Página 8 dos resultados de 319 itens digitais encontrados em 0.134 segundos

Estudo molecular de prote??nas estruturais (gp21 e gp46) e regulat??rias (HBZ) do HTLV-1 em indiv??duos com diferentes perfis cl??nicos

Miranda, Aline Cristina Andrade Mota
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.12%
O v??rus linfotr??pico de c??lulas T humanas tipo 1, HTLV-1, ?? conhecido, principalmente, por ser o agente etiol??gico de uma s??ndrome neurol??gica denominada TSP/HAM. Os fatores que definem a manifesta????o de doen??a ainda n??o foram completamente esclarecidos. As glicoprote??nas do envelope s??o altamente conservadas entre os isolados do HTLV-1, no entanto, substitui????es nucleot??dicas na regi??o g??nica que codifica para estas prote??nas, podem influenciar tanto na infectividade viral como na replica????o do v??rus. A gp46 possui dom??nios funcionais j?? associados ?? inibi????o da forma????o do sinc??cio, ?? transmiss??o c??lula-c??lula e ?? produ????o de anticorpos, enquanto que a gp21 apresenta dom??nios que permitem a fixa????o dela ?? membrana plasm??tica da c??lula hospedeira. O HBZ, por sua vez, ?? relacionado ?? regula????o positiva de fatores de transcri????o importantes para o ciclo celular, al??m de suprimir a transcri????o viral mediada por TAX. Estudos recentes revelam correla????o entre os n??veis dos transcritos do HBZ e a severidade da manifesta????o da TSP/HAM. Pelo exposto, o objetivo principal do trabalho foi buscar poss??veis biomarcadores virais nos diferentes perfis cl??nicos: assintom??ticos e TSP/HAM definidos. Nossos resultados revelaram que a mediana da carga proviral dos indiv??duos assintom??ticos (ASS) (n = 5) e TSP/HAM (n = 5)...

Lasp-HIV1-restool: desenvolvimento de uma ferramenta de bioinform??tica para an??lise de resist??ncia do HIV-1 aos antirretrovirais

Cunha, Domingos Ramon Moreau da
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.38%
As terapias antirretrovirais (TARV) trouxeram um grande benef??cio para os pacientes infectados pelo HIV, por??m n??o conseguem impedir totalmente o surgimento de formas virais resistentes, causadas principalmente pela elevada taxa mutacional do v??rus. O desenvolvimento de resist??ncia do HIV aos antirretrovirais ?? um fator limitante para o sucesso da TARV. Os portadores de v??rus resistentes, al??m de n??o responderem adequadamente ao tratamento, podem tamb??m transmitir estes v??rus mutantes, representando grave problema de sa??de p??blica. O ac??mulo de muta????es de resist??ncia aos antirretrovirais representa um desafio importante na melhoria do tratamento de pacientes com v??rus multirresistentes. Atualmente, dois tipos de m??todos est??o estabelecidos para avalia????o da resist??ncia ou sensibilidade do HIV aos antirretrovirais: os testes fenot??picos e genot??picos de resist??ncia. As an??lises de resist??ncia do HIV aos antirretrovirais, avan??aram muito nos ??ltimos anos com o desenvolvimento dos algoritmos para avalia????o de resist??ncia. Atualmente, uma s??rie de sistemas de interpreta????o de resist??ncia fenot??pica e genot??pica do HIV aos antirretrovirais est??o dispon??veis na Internet. Estes sistemas identificam respectivamente os n??veis de sensibilidade in vitro aos antirretrovirais e muta????es associadas ?? resist??ncia em sequ??cias virais...

Uso de ferramentas de bioinform??tica para estudos de epidemiologia molecular, filogeografia e filodin??mica viral

