Página 6 dos resultados de 1009 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Avaliação nutricional em idosos cronicamente acamados

Gomes, Fátima Maria de Oliveira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
O envelhecimento demográfico, realidade actual, desperta na comunidade científica vários desafios, para o conceptualizar e para interferir no seu processo. A má nutrição evidenciada nos idosos torna-se motivo de preocupação e a solução passa pelo diagnóstico precoce, assente numa avaliação nutricional uniformizada (Media Health Portugal, 2006; Ferry & Alix, 2004). O principal objectivo deste estudo foi avaliar o estado nutricional em idosos cronicamente acamados, e a sua relação com as variáveis: sonda-nasogástrica, apoio formal na alimentação e o tempo de imobilidade no leito. Procedeu-se ainda à comparação entre os métodos clássicos de avaliação nutricional e a avaliação pelo Mini Nutricional Assessment (MNA). Foi realizado na população inscrita num Centro de Saúde do Distrito de Aveiro com a classificação de dependente segundo critérios de Enfermagem, num total de 60 idosos, constituída maioritariamente por idosos com mais de 75 anos, do sexo feminino e viúvas. Os idosos foram classificados na sua maioria com desnutrição moderada, quer na avaliação pelos métodos clássicos quer pelo MNA. Existem diferenças entre os parâmetros bioquímicos, sendo a albumina aquela que classifica mais idosos como nutridos. Os valores do Índice de Massa Muscular (IMC) variam em função da altura utilizada no seu cálculo...

Cuidado informal no fim da vida : stress e coping em cuidadores primários e secundários

Barbosa, Ana Luísa Balonas
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Objectivos: A investigação tem privilegiado os estudos que incidem sobre o cuidador principal de idosos dependentes. No entanto, pouco se sabe sobre o cuidador informal secundário, que frequentemente partilha a prestação de cuidados. Com base no Stress Process Model (Modelo de Desenvolvimento de Stress) (Pearlin, Mullan, Semple e Skaff, 1990), este estudo visa analisar e comparar os cuidadores informais primários e secundários de idosos dependentes no que diz respeito aos stressores e à utilização e eficácia das estratégias de coping. Além disso, é estudada a relação entre os stressores (sobrecarga, clausura de papel e tensões intrapsíquicas) e a utilidade do coping. Métodos: Optou-se por realizar um estudo descritivo-correlacional, de tipo comparativo, com uma abordagem quantitativa. A amostra foi constituída por 180 cuidadores informais de idosos dependentes: 90 cuidadores primários e 90 cuidadores secundários. Os instrumentos de recolha de dados utilizados foram: i) Índice de Barthel (Mahoney e Barthel, 1965), ii) Questionário Geral; iii) “Carers’ Assessment Management Index” - CAMI (Nolan, Grant e Keady, 1996) e iv) “Caregiver Stress Scale” (Aneshensel, Pearlin, Mullan, Whitlatch e Zarit, 1995). Resultados: Os resultados indicam que: i) os cuidadores primários sentem-se mais sobrecarregados e enclausurados no seu papel do que os cuidadores secundários...

Perfil terapêutico e risco de interacções medicamentosas nas pessoas idosas

Afonso, Diana Maria da Cruz
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
O objectivo deste trabalho consiste em caracterizar o perfil terapêutico das pessoas idosas. Foi aplicado um questionário aos idosos com idades superior ou igual a 65 anos; sendo a idade mínima 65 anos e a máxima 93 anos. A maioria dos idosos possui doenças crónicas e conhece os medicamentos que toma. Consoante aumenta o número de medicamentos tomados pelos idosos, estes apresentam maior risco de interacções medicamentosas e consoante aumenta o número de prescritores de medicamentos, os idosos apresentam maior risco de interacções medicamentosas. ABSTRACT: The purpose of this work is to characterize the therapeutic profile of aged people. A questionnaire was applied to aged people, with bigger or equal age to 65: the minimum age being 65 years and maximum 93 years. Most of them have chronic diseases and are familiar with de medicines that take. As increases the number of medications taken by aged people, there is a greater risk of drug interactions, and as the number of prescribers of medications increases, they present greater risk of drug interactions.; Mestrado em Gerontologia

