Página 4 dos resultados de 683 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Origens e direção do Pragmatismo Ecumênico e Responsável (1974-1979)

Spektor, Matias
Fonte: Instituto Brasileiro de Relações Internacionais Publicador: Instituto Brasileiro de Relações Internacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.84%

A razão da retórica : hermenêutica, pragmatismo e a lógica argumentativa no discurso econômico

Fernandes, Danilo Araújo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.84%
Esta dissertação tem como objetivo defender a perspectiva da existência de uma lógica por trás dos discursos retórico-persuasivos – tal como inaugurada por McCloskey (1983) e Arida (1983) dentro da ciência econômica. O objetivo é demonstrar a completa inadequação de se confundir filosoficamente “retoricismo” com “irracionalismo”, pois, de acordo com nossa interpretação, nem McCloskey nem Arida propõem que não se deva utilizar critérios racionais para validação de teorias econômicas. O que eles propõem, a nosso ver, é que não se deva compreender a história do pensamento econômico e a própria teoria econômica atual como resultado de uma evolução apodíctica epistemologicamente mediada por evidências (sejam elas empíricas ou dedutivas). Isto, no entanto não implica numa desconsideração da “razão” por completo – a não ser que se entenda a “razão” por um prisma estritamente epistemológico; o que não nos parece muito razoável. Sendo assim, procuramos desenvolver ao longo do trabalho argumentos filosóficos oriundos das perspectivas hermenêuticas de: Heidegger, Gadamar, Habermas e Ricoeur, além do pragmatismo de Richard Rorty; com o intuito de relaciona-los com as perspectivas retóricas de McCloskey e Arida; buscando...

Três versões do pragmatismo deweyano no Brasil dos anos cinqüenta

Cunha, Marcus Vinicius da
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 39-55
POR
Relevância na Pesquisa
26.84%
O presente texto parte de uma caracterização em que o movimento escolanovista brasileiro é considerado como difusor da introdução de procedimentos científicos no campo pedagógico, como se a educação devesse subordinar-se às regras do pensamento e às descobertas obtidas pela ciência. em seguida, mostra que essa caracterização descreve apenas uma das tendências do ideário educacional renovador, sendo que outra, desenvolvida marcadamente sob a influência de John Dewey, filósofo e educador norte-americano, apresenta norteamentos bastante diversos. Assim, analisa alguns artigos publicados na Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, órgão do Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos, INEP, nos anos de 1950. Tais artigos, de autoria de Anísio Teixeira, João Roberto Moreira e Luiz Alves de Mattos, entre outros, traduzem o ideário educacional renovador daquele período e expressam concepções fundamentadas nas idéias de John Dewey. Os temas debatidos por esses educadores brasileiros são agrupados, de maneira geral, em torno das seguintes categorias: democracia, liberdade, pesquisa sócio-educacional e planejamento educacional. Na análise desenvolvida, percebe-se que os autores expressam diferentes visões do mesmo pensador - John Dewey -...

O pragmatismo em Kaiser e Ranganathan e o pioneirismo na construção do método analítico-sintético

Sales, Rodrigo de; Guimarães, José Augusto Chaves
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 53-64
POR
Relevância na Pesquisa
26.84%
Considering that Julius Kaiser´s Systematic Indexing brought pioneer contributions to the theoretical framework of the subject approach to information, this paper retrieves the foundations of the analiticalsynthetic method conceived by Kaiser which acted as a basis for Ranganathan’s faceted theory. In this sense, and by adopting William James’ pragmatism as a methodological approach, it analyzes the analitical and sintetic dimensions of Kaiser´s indexing method and in what extent they act as a basis for the definition of Ranganathan´s method, as well as how both Kaiser´s and Raganathan´s methods dialogue each other.; Se examina la figura de Julius Kaiser como un referencial teórico pionero del tratamiento temático de la información (TTI) a partir de la hipótesis de que, al preparar su indización sistemática, Kaiser concibió los pilares iniciales del método analítico-sintético, que, a su vez, sirvieron de base para el desarrollo la teoría de la clasificación facetas de Ranganathan. Adoptando como enfoque metodológico el pragmatismo de William James, se investiga cómo el método procesual de indización de Kaiser puede consierarse como un precursor del método analítico-sintético. Se analizan las dimensiones analíticas y sintéticas del método de indización de Kaiser y se investiga hasta qué punto pudieron servir de base al de Ranganatan y cómo se contraponen ambos métodos entre sí.

A filosofia do pragmatismo e a economia da inovação em debate: uma crítica à proposição de um pacto social pautado na lógica competitiva

Delgado, Darlan Marcelo; Vaidergorn, José
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1-26
POR
Relevância na Pesquisa
26.84%

Uma crítica ao pragmatismo a partir de uma reflexão sobre o papel da ciência no projeto filosófico de John Dewey

Pinto, Humberto Pessoa
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.84%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Filosofia.; O pensamento de John Dewey é centrado em problemas ético-sociais. Preocupa-o a grave crise moral em que a sociedade mergulhou em decorrência do progresso científico e tecnológico, que, ao provocar mudanças rápidas e profundas nas condições sob as quais vivemos, confundiu nossos valores e desorganizou nossa conduta. Dewey pensa que tal crise pode ser resolvida por meio da própria ciência, cujo método crítico e experimental poderia servir de inspiração e guia para a reconstrução racional das instituições, dos hábitos e dos fins sociais. Tal reconstrução, entretanto, encontraria forte resistência nos meios intelectuais, em virtude da noção tradicional segundo a qual o conhecimento é uma representação estática da realidade, um processo separado de e superior à ação. Para viabilizar seu projeto reconstrutivo, pois, Dewey tem de reformular a teoria do conhecimento, de modo a reinserir este no domínio prático. A nova concepção de conhecimento por ele proposta vem intimamente ligada à noção de valor. Em contraste com a teoria tradicional, que, ao identificar de modo exclusivo os objetos do conhecimento com o real...

Habitus (ethos e práxis) na civilização latino-americana

Kaku, William Smith
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
26.84%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-graduação em Direito; Trata-se de trabalho interdisciplinar da área de ciências sociais ou humanas, dialogando com a sociologia, história, antropologia, economia, direito, relações internacionais, integração econômica internacional, voltado para uma tentativa de interpretação, entendimento e explicação dos processos de integração internacional da América Latina, especialmente do Mercosul. Parte-se do pressuposto de que gentes criam instituições sociais em amplo sentido e que tais instituições são essas mesmas gentes em inter-relacionamento dinâmico no espaço social, criando os sentidos subjetivos que dão significados simbólicos concretos ao mundo e às suas diversas coisas, bem como, especificamente, fixando o sentido objetivo das coisas do mundo social resultante desse encontro de pessoas e grupos de pessoas em cotidiano encontro e relação sociais entre si # mas observando-se que o sentido subjetivo e o sentido objetivo do mundo social não significam necessariamente uma unidade de entendimento absolutamente coincidente entre si. Assim, é tomada como ponto de referência, neste trabalho, a teoria sociológica de Pierre Bourdieu e Norbert Elias...

O pragmatismo do petróleo : as relações entre o Brasil e o Iraque, de 1973 a 2007

Fares, Seme Taleb
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.84%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, 2007.; Propõe-se neste estudo analisar as relações entre o Brasil e o Iraque, de 1973 a 2007. Para tanto, são examinados os aspectos sociais, culturais e, principalmente, econômicos e políticos do relacionamento bilateral. Primeiramente, argumentar-se que tais relações foram fortemente condicionadas pela estrutura internacional e, em menor medida, pelo que ocorria internamente em cada um dos dois países. Buscou-se demonstrar que dentro da lógica do pragmatismo, do universalismo e da diplomacia econômica brasileira, os países do Oriente Médio, incluindo o Iraque, adquiriram importância fundamental para o Brasil após a primeira crise do petróleo. Com isso, os vários órgãos brasileiros envolvidos nas relações com o Iraque, que não se limitaram ao Itamaraty, se esforçaram em utilizar as compras de petróleo iraquiano como instrumento para as exportações do País, em busca da diminuição dos déficits ao Brasil na sua balança comercial com o Iraque, dada a oportunidade comercial aberta. Com o passar dos anos, o Iraque se tornou o principal fornecedor de petróleo ao Brasil...

Contribuições das abordagens positivista e pragmática do estudo do conceito para o modelo conceitual FRSAD

Melo, Maria Antônia Fonseca
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
26.84%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2013; Aborda o processo de organizar informação, o produto e os instrumentos do tratamento temático da informação. Apresenta as características dos sistemas de organização do conhecimento mais referenciados na literatura e identifica os elementos principais da representação temática da informação. Traça um panorama dos estudos teóricos de Ingetraut Dahlberg e de Birger Hjorland, sob a perspectiva das correntes filosóficas do positivismo lógico e do pragmatismo respectivamente. Explicita os tipos de relacionamentos entre conceitos que são tratados e representados nos sistemas de organização do conhecimento e indica a importância do uso da modelagem conceitual para a representação da informação. Introduz seu entendimento sobre o propósito, as tarefas dos usuários e a estrutura do modelo conceitual Requisitos Funcionais para Dados de Autoridade Assunto (FRSAD). Foram realizados procedimentos técnicos de uma pesquisa bibliográfica delineada por meio do método comparativo para análise teórica do conceito (thema) e dos tipos de relacionamentos semânticos (thema-to-thema) estabelecidos no modelo conceitual FRSAD...

Comportamento racional e formação de crenças em Keynes

Henriques,Ricardo
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2000 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
Este artigo procura discutir a relação entre racionalidade e crença para analisar o significado dos processos de tomada de decisão de longo prazo no pensamento de Keynes. A análise da ação racional é probabilística e remete tanto à nossa ignorância sobre o futuro como às nossas capacidades cognitivas, impondo como questão central a formação de crenças racionais (rational belief). O marcos conceituais desta reflexão remetem ao estudo da relação entre o Tratado de Probabilidade e a Teoria geral, bem como à crítica de Frank Ramsey ao Tratado e sua aceitação por Keynes. As crenças racionais, de forma consistente com a tradição do pragmatismo contemporâneo, são entendidas como "regras de ação' e não tentativas de representaçãO da realidade. Os processos de fixação de crenças (individual e coletiva) são múltiplos e a crença apresenta-se coo uma "disposição a agir' que só pode ser adquirida em relação à cada tipo específico de ação. É a partir da crença que podemos definir as imagens sobre o futuro e o estado de confiança que assegure as âncoras para as ações racionais submetidas a incerteza. Neste contexto, a articulação entre os conceitos de expectativas, convenções e animal spirits define o marco central para o entendimento da relação entre crenças racionais e decisões de longo prazo.

Uma reconstrução racional do programa de pesquisa do racionalismo neoclássico: os subprogramas do convencionalismo/pragmatismo (Poincaré) e do realismo estrutural convergente (Duhem)

Chiappin,José Raimundo Novaes; Leister,Ana Carolina
Fonte: Universidade Estadual Paulista, Departamento de Filosofia Publicador: Universidade Estadual Paulista, Departamento de Filosofia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
O objetivo deste artigo é proporcionar uma reconstrução racional do programa de pesquisa do racionalismo neoclássico como um substituto para o programa do racionalismo clássico. O programa do racionalismo neoclássico se desenvolve pela elaboração de uma nova concepção de ciência que a demarque da metafísica, com a definição da ciência como representação em lugar de explicação. Esse programa é constituído de três subprogramas: o convencionalismo/pragmatismo de Poincaré, o realismo convergentista de Duhem e o empirismo lógico.