Santos, Luciane Amorim
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.26%
As ferramentas de bioinform??tica tem sido amplamente utilizada para o melhor entendimento de diversos microorganismos. Neste trabalho foram realizados tr??s estudos utilizando estas ferramentas para avaliar diferentes quest??es biol??gicas. No primeiro estudo realizou-se uma caracteriza????o molecular de 57 sequ??ncias do gene pol, provenientes de pacientes infectados pelo HIV-1 de Salvador, Bahia, Brasil. Para identificar os subtipos e formas recombinantes do HIV-1 circulante na cidade de Salvador foi realizado an??lises filogen??ticas, e atrav??s do algoritmo do banco de dados Stanford HIV resistance as muta????es associadas ?? resist??ncia aos ARVs foram detectadas. Entre as 57 sequ??ncias analisadas foram identificados neste estudo 45 (77,2%) pertencem ao subtipo B, 11 (21,0%) recombinantes BF e uma (1,8%) do subtipo F1. Al??m disto, uma alta frequ??ncia de eventos de recombina????o entre os subtipos B e F foram detectados com 5 padr??es de recombina????o, duas interg??nicas e tr??s intrag??nicas, mostrando uma alta diversidade. As muta????es encontradas com uma maior preval??ncia foram: I54V (PI) em 7,0%; M184V (NRTI) em 14,0% e K103N (NNRTI) em 10,5% das sequ??ncias analisadas. Estes resultados contribuem para tra??ar o perfil da epidemiologia molecular e diversidade do HIV-1 em Salvador. O segundo estudo avaliou a filodin??mica do HIV-1 em pares de m??e e filho infectados...

An??lise computacional de metagenomas: evid??ncias de um resistoma marinho

Andrade, Bruno Gabriel Nascimento
Fonte: Instituto Oswaldo Cruz. Publicador: Instituto Oswaldo Cruz.
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.19%
As Metallo-??-Lactamases (M??ls) s??o uma fam??lia de enzimas cuja import??ncia cl??nica reside na sua capacidade de hidrolisar praticamente todos os antibi??ticos da classe dos ??-Lact??micos, incluindo as carbapenemas, que s??o os compostos mais poderosos utilizados atualmente, a ??nica exce????o s??o os monobact??micos. Estas enzimas s??o classificadas em tr??s subclasses, B1, B2 e B3, com base nas suas identidades em n??vel de sequ??ncia e perfil de atividade. As enzimas das subclasses B1 e B3, caracterizam-se por ter amplo espectro de a????o enquanto que, as da subclasse B2, s??o carbapenemases estritas. O conjunto de genes associados ?? resist??ncia das bact??rias aos antimicrobianos, presentes em um determinado ambiente, ?? conhecido como ???Resistoma???. Evid??ncias caracterizam a microbiota de ambientes naturais como fonte e/ou reservat??rio destes genes e o resistoma ambiental como reservat??rio original das M??ls. Nosso estudo tem como objetivo buscar em projetos de metagenomas marinhos p??blicos evid??ncias da exist??ncia de um resistoma neste bioma. Buscamos, in silico, por M??ls putativas similares ??quelas encontradas em bact??rias presentes em ambientes cl??nicos. Os projetos de metagenomas marinhos p??blicos foram obtidos no banco de armazenamento do Cyberinfrastructure for Advanced Microbial Research (CAMERA)...

Aplicação de um protocolo de espectroscopia por ressonância magnética das adrenais: experiência com mais de 100 casos

Melo,Homero José de Farias e; Goldman,Suzan M.; Szejnfeld,Jacob; Faria,Juliano F.; Huayllas,Martha K. P.; Andreoni,Cássio; Kater,Cláudio E.
Fonte: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem Publicador: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.09%
Objetivo: Avaliar um protocolo de espectroscopia por ressonância magnética (ERM) do próton de hidrogênio (1H) bidimensional (2D) disponível comercialmente (Siemens Medical Systems; Erlangen, Alemanha), aplicado para nódulos adrenais e diferenciação das massas (adenomas, feocromocitomas, carcinomas e metástases). Materiais e Métodos: Um total de 118 pacientes (36 homens e 82 mulheres), apresentando-se com 138 nódulos/massas adrenais, foi avaliado prospectivamente (média de idade: 57,3 ± 13,3 anos). Uma sequência de ERM-1H-PRESS-CSI (espectroscopia por resolução de ponto-imagem por desvio químico) multivoxel foi utilizada. Análise espectroscópica foi realizada da esquerda-direita, sentido crânio-caudal, usando três sequências sagitais, além de sequências axiais e coronais T2-HASTE. Os seguintes índices foram calculados: colina (Cho)/creatina (Cr), 4,0–4,3 ppm/Cr, lipídio (Lip)/Cr, Cho/Lip e lactato (Lac)/Cr. Resultados: ERM-1H-2D foi bem sucedida em 123 (89,13%) lesões. Os valores de sensibilidade e especificidade encontrados para as proporções e pontos de corte avaliados foram: Cho/Cr ≥ 1...