Smartbike: future prospects of a bicycle for the eldery

Melo, Érico Jorge da Silva
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
ENG
Relevância na Pesquisa
26.76%
Andar de bicicleta pode ser uma forma de melhorarmos a saúde enquanto nos divertimos e protegemos o meio-ambiente. Tendo em conta isto, seria de esperar que bicicletas adequadas se encontrassem disponíveis a toda a população. No entanto, as convencionais bicicletas disponíveis no mercado não tomam em consideração as pessoas idosas e as limitações que acompanham o processo normal de envelhecimento. Este projecto tomou como ponto de partida um estudo anteriormente elaborado pelo próprio autor do presente estudo e deu a este uma continuação. Neste estudo anteriormente realizado (Smartbike: A vehicle for the elderly, 2007) o autor desenvolveu um modelo de uma bicicleta destinada à população sénior (Smartbike), tomando em consideração as suas limitações e questões de segurança. O presente estudo tem como objectivo principal validar a pertinência da construção de bicicletas para seniores. Com esta finalidade, alguns objectivos específicos foram estipulados: conhecer e caracterizar os modelos de bicicletas para seniores disponíveis no mercado; obter informação concreta sobre os potenciais utilizadores de bicicletas para seniores e possivelmente da Smartbike; tomar conhecimento acerca dos programas existentes de promoção da saúde dos idosos que utilizem a bicicleta como um instrumento; e fazer o planeamento do teste do futuroprotótipo da Smartbike. Algumas das descobertas mais relevantes resultantes deste estudo incluem uma revisão geral das bicicletas para seniores disponíveis no mercado...

Estado nutricional e padrão alimentar de idosos diabéticos

Soares, Maria da Conceição de Castro
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Objectivo: Avaliar o estado nutricional e o padrão alimentar de idosos diabéticos. Metodologia: Trata-se de um estudo quantitativo, não experimental, descritivo, analítico e correlacional, no qual foram avaliados o estado nutricional e o consumo alimentar de idosos diabéticos. A amostra é constituída por 111 indivíduos, de ambos os sexos, com 65 anos ou mais, diabéticos e seguidos no Centro de Saúde de Ovar em regime de ambulatório. Os instrumentos utilizados na recolha dos dados foram: para a avaliação do estado nutricional a antropometria (altura, peso, IMC e cintura abdominal) e para o consumo alimentar o questionário de frequência alimentar do Serviço de Epidemiologia da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. A análise estatística foi efectuada no programa para computador SPSS. Resultados: O estudo evidência que a amostra é constituída por 52,3% de idosos do sexo feminino e 47,7% do masculino, tendo a análise antropométrica mostrado os seguintes resultados médios: altura 159,6cm (DP=8,6), peso 75,0kg (DP=13,1), cintura abdominal 108,0cm (DP=13,2) e IMC 29,5 kg/m2 (DP=4,8). Segundo a classificação proposta por Ferry e Alix para idosos, 39,6% eram obesos, 44,1% normonutridos, 13,5% em risco de desnutrição e 2...

Perfil terapêutico e risco de interacções medicamentosas nas pessoas idosas

Reis, Susana Catarina Domingos dos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Actualmente vivemos numa sociedade envelhecida, na qual a ascensão da Medicina e das novas terapêuticas farmacológicas assumem um papel de relevo. Neste âmbito, estudos realizados a nível internacional, apontam para o aumento exacerbado do consumo de medicamentos pelas pessoas idosas e consequente aumento do risco de interacções medicamentosas. Perante estes factos, e pela escassez de estudos ao nível da realidade portuguesa, desenvolveu-se este trabalho com o objectivo de caracterizar o perfil terapêutico, prévio ao internamento, das pessoas idosas internadas no Serviço de Neurologia 2 dos Hospitais da Universidade de Coimbra e avaliar o risco de interacções medicamentosas. A metodologia utilizada baseou-se numa abordagem quantitativa, sendo este estudo descritivo-correlacional. Para o processamento de dados recorreu-se ao programa informático LEXI-INTERACT® e ao SPSS® 16.0. Assim, a amostra é constituída por 68 pessoas idosas, 57,4% do sexo feminino, com idade mínima de 65 anos e máxima de 97 anos. Relativamente ao perfil terapêutico, em 50% dos casos é a própria pessoa que prepara a medicação e foram encontrados um mínimo de 0, um máximo de 16 e uma mediana de 5 medicamentos por pessoa. Quanto ao conhecimento geral sobre os medicamentos...

