Página 7 dos resultados de 241 itens digitais encontrados em 0.031 segundos

Orçamento participativo de Porto Alegre: gênese, avanços a limites de uma idéia que se globaliza

Fedozzi, Luciano
Fonte: CET - Centro de Estudos Territoriais Publicador: CET - Centro de Estudos Territoriais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/2009 POR
Relevância na Pesquisa
25.96%
O artigo versa sobre o contexto de surgimento da prática de gestão local que ficou conhecida como Orçamento Participativo, em Porto Alegre, capital do sul do Brasil com 1,4 milhões de habitantes. O artigo demonstra que essa inovação da democracia participativa foi resultante de uma trajetória sinuosa e indeterminada (com crises e contradições irredutíveis a soluções definitivas) e, também, do encontro sinérgico entre algumas variáveis que configuraram um ciclo virtuoso na relação entre os novos agentes do Estado e os atores populares da sociedade civil em luta pelo direito à cidadania no período final da ditadura militar no país (1979-1985). Após a contextualização, que demonstra o equívoco da replicação mecânica do "modelo" em outras realidades, é apresentada uma síntese do modo de funcionamento do Orçamento Participativo, bem como são apontados resultados, potencialidades e limites que desafiam a evolução histórica dessa invenção democrática. Os desafios são imputados em parte à alternância do poder havida após 16 anos de governos do PT, mas, também, pelo acúmulo de ausência de iniciativas para realizar as mudanças constantes que os processos dinâmicos requerem.

A Construção de Identidades Muçulmanas: Um Enfoque Comparativo entre Duas Comunidades Paulistas

Castro,Cristina Maria de
Fonte: Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) Publicador: Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
25.97%
Este artigo analisa a construção de identidades muçulmanas no Brasil. Procura- se mostrar como se dá este processo frente ao campo religioso brasileiro, às pressões advindas da globalização e às tensões internas entre gêneros e entre imigrantes de origem árabe e convertidos. Através da aplicação da técnica de observação participante junto à Liga da Juventude Islâmica e aoCentro Islâmico de Campinas, o texto permite observar uma multiplicidade de crenças e práticas islâmicas desenvolvidas em solo brasileiro.

A racialização do mundo

IANNI,OCTAVIO
Fonte: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1996 PT
Relevância na Pesquisa
16.28%
A globalização do capitalismo e a nova divisão transnacional do trabalho, dinamizada pelas novas tecnologias, pela informatização e pela robotização da produção, processo que também se expressa pelas migrações entre as nações dentro de um amplo processo de urbanização do mundo, mostram-nos a emergência e a ressurgência de problemas raciais associados a nacionalismos e localismos. Isto ressalta que a globalização é acompanhada de uma fragmentação, onde as linhas limites entre classe e raça mesclam-se e confundem-se mas, na maioria das vezes, não se dissolvem. Neste contexto, os problemas raciais podem ser vistos como manifestação de movimentos e configurações, e como dimensão fundamental da sociedade globalizada em formação

Saúde Global em tempos de globalização

Fortes,Paulo Antônio de Carvalho; Ribeiro,Helena
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.42%
O presente artigo apresenta definições, conceitos e princípios do campo de conhecimentos e práticas conhecido como “Saúde Global”, baseando-se em seu desenvolvimento histórico e em seu contexto contemporâneo, marcado pelo fenômeno da globalização. Mostra a evolução do conceito de saúde internacional para o de Saúde Global. A globalização econômica, que está aliada à globalização política, cultural, informacional e comunicativa, traz novas oportunidades e desafios, cujos benefícios e impactos adversos, que envolvem todas as dimensões das relações humanas, ainda carecem de análises compreensivas. Processos de interdependência planetária trazem benefícios e riscos para a saúde humana, de forma diferenciada ao redor do globo. Discute o que são problemas de Saúde Global no século XXI, caracterizado por problemas de saúde acumulados, problemas novos e problemas decorrentes de mudanças de paradigmas. Propõe uma agenda de pesquisa em Saúde Global para o presente e futuro próximo, exemplificando temas em três linhas principais: a distribuição desigual das doenças e agravos da saúde ao redor do mundo; os impactos das mudanças ambientais globais na saúde humana e formas de mitigação e adaptação; e políticas...

