Página 4 dos resultados de 2551 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Ethanol production process from banana fruit and its lignocellulosic residues: Energy analysis

VELASQUEZ-ARREDONDO, H. I.; RUIZ-COLORADO, A. A.; Oliveira Junior, Silvio de
Fonte: PERGAMON-ELSEVIER SCIENCE LTD Publicador: PERGAMON-ELSEVIER SCIENCE LTD
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
37.16%
Tropical countries, such as Brazil and Colombia, have the possibility of using agricultural lands for growing biomass to produce bio-fuels such as biodiesel and ethanol. This study applies an energy analysis to the production process of anhydrous ethanol obtained from the hydrolysis of starch and cellulosic and hemicellulosic material present in the banana fruit and its residual biomass. Four different production routes were analyzed: acid hydrolysis of amylaceous material (banana pulp and banana fruit) and enzymatic hydrolysis of lignocellulosic material (flower stalk and banana skin). The analysis considered banana plant cultivation, feedstock transport, hydrolysis, fermentation, distillation, dehydration, residue treatment and utility plant. The best indexes were obtained for amylaceous material for which mass performance varied from 346.5 L/t to 388.7 L/t, Net Energy Value (NEV) ranged from 9.86 MJ/L to 9.94 MJ/L and the energy ratio was 1.9 MJ/MJ. For lignocellulosic materials, the figures were less favorable: mass performance varied from 86.1 to 123.5 L/t, NEV from 5.24 10 8.79 MJ/L and energy ratio from 1.3 to 1.6 MJ/MJ. The analysis showed, however, that both processes can be considered energetically feasible. (C) 2010 Elsevier Ltd. All rights reserved.; AUGURA association; DIME office; Biochemical Laboratory of the National University of Colombia; Bromatologic Laboratory of the National University in Colombia; Brazilian National Council of Scientific and Technological Development (CNPq)

Energy and exergy analysis of ethanol production process from banana fruit

VELASQUEZ, Hector Ivan; RUIZ, Angela Adriana; OLIVEIRA JUNIOR, Silvio de
Fonte: IMPRENTA UNIV ANTIOQUIA Publicador: IMPRENTA UNIV ANTIOQUIA
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
37.16%
An alternative for ethanol production, is the use of vegetable waste, such as excess of banana production, that are evaluated in 2,400,000 t/year, which includes: residual banana fruit and lignocellulosic material. This paper analyzes the energetic and exergetic behavior to carry the process developed at laboratory scale to a plant processing of banana for the ethanol production, involving: growing and transport of the vegetable material, hydrolysis of banana fruit, sugar fermentation, ethanol distillation and utility plant. Finally, energy and exergy indicators are obtained. The results show a positive energy balance when banana fruit is used for ethanol production, but some process modification must be done looking for improving the exergetic efficiency in ethanol production.

Rheological and functional properties of flours from banana pulp and peel

BERTOLINI, Andrea C.; BELLO-PEREZ, Luis A.; MENDEZ-MONTEALVO, Guadalupe; ALMEIDA, Claudia A. S.; LAJOLO, Franco
Fonte: WILEY-V C H VERLAG GMBH Publicador: WILEY-V C H VERLAG GMBH
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
37.16%
Unripe banana flour can be an alternative to minimize post-harvest loss and to increase the aggregate value of banana fruit. Flour from unripe banana is rich in phytosterols and resistant starch, being proposed as health food. Flours from unripe banana peel and pulp were evaluated on their composition, phytosterols content, thermal and rheological properties, and pasting profiles. High amounts of beta-sitosterol, campesterol, and stigmasterol were found in flour from banana peel. These samples showed lower viscosity values of pasting profiles, lower energy enthalpy on gelatinization, and higher temperature of gelatinization than those ones from pulp. Anti-oxidant treatment of fruits with citric acid does not change pasting profiles of flours from pulp, but resulted in slight increase in viscosity, suggesting that structure of starch could be modified by acidification.

Alfa e beta-amilase no metabolismo do amido durante o amadurecimento da banana: clonagem, expressão e caracterização molecular; Alpha and beta-amylase in the starch metabolism during banana ripening: cloning, expression and molecular characterization.