Perfil terapêutico e risco de interacções medicamentosas em pessoas idosas

Saraiva, Ana Carolina do Paço Ribeiro
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
O objectivo principal do presente estudo foi definir o perfil terapêutico e o risco de interacções medicamentosas de idosos submetidos a hemodiálise numa clínica no centro de Portugal. Assim, foram entrevistados 53 idosos com idades compreendidas entre os 65 e os 90 anos, sendo 26 do sexo feminino. O instrumento utilizado foi um questionário elaborado para o efeito, com 17 questões fechadas e que foi aplicado pela investigadora principal. A análise dos dados recorreu ao Lexi Interact® e, para análise estatística das variáveis, foi utilizado o SPSS – v.16.0™. Os idosos consumiam medianamente 10 medicamentos (mínimo – 5; máximo – 15), sendo as classes terapêuticas predominantes as dos medicamentos que actuam no Aparelho Cardiovascular (31%), Sangue (18%) e Sistema Nervoso Central (10%). Setenta e quatro por cento dos medicamentos são consumidos há mais de 1 ano e destes, 28% são consumidos há mais de 5 anos. O nefrologista é o principal prescritor da terapêutica da amostra. Foram identificadas 263 Interacções Medicamentosas dos vários tipos. As mais frequentes são as de tipo C (60,5%), seguidas das de tipo B (24,3%), tipo D (9,5%) e tipo A (5,7%); não foram identificadas Interacções Medicamentosas de tipo X. Estabeleceu-se uma correlação positiva e significativa (p ≤ 0...

O acesso de pessoas idosas e pobres aos cuidados de saúde primários

Sá, Diana Marta Salgado e
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Este estudo teve como objectivo explorar o acesso aos cuidados de saúde primários por um grupo de pessoas idosas e pobres em dois centros de saúde do Distrito do Porto, um Centro de Saúde Urbano (CSU) e um Centro de Saúde Rural (CSR). O referencial teórico foi baseado em estudos da literatura e no modelo comportamental do uso de serviços de saúde. Os dados qualitativos foram auferidos através de observação livre e entrevistas semi-estruturadas. A análise dos dados foi realizada com base no referencial teórico, com o apoio do programa de pesquisa qualitativa QSR INVivo. Os resultados deste estudo, demonstram que o acesso é realizado com regularidade. Os factores positivos deste acesso são: a gratuidade dos cuidados de saúde primários, o acolhimento dos profissionais - médicos(as), enfermeiros(as), recepcionistas e técnicos de saúde, a competência médica. Os aspectos negativos do acesso realizado detectados, neste estudo, são: custo da medicação que é pouco comparticipada, e por sua vez afecta o rendimento familiar; custo do tratamento provocado pela falta de especialistas de saúde. As barreiras encontradas pelas pessoas idosas do CSU foram: estrutura física inadequada; a distância que percorrem para aceder; falta de estacionamento e de estacionamento gratuito; custo dos transportes públicos; baixa reforma e o tempo de espera para a consulta. Já as barreiras encontradas pelos participantes do CSR foram: tempo de espera prolongado para ter nova consulta; falta de transporte público relacionada com os poucos horários existentes; o horário de atendimento do centro de saúde e a falta de profissionalismo e competências dos enfermeiros. O acesso efectivo é favorecido pelo facto das pessoas idosas se sentirem melhores com os cuidados de saúde e expressarem essa satisfação com os(as) profissionais envolvidos(as) neste cuidado. No entanto...

