Página 7 dos resultados de 226 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Tamponamento cardíaco tardio traumático: análise de cinco casos

WESTPHAL,FERNANDO LUIZ; LIMA,LUIZ CARLOS DE; JABER,BADWAN ABDEL
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2000 PT
Relevância na Pesquisa
16.49%
São analisados cinco casos de tamponamento cardíaco tardio traumático. Os pacientes eram masculinos, idade média de 26,2 anos, vítimas de ferimento por arma branca em região precordial, área de Ziedler, sendo admitidos em centro de referência para trauma. Foram classificados pelo índice fisiológico de Ivatury para trauma cardíaco e inicialmente tratados por pleurotomia intercostal e reposição volêmica, com estabilização do quadro hemodinâmico e respiratório. Os pacientes foram readmitidos após intervalo de oito a 24 dias (mediana de 20 dias), agora no serviço de cirurgia torácica de um hospital de referência terciária, com sinais de tamponamento cardíaco. Os exames diagnósticos confirmaram derrame pericárdico com espessamento pericárdico associado a encarceramento de base pulmonar esquerdo em quatro casos, os quais foram abordados por toracotomia póstero-lateral, com realização de pericardiectomia parcial e descorticação pulmonar. Um paciente evoluiu com pericardite purulenta, comprovada por exames complementares, e foi submetido à drenagem pericárdica subxifóidea. Ocorreu arritmia pós-operatória em um paciente; os demais evoluíram sem complicações pós-operatórias ou recidiva do tamponamento.

Elementos para uma geografia penal

Christie,Nils
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/1999 PT
Relevância na Pesquisa
16.49%
Neste artigo, o autor apresenta um novo ramo da criminologia, a "geografia penal", justificando-o pela análise das taxas de encarceramento na Europa, na América do Norte e na América Latina. Procura-se mostrar como as variações dessas taxas, no tempo e no espaço, respondem antes a fatores culturais e geo-políticos do que ao nível ou à evolução da criminalidade nos diferentes países.

Evolução dos homicídios e indicadores de segurança pública no Município de São Paulo entre 1996 a 2008: um estudo ecológico de séries temporais

Peres,Maria Fernanda Tourinho; Almeida,Juliana Feliciano de; Vicentin,Diego; Ruotti,Caren; Nery,Marcelo Batista; Cerda,Magdalena; Cardia,Nancy; Adorno,Sérgio
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
16.49%
OBJETIVO: analisar a associação entre homicídios e indicadores de segurança pública no MSP entre 1996 e 2008, após controle para taxa de desemprego e proporção de jovens na população. METODOLOGIA: estudo ecológico de série temporal, tendo como unidade de análise o Município de São Paulo (MSP), entre 1996 e 2008. Variável dependente: óbitos por homicídio; variáveis independentes principais: taxa de aprisionamento-encarceramento (TAE), o acesso a armas de fogo (AAF), e a atividade policial (ATP). A análise dos dados foi realizada com o software Stata.IC 10.0. Modelos de regressão binomial negativa simples e multivariados foram construídos. RESULTADOS: A análise univariada demonstrou associação entre óbitos por homicídio e TAE e entre óbitos e ATP. O AAF não se mostrou associado à redução no número de óbitos por homicídios (p > 0,05). Após ajuste houve perda da significância na associação com ambos indicadores de Segurança Pública. CONCLUSÕES: No MSP o papel das ações de segurança pública perdem importância como fatores explicativos para a redução nos níveis de homicídios após controle para taxa de desemprego e redução na proporção de jovens. Os resultados reforçam a importância dos fatores socioeconômicos e demográficos para a mudança no cenário da segurança em São Paulo.

