Página 3 dos resultados de 226 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Hérnias perineais em canídeos: estudo de 26 casos

Oliveira, Ana Cristina da Fonseca
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.49%
As hérnias perineais representam uma patologia comum na área da cirurgia de tecidos moles em pequenos animais, mais frequentemente em cães, machos, não castrados com idade superior a 5 anos. A sua apresentação clínica, na grande maioria das vezes, não requer intervenção cirúrgica urgente para a sua resolução, no entanto, em situações mais severas que incluam encarceramento de órgãos como a bexiga e/ou próstata, esta pode ser considerada uma urgência. O presente estudo teve como objectivo abordar os factores relevantes para o conhecimento da hérnia perineal, como os sinais clínicos, a incidência, os métodos de diagnóstico, dando ênfase aos tratamentos cirúrgicos, por ser uma patologia com elevado índice de recidivas e complicações pós-cirúrgicas. Para tal, foi estudada uma amostra de 26 pacientes de espécie canina com idades compreendidas entre os 5 e os 13 anos de idade, com hérnia perineal diagnosticada, em alguns Hospitais na zona de Lisboa. Na amostra em estudo, obteve-se uma prevalência de 96,2% de machos sendo que destes 25 machos apenas 1 era castrado, obtendo-se uma prevalência de 4%. Existiu neste estudo uma grande variação de raças sendo que houve uma maior predominância de animais sem raça definida com 8 casos (30...

Mulher encarcerada: trajetória entre a indignação e o sofrimento por atos de humilhação e violência.; WOMAN IMPRISON: trajectory between indignation and suffering for humiliating and violence acts.

Braunstein, Hélio Roberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
17.06%
Esta pesquisa, concebida a partir de observações e dados coletados ao longo do exercício da função de Psicólogo junto à Penitenciária Feminina do Butantã, se propõe ao estudo a respeito do encarceramento de mulheres no Estado de São Paulo a partir de 1950 e, mais especificamente, de mulheres encarceradas nesta unidade prisional, em regimes fechado e semi-aberto, no período entre os anos de 2001 e 2002. A pesquisa busca identificar variáveis individuais e coletivas em relação às mulheres encarceradas, bem como fazer uma descrição da práxis de uma unidade prisional destinada ao encarceramento de mulheres. Considera-se neste estudo, a importância da visibilidade da questão da mulher encarcerada no âmbito das políticas públicas; a importância da execução penal especial para a mulher, alternativas de aplicação de penas, voltadas principalmente às pessoas que cometeram infrações, delitos e crimes que não envolvam atos de violência, além de problematizar a respeito da intervenção, reabilitação, reintegração e prevenção, visando contribuir minimamente para ações voltadas à diminuição da cultura da violência, da intolerância, da exclusão, da reincidência, da vulnerabilidade social e carcerária das mulheres.; This work...

A mulher detenta, a sua saúde sexual e sua sexualidade: revisão sistemática da literatura brasileira sobre atuação da enfermagem neste processo; Sexual health and sexuality of inmate woman: systematic review of Brazilian literature about the nursing contribution in this process

Silva, Elaine Mara da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
17.06%
A complexidade que caracteriza o sistema penitenciário brasileiro não exclui o encarceramento feminino. A mulher, ao ser detida para cumprir pena pelo seu ato infracional ou delituoso, passa por momentos de conflitos consigo mesma em função da nova realidade que se apresenta, a da privação de liberdade, que indubitavelmente afeta a sua saúde sexual e consequentemente a sua sexualidade somando a esse processo, a falta de assistência nesse sentido. Baseando nestes referenciais, o presente estudo objetivou fazer uma reflexão perante a literatura existente sobre a possível contribuição da enfermagem na saúde sexual e na sexualidade da mulher detenta, tendo em vista as condições de vulnerabilidade em que ela é exposta às doenças sexualmente transmissíveis no encarceramento. A metodologia utilizada apropriou-se da revisão sistemática da literatura brasileira, cujo propósito foi proceder ao levantamento de dados sobre essas questões , considerando a importância de sintetizar e categorizar os estudos primários realizados no Brasil, no período de 1990 a 2013,tendo em vista, o assunto em apreço. A amostra foi constituída de 14 estudos dos quais, foram identificadas as situações limites através das circunstâncias apresentadas pelos profissionais de enfermagem nas unidades prisionais...

