Página 2 dos resultados de 24222 itens digitais encontrados em 0.026 segundos

Michel foucault : poder e análise das organizações

Silveira, Rafael Alcadipani da
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
36.4%
Realizamos um inventário sobre a produção acadêmica com base em Michel Foucault em análise das organizações, problematizamos esta produção, de acordo com o pesamento do filósofo e sugerimos possíveis desenvolvimentos.

A formação do projeto teórico de Michel Pêcheux: de uma teoria geral das ideologias à análise do discurso

Costa, Claudiana Nair Pothin Narzetti
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 190 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.4%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; O tema desta Dissertação é a constituição teórica da análise do discurso desenvolvida por Michel Pêcheux. Especificamente, tratamos da constituição da AD (a sua primeira época - o início da teoria com a obra Análise Automática do Discurso, de 1969) e de sua relação com os textos anteriores de Pêcheux, assinados com o pseudônimo Thomas Herbert, “Reflexões sobre a situação teórica das ciências sociais e, especialmente, da psicologia social”, de 1966 e “Observações para uma teoria geral das ideologias”, de 1968, nos quais o fundador de uma das vertentes da análise do discurso francesa ainda não está engajado na elaboração de uma teoria do discurso, mas no projeto althusseriano de elaboração de uma teoria das ideologias. Acreditamos que o aparato teórico-conceitual apresentado, as temáticas desenvolvidas e as críticas feitas por Pêcheux na obra Análise Automática do Discurso possuem uma estreita relação com idéias e concepções de seus textos anteriores, dedicados à reflexão sobre a ideologia e sobre a história das ciências. Sendo assim, tentamos reconstruir o percurso do projeto teórico de Pêcheux...

Genealogia de uma operação historiográfica: as apropriações dos pensamentos de Edward Palmer Thompson e de Michel Foucault pelos historiadores brasileiros na década de 1980

Ramos, Igor Guedes
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 541 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.4%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 10/01864-0; Pós-graduação em História - FCLAS; Between 1960 and 1980s were published the major historical research of Edward Palmer Thompson and Michel Foucault. These researches, each in its own way, significantly impacted world historiographical production, setting problems, controversies and transforming the ways to make history. This thesis has studied this impact in the 80s Brazilian historiography, when was inaugurated the systematic appropriation of the thoughts of Thompson and Foucault by Brazilians historians, and also when certain singular theoreticalmethodological experimentations occurred as the simultaneous use of these intellectuals disregarding their epistemological differences. For this venture theses and dissertations defended between 1980 and 1990s in the post graduation programs at USP, UNICAMP, UNESP (Assis), UFPR, UFF e UFRJ, (covering about 65% of the total production of monographs of the period); as well as interviews, journals, books, among others documents relating to the subject. To attend the needs of this study the exposure was structured in two parts: the first part were discussed life experiences, books, theoretical-methodological conceptions...

A Legitimidade do discurso constitucional : uma análise da jurisdição constitucional fundamentada na teoria da identidade do sujeito constitucional de Michel Rosenfeld

Theodoro Filho, Wilson Roberto
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.4%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Direito, 2005.; A presente dissertação dedicou-se a analisar a legitimidade da jurisdição e do discurso constitucionais com base na teoria da identidade do sujeito constitucional, de Michel Rosenfeld, combinada com a teoria semiótica clássica emprestada de autores tais como Umberto Eco, Roland Barthes, Ferdinand Saussure, Roman Jakobson. Após a apresentação da problemática relativa à legitimidade da jurisdição constitucional, na Introdução, o primeiro capítulo procurou expor os fundamentos filosóficos do pensamento de Rosenfeld, tendo em vista, principalmente, seu vínculo com a teoria desconstrutivista. No segundo capítulo foram delineados os contornos e conceitos da teoria da identidade do sujeito constitucional propriamente dita. O terceiro capítulo tratou dos elementos recuperados da teoria semiótica, apresentando a identidade constitucional como um sistema de significações, uma linguagem dotada de signos e regras particulares. No quarto capítulo analisou-se o processo de comunicação do discurso constitucional, bem como os mecanismos da negação, da metáfora e da metonímia, e sua importância para a estruturação das construções e reconstruções da identidade constitucional. O quinto capítulo apresenta sugestões e critérios de legitimidade para o discurso constitucional...