Efeitos do autocontrole da sequência de movimentos na aprendizagem de uma tarefa de “timing” coincidente

Bastos,Flavio Henrique; Araujo,Ulysses Okada de; Freudenheim,Andrea Michele
Fonte: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.13%
O objetivo do presente estudo foi investigar os efeitos de autocontrolar a sequência de movimentos, na aprendizagem de uma tarefa de “timing” coincidente. Trinta adultos jovens (idade = 23 ± 5,5 anos) sem experiência prévia na tarefa foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos com condições diferentes quanto a sequência de movimentos, autocontrolado (LIVRE) e externamente controlado (DET). Os participantes deveriam tocar seis sensores sequencialmente, o último coincidentemente à chegada de um estímulo visual (tarefa de “timing”). Na aquisição, os participantes do grupo DET deveriam tocar os sensores numa sequência determinada, enquanto os do grupo LIVRE poderiam tocar os sensores em qualquer ordem (exceto o último, que foi o mesmo para ambos os grupos). Apesar de nenhuma diferença ter sido encontrada em relação ao número de tentativas necessárias ao alcance do desempenho critério na aquisição, o grupo LIVRE apresentou pior desempenho na transferência comparado ao grupo DET, indicando que ter controle sobre a sequência de movimentos que precede a coincidência prejudica a aprendizagem da habilidade.

Estratigrafia do Grupo Araí: registro de rifteamento paleoproterozoico no Brasil Central

Tanizaki,Maria Luiza Nascentes; Campos,José Eloi Guimarães; Dardenne,Marcel Augute
Fonte: Sociedade Brasileira de Geologia Publicador: Sociedade Brasileira de Geologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
16.12%
O Grupo Araí, composto por um conjunto de rochas metassedimentares e metavulcânicas, de baixo grau metamórfico, sobreposto à Suíte Aurumina e à Formação Ticunzal, constitui uma sucessão depositada em uma bacia do tipo rifte intracontinental, cuja evolução iniciou antes de 1,77 Ga no Paleoproterozoico. Esse grupo foi subdividido, classicamente, em Formação Arraias (sequência continental) e Formação Traíras (sequência marinha). Entretanto, a análise, compilação e integração dos dados geológicos no que tange à geologia sedimentar e à tectono-estratigrafia mostraram a necessidade de subdividi-lo em quatro unidades: Água Morna, Arraias, Caldas e Traíras. A Formação Água Morna representa um sistema deposicional fluvial entrelaçado, instituído em uma bacia do tipo SAG-intracontinental, no contexto tectônico da fase pré-rifte, representando a Tectonossequência Água Morna submetida a processos de subsidência termal. A Formação Arraias constitui um espesso pacote de sedimentos continentais, subdividida nos membros Cubículo (leques aluviais)...

O desenvolvimento do pensamento e da linguagem alg?bricos no ensino fundamental: an?lise de tarefas desenvolvidas em uma classe do 6? ano.

Veloso, D?bora Silva
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Educa??o Matem?tica. Departamento de Matem?tica, Instituto de Ci?ncias Exatas e Biol?gicas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Educa??o Matem?tica. Departamento de Matem?tica, Instituto de Ci?ncias Exatas e Biol?gicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.12%
A ?lgebra, apesar de seu valor ineg?vel na forma??o matem?tica do cidad?o, figura como uma das ?reas que oferece grandes dificuldades para professores e alunos. Uma das explica??es apresentadas pela literatura nacional e internacional ? o fato de seu ensino ser predominantemente mec?nico e desprovido de sentido para os alunos. Outra ? a ?nfase excessiva no simbolismo em detrimento do desenvolvimento do pensamento alg?brico. Tais leituras e reflex?es levaram-nos construir, desenvolver e analisar um conjunto de tarefas envolvendo padr?es e sequ?ncias com o prop?sito de investigar como alunos iniciantes no estudo de ?lgebra lidariam com as mesmas e responder a seguinte quest?o de investiga??o: Que contribui??es uma proposta de ensino baseada na percep??o e generaliza??o de padr?es e sequ?ncias pode trazer para o desenvolvimento do pensamento alg?brico e da linguagem alg?brica em alunos que se iniciam no estudo da ?lgebra? A pesquisa aconteceu em uma classe do 6? ano do Ensino Fundamental de uma escola privada de Belo Horizonte (MG). Sete tarefas foram desenvolvidas nos hor?rios regulares das aulas de Matem?tica. Esse estudo...

