Página 2 dos resultados de 28381 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

Comunicação de marketing: proposta de sistematização do processo de planejamento; Marketing communication: proposal for systematization of the planning process

Galão, Fabiano Palhares
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.61%
O planejamento da comunicação de marketing se desenvolve a partir de um processo de tomada de decisão envolvendo diferentes e inter-relacionadas etapas, as quais permitem às empresas determinar as principais diretrizes estratégicas e operacionais da atividade. O presente estudo tem por objetivos analisar o processo de planejamento da omunicação de marketing adotado pelas empresas e propor uma sistematização desse processo. O método geral de investigação foi baseado em duas etapas. A primeira consistiu na pesquisa bibliográfica sobre os conceitos, características e funções do planejamento, a definição e as etapas para o desenvolvimento do planejamento e do plano de marketing, os fundamentos e processo da comunicação, as funções da comunicação de marketing, os elementos de decisão que a compõem, além dos modelos de planejamento da comunicação de marketing. A segunda etapa envolveu uma pesquisa empírica que teve como técnica de coleta de dados a entrevista em profundidade realizada com profissionais da área de comunicação de dez empresas pertencentes ao ranking dos 300 maiores anunciantes do Brasil. Como técnica de análise dos dados optou-se pela análise de conteúdo. Os principais resultados apontaram que o processo de planejamento da comunicação de marketing adotado pelas empresas praticamente se resume no planejamento e execução das campanhas de propaganda. Constatou-se que algumas decisões do processo de planejamento da comunicação citadas na literatura não são consideradas e que a implementação das ações tem sido a maior preocupação por parte das empresas. Apresentou-se uma proposta para sistematizar o processo de planejamento da comunicação de marketing...

Contribuições do planejamento ambiental para o planejamento territorial de áreas rurais: proposta de uma estrutura base para elaboração e revisão de planos diretores municipais; Contributions from environmental planning to spatial planning of rural areas: proposal of a basic framework to prepare and revise municipal Master Plans

Santos, Mariana Rodrigues Ribeiro dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.61%
Poucas referências teóricas e práticas são encontradas em relação ao planejamento territorial de áreas rurais a nível municipal no Brasil, indicando a necessidade de ampliar a discussão sobre o tema. Neste sentido, o presente trabalho busca dar contribuições à discussão teórica e a uma proposta em torno da elaboração e revisão do Plano Diretor Municipal como instrumento capacitado e responsável por atuar no planejamento destas áreas. Para tanto, busca-se na teoria de planejamento ambiental, pontos chave capazes de conduzir a discussão sobre o cenário atual encontrado e nortear uma proposta para práticas futuras. Trazendo o olhar para uma perspectiva mais pragmática, é apresentada uma visão geral sobre a situação atual do planejamento territorial no Brasil, e como o planejamento ambiental interfere ou tem potencial de intervir sobre esta situação. Indo um pouco além e buscando em outro contexto insumos ao debate e conhecimento de outras realidades, o sistema de planejamento holandês é também descrito e analisado, ampliando a visão quanto às dificuldades e possibilidades aqui discutidas. Por fim, com base no referencial teórico e prático desenvolvido, é feita a proposta de uma estrutura base para elaboração e revisão de Planos Diretores...

Vitória do futuro, vitória para todos? Uma análise dos "novos" modelos de planejamento e gestão urbanos em Vitória/ES : Estudos de caso : Plano Estratégico de Vitória e Projeto Terra

Ferreira, Giovanilton André Carretta
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.61%
Estudo sobre o planejamento urbano no Brasil, com objetivo de construir um modelo analítico capaz de identificar as questões inerentes ao processo de formação do discurso sobre o urbano no país; identificar diferentes vertentes historicamente formuladas pelo planejamento urbano brasileiro; estabelecer relações com a natureza, características, sobrevivências e transformações presentes no que a literatura pertinente ao tema tem considerado como “novos” modelos de planejamento e gestão urbanos. Esses “novos” modelos de planejamento têm se organizado, em alguns pólos, dentro de uma presente tensão intelectual e ideológica, onde se destacam, três principais correntes: a da Reforma Urbana Democrático-Redistributivista, a do Plano Estratégico Liberal Competitivo e a do Desenvolvimento Urbano Sustentável. Identificam-se algumas práticas tidas como inovadoras nestas três correntes, tais como: o desenvolvimento econômico local, a descentralização das políticas urbanas, a inserção da temática ambiental nas discussões sobre o urbano, uma maior politização do planejamento e o reconhecimento dos assentamentos informais como parte integrante da cidade real. Com este “pano de fundo” o estudo examina a experiência de planejamento urbano na cidade de Vitória...

