Página 7 dos resultados de 4712 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Disseminação de genes de resistência em estirpes clínicas de Escherichia coli

Paradela, Ana Margarida Barata Moreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.67%
A multiresistência a antimicrobianos é a principal causa de falha terapêutica no tratamento de infecções bacterianas. Cada vez mais estudos sugerem que as bactérias conseguem resistir a múltiplos antibióticos através de mecanismos intrínsecos, tais como ap presença de genes que codificam beta-lactamases bem como a presença de bombas de efluxo. Extensivos estudos mostraram também que diversos elementos genéticos móveis, tais como plasmídeos e transposões, facilitam a troca de material genético entre géneros e espécies de bactérias. Membros da família das Enterobacteriaceae, Escherichia coli em particular é o principal agente responsável por infecções urinárias. A crescente alteração do fenótipo de resistência das estirpes isoladas, nomeadamente em pacientes oriundos da comunidade, é motivo de grande preocupação e constitui um grave problema à escala mundial. Com o presente trabalho pretendeu-se averiguar a prevalência e disseminação de genes de resistência presentes na população em estudo. Verificou-se que 79% da população em estudo apresentava resistência a pelo menos uma classe de antibióticos, 30 % revelou um fenótipo de multiresistência e 21% não apresentou qualquer tipo de resistência aos compostos testados. A presença da ß-lactamase TEM foi detectada em todos isolados que apresentavam resistência à Ampicilina. O gene que codifica a OXA foi detectado em 12 dos isolados. Em 12 isolados verificou-se a presença da ß-lactamase CTX-M associada à sequência de inserção ISEsp1localizadada a montante. O gene int1 está verificou-se estar presente em 17 dos isolados. Concluiu-se deste estudo que a resistência mais significativa se verificou relativamente à ampicilina e às cefalosporinas de primeira geração...

Enterobacteriaceae produtoras de beta-lactamases de espectro alargado

Lima, Silvia
Fonte: Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto Publicador: Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
26.67%
As Enterobacteriaceae produtoras de beta-lactamase de espectro alargado têm sido consideradas importantes agentes patogénicos hospitalares durante as últimas décadas. Hoje em dia a disseminação da resistência na comunidade é uma verdadeira ameaça, nomeadamente em nichos específicos, como os lares para idosos. A colonização fecal de pessoas saudáveis, principalmente com enzimas do tipo CTX-M, é uma realidade que pode comprometer o controlo de infecção nos cuidados de saúde hospitalares e na prestação de cuidados continuados. Assim, o rastreio de portadores de Enterobacteriaceae produtoras de beta-lactamases de espectro alargado na admissão hospitalar é de grande importância na detecção de surtos nas enfermarias, particularmente, nas de maior risco. Outros genes de resistência são também disseminados horizontalmente sendo a multirresistência uma realidade nesses isolados. A contribuição de animais, domésticos e selvagens, para a disseminação é outra ligação que já foi abordada na transmissão entre espécies de estirpes multirresistentes de humano para animal e vice-versa. Outra contribuição para a dispersão pode ser os produtos alimentares. A colonização fecal de crianças com Enterobacteriaceae produtoras de beta-lactamase de espectro alargado é uma realidade já relatada em Portugal que pode comprometer a admissão pediátrica hospitalar e o tratamento das infecções por estas estirpes. Esta realidade deve ser tomada em conta na prática clínica na comunidade...

