Página 4 dos resultados de 995 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Fonologia lexical e controvérsia neogramática : análise das regras de monotongação de /ow/ e vocalização de /l/ no PB

Costa, Cristine Ferreira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.02%
Nesta dissertação, assumimos os pressupostos formais do modelo não-linear da Fonologia Lexical (FL). Adotamos, como hipótese de trabalho - nos termos de Labov (1981), Labov (1994) e Kiparsky (1988)- a resolução da controvérsia neogramática a partir deste modelo. Para tanto, apresentamos a análise de dois fenômenos do Português Brasileiro (PB), com base em dados empíricos extraídos da cidade de Porto Alegre, os quais confrontamos com as predições que emanam do modelo teórico. Num primeiro momento, discutimos o status lexical e pós-lexical das regras de vocalização de /l/ e monotongação de /ow/. Num segundo momento, apresentamos a caracterização desses dois tipos de mudança. Essas discussões fundamentam-se em resultados estatísticos, obtidos a partir da utilização do pacote VARBRUL. Partindo dessas discussões, propomos o ordenamento dessas regras nos componentes do modelo da Fonologia Lexical (FL), rastreando esses processos nos módulos do léxico e do pós-léxico. A escolha destes dois fenômenos não é aleatória: da análise destas regras nos termos da FL emergem questões não devidamente tratadas no PB, como a opacidade e a presença de regras variáveis no léxico. Também destacamos a controvérsia sobre a representação dos segmentos envolvidos nestes processos: dedicamos um capítulo para a discussão sobre a representação da lateral e do processo de vocalização; e outro para a discussão sobre a representação subjacente do ditongo /ow/. Conforme a análise dos resultados...

O acento do latim ao português arcaico

Quednau, Laura Rosane
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.02%
Este estudo diz respeito ao acento do latim e do português arcaico. Interpretado o acento à luz da Fonologia Métrica, admitimos, seguindo Jacobs (1990, 1997), que o troqueu irregular caracteriza melhor o latim clássico do que o troqueu mórico. Depois de discutir o acento do latim clássico e dar especial atenção às enclíticas, que ampliam o domínio do acento e sobre as quais, com respeito a seu papel no acento, defendemos uma posição contrária à de análises mais recentes, citadas neste trabalho, passamos ao acento em latim vulgar e, após, ao acento em português arcaico. Nessa trajetória, observa-se a perda das proparoxítonas por síncope em latim vulgar e, subseqüentemente, a perda da vogal final por apócope em algumas palavras em português arcaico, resultando palavras terminadas em sílaba pesada. A simplicidade conduz a evolução do latim clássico ao vulgar, passando o sistema acentual do troqueu irregular ao troqueu silábico, mas, do latim vulgar ao português arcaico, há uma volta ao troqueu irregular, em virtude da ocorrência de palavras terminadas em sílaba pesada. Essas últimas linhas encerram a tese que esta análise sustenta.

Consoante pós-vocálica final no PB : onset de sílaba com núcleo vazio

Barbosa, Patrícia Rodrigues
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.02%
Esta tese trata do estatuto silábico das consoantes finais /r, l, s, n/ no Português. Partimos, inicialmente, da proposta de Harris e Gussmann (1998), segundo a qual as consoantes finais não ocupam a coda silábica, mas são onsets de sílabas com núcleos vazios. Essa proposta baseia-se em uma concepção de estrutura silábica independente da estrutura segmental e que obedece às condições próprias (condições de licenciamento), as quais determinam a boa formação silábica. Nesse sentido, a estrutura silábica pode ser bem formada independentemente da estrutura segmental que a preenche. Assim se explica a ideia de Harris e Gussmann (1998) de núcleos vazios, isto é, de sílabas bem-formadas em termos de estrutura silábica, mas com núcleo não preenchido. Para procedermos a esta discussão, o trabalho foi subdividido em quatro capítulos. No primeiro, apresentamos a abordagem de que consoantes finais são onsets, buscando entender as implicações dessa abordagem e seus desdobramentos. Fazemos também uma comparação com abordagens alternativas, como a da extraprosodicidade e das semissílabas. Noções como a de licenciamento e outros detalhes da perspectiva adotada por Harris e Gussmann (1998) são explicitadas no capítulo 2...