Método para prevenção e correção de erros de planejamento e programação da produção em ambiente MRP

Vasconcelos, Giancarllo Ribeiro
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 179 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.61%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica.; A situação atual do mercado, a complexidade dos parques fabris, a variação dos mix de produção e o comportamento instável da demanda têm pressionando as indústrias de manufatura a buscar soluções precisas e eficientes para realizar o Planejamento e Controle da Produção (PCP). Beneficiados pelo crescimento da capacidade de processamento dos computadores, os sistemas MRPII sugiram nos anos 80 e passaram a ser usados amplamente na indústria manufatureira. Esses sistemas realizavam a programação da produção considerando a capacidade infinita dos recursos, o que já era um grande problema para a gestão do PCP. A instabilidade da demanda nas indústrias e a complexidade na utilização dos recursos geram a necessidade de se identificar as restrições de capacidade para se programar a produção. Um dos grandes desafios das "software houses" especializadas e dos departamentos de planejamento da produção das industrias é criar soluções realmente eficazes que realizem o planejamento finito de capacidade, tornando o plano de produção viável, evitando as alterações constantes das ordens de produção durante a operação...

Participação popular no planejamento urbano

Abib, Stavros Wrobel
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 249 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.62%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Florianópolis, 2009.; O objetivo geral desta tese é contribuir para o desenvolvimento de construções teóricometodológicas com vistas a auxiliar a implementação da democracia participativa no planejamento urbano brasileiro. A construção teórico-metodológica que é elaborada nesta tese baseia-se em uma revisão das teorias do planejamento urbano e no exame das visões de mundo e epistemologias que estão implicadas em tais teorias. Especificamente, a construção teóricometodológica elaborada nesta tese baseia-se em uma teoria de planejamento urbano de fundo político, vinculada a uma visão de mundo pós-iluminista e à epistemologia da complexidade. Esta orientação específica fundamenta-se no exame do Estatuto da Cidade e no debate sobre a teoria do planejamento urbano no Brasil. Em ambos os casos, há uma ênfase na visão de mundo pós-iluminista e na dimensão política do planejamento urbano com repercussões significativas para o processo de participação popular no planejamento urbano. A construção óricometodológica que se encontra nesta tese fundamenta a elaboração de um método de investigação qualitativa no estudo da participação popular no planejamento urbano. Esse método foi vivenciado por este autor no processo de participação popular no planejamento urbano em um contexto específico...

O uso do Sistema de Informação da Atenção Básica pelos enfermeiros no planejamento local em saúde

Senna, Monique Haenscke
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 152 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.61%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2013.; A equipe da Estratégia Saúde da Família (ESF) produz e utiliza informações sobre as necessidades da comunidade e participa do processo de programação e planejamento local das ações relativas à resolução dos problemas identificados. Uma das principais ferramentas para levantamento de dados na ESF é o Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB), uma fonte de dados para a realização do diagnóstico de saúde da área de abrangência. Coletar os dados, produzir informações e gerar conhecimento, tornam-se ações fundamentais para o processo de tomada de decisão referente aos problemas identificados pela equipe da ESF. Considerando que a compreensão sobre o processo de transformação do dado em informação é condição essencial para o planejamento em saúde, o uso de indicadores de saúde é fundamental no planejamento das ações locais em saúde, e que as equipes que apresentam melhor avaliação de desempenho na atenção básica utilizam melhor os recursos de planejamento. Este estudo objetivou compreender a utilização dos indicadores de saúde do SIAB...