Vieira Junior, Adair
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.16%
A conversão do amido, armazenado nas frutas durante seu desenvolvimento, em açúcares, é desempenhada por várias enzimas, constituindo-se em um dos principais processos do amadurecimento. A função das enzimas hidrolíticas, alfa-amilase e beta-amilase, no metabolismo amido-sacarose durante o amadurecimento de bananas, foi avaliada através da determinação dos perfis de transcrição e tradução dos seus genes. Utilizando-se da expressão heteróloga de clones de cDNA das amilases, foi possível obter as proteínas recombinantes, inclusive na sua forma enzimaticamente ativa, bem como induzir a produção de anticorpos policlonais em coelhos, com os quais pode-se acompanhar a variação nos níveis de expressão de cada uma das duas enzimas. O tratamento de bananas com o hormônio etileno induziu a antecipação dos processos de degradação do amido e síntese de açúcares em relação ao grupo de frutas controle. Enquanto no grupo controle, as variações nos níveis de proteína e transcrição relativos à alfa-amilase sugerem que há redução na expressão do gene, no grupo tratado com etileno não foi possível detectar a expressão da proteína, apesar dos incrementos na transcrição e atividade. Tal fato pode ser associado à degradação do grânulo de amido e conseqüente solubilização de proteínas ligadas à sua superfície e ao provável aumento no turnover de proteínas promovidos pelo etileno. Em resposta ao tratamento com etileno...

Caracterização molecular de acessos de bananeira do banco de germoplasma da Embrapa; Molecular characterization of banana accessions from the Embrapa germplasm collection

Jesus, Onildo Nunes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.16%
Os marcadores microssatélites por serem de natureza codominante e multialélica tornam-se ideais para a caracterização, mapeamento e seleção assistida. Os locos microssatélites disponíveis têm sido utilizados efetivamente na caracterização de acessos de bananeira (Musa), porém muitos deles têm se mostrado com baixa eficiência de amplificação. Neste sentido, os objetivos deste trabalho foram: desenvolver novos locos de microssatélites, caracterizar 224 acessos de bananeira do banco de germoplasma da Embrapa em relação à ploidia e constituição genômica empregando abordagens moleculares e estabelecer relações genéticas entre eles. Foram desenvolvidos 50 novos locos de microssatélites dos quais 44 foram polimórficos entre os acessos analisados. Para a caracterização da ploidia dos acessos foi utilizado a citometria de fluxo, e para a definição da composição genômica foram empregados polimorfismo nos genes ribossomiais nucleares (rDNA) e 16 locos microssatélites, que também serviram para estabelecer as relações genéticas entre os acessos. Além disso, foram sequenciados regiões do rDNA de 17 acessos de bananeira para identificação de polimorfismo de base única (SNP) associados ao genoma A e B. A constituição genômica e/ou ploidia determinada por abordagens moleculares confirmou a classificação previamente estabelecida por descritores morfológicos...

Characterization of high density polyethylene (HDPE) reinforced with banana peel fibers

Pereira, Paulo Henrique Fernandes; Carvalho Benini, Kelly Cristina C.; Watashi, Cintia Yumi; Voorwald, Herman Jacobus Cornelis; Cioffi, Maria Odila Hilario
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2351-2365
ENG
Relevância na Pesquisa
37.16%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Processo FAPESP: 06/06740-2; Lignocellulosic fibers from banana peels were washed with water in order to increase their compatibility with a polymeric matrix, and their properties were compared with unwashed fibers. Washed banana fibers were mixed with high density polyethylene (HDPE) and placed in an injector chamber to produce specimens for tensile tests. Samples of washed bananafibers/HDPE composites were characterized by tensile tests and thermal analysis. The chemical composition of unwashed and washed banana fibers was analyzed by thermogravimetric analysis, scanning electron microscopy, and X-ray diffraction. The treatment with water was effective at removing extractives and increasing the surface roughness, thereby increasing the thermal stability of the fibers. However, results showed that the addition of washed banana fibers decreased the thermal stability of composites, while increasing the melting and crystallization temperatures of composites. The addition of 5 wt% fibers also provided an improvement in mechanical properties of composites in comparison with pure HDPE.