O apagamento do /d/ em morfema de gerúndio no dialeto de São José do Rio Preto

Ferreira, Jesuelem Salvani
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 142 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Estudos Linguísticos - IBILCE; Este trabalho descreve o comportamento das formas de gerúndio no Português falado no interior paulista. Em tais formas, é possível verificar o fenômeno de apagamento do /d/ do morfema de gerúndio /ndo/, que passa a ser realizado como [no] na língua falada. Esse fenômeno também foi pesquisado em outras variedades do português brasileiro e constatou-se que se trata de um fenômeno variável (MOLLICA, 1989; CRISTÓFARO SILVA, 1996; DALPIN & MÉA, 2002; HONÓRIO, 2005; MARTINS, 2006). A descrição do fenômeno, neste trabalho, é embasada nas teorias Sociolinguística Variacionista (LABOV, 1972, 1994) e da Fonologia Lexical (KIPARSKY, 1982; LEE, 1995). O corpus desta pesquisa é formado por dados de fala espontânea extraídos do banco de dados Iboruna, que contém amostras do Português falado na região de São José do Rio Preto (SP). Compõem a amostra da pesquisa 76 entrevistas de narrativas de experiências (NE) de informantes de sexo feminino e masculino, de renda familiar de até 10 salários-mínimos, pertencentes às cinco faixas etárias (7 a 15 anos, 16 a 25 anos, 26 a 35 anos, 36 a 55 anos e mais de 55 anos) e a quatro níveis de escolaridade (1º EF...

As vogais médias pretônicas dos verbos na fala culta do interior paulista

Carmo, Márcia Cristina do
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 119 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
27.02%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Estudos Linguísticos - IBILCE; O presente trabalho descreve as vogais médias pretônicas dos verbos na região do município de São José do Rio Preto, noroeste do Estado de São Paulo. Algumas dessas vogais sofrem o processo fonológico de alçamento, por meio do qual as vogais médias /e/e/o/ são realizadas, respectivamente, como /i/e /u/, como em d[i]s[i]nvolvendo e c[u]nheço. Como corpus de pesquisa, são utilizadas dezesseis entrevistas do Banco de Dados IBORUNA, resultado do Projeto ALIP – Amostra Lingüística do Interior Paulista (IBILCE/UNESP – FAPESP 03/08058-6). São analisadas amostras de fala espontânea de informantes do sexo feminino que apresentam: (i) Ensino Superior completo ou em andamento; e (ii) uma das seguintes faixas etárias: de 16 a 25; de 26 a 35; de 36 a 55; e acima de 56 anos. A análise é realizada segundo os princípios da Teoria da Variação e da Mudança Lingüística, com a utilização do pacote estatístico VARBRUL, bem como da Fonologia Autossegmental, representada pelo modelo da Geometria de Traços. Como resultado geral, tem-se que alçam 16% das 2455 ocorrências de vogal pretônica /e/ e 10% das 2147 ocorrências de vogal pretônica /o/. Todas as ocorrências são analisadas em relação a uma variável social e a dez variáveis lingüísticas...

Aquisição de contrastes entre obstruintes coronais em crianças com padrões fonicos não esperados para sua faixa etaria; Coronal obstruent contrast acquisition in children with sound patterns unexpected for their age

Maria Claudia Camargo de Freitas
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
27.17%
Durante o processo de estabelecimento de contrastes fônicos, as crianças experienciam diferentes formas de marcar distinções entre os sons em aquisição até apresentar os contrastes considerados padrão na língua. Em algumas crianças, entretanto, esse processo se diferencia do observado na maioria dos seus pares etários. Abordagens mais tradicionais tratam essa diferenciação como decorrente de alterações na estrutura e/ou funcionamento do aparelho fonador. Para refutar essa visão, surgiram estudos baseados em teorias lingüísticas, sobretudo, em modelos lineares e não lineares em fonologia. Apesar de proporcionarem um grande avanço no entendimento do funcionamento lingüístico dessas crianças, esses estudos, por serem direcionados por unidades de análise estáticas, deixam de lado algumas tentativas das crianças de marcar um determinado contraste fônico. O objetivo deste trabalho foi caracterizar aspectos sincrônicos e diacrônicos do processo de estabelecimento de contrastes fônicos em crianças com padrões não mais esperados para sua faixa etária, enfocando a gradiência e a natureza dinâmica de tal processo. Para tanto, direcionados pelos princípios da Fonologia Acústico-Articulatória (ALBANO, 2001a)...