TECNOLOGIA E METODOLOGIA NO ENSINO DE INGLÊS: IMPACTOS DA GLOBALIZAÇÃO E DA INTERNACIONALIZAÇÃO

Finardi,Kyria Rebecca; Porcino,Maria Carolina
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 EN
Relevância na Pesquisa
16.29%
O artigo reflete sobre o papel das tecnologias nas diversas metodologias de ensino de inglês e sobre o impacto da globalização e internacionalização na educação em geral e no ensino de inglês em especial. O estudo é baseado no pressuposto de que o acesso à informação e à tecnologia é necessário para a construção de capital social (WARSCHAUER, 2003) e que esse acesso exige algum conhecimento de inglês e letramento digital (FINARDI; PREBIANCA; MOMM, 2013). Partimos de uma revisão bibliográfica sobre o uso de metodologias no ensino de inglês e do papel das tecnologias nessas metodologias para propor que a resistência e o uso acrítico de tecnologias podem ter consequências negativas, tanto para o desenvolvimento da proficiência em inglês quanto para o desenvolvimento social do Brasil. O estudo conclui que na era do pós método (BROWN, 2002; KUMARAVADIVELO, 2003) e da informação (LEVY, 1999) as tecnologias têm um papel relevante e crucial que deve ser considerado criticamente nas metodologias de ensino de línguas. O estudo sugere ainda que o uso informado de tecnologias e metodologias...

As Rela????es de trabalho e de seguridade social no Reinado Neoliberal

Costa, Jos?? Ricardo Caetano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
25.97%
Este modesto artigo pretende analisar o processo da mundializa????o globaliza????o do capitalismo, na fase neoliberal vigente, enfocando os efeitos desse processo junto aos movimentos sociais e, especialmente, junto ao movimento sindical.Al??m disso, pretende analisar o processo de precariza????o do trabalho, bem como o enfraquecimento dos sindicatos diante deste contexto

Orçamento Participativo de Porto Alegre: Gênese, avanços a limites de uma idéia que se globaliza

Fedozzi, Luciano; DINÂMIA'CET-IUL
Fonte: DINÂMIA'CET-IUL Publicador: DINÂMIA'CET-IUL
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2012 POR
Relevância na Pesquisa
25.96%
O artigo versa sobre o contexto de surgimento da prática de gestão local que ficou conhecida como Orçamento Participativo, em Porto Alegre, capital do sul do Brasil com 1,4 milhões de habitantes. O artigo demonstra que essa inovação da democracia participativa foi resultante de uma trajetória sinuosa e indeterminada (com crises e contradições irredutíveis a soluções definitivas) e, também, do encontro sinérgico entre algumas variáveis que configuraram um ciclo virtuoso na relação entre os novos agentes do Estado e os atores populares da sociedade civil em luta pelo direito à cidadania no período final da ditadura militar no país (1979-1985). Após a contextualização, que demonstra o equívoco da replicação mecânica do "modelo" em outras realidades, é apresentada uma síntese do modo de funcionamento do Orçamento Participativo, bem como são apontados resultados, potencialidades e limites que desafiam a evolução histórica dessa invenção democrática. Os desafios são imputados em parte à alternância do poder havida após 16 anos de governos do PT, mas, também, pelo acúmulo de ausência de iniciativas para realizar as mudanças constantes que os processos dinâmicos requerem.

Uma apresentação crítica dos conceitos de globalização hegemônica e contra-hegemônica à luz das novas manifestações populares internacionais

Miranda, Isabella Gonçalves; Merladet, Fábio André Diniz
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 16/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
16.27%
O presente artigo tem como objetivo dialogar com as teorias contemporâneas da democracia na era da globalização, propondo uma reflexão apurada sobre a emergência de novos fenômenos, atores e arranjos pós-nacionais. Na primeira parte é contextualizada a situação de crise da democracia na era da globalização e o problema do déficit democrático nas esferas transnacionais; em seguida, são apresentados dois projetos políticos, o hegemônico e o contra hegemônico, que buscam redefinir os valores e procedimentos dessa prática política. Por fim, o texto debruça-se sobre as possibilidades de desenvolvimento de uma sociedade civil global capaz de democratizar as instâncias pós-nacionais, em diálogo com a renovação da teoria deliberativa.