Modelo de planejamento agregado multiobjetivo

Teixeira de Almeida Filho, Adiel; Menezes Campello de Souza, Fernando (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.61%
A atividade de planejamento agregado consiste numa etapa intermediária do planejamento da produção, que busca uma estratégia de atendimento da demanda que direcione as quantidades de itens a serem produzidos em cada alternativa de produção, abrangendo todos os períodos do horizonte de planejamento, os níveis de estoque ao longo do horizonte de planejamento e as variações na força de trabalho para que a demanda prevista seja atendida. Buscando o alinhamento da atividade de planejamento agregado com a estratégia de produção definida, este trabalho apresenta dois modelos de apoio multicritério a decisão para o problema de planejamento agregado, ambos baseados no mesmo princípio, o de estender as prioridades da estratégia de produção para as decisões a serem tomadas no contexto do planejamento agregado da produção. Dessa maneira, o gerente pode fazer o planejamento dos recursos a serem utilizados para atender à demanda priorizando os objetivos de desempenho que melhor refletem os fatores competitivos do negócio. Os modelos propostos neste trabalho buscam fazer com que um problema típico do contexto de planejamento da produção permita que a função produção possa atuar como implementadora da estratégia de produção adotada. A cada estratégia de atendimento da demanda será associado um custo. Portanto...

Atenção integral à saúde da mulher no planejamento familiar para médico

Carcereri, Daniela Lemos; Santos, Evanguelia Kotzias Atherino dos; Tognoli, Heitor; Oliveira, Maria Conceição de; Freitas, Tanise Gonçalves
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.62%
Tópico 1 – Atenção integral à saúde da mulher no Planejamento Familiar O tópico aborda o planejamento familiar como parte integrante do conjunto de ações das equipes de AB relacionadas à saúde da mulher, do homem, do casal e da família e como uma questão de direitos da sexualidade e reprodução de base ética e política que inclui concepção e contracepção. Tópico 2 – Planejamento Familiar no Brasil: considerações históricas e situação atual O tópico apresenta o histórico das políticas de saúde da mulher, no passado, com ações direcionadas à gravidez e ao parto que abordavam a mulher apenas do ponto de vista biológico e como cuidadora da família. Mostra que, a partir de 1984, a PAISM começou a apresentar princípios norteadores para a saúde da mulher, desenhado políticas de planejamento familiar, secundado pelo CIDD/1994 e pela Lei de Planejamento Familiar, em 96, garantindo direito à sexualidade e reprodução, proibindo o controle demográfico. Apresenta, também, a NOAS-SUS de 2001, inserindo o planejamento familiar na AB, terminando com uma reflexão sobre o tema. Tópico 3 – Indicadores de taxas de fecundidade e uso de anticoncepcionais por grupo etário no Brasil O tópico compara as altas taxas de fecundidade do passado...

Sistema de planejamento do turismo

Ribeiro, Renata Maria
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.61%
Resumo: Os conceitos teóricos são considerados nesse trabalho como o suporte ao estudo focado no município de Guaratuba – PR. A interação entre ordenamento territorial, planejamento e turismo, definitivamente se integram nesse trabalho, sendo o suporte para um novo olhar à organização da atividade. A revisão do referencial teórico sobre o Ordenamento Territorial e Turismo, bem como a utilização das categorias do espaço sob a luz da geografia, do espaço turístico, e da compilação de informações em torno da teoria do sistema turístico, foi parte de um escopo conceitual na definição do turismo como um sistema, o que garante a viabilidade de um novo modelo de planejamento denominado SISPLANTUR – Sistema de Planejamento do Turismo. A organização formal do setor turístico no Brasil a partir das políticas de planejamento em uma estrutura verticalizada e os reflexos em Guaratuba –Pr, compuseram o trabalho. A revisão do processo de planejamento em uma leitura do território, e da espacialização do turismo, compõe uma nova visão deste, a partir do que já foi construído. Aliada a essa conceituação pode-se observar nesse trabalho uma compilação de estudos e pesquisas em que o autor aproxima o Planejamento do Turismo em um olhar atual...