Classificação de Sequências Metagenômicas

Asseiss Neto, Habib
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.05%
Este trabalho discute alguns m etodos para o problema de classi ca c~ao de sequ^encias metagen^omicas, e apresenta um m etodo alternativo baseado em compara c~ao de sequ^encias, montagem de fragmentos e logenia, cuja principal caracter stica e a de agrupar apenas sequ^encias que compartilham similaridade com prote nas conhecidas. O m etodo proposto foi testado com um conjunto de dados metagen^omicos simulados e apresentou resultados satisfat orios, quando comparado com outros. Al em de se mostrar util como m etodo direto de classi ca c~ao, pode tamb em ser utilizado como auxiliar, corrigindo classi ca c~oes erradas feitas por outras metodologias.; This work presents a discussion of some methods to the problem of classifying metagenomic sequences, and presents an alternative method based on sequence comparison, fragment assembly and phylogeny, whose the main feature is the grouping of only sequences that share similarity to known proteins. The method has been tested on a simulated set of metagenomic sequences and has shown satisfying results when compared to others. Besides proven useful as a direct method of classi cation, it can also be used as auxiliary one, correcting erroneous classi cations made by other methodologies.

Influ?ncia de par?metros espaciais sobre potenciais corticais provocados visuais gerados por estimula??o pseudoaleat?ria

ARA?JO, Carolina dos Santos
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.04%
As contribui??es dos mecanismos de detec??o de contraste ao potencial cortical provocado visual (VECP) t?m sido investigadas com o estudo das fun??es de resposta ao contraste e de resposta ? frequ?ncia espacial. Anteriormente, o uso de sequ?ncias-m para o controle da estimula??o era restrito ? estimula??o eletrofisiol?gica multifocal que, em alguns aspectos, se diferencia substancialmente do VECP convencional. Estimula??es ?nicas com contraste espacial controlado por sequ?ncias-m n?o foram extensivamente estudadas ou comparadas ?s respostas obtidas com as t?cnicas multifocais. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influ?ncia da frequ?ncia espacial e do contraste de redes senoidais no VECP gerado por estimula??o pseudoaleat?ria. Nove sujeitos normais foram estimulados por redes senoidais acrom?ticas controladas por uma sequ?ncia-m bin?ria pseudoaleat?ria em 7 frequ?ncias espaciais (0,4 a 10 cpg) em 3 tamanhos diferentes (4?, 8? e 16? de ?ngulo visual). Em 8?, foram testados adicionalmente seis n?veis de contraste (3,12% a 99%). O kernel de primeira ordem n?o forneceu respostas consistentes com sinais mensur?veis atrav?s das frequ?ncias espaciais e dos contrastes testados ? o sinal foi muito pequeno ou ausente ? enquanto o primeiro e o segundo slice do kernel de segunda ordem exibiram respostas bastante confi?veis para as faixas de est?mulo testadas. As principais diferen?as entre os resultados obtidos com o primeiro e o segundo slice do kernel de segunda ordem foram o perfil das fun??es de amplitude versus contraste e de amplitude versus frequ?ncia espacial. Os resultados indicaram que o primeiro slice do kernel de segunda ordem foi dominado pela via M...

Caracteriza??o gen?tica parcial e completa da nucleoprote?na de hantav?rus na Amaz?nia brasileira