A subjetividade do encarcerado, um desafio para a psicologia

Mameluque,Maria da Glória Caxito
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
16.49%
Este trabalho, apresentado ao Prêmio Monográfico Pedro Parafita Bessa, instituído pelo Conselho Federal de Psicologia, em 2005, é uma reflexão sobre a subjetividade do encarcerado como um desafio para a Psicologia. O sistema prisional brasileiro é precário, com superpopulação carcerária, o que gera conflitos e rebeliões nos presídios e não favorece a ressocialização e a recuperação do ser humano. É urgente que se faça a leitura da dimensão subjetiva da vivência do encarceramento. Esse é o grande desafio para a Psicologia, pois a Psicologia jurídica é ainda uma prática emergente que carece de bibliografia, pesquisas e intercâmbio profissional. É mister que a Psicologia jurídica enfoque as determinações das práticas jurídicas sobre a subjetividade e elabore projetos, lançando mão de práticas que provoquem mudanças. Com o fortalecimento do projeto de compromisso social da Psicologia, esse desafio poderá ser superado, com grande benefício para a dignidade humana do encarcerado e para toda a sociedade.

Queda dos homicídios no município de São Paulo: uma análise exploratória de possíveis condicionantes

Peres,Maria Fernanda Tourinho; Almeida,Juliana Feliciano de; Vicentin,Diego; Cerda,Magdalena; Cardia,Nancy; Adorno,Sérgio
Fonte: Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
16.49%
Ao longo da primeira década dos anos 2000, a taxa de mortalidade por homicídio (TMH) apresentou uma expressiva redução no Estado e no Município de São Paulo (MSP). O objetivo deste estudo é descrever a evolução das TMH e de indicadores sociodemográficos, de investimento em políticas sociais e segurança pública, e analisar a correlação entre a evolução das TMHs e das variáveis independentes no MSP entre 1996 e 2008. Foi realizado um estudo ecológico de série temporal, exploratório. As seguintes variáveis foram incluídas: TMH por 100.000 habitantes, indicadores sociodemográficos, investimentos em políticas sociais e de segurança pública. Foram calculadas as médias móveis de todas as variáveis e a tendência foi analisada através de Regressão Linear. Foram calculadas as variações percentual anual, média anual e percentual periódica, e a associação foi testada por meio da análise de correlação de Spearman entre a variação percentual anual das variáveis. Foram encontradas correlações com a proporção de jovens na população (r = 0,69), taxa de desemprego (r = 0,60), investimento estadual em educação e cultura (r = 0,87) e saúde e saneamento (r = 0,56), investimento municipal (r = 0,68) e estadual (r = 0...

As rebeliões nas prisões: novos significados a partir da experiência brasileira

Salla,Fernando
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS Publicador: Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
16.49%
O objetivo deste artigo é analisar o perfil das rebeliões no sistema carcerário do Brasil, desde a década de 70, recuperando, para tanto, a reflexão produzida sobre estes eventos na França, nos Estados Unidos e no Reino Unido. O artigo tem por argumento principal que as rebeliões nas prisões brasileiras, nos últimos quinze anos, estão associadas tanto às condições degradadas de encarceramento como às deficiências do Estado em exercer o controle sobre o quotidiano prisional, permitindo que grupos criminosos organizados exerçam o poder sobre a massa carcerária, utilizando-se das rebeliões para a eliminação dos inimigos e o fortalecimento de sua posição de domínio frente ao staff prisional.

Como incluir? O debate sobre o preconceito e o estigma na atualidade

Schilling,Flávia; Miyashiro,Sandra Galdino
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
16.49%
O objetivo deste artigo é provocar um debate que amplie os termos habituais da discussão sobre a Educação Inclusiva. Essa discussão tem como um dos seus eixos a questão do preconceito que cerca aquele considerado "diferente". Propõe-se, no presente artigo, que, além do preconceito, há de se considerar as formas atuais do estigma. O ponto de partida é dado pela análise já clássica de Goffman, atualizada pelas propostas de Zygmunt Bauman. Um grupo "invisível" - pois cercado pelo segredo - que freqüenta as salas escolares, é aquele formado por crianças e jovens que vivem - ou viveram - o encarceramento de um dos progenitores. No Brasil, o "estigma", associado aos filhos de presidiários, tem origem no século XIX, por meio da penetração de teorias criminais, originárias em grande parte da Europa, das políticas eugenista e higienista. O discurso educacional se apropriou dessas concepções e, ao longo de décadas, despendeu esforços no sentido de tentar recuperar indivíduos já "viciados geneticamente" ou influenciados pelo meio familiar e social. Esse foi o grupo estudado para compreender como operam com o estigma que os cerca e que se concretiza na maneira como suas imagens são fixadas e amalgamadas às figuras criminosas de seus pais. Como resultado...