O grau de envolvimento dos contadores da Região Metropolitana de Curitiba nas operações de planejamento tributário para pessoas jurídicas

Santos, José Luiz dos
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.62%
Resumo: O acirramento da concorrência e a elevada carga tributária a que estão expostas as empresas brasileiras, exige a planificação de medidas que sejam capazes de eliminar, reduzir ou postergar os custos de caráter tributário. Neste contexto, em razão da complexidade que envolve a gestão dos tributos, o contador pode contribuir de forma relevante para a racionalização desses gastos. Portanto, o presente trabalho buscou identificar o grau de envolvimento dos contadores da Região Metropolitana de Curitiba, nas operações de planejamento tributário das pessoas jurídicas, tendo como objetivos secundários identificar: (1) a importância que tais profissionais atribuem a essas operações, (2) a experiência que possuem na área de planejamento tributário, e (3) as principais práticas que conhecem e aplicam para a redução do ônus tributário. A operacionalização da pesquisa se deu por meio de questionário elaborado com a utilização da ferramenta Google docs e posteriormente foi enviado aos contadores (as) que atuam na Região Metropolitana de Curitiba - RMC. O instrumento utilizado para coleta dos dados apresenta cinco partes: 1ª. (Bloco I) caracteriza o perfil dos respondentes; 2ª. (Bloco II) apura a importância que atribuem ao planejamento; 3ª (Bloco III) colhe a opinião a respeito da importância da interdisciplinaridade profissional; 4ª (Bloco IV) identifica o conhecimento e utilização de práticas que buscam a redução de tributos; e 5ª (Bloco V) levanta o de envolvimento dos respondentes com operações de planejamento tributário. Foram recebidas 193 respostas [a amostra calculada exigia 367 respostas...

Processo de planejamento estratégico em universidade pública: o caso da Universidade Federal do Pará

Athanázio, Madeleine Mônica
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.62%
The goal of this research is to check if the strategic planning developed between 2001 and 2009 into the State University of Para (Universidade Federal do Pará - UFPA) was consolidated into its Academic Centers as a management practice. To this end, we identified the planning formalization degree of the Academic Centers, the conceived tools for the planning, the conception and the methodological process used in the tools elaboration, as also its implementation. The research used a qualitative approach: it is descriptive and it uses the case study technique. The data were gathered from primary and secondary sources, through bibliography, documents, and field researches through semi-structure interviews. The analysis and data interpretation were done by each investigated Academic Center from the analytics categories guided by the specifics goals. We used theoretic fundamental based principles and the university as a study empiric reference based on its structure analysis, organizational processes and institutional strategic plan. We inspected how the strategic planning process was developed throughout the fixed period and how the investigated Academic Centers are from the collected documents and interviews. The theoretical foundation was built from three axis: the Brazilian undergraduate and posgraduate education system; the university itself including its singularity and complexity as an organization; and the planning as a strategic management process. The main results show us that the UFPA has updated regulatory milestones...

Sobre a ação do docente: os sentidos dados ao planejamento e formação continuada por professores de uma escola pública municipal de Natal

Barauna, Jailma Cavalcante
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.61%
Este trabajo tiene como objetivo comprender los sentidos dados a la relación entre el planeamiento y el proceso de formación continuada por profesores de una escuela pública municipal de la ciudad de Natal (RN). La conjetura guía es la percepción de que los profesores parecen no concebir el planeamiento escolar como espacio de formación colectiva y continuada. Así, esta conjetura es motivo de reflexión a medida que el planeamiento puede ser visto como un proceso cargado por tensiones y conflictos estructurales reprimidos en la escuela. Nuestro principio teórico metodológico es una interpretación de múltiples referencias que parte de conceptos en diferentes modelos de análisis en la comprensión de una realidad en que diferenciadas dimensiones están entremezcladas. Adoptamos como metodología de investigación la Entrevista Comprensiva, en que el objeto de la investigación se construye por medio de la elaboración teórica de las hipótesis surgidas en el campo de la investigación. El investigador busca dominar y personaliza los instrumentos y teoría a un proyecto concreto de investigación, cuya imagen más cercana es lo que se denomina de artesanía intelectual . En el proceso de construcción comprendemos la necesidad de entender el registro de un saber social incorporado por los individuos a su historicidad...