Produções em libras como segunda língua por ouvintes não fluentes e fluentes

Zancanaro Júnior, Luiz Antônio
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 192 p.| il., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Florianópolis, 2013.; Este trabalho de pesquisa tem por objetivo fazer um estudo a cerca da estrutura interna dos sinais produzidos por dois grupos de usuários da Libras como língua segunda, sendo um de usuários não fluentes e outro de fluentes, analisando suas distorções fonológicas que as fonemas dos sinais que apresentaram a modificação do segmento nos processos fonológicos que ocorreu uma regra de fonologia como apamento, epentese, substituição e o metatese, com base nos três parâmetros da fonologia da Língua de Sinais: configuração de mão, locação, movimento. A pesquisa tem como foco, itens lexicais, analisando a produção de onze sinais padronizados e precisos de um grupo de usuários não fluentes e um grupo de fluentes, sendo que estes deveriam produzir a partir da visualização de um vídeo com estes onze sinais executados por um surdo. A fundamentação teórica foi baseada nas definições sobre aquisição/aprendizagem da Libras como segunda língua, além de estudos a respeito da fonética e fonologia das Línguas de Sinais. Os dados foram coletados por meio de filmagens e a análise apresenta-se...

Caracterização da linguagem oral em crianças com implante coclear

Ramos, Daniela Castanheira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
Objectivo/tema: A surdez neurossensorial severa a profunda é a que provoca maior impacto na aquisição e desenvolvimento da linguagem oral, podendo comprometer, consequentemente, o desempenho linguístico das crianças. O implante coclear constitui-se como um elemento facilitador do desenvolvimento da linguagem em crianças com surdez severa a profunda cujo benefício com próteses auditivas convencionais é limitado. O desenvolvimento da linguagem oral das crianças utilizadoras de implante coclear apresenta diferenças comparativamente ao das crianças normo-ouvintes. O presente estudo teve como objectivos avaliar a linguagem oral em crianças com surdez congénita utilizadoras de implante coclear, comparar as suas capacidades linguísticas, ao nível da semântica, morfo-sintaxe e fonologia com normo-ouvintes e analisar a influência do género e da idade de implantação. Método: Foram estudadas 30 crianças com surdez profunda bilateral congénita, entre os 8 anos e 01 mês e os 10 anos de idade e comparadas com valores de referência de crianças normo-ouvintes dos 5 anos e 07 meses aos 7 anos tendo como base a mesma idade auditiva. Ambos os grupos foram avaliados com o instrumento de avaliação denominado Grelha de Observação da Linguagem – nível escolar. Resultados/Discussão: Os resultados do grupo dos 9 anos e 01 mês aos 10 anos...

O prefixo no português brasileiro: análise prosódica e lexical

SCHWINDT,Luiz Carlos
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP Publicador: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2001 PT
Relevância na Pesquisa
27.17%
Este artigo resume nosso estudo dos prefixos do português brasileiro (PB), realizado à luz da Fonologia Prosódica (FP) e da Fonologia Lexical (FL). Quanto a seu status prosódico, propomos que os prefixos do PB estão divididos em dois grupos: prefixos composicionais (PCs) e prefixos legítimos (PLs). Os primeiros configuram-se como palavras fonológicas independentes, enquanto os segundos se estruturam como sílabas átonas afixadas à esquerda de uma base. No que respeita ao status lexical dos prefixos, a partir de uma proposta de léxico segmentado em dois níveis, assumimos que PCs fazem o caminho de palavras fonológicas independentes até o nível pós-lexical, de onde são alçados, a fim de sofrer prefixação no nível 2, enquanto PLs são inseridos lexicalmente como sílabas pretônicas, distribuídos em duas classes, que se afixam, respectivamente, nos níveis 1 e 2.

