Página 2 dos resultados de 1001 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Alunos com perturbação de hiperatividade e défice de atenção : intervenção educativa

Almeida, Cátia Marina dos Milagres Figueiredo de
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
A PHDA Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção é uma problemática cada vez mais comum na infância e afeta 3 a 7,5% das crianças em idade escolar. Existem três subtipos de PHDA, dependendo da combinação de sintomas que a criança apresenta. Algumas crianças são predominantemente hiperativas ou impulsivas, enquanto outras apresentam significativas dificuldades de atenção ou ainda outras que tem ambas as combinações. Esta problemática pode manifesta-se de maneiras distintas, mas com mais incidência em dificuldades de aprendizagens e em perturbações do comportamento. Ao longo dos primeiros capítulos é apresentada uma revisão da literatura científica sobre a Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA), tal como aparece definida no DSM-IV-TR (2002): De seguida, aborda-se questões relacionadas com a sua etiologia, diagnóstico e avaliação. Esta revisão de literatura visa recolher informação que permita clarificar quais os instrumentos e estratégias a utilizar pelos professores e pais, para melhorar o processo de ensino aprendizagem do aluno com PHDA, e por sua vez, torná-lo mais positivo, nas vertentes, cognitiva, social e emocional. Para além da parte teórica