O Ateísmo Francês Contemporâneo : uma comparação crítica entre Michel Onfray e André Comte-Sponville; Contemporary French Atheism : a critical comparison between Michel Onfray and André Comte-Sponville

Portugal, Agnaldo Cuoco; Costa, Abraão Lincoln Ferreira
Fonte: Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Publicador: Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Michel Onfray e André Comte-Sponville são os dois mais famosos representantes do ateísmo filosófico francês contemporâneo, que continua uma tradição iniciada no século XVIII de negação irreligiosa da noção monoteísta de Deus. Embora compartilhando várias ideias, como o naturalismo e, obviamente, a rejeição do monoteísmo, suas propostas têm diferenças importantes. Onfray imputa à religião a maioria dos males enfrentados pela humanidade, recusando-se a fazer qualquer concessão à tradição religiosa monoteísta, e propondo uma filosofia libertária de tipo hedonista e materialista. Comte-Sponville vê aspectos positivos na religião no tocante à manutenção da unidade social e propõe uma espiritualidade mística ateia. O artigo faz uma breve apresentação de suas teses e formula críticas a ambas as propostas. Onfray está muito mais preocupado em convencer de uma proposta política do que em argumentar filosoficamente em favor de uma tese e Comte-Sponville não parece perceber as consequências auto-refutadoras do naturalismo, que também torna muito problemática a própria noção de moralidade. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; Michel Onfray and André Comte-Sponville are the most famous representatives of philosophical contemporary French atheism...

Les délices de la solitude de Michel Corrette: o violoncelo e a música francesa do século XVIII

Silva, Juliana Radke da
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
A prática de interpretação histórica exige do intérprete muito mais do que conhecimento técnico do instrumento. É preciso debruçar-se sobre o passado e compreender ao máximo as peculiaridades de cada lugar e época. Este trabalho pretende investigar aspetos sociais, musicais e técnicos contemporâneos à criação das Sonatas Les Délices de la Solitude de Michel Corrette, que forneçam ao intérprete as ferramentas necessárias para a construção de uma interpretação fundamentada em dados históricos concretos, complementada pelo gosto pessoal do executante; ### Abstract: The practice of the historical interpretation requires from the interpret a lot more then the mere knowledge skills. It is necessary to look into the past and comprehend to its utmost the peculiarities of each place and time. This theses intends to investigate social, musical and technical aspects that are contemporary to the creation of the Sonatas Les Délices de la Solitude de Michel Corrette, providing to the interpret the necessary tools to a good and solid interpretation substantiated on concrete historical data, complemented by personal taste of the performer.

Michel Foucault e a dominação: contribuições para a sociologia

Freire, Alyson Thiago Fernandes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
In this master s thesis I intend to carry out an interpretation of Michel Foucault s thought that points out the relations and theoretical, conceptual and thematic consequences with sociology in his work and theoretical propositions. For my argumentation and analysis I take as a base a specific part of his thought: the problem of domination in modern societies in the genealogic texts in the decade of 1970. It s about to identify how Foucault does his analysis of the relations of domination and the use of the power with the objective to suggest and point out his contribution to sociological analysis of domination. I will discuss the foucaultian program of the study of domination from four units of analysis: person constitution, knowledge, power and truth. The structure and division of the chapters will follow the specific and detailed study of each of those units of analysis, prioritizing their theoretical sense and consequences to the sociology. Thus, in the first chapter, I will highlight a little more the relations of affinity and the convergences between Foucault and the sociology in a way to offer more elements to justify the general objectives that this work intends to achieve. In the second chapter, I will analyze the subject of domination in Foucault s thought...