Planejamento e regionalização: análise dos Planos Plurianuais elaborados pelo Governo do estado de Goiás entre 1999 a 2007; Planning and regionalization: analysis of the Multi-Year Plans prepared by the Government of Goias between 1999 to 2007

SALGADO, Tathiana Rodrigues
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.61%
This research entitled: Planning and regionalization: a review of annual plans drawn up in Goias State between 1999 and 2007 aims to present, through an analytic study of the Multi-Year Plans (PPA Planos Plurianuais) established in Goiás, from the late 1990s, the actions of the Government of Goiás in reducing regional inequalities. The theoretical proposals were analyzed in order to assess whether they were able to reverse the logic of concentration of wealth in Goiás territory, a fact which justified the development of such plans. The Brazilian Federal Constitution of 1988 in its Article 165 establishes a requirement for both the Federal Government as to the State Governments, the establishment, for planning purposes, of the PPAs.These plans aim to present the guidelines of public administration, resulting in a sense, of its view of territory, since the budget, several actions and programs become regionalized. In the State of Goias, the preparation of the first three PPAs occurred between the years of 2000 and 2007. According to the Bureau of State Planning (GOIÁS, 2001), the 2000/2003 PPA aimed to central idea as: Entering Goiás in national and international economy to ensure its growth in terms of economic progress and social quality of life. The PPA - Goiás Century XXI was guided by five strategic directions: "1 - Competitive Goiás and regional economic center 2 - Goiás with citizenship and improving in quality of life 3 - Goiás with balanced development 4 Modern and enterprising Goiás 5 - Alliances and partnerships in support of Goias. The second PPA to the state was named Goias XXI Century more advancement...

Políticas e práticas no planejamento em Minas Gerais no final do século XX

Valente, Lucia de Fatima
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.62%
Esta pesquisa insere-se no campo de estudo da área de planejamento e políticas em educação, tomando como foco a experiência desenvolvida no Estado de Minas no final dos anos 90 do século XX. Procuramos compreender o processo de elaboração do Plano de Desenvolvimento da Escola (PDE), com o objetivo de analisar os contornos assumidos pelos princípios da autonomia, da participação e da democratização da gestão escolar, bem como a própria concepção de planejamento preconizada nas diretrizes oficiais e seus desdobramentos na prática educativa escolar. Para tanto, além de uma cuidadosa revisão bibliográfica em torno da temática, procedemos igualmente à análise das diretrizes oficiais emanadas da Secretaria Estadual de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), que visavam orientar o planejamento do trabalho escolar nas escolas públicas das Gerais, bem como os pareceres emitidos pelo Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais (CEE/MG) no mesmo período e, que tratavam do tema investigado. Realizamos, também, uma pesquisa de campo com os profissionais da rede pública de ensino, diretores, professores e supervisores educacionais envolvidos no processo de construção do PDE nas respectivas escolas. analisamos as diferentes concepções teóricas de planejamento educacional...

Planejamento participativo, desenvolvimento local e metodologias participativas: projetos de interven??o e participa??o em pequenas comunidades rurais da Amaz?nia paraense

MIRANDA, Henrique Rodrigues de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.61%
O Estudo examina as possibilidades e os limites do planejamento participativo como um instrumento para o desenvolvimento local em comunidades rurais da Amaz?nia, a partir de suas potencialidades locais (redes de rela??es sociais e institucionais e recursos naturais) e das rela??es territoriais com sua ?rea de entorno. Em particular, o estudo analisa uma comunidade quilombola denominada Itaco?-Miri, localizada no munic?pio de Acar?, Estado do Par?. A quest?o central da pesquisa ?: em que medida a participa??o das pessoas em um projeto de desenvolvimento comunit?rio significa a incorpora??o do conhecimento emp?rico local e as demandas da comunidade para legitimar um processo de planejamento? O arcabou?o te?rico ? alicer?ado na seguinte literatura: (a) significados e inter-rela??es entre planejamento, desenvolvimento e participa??o; e, (b) conhecimento informal para alternativas de desenvolvimento sustent?vel. Adicionalmente, a pesquisa tamb?m considera os conceitos de redes sociais e organiza??es locais por suas rela??es com a discuss?o principal da pesquisa. O arcabou?o te?rico foi utilizado para entender as rela??es que tem sido estabelecidas entre institui??es governamentais e organiza??es locais (associa??es, grupos de produ??o, cooperativas...