A pessoa alectuada : qualidade de cuidado e potencial de reabilitação

Cadima, Álvaro Ferreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Introdução: A pessoa doente alectuada requer avaliação específica para melhoria da qualidade do cuidado e possível reabilitação. Neste sentido, optou-se por um instrumento de avaliação e rastreio com Indicadores de Qualidade (IQ) orientados para a pessoa alectuada. Este trabalho inclui dois estudos. O primeiro descreve e avalia a amostra global e o segundo avalia um caso da amostra que evidencia possibilidades de reabilitação. Objectivos: Este trabalho tem como primeiro objectivo descrever e avaliar um grupo de pessoas alectuadas quanto à qualidade de cuidado, através de um conjunto de IQ do Resident Assessment Instrument (RAI). Optou-se por este instrumento de avaliação pela sua ampla abrangência, padronização das áreas de cuidado, pela metodologia de avaliação, onde inclui o utente, e pela sua actualidade. Um segundo objectivo é analisar os casos com potencial de reabilitação, indicados no questionário, assim como identificar os itens que desencadeiam as áreas de cuidado específicas para a possível reabilitação. Amostra: É constituída por um grupo de 11 sujeitos, 10 do sexo feminino e 1 do sexo masculino, com idades compreendidas entre 71 e 91 anos, cuja mediana é de 81 anos, alectuados e residentes em 4 lares de idosos. Para a análise de sujeitos referenciados com potencial de reabilitação...

Qualidade de vida e espiritualidade em idosos com dor crónica

Ferreira, Ana Rita da Costa
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Objectivos: A investigação acerca da relação entre a percepção de qualidade de vida e a espiritualidade na idade avançada é ainda muito recente, sobretudo no contexto da dor crónica. Assim, este estudo tem como objectivo geral analisar a relação entre a qualidade de vida e a espiritualidade em pessoas idosas com 75 ou mais anos de idade, utentes de uma unidade de tratamento da dor. Métodos: Realizou-se um estudo de natureza quantitativa, de tipo descritivocorrelacional. A amostra foi constituída por 33 utentes de uma unidade de tratamento da dor, de um hospital distrital da região centro do país. Os instrumentos de recolha de dados foram a versão portuguesa do EASYCare (Sousa et al., 2009), a Escala de Avaliação da Espiritualidade (Pinto & Pais- Ribeiro, 2007), e um questionário complementar realizado para recolha de dados clínicos. Os participantes têm uma média etária de 79,12 anos e 54,5% são do género feminino. Resultados: Os resultados indicam que: i) no geral, as pessoas encontramse funcionais e independentes; ii) os domínios mais problemáticos são a saúde mental e bem-estar, a mobilidade e o auto-cuidado; iii) as crenças religiosas/espirituais são o domínio da espiritualidade mais significativo; iv) observaram-se correlações significativas entre a qualidade de vida e a dimensão espiritual relativa à esperança/optimismo: as pessoas que perspectivam pior a sua qualidade de vida...

Qualidade de vida e espiritualidade do idoso institucionalizado

Jacinto, Berta Pereira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
A inversão da pirâmide etária na segunda metade do século XX acarreta um novo fenómeno: o envelhecimento demográfico (Nazareth, 2009). Neste sentido, a sociedade civil tende a organizar-se para criar respostas, entre elas os lares de idosos. Estes emergem inicialmente como “depósitos”, os chamados asilos para velhos. Embora ainda hoje, paire esta visão houve mudanças que encaminham e exigem das instituições uma maior Qualidade de Vida (QV) para os idosos. Desta preocupação nasce o interesse em avaliar a QV e a Espiritualidade nos lares que estão ligados ao local profissional da autora. Os objectivos deste estudo são: caracterizar a QV e a Espiritualidade destes idosos e como estas duas variáveis se relacionam. Trata-se de um estudo de caso, quantitativo, exploratório e descritivo que contou com a participação de 35 idosos das 3 instituições propriedade da D. Fernanda: Lar Nossa Senhora da Conceição, Lar de Terceira Idade Frazões e Cantinho da Terceira Idade. Os instrumentos utilizados foram: para avaliar a QV o EASYcare (Sistema de Avaliação de Idosos, Sousa, Figueiredo & Guerra, 2009); para a Espiritualidade, a escala da Espiritualidade de Pinto e Ribeiro (2007). Os principais resultados indicam que: estes idosos apresentam uma capacidade/QV moderada; a maior capacidade e QV ocorrem em segurança...