Análise fonológica do Saynáwa (Pano): a língua dos índios da T. I. Jamináwa do Igarapé Preto

André Cavalcanti Couto, Claudio; Virginia Telles de Araújo Pereira Lima, Stella (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.17%
Nosso trabalho tem como objeto de estudo a fonologia do Saynáwa, idioma falado pelos índios Saynáwa, que vivem na T.I. Jamináwa do Igarapé Preto, no município de Rodrigues Alves-AC. Essa língua, até então desconhecida, pertencente à família lingüística Pano, corre sérios riscos de extinção, contando apenas com 8 falantes. O objetivo deste trabalho foi o de descrever e analisar a fonologia segmental e suprassegmental do Saynáwa, identificando seus fonemas consonantais e vocálicos, seus padrões silábicos, como ocorre a silabificação, como o acento da língua é atribuído, quais são seus constituintes prosódicos e quais são seus principais processos fonológicos. O corpus foi obtido através de pesquisa de campo, por nós realizada em 2008. Nossa análise partiu dos procedimentos de descoberta do estruturalismo norte-americano, através da abordagem estruturalista distribucional, nos apoiando em Comrie e Smith (1977), Gleason (1978), e Lass (1984); mas teve nas teorias fonológicas não-lineares seu principal referencial, nos concentrando em Goldsmith (1979, 1995), Nespor e Vogel (1986), Clements (1990), Kenstowicz (1994), Hayes (1995), Clements e Hume (1995). Como resultado, identificamos a existência de 13 fonemas consonantais...

Proposta de instrumento de avaliação da consciência fonológica, parâmetro configuração de mão, para crianças surdas utentes da língua de sinais brasileira

Cruz, Carina Rebello
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.17%
Esta pesquisa propõe a elaboração e a aplicação de um instrumento para avaliar a consciência fonológica de crianças surdas, utentes da Língua de Sinais Brasileira (LSB), em um dos principais parâmetros estudados na fonologia da língua de sinais, a configuração de mão (CM), e também a análise do próprio instrumento quanto à sua aplicabilidade e eficiência. Os informantes desta pesquisa são cinco professores surdos, proficientes na LSB, e quinze crianças surdas estudantes de uma escola para surdos da cidade de Porto Alegre, com faixa etária entre 6:0 e 11:1, não repetentes, com o início da aquisição da linguagem na LSB entre 0:0 e 4:1, e que não apresentam alterações visuais, neurológicas e/ou deficiência mental. O instrumento é composto de duas partes: na primeira, avalia-se a proficiência lexical, ou seja, os conhecimentos dos informantes em relação ao vocabulário do instrumento, e, na segunda, a consciência fonológica do parâmetro CM por meio de trinta tarefas organizadas em cinco itens. Estas foram elaboradas e organizadas considerando as condições para a boa-formação de sinais e a fonologia da LSB. Os resultados demonstraram que o instrumento proposto possibilita a avaliação da consciência fonológica no parâmetro CM...

A produção das vogais frontais, arredondadas do francês (L3) por falantes nativos do português brasileiro (L1) com inglês norte-americano como L2

Pompeu, Ana Carolina Moura
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.17%
No presente estudo, objetiva-se verificar a interferência de uma língua sobre a outra, no processo de aquisição de uma terceira língua, a fim de oferecer elementos para programas de aquisição de segunda e terceira língua. A teoria que fundamenta esta investigação é a Teoria da Marcação na visão de Chomsky e Halle (1968) que designa as marcas dos segmentos através de um conjunto de convenções, além da visão de Calabrese que determina as marcas através de uma escala de robustez e que propõe alguns Procedimentos de Simplificação aos quais os falantes se firmam ao deparar-se com segmentos complexos que não estão presentes no sistema de sua língua materna. Serão investigadas, portanto, a produção das vogais frontais arredondadas do francês /y/, /ø/ e /œ/, por falantes de português brasileiro (L1) que têm o inglês norte-americano como segunda língua (L2) e o francês como terceira (L3). A partir da investigação empírica são propostas duas análises: fonológica e acústica. A primeira é desenvolvida à luz da Teoria da Marcação de Calabrese (2005) a partir dos procedimentos de simplificação propostos pelo autor; a segunda tem por objetivo averiguar se a produção falha dos três segmentos do francês sofre maior influência da L1 ou da L2. A investigação empírica contou com 8 informantes...

Estudo fonol?gico da l?ngua Waiw?i (Caribe): uma contribui??o

AC?CIO, Mara S?lvia Juc?
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
Este trabalho objetiva documentar, descrever e analisar alguns aspectos fonol?gicos da l?ngua Waiw?i, uma das l?nguas da fam?lia Caribe, para fins cient?ficos e aplicados. Essa l?ngua ? falada pelos habitantes da Terra Ind?gena Nhamund?/Mapuera, localizada na fronteira do Estado do Par? com o Estado do Amazonas. O estudo justifica-se pela tentativa de atualiza??o dos dados sobre a fonologia e outros aspectos gramaticais da l?ngua Waiw?i. Os ?nicos trabalhos dos quais se tem conhecimento sobre a fonologia desse povo ind?gena s?o os de Neil W. Hawkins (1952) e Robert E. Hawkins (1998). Por esse motivo procurar-se-? estabelecer, mais especificamente, o sistema fon?tico-fonol?gico da l?ngua. A metodologia utilizada parte de uma abordagem descritiva, interpretando, sincronicamente, a estrutura fonol?gica da l?ngua em estudo, na sua modalidade oral. O trabalho de investiga??o do corpus baseia-se na an?lise sistem?tica dos dados, identificando e analisando os segmentos voc?licos e consonantais, objetos de estudo da fon?tica e da fonologia, dando conta de como esta l?ngua organiza seus sons; al?m de tecer algumas considera??es sobre o acento de palavras e o padr?o sil?bico da l?ngua. Para o desenvolvimento dessa pesquisa levamos em considera??o obras de autores estruturalistas e funcionalistas.; ABSTRACT: This study aims to document...

A complexidade das relações ortográfico-fônicas na aquisição da escrita : um estudo com crianças da educação infantil; Phonological complexity in writing acquisition : a study with pre-school children

Luciana Lessa Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.17%
O presente estudo se circunscreve no âmbito de pesquisas a respeito da escrita infantil. Foram investigadas características fônicas no processo inicial de aquisição de escrita por crianças pré-escolares, com a preocupação de flagrar a complexidade do contato entre o fônico e o gráfico. Buscou-se direcionar a análise sob um olhar que aborda dificuldades no processo de aquisição da escrita como decorrentes de sua complexa constituição. Consequentemente, buscou-se questionar e afastar da análise um olhar patologizante a respeito desse processo. As bases teóricas deste estudo foram: (a) Interpretação dinâmica de aspectos fônicos, com base em pressupostos da Fonologia Gestual (BROWMAN e GOLDSTEIN, 1992; ALBANO, 2001); (b) Complexidade do processo de aquisição da escrita (VYGOTSKY, 1984; FLOWER, 1994; CHACON, 1998, 2005, 2008, CORREA, 1997, 2004; TFOUNI, 2000). Os objetivos deste estudo foram: (1) analisar características fônicas detectadas na escrita inicial de crianças préescolares; (2) investigar em que medida a aquisição da escrita por sujeitos com desvio fonológico se assemelha, ou difere, desse mesmo processo por parte de sujeitos sem desvio fonológico; (3) compreender fenômenos fônicos da escrita inicial infantil à luz da Fonologia Gestual; e (4) levar contribuições para o campo da Fonoaudiologia...

Aquisição dos roticos em crianças com queixa fonoaudiologica; The acquisition of rhotic sounds in children with so called deviant phonological systems

Luciana Lessa Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.17%
O objetivo deste estudo foi investigar o processo de aquisição dos róticos por crianças com queixa fonoaudiológica relacionada ao sistema fônico. Foram coletados dados de fala de dois sujeitos com dificuldades de pronúncia de sons róticos. O quadro de referência teórico adotado na análise foi a Fonologia Gestual (Fonologia Articulatória 'FAR ' proposta por Browman e Goldstein, 1992, na versão denominada Fonologia Acústico-Articulatória ' FAAR ' proposta por Albano, 2001). Os resultados permitiram observar a presença de contrastes fônicos nas produções de fala dos sujeitos que, por meio de análise de outiva, foram classificadas como: (a) omissão do tap [R]; e (b) substituição tanto do tap [R] quanto da aproximante retroflexa [?] pela semivogal [j]. Esse achado permitiu confirmar a existência de contrastes fônicos encobertos durante o processo de aquisição do sistema fônico, ou seja, contrastes já em andamento na fala dos sujeitos que ainda não são perceptíveis para o ouvinte. Esses resultados trouxeram, portanto, importantes contribuições para a área de pesquisa sobre Aquisição Fonológica e, conseqüentemente, para a prática clínica relativa a crianças com queixa fonoaudiológica relacionada ao sistema fônico. Tais contribuições foram possíveis devido à metodologia e análise dos dados baseados em princípios da FAAR...

Uma discussão acerca da consciência fonológica em LE: o caminho percorrido por aprendizes brasileiros de inglês na aquisição da estrutura silábica

Aquino, Carla de
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.17%
A consciência fonológica, capacidade de tomar a língua como objeto de análise, tem sido amplamente estudada em língua materna - português, inclusive em suas diversas relações com escrita, leitura, memória e etc. Em língua estrangeira, poucos são os estudos realizados e instrumentos criados para a avaliação das habilidades dos aprendizes. Assim, pouco se sabe sobre a ordem de desenvolvimento da consciência fonológica em língua estrangeira e o caminho percorrido pelos aprendizes até o domínio da fonologia da L2. A presente investigação avaliou habilidades em consciência fonológica apresentadas por alunos de disciplinas de inglês do curso de graduação em letras de uma universidade em Porto Alegre. 40 sujeitos prestaram um teste de CF em língua estrangeira – inglês elaborado para tal pesquisa. Os objetivos do trabalho foram: avaliar se o aprendiz brasileiro de inglês como LE em nível intermediário possui bons níveis de CF nos níveis silábico e fonêmico, considerando processos de transferência de conhecimentos da L1 para a LE; relacionar resultados obtidos por alunos dos diferentes níveis de proficiência na LE para o estabelecimento de uma ordem desenvolvimento da CF em língua estrangeira e comparar os resultados obtidos com essa investigação ao que se sabe sobre o processo de aquisição fonológica em português como língua materna.Os resultados do teste sugerem que os alunos brasileiros apresentam altos níveis de CF na língua inglesa desde os primeiros semestres de contato com o idioma...

Fonaments fonètics de l'adquisició de la fonologia de les consonants del català

Llach Carles, Sílvia
Fonte: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf
Publicado em //2008 CAT; CAT
Relevância na Pesquisa
27.17%
Consultable des del TDX; Títol obtingut de la portada digitalitzada; En aquest treball estudiem els errors que es produeixen durant l'adquisició de les consonants del català. Hem dissenyat una prova de denominació de paraules i una prova de repetició de pseudoparaules. Hem administrat la prova a 150 nens i nenes de 3 a 7 anys de diversos centres educatius. Per analitzar els errors, hem utilitzat cinc tipus diferents de variables, amb l'objectiu de mostrar amb exhaustivitat tots els factors que poden contribuir a generar-los. La variable resultat 1 separa els errors de les realitzacions correctes; la variable resultat 2 organitza els errors segons els trets distintius bàsics afectats: mode, lloc d'articulació i sonoritat; la variable resultat 3 separa els errors segons el tipus de procés: substitució, assimilació, elisió, epèntesi o metàtesi; la variable resultat 4 aglutina les dues anteriors; i finalment la variable resultat 5 mostra els errors concrets més representatius. Totes cinc variables es veuen sotmeses al mateix procediment d'anàlisi. Primer s'estudia descriptivament l'evolució dels errors segons el tipus de prova (denominació vs. repetició) i segons els diferents grups d'edat. A continuació es fan proves estadístiques per mesurar la contribució de diversos factors lingüístics i extralingüístics als errors detectats. Els factors que s'estudien són el tipus de prova...

Representações múltiplas e organização do componente lingüístico

Silva, Thaïs Cristófaro Alves da; UFMG - Belo Horizonte - MG; Gomes, Christina Abreu; UFRJ - Rio de Janeiro - RJ
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; avaliado por pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
Esse artigo apresenta e discute alguns aspectos da Fonologia de Uso (Bybee, 2001) e da Fonologia Probabilística (Pierrehumbert, 2003). O objetivo central do artigo é ponderar sobre alguns aspectos básicos dos modelos lingüísticos tradicionais e sugerir a investigação de uma abordagem alternativa de análise do componente sonoro (mas também extensivo a toda e qualquer área da Gramática). Esta proposta sugere a multirepresentacionalidade das formas lingüísticas e sugere que a organização do conhecimento lingüístico seja probabilisticamente gerenciada. A estrutura lingüística é concebida como plástica e dinâmica onde a variação é inerente.

O acento francês: uma proposta de análise métrica; The French accent: a proposal in metrical phonology

Estivalet, Gustavo Lopez; Universidade Federal de Santa Catarina Centro de Comucicação e Expressão Programa de Pós-graduação em Linguística; Brenner, Teresinha de Moraes; Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Língua e Literatura
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Lingüística da UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Lingüística da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por pares"; ; Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-8420.2012v13n3p62Este artigo tem como principal objetivo realizar uma análise fonológica do acento no francês a partir da perspectiva da fonologia métrica. Diferentemente de outros trabalhos que apontam para a existência de apenas um acento no vocábulo, grupo rítmico e frase, este artigo se propõe a encontrar teoricamente os acentos ou possíveis acentos secundários nestes três níveis: palavra, grupo rítmico e frase. A fonologia métrica foi justamente desenvolvida com o intuito de estudar-se e formalizar-se a acentuação nas línguas. Ela é capaz de fornecer através de uma análise simples e objetiva o acento primário e os acentos secundários dos segmentos analisados. Pode-se analisar a existência destes acentos no francês assim como a sua regularidade nos níveis da palavra, grupo rítmico e frase. ; This paper has as main objective of making a phonological analysis of accent in French from the perspective of metrical phonology. Unlike other studies, that point to the existence of only one accent in the word, rhythmic group and sentence, this paper aims to find the theoretically accent or possible secondary accents in these three levels: word, rhythmic group and sentence. Metrical phonology was developed precisely in order to study and formalize themselves to accent languages. It is able to provide through a simple and objective analysis the primary accent and the secondary accents of analyzed segments. We could analyze all these accents in French as their regularity in the levels of word...

Una aproximación a la fonología del tapiete (Tupí-Guaraní)

González, Hebe
Fonte: LIAMES: Línguas Indígenas Americanas Publicador: LIAMES: Línguas Indígenas Americanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 27/04/2010 POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
This article presents the main features of Tapiete phonology, a Tupi-Guarani language spoken in Argentina, Bolivia and Paraguay. It discusses the segmental phonology focusing on phonemes, their phonetic description, the phonotactics, the rules that govern the allophonic variations and the syllable structure. At the supra-segmental level, the article provides a characterization of nasal harmony and stress.KEYWORDS: Tapiete; Tupi-Guarani; Phonology; Nasal harmony; Reduplication.RESUMEN Este artículo presenta los principales rasgos de la fonología tapiete, lengua tupí-guaraní hablada en Argentina, Bolivia y Paraguay. El artículo aborda la fonología segmental, centrándose en los fonemas, su caracterización fonética, la fonotáctica, las reglas que rigen las variaciones alofónicas y la estructura silábica. A nivel suprasegmental, el artículo brinda una caracterización de la armonía nasal y el acento. Se describen las variaciones morfofonológicas, específicamente, en su relación con la armonía nasal y el acento.PALABRAS CLAVES: Tapiete; Tupí-Guaraní; Fonología; Armonía nasal; Reduplicació