SIMITH, Darlene de Brito
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.18%
A S?ndrome Pulmonar por Hantav?rus (SPH) vem sendo diagnosticada na Amaz?nia brasileira desde 1995. At? dezembro de 2010 j? foram diagnosticados 289 casos na Amaz?nia brasileira, registrados nos estados do Mato Grosso, Par?, Maranh?o, Amazonas e Rond?nia. O objetivo geral do presente estudo foi caracterizar geneticamente cepas de hantavirus circulantes nesses estados. Foram utilizadas amostras de v?sceras de roedores silvestres positivos para anticorpos IgG contra hantav?rus, capturados em estudos ecoepidemiol?gicos, realizados nos munic?pios de Itacoatiara/AM, Alto Para?so/RO e Campo Novo do Parecis/MT, e soro/sangue de casos humanos de SPH provenientes dos munic?pios da ?rea de influ?ncia da BR-163, nos estados do Par? e Mato Grosso, Tom?-A?u/PA, Tangar? da Serra/MT, al?m de pool de v?sceras de um ?bito procedente de Anajatuba/MA. As amostras foram submetidas ? extra??o de RNA viral, seguida das rea??es de RT-Hemi-Nested-PCR para amostras de roedores, RT-Nested-PCR para amostras de humanos e sequenciamento nucleot?dico, utilizando o m?todo de Sanger e o pirossequenciamento, sendo, posteriormente, verificados quanto a aspectos como, identidade (BLAST search), similaridade (SimPlot) e homologia nucleot?dica e aminoac?dica com outros hantav?rus (Clustal W). Foram obtidas as sequ?ncias parciais dos hantav?rus em cinco roedores da esp?cie Oligoryzomys microtis (n=2 de Itacoatiara/AM; n=3 de Alto Para?so/RO) e em oito amostras de humanos (n=1 de Tom?-A?u/PA; n=1 de Altamira/Cachoeira da Serra; n=1 de Novo Progresso/PA; n=1 de Guarant? do Norte/MT; n=1 de Anajatuba/MA e n=3 de Altamira/Castelo dos Sonhos). Com a utiliza??o da estrat?gia do pirossequenciamento foram obtidas as sequ?ncias completas do gene N...

Caracteriza??o molecular e rela??o filogen?tica do genoma completo dos arbov?rus Bussuquara, Iguape, Ilh?us e Rocio (Fam?lia Flaviviridae, G?nero Flavivirus)

MEDEIROS, Daniele Barbosa de Almeida
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
16.05%
Os flaviv?rus s?o conhecidos por seu complexo ciclo biol?gico e import?ncia na sa?de p?blica e na economia mundial. Os aspectos ecol?gicos e quadros cl?nicos est?o estreitamente relacionados ? filogenia e evolu??o dos flaviv?rus. Este trabalho objetiva a caracteriza??o molecular dos genomas dos flaviv?rus Bussuquara (VBSQ), Iguape (VIGU), Ilh?us (VILH) e Rocio (VROC), determinando rela??es filogen?ticas com os demais integrantes do g?nero Flavivirus. Foi realizado o seq?enciamento completo da regi?o codificadora (ORF) e regi?es n?o codificantes (RNC) 5? e 3?; an?lise da estrutura secund?ria do RNA viral e das sequ?ncias conservadas da 3?RNC; determina??o dos s?tios de clivagem, glicosila??o, res?duos Cis e motivos conservados na poliprote?na; e as an?lises de similaridade e filogen?tica. Os genomas dos VBSQ, VIGU, VILH e VROC apresentaram a mesma organiza??o que os demais flaviv?rus, medindo 10.815 nt, 10.922 nt, 10.775 nt, 10.794 nt, respectivamente. O padr?o das sequ?ncias conservadas da 3?RNC do VBSQ foi RCS2-CS2-CS1, enquanto que para os VIGU, VILH e VROC foram CS3-RCS2-CS2-CS1. As caracter?sticas das estruturas secund?rias do RNAs dos flaviv?rus em estudo foram similares aos demais flaviv?rus. O n?mero dos s?tios de glicosila??o das prote?nas PrM...

Aplica??o de pintura cromoss?mica em esp?cies da fam?lia Accipitridae (Aves, Falconiformes): considera??es filogen?ticas e evolutivas

TAGLIARINI, Marcella Mergulh?o
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
16.04%
As an?lises citogen?ticas de diversos Falconiformes mostraram que os acipitr?deos t?m uma organiza??o cromoss?mica at?pica na classe Aves, com um n?mero dipl?ide relativamente baixo (m?dia de 2n= 66) e poucos pares de microcromossomos (4 a 6 pares). Propostas baseadas em citogen?tica cl?ssica sugeriram que esse fato devia-se ? fus?o de microcromossomos presentes no cari?tipo ancestral das Aves. No intuito de contribuir para o esclarecimento das quest?es referentes ? evolu??o cromoss?mica e filogen?tica dessa fam?lia, tr?s esp?cies da subfam?lia Buteoninae (Rupornis magnirostris, Buteogallus meridionales e Asturina nitida) e duas esp?cies da subfam?lia Harpiinae (Harpia harpyja e Morphnus guianensis) foram analisados citogeneticamente atrav?s da aplica??o de t?cnicas de citogen?tica cl?ssica e molecular. As esp?cies de Buteoninae apresentaram cari?tipos muito semelhantes, com n?mero dipl?ide igual a 68; o n?mero de cromossomos de dois bra?os entre 17 e 21, o cromossomo Z submetac?ntrico e o W metac?ntrico em R. magnirostris e submetac?ntrico em Asturina nitida. O uso de sondas de 18/28S rDNA mostrou a localiza??o de regi?es organizadoras de nucl?olo em um par submetac?ntrico m?dio nas tr?s esp?cies, correspondendo ao bra?o curto do par 7. Sequ?ncias telom?ricas foram mapeadas n?o s? na regi?o terminal dos bra?os...

Detec??o, epidemiologia e an?lise molecular de rotav?rus, picobirnav?rus e reov?rus em aves de corte criadas em granjas na mesorregi?o metropolitana de Bel?m, Par?, Brasil

SILVA, Ren? Ribeiro da
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
16.04%
Este estudo objetivou investigar a ocorr?ncia de rotav?rus avi?rio (RVA), picobirnav?rus (PBV) e reov?rus avi?rio (ARV) em aves de corte criadas em granjas situadas na Mesorregi?o Metropolitana de Bel?m, Par?, no per?odo compreendido entre 2008 a 2011. Para tal, foram colhidos 85 pools de amostras fecais provenientes de 37 granjas pertencentes a oito munic?pios. O RNA viral foi extra?do a partir das suspens?es fecais e submetido ? eletroforese em gel de poliacrilamida (EGPA) seguido da RT-PCR. Foi selecionada pelo menos uma amostra de cada munic?pio positivo para o sequenciamento de nucleot?deos dos genes NSP4 (rotav?rus), RdRp (picobirnav?rus) e S2 (reov?rus), sendo que no caso dos picobirnav?rus as amostras foram clonadas antes do sequenciamento. A EGPA demonstrou positividade em 0/85 (0%) amostras para RVA do grupo A, 13/85 (15,3%) amostras para PBV e 01/85 (1,2%) amostras para ARV. No caso da RT-PCR foi verificado positividade em 35/85 (41,2%), 42/85 (49,4%) e 28/85 (32,9%) das amostras para RVA, PBV e ARV, respectivamente. Dos oito munic?pios estudados, sete apresentaram amostras positivas para PBV e seis apresentaram amostras positivas para RVA e ARV. Das 37 granjas estudadas foi observada a presen?a dessas infec??es virais em 19 (51...

Ocorr?ncia de rotav?rus do grupo D em aves criadas em granjas na mesorregi?o metropolitana de Bel?m, Par?

BEZERRA, Delana Andreza Melo
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.04%
Os rotav?rus infectam seres humanos e v?rias esp?cies de animais e s?o constitu?dos por part?culas icosa?dricas, n?o envelopadas, formadas por um genoma de 11 segmentos de dsRNA. S?o classificados em sete grupos designados de A-G. O rotav?rus do grupo D (RVs-D) tem sido documentado em aves, por?m existem poucos estudos dispon?veis, principalmente com dados de detec??o por RT-PCR e obten??o de sequ?ncias nucleot?dicas. Este estudo objetivou investigar a ocorr?ncia de RVs-D em aves criadas em granjas situadas na Mesorregi?o Metropolitana de Bel?m- Par?, no per?odo compreendido entre 2008 a 2011. Foram colhidos 85 pools de amostras fecais provenientes de 37 granjas pertencentes a oito munic?pios da Mesorregi?o Metropolitana de Bel?m. O dsRNA viral foi extra?do a partir das suspens?es fecais e submetido ? eletroforese em gel de poliacrilamida (EGPA) seguido da RT-PCR realizada a partir da constru??o de iniciadores espec?ficos para os genes VP6 e VP7 do RVs-D. Foi selecionada uma amostra positiva de cada munic?pio para o sequenciamento de nucleot?deos dos genes VP6 e VP7, sendo cinco amostras clonadas. A EGPA demonstrou positividade em 14/85 (16,5%) amostras e a RT-PCR em 30/85 (35,3%) amostras. Dos oito munic?pios estudados, sete apresentaram amostras positivas para RVs-D. Dentre as 37 granjas pertencentes a esses munic?pios foi observado a presen?a dessa infec??o viral em 17 (45...