Serviços de descanso ao cuidador : soluções de internamento temporário na região EDV

Pinto, Margarida Sofia Santiago
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Objectivos: Enquanto medida de apoio aos cuidadores, os serviços de descanso visam proporcionar uma pausa efectiva e temporária da responsabilidade de cuidar, para que a pessoa que cuida repouse ou realize outras actividades, restituindo desta forma as suas estratégias de coping. Este estudo visa conhecer a estruturação e funcionamento dos Serviços de Descanso ao Cuidador – Soluções de Internamento Temporário na região Entre Douro e Vouga (região EDV) tendo como ponto de partida o entendimento daqueles serviços por profissionais de diferentes âmbitos de intervenção (social e saúde), a elaboração de um diagnóstico das respostas existentes na região a este nível e a aferição da satisfação de cuidadores informais que já beneficiaram desses serviços. Metodologia: Foram desenvolvidos três estudos complementares. O primeiro estudo, de base qualitativa, consta de dois focus groups com representantes, do sector da saúde e do social, de cada um dos municípios; o segundo estudo desenvolveuse a partir da aplicação de um breve questionário a todas as instituições pertencentes à Rede Social da região EDV; o terceiro estudo, de carácter exploratório, consiste na realização de entrevistas a alguns cuidadores que já beneficiaram dos serviços de descanso ao cuidador na região. Resultados: Os principais resultados apontam para (i) uma indefinição conceptual associada aos serviços de descanso ao cuidador entre sectores distintos (social e saúde) mas...

Envelhecer bem : um estudo sobre qualidade de vida e espiritualidade

Simões, Patrícia Joana Fortunato França
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Objectivos: A relação entre qualidade de vida e espiritualidade associada ao envelhecimento permanece como um campo de investigação que necessita de mais exploração, sobretudo em pessoas que envelhecem bem. Assim, este estudo visa compreender a relação entre a qualidade de vida e a espiritualidade em pessoas com 65 ou mais anos, que frequentam uma universidade sénior. Metodologia: Optou-se por realizar um estudo quantitativo, de tipo descritivocorrelacional. A amostra foi constituída por 70 pessoas com uma média etária de 73,47 anos. Os instrumentos de recolha de dados utilizados foram: a versão portuguesa do EASYCare (Sousa et al., 2009); a Escala de Avaliação da Espiritualidade (Pinto & Pais-Ribeiro, 2007); e um questionário complementar. Resultados: Os principais resultados indicam que: a) os participantes apresentam uma percepção positiva da sua qualidade de vida, evidenciando elevados níveis de funcionalidade e independência; b) os participantes atribuem importância à espiritualidade, sobrevalorizando as crenças religiosas ou espirituais; c) as pessoas que percepcionam uma melhor qualidade de vida perspectivam o futuro com mais esperança e optimismo. Implicações: Os resultados sublinham a importância de se perspectivar a espiritualidade como um factor associado à qualidade de vida no envelhecimento. Além disso...

Caracterização da qualidade de vida e necessidades de idosos com DPOC

Couto, Tatiana Mesquita Barbosa
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
A Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) é uma doença incapacitante, lenta e progressiva, e que tem contribuído para elevar as causas de morbilidade e mortalidade entre as doenças crónicas no mundo e em Portugal. A qualidade de vida diz respeito ao grau de limitação e desconforto ocasionado por determinada doença. Instrumentos genéricos e específicos são utilizados para avaliar a qualidade de vida de pessoas portadoras desta doença. O desenvolvimento e respectiva utilização de instrumentos de avaliação em saúde tem vindo a crescer mundialmente. No entanto, a comparação entre os resultados obtidos entre instrumentos genéricos e específicos pode ocasionar dúvidas uma vez que a equivalência entre as pontuações definidas para os domínios é diferente para cada instrumento. A fim de se colmatar esta limitação, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o uso da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF), a fim de se recolher e interpretar a informação numa linguagem universal e padronizada que sirva de auxílio aos profissionais de saúde, nas suas intervenções, que se querem cada vez mais integradas, com carácter multidisciplinar e centradas no paciente. Este estudo teve como objectivo principal avaliar a qualidade de vida e as necessidades de pessoas idosas com DPOC...

