Página 6 dos resultados de 14519 itens digitais encontrados em 0.083 segundos

A escola de linha em Rondônia: a pedagogia da diversidade e acolhimento discente no interior da floresta amazônica; La ligne de l´ècole en Rondônia: la pedagogie de la diverse et d´accuceil des ètudiants dans la forêt amazonienne

Hilario, Rosangela Aparecida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
45.62%
A formação territorial de Rondônia foi definida com a criação do território Federal do Guaporé, por meio do Decreto-Lei nº 5.812, de 13 de setembro de 1943, atendendo ao preceito constitucional de 1937 em seu artigo 6º: A União poderá criar, no interesse da defesa nacional, com partes desmembradas dos Estados, territórios federais, cuja administração será regulada em lei especial. Nesta perspectiva, um grande número de pessoas migrou para o Território por vontade própria ou não com a finalidade de povoar e buscar melhores oportunidades de sobrevivência. Em um tempo em que tudo estava por ser feito, as Escolas de Linha de Rondônia cumpriram e cumprem papel fundamental para implantação da escola como espaço de práticas sistematizadas para aprender e vir a ser no mundo, entre os migrantes que se fixaram no Estado, desde os tempos do Território Federal de Guaporé no início do século passado até os dias atuais. São Escolas da Floresta e da Diversidade, nas quais os herdeiros de pais não bem sucedidos nas várias economias de exploração da floresta se abrigam para sobreviver, trocar saberes e construir uma nova organização da cultura. Em função das políticas públicas que orientam ações para a escola de Educação Básica estas escolas tendem a desaparecer por força de normativas que a qualificam de ineficiente e onerosa financeiramente. Para chegar aos objetivos propostos realizamos uma pesquisa-ação por compreender que os principais atores/sujeitos do processo das escolas da floresta são os alunos...

O Turbante do farao : o olodum no mundo negro de Salvador

Nunes, Margarete Fagundes
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vii, 147f.| il
POR
Relevância na Pesquisa
45.66%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciencias Humanas; Esta dissertação ocupa-se do estudo dos movimentos de negritude contemporâneos, privilegiando a sua relação com a sociedade de consumo. Tem como ponto de partida para esta discussão, a experiência do Grupo Cultural Olodum, na cidade de Salvador. Desde 1987, quando, para o carnaval, o Grupo escolheu o tema Egito e a música Faraó, a batida afro passou a ser, cada vez mais, objeto de interesse de vários artistas, rádios e gravadoras locais. A partir daí, o sucesso obtido pela divulgação de sua música, o ritmo samba-reggae, já lhe garantiu parceria com grandes nomes da mídia internacional, além da oportunidade de realizar shows bussiness no mundo inteiro. Atualmente, o Olodum se assume enquanto uma "empresa cultural" e se constitui como um forte representante das indentidades negras que seguem uma perspectiva transnacional. Este trabalho, busca analisar a presença do produto Olodum no mercado, levando em conta alguns fatores: a expansão da música axé; a crescente profissionalização e exportação do carnaval baiano; o desenvolvimento do turismo; a disputa de poder entre blocos afro e empresas de trio elétricos; a eleição de alguns símbolos que...

Em busca do estar melhor do ser familiar e do ser-com aids

Padoin, Stela Maris de Mello
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: viii, 110 [19]f.| +anexos
POR
Relevância na Pesquisa
45.65%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciencias da Saude; O estudo foi realizado com o propósito de compreender o que sente o ser-familiar do ser-com AIDS para que possa estar melhor, mediado pelos cuidados de enfermagem. A prática assistencial foi no Hospital-Dia do HU de Santa Maria-RS, onde aconteceram os trinta e quatro encontros. A Teoria de Enfermagem Humanística de Paterson & Zderad (1988) e os estudos de Luiz Osorio (1997) apoiaram a relação dialógica estabelecida, que permitiu a descrição das vivências e o partilhar do impacto da doença e das angústias, bem como dos momentos de alegria e de esperança do ser-familiar. A trajetória metodológica, inserida numa abordagem fenomenológica, foi amparada por idéias de Martin Buber e de Paterson e Zderad, que possibilitaram obter, analisar e interpretar os significados atribuídos pelo ser-familiar. Estes permeiam a percepção da família como um valor, o ser-familiar enquanto um ser-no-mundo-com-o-outro desvelas-e com um certo grau de vulnerabilidade para a AIDS e aponta as questões éticas, o estigma e o preconceito que envolvem esta síndrome. Percebi que as situações de enfermagem ficam ampliadas e que a enfermagem pode...