Os instrumentos formativos no processo de ensino/aprendizagem da escrita

LAMEIRA, Renata dos Santos
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.04%
O presente estudo versa sobre os instrumentos formativos e os processos de regula??o na aprendizagem da produ??o escrita, em Portugu?s como l?ngua materna. Inscreve-se na perspectiva da avalia??o formativa de orienta??o franc?fona, que se focaliza nos processos de regula??o e de autoavalia??o, com a finalidade principal de favorecer a aprendizagem, de maneira que os pr?prios aprendentes possam detectar suas dificuldades e, a partir das atividades de an?lise propostas, desenvolver instrumentos para super?-las. Articula-se esta concep??o da avalia??o com os pressupostos de uma abordagem interacionista do ensino/aprendizagem de l?ngua materna que visa, mediante atividades de linguagem significativas, promover a reflex?o sobre o uso da l?ngua e o desenvolvimento das compet?ncias discursivas. Neste contexto, relata-se um projeto de escrita de contos fant?sticos, realizado em uma turma do 7? ano do ensino fundamental, no ?mbito de uma pesquisa-a??o, metodologia essa que permite a todos os participantes ? professores e alunos ? serem sujeitos mais efetivos na constru??o do conhecimento. No desenvolvimento do projeto de escrita adotou-se o procedimento Sequ?ncia Did?tica, tal como modelizado por Schneuwly e Dolz (2004), uma vez que tal procedimento se coaduna plenamente com os princ?pios da avalia??o formativa. Ao longo da sequ?ncia foram sendo elaborados pelos participantes alguns instrumentos (listas...

An??lise do espa??ador interg??nico do gene de calmodulina em parasitas da fam??lia Trypanosomatidae Trypanosomatidae: potencial como marcador molecular

Acosta, Franklyn Enrique Samudio
Fonte: Instituto Oswaldo Cruz Publicador: Instituto Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.19%
A caracteriza????o e descri????o de esp??cie na fam??lia Trypanosomatidae aindaa depende da morfologia e identidade de ho ospedeiros dos tripanossomat??deos. Embora v??rioos marcadores moleculares tenham sido descriitos nas ultimas d??cadas nenhum deles tem sido proposto como uma ferramenta molecular defin nitiva para complementar a informa????o ministrada pelas an??lises morfol??gicas. Com objetivo dee avaliar o potencial do espa??ador interg??nico o do gene de calmodulina como marcador molecular e estudar a composi????o desta a regi??o nos tripanossomat??deos, foram ampl lificados clonados e seq??enciados os espa??adores interg??nicos de Crithidia fasciculata, C. deane ei, C. guilhermei, C. acanthocephali, C. luciliae , C. desouzai, Trypanosoma rangeli e compara ados com as sequ??ncias que est??o publicamente diispon??veis de T. brucei, T. cruzi, Leishmania mex xicana, L. major, L. infantum, L. tarentolae e Phytom monas serpens. Caracter??sticas como organiza???? ??o gen??tica do gene de calmodulina, conte??do de G G+C e presen??a de repeti????es de simples sequ????ncia tamb??m foram avaliados. O gene de calmo odulina mostrou estar organizado in tandem de dduas a quatro copias separados por espa??adores interg??nicos os quais podem apresentar varia?? ????o no tamanho. Estes espa??adores mostraram ppouca varia????o intraespec??fica no seu conte??d do de G+C sem importar qualquer diferen??a de tamanho. Nos tripanossomat??deos monox??nico os a tend??ncia aponta que os organismos com um espa??ador interg??nico maior apresentam um m conte??do maior de G+C. Evidenciou-se a presen?? ??a de repeti????es de sequ??ncia simples nos espaa??adores...