Escala de qualidade de vida para utentes de lar de idosos

Póvoa, Vanessa Oliveira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Objectivos: Desde a década de noventa que a qualidade de vida tem vindo a ter uma importância acrescida na pesquisa científica e na prática clínica, incluindo equipamentos gerontológicos como são os Lares de Idosos. Esta importância deve-se não só à avaliação da prestação dos cuidados, mas também da qualidade de vida dos seus utentes. Os objectivos gerais deste estudo consistem em iniciar a validação da Escala de Qualidade de Vida para Utentes de Lar de Idosos para o contexto português e tornar possível a utilização desta escala como um instrumento de gestão dos Lares de Idosos. Metodologia: Foi traduzida a escala Quality of Life Scales for Nursing Home Residents de Rosalie Kane para a língua portuguesa. Foi aplicado um questionário a uma amostra constituída por 43 participantes com idades compreendidas entre os 47 e os 94 anos de idade residentes em Lar de Idosos da região Centro de Portugal Continental. O questionário incluía a recolha de dados relativas à situação sócio-demográfica, avaliação da satisfação com a vida, capacidades funcionais e mentais, síndromes geriátricos e qualidade de vida. Resultados: através da análise de homogeneidade de itens foram suprimidos da escala onze itens e duas subescalas. A análise de fiabilidade global e desagregada por estado cognitivo de cada sub-escala evidencia boas propriedades psicométricas (alfa de Chronbach entre 0...

Qualidade de vida e espiritualidade em pessoas idosas: a UCCC do HJLC

Figueira, Antero Rodrigues
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
O envelhecimento populacional tem feito emergir um conjunto de novos domínios de investigação (como a qualidade de vida) e conduzido à reorganização dos cuidados de saúde. Este estudo centrou‐se na Unidade de Convalescença do Hospital José Luciano de Castro Anadia, enquadrada na Rede Nacional de Cuidados Continuados, uma resposta em Portugal para as necessidades de reabilitação. Este estudo analisa a qualidade de vida percepcionada e a espiritualidade de pessoas idosas (75 anos ou mais), comparando o momento da admissão com o da alta. Além disso, relaciona a qualidade de vida e a espiritualidade. A amostra compreende 25 pessoas idosas, procurando identificar os ganhos de pessoas muito idosas decorrentes do internamento numa unidade desta natureza. Os instrumentos de recolha de dados foram: o Easycare (Elderly Assessment System, Sousa et al., 2009) e a Escala de Avaliação da Espiritualidade (Pinto e Pais Ribeiro, 2007). Comparando o momento de admissão e alta, os resultados sugerem: i) ganhos em qualidade de vida mais evidentes nas dimensões cuidar de si, mobilidade, pontuação de independência; ii) fortalecimento da espiritualidade. O investimento das instituições e seus profissionais nas diferentes dimensões da qualidade de vida é um caminho para a capacitação da pessoa idosa com vista à sua reintegração familiar...

Saúde e distress psicológico em pessoas com 80 e mais anos residentes na comunidade

Araújo, Lia João Pinho
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Introdução: O grupo de pessoas com 80 e mais anos é o segmento populacional que mais cresce anualmente e espera-se que até 2050 constitua 3,4% do total da população mundial (UN, 2002). Com o avançar da idade, perdas relacionadas com o processo de envelhecimento traduzem-se numa pior saúde física e funcional, mas são precisamente as pessoas mais velhas, com 80 e mais anos, que avaliam a sua saúde como mais positiva, especialmente quando se compararam com outras pessoas. Este paradoxo constitui uma das grandes contradições da literatura que foca as especificidades do grupo dos muito velhos e sugere a influência de outros factores na mediação entre saúde objectiva e subjectiva. Objectivo: Este estudo pretende descrever e comparar o estado socioeconómico e indicadores de saúde em três grupos etários (65-68, 70-79 e 80+ anos) e analisar a dinâmica da relação entre as três componentes da saúde consideradas – objectiva (saúde física e funcional), subjectiva (auto-percepção de saúde) e mental (distress psicológico) na idade avançada. Metodologia: Recorreu-se a uma amostra de 991 pessoas residentes na comunidade, 698 mulheres (70.4%), com idades compreendidas entre os 65 anos e os 101 anos (média de 74.1 anos...