Caracterização da assistência à saúde prestada às pessoas privadas de liberdade que vivem com HIV/aids: uma revisão integrativa; Characterization of Health Care provided to persons deprived of liberty who live with HIV/AIDS: an integrative review

Catoia, Erika Aparecida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
17.06%
A infecção pelo HIV/aids no mundo atinge, desproporcionalmente, determinados grupos sociais, dentre eles a população privada de liberdade. Mediante o impacto da epidemia no âmbito carcerário, organismos internacionais orientam a adoção de estratégias de cuidado, pautadas em evidências científicas, o que determina o impacto positivo no controle do agravo nas prisões. Este estudo objetivou identificar e analisar as evidências científicas disponíveis na literatura sobre a assistência prestada às pessoas que vivem com HIV/aids (PVHA) no âmbito prisional. Trata-se de uma Revisão Integrativa da Literatura, tendo a prática baseada em evidências (PBE) como referencial teórico. No que se refere às etapas de desenvolvimento da revisão integrativa, procedeu-se à seleção dos estudos, por meio da utilização de descritores controlados e palavras-chaves junto às bases de dados LILACS, PUBMED, CINAHL e Web of Science. Dos 894 estudos recuperados, após leitura de forma independente por duas pesquisadoras, derivou-se uma amostra final de 15 estudos. Houve predomínio de pesquisas realizadas nos Estados Unidos, com população masculina, indivíduos afrodescendentes e com história pregressa de mais de um encarceramento ao longo da vida. A população abordada se encontrava em situação de privação de liberdade...

Geografia do cárcere: territorialidades na vida cotidiana carcerária no sistema prisional de Pernambuco; Geography of the prison: territorialities in the prison everyday life on the prison system of Pernambuco

Arruda, Raimundo Ferreira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
17.06%
Esta tese tem por objetivo compreender como se dá a reprodução da vida da prisão e as determinações e relações que a ligam ao mundo exterior revelando a razão de ser da prisão em nossa sociedade. Também procura identificar pontos críticos em que a reprodução da vida no interior da prisão se dá de forma particularmente dramática, tornar pública esta realidade e assim, contribuir para a superação dessa ordem que se pauta na política do encarceramento. Superlotadas as unidades prisionais se transformam em pontos que condensam complexas relações que forjam práticas espaciais e uma vida cotidiana carcerária que envolve presos, familiares e ex-detentos, os quais mesmo fora da prisão têm suas vidas atravessadas pelos muros. As regras criadas pelos próprios detentos normatizam as ações, os gestos e o comportamento desejado nas celas, nos pavilhões e na unidade prisional. O universo prisional condensa uma miríade de contradições e a luta pela cela se destaca como principal desafio para quem se encontra detido. Privatizada, para ter acesso à cela deve-se desembolsar um alto valor em dinheiro. Assim, forma-se o binômio cela-pavilhão, que funcionará como ponto central da vida cotidiana carcerária. Territórios serão forjados recortando celas e o piso do pavilhão. Fora do cárcere...

Relação entre a elastância pleural e efetividade da pleurodese no derrame pleural maligno recidivante; Relationship between the success of bedside pleurodesis and pleural elastance in recurrent malignant pleural effusion

Araujo, Pedro Henrique Xavier Nabuco de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
17.06%
Introdução: O tratamento para o derrame pleural maligno recidivado tem caráter paliativo, sendo a pleurodese o método mais utilizado. Contudo, nem todos os procedimentos são efetivos, em parte por um encarceramento do pulmão pela pleura visceral espessada que impede o contato entre os folhetos pleurais e subsequente pleurodese efetiva. A elastância pleural reflete o grau de encarceramento da pleura visceral, contudo sua correlação com a efetividade da pleurodese não é bem conhecido. Objetivo: Analisar a correlação entre a elastância pleural e a efetividade radiológica (quantificada por tomografia de tórax) da pleurodese realizada através de cateteres pleurais. Os objetivos secundários deste estudo são: correlacionar a elastância pleural com a qualidade de vida, graus de dispneia e dor após o procedimento, efetividade clínica, complicações e mortalidade. Correlacionar a posição da extremidade do cateter pleural com o sucesso radiológico e clínico da pleurodese. Métodos: Estudo prospectivo com 131 pacientes candidatos a pleurodese por instilação de nitrato de prata ou talco mineral por cateter pleural. As pressões pleurais foram aferidas através de manômetro hidrostático ou de transdutor eletrônico de pressão vascular durante o esvaziamento do líquido e usadas para calcular a elastância pleural...