Implementação da geração e detecção das sequências de treino 802.11p

Carvalho, Bruno Rodrigues Braz de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.12%
As comunica c~oes veiculares s~ao um campo da comunica c~ao r adio ainda pouco disseminado. O tipo de comunica c~oes efectuado no ^ambito veicular, at e agora, resume-se a um conjunto muito restrito de aplica c~oes, de entre as quais se destaca o tolling. No entanto, e dada a crescente necessidade de comunica c~oes nos mais variados cen arios, o grupo de standards IEEE 802.11 desenvolveu uma norma que permitir a comunica c~ao r adio com alta largura de banda em ambientes veiculares - a norma IEEE 802.11p. Um dos maiores problemas das comunica c~oes neste tipo de ambientes passa pela fraca qualidade do canal, bem como as suas caracter sticas bastante vari aveis. E neste ^ambito que surge a necessidade de implementa c~ao de um forte mecanismo de sincroniza c~ao e recupera c~ao das tramas transmitidas. A norma encontra-se munida de ferramentas capazes de auxiliar tanto a sincroniza c~ao no dom nio do tempo como no dom nio das frequ^encias. Contempla a utiliza c~ao de sequ^encias de treino bem de nidas e de portadoras piloto, capazes de incorporar sistemas de sincroniza c~ao potenciadores de uma comunica c~ao mais est avel. Com este trabalho, pretende-se desenvolver uma ferramenta capaz de, quando implementado num sistema completo de comunica c~oes veiculares...

Genetic architecture of agronomic traits in peach [Prunus persica (L.) Batsch]: subacid, flat shape and nectarine

López Girona, Elena; Espunya Prat, María Carmen
Fonte: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/publishedVersion
Publicado em //2014 ENG
Relevância na Pesquisa
16.18%
L'objectiu dels programes de millora genètica del préssec és generar varietats adaptats a les condicions agronòmiques locals i satisfer els requeriments del consumidor. Això últim implica millorar la qualitat del fruit. L'estratègia seguida per molts milloradors es basa en la selección de descendents de creuaments on s'espera segregació per a caràcters fenotípics. Es tracta d'un mètode costós tant en temps com en diners a causa del período de juvenilitad del presseguer (2-3 anys) i també als recursos que suposa el mantener les plàntules en el camp durant el procés d'avaluació i selecció. L'objectiu d'aquesta tesi va ser el desenvolupament de marcadors moleculars per a la seva aplicació en la selecció assistida per marcadors (SAM) de tres caràcters del fruit: baixa acidesa, fruit pla i pell glabra. En els dos primers capítols estudiem el locus del carácter subàcido (D) i el fruit pla (S) i hem realitzat l'anàlisis d'associació en les seves respectives regions genòmiques. Per a ambdós caràcters s'han generat i validat marcadors moleculars (SSRs i SNPs) que poden ser directament aplicats a SAM. L'estudi de l'haplotipus subàcid ens va permetre identificar diversos gens candidats. Aquestes resultats ens suggereix l'existència d'un únic origen de l'al·lel subàcido. L'anàlisi del locus S ens va permetre identificar dues INDELs altament associats amb el fruit pla. Aquests polimorfismes es van observar en regió codificant del gen ppa025511m...

Sequence formation: conceptual and methodological aspects; Formação de sequências: aspectos conceituais e metodológicos

de Assis, Grauben José Alves; Universidade Federal do Pará; Baptista, Marcelo Quintino Galvão; Universidade Federal do Pará; Nunes, Ana Letícia Moraes; Universidade Federal do Pará
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2010 POR
Relevância na Pesquisa
16.13%
A noção de controle de estímulos pode ser aplicada à análise de comportamentos novos, derivados de contingências que estabelecem a produção de sequências, nas quais a ordem tem uma importante função. O presente estudo teve como objetivo apontar algumas descrições comportamentais sobre o responder sequencial, sugeridas por alguns autores. Apresenta alguns aspectos conceituais referentes à relação entre topografia de controle de estímulos e aprendizagem relacional; tipos de sequências; e a definição de sequências baseada em propriedades matemáticas e outras possíveis fontes de controle. Os estudos relatados apresentaram em comum um treino por encadeamento ou sobreposição de estímulos que constituíam a linha de base para exposição aos testes de transitividade, conectividade e formação de classes ordinais. Conclui-se que no responder sequencial, a variável ordem se define a partir de dimensões ou características de estímulos com as quais tem relação, dentre as quais o tamanho da sequência e a temporalidade e remete à relação entre eventos antecedentes e consequentes.   Palavras-chave: produção de sequencias; encadeamento; humanos.; The idea of stimulus control can be applied to the analysis of new behavior...