Pagamento ajustado por índice de case-mix em unidades de convalescença

Telo-Gonçalves, Maria da Graça Alves
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
A criação de um novo nível intermédio de cuidados de saúde e sociais, através da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), foi um contributo para uma resposta sustentada aos desafios colocados pelo envelhecimento demográfico da sociedade portuguesa. Porque no sector da saúde, as decisões tomadas sobre a quem pagar, o que pagar e quanto pagar, comportam riscos e incentivos que irão afectar o tipo e a quantidade de serviços oferecidos, o presente estudo analisa o modelo de pagamento de uma tipologia de internamento da RNCCI, a Unidade de Convalescença. A opção por estas unidades deve-se ao seu papel intermédio entre os cuidados hospitalares e o domicílio dos utentes, por um lado, e ao facto de configurarem, dentro da Rede, o nível de maior custo e de maior diferenciação técnica. O trabalho parte da criação de um cenário teórico de comparação de dois modelos de pagamento. Compara o actual modelo de pagamento às Unidades de Convalescença - modelo de preços fixos, com o modelo de pagamento do programa federal norte-americano Medicare às Skilled Nursing Facilities - modelo de preços ajustados por case-mix, a partir da classificação de doentes dos Resource Utilization Groups (RUG-III) e analisa as implicações sobre a receita das Unidades de Convalescença...

O volume de O2 máx numa população maior que pratica actividade física

Azevedo, Jorge Manuel Torres de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
O presente trabalho tem como objectivo geral avaliar o volume de consumo de oxigénio máximo numa população maior que pratica actividade física moderada. Este estudo teve lugar em 14 bairros, num grupo de 105 pessoas maiores do município de Salamanca, entre Outubro de 2002 e Junho de 2006. O estudo foi realizado utilizando uma metodologia de tipo quantitativa, e de forma descritiva tendo em conta a colheita de dados e o registo das variáveis relevantes e respectivas correlações. Os entrevistados deste estudo são maioritariamente do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 69 e 79 anos. Em relação ao seu estado civil, destacam-se os entrevistados casados e os viúvos que vivem acompanhados e têm entre 1 e 4 filhos. Das 8 monitorizações realizadas ao longo dos 4 anos – altura, peso, pulsação por minuto, pressão arterial sistólica e diastólica, tempo que demora a percorrer a milha, pulsação por minuto em 15 segundos e pulsação por minuto em 60 segundos, tiram-se as seguintes conclusões: Diminuição de peso nos intervalos entre os 98-103; 92- 97 e 68-73 kg; Aumento significativo da percentagem de indivíduos com a pulsação por minuto no intervalo dos 60-69; Diminuição da percentagem de entrevistados com pressão arterial sistólica acima dos 140 mmHg e aumento da percentagem de entrevistados com a pressão arterial sistólica entre 121 e 140 mmHg; Diminuição da percentagem de indivíduos com a pressão arterial diastólica superior a 90 mmHg; Diminuição da percentagem de entrevistados que demoram entre 951 e 1000 segundos a percorrer a milha e ligeira diminuição da percentagem de entrevistados que demoram entre 1051 e 1100 segundos a percorrer a milha.; The present work have has general objective the valuation of the maximal oxygen consumption in an elderly population that practices moderate physical activity. This study takes place in 14 Districts of Salamanca...

Potencial de utilização de serviços de descanso ao cuidador

Brandão, Daniela Filipa Soares
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Objectivos: Os Serviços de Descanso ao Cuidador englobam um conjunto de intervenções que pretendem proporcionar uma pausa efectiva, mas temporária da prestação de cuidados. Providenciam suporte e alívio, permitindo uma diminuição da sobrecarga do cuidador, permitindo tempo livre para actividades de lazer ou outras obrigações pessoais. É uma resposta pouco desenvolvida em Portugal, existindo na tipologia de Serviços de Acolhimento Temporário (SAT). O presente estudo tem como objectivo geral estudar a necessidade e receptividade dos cuidadores informais de pessoas dependentes relativamente aos SAT e os factores que condicionam a sua utilização numa amostra de cuidadores informais da região Entre Douro e Vouga (região EDV). Metodologia: Foi considerada uma amostra por conveniência de 115 cuidadores informais de pessoas dependentes e utilizado o protocolo de avaliação do projecto Cuidar de Quem Cuida que inclui: (i) uma versão adaptada do questionário CUIDE, (ii) um Questionário de Avaliação dos serviços de apoio ao cuidador, (iii) o Questionário do Estado de Saúde (SF-12v2), (iv) a Escala de Saúde Geral (GHQ 12), (v) a escala Aspectos Positivos do Cuidar (PAC) e (vi) a Escala de Sobrecarga do Cuidador – versão modificada (CSI-M). Resultados: Grande parte dos cuidadores ainda não utilizou SAT (90...