Tratamento endovascular da Sindrome de Quebra-nozes (Nutcracker)

Cunha Junior,Jorge Ribeiro da; Souza,Tiago Coutas de; Feitosa,Adilson Toro; Brizzi,Jose Ricardo; Tinoco,Juliana Amaral
Fonte: Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) Publicador: Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.49%
A Síndrome do Quebra-nozes se refere a um conjunto de sinais secundários à compressão da veia renal esquerda, mais comumente entre a artéria mesentérica superior e a aorta, levando ao comprometimento do fluxo para a veia cava. O diagnóstico desta síndrome frequentemente é difícil e, por esta razão, o diagnóstico é demorado, em muitos casos. É relatado, nesta publicação, o caso de uma mulher de 51 anos, tratada com sucesso pela embolização da veia ovariana associada ao implante de stent autoexpansível na veia renal esquerda. São discutidos os aspectos técnicos e as dificuldades do procedimento

Tuberculose associada à AIDS: características demográficas, clínicas e laboratoriais de pacientes atendidos em um serviço de referência do sul do Brasil

Boffo,Maria Marta Santos; Mattos,Ivo Gomes de; Ribeiro,Marta Osório; Oliveira Neto,Isabel Cristina de
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 PT
Relevância na Pesquisa
16.49%
INTRODUÇÃO: A sinergia entre a tuberculose e o vírus da imunodeficiência humana é responsável pelo aumento da morbi-mortalidade dos pacientes com AIDS. OBJETIVO: Delinear o perfil de pacientes com tuberculose e AIDS na cidade de Rio Grande (RS) relacionando dados demográficos, clínicos e laboratoriais. MÉTODO: A amostra foi constituída por todos os casos de tuberculose confirmados pelo isolamento de Mycobacterium tuberculosis ocorridos no Serviço de AIDS do Hospital Universitário/FURG entre setembro de 1997 e dezembro de 2000, em 31 pacientes reportados como casos definidos de AIDS. Foram examinados 33 materiais clínicos pulmonares e extrapulmonares através da cultura pelo método de Ogawa-Kudoh e da baciloscopia pelo Kinyoun. A identificação de M. tuberculosis foi feita pelos métodos fenotípicos usuais. Para determinação da resistência das cepas isoladas foi empregado o método das proporções. RESULTADOS: A média de idade foi de 33,8 ± 9,9 anos, com uma relação homem/mulher de 2,87:1. Eram brancos 80,7% dos pacientes. Todos os pacientes apresentavam manifestações clínicas gerais e/ou específicas de tuberculose no momento da suspeita diagnóstica. Em 20 deles foram constatados fatores de risco: uso de droga endovenosa...

Notas sobre os limites ao exercício do direito de correção paternal no Antigo Regime

Rangel,Alan Wruck Garcia
Fonte: Fundação Getúlio Vargas, Escola de Direito Publicador: Fundação Getúlio Vargas, Escola de Direito
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.49%
O objetivo deste artigo é abordar os limites da disciplina doméstica no contexto do Antigo Regime. Trabalhamos com duas questões: em qual medida o direito romano serviu de base para elaboração do conceito de moderação ao castigo físico aplicado às crianças? E em que medida o controle do encarceramento disciplinar é o resultado de uma política régia para obter o monopólio do direito de punir? Partimos da ideia de que os conceitos e as categorias jurídicas do direito romano, especialmente aqueles elaborados durante o baixo Império, serviram aos juristas, num primeiro momento, de fundamento ao exercício do direito de correção, mas que, posteriormente, em razão de implicações políticas, e de transformações de ordem antropológica, o direito romano foi reinterpretado e adaptado a um novo paradigma disciplinar. O resultado desse estudo é que os limites do direito de correção paternal representam, por um lado, o processo de controle social realizado pelo Estado e, por outro, o resquício de uma mentalidade disciplinar de concepção romano-cristão.