A ARQUEOLOGIA E A CLÍNICA EM MICHEL FOUCAULT: UMA OUTRA HISTÓRIA; The Archaeology and the clinic in Michel Foucault: an other history

RIBEIRO, Sandro Henrique
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Filosofia; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Filosofia; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
This work, taking L archéologie du savoir as starting point, intends to show the principle basis in Michel Foucault s archeologic analysis, which favors the registration of events in its opening and presents a history of the ideas. As well as an archaeologist, the philosopher digs the soil of a knowledge, place in evidence the layers that were sedimented and avoids the reports of a conventional epistemology, which looks for a justification in rational method, it elects and determines which objects were important in the composition of knowledge area. In Nassaince de la clinique, we can find a marginal history, which is based in different objects and presents another format for the medicine`s history. In this discourse it`s possible to see the records of medical activity, that starting as an attempt of classification for disease phenomenon which in its wild nature, escapes from these formats. The proximity of the eye that sees the disease`s issues with the analytical language and mathematical model of records, it makes possible the emergence of the clinic in an openness area. But it is only with the clinical anatomy medicine gets its strength from positivity, gives new structure to observation that, in physiological settings, are approximate to the other sensory perceptions...

¿Qué tienes que no hayas recibido? para una antropología fenomenológica en Michel Henry; Escritos

Sánchez Hernández, Olvani Fernando
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Formato: 287-312
Relevância na Pesquisa
36.47%
Volumen 22 No. 49; A partir de la duplicidad del aparecer, principio básico de la fenomenología radical elaborada por Michel Henry en continuidad y ruptura con el proyecto husserliano, se pueden plantear ciertas notas para una antropología filosófica. Esta fenomenología propone la vida como fenómeno originario y, al definirla como autoafección, postula la necesidad de reconocer en ella, por principio, la presencia de una ipseidad, de modo que no hay vida sin viviente ni viviente sin vida. Determinar cuáles sean las notas que definen la condición de dicho viviente sería la tarea de la antropología fenomenológica correspondiente. En atención a la enunciada duplicidad, dicho viviente —que es el hombre— ha de ser comprendido como pasividad radical respecto de la vida y como actividad constituyente respecto del mundo; From the concept of duplicity of appearing, basic principle of Michel Henry’s radical phenomenology which represents both a continuity and rupture with Husserl’s project, some points might be made for a philosophical anthropology. Such a phenomenology poses life as a primary phenomenon and, by defining it as self-affection, enunciates the necessity of recognizing in life the presence of an ipseity; in such a way that there is no life without a living being or a living being without life. Describing the features which define the conditions of such a living being is the aim of this phenomenological anthropology. Regarding the aforementioned duplicity...

"Rien que de très banal" : l'expérience urbaine chez Michel Beaulieu

Mailhot, Valérie
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Ce mémoire se penche sur l’expérience urbaine dans les recueils de poèmes Kaléidoscope ou Les aléas du corps grave et Trivialités de Michel Beaulieu. L’objectif de cette étude est d’analyser comment la ville contribue à orienter Beaulieu vers le récit au sein même du poème et produit de ce fait une hétérogénéité générique dans ses recueils. Le premier chapitre montre que, dans Kaléidoscope, le sujet parvient à transformer son rapport à la ville natale, Montréal, en élaborant une véritable poétique du regard qui lui permet de faire l’expérience d’une temporalité kaléidoscopique, laquelle engendre du récit dans le poème. Le second chapitre analyse, dans Trivialités, le parcours mental qu’effectue le sujet poétique dans sa ville natale dans le but de mettre en récit les événements marquants de sa vie. À partir de la théorie de l’énonciation, le dernier chapitre étudie les modalités du récit dans les deux recueils de Beaulieu et montre que la cohabitation des régimes d’énonciation du « discours » et du « récit » oblige à reconsidérer la nature du sujet qui s’énonce dans le recueil en repoussant les frontières entre autobiographie et lyrisme.; This M.A. thesis concerns the urban experience in Michel Beaulieu’s collections of poems Kaléidoscope ou Les aléas du corps grave and Trivialités. Il aims to show that the city guides the poet towards the narrative genre within the poem. The first chapter shows that in Kaléidoscope the poetic subject transforms his perception of his hometown...

Crítica em Kant e Michel Foucault : semântica transcendental e semântica transcendental-histórica (sobre produção de Filosofia); Critique in the Foucault's and Kant works : transcendental semantics and transcendental-historical semantics (about the production the Philosophy)

Suze de Oliveira Piza
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.47%
Esse texto se insere no debate contemporâneo sobre as aproximações entre Kant e Foucault. A relação entre essas duas Filosofias é, ao mesmo tempo, de ruptura e continuidade. Por um lado, o método arqueologia-genealogia levará a resultados que se opõem a muitas teses de Kant sobre o ser humano, o conhecimento e a história. Por outro lado, Foucault não abandona em nenhum momento as fôrmas kantianas de fazer Filosofia e seu método está mergulhado no modelo kantiano e na atitude crítica. Foucault nega o a priori formal, mas afirma um a priori histórico; nega o sujeito transcendental e, consequentemente o idealismo transcendental, mas afirma analogamente um transcendental histórico; inverte categorias kantianas fundamentais e produz algumas de suas principais teses acerca do sujeito moderno. Foucault inverte categorias kantianas, assim como ao longo da história da Filosofia, grandes pensadores subverteram seus mestres criativamente. Foucault assume a atitude crítica, adota o modelo da Filosofia transcendental, usando, portanto, as fôrmas de Kant, contudo, troca o seu conteúdo. Nossa tese caracteriza o que o próprio Michel Foucault indicou como sendo sua filiação kantiana; isto é, se este se inscreve de alguma forma na tradição filosófica...

La crítica anticartesiana de Michel Foucault al psicoanálisis en Historia de la locura; Theoría. Revista del Colegio de Filosofía. Núm. 24. Diciembre de 2011

Salcedo, Marco Alexis
Fonte: Universidad Nacional Autónoma de México Publicador: Universidad Nacional Autónoma de México
Tipo: Articulo
ES
Relevância na Pesquisa
36.47%
Este texto es un análisis de los principales argumentos presentados por Michel Foucault en la “Historia de la locura” en contra de la doctrina psicoanalítica. Se argumenta que el padre del psicoanálisis es cuestionado a causa de su afiliación al pensamiento cartesiano que Foucault identifica en su doctrina. El texto señala que, para Foucault, esta filiación hará ineficaz el psicoanálisis para comprender la sinrazón, y su dispositivo se convierte en una versión contemporánea de las estructuras clínicas puestas en práctica en el asilo del siglo XIX. Concluye afirmando que la postura filosófica de Foucault contra Descartes se basa probablemente en la distinción que hizo en favor del proyecto filosófico de la modernidad, establecido por el pensamiento de Kant. //// “Michel Foucault Anti-Cartesian Critique of Psychoanalysis in History of Madness”. The following text corresponds to an analysis of the main arguments presented by Michel Foucault in History of Madness against the psychoanalytic doctrine. It is argued that the father of the psychoanalysis is challenged because of his affiliation to Cartesian thought that Foucault identified in his doctrine. The text points out that for Foucault, this filiation renders inoperative for psychoanalysis to understand the Unreason...

Literatura en la década de los sesenta y comienzo de los setenta en la obra de Michel Foucault: una condición de posibilidad para el método arqueológico y la reflexión sobre el poder

Farías Becerra, Rafael
Fonte: Universidad de Chile; CyberDocs Publicador: Universidad de Chile; CyberDocs
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
36.52%
Tesis para optar al grado de Magíster en Filosofía mención en Axiología y Filosofía Política; Esta tesis problematiza los vínculos existentes entre literatura y filosofía en la obra de Michel Foucault. Para ello, nuestra investigación centra su atención en aquellos textos desarrollados por este autor durante la década de los sesenta y comienzo s de los años setenta, debido a que es en este período donde se encuentran con cierta continuid ad, la mayoría de sus reflexiones acerca del ser del lenguaje y la literatura. Dichos textos, tales como reseñas, artículos, entrevistas, lecciones, entre otros, han sido reorganizados y releídos por nuestra investigación, en base a una lectura que busca desprenderse de aquellos análisis que sólo conciben a la literatura en Michel Foucault como una mera referencia, un gesto estético o en el mejor de los casos una reflexión filosófica particular, por lo que ésta siempre ha sido vista como un material comp lementario a la discusión filosófica desarrollada en torno al saber y , posteriormente en relación al poder, durante dicho período en que se centra nuestro análisis. De este modo, la principal problemática que se plantea nuestra investigación es: ¿Cuál es el rendimiento que presenta la reflexión literaria en el discurso filosófico desarrollado por Foucault durante la década de los sesenta y comienzos de los setenta? Ante esta interrogante...

Michel de Certeau e Teresa de Ávila : em torno da literalidade da experiência mística

Bezerra, Cicero Cunha
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
Como pensarmos a experiência mística? Haveria uma ideia de uma “tradição negativa” que constitui um corpus literário capaz de propiciar uma leitura se não específica, pelo menos, mais restrita, do que normalmente se nomeia de “mística”? Michel de Certeau mais que definir a mística, permite que adentremos, pela via literária, nas narrativas, especificamente femininas que povoam a literatura dos séculos XVI e XVII. Para essa nossa exposição sobre a literalidade da experiência mística nos pautaremos exclusivamente em duas obras de Michel de Certeau intituladas: La fable mystique e Mystique au XVIIe siècle. Le problème du langage mystique seguidas de uma análise interpretativa das Poesías líricas e as Exclamaciones de Teresa de Ávila.; How to think of a mystical experience? Is there any belief in a ‘negative tradition’ that constitutes a literary corpus which can propitiate a specific reading or at least a more restrict one about what we call mystical? Michel de Certeau has already defined it in such way that allow us to penetrate it through literature, specially concerning to narratives writing by women during XVI and XVII centuries. This paper analyses the literary aspects expressed on a mystical experience...

MICHEL FOUCAULT E A SOCIOLOGIA; MICHEL FOUCAULT E A SOCIOLOGIA

Alvarez, Marcos César
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2002 POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
Pretendemos discutir, neste artigo, como as idéias de Michel Foucault foram incorporadas pela Sociologia no Brasil. Inicialmente, fazemos um resumo da trajetória intelectual do autor a partir de alguns de seus principais textos para, em seguida, analisar como seus estudos levaram ao problema da fonnação da assim chamada sociedade disciplinar no país.; In this article we discusses how the ideas of Michel Foucault has been incorporated by Sociology in Brazil. Initialy, based on some of his main works, we draw the intellectual trajectory of the author. After that, we analyse how these studies have taken to hte problem of the constitution of the so called disciplinary society in that country.

Michel Serres e os Cinco Sentidos da Comunicação; Michel Serres and the Five Senses of Communication

Marcondes Filho, Ciro
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2005 POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
Michel Serres é talvez o mais importante crítico da filosofia da linguagem. Ele repudia a afirmação de teóricos e pesquisadores lingüistas e da comunicação, de que “não há mundo fora da linguagem”, contrapondo que aquilo que não pode ser expresso, porque extrapola a linguagem, tem, ao contrário, mais valor e prestígio para a ciência do que os dados que foram traduzidos em palavras, pois esta os neutraliza.  ; Michel Serres is maybe the most relevant philosophy of language critic. He rejects the idea that “there is no world outside of language”, as stated by linguist and communication scholars. What exceeds language and therefore cannot be expressed would be more valuable to science than the data translated into words as they neutralize the first.