Estudo da disseminação de Enterococcus faecalis vanA+ em diferentes ambientes

Ruivo, Marta Isabel da Silva, 1980-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
26.67%
Tese de mestrado em Microbiologia Clínica, apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, 2008; Os enterococos constituem uma grande parte da microflora do tracto gastrointestinal dos mamíferos. Durante muito tempo os enterococos foram considerados inofensivos para o Homem, no entanto tem-se observado um aumento de infecções por eles causadas, em paralelo com o aumento da sua resistência a antibióticos, incluindo resistência à vancomicina. Num estudo efectuado anteriormente, verificou-se a existência de isolados E. faecalis, tanto clínicos como alimentares, que apresentavam susceptibilidade ou uma resistência intermédia à vancomicina, mas que no entanto apresentavam o operão vanA incompleto, sendo denominados de VACISEf. No presente estudo tiparam-se 17 isolados VACISEf (de alimentos, de humanos e de animais) por MLST e MLVA, de modo a determinar a disseminação destes isolados e a determinar a sua relação com Enterococcus resistentes à vancomicina (VRE) presentes na base de dados (http://efaecalis.mlst.net/). Pelo método de MLST, verificou-se que estes isolados não se encontram relacionados entre si, não estando também relacionados com nenhuma estirpe resistente. A disseminação do transposão e consequentemente do gene vanA parece assim não ser clonal. O método MLVA descrito mostrou-se pouco eficiente no estudo de tipagem envolvendo isolados de diferentes ambientes. A tipagem molecular revelou a existência de isolados alimentares relacionados com isolados hospitalares que causaram infecção. Recorrendo à Suppression Subtractive Hybridization (SSH)...

Geografia da Sociedade da Informação

Ferreira, Jorge
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
26.67%
Todas as acções do quotidiano se desenvolvem no espaço. É também sobre ele, que circula toda a informação e o conhecimento e estes são, actualmente, os elementos chave na organização dos territórios. A sua criação, utilização e distribuição devem por isso fazer-se de forma equilibrada por todo o território, de modo a permitir a todos os indivíduos a participação numa sociedade igualitária, onde os fluxos do saber se possam sobrepor aos fluxos dos interesses. A Sociedade da Informação depende, em grande parte, da capacidade tecnológica para disseminar a informação e, por consequência, o conhecimento no território, criando condi-ções que permitam um desenvolvimento mais equilibrado, quer do ponto de vista social, quer do ponto de vista económico e evitando a existência de territórios de info-exclusão. Para CASTELLS (2001), a Internet é a plataforma tecnológica que caracteriza a ‘Era da Informação’: a rede. A Internet deve ser por isso considerada mais do que uma mera tec-nologia, pois a sua importância ultrapassa em muito as fronteiras da cultura e da sociedade, fazendo já parte do quotidiano e das novas formas de pensar e transmitir a informação, tornando-a num bem de primeira necessidade...

Cidades e Internet: Competitividade através da Comunicação

Ferreira, Jorge
Fonte: IADIS Press/FCT Publicador: IADIS Press/FCT
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
26.67%
A Internet é provavelmente uma das infraestruturas globais mais importantes. A sua influência estende-se da economia à finança, da sociedade à cultura. Contribuindo para o aumento dos níveis de disseminação da informação, ela torna-se determinante para competitividade territorial. No entanto, esta só existe realmente quando a cadeia de valor dado-informação-conhecimento se repete no tempo e no espaço. Gera-se assim valor, que traduzido em produtividade se materializa num aumento do saber e, por consequência, num desenvolvimento sócio-económico das regiões. As cidades e as regiões definem a geoeconómica global e sua dimensão é sustentada pela influência que detêm no espaço virtual das redes onde se inserem. Esta dinâmica é quantificada de uma forma nem sempre clara, uma vez que a variável que a sustenta, a informação, se torna difícil de quantificar. A localização das variáveis sobre a superfície terrestre está também a tornar-se cada vez mas importante e as tecnologias que permitem a georreferenciação são consideradas como “killer applications” para a competitividade. De facto, o sucesso de muitos negócios está na rapidez da informação e na prontidão do raciocínio. Para as empresas com elevado investimento em inovação e desenvolvimento (I&D)...

A terminologia CIPE® e a participação do Centro CIPE® brasileiro em seu desenvolvimento e disseminação

Garcia,Telma Ribeiro; Nóbrega,Maria Miriam Lima da
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
26.67%
Objetiva-se descrever (1) a evolução da Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE® ), desde que o Conselho Internacional de Enfermeira(o)s (CIE) assumiu, em 1989, a tarefa de desenvolver uma classificação dos elementos da prática profissional (diagnósticos, intervenções e resultados de enfermagem), que tivesse alcance internacional; (2) o Programa CIPE® e seus componentes estruturais, os quais se articulam para conformar o Ciclo de vida da terminologia CIPE® ; (3) os Centros para Pesquisa e Desenvolvimento da CIPE®, acreditados pelo CIE; (4) por fim, a contribuição do Centro brasileiro para pesquisa, desenvolvimento e disseminação da terminologia CIPE®. A CIPE® está em constante evolução e muito já foi alcançado em seus quase vinte e cinco anos de desenvolvimento. Os Centros CIPE® têm desempenhado um papel fundamental para o desenvolvimento, disseminação e uso da terminologia nos diferentes campos da prática profissional - ensino, assistência, pesquisa e gestão / gerenciamento do cuidado de enfermagem.

Avaliação de três cepas de vírus rábico, antigenicamente distintas, em camundongos: II - Estudo da disseminação viral por diferentes órgãos

Germano,Pedro Manuel Leal; Miguel,Omar; Ishizuka,Masaio Mizuno; Silva,Egon Vieira da
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1988 PT
Relevância na Pesquisa
26.67%
Estudou-se, comparativamente, o grau de disseminação de três cepas de vírus rábico, duas de origem de cão, Jales e Nigéria, e uma de origem de morcego, DR 19, com perfis antigênicos do nucleocapside distintos. Estas cepas foram inoculadas por via intramuscular, na face interna da coxa, em dois grupos de camundongos, com 21 e 28 dias de idade. Os animais foram mantidos em observação por um período total de 30 dias, e dos animais vitimados pela infecção, foram coletados diferentes órgãos, músculo lingual, coração, pulmão, rim e fígado, além do cérebro e da medula espinal, para avaliar-se o grau de disseminação de cada cepa viral, através da prova de imunofluorescência direta (IFD). Os resultados obtidos evidenciaram que os decalques de cérebro e de medula espinal apresentaram total concordância na prova de IFD, constatando-se as maiores diferenças com as cepas Jales e Nigéria, situando-se a cepa DR 19, intermediariamente, a estas duas. O músculo lingual foi o órgão que apresentou maior freqüência de positividade para ambos os grupos etários e para as três cepas virais.

Uso e ocupação do solo e a disseminação da hantavirose na região de São Sebastião, Distrito Federal: 2004 - 2008

Santos,Janduhy Pereira dos; Steinke,Ercília Torres; García-Zapata,Marco Túlio Antônio
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
26.67%
INTRODUÇÃO: As hantaviroses apresentam distribuição mundial e constituem importante problema de saúde pública. A epidemiologia da hantavirose no Brasil mostra que vem aumentando a cada ano o número de casos que são notificados e de variantes que têm sido descobertas em diversos estados e no Distrito Federal. Neste contexto, o estudo tem como objetivo principal analisar o uso e da ocupação do solo na disseminação da hantavirose no Distrito Federal, no período de 2004 a 2008. MÉTODOS: Para a realização desta pesquisa, foram utilizados dados epidemiológicos e do uso da terra com fins de elaborar tabelas e cartogramas para detalhar a espacialização da hantavirose no território. RESULTADOS: Dos 40 locais prováveis de infecção (LPIs) plotados no Mapa de Cobertura e Uso da Terra, 19 (47%) ocorreram em áreas de pastagens, 10 (25%) em área urbana (periurbana), 6 (15%) em áreas utilizadas para a agricultura e 5 (12%) em espaços de cerrado. CONCLUSÕES: Sendo assim, as atividades agrícolas e a expansão urbana em direção às áreas de cerrado vêm favorecendo a disseminação da hantavirose no Distrito Federal e em especialmente em São Sebastião.

Eficiência da disseminação aérea em Pyricularia grisea

Urashima,Alfredo Seiiti; Leite,Sabrina Ferreira; Galbieri,Rafael
Fonte: Grupo Paulista de Fitopatologia Publicador: Grupo Paulista de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
26.67%
Pyricularia grisea (teleomorfa Magnaporthe grisea) é um patógeno que infecta mais de 80 gramíneas. No Brasil ataca importantes culturas como arroz e trigo, causando a brusone. Mais recentemente foi reportada na triticale, cultura alternativa para os produtores de trigo no sul do estado de São Paulo. Um dos principais meios de disseminação da doença é a dispersão aérea embora pouca informação esteja disponível sobre a distância que esses esporos podem atingir a partir de uma determinada fonte de inóculo. O presente trabalho teve o objetivo de avaliar a capacidade de disseminação de P. grisea a partir de um foco inicial, empregando ferramentas moleculares. A presença de clones do patógeno em campos distantes 4, 30 e 1000 metros a partir de um campo infectado sugere que esporos de um determinado foco podem atingir pelo menos essas distâncias.

Paradigma da disseminação linfática no carcinoma espinocelular da base da língua

Amorim Filho,Francisco S.; Andrade Sobrinho,Josias de; Rapoport,Abrão; Ferreira,Neil N.; Juliano,Yara
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgiões Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
26.67%
OBJETIVO: O carcinoma espinocelular CEC da base da língua tem um comportamento agressivo, disseminando-se precocemente para o pescoço uni ou bilateralmente. O objetivo deste trabalho é estabelecer critérios de tratamento eletivo ou terapêutico dos linfonodos cervicais metastáticos ou não para o CEC da base de língua. MÉTODO: Estudo retrospectivo de 290 pacientes com CEC de base de língua atendidos no Departamento de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e Otorrinolaringologia do Hospital Heliópolis, Hosphel, São Paulo, de 1997 a 2000. Após análise loco-regional, foram classificados segundo os níveis I, II, III, IV e V do estadiamento TNM da UICC (1998). Os resultados foram analisados segundo o teste do Qui-quadrado para o estudo da associação de sítios, tamanho do tumor, presença de metástases e invasão da linha média. RESULTADOS: Houve um predomínio do sexo masculino em relação ao feminino (9:1), da 6ª década, dos fumantes e etilistas (83,8%). Quanto à disseminação linfonodal, diagnosticamos N0 (21,0%), N1 (13,4%), N2 (43,1%), N3 (22,5%) e níveis I(11,6%), II(69,0%), III (13,5%), IV (2,8%) e V (3,1%). Quanto à invasão da linha média, não houve relação significante com o nível comprometido. CONCLUSÃO: O tratamento do CEC da base da língua deve envolver o sítio primário e os níveis de disseminação linfonodal...

Controle da disseminação de vírus por meio de vetores na cultura da batata

Costa,Rejane Rodrigues da; Figueira,Antônia dos Reis; Rabelo Filho,Francisco de Assis Câmara; Almeida,João Eduardo Melo de; Carvalho Filho,José Luiz Sandes de; Oliveira,Cleiton Lourenço
Fonte: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM Publicador: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
26.67%
O objetivo do trabalho foi verificar o efeito de tratamentos inseticidas, na produção e no controle da disseminação de vírus por afídeos vetores e o teor de resíduos observados nos tubérculos submetidos a esses tratamentos. Foram empregadas as cultivares, Ágata e Emeraude com Potato vírus Y. O modelo utilizado foi o de blocos inteiramente casualizados, com 12 tratamentos e 4 repetições, sendo: 1) pulverização semanal (PS), com a última aos 55 dias após o plantio (DAP); 2) PS com a última aos 69 DAP; 3) PS, com a última aos 69 DAP + aplicação de Cabrio Top; 4) pulverização a cada cinco dias, sendo a última aos 69 DAP; 5) PS sendo a última aos 80 DAP e 6) controle, sem pulverização, todos combinados com dois tratamentos de sulco (Imidacloprid e Phorate). Observou-se que a maioria dos tratamentos não impediu a disseminação dos vírus.

Esboço de uma compreensão da circulação de ideias: orientações para um estudo das modas educacionais

Cestari,Luiz Artur Santos
Fonte: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Publicador: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.67%
Este texto parte do anúncio da ocorrência de modismos no campo educacional e tem a intenção de estudar como uma ideia circula e se torna mais efetiva nos espaços de disseminação do conhecimento - revistas de divulgação científica, programas dos cursos de formação de educadores, propostas de políticas públicas para a educação ou ainda dissertações e teses publicadas em cursos de pós-graduação. Apresentamos nosso esboço em dois momentos. Inicialmente, tomados pela afirmação de alguns intelectuais no campo educacional, tentaremos expor por que eles anunciam os modismos, mas têm receio de incluir o fenômeno da moda de ideias no domínio de suas percepções. Posteriormente, indo além da constatação desse fenômeno, delimitaremos orientações para estudar a circulação de ideias no campo educacional e, particularmente, dos modismos educacionais, levando em consideração três contextos: emergência, recepção e disseminação.

Epidemiologia molecular de beta-lactamases de espectro estendido (ESBL) e carbapenemase KPC produzidas por enterobactérias isoladas de pacientes de Alagoas; Molecular epidemiology of beta-lactamases extended spectrum (ESBL) and KPC carbapenemase enterobacteriaceae isolated produced by patients of Alagoas

Pires, Luana Luzia Santos
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Biologia; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Biologia; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.67%
Bacterial resistance is one of the worldwide public health issues. This work aimed to genetically characterize species of the family Enterobacteriaceae phenotipic producing ESBL and KPC obtained from patients of Alagoas. Bacteria were identified by semi-automated tests. Confirmed as producing ESBL and KPC by phenotypic screening tests. The antimicrobial in vitro susceptibility test was performed by disk-diffusion method. DNA was extracted by boiling method at 95ºC. The resistance genes blaTEM, blaCTX-M, blaSHV e blaKPC were identified with specific primers and genetic typing was performed by PCR with the microsatellite (GTG)5. 254 isolates of enterobacteria were obtained, of which 92,12% (234/254) had some of the genes blaTEM, blaCTX-M, blaSHV or blaKPC, 87,18% (204/234) ESBL (blaTEM, blaCTX-M, blaSHV) and 12,82% (30/234) KPC (blaKPC). Of these 234 isolates, 4,7% (11/234) were community-acquired infections with genes that express ESBL and 95,3% (223/234) of hospital infections, of which 86,55% (193/223) ESBL and 13,45% (30/223) KPC. BlaCTX-M (> 80%) was the most frequent type gene in enterobacteria. Urinary infections were the most frequent cases of infection in the community by Escherichia coli (54,55%) and Klebsiella pneumoniae (39...

Serviços de informação ambiental no Colégio Estadual José Cândido Rosa: coleta seletiva e adequação do acervo da biblioteca

Mendonça, Lana Keren de
Fonte: Universidade Federal de Goias; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Biblioteconomia (RG) Publicador: Universidade Federal de Goias; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Biblioteconomia (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
26.67%
A conceituação de meio ambiente está em constante construção e envolve vários aspectos. Atualmente o tema envolve os meios naturais, físicos, o meio ambiente humano como a política, economia, educação, fatores socioculturais, valores éticos e estéticos. Assim pode-se dizer que falar sobre educação ambiental é o mesmo que discorrer sobre cidadania, solidariedade, formação e informação orientadas para: a consciência crítica e preservação do meio ambiente; conexão de saberes formal e não-formal; disseminação da informação ambiental; respeito e consideração para com as diversidades genéticas e culturais; sensibilização para o ato de parceria em substituição da ação de competir; desenvolvimento de habilidades e práticas para tomada de decisões que conduzem para a melhoria da qualidade de vida das sociedades. É papel do Bibliotecário (a) disseminar informações as pessoas de forma a torná-las aptas para o pleno exercício da cidadania. Em parceria com os educadores das escolas o bibliotecário escolar necessita desempenhar seu papel cultural de ampliar a idéia e conhecimento de mundo ao incentivar a pesquisa, tornar os educandos aptos a manusear as informações diversificadas. Trata-se de uma pesquisa exploratória cuja revisão da literatura aborda: educação ambiental; informação ambiental; lixo (coleta seletiva...

Disseminação de Salmonella sp na cadeia produtiva do frango de corte

Mendonça, Eliane Pereira
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
26.67%
Objetivou-se determinar a resistência antimicrobiana e identificar os ribotipos de 96 cepas de Salmonella isoladas em plantéis avícolas com ciclo completo de produção para estabelecer seu perfil de disseminação. Os maiores percentuais de resistência foram para sulfonamida (56,25%), tetraciclina (53,12%) e amoxacilina (31,25%), enquanto 28,13% dos isolados foram sensíveis a todos antibióticos. Perfis de multiresistência foram observados para 28 cepas (29,17%) do sorovar Minnesota. Na CIM encontraram-se cepas com concentração acima da máxima (tetraciclina >256 μg/mL - 7; sulfametoxazol >1024 μg/mL - 45; amoxacilina >256 μg/mL - 16). A ribotipagem identificou 63/96 cepas. Das amostras testadas, 21 foram identificadas como Minnesota e agrupadas em seis ribotipos, sendo o 208-S-8 o mais prevalente com 11 identificações (52,38%). Quatorze amostras de S. Infantis foram agrupadas em sete ribogrupos, sendo o 337-S-2 o mais prevalente, 8/14 (57,14%). Duas amostras de S. Schwarzengrund e duas de S. Newport foram agrupadas nos ribogrupos 208-S-4 e 204-S-7, respectivamente. A multirresistência de S. Minnesota alerta para a necessidade de uma monitoria sistemática da resistência antimicrobiana em bactérias zoonóticas. A CIM acima da concentração máxima sugere que essas bactérias podem ter sofrido alterações com o surgimento de resistência adquirida. Os resultados reforçam a necessidade do uso responsável de antibióticos na produção animal...

A disseminação de informação em bibliotecas virtuais de universidades amazonicas

Espinheiro de Oliveira, Maria Odaisa
Fonte: Universidade Européia Publicador: Universidade Européia
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
26.67%
A disseminação de informação é parte do processo documental pelo qual a Biblioteca Universitária facilita, de acordo com interesses de seus usuários, a informação ou o conjunto de informações, mediante distintos produtos e serviços. Com as tecnologias, surgem as mudanças na maneira de disseminar a informação como extensão universitária. Sendo assim, o trabalho parte de alguns questionamentos: As Universidades Federais Amazônicas já possuem Bibliotecas Virtuais como serviços de extensão universitária? Quais os serviços e produtos oferecidos pelas Bibliotecas Virtuais como extensão universitária? Dessa maneira, o objetivo do trabalho é conhecer os serviços e produtos de disseminação de informação disponibilizados para os usuários como um serviço de extensão universitária, por meio da Biblioteca Virtual em Universidades Amazônicas. Para isso, utilizou-se o método empírico descritivo para uma pesquisa exploratória, em um “corpus” formado pelas Universidades Amazônicas Brasileiras que representam os nove Estados que formam a Amazônia Legal. A coleta de dados foi realizada pela Internet e a análise foi desenvolvida para identificar os serviços e produtos oferecidos à comunidade universitária...

Aporte da cogniçâo na construçâo dos processos de organizaçâo, recuperaçâo e uso da informaçâo

Varela, Aida Varela; Barreira, Maria Isabel de Jesus Sousa; Barbosa, Marilene Lobo Abreu
Fonte: Universidade da Coruña Publicador: Universidade da Coruña
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
26.67%
[Resumo] Na observância de um contexto de mudanças constantes nas formas de organização e disseminação da informação e em tempos da Web Social e Web Semântica, desenvolve-se um estudo com base metodológica construtivista, na modalidade de triangulação de métodos, o qual visa avaliar o grau de compreensão e interpretação da informação pelo indivíduo, considerando que o acesso à ciência incluir ações básicas de apreensão de sistemas conceituais e lingüísticos, além do manuseio de tecnologias de representação e de imagens científicas. Para tanto, busca-se também identificar e analisar competências/ habilidades cognitivas necessárias ao usuário, bem como ao profissional da informação, quanto ao acesso e à disseminação da informação. Ancorados nestes avanços, argumenta-se sobre a pertinência da aplicação das teorias cognitivas, assim como das competências informacionais e tecnológicas, suportes da dinâmica dos processos de recuperação, além do uso da informação; tudo isto objetiva alertar que as exigências do novo contexto mundial requerem mudanças no modus operandi dos profissionais e no comportamento dos usuários da informação.; [Abstract] In compliance with a constantly changing context in the forms of organization and dissemination of information and in times of Social Web and Semantic Web...

Estratégias para estimular o uso de evidências científicas na tomada de decisão

Dias,Raphael Igor da Silva Corrêa; Barreto,Jorge Otávio Maia; Vanni,Tazio; Candido,Ana Maria Silveira Costa; Moraes,Luciana Hentzy; Gomes,Maria Augusta Rodrigues
Fonte: Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2015 PT
Relevância na Pesquisa
26.67%
ResumoUm importante desafio para os sistemas de saúde é promover o uso sistemático do conhecimento em políticas públicas que busquem, ao mesmo tempo, melhorar a eficiência e as condições de saúde da população. O objetivo deste artigo foi identificar e discutir estratégias para estimular o uso de evidências científicas no processo de tomada de decisão em políticas de saúde. A busca de evidências científicas foi realizada nos repositórios da Biblioteca Virtual em Saúde, Health Systems Evidence e PubMed. A ferramenta SUPPORT (Supporting Policy Relevant Reviews and Trials) foi usada na construção desse panorama. Sete revisões sistemáticas apontaram quatro principais estratégias para estimular o uso de evidências na tomada de decisão: 1) produzir e disseminar sínteses de evidência com linguagem adaptada a diferentes públicos; 2) estimular o uso do jornalismo e de outras formas de comunicação para ampliar a disseminação do conhecimento científico; 3) utilizar plataforma virtual on-line para disseminação do conhecimento científico; 4) promover a interação entre pesquisadores e tomadores de decisão. Estratégias para estimular o uso de evidências científicas na tomada de decisão em saúde podem ser desenvolvidas de maneira sinérgica...

Políticas públicas para inclusão digital no Brasil : aspectos institucionais e efetividade em iniciativas federais de disseminação de telecentros no período 2000-2010

Mori, Cristina Kiomi
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
26.67%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Departamento de Serviço Social, Programa de Pós-Graduação em Política Social, 2011.; Este trabalho analisa a relação entre a institucionalização e a efetividade nas iniciativas governamentais federais de disseminação de espaços públicos de inclusão digital no período 20002010. Resgata a trajetória conceitual do termo inclusão digital, construído a partir das noções de inclusão e exclusão social, compreendendoo não apenas como acesso à infraestrutura ou alfabetização digital, mas apropriação das tecnologias de informação e comunicação (TICs). Com base na contribuição teórica de Warschauer (2006) e de sistematizações da prática, cria parâmetros de efetividade para programas e projetos de inclusão digital tendo por base a garantia de recursos físicos, digitais, humanos e sociais, além do potencial de disseminação da iniciativa em larga escala. Um modelo de análise é então proposto, relacionando capacidades institucionais das organizações responsáveis pelas iniciativas à sua efetividade potencial como política pública de inclusão digital. O estudo se aprofunda nas duas iniciativas melhor avaliadas segundo o modelo proposto: o projeto Casa Brasil e a ação Cultura Digital em Pontos de Cultura. Concluise que a efetividade destas iniciativas de inclusão digital foi mais afetada pelo conflito entre lógicas institucionais distintas envolvidas na execução do que por dificuldades orçamentárias...

Análise da dinâmica e estrutura de focos da morte súbita dos citros

Jesus Junior,Waldir C. de; Bassanezi,Renato B.
Fonte: Sociedade Brasileira de Fitopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
26.67%
A morte súbita dos citros (MSC) é uma nova e destrutiva doença que afeta laranjeiras doces (Citrus sinensis) e algumas tangerineiras (C. reticulata) enxertadas em limoeiro 'Cravo' (C. limonia). Sua etiologia e mecanismos de transmissão são ainda desconhecidos e estudos epidemiológicos foram iniciados recentemente. Com o objetivo de caracterizar a disseminação da MSC, foi empregada a técnica de análise da dinâmica e estrutura de focos (ADEF) em 166 mapas de distribuição espacial de plantas com sintomas de MSC, provenientes de 51 talhões do norte do Estado de São Paulo e sul do Triângulo Mineiro. Pela ADEF, as epidemias de MSC se iniciam com focos unitários distribuídos de maneira aleatória no talhão. Em talhões com até 2% de incidência, 85% dos focos continham uma planta. Posteriormente, o progresso da doença ocorreu mais pelo aumento de novos focos, que pelo aumento do tamanho dos focos, indicado pelo aumento do número de focos até 18% de incidência e pelo número reduzido de plantas por foco (menos de quatro plantas por foco a 20% de incidência). Na maioria dos casos (71,5%), os focos apresentaram maior expansão na direção da linha de plantio que entre as linhas. A diminuição da compacidade dos focos com o aumento da incidência da MSC sugere que os focos maiores tendem a ser menos compactos e que a disseminação da doença não ocorre de forma homogênea e contínua ao redor da primeira planta afetada. Estes padrões são similares aos padrões de doenças causadas por um agente infeccioso...