REFLEXÕES ACERCA DA CRISE HEGEMÔNICA ESTATAL À LUZ DO FENÔMENO DA GLOBALIZAÇÃO: A EMERGÊNCIA DOS NOVOS MOVIMENTOS SOCIAIS

Wasserman, Rafhael; Universidade Federal do Paraná
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/01/2007 POR
Relevância na Pesquisa
16.27%
O presente estudo tem como escopo a análise do Estado a partir de um dos maiores fenômenos da atualidade, a globalização, e, consequentemente, o surgimento dos novos movimentos sociais. Isto posto, parte-se para a observação histórica do Estado com o fim de traçar seus elementos fundantes. Com o advento da globalização, houve um incremento das relações internacionais, surgindo novas forças em contraposição a estatal, dentre elas as empresas transnacionais e os novos movimentos sociais. Constata-se, pois, a impossibilidade do Estado de lidar com o mundo fenomênico, eis que seus institutos demandam um lapso temporal incompatível com as novas necessidades, realçado o contexto de capitalismo periférico brasileiro.

The State and the active insertion in the economy: the strategy of economic development of China; O estado e a inserção ativa na economia: a estratégia de desenvolvimento econômico da China

Oliveira, Giuliano Contento; Unicamp
Fonte: Editora UFPR Publicador: Editora UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/2009 POR
Relevância na Pesquisa
25.97%
The Chinese experience in the last 25 years contradicts the orthodoxtheory, that sustains that in the context of globalization remains the peripherycountries resign the internal policies of development. The Chinese case reaffirmsthe importance of realizing economic policies to the development of the countries.In this perspective, the article discusses the strategy of development of China inthe period 1978-2005, detaching the importance of the reforms and the exchangeratepolicy in the period.; A experiência chinesa nos últimos 25 anos contradiz a tese ortodoxade que sob contexto de globalização, resta aos países da periferia renunciaràs políticas internas de desenvolvimento. O caso chinês reafirma a importânciado empenho de políticas econômicas para o desenvolvimento dos países.Nesta perspectiva, o artigo discute a estratégia de desenvolvimento econômicoda China no período 1978-2005, destacando a importância das reformasrealizadas e a política cambial empenhada no período.

Globalization dialectics and the suppression of the pré-capitalism; A dialética da globalização e a supressão do pré-capitalismo

Balanco, Paulo; UFBA
Fonte: Editora UFPR Publicador: Editora UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 30/03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
16.51%
This article analyzes the relations among globalization and the precapitalismbased in Marxist theory. Globalization notion is linked to the regularcapitalism’s transformations. These are framed in a conceptual base denominatedglobalization dialectics. Like this, the movement laws and reproduction of thecapital impose a permanent process of changes, driven under the principle of the inequality, resulting, in the end of the century XX, in the maintenance of theunderdevelopment and in the suppression of the pre-capitalism.; Este trabalho analisa as relações entre a globalização e o pré-capitalismoapoiado no referencial teórico marxista, do que decorre a vinculaçãoda noção de globalização às transformações regulares da economia capitalista.Estas estão sintetizadas em uma base conceitual aqui denominada dedialética da globalização, correspondente a uma lei de desenvolvimento docapitalismo, permitindo, portanto, a extensão do conceito de globalização paratoda a história desta sociedade. Deste modo, as leis de movimento e reproduçãodo capital impõem um permanente processo de mudanças...

Sobre o “Medo Líquido”, de Zygmunt Bauman

Carneiro Leão, Igor Zanoni Constant; UFPR; Castro, Demian; UFPR
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/05/2012 POR
Relevância na Pesquisa
25.96%
Esta resenha procura conduzir a uma reflexão sobre a globalização negativa que tem lugar desde a década de 1980 nos principais países do mundo com efeitos maléficos sobre as condições de vida que se tornam ameaçadoras para grande parte da população notadamente pobre e discriminada. Trata-se de um texto sobre um dos maiores pensadores da crise planetária que vivemos articulando um discurso entre várias áreas da cultura moderna, em especial referente ao progresso técnico.