Of the theory and the political action in the philosophies of Jean-Paul Sartre and Michel Foucault; Da teoria e da ação política nas filosofias de Jean-Paul Sartre e Michel Foucault

Yazbek, André Constantino
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
Starting from the antagonism represented by the concurrent projects of JeanPaul Sartre and Michel Foucault in the context of the “sixties”, this article aims to discern the impasses and dilemmas of the theory and the political action in the scope of the contemporary French thought, highlighting the role of intellectuals in the contemporary philosophical time.; partindo do antagonismo representado pelos projetos concorrentes de JeanPaul Sartre e Michel Foucault no horizonte dos “sixties”, este artigo procura divisar as linhas de força de alguns dos impasses e dilemas da teoria e da ação políticas no pensamento francês contemporâneo, com destaque para o papel do intelectual na contemporaneidade filosófica.

Lebensführung: Assents and Dissents Between Michel Foucault and Max Weber; A Lebensführung: encontros e desencontros entre Michel Foucault e Max Weber

Borges, Guilherme Roman
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Direito Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Direito
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2005 POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
Beyond the relation between Max Weber and Michel Foucault, the author treats Weberian theorizations, from Lebensführung to bureaucratization, and concludes with a Foucautian clip from biopower to power as government.; Além da relação existente entre Max Weber e Michel Foucault, o autor aborda as teorizações Weberianas, a partir da Lebensführung até a burocratização, concluindo com um recorte foucaultiano desde o biopoder ao poder como governo.

Subjective right and property: notes on Michel Villey's thomism; Direito subjetivo e propriedade. Sobre o tomismo de Michel Villey

Storck, Alfredo; Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
In a series of important books and papers, Michel Villey argued that theorigin of the subjective rights should not be found in the Roman Law or inThomas Aquinas’ philosophy, but in the nominalism created by William ofOckham. The aim of this paper is to suggest that Villey’s interpretation is toostrong. So, the article is divided in three parts. In the first one, some importanttexts of the Roman Law are analysed. The second one deals with Aquina’sconception of property and rights. To conclude, some notes on Villey’s generalthesis are added.; Em uma série de importantes livros e artigos, Michel Villey defendeu que a origemdo direito subjetivo não deveria ser encontrada no Direito Romano ou na filosofia de Tomásde Aquino, mas no nominalismo criado por Guilherme de Ockham. O objetivo desse artigoconsiste em sugerir que a interpretação de Villey é forte demais. Para tanto, o artigo estádividido em três partes. Na primeira, alguns textos importantes do Direito Romano são analisados.A segunda trata da concepção de Tomás acerca da propriedade e do direito. Paraconcluir, algumas rápidas observações acerca da tese geral de Villey são acrescentadas.

Michel Foucault: o trajeto da voz na ordem do discurso

Barbai, Marcos Aurélio; Borges, Fabiana Claudia Viana
Fonte: RUA Publicador: RUA
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Resenha Formato: application/pdf
Publicado em 20/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
SOUZA, Pedro de. Michel Foucault: o trajeto da voz na ordem do discurso. Campinas, SP: Editora RG, 2009. 118 p. ISBN 9788561622091 (broch.).Michel Foucault: o trajeto da voz na ordem do discurso é o mais recente livro publicado por Pedro de Souza, professor da Universidade Federal de Santa Catarina, marcando sua importante e fecunda trajetória intelectual. Este trabalho, original e singular, um texto de investigação, pesquisa e de uma reflexão criteriosa, cuidadosa e crítica, oferece ao universo dos leitores ao qual se dirige, um lugar para pensar na voz “como realidade acústica independente de qualquer sistematicidade lingüística e semântica”, materializada no fazer autoral, na voz e na escrita de Michel Foucault.  É partindo da premissa de que “ouvir Foucault não é como ler seus livros” (p. 41) que o autor não só pôde encontrar a voz na construção do sujeito e da linguagem como também ler Foucault, no corpo da escrita, atravessado pela voz.