Colet??nea planejamento e or??amento governamental: volume 1: a retomada do planejamento governamental no Brasil e seus desafios

Pares, Ariel; Valle, Beatrice
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Cap??tulo de Livro
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
36.62%
O texto apresenta um cen??rio dos avan??os recentes no planejamento governamental. Em sua primeira parte, procura referenciar o debate atual acerca das possibilidades, das limita????es e dos avan??os introduzidos pelo PPA, especialmente a partir de 2000, com destaque para a integra????o ???plano-or??amento???, por meio de programas formulados com origem em problemas ou demandas da sociedade; um plano e um or??amento orientados para resultado; e o novo sistema de planejamento e or??amento como pe??a fundamental para a implanta????o da gest??o por resultados no Pa??s. A segunda parte do texto refere-se ao modelo de gest??o do plano. S??o apresentados os fundamentos do modelo de sua gest??o e os avan??os propostos para o PPA 2004-2007. Em s??ntese, a gest??o do plano ?? fundamentada no princ??pio da responsabiliza????o e nos processos de monitoramento, avalia????o e retroalimenta????o do ciclo do gasto p??blico; N??mero de p??ginas: 44 p.; Planejamento Governamental; Colet??nea Planejamento e Or??amento SUM??RIO Pref??cio 7 Introdu????o Jos?? Luiz Pagnussat 9 Cap??tulo I ??? Teoria do planejamento p??blico 67 Dois s??culos de teoria do planejamento: uma vis??o geral 69 John Friedmann Cap??tulo II ??? Metodologias de planejamento 113 O plano como aposta 115 Carlos Matus O Quadro L??gico: um m??todo para planejar e gerenciar mudan??as 145 Peter Pfeiffer Cap??tulo III ??? Planejamento no Brasil 191 A experi??ncia brasileira em planejamento econ??mico: uma s??ntese hist??rica 193 Paulo Roberto de Almeida A retomada do planejamento governamental no Brasil e seus desafios 229 Ariel Pares e Beatrice Valle A metodologia de gest??o estrat??gica do NAE 271 N??cleo de Assuntos Estrat??gicos (NAE)

Colet??nea planejamento e or??amento governamental: volume 1: a metodologia de gest??o estrat??gica do NAE

Brasil. Presid??ncia da Rep??blica (PR). N??cleo de Assuntos Estrat??gicos (NAE)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Cap??tulo de Livro
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
36.62%
O texto incorpora uma diversidade de ferramentas de planejamento estrat??gico. Sua principal caracter??stica ?? a de ver o planejamento estrat??gico como um processo e n??o apenas como um projeto que se finda com a antevis??o de cen??rios prospectivos e suas poss??veis solu????es estrat??gicas.; N??mero de p??ginas: 26 p.; Planejamento Estrat??gico; Colet??nea Planejamento e Or??amento SUM??RIO Pref??cio 7 Introdu????o Jos?? Luiz Pagnussat 9 Cap??tulo I ??? Teoria do planejamento p??blico 67 Dois s??culos de teoria do planejamento: uma vis??o geral 69 John Friedmann Cap??tulo II ??? Metodologias de planejamento 113 O plano como aposta 115 Carlos Matus O Quadro L??gico: um m??todo para planejar e gerenciar mudan??as 145 Peter Pfeiffer Cap??tulo III ??? Planejamento no Brasil 191 A experi??ncia brasileira em planejamento econ??mico: uma s??ntese hist??rica 193 Paulo Roberto de Almeida A retomada do planejamento governamental no Brasil e seus desafios 229 Ariel Pares e Beatrice Valle A metodologia de gest??o estrat??gica do NAE 271 N??cleo de Assuntos Estrat??gicos (NAE)

As trajet??rias do planejamento governamental no Brasil: meio s??culo de experi??ncias na administra????o p??blica; La trayectoria del planeamiento gubernamental en Brasil: medio siglo de experiencias en la administraci??n p??blica; The trajectories of the governmental planning in Brazil: half-century of experiences in the public administration