Pórtico " Estar no Mundo e Servir a Deus - Modos e Percursos"

Santos, Maria Teresa
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
45.65%
“Estar no Mundo e servir a Deus: modos e percursos" é um título que exprime a permanente questão da Aliança entre o ser humano e Deus. Sob este título reúnem-se um conjunto de textos que retoma a questão da situação comunitária do ser humano, dinamizada pela aspiração à instauração da Aliança.

A UME e a projecção da Europa no mundo : referência à posição portuguesa

Pinto, João Costa
Fonte: Instituto da Defesa Nacional Publicador: Instituto da Defesa Nacional
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2002 POR
Relevância na Pesquisa
45.66%
A projecção da Europa no Mundo depende grandemente da consolidação do processo de integração económica que tem vindo a ser impulsionado pela globalização e pelo lançamento da moeda única europeia. Em particular, vai depender da imagem de credibilidade do euro, das reformas estruturais necessárias à competitividade e à atractividade dos mercados europeus, da adopção de polí- ticas pan-europeias de segurança e de defesa e das reformas institucionais indispensáveis para o avanço do alargamento. No caso de Portugal, o nosso País enfrenta hoje uma situação complexa, marcada por alguns desequilíbrios macro-económicos insustentáveis a prazo – déficit externo e finanças públicas – e por bloqueios estruturais que estão a travar o crescimento e o desenvolvimento económicos. O modo como os ultrapassarmos condicionará a nossa posição na União e no Mundo

Uma primeira experiência no mundo profissional

Domingos, Ana Lisa Cruz, 1989-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
45.62%
Relatório de Estágio de mestrado, Ciências da Educação (Formação de Adultos), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2013; Através do presente relatório de estágio, inserido no âmbito do Mestrado em Ciências da Educação na área de especialização em Formação de adultos, venho relatar e refletir sobre a minha primeira experiência no mundo profissional. O projecto de estágio incidiu principalmente sobre a temática da formação profissional, mais especificamente sobre o sistema e o processo de certificação de entidades formadoras. Os recursos humanos sempre foram elementos essenciais no seio de uma organização. Ao longo dos anos, esta importância dada aos recursos humanos foi crescendo e, consequentemente, a preocupação com as suas competências e habilidades foi igualmente valorizada. É neste sentido, que a formação profissional foi ganhando uma maior visibilidade dentro das organizações e no mercado em geral. Com o crescimento da formação profissional, em Portugal, foi necessário criar um sistema regulador da qualidade da formação profissional. Neste sentido, surge o sistema de acreditação de entidades formadoras, que tinha como objetivo controlar as entidades formadoras e garantir a manutenção da qualidade relativamente ao ciclo formativo. Esta mudança veio reorganizar a formação profissional. Contudo...

O cuidado de enfermagem: uma visão fenomenológica do ser leucêmico

Sales,Catarina Aparecida; Espósito,Vitória Helena Cunha
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1999 PT
Relevância na Pesquisa
45.66%
Este trabalho é uma investigação sobre o cuidado de enfermagem na visão do ser leucêmico. A pesquisadora parte de inquietações emergidas em seu cotidiano enquanto, enfermeira assistencial e docente de enfermagem, buscando a apreender o sentido do cuidado no existir diário do ser leucêmico, enquanto um ser-no-mundo. Apresenta uma reflexão sobre o caminho a ser percorrido, e encontra na pesquisa qualitativa fenomenológica, no enfoque hermenêutico, fundamentado no pensar de Martin Heidegger, o método para desvelar o velado no discurso dos sujeitos, demonstrando que o ser leucêmico percebe o cuidado de enfermagem como: forma inautêntica de estar-com, assistir de forma diferenciada, paciência e compreensão e forma autêntica de estar-com. Ao desvelar o sentido emergido nos discursos, a pesquisadora percebe-se re-aprendendo a cuidar, através da linguagem dos sujeitos investigados.

Amor e liberdade em Heidegger

Ferreira,Acylene Maria Cabral
Fonte: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG Publicador: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
45.65%
Nosso objetivo é mostrar, a partir das obras Ser e Tempo e Seminários de Zollikon, a constituição ontológica do amor como a afinação (Stimmung) fundamental para a convivência da presença (Dasein). Nossa hipótese sustenta-se no pressuposto que a copertença do amor (abertura fundamental para o outro) e da liberdade (deixar-ser o outro) consiste em uma modificação do existencial da disposição e expressa a unidade e a circularidade ontológica do ser-no-mundo. Pretendemos mostrar ainda que a solicitude (a abertura do ser-com) é a condição de possibilidade para a constituição ontológico-existencial da afinação do amor. Centrados no texto Sobre a essência da verdade, nosso intuito é sublinhar que a liberdade é também uma modificação do existencial da disposição, ou seja, uma afinação, e enquanto tal é o fundamento ontológico para o desvelamento do modo próprio (eigentliche) de ser da presença. Nesta perspectiva, podemos afirmar que a afinação da liberdade precede e penetra a afinação do amor. Isto significa que a afinação do amor se funda na afinação da liberdade e que esta ressoa naquela, o que nos permite dizer que elas são co-originárias.

As lentes do discurso: letramento e criticidade no mundo digital

Jordão,Clarissa Menezes
Fonte: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada Publicador: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
45.65%
Este texto tem como principal objetivo trabalhar a concepção de língua como discurso e seu impacto na educação no mundo contemporâneo, caracterizado por uma classe média em processo de globalização e digitalização. Para isto, o texto parte da visão pós-estruturalista de discurso para discutir a abordagem educacional do letramento crítico, concebida como partidária desta concepção de língua. Além disso, o texto aborda algumas das implicações do letramento crítico para o papel social das línguas estrangeiras no mundo, enfocado aqui sob o prisma do que pode ser entendido como "transculturalidade virtual".

A narrativa no mundo dos que cuidam e são cuidados

Boehs,Astrid Eggert
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2000 PT
Relevância na Pesquisa
45.63%
Trata-se de um estudo mostrando a narrativa como metodologia para conhecer o mundo aparente e oculto do outro. Este outro pode ser o mundo do cliente ou mesmo o mundo dos integrantes da própria equipe de enfermagem. Na primeira parte apresenta-se uma visão geral dos autores que expõe a narrativa como uma forma de relatar o excepcional, os dramas que ocorrem num grupo, sendo a narrativa uma forma de atuar sobre a situação dramática. Na segunda parte são apresentados vários autores que utilizam a narrativa para representar doenças. Finalmente a autora apresenta a narrativa como uma possibilidade para a enfermagem interpretar e agir sobre sua prática.

O empreendedor de si mesmo e a flexibilização no mundo do trabalho

Barbosa,Attila Magno e Silva
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
45.65%
A existência social dos indivíduos, para muitos de seus intérpretes, pela via de discursos religiosos, de discursos políticos ou até mesmo pela via de algumas correntes do pensamento sociológico, parece não ser possível sem a existência de metanarrativas que lhes confira sentido. Este artigo tem como objetivo fazer uma discussão teórica sobre a construção discursiva do empreendedor de si mesmo como o indivíduo apto a enfrentar as rápidas e drásticas mudanças ocorridas no mundo do trabalho com o advento da flexibilização produtiva. Advogamos em favor da hipótese de que essa construção discursiva não apresenta um tipo de indivíduo potencialmente acessível a todos, pois ele pressupõe a construção de si mesmo sem os suportes de um projeto comum de sociedade. Em outras palavras, estamos diante de um tipo de indivíduo desvinculado de pertenças coletivas e desprovido de qualquer tipo de proteção social fornecida pelo Estado e, por isso, inviável de ser pensado como padrão universal de comportamento em uma sociedade que busca a diminuição das desigualdades sociais.

A fronteira México-Estados Unidos: entre o sonho e o pesadelo - as experiências de e/imigrantes em viagens não-autorizadas no mundo global

Assis,Gláucia de Oliveira
Fonte: Núcleo de Estudos de Gênero - Pagu Publicador: Núcleo de Estudos de Gênero - Pagu
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
45.66%
Este artigo discute as experiências de homens e mulheres brasileiros, que tentam cruzar a fronteira México-Estados Unidos em viagens não-autorizadas no mundo global. São viajantes clandestinos que, com a ajuda dos coiotes, tentam entrar na "América". Na produção sobre tráfico de pessoas e "contrabando" ou tráfico de migrantes (smuggling), as questões relativas a gênero tendem a ser tratadas considerando-se que os homens brasileiros estão predominantemente vinculados ao tráfico de migrantes, enquanto as mulheres são vítimas de tráfico de pessoas para exploração sexual. Neste texto mostro que homens e mulheres estão envolvidos no tráfico de migrantes e ambos enfrentam os riscos, a aventura ou desventura de cruzar a fronteira ou de ser deportado.

Hannah Arendt: pensar a crise da educação no mundo contemporâneo

César,Maria Rita de Assis; Duarte,André
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
45.63%
Dividido em três etapas complementares, o presente artigo discute a reflexão de Hannah Arendt sobre a crise da educação no mundo contemporâneo. Na primeira parte se estabelecem algumas conexões teóricas gerais entre as teses de Arendt a respeito da crise da educação e sua reflexão filosófico-política sobre a crise política da modernidade. Na segunda parte do texto, discute-se a hipótese arendtiana de que a crise da educação também está relacionada à introdução de abordagens educacionais de caráter psicopedagógico, as quais, em vez contribuir para educar os jovens para a responsabilidade pelo mundo e para a ação política, os mantêm numa condição infantilizada que se estende até a idade adulta, trazendo, em consequência, novos problemas políticos. Finalmente, na terceira parte do texto, propõe-se a hipótese de que uma das principais contribuições do pensamento arendtiano para pensar a crise contemporânea da educação se encontra em sua interessante discussão do binômio "crítica" e "crise", o qual põe em questão o binômio tradicional "crise/reforma". Arendt, assim como Foucault e Deleuze, nos ensina que crítica e crise são fenômenos modernos indissociáveis e nos convida a enxergar a crise como momento privilegiado para o exercício da atividade da crítica. Para Arendt...

A abordagem ergológica e o mundo do trabalho dos comunicadores

Figaro,Roseli
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio Publicador: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
45.63%
Com base nos resultados da pesquisa "As mudanças no mundo do trabalho nas empresas de comunicação" da autora, discutem-se, neste artigo, aspectos relativos aos valores e às escolhas inerentes à atividade de trabalho dos comunicadores. Na primeira parte, trata-se da centralidade do trabalho e da comunicação na sociedade contemporânea. Toma-se como referencial teórico o conceito de atividade humana de trabalho, a partir do qual se estabelece a aproximação entre a ontologia do ser social de Marx e a abordagem ergológica. Na segunda parte, discute-se a contradição que se apresenta na prática profissional do comunicador em relação ao direito à informação. Essa contradição, entre prática profissional e direito à informação, foi apontada como um dos resultados da investigação. A pesquisa analisou os dados obtidos por meio de entrevistas com uma amostra de comunicadores, funcionários em duas empresas do ramo da comunicação. A discussão permite evidenciar os valores profissionais e as injunções do sistema de produção nos debates e conflitos que o jornalista enfrenta consigo mesmo ao fazer suas escolhas para realizar o trabalho. Esses embates são enfrentados pelo profissional no contexto do sistema de grandes conglomerados de empresas de comunicação e fusão de mídias. Ao final...

A reestruturação produtiva no mundo do trabalho e o impacto nas políticas da educação superior no Brasil: o ensino superior a serviço do mercado de trabalho

Nascimento, Laisa Mirele Soares
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
45.62%
Este estudo foi desenvolvido no âmbito da Linha de Pesquisa de Política e Gestão da Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Uberlândia – UFU, que busca discutir questões relacionadas à Educação e Trabalho a partir da problematização da relação entre a formação profissional em nível superior e o mercado de trabalho no contexto da reestruturação produtiva no mundo do trabalho. Como fontes de pesquisa utilizam-se documentos, leis e projetos. Considera-se que toda a conjuntura da construção do sentido do trabalho e da educação atualmente articula inovações tecnológicas com novas formas de organização e gestão da produção, apesar do trabalhador continuar indispensável para a realização do trabalho. Entende-se que a função do trabalho na sociedade está sendo revista, pois a sociedade convive com altas taxas de desemprego. O atual sistema brutaliza enorme contingente de homens e mulheres que vendem sua força de trabalho, vive-se em uma sociedade de consumo rápida com o objetivo de agilizar o ciclo reprodutivo do capital. A pesquisa indica que o discurso oficial associa a idéia da escolaridade com a aquisição de um posto de trabalho, sendo assim, o ensino superior privado ganha força. Essas mudanças que não conseguem garantir um melhor padrão de vida para os trabalhadores...

Sofrimento no trabalho, atendimento bancário: a atividade a serviço do adoecimento

Damásio, Railton dos Santos
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.63%
Considerando as mudanças ocorridas no mundo e no trabalho globalizado, as instituições financeiras no Brasil passaram por uma reestruturação organizacional, e novas estratégias de trabalho foram implantadas. Isso desencadeou um movimento complexo de transformações, onde os bancos passaram por um processo de reorganização operacional e de reestruturação das relações de trabalho existentes até então. O presente trabalho teve como principal objetivo identificar o cenário das vivências de prazer e sofrimento em trabalhadores que vivem e experienciam tal contexto, implicados na tarefa de atendimento em instituição financeira. A proposta de pesquisa se dedicou a identificar fatores que pudessem contribuir para um sofrimento psíquico aos atendentes que lidam com diferentes tipos de públicos, bem como tornar possível descrever características do atendimento ao público que possam ser propiciadoras para um sofrimento psíquico. Os resultados desta pesquisa foram coletados através de uma entrevista semi-estruturada e analisados de acordo com o referencial teórico da Psicodinâmica do Trabalho, alinhavando os discursos dos profissionais de tais instituições com o manejo teórico possibilitado por tal teoria. Com os resultados obtidos pela aplicação do Inventário de Trabalho e Risco de Adoecimento (ITRA)...

Hannah Arendt: pensar a crise da educação no mundo contemporâneo; Hannah Arendt: thinking the education crisis in the contemporary world

César, Maria Rita de Assis; Duarte, André
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2010 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
45.63%
Dividido em três etapas complementares, o presente artigo discute a reflexão de Hannah Arendt sobre a crise da educação no mundo contemporâneo. Na primeira parte se estabelecem algumas conexões teóricas gerais entre as teses de Arendt a respeito da crise da educação e sua reflexão filosófico-política sobre a crise política da modernidade. Na segunda parte do texto, discute-se a hipótese arendtiana de que a crise da educação também está relacionada à introdução de abordagens educacionais de caráter psicopedagógico, as quais, em vez contribuir para educar os jovens para a responsabilidade pelo mundo e para a ação política, os mantêm numa condição infantilizada que se estende até a idade adulta, trazendo, em consequência, novos problemas políticos. Finalmente, na terceira parte do texto, propõe-se a hipótese de que uma das principais contribuições do pensamento arendtiano para pensar a crise contemporânea da educação se encontra em sua interessante discussão do binômio "crítica" e "crise", o qual põe em questão o binômio tradicional "crise/reforma". Arendt, assim como Foucault e Deleuze, nos ensina que crítica e crise são fenômenos modernos indissociáveis e nos convida a enxergar a crise como momento privilegiado para o exercício da atividade da crítica. Para Arendt...