Aspectos tecnologicos e ergonomicos da colheita e pos-colheita da banana (musa cavendishii) : um estudo de caso na região do Vale do Ribeira

Keyla Cristina Martins Souza
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/03/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.16%
A cultura da banana tem um papelc entral na economia e bem estar social dos habitantes do Vale do Ribeira e Litoral Sul do estado de São Paulo.É uma cultura pouco mecanizada,que utiliza intensivamente mão de obra, particularmente na colheita e pós-colheitado produto.Boa parte das tarefas manuais envolve o levantamento e transporte de cargas elevadas, em condições desfavoráveis de temperatura,umidade e topografia. A apresentação e descrição dos cargos e tarefas da colheita e pós-colheita da banana são subsídios a propostas de intervenção de engenhariaq ue visem à racionalização e melhoria das condições de trabalho na bananicultura. A manutençãoda qualidade da banana, condição essencial para a boa comercialização do fruto, inclusive visando o mercadoexterno,é outroobjetivoa ser atingido. Parte significativados danos mecânicos que ocorrem nos frutos derivado transporte inadequado dos cachos. Nesse sentido, foi feito um estudo comparativo,relativo ao impactona qualidade do fruto,entre dois sistemas de transporte de cachos:o sistema convencional, que utiliza veículos motorizados, e a utilização do cabo aéreo. A principal conclusão a que se chega é que o sistema de transporte por cabo aéreo mantém a qualidade do fruto provocan do menos danos físicos ao produto do queo sistema veicular. Na estrutura dos cargos apresentados para os dois sistemas...

Efeito da etapa de resfriamento sobre as caracterísitcas de crocância e cor na obtenção de banana nanica crocante por secagem com pulso a alta temperatura; Effect of the cooling stage on crispy banana dried with an initial hot temperature pulse

Carla Ivonne La Fuente Arias
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.16%
Neste trabalho estudou-se a secagem de banana Nanica empregando um pulso inicial a alta temperatura e curto tempo (150°C e 15 minutos), seguido de uma etapa de resfriamento e uma etapa de secagem convencional a ar quente a 70°C. Na primeira parte do trabalho, avaliou-se especificamente a etapa de resfriamento pós-pulso HTST quanto aos atributos de crocância, encolhimento e cor no produto terminado. Analisaramse também as mudanças estruturais através de microscopia ótica. Na segunda parte do trabalho, estudou-se a temperatura de transição vítrea, através de Calorimetria Diferencial de Varredura, em bananas submetidas a este processo de secagem. Os resultados mostraram que, na etapa de resfriamento, a redução gradual de temperatura associada com tempos longos foi importante para que o produto mantivesse a estrutura porosa e crocante, porém também ocasionou produtos com cor escura, com baixos valores de luminosidade. Em contraposição, a redução acelerada de temperatura na etapa de resfriamento ocasionou a perda da estrutura porosa, além de os produtos finais ficarem duros e encolhidos; no entanto, a degradação de cor foi menor. Uma redução gradual da temperatura, com amplitude de 10°C e período de 7,5 minutos...

Os cultivos de arroz, fumo e banana na sub-bacia do Córrego Garuva, Sombrio - SC, a utilização dos agrotóxicos e sua implicação na saúde dos trabalhadores

Darélla, Marcelo Soares
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiii, 147 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Geografia; O presente trabalho cujo objetivo é caracterizar como os agricultores utilizam e se relacionam com os agrotóxicos nos cultivos de arroz, banana e fumo, foi desenvolvido na sub-bacia do Córrego Guaruva, em Sombrio, Santa Catarina, através de dados obtidos em visitas às propriedades rurais, entrevistas e testes de colinesterase sangüínea. O cultivo de arroz sofreu fortes modificações a partir dos anos 80, com adoção de novas tecnologias e com uma maior dependência dos agrotóxicos. Não obstante, os produtores estão distantes de uma maior preocupação relativa a estes produtos, e em quase 50% dos casos afirmam não receber nenhuma orientação a respeito das aplicações, desconhecendo ou desconsiderando os períodos de efeitos residuais, de carência, de resguardo na entrada nas lavouras, da forma mais apropriada de utilização e de cuidados com os recipientes. A banana, cultivada em áreas de 5 a 12 há, concentra-se principalmente nas encostas, próxima às nascentes. Os produtores não têm os devidos cuidados com os tratos culturais necessários a este cultivo, sendo realizada a capina...