A teoria dinâmica do conhecimento de Duhem: um termo médio entre a concepção metafísica clássica da ciência e a concepção do convencionalismo/pragmatismo (Poincaré)

Chiappin,J. R. N.
Fonte: Universidade Estadual Paulista, Departamento de Filosofia Publicador: Universidade Estadual Paulista, Departamento de Filosofia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
O objetivo é propor uma reconstrução racional da concepção da ciência de Duhem, por meio do recurso da metodologia da teoria da ciência, como uma teoria normativa da dinâmica do conhecimento. Essa reconstrução ajuda a estabelecer que Duhem não pode ser classificado como um convencionalista/pragmatista, como sugere a interpretação-padrão, e, além disso, que Duhem almeja construir uma concepção que seja um termo médio entre a concepção metafísica clássica e a concepção do convencionalismo/pragmatismo. A estratégia metodológica para construir esse termo médio é a proposta de um realismo estrutural e convergente. Duhem substitui o sujeito transcendental dos clássicos por uma teoria transcendental a ser alcançada por um processo dinâmico.

Dialética positiva: de Mead a Habermas

Haddad,Fernando
Fonte: CEDEC Publicador: CEDEC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
O autor discute a importância da psicologia social de G. H. Mead para o pensamento social de Habermas. De especial interesse para o filósofo alemão é a confluência, em Mead, de duas linhas de reflexão do pragmatismo norte-americano - a filosofia analítica da linguagem e a teoria psicológica do comportamento - na crítica à filosofia da consciência. Apesar de denominar sua teoria 'behaviorismo social', Mead se afasta das teorias do comportamento clássicas, ao enfatizar a experiência interna do indivíduo, e fazê-lo tendo como ponto de partida o 'todo social'. O artigo expõe, então, como a teoria da razão comunicativa pretende incorporar e, ao mesmo tempo, ultrapassar essa abordagem.

A desforra de Hume

Freitas,Renan Springer de
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2000 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
Alexandre Koyré denominou a revolução científica do século XVII "a desforra de Platão". O autor sugere que o século XX assistiu a uma desforra bem menos espetacular, a do naturalismo de David Hume. Refere-se, com este termo, à tese de que qualquer projeto epistemológico concebível está, de saída, fadado ao fracasso uma vez que não há nada a ser dito a respeito do conhecimento a não ser aquilo que possa vir a resultar de uma investigação sobre as origens das crenças das pessoas. Neste século, esta tese encontrou eco nos pensamentos de Dewey e de Wittgenstein, e culminou na "sociologia forte do conhecimento" de David Bloor, no pragmatismo wittgensteiniano de Richard Rorty e na "antropologia simétrica" de Bruno Latour. O autor argumenta que estas diferentes versões do naturalismo humiano repousam sobre uma concepção pré-darwiniana do conhecimento, a qual deveria ser substituída por uma visão genuinamente darwiniana.

Sobre prática e ponto de vista prático em Marx

Souza,José Crisóstomo de
Fonte: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos Publicador: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
O texto aborda as noções de prática e materialismo prático em Marx em uma relação de aproximação e distinção com as concepções do pragmatismo clássico norte-americano, a partir das Teses ad Feuerbach e da Ideologia Alemã, de Marx, e de formulações de Peirce, James e Dewey. De um lado, destaca a fecundidade da noção marxiana de prática e realidade como atividade sensível para uma interpretação renovada de noções como realidade, objetividade e conhecimento, e, de outro, chama a atenção para possíveis elementos essencialistas e transcendentalizantes no pensamento de Marx, que marcariam negativamente o conjunto de sua obra

Usos do conceito de eventos privados à luz de proposições pragmatistas

Borba,Aécio; Tourinho,Emmanuel Zagury
Fonte: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Publicador: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
O conceito de eventos privados tem sido apontado na literatura da Análise do Comportamento como central para a abordagem de fenômenos relativos à subjetividade, no contexto de uma adesão à instrumentalidade como critério de verdade. Este trabalho discute os usos do conceito de eventos privados a partir de questões levantadas pelo pragmatismo, filosofia com a qual aquele critério de verdade tem sido consistentemente identificado. É examinado em particular o enfoque relacional verbal na análise de conceitos relativos à privacidade, e como esse enfoque se reflete em uma rejeição do mentalismo e do organicismo. O trabalho segue discutindo a importância da comunidade verbal na produção do "mundo privado" individual. Por fim, ressalta-se que alguns autores afastam-se de uma referência funcional/instrumental ao elaborarem o problema da imprecisão de auto-descrições de eventos privados.

Três versões do pragmatismo deweyano no Brasil dos anos cinqüenta

Cunha,Marcus Vinicius da
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/1999 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
O presente texto parte de uma caracterização em que o movimento escolanovista brasileiro é considerado como difusor da introdução de procedimentos científicos no campo pedagógico, como se a educação devesse subordinar-se às regras do pensamento e às descobertas obtidas pela ciência. Em seguida, mostra que essa caracterização descreve apenas uma das tendências do ideário educacional renovador, sendo que outra, desenvolvida marcadamente sob a influência de John Dewey, filósofo e educador norte-americano, apresenta norteamentos bastante diversos. Assim, analisa alguns artigos publicados na Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, órgão do Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos, INEP, nos anos de 1950. Tais artigos, de autoria de Anísio Teixeira, João Roberto Moreira e Luiz Alves de Mattos, entre outros, traduzem o ideário educacional renovador daquele período e expressam concepções fundamentadas nas idéias de John Dewey. Os temas debatidos por esses educadores brasileiros são agrupados, de maneira geral, em torno das seguintes categorias: democracia, liberdade, pesquisa sócio-educacional e planejamento educacional. Na análise desenvolvida, percebe-se que os autores expressam diferentes visões do mesmo pensador - John Dewey -...

É possível uma pedagogia das competências contra-hegemônica?: relações entre pedagogia das competências, construtivismo e neopragmatismo

Ramos,Marise Nogueira
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio Publicador: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2003 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
Resgatando a discussão sobre a origem das competências na pedagogia e sua possível ressignificação ao subordiná-la ao conceito de qualificação como relação social, questiona-se, aqui, a possibilidade de essa noção orientar a construção de uma pedagogia contra-hegemônica. Tal questionamento é realizado analisando-se possíveis relações entre a pedagogia das competências, o (neo) pragmatismo e o chamado construtivismo radical, que podem estar fundando uma epistemologia pós-moderna, coerente com algumas tendências contemporâneas da Filosofia da Educação, com implicações sobre as teorias pedagógicas. Demonstrando que essas tendências negam a objetividade do conhecimento, admitindo-se o relativismo e o subjetivismo, conclui-se que a construção de uma pedagogia contra-hegemônica deve superar os princípios que dão significado à noção de competência e resgatar o trabalho como princípio educativo sob a perspectiva histórico-crítica das relações sociais.

Direito, pragmatismo e democracia

Posner, Richard A.
Fonte: Forense Publicador: Forense
Tipo: Livro
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.84%
Divulgação dos SUMÁRIOS das obras recentemente incorporadas ao acervo da Biblioteca Ministro Oscar Saraiva do STJ. Em respeito à lei de Direitos Autorais, não disponibilizamos a obra na íntegra. STJ00084331 340.12 P855d

A pesquisa em educação no Brasil: uma crítica a fragmentação do conhecimento

Moreira, Luciano Accioly Lemos
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 23/12/2009 POR
Relevância na Pesquisa
27.1%
Analisamos sob orientação teórica da ontologia marxiana a trajetória histórica, teórica e metodológica da Pesquisa Educacional no Brasil. Constatamos que a produção científica de modo hegemônico na atualidade, concentra-se em análises sobre problemáticas restritas a situações da sala de aula. Como efeito dessa perspectiva analítica, temos a construção de uma visão pragmática e utilitarista das pesquisas em educação. Restringindo desse modo, o olhar e a reflexão do professor a esfera fenomênica da realidade social.Palavras-chave Pesquisa educacional. Pragmatismo. Ontologia marxiana.Abstract We analyzed a theoretical orientation of the trajectory Marxist ontology historical, theoretical and methodological Educational Research in Brazil. We note that the scientific production of hegemonic way nowadays, focuses on analysis of problematic situations restricted to the classroom. The effect of this analytical perspective, we have to build a pragmatic and utilitarian view of research in education. Restricting this way, the gaze and the reflection of the teacher phenomenal sphere of social reality. Keywords Educational research; Pragmatism; Marxist ontology