Tuberculose em popula????o carcer??ria do Estado do Rio de Janeiro: preval??ncia e subs??dios para formula????o de estrat??gias de controle

Roma S??nchez, Alexandra Augusta Margarida Maria
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
Relevância na Pesquisa
17.06%
A tuberculose ?? um grave problema de sa??de p??blica nas pris??es do Rio de Janeiro. As estrat??gias recomendadas para o controle da TB em pris??es, relativamente bem eselecidas para pa??ses industrializados onde a incid??ncia de TB ?? menos elevada, n??o s??o claras para pa??ses de alta e m??dia endemicidade como o Brasil. O objetivo desta tese ?? contribuir para a reformula????o das estrat??gias de controle, especialmente no que se refere ?? detec????o ativa de casos. Afim de melhor avaliar a situa????o epidemiol??gica, realizamos inqu??rito radiol??gico seguido de teste bacteriol??gico em tr??s unidades prisionais (n=3014) que mostraram taxas de preval??ncia de 4,6 por cento, 6,3 por cento e 8,6 por cento, respectivamente, uma heterogeneidade que parece associada ao fato dos detentos serem alocados em fun????o da comunidade de origem onde a freq????ncia de TB varia. Tendo como refer??ncia o m??todo radiol??gico, avaliamos a performance de v??rios m??todos de rastreamento baseados em elementos anamn??sticos e cl??nicos (tosse>3semanas, escore proposto pela OMS, presen??a de ao menos um sintoma, escore desenvolvido a partir de nossos dados) com resultadosdecepcionantes. Baseados nestes estudos e em outros adicionais (epidemiol??gicos...

Evolução do estado de saúde em reclusas : estudo dos registos clínicos

Cerqueira, Ana Raquel Rego da Silva
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
17.06%
Dissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia da Saúde); O ambiente prisional é um caso particular de concentração de pessoas numa instituição, que está associada a situações de frustração, violência, falta de esperança no futuro, perspectivas de novo encarceramento, ruptura de laços sociais e familiares e continuação de consumo de drogas. De acordo com Crofts (1997) e Levy (1999) esta combinação fomenta elevados comportamentos de risco para a saúde, a dependência de drogas e perturbações mentais (Observatório Português dos Sistemas de Saúde, 2003). Se as condições de reclusão podem propiciar problemas de saúde física e mental, também é reconhecido que no momento de reclusão estas pessoas podem ter condições de saúde mais frágeis. Quando se trata especialmente da população feminina, a maioria da população reclusa feminina advém de famílias carenciadas, onde as desigualdades sociais sobressaem, reflectindo-se num estado de saúde precário. Isto significa que a prisão pode ser uma oportunidade para estas mulheres receberem cuidados de saúde adequados. Alguns estudos têm procurado caracterizar o estado de saúde de mulheres reclusas recorrendo ao relato que elas fazem da sua saúde...

Materninade em contexto prisional

Gonçalves, Inês Silva Pereira de Almeida
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
17.06%
Dissertação de Mestrado em Psicocriminologia apresentada ao ISPA - Instituto Universitário; A maternidade em contexto prisional é uma área que preocupa cada vez mais investigadores e onde existem poucos estudos disponíveis, que permitam perceber o efeito do contexto do encarceramento nas práticas educativas utilizadas pela mãe. A presente proposta visa efectuar um estudo comparativo de mães-reclusas, mães ex-reclusas e mães que nunca passaram pela experiência da reclusão, com o objectivo de avaliar a influência do contexto prisional. Pretende-se assim estudar as práticas educativas parentais utilizadas no comportamento interactivo das mães com os seus filhos, tendo em conta os factores pessoais que podem interferir nesta relação e a adequação das externalizações realizadas pelas crianças. Utilizarse- á o método de observação directa não-participante e grelhas de observação em que serão registados os comportamentos observados na díade durante a respectiva interacção, em situação de jogo livre. Espera-se que com base nas hipóteses formuladas, os resultados do estudo validem o contexto teórico e permitam um adequado mapeamento das práticas educativas parentais com os estilos parentais associados. Os resultados obtidos poderiam ser utilizados na melhoria e adequação das condições...

Hérnia inguinal na infância

Gabriel,Ennio
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgiões Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
17.06%
A persistência do conduto peritoniovaginal (CPV) pode se manifestar como hérnia inguinal indireta, hidrocele comunicante, cisto do cordão ou pela combinação de duas ou até três destas formas. A hérnia é muito comum na infância, seu número vem crescendo com a sobrevida cada vez maior de prematuros de baixo peso, e deve ser operada sem demora devido ao risco de encarceramento. Já o cisto e a hidrocele só serão operados após uma certa espera pela sua cura espontânea. São resumidos o quadro clínico e o diagnóstico de cada uma das três formas de apresentação. A irredutibilidade, seja o simples encarceramento ou o estrangulamento, é analisada, lembrando aspectos característicos da criança, como por exemplo o risco que corre o testículo. A técnica operatória na criança é centralizada na ligadura do conduto peritoniovaginal. A conduta a tomar em situações especiais, como o encontro de uma Síndrome de Testículos Feminizantes é descrita, assim como as variantes técnicas a serem empregadas nos casos mais difíceis. Os casos em que a operação não pode ser limitada à simples ligadura do saco são lembrados. A conduta terapêutica na hérnia irredutível é descrita. O problema de explorar ou não a região inguinal oposta...

Obstrução estrangulada de jejuno como complicação pós-operatória de ressecção do cólon maior eqüino: relato de caso

De Marval,C.A.; Matos,M.R.F.; Andrade,V.G.; Leal,B.B.; Alves,G.E.S.; Oliveira,H.P.; Faleiros,R.R.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
17.06%
Em uma égua, submetida à laparotomia para correção de vólvulo do cólon maior, realizou-se enterectomia próximo ao ligamento cecocólico seguida de enteroanastomose término-terminal. Nas primeiras 24 horas do período pós-operatório, houve piora dos sinais clínicos, com ocorrência de dor, refluxo enterogástrico e agravamento do quadro de endotoxemia. Frente ao prognóstico desfavorável, optou-se pela eutanásia. Durante a necropsia, não foram constatadas falhas na enteroanastomose ou sinais de peritonite séptica. Observou-se encarceramento de uma alça de jejuno, que se apresentava justaposta à extremidade livre da prega cecocólica e comprimida entre o corpo do ceco e o cólon ventral direito remanescente, caracterizando obstrução do tipo estrangulada. Esse achado foi compatível com o agravamento do quadro clínico observado no pós-operatório. Essa ocorrência sugere a necessidade de uma adaptação na técnica de ressecção do cólon maior, de forma a reduzir o espaço cecocólico e evitar um possível encarceramento de alças de intestino delgado.

Prevalência e fatores associados à violência sofrida em mulheres encarceradas por tráfico de drogas no Estado de Pernambuco, Brasil: um estudo transversal

Ferreira,Valquíria Pereira; Silva,Maria Arleide da; Noronha Neto,Carlos; Falbo Neto,Gilliatt Hanois; Chaves,Cynthia Vasconcelos; Bello,Rodrigo Pereira
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
17.06%
Este estudo objetivou estimar a prevalência e os fatores associados à violência sofrida nos 24 meses anteriores ao encarceramento de mulheres por tráfico de drogas em Colônia Penal Feminina no Estado de Pernambuco. Realizou-se um estudo de corte transversal incluindo 290 mulheres com 18 ou mais anos de idade e com até doze meses de encarceramento no período da coleta de dados. Utilizou-se como instrumento um questionário pesquisando variáveis socioeconômicas e demográficas e características da violência e do tráfico de drogas. Todas as participantes assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. A associação e a intensidade entre as variáveis de exposição e resposta foram determinadas pelo teste qui-quadrado e valores (p < 0,05) considerados estatisticamente significantes. O estudo mostrou que 71,4% das mulheres eram jovens; 78,9% não brancas; 85,8% solteiras com filhos; 83,3% tinham baixa escolaridade e 72,6% recebiam renda inferior ao salário mínimo. Usaram drogas ilícitas 47,3% e desenvolveram algum papel no tráfico de drogas 67,5%. Prevalências elevadas para algum tipo de violência sofrida foram observadas na população estudada e o companheiro foi identificado como perpetrador mais frequente (44...

A dialética de transformação do self e do autoconceito: dimensões auto-refletidas no cárcere feminino

Rodrigues, Lysia Rachel Moreira Basílio; Roazzi, Antonio (Orientador); Nascimento, Alexsandro (Coorientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
17.06%
O presente trabalho elege o evento encarceramento, ou privação de liberdade em decorrência de envolvimento em ato delituoso, como fator possivelmente desencadeador de transformações no autoconceito. Estas transformações, que no presente estudo foram abordadas no universo feminino, podem elucidar aspectos da conceituação, dinâmica do autoconceito e da permeabilidade deste a fatores do meio externo aos quais o sujeito está constantemente se defrontando durante a vida (Kinch, 1963; L’Écuyer, 1978, 1985a; Demo, 1992). O autoconceito é composto por múltiplas dimensões do Self que estão organizadas hierarquicamente, possuem uma mobilidade, em termos de posição mais ou menos central em diferentes momentos da vida, e funcionam como esquemas da cognição (L’Écuyer, 1978). É ainda um produto estrutural complexo da atividade reflexiva, permeável a mudanças promovidas por novas situações, transições e papéis sociais, ou seja, o autoconceito é, concomitantemente, estável e dinâmico (Demo, 1992). Para investigação das transformações e estrutura no autoconceito das mulheres encarceradas, cinco mulheres participaram, na etapa qualitativa do estudo, de entrevistas semi-estruturadas com base nas dimensões integradas do Self propostas por L’Écuyer (1978)...

Pol?ticas p?blicas de seguran?a e gest?o carcer?ria: estudo sobre a criminaliza??o da mis?ria no Sistema Penitenci?rio do Estado do Par?

SOUZA, Alexandre Samarone Silva de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
17.06%
Esta pesquisa identifica como objeto a (s) rela??o (?es) entre criminaliza??o e mis?ria e os atos que conduzem ? criminaliza??o da mis?ria nas sociedades modernas, fen?meno que tem rela??o com o aumento do encarceramento dos segmentos sociais caracterizados como miser?veis. Todos os atos, a??es, discursos, t?ticas, estrat?gias, percep??es, impress?es, programas e projetos serviram de base para formar-se uma an?lise mais completa desse fen?meno. A imagem da mis?ria associada com a criminalidade ? resultado de um processo de pr?-constru??o que, refor?ada pelo senso comum, contribui para estigmatizar os segmentos sociais mais vulner?veis da sociedade e tamb?m mascara a aus?ncia de pol?ticas p?blicas de assist?ncia por parte dos governos que evitem as causas de reprodu??o da criminalidade. As estrat?gias e t?ticas de repress?o ? criminalidade t?m ampliado a segrega??o aos segmentos mais desfavorecidos da sociedade em nome da defesa da ordem p?blica e econ?mica. Procuro demonstrar que no atual momento hist?rico de globaliza??o da economia mundial, argumento que as pol?ticas de seguran?a p?blica adotadas em alguns pa?ses criminalizam a mis?ria com encarceramento maci?o como solu??o contra a inseguran?a econ?mica e social. Este trabalho tem como finalidade compreender o processo de criminalizar?o da mis?ria e delimita como campo de an?lise o Sistema Penitenci?rio do Estado do Par?...