Secagem de banana (var. prata) em campo de micro-ondas com vácuo contínuo ou intermitente

Monteiro, Ricardo Lemos
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 136 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.2%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos, Florianópolis, 2014.; Realizou-se um estudo comparativo de diferentes estratégias de secagem para obtenção de bananas desidratadas com microestrutura e propriedades de textura controladas. Este trabalho avaliou a influência da aplicação de pulsos de vácuo nas propriedades físicas que controlam a crocância de frutas desidratadas em campo de micro-ondas. Adaptou-se um forno de micro-ondas doméstico que permitiu utilizar vácuo juntamente com o sistema rotativo, que homogeniza a distribuição das ondas eletromagnéticas. No interior do forno foi utilizado um recipiente de polipropileno (câmara de vácuo) conectado a uma bomba de vácuo. Fatias de banana (var. Prata) de 5 mm de espessura foram desidratadas pela secagem com: I) micro-ondas a vácuo (MV) e II) múltiplos ciclos de aquecimento-pulso de vácuo, associados a um período complementar de secagem por micro-ondas sob vácuo (MVMFD). Ambos os procedimentos de secagem foram testados com potência nominal do forno de micro-ondas de 400, 700 e 1000 W. Na secagem MVMFD as amostras foram aquecidas no campo de micro-ondas até aproximadamente 60 °C...

Total soluble solids from banana : evaluation and optimization of extraction parameters

Carvalho, Giovani B. M.; Silva, Daniel Pereira da; Santos, Júlio C.; Izário Filho, Hélcio J.; Vicente, A. A.; Teixeira, J. A.; Felipe, Maria das Graças A.; Silva, João B. Almeida e
Fonte: Humana Press Publicador: Humana Press
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 ENG
Relevância na Pesquisa
37.2%
Banana, an important component in the diet of the global population, is one of the most consumed fruits in the world. This fruit is also very favorable to industry processes (e.g., fermented beverages) due to its rich content on soluble solids and minerals, with low acidity. The main objective of this work was to evaluate the influence of factors such as banana weight and extraction time during a hot aqueous extraction process on the total soluble solids content of banana. The extract is to be used by the food and beverage industries. The experiments were performed with 105 mL of water, considering the moisture of the ripe banana (65%). Total sugar concentrations were obtained in a beer analyzer and the result expressed in degrees Plato (°P, which is the weight of the extract or the sugar equivalent in 100 g solution at 20 °C), aiming at facilitating the use of these results by the beverage industries. After previous studies of characterization of the fruit and of ripening performance, a 22 full-factorial star design was carried out, and a model was developed to describe the behavior of the dependent variable (total soluble solids) as a function of the factors (banana weight and extraction time), indicating as optimum conditions for extraction 38.5 g of banana at 39.7 min.; Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp)...

OCORRÊNCIA E CARACTERIZAÇÃO DO AMIDO RESISTENTE EM AMIDOS DE MILHO E DE BANANA

Teixeira,Maria A.V.; Ciacco,César F.; Tavares,Débora Q.; BONEZZI,Alexandre N.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/1998 PT
Relevância na Pesquisa
37.2%
No presente trabalho foi estudada a ocorrência de Amido Resistente (AR) em amidos de milho e de banana (naturalmente resistente) e investigado o efeito das variáveis: umidade de condicionamento, tempo e temperatura de armazenamento dos géis, na formação do AR em amido normal de milho; além das características físico-químicas e a estrutura fina do AR de milho e de banana. Foi observado que o teor de AR em amidos de milho e banana (2,5% e 49,61%, respectivamente) parece não estar relacionada com a composição química do grânulo. O amido de banana apresentou grânulos com certo poliformismo, padrão de raio-x tipo B, além de uma fração linear de DP 34 resistente à b-amilólise. A estrutura cristalina que mantém o grânulo do amido de banana coeso, por si só, não explicou o alto teor de AR encontrado. O amido de milho normal apresentou formas poliédricas e padrão difração em raio-x tipo A. Não foi observada a fração com DP 34 resistente à b-amilólise, apesar da sua maior coesividade quando comparado ao amido de banana. O tratamento hidrotérmico aplicado no amido normal de milho quase triplicou o teor de AR (7,15%) devido à formação de estruturas cristalinas coesas. O AR de milho (7...

Consumo de massas, biodiversidade e fitomelhoramento da banana de exportação 1920 a 1980

Soluri,John
Fonte: Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais. Publicador: Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.16%
A exportação de banana, na América, foi constituída sob uma base genética extremamente limitada: ao longo de setenta anos, uma só variedade de banana, a Gros Michel, foi praticamente a única a ser vendida nos mercados norte-americanos. Esta variedade produzia grandes cachos, resistentes ao transporte, e dotados de um sabor e de uma casca que os consumidores norte-americanos identificavam como pertencentes a uma banana de qualidade. Entretanto, a Gros Michel também se mostrou muito suscetível a um grande número de patógenos fúngicos, incluindo o Mal do Panamá e a Sigatoka. A dinâmica histórica ocasionada, durante a primeira metade do século XX, pela propagação desse fungo, acelerou o aumentou dos índices de desmatamento, desestabilizou os sistemas de vida rural, aumentou os riscos à saúde dos trabalhadores do campo, e limitou os rendimentos das principais companhias de comércio de banana. Tais epidemias impeliram o governo britânico e a United Fruit Company a estabelecerem programas de fitomelhoramento, durante a década de 1920, tendo como meta o desenvolvimento de uma banana para exportação, que fosse resistente ao Mal do Panamá. Contudo, a criação de um híbrido que fosse capaz tanto de prosperar nas zonas tropicais...

Production of bioethanol using agricultural waste: banana pseudo stem

Ingale,Snehal; Joshi,Sanket J.; Gupte,Akshaya
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 EN
Relevância na Pesquisa
37.16%
India is amongst the largest banana (Musa acuminata) producing countries and thus banana pseudo stem is commonly available agricultural waste to be used as lignocellulosic substrate. Present study focuses on exploitation of banana pseudo stem as a source for bioethanol production from the sugars released due to different chemical and biological pretreatments. Two fungal strains Aspergillus ellipticus and Aspergillus fumigatus reported to be producing cellulolytic enzymes on sugarcane bagasse were used under co-culture fermentation on banana pseudo stem to degrade holocellulose and facilitate maximum release of reducing sugars. The hydrolysate obtained after alkali and microbial treatments was fermented by Saccharomyces cerevisiae NCIM 3570 to produce ethanol. Fermentation of cellulosic hydrolysate (4.1 g%) gave maximum ethanol (17.1 g/L) with yield (84%) and productivity (0.024 g%/h) after 72 h. Some critical aspects of fungal pretreatment for saccharification of cellulosic substrate using A. ellipticus and A. fumigatus for ethanol production by S. cerevisiae NCIM 3570 have been explored in this study. It was observed that pretreated banana pseudo stem can be economically utilized as a cheaper substrate for ethanol production.

Uso de óleos essenciais, extratos vegetais e indutores de resistência no controle alternativo do mal-do-Panamá da bananeira; Use of essential oils, vegetables extracts and inductive of resistance in the alternative control of the Panama disease of the banana tree

Silva, Julio Cesar da
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Agronomia; Produção vegetal; Proteção de plantas; Programa de Pós-Graduação em Agronomia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Agronomia; Produção vegetal; Proteção de plantas; Programa de Pós-Graduação em Agronomia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.2%
The banana tree (Musa spp.), is a plant explored in the majority of the tropical countries. Its fruit is consumed in practically all the countries of the world "in nature" or in form of candies, compotes, tinned, flakes, etc., which had to its energy value, caloric and wealth in vitamins and leaves minerals. The banana tree can be attacked by some pathogen, being distinguished fungus Fusarium oxysporum f. sp. cubense (Foc) that cause Panama disease, one of the main diseases of the culture. The search for alternative methods of control has been searched and in special the use of essential oils and vegetables extracts. This work was developed in laboratory conditions and greenhouse of the CECA/UFAL, with objectives to evaluate the fungitoxici effect "in vitro", "in vivo" and as inductive resistance of essential oils of Eucalyptus spp. (eucalypt citriodora variety), Cymbopogon winteranus (citronella), Caryophyllus aromaticus L. (india crave) and Piper aduncum L. (pepper-of-monkey) and of watery vegetables extracts of Caryophyllus aromaticus L. (india crave), Cinnamomum zeylanicum (cinnamon), Allium sativum L. (garlic), Ocimum basilicum (basil), Zingiber officinale Rosc. (ginger) and Ruta graveolens (arruda) and of the commercial products the ASM and Ecolife®. The oils had been added to the way of BDA in the 1...