Fundamentação teórica da integração regional e sua importância para os PED

Fernandes, Lito Nunes; UFRGS
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
16.28%
Na atual globalização, a integração de países como estratégia de promoção do desenvolvimento, sustentabilidade socioeconômica e estabilidade política foi-se transformando em estratégia e solução de diversos problemas para os países em desenvolvimento (PED); e sua fundamentação teórica se baseia em que são políticas que proporcionem a elevação da competitividade internacional. O objetivo deste artigo é o estudo teórico do fenômeno da integração com a finalidade vincular sua vantagem ao desenvolvimento dos PED. Conclui-se que a integração é uma estratégia sino quo non mesmo que insuficiente para o desenvolvimento e a inserção dos PED na Globalização.

Globalização: para quem?

Antonio Filho, Fadel David; UNESP - Rio Claro - SP
Fonte: Editora da UFSC Publicador: Editora da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2002 POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
A Globalização corresponde às profundas transformaçõespelas quais passam as sociedades humanas ou se refere, tãosomente, aos acontecimentos de ordem econômica, em escalaplanetária, neste fim de milênio? Mas, a Globalização serve para quem? Os países em desenvolvimento ou Subdesenvolvidos estão cada vez mais endividados e dependentes, as populações pobres do Terceiro Mundo estão cada vez mais miseráveis, o meio ambiente deteriora-se e o capitalismo internacionaliza a mais valia, o consumo e a produção. A Globalização alavancada na tecnologia de ponta, nas comunicações e nos transportes modernos, apresenta, também, o seu lado perverso, destruindo as culturas e submetendo os povos pobres do mundo.; The globalization concern to the intenses transformationssuffer by the human society or in addition, will it be only related tothe occurrence of economical order, in planetary scale, in thatfinished millenium? But, the globalization, who is in it to takeadvantage of? The developings countries or subdevelopmentcountries are every more and more indebted and dependent, thepoor populations from the Third World are every more and moremiserables...

Globalization, modernity and social individuation; Globalização, modernidade e individualização social

Mitjavila, Myriam R.; UFSC - Florianópolis - SC; Jesus, Cristiane da Silva de; UFSC - Florianópolis - SC
Fonte: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc) Publicador: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2004 POR
Relevância na Pesquisa
16.28%
  The paper examines the characteristics and institutional bases of the individualization processes in contexts of late modernity and globalization of the social space. Individualization refers to the mechanisms and processes, which turn the perception of social problems into individual problems, in view of psychological and family dispositions. Globalization and individualization emerge as two sides of a new mode of societalization. This new pattern of individual/society articulation expresses, in the biographisation of social problems, some of the most dramatic consequences of the weakening of the problematization of the social in the public space and in collective action.;   O artigo examina as características e bases institucionais dos processos de individualização social em contextos de modernidade tardia e globalização do espaço social. A individualização refere-se aos mecanismos e processos que tornam a percepção dos problemas sociais como problemas individuais, em função de disposições psicológicas e familiares. Globalização e individualização apresentam-se como duas faces de um novo modo de societalização. Este novo padrão de articulação das relações indivíduo/sociedade exprime na biografização dos problemas sociais algumas das mais dramáticas conseqüências do enfraquecimento da problematização do social no espaço público e na ação coletiva.

Globalization, subjectivities and the role of Social Work; Globalización y subjetividad: una cuestión para el Trabajo Social; Globalização e subjetividade: uma questão para o Serviço Social

Malacalza, Susana; UNP - Buenos Aires - Argentina
Fonte: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc) Publicador: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
25.98%
  The present analysis studies the current crisis of the capitalist society, asserting that it is a crisis of strategic dimensions. The author posits that the new world scenario known as globalization implies a breakdown of society's operational frameworks and substantial changes in most social practices. In developing the present study, the author contributes original ideas to the debate about the new social configurations and subjectivities, and the role of Social Work vis-a-vis these realities.;   El presente trabajo hace referencia ala actual crisis de la sociedad capitalista ubicándola como estratégica. Se piensa así que el nuevo escenario mundial denominado globalización implica uma ruptura de los esquemas referenciales operatorios de la sociedad y câmbios sustantivos en las prácticas sociales. Em el desarrollo del artículo se aproximan ideas para el debate acerca de las nuevas configuraciones sociales, las nuevas subjetividades y la ubicación del Trabajo Social frente a este estado de cosas.; O presente trabalho faz referência à crise atual localizando-a como estratégica. Nele o novo cenário mundial chamado globalização...

