada para as necessidades especiais do hiperativo, integrada num acompanhamento psicológico e medicação quando necessário, acompanhado de certas atividades lúdicas, é possível contornar o problema da aprendizagem e o comportamento destas crianças. O essencial é o reconhecimento da doença e a busca de soluções e as atividades lúdicas podem ajudar no tratamento e na aprendizagem destas crianças. Foi realizado uma pesquisa através de questionários dirigidos a professores com intuito de se saber qual a importância das atividades lúdicas no processo ensino aprendizagem. Após a recolha dos dados e a experiência vivenciada pelos docentes pode-se constatar o quanto é importante aplicar atividades lúdicas dirigidas para o comportamento e aprendizagem do aluno com TDHA.

Qual a perceção dos professores de primeiro e segundo ciclo e educadores de infância sobre a importância do jogo para a intervenção em alunos com hiperatividade?

Ramos, Ana Sofia Silva
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Parece consensual na literatura que a Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA) é das perturbações neurocomportamentais mais diagnosticadas, a que mais afeta a população em idade escolar. O presente trabalho é o resultado de uma pesquisa feita acerca da PHDA, uma perturbação que afeta a vida social e académica de muitas crianças e adolescentes. Os tópicos referidos são a definição de PHDA, os seus sintomas e consequências para o aluno, a forma como a escola, professores e pais deveriam lidar com esta desordem para proporcionarem aos alunos um progresso positivo no seu programa educativo e terapêutico. A criança, a PHDA, problemas de aprendizagem e outras comorbidades são também abordadas dado que estes aspetos influenciam não só o processo de diagnóstico mas também o tratamento da PHDA. É ainda fornecida informação acerca dos diferentes métodos de diagnóstico usados na avaliação da PHDA. Num segundo capítulo abordaremos a importância do jogo nas crianças hiperativas, apresentando de uma forma sucinta, a definição de jogo, a sua origem e valor. É ainda feita uma abordagem à sua pedagogia e psicologia, bem como são apresentados alguns jogos a realizar com crianças hiperativas. Na segunda parte deste trabalho é apresentada a parte experimental...

Os contornos da hiperatividade na sala de aula

Santos, Maria Isabel Nogueira dos
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Projecto de investigação no âmbito da Pós-Graduação em Educação Especial da Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti; Com o presente trabalho de investigação, efetuado no domínio das problemáticas comportamentais, em contexto escolar, pretendeu-se realizar um estudo sobre o conhecimento que os professores possuem acerca da Perturbação da Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA) e dos constrangimentos essenciais com que eles se defrontam na integração destes discentes no ensino regular. Muitas são as razões que estiveram na origem deste tema, nomeadamente a constatação das dificuldades da integração das crianças e jovens hiperativos na escola, a perturbação e a instabilidade que eles transportam para a sala de aula e a própria realidade educativa sempre em constante devir. Assim, pretende-se, sobretudo, dar a conhecer e a compreender as dificuldades com que os docentes do Segundo e Terceiro Ciclos do Ensino Regular se deparam, ao longo da prática letiva com as crianças com PHDA, bem como os métodos por eles utilizados para colmatar essas mesmas fragilidades. Os objetivos propostos assentam no estabelecimento de uma relação entre a formação dos professores no âmbito das NEE e o adequado atendimento dos discentes hiperativos...

A utilização de estratégias de condicionamento operante em alunos com transtorno de défice de atenção com hiperatividade (TDAH)

Almeida, António Manuel Rebelo
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Dissertação de Mestrado em Psicologia, Especialização em Psicologia da Educação; O objetivo geral deste estudo consistiu em perceber se o plano de intervenção no com o recurso a estratégias de reforço reduzia ou removia os comportamentos desadequados “na tarefa” e “fora da tarefa” num aluno com Transtorno de Deficit de Atenção e Hiperatividade. Comparando o número de frequências de registo de comportamento observadas em Pré-teste e Pós-teste verificou-se, através da utilização do teste t-student, que a diferença entre as mesmas foi altamente significativa visto p<0,0001. Esta significância revelou o sucesso do plano reduzindo os comportamentos “Fora da Tarefa” e capacitando ainda mais o aparecimento de comportamentos “Na Tarefa”. Dentro dos comportamentos “Na Tarefa” houve também dados estatisticamente significativos (p<0,0001),utilizando o teste t-student, visto que os comportamentos hiperativos dentro desta categoria terem sido reduzidos e os adequados potenciados com sucesso. Foi possível concluir que o plano de intervenção com recurso a estratégias de reforço foi bem-sucedido melhorando o comportamento do aluno selecionado, provando que este tipo de estratégias é bastante útil na melhoria dos comportamentos disruptivos que muitas vezes afetam o desempenho escolar.; The aim of this study was to understand whether the intervention plan with the use of reinforcement strategies reduced or removed the inappropriate behavior "On Task" and "Off Task" in a student with Attention Deficit Disorder and Hyperactivity. Comparing the number of frequencies for registration of behavior observed in pre-test and post-test...

O Esquema corporal de crianças com perturbações do espetro do autismo e de hiperatividade e défice de atenção : estudo comparativo

Garcia, Ana Cristina Soares
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Mestrado em Reabilitação Psicomotora; O objetivo do presente estudo é avaliar e comparar o esquema corporal em crianças, entre os 7 e os 12 anos, com perturbação do espetro do autismo (PEA) e perturbação de hiperatividade e défice de atenção (PHDA). (...)

Crianças e Jovens com Perturbação de Hiperatividade com Défice de Atenção : Controvérsias em torno do diagnóstico e do tratamento

Freitas, Nélia Sofia Martins de
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
A minha dissertação centra-se nas controvérsias em torno do diagnóstico e do tratamento da PHDA (Perturbação de Hiperatividade com Défice de Atenção) em crianças e jovens, mais concretamente nas representações dos profissionais de ensino sobre as formas de diagnóstico utilizadas no espaço escolar e nas novas formas que encontraram para controlar os comportamentos menos esperados na escola actual e compreender como é feita a sinalização da PHDA, como é feito o trabalho quotidiano dos profissionais que trabalham com estes alunos, quais os acordos e desacordos que existem entre eles e como justificam e defendem o seu ponto de vista em relação à melhor forma de intervir. Os principais resultados obtidos nesta investigação refletem um aumento significativo de diagnósticos da PHDA, tendo sido confirmado pelos entrevistados ao afirmarem que em todas as turmas existem alunos com este diagnóstico e utilizam medicação para tratá-la, contudo existem dúvidas em relação a esta patologia, tanto na sua existência como na qualidade dos diagnósticos. Foi possível concluir ainda que a percepção da escola e dos Professores é alterada quando o aluno é diagnosticado, isto é, antes do diagnóstico o aluno é considerado mal-educado...

Uso de fármacos na síndrome de hiperatividade com déficit de atenção

Guardiola,Ana; Terra,Alex Resende; Pereira,Kaissara Ricordi; Rotta,Newra Tellechea
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1997 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
A sindrome de hiperatividade com déficit de atenção (SHDA) constitui distúrbio comum na infância, podendo advir de fatores exógenos ou endógenos, os quais são responsáveis por comprometimento cerebral, manifestando-se por alterações funcionais dos sistemas motores, perceptivos, cognitivos e do comportamento, comprometendo a aprendizagem de crianças com potencial intelectual adequado. Os autores estudam a ação de fármacos estimulantes e antidepressivos na SHDA, usando como parâmetro de eficácia as provas de persistência motora.

Importância dos aspectos nutricionais como fator associado à síndrome de hiperatividade com déficit de atenção

Guardiola,Ana; Fuchs,Flávio D.; Terra,Alex R.; Cunha,Claudia; Driemeyer,Isabel; Schmidt,Karin; Fernandes,Liana; Leal,Jaqueline; Rotta,Newra T.
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1997 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
O distúrbio de hiperatividade com déficit de atenção constitui síndrome comum na infância, pelo que é reconhecido como problema médico-social importante, sendo objeto de extensa investigação quanto aos seus determinantes, abordagens diagnosticas e formas de prevenção e tratamento. Dentro dos fatores que podem alterar a função cerebral, encontra-se a desnutrição. Os autores discutem a associação da síndrome com o estado nutricional de uma população de escolares.

Uso de amitriptilina na síndrome de hiperatividade com déficit de atenção

GUARDIOLA,ANA; TERRA,ALEX RESENDE; FERREIRA,LUCIA TERESINHA CUNHA; LONDERO,RENATA GOMEZ
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1999 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
Estudamos a ação da amitriptilina (AMI) na síndrome de hiperatividade com déficit de atenção (SHDA). Procedeu-se a análise de 25 crianças que consultaram por SHDA, divididas em dois grupos: o grupo que fez uso da AMI (n=18) na dose de 1,6 mg/kg/dia e o grupo que fez uso de placebo (n=7). Os dois grupos foram submetidos a duas avaliações no intervalo de 30 dias, que constaram do exame neurológico evolutivo (ENE) e os subtestes números, completar fíguras e código da escala de WISC. Os resultados mostraram que a AMI produziu melhora na função persistência motora.