Nutritional potential of green banana flour obtained by drying in spouted be

BEZERRA, Carolina Vieira; RODRIGUES, Antonio Manoel da Cruz; AMANTE, Edna Regina; SILVA, Luiza Helena Meller da
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
37.2%
Este estudo avaliou a composi??o qu?mica da farinha de banana verde sem casca e com casca, obtido por secagem em leito de jorro, com o objetivo de agregar valor nutricional a produtos aliment?cios. As bananas foram cortadas e trituradas para a obten??o de uma pasta, sendo esta alimentada no secador leito de jorro (12 cm de altura e T = 80 ? C), a fim de obter uma farinha. As farinhas obtidas foram submetidas a an?lise da umidade, prote?na, cinzas, Carboidratos totais, amido total, amido resistente, e fibras. As farinhas de banana verde, principalmente com casca, s?o boas fontes de fibras e amido resistente, com uma m?dia de 21,91g/100g e 68,02g/100g respectivamente. O teor m?dio de prote?na encontrado foi para 4,76g/100g, sendo classificada como uma prote?na de baixo valor biol?gico, tendo a lisina como o primeiro amino?cido limitante. Os resultados mostraram que a farinha de banana verde com casca obtida por secagem em leito de jorro pode ser uma ferramenta valiosa para agrega??o de valor nutricional aos produtos, a fim de aumentar a sua frac??o n?o diger?vel.; ABSTRACT: This study evaluated the chemical composition of peeled and unpeeled green banana Cavendish (AAA) flour obtained by drying in spouted bed, aiming at adding nutritional value to food products. The bananas were sliced and crushed to obtain a paste and fed to the spouted bed dryer (12 cm height and T = 80 ?C) in order to obtain flour. The flours obtained were subjected to analysis of moisture...

Influencia da estrutura celular e da geometria da amostra na taxa de transferencia de massa do processo de desidratação osmotica de banana nanica (Musa cavendishi) e de mamão formosa (Carica papaya L.)

Graziella Colato Antonio
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.2%
Neste trabalho foi estudada a transferência de massa na Banana Nanica (Musa cavendishi) e no Mamão Formosa (Carica papaya 1.) no processo de desidratação osmótica. Foi analisada a influência da geometria e estruturas celulares, para a verificação do mellior desempenho na transferência de massa. A etapa de desidratação osmótica foi conduzida com agitação constante de 80rpm e analisada através de um planejamento experimental fatorial 24-1com 3 repetições no ponto central para cada geometria estudada. As variáveis analisadas foram temperatura (30, 45 e 60°C), concentração da solução de sacarose (45, 55 e 65°Brix), concentração de ácido láctico (O, 0,05, 0,1M), e geometria da amostra (placa plana e cubo). As respostas analisadas foram perda de água, ganho de sólidos e atividade de água. A temperatura foi a variável que mais influenciou na perda de água e ganho de sólidos, seguida da concentração de sacarose da solução. A geometria de placa foi a que mais facilitou a perda de água no processo de desidratação osmótica tanto para a banana quanto para o mamão. O Modelo de Peleg e Azuara ajustaram-se bem os dados experimentais, sendo que os dados de equilibrio de perda de água que mais se aproximaram dos dados experimentais foram os calculado pelo Modelo de Azuara. Pela análise de imagens obtidas através da microscopia eletrônica de varredura foi possível verificar que as células da banana apresentam-se de forma alongada com presença de grânulos de amido e tanino...