Envelhecimento: significado para idosos encarcerados

Oliveira,Lannuzya Veríssimo de; Costa,Gabriela Maria Cavalcanti; Medeiros,Kaio Keomma Aires Silva
Fonte: Universidade do Estado do Rio Janeiro Publicador: Universidade do Estado do Rio Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.49%
OBJETIVO: Compreender o significado do envelhecimento para idosos encarcerados. MÉTODO: Estudo descritivo, com abordagem qualitativa, realizado entre os meses de julho e dezembro de 2011, com idosos reclusos no sistema penitenciário do Estado da Paraíba. A amostra foi encerrada em 11 sujeitos, com auxílio da técnica de saturação das informações. Para coleta de dados, utilizaram-se um formulário sociodemográfico e entrevista semiestruturada. Conduziu-se a análise dos discursos sob a ótica da Análise de Conteúdo. RESULTADOS: Verificou-se predominância de idosos na faixa-etária entre 60 e 65 anos, casados, com média de seis filhos, católicos, possuidores de algum tipo de renda, alfabetizados, com média de confinamento de três anos e regularidade no recebimento de visita. Após a análise dos discursos, conformaram-se as categorias: significado do envelhecimento para idosos e ser idoso encarcerado. CONCLUSÕES: O significado do envelhecimento para idosos encarcerados relaciona-se a sentimentos de melancolia, angústia e constantes perdas, bem como pela impossibilidade de qualquer tipo de desenvolvimento. A dificuldade para exercer atividade laboral, a diminuição do convívio familiar e os conflitos intergeracionais corroboram a perda da qualidade de vida dos idosos no cárcere. As significações negativas quanto ao envelhecimento encontradas neste estudo assemelham-se as dos idosos libertos...

As alternativas às penas e às medidas socioeducativas: estudo comparado entre distintos modelos de controle social punitivo

Carvalho,Salo de; Weigert,Mariana de Assis Brasil e
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2012 PT
Relevância na Pesquisa
16.49%
O artigo apresenta o quadro normativo de alternativas às penas e às medidas (socioeducativas e de segurança) e os mecanismos de diversificação processual no direito brasileiro no Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei n. 8.069/90), na Lei dos Juizados Especiais Criminais (Lei n. 9.099/95) e na Lei das Penas Alternativas (Lei n. 9.714/78). A partir de uma abordagem comparativa, avalia os sistemas de direito penal e de direito juvenil de resposta ao ilícito, enfatizando as sanções aplicáveis ao adolescente em conflito com a lei. Concretiza o estudo na análise da prestação de serviço à comunidade, problematizando a tensão entre as sanções alternativas ao encarceramento e a ampliação da rede do poder punitivo na contemporaneidade (punitivismo).

Prisão preventiva e sua aplicabilidade

Monteiro, Edson Luiz Gonçalves
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.49%
Monografia apresentada como requisito parcial para a conclusão do curso de Especialização em Direito.; Discorre sobre a aplicação de prisão preventiva no encarceramento do indivíduo antes do trânsito em julgado de sentença penal definitiva. Demonstra que o princípio da presunção de inocência - consagrado pela Constituição Federal de 1988 - não é ofendido quando se decreta uma prisão preventiva, posto que em determinadas circunstâncias o interesse público a justifica e o Estado não pode prescindir de mecanismos que possibilitem uma maior efetividade na aplicação do Direito Processual Penal. Aborda a banalização dessa prática com o crescimento das demandas judiciais e alerta para a necessidade de se estabelecer parâmetros objetivos que minimizem a discricionariedade do aplicador do direito. Verifica a constitucionalidade da prisão preventiva, enfocando os aspectos mais importantes relacionados à matéria. Analisa os dispositivos legais do Código de Processo Penal (arts. 311 a 316) os quais estabelecem os pressupostos e requisitos da prisão preventiva, elenca os casos em que poderá ser a medida decretada sem perder de vista sua natureza cautelar.; Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Prisão virtual