O trabalho no mundo plutocrático; Work in a plutocratic world

Pereira, Josecleto Costa de Almeida; UFSC
Fonte: Fundação José Arthur Boiteux Publicador: Fundação José Arthur Boiteux
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2005 POR
Relevância na Pesquisa
25.96%
Este artigo objetiva examinar o trabalho, realçando as transformações econômicas e tecnológicas, além de suas conseqüências à sociedade contemporânea. Os paradigmas do nosso tempo têm sua base na globalização da informação e no capital, em detrimento dos fundamentos sociais e coletivos.; This paper aims at examining work, highlighting economical and technological changes, as well as its results to a contemporaneous society. Our modern paradigms are based on globalization of information and capital in detriment to social and collective bases.

Globalização econômica e crise do Estado: um estudo em quatro perspectivas; Economical globalization and the State crisis: a study through four perspectives

Backer, Larry Catá; The Pennsylvania State University
Fonte: Fundação José Arthur Boiteux Publicador: Fundação José Arthur Boiteux
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2005 POR
Relevância na Pesquisa
16.42%
O artigo, partindo da constatação dos efeitos gerados pelo processo de globalização econômica, expõe que a chamada crise da globalização, que brutaliza não apenas os habitantes dos países em desenvolvimento, como também afeta negativamente populações dos países desenvolvidos, está intrinsecamente ligada à crise dos Estados nacionais enquanto estruturas políticas fundamentais dos processos de decisão e fundamentos da organização política global. Sugere, enfim, o advento de um novo sistema institucional global, onde o Estado assume a condição tanto de participante quanto de objeto do processo da globalização.; This paper, according to the evidences from produced effects by economical globalization process, points out that globalization crisis, which brutalizes not only people of developing countries, but also affects the ones from developed countries negatively, is inherently connected to national States crisis, as primordial political structures regarding the decision processes and global political organization basis. It suggests...

TRADUÇÃO, TROCAS LITERÁRIAS E (A)D(I)VERSIDADE EDITORIAL

Dantas, Marta Pragana; Universidade Federal da Paraíba
Fonte: Universidade de Brasília - UnB Publicador: Universidade de Brasília - UnB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; avaliados por pares Formato: application/pdf
Publicado em 06/05/2012 POR
Relevância na Pesquisa
16.28%
O artigo discute questões ligadas à tradução e ao fenômeno de concentração do mercado editorial, mais conhecido como "globalização editorial". Os fenômenos da intensificação da circulação internacional de bens culturais, de formação dos grandes conglomerados editoriais, assim como o predomínio do inglês como "língua da globalização" inscrevem-se dentro da problemática da diversidade cultural e do pluralismo linguístico. A tradução é aqui entendida como uma troca desigual e assimétrica entre culturas, podendo constituir-se, entre outros dispositivos, numa operação de consagração ou de acumulação de capital literário. A reflexão se articula em torno de noções tais como campo literário mundial, capital linguístico-literário, tradução-consagração e tradução-acumulação de capital literário (Pascale Casanova ∕ Pierre Bourdieu).

Em tempos de globalização e mudança: a identificação da cidadania na sociedade de informação

Passos, Rosemary; Santos, Gildenir Carolino
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 19/03/2006
Relevância na Pesquisa
16.28%
As transformações proporcionadas pelo processo de globalização abrangem todos os segmentos que constituem uma sociedade, principalmente a sociedade atual regida pela busca de informações e construção do conhecimento, considerados como recursos necessários aos indivíduos para o seu estabelecimento profissional e sua interação social. A falta de uma qualificação e a desinformação, bem como a ausência da continuidade na formação profissional, são fortes argumentos para decretar a exclusão social e profissional dos indivíduos. Nessa perspectiva, observam-se mudanças de comportamentos profissionais e o estabelecimento de perfis profissionais compatíveis com a Sociedade da Informação. São perceptíveis as influências e os reflexos que a globalização exerce sobre o principal ator deste cenário, o ser humano, na sua busca incessante do pleno exercício de sua cidadania. Acesso texto completo (PDF)