Criminalidade e criminologia feminista : um estudo sobre o crescimento da população carcerária feminina por envolvimento no tráfico ilícito de entorpecentes

Mendes, Bárbara Ketlin Cesa
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
17.06%
Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de Bacharel no curso de Direito da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; Esta monografia teve como espoco pesquisar o fenômeno do crescimento das taxas de encarceramento de mulheres e o perfil sociodemográfico destas mulheres, presas via de regra pelo envolvimento com o narcotráfico e verificar suas conseqüências sociais. Com base nisso, imperioso foi o estudo sobre as bases teóricas da criminologia feminista, alicerçadas na categoria teórica de gênero, uma vez que promovem um entendimento mais preciso sobre as bases iniciais das pesquisas criminológicas sobre mulheres. Ademais, estudando as mulheres e o sistema penal brasileiro, verificou-se que o tratamento dado as mulheres em âmbito penal e também prisional nunca esteve de acordo com os direitos humanos à elas inerentes, até mesmo nos dias atuais, embora já existam vários novos direitos resguardados às mulheres. Em relação ao crescimento da população carcerária feminina por envolvimento no tráfico ilícito de drogas, observou-se que esse fenômeno social que demonstra o etiquetamento dado a um perfil de mulheres que são criminalizadas pelo sistema penal. Ou seja, determinada categoria é duramente repreendida pelas autoridades...

Justiciabilidade das violações de direitos fundamentais das pessoas privadas de liberdade (uma aproximação Brasil e EUA)

Oliveira, Rodrigo Moraes de
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
17.35%
Diárias violações dos direitos fundamentais das pessoas privadas de liberdade no Brasil, emuladas por um grotesco cenário da superlotação dos presídios, a despeito de um sólido quadro normativo instituidor de proteções, associadas à paralisia de governos sucessivos e do parlamento, levam à pergunta sobre se seriam justiciáveis. Estando claro que há uma especial relação de sujeição do preso em face do Estado, que figura como seu garantidor, e de que a Constituição Federal haverá de governar a mão do juiz, a afirmação da justiciabilidade surge naturalmente. Toca a ele a verificação não só da existência de condição formal para a prisão (i. e. , de um título de encarceramento válido), mas, em superação do olhar tradicional, também da existência de condições materiais para a prisão (i. e. , da exequibilidade humanitária do encarceramento, in loco, na unidade prisional em conformidade com os direitos fundamentais). Nos EUA, a Suprema Corte emitiu julgamento paradigmático na área, em Brown vs. Plata (2011), ordenando a soltura de prisioneiros no Estado da Califórnia devido a superlotação e violações inerentes. No Brasil, a ADPF na via coletiva, e o HC na via individual, são ações possíveis para busca de tutela. Dentre os pronunciamentos resultantes...

Physical violence against patients with mental disorders in Brazil: sex differences in a cross-sectional study; Violência contra pacientes com transtorno mental no Brasil: diferenças por sexo em estudo transversal

Oliveira, Helian Nunes de; Machado, Carla Jorge; Guimarães, Mark Drew Crosland
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2013 ENG
Relevância na Pesquisa
17.06%
OBJETIVOS: Pacientes com transtorno mental estão mais expostos à violência do que a população em geral. Este estudo avaliou os fatores associados à violência física na vida contra esses pacientes, por meio de análise estratificada por sexo, no Brasil. MÉTODOS: Trata-se de estudo multicêntrico nacional transversal, com amostra representativa de 2.475 pacientes selecionados aleatoriamente de 26 serviços públicos de saúde mental. A regressão logística foi utilizada para avaliar os fatores associados à violência física, e odds ratio brutos e ajustados (ORa), com intervalo de 95% de confiança, foram estimados. O nível de significância considerado foi de 0,05. RESULTADOS: A prevalência na vida de violência física contra pacientes com transtornos mentais foi semelhante para mulheres (57,6%) e homens (57,8%). A violência física contra as mulheres esteve independentemente associada com: internações psiquiátricas anteriores (ORa = 2,09), histórico de doença sexualmente transmissível (ORa = 1,75), histórico de uso de álcool (ORa = 1,59), idade de iniciação sexual (< 16 anos) (ORa = 1,40), histórico de sexo sob efeito de drogas/álcool (ORa = 2,08), ter recebido/oferecido dinheiro por sexo (ORa = 1,73) e histórico de encarceramento (ORa = 1...

Implantação da Biblioteca no Cárcere: desafios e possibilidades

Colares, Leni Beatriz; Lindemann, Catia Rejane
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 28/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
17.06%
O projeto de Extensão intitulado Janela Literária: A Biblioteca no Contexto Carcerário, busca avaliar os desafios e possibilidades de implantação de Biblioteca dentro do sistema carcerário. Para tanto, a ação extensionista está sendo executada na Penitenciária Estadual do Rio Grande (PERG), onde está sendo implantada uma biblioteca cujo objetivo é o de disponibilizar a leitura para os presos, visando dar substrato para o Ensino de Jovens e Adultos (EJA), num Convênio entre Administração prisional e Delegacia de Ensino em Rio Grande (RS). As dificuldades para atingir o objetivo, desde a burocracia que cerca as relações carcerárias até a execução do projeto, serviram como parâmetros para compreender que no cárcere as regras modificam as teorias bibliotecárias do que é estabelecido como aplicação correta da boa técnica. Por essa razão é necessário adaptar e muitas vezes reinventar padrões de ação, considerando que se trata de usuários com suas especificidades. O encarceramento é vivido através de processos conhecidos como prisionalização, ou seja, uma vez preso, o indivíduo passa a incorporar a cultura da prisão na medida em que suas interações passam a ser mediadas por uma linguagem própria...

Lesão dural no contexto de fraturas toraco-lombares tipo ?burst? associadas a fraturas em ramo verde das lâminas

do Brito,Joaquim Soares; Fernandes,Pedro; Tirado,António
Fonte: Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
17.06%
As fraturas tipo “burst” da coluna toraco-lombar podem ser acompanhadas por fraturas das lâminas vertebrais em ramo verde. Este padrão particular de fratura laminar é um reconhecido fator preditivo da presença de rotura dural e encarceramento de raízes nervosas. Neste trabalho são revistos dois casos clínicos de doentes com fraturas tipo “burst” da coluna lombar, com evidência imagiológica de fratura laminar em ramo verde e lesão neurológica associada. Intra-operatoriamente foi possível observar uma extensa rotura dural com encarceramento dos elementos neurais nos fragmentos da fratura laminar. Uma abordagem cirúrgica combinada (posterior-anterior) permitiu uma libertação das raízes nervosas previamente a qualquer manobra de redução, assistindo-se a uma evolução neurológica favorável nos dois casos. O reconhecimento do padrão de fratura laminar em ramo verde, principalmente na presença de lesão neurológica, deverá influenciar a estratégia de abordagem cirúrgica, exigindo primeiramente uma abordagem posterior, de modo a permitir o desencarceramento dos elementos neurais e evitar complicações neurológicas.

Prevalência e fatores associados à violência sofrida em mulheres encarceradas por tráfico de drogas no Estado de Pernambuco, Brasil: um estudo transversal

Ferreira,Valquíria Pereira; Silva,Maria Arleide da; Noronha Neto,Carlos; Falbo Neto,Gilliatt Hanois; Chaves,Cynthia Vasconcelos; Bello,Rodrigo Pereira
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
17.06%
Este estudo objetivou estimar a prevalência e os fatores associados à violência sofrida nos 24 meses anteriores ao encarceramento de mulheres por tráfico de drogas em Colônia Penal Feminina no Estado de Pernambuco. Realizou-se um estudo de corte transversal incluindo 290 mulheres com 18 ou mais anos de idade e com até doze meses de encarceramento no período da coleta de dados. Utilizou-se como instrumento um questionário pesquisando variáveis socioeconômicas e demográficas e características da violência e do tráfico de drogas. Todas as participantes assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. A associação e a intensidade entre as variáveis de exposição e resposta foram determinadas pelo teste qui-quadrado e valores (p < 0,05) considerados estatisticamente significantes. O estudo mostrou que 71,4% das mulheres eram jovens; 78,9% não brancas; 85,8% solteiras com filhos; 83,3% tinham baixa escolaridade e 72,6% recebiam renda inferior ao salário mínimo. Usaram drogas ilícitas 47,3% e desenvolveram algum papel no tráfico de drogas 67,5%. Prevalências elevadas para algum tipo de violência sofrida foram observadas na população estudada e o companheiro foi identificado como perpetrador mais frequente (44...