Tourinho Neto, Fernando da Costa
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.49%
Trata da pena privativa de liberdade. Aborda a posição das Organizações das Nações Unidas (ONU) quanto ao tratamento dado aos presos, tece crítica ao Regime Disciplinar Diferenciado implantado no Brasil em 2003 e apresenta soluções tecnológicas, tais como monitoramento eletrônico de detentos, em contraposição aos sistemas de encarceramento de condenados atuais.

Punição, encarceramento e construção de identidade profissional entre agentes penitenciários

Moraes, Pedro Rodolfo Bodê de
Fonte: IBCCRIM Publicador: IBCCRIM
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.49%
Divulgação dos SUMÁRIOS das obras recentemente incorporadas ao acervo da Biblioteca Ministro Oscar Saraiva do STJ. Em respeito à lei de Direitos Autorais, não disponibilizamos a obra na íntegra. STJ00077476 343.83(81) M827p

Responsabilidade civil do Estado por prisão cautelar indevida

Correa, Sedeur Fernandes
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.49%
Monografia apresentada como requisito parcial à obtenção do título de Especialista em Direito Público, no Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Público do Instituto Brasiliense de Direito Público – IDP.; A liberdade é a um só tempo direito e garantia fundamental, cumprindo a todo estado de direito zelar pelo seu integral respeito e preservação. No direito brasileiro é admitida a prisão como pena apenas após o trânsito em julgado da sentença penal condenatória, sendo qualquer outra espécie de encarceramento revestida de natureza cautelar e admitida apenas em situações excepcionais. Fora das hipóteses autorizadas em lei, qualquer prisão cautelar será considerada indevida e ilegal.; Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O exame criminológico no Brasil após a edição da Lei n. 10.792/2003

Castanheira, Éricka Silva Gomide
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.49%
Monografia apresentada como requisito para conclusão do curso de pós-graduação “lato sensu” em Direito Penal e Direito Processual Penal pela Universidade Cândido Mendes – UCAM.; A presente monografia tem por objeto o estudo do exame criminológico após a edição da Lei n. 10.792/2003. Referida norma alterou o art. 112 da Lei de Execução Penal (Lei n. 7.210/1984), excluindo a exigência de a decisão ser precedida de parecer da Comissão Técnica de Classificação e a possibilidade de ser realizado exame criminológico. Pela análise da legislação de regência, da doutrina, dos precedentes do Superior Tribunal de Justiça e do Supremo Tribunal Federal, bem como do questionário aplicado a psicólogos e assistentes sociais que atuam no sistema prisional brasileiro, conclui-se que a decisão acerca da concessão de benefícios da execução penal deve embasar-se no comportamento do réu durante o período de encarceramento.; Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Este monstro chamado RDD

Moreira, Rômulo de Andrade
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.49%
Aborda as modificações ocorridas na Lei de Execução Penal com a promulgação do Regime Disciplinar Diferenciado – RDD, examinando a tendência do sistema judicial brasileiro ao encarceramento dos condenados pela Justiça e o que essa prática traz de resultado à ressocialização dessas pessoas.

Os desafios da pena de prisão e do encarceramento cautelar

Costa, Álvaro Mayrink da
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.49%

Da realidade social ao discurso jurídico-penal: o encarceramento feminino por tráfico de drogas e o insucesso do proibicionismo criminalizador : (análise qualitativa e quantitativa)

Moretto, Thaís Zanetti de Mello
Fonte: Lumen Juris Publicador: Lumen Juris
Tipo: Livro
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.49%
Divulgação dos SUMÁRIOS das obras recentemente incorporadas ao acervo da Biblioteca Ministro Oscar Saraiva do STJ. Em respeito à lei de Direitos Autorais, não disponibilizamos a obra na íntegra.; Localização na estante: 343.575-055.2 M845d