Para além da virtualização: a educação a distância e a revolução comunicacional no mundo contemporâneo

Abelha Cavenaghi, Ana Raquel; Gonçalves André, Richard
Fonte: Associação Nacional de História - ANPUH/Brasil Publicador: Associação Nacional de História - ANPUH/Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo de Dossiê Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
45.63%
O artigo tem por objetivo sugerir que a educação a distância (EAD) é parte de um paradigma comunicacional em processo de estruturação no mundo contemporâneo. Ela deve, portanto, ser pensada a partir de elementos mais ou menos específicos e irredutíveis às questões apresentadas pela educação presencial. Como se trata de fenômeno historicamente recente, as proposições teóricas atuais parecem insuficientes para compreender a questão. Mesmo assim, utilizam-se, neste texto, certos constructos voltados especialmente para os conceitos de linguagem e convergência de mídias, bem como o conceito de paradigma. É necessário pensar a EAD considerando sua natureza específica, apresentando, em primeiro lugar, o papel dos sujeitos do conhecimento, ressaltando a atuação triádica de professores, tutores e alunos e enfatizando o processo de autonomia destes; em segundo lugar, embora gerada num novo paradigma comunicacional, a EAD deve resguardar o tempo para maturação das ideias na construção do conhecimento, mesmo num mundo de aceleração na circulação informacional

Da disciplina ao controle: novos processos de subjetivação no mundo do trabalho

Barbosa, Attila Magno e Silva; Universidade Federal de São Carlos, SP, Brasil; Martins Jr., Angelo; Universidade Federal de São Carlos, SP, Brasil
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 27/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
45.66%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7984.2012v11n22p75Partindo do pressuposto de que as relações de poder são contextuais, históricas e em constante transformação, este artigo tem como objetivo refletir sobre a passagem da chamada sociedade disciplinar para a sociedade de controle. Tomaremos como referência o “mundo do trabalho” por entendermos que nele testemunhamos a constituição de um novo processo de subjetivação em que a disciplina, antes circunscrita em um sistema fechado – no caso em questão, a fábrica –, deu lugar a formas de controle que se estendem por todas as esferas da vida social. Para nós, o suporte discursivo desse novo dispositivo de poder seria o discurso do trabalhador como  empreendedor de si mesmo”. Iniciaremos nossa discussão versando sobre a analítica do poder de Foucault, mais precisamente sobre a noção de sociedade disciplinar que teria tido seu apogeu no início do século XX e desde então teria perdido força e cedido lugar à sociedade de controle, esta noção melhor desenvolvida por Deleuze. Nesse sentido, refletiremos sobre a ocorrência de um novo processo de subjetivação e como novas formas de controle passam a ser exercidas no mundo do trabalho.

AS LENTES DO DISCURSO: LETRAMENTO E CRITICIDADE NO MUNDO DIGITAL

Jordão, Clarissa Menezes
Fonte: Trabalhos em Linguística Aplicada Publicador: Trabalhos em Linguística Aplicada
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 19/10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
45.65%
Este texto tem como principal objetivo trabalhar a concepção de língua como discurso e seu impacto na educação no mundo contemporâneo, caracterizado por uma classe média em processo de globalização e digitalização. Para isto, o texto parte da visão pós-estruturalista de discurso para discutir a abordagem educacional do letramento crítico, concebida como partidária desta concepção de língua. Além disso, o texto aborda algumas das implicações do letramento crítico para o papel social das línguas estrangeiras no mundo, enfocado aqui sob o prisma do que pode ser entendido como “transculturalidade virtual”.