Elaboração e aceitabilidade de receitas com biomassa de banana verde

Leon, Tiane Machado de
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.2%
Trabalho de Conclusão do Curso, apresentado para obtenção do grau de Bacharel no Curso de Nutrição da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; A biomassa de banana verde é um purê de banana verde que atua como poderoso espessante. É capaz de multiplicar alimentos com uma vantagem, pois por se tratar da fruta verde, não possui gosto e, portanto, não altera o sabor dos pratos em que está sendo adicionada, apenas aumenta o volume com a singularidade de acrescentar vitaminas e sais minerais. O presente trabalho teve por objetivo elaborar receitas com biomassa de banana verde e avaliar a aceitação das mesmas. Foram elaboradas 4 receitas: bolo de chocolate, bolo de milho, brigadeiro e docinho de coco sem glúten e sem lactose onde foram adicionados diferentes quantidades de biomassa de banana verde ao qual utilizou-se apenas a polpa da banana verde. Participaram da pesquisa 143 acadêmicos do curso de Nutrição de uma Instituição de Ensino Superior, da cidade de Criciúma, SC. As amostras foram avaliadas através de um teste de aceitabilidade utilizando a escala hedônica, onde as preparações receberam uma pontuação de 1a 4 (1-Não Gostei, 2-Médio, 3-Gostei e 4-Muito Bom). Na preparação intitulada “Bolo de Chocolate com Biomassa”...

AVALIAÇÃO TECNOLÓGICA DA EXTRAÇÃO ALCOÓLICA NO PROCESSAMENTO DE LICOR DE BANANA

TEIXEIRA, LUCIANO JOSÉ QUINTÃO; RAMOS, AFONSO MOTA; CHAVES, JOSÉ BENÍCIO PAES; DA SILVA, PAULO HENRIQUE ALVES; STRINGHETA, PAULO CÉSAR
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/02/2006 POR
Relevância na Pesquisa
37.2%
Neste trabalho objetivou-se estabelecer a proporção de banana, a composição da solução extratora, bem como o tempo de extração para produzir licor com qualidade. Efetuou-se experimento fatorial com três quantidades de polpa de banana (500, 800 e 1100 g de banana para produção de 4 L de licor) e dois teores alcoólicos da solução extratora (70 e 95°GL). O processo de extração foi estudado durante 21 dias em que se analisaram as coordenadas de cor, pH, teor de sólidos solúveis e densidade a 20°C do extrato. O licor jovem foi caracterizado e submetido à análise sensorial após 45 dias de envelhecimento. O tempo de 16 dias mostrou-se suficiente para finalizar a etapa de extração, evidenciando que o tempo de infusão deve ser de 15 a 16 dias. A solução extratora com teor alcoólico de 95°GL apresentou melhores resultados, principalmente no que se refere à cor final do produto e facilidade na filtração. Como não houve diferença significativa entre as quantidades de polpa de banana optouse pela menor proporção em razão de fatores econômicos. Portanto, a utilização de 500 g de polpa de banana é suficiente para produzir 4 L de licor.

AVALIAÇÃO DE PRODUTOS OBTIDOS PELA DESIDRATAÇÃO OSMÓTICA DE BANANA SEGUIDA DE SECAGEM

DE SOUSA, PAULO HENRIQUE MACHADO DE SOUSAPAULO HEN MACHADO; MAIA, GERALDO ARRAES; DE SOUZA FILHO, MEN DE SÁ MOREIRA; DE FIGUEIREDO, RAIMUNDO WILANE; NASSU, RENATA TIEKO; BORGES, MARIA DE FÁTIMA
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 22/02/2005 POR
Relevância na Pesquisa
37.2%
Foram obtidos dois produtos de banana por desidratação osmótica, um sob pressão atmosférica e outro sob vácuo, com complemento de secagem em estufa. A estabilidade dos produtos foi estudada, durante 120 dias, mediante análises físico-químicas, microbiológicas e sensoriais. Nesse período, os produtos ficaram armazenados em temperatura ambiente (23,4-34,1oC) e umidade relativa entre 33-81%. Concluiu-se que os produtos mantiveram suas características químicas, físico-químicas e sensoriais, além de estabilidade microbiológica (pouca variação durante o período de armazenamento). Somente a cor dos produtos apresentou variação expressiva. Sugere-se o tratamento utilizando osmose com vácuo seguido de secagem para produção de banana passa. EVALUATION OF PRODUCTS OBTAINED BY THE BANANA’S OSMOTIC DEHYDRATION FOLLOWED OF DRYING Abstract It was obtained two bananas products through osmotic dehydration, one under atmospheric pressure and other under vacuum, with drying complement in stove. The storage stability of these products was studied, during 120 days, through physicalchemical, microbiological and sensorial analysis. In this period, the products were stored at room temperature (23,4-34,1oC) and relative humidity between 33-81%. It was concluded that the obtained products maintained their chemical...