Souza, Ant??nio Ricardo de
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
36.62%
Este artigo tem como objetivo analisar o papel do Estado na formula????o do planejamento no Brasil a partir dos anos 30, per??odo que deu origem ??s primeiras iniciativas de planejamento, at?? os anos 80, momento em que se inicia a decad??ncia do planejamento governamental no pa??s. Optou-se por uma retrospectiva hist??rica que levantasse os principais aspectos inerentes ao planejamento como instrumento do desenvolvimento econ??mico deste per??odo, verificando as principais mudan??as ocorridas na sociedade. O artigo n??o pretende dar conta de todas as dimens??es e complexidades do tema nem esgotar o assunto, que ?? pol??mico e envolve muitas articula????es te??ricas com outras ??reas, como administra????o p??blica, economia e ci??ncia pol??tica. Desse modo, o artigo aponta na dire????o de que este balan??o de an??lises das experi??ncias de planejamento no Brasil demonstrou grandes avan??os econ??mico-financeiros e alguns fracassos de coordena????o e articula????o com outras esferas, como a executiva e a financeira. Assim, desde os anos 80, em detrimento da crise do Estado, o planejamento entra em decl??nio nas agendas governamentais, impossibilitado, por quest??es de ordem financeira, de realizar suas fun????es de racionaliza????o e efici??ncia econ??mica. Dessa forma...

Atenção integral à saúde da mulher no planejamento familiar para médico

Carcereri, Daniela Lemos; Santos, Evanguelia Kotzias Atherino dos; Tognoli, Heitor; Oliveira, Maria Conceição de; Freitas, Tanise Gonçalves
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Conteúdo Online do módulo de Atenção integral à saúde da mulher: Atenção integral à saúde da mulher no planejamento familiar para médico. Unidade 2 do módulo 12 para dentista que compõe o Curso de Especialização Multiprofissional em Saúde
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.62%
Tópico 1 – Atenção integral à saúde da mulher no Planejamento Familiar O tópico aborda o planejamento familiar como parte integrante do conjunto de ações das equipes de AB relacionadas à saúde da mulher, do homem, do casal e da família e como uma questão de direitos da sexualidade e reprodução de base ética e política que inclui concepção e contracepção. Tópico 2 – Planejamento Familiar no Brasil: considerações históricas e situação atual O tópico apresenta o histórico das políticas de saúde da mulher, no passado, com ações direcionadas à gravidez e ao parto que abordavam a mulher apenas do ponto de vista biológico e como cuidadora da família. Mostra que, a partir de 1984, a PAISM começou a apresentar princípios norteadores para a saúde da mulher, desenhado políticas de planejamento familiar, secundado pelo CIDD/1994 e pela Lei de Planejamento Familiar, em 96, garantindo direito à sexualidade e reprodução, proibindo o controle demográfico. Apresenta, também, a NOAS-SUS de 2001, inserindo o planejamento familiar na AB, terminando com uma reflexão sobre o tema. Tópico 3 – Indicadores de taxas de fecundidade e uso de anticoncepcionais por grupo etário no Brasil O tópico compara as altas taxas de fecundidade do passado...

Planejamento e Avaliação de Ações de Saúde

Núcleo de Educação em Saúde Coletiva da Medicina - UFMG; Núcleo de Tecnologias e Educação a Distância em Saúde - UFC
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Arquivo compactado em formato .zip contendo texto em versão .pdf e .html, material complementar, atividades pedagógicas (tema para discussão em fórum e questionários para auto-avaliação). Contém vídeos com apresentação de conteúdista e do mód
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.62%
Discute o processo de planejamento em saúde, desde a identificação dos problemas até a elaboração de um plano de ação capaz de intervir na realidade. Propõe mudanças e oferece subsídios teóricos para a reorganização dos processos de planejamento e avaliação de ações de saúde. Reflete sobre o planejamento em saúde, com o objetivo de discutir a importância do planejamento e a necessidade de trabalhá-lo enquanto um processo, contando, para tal, com um método de planejamento. Argumenta sobre aspectos gerais do planejamento em saúde, citando as principais diferenças entre os métodos de planejamento até então utilizados pela equipes da Estratégia de Saúde da Família.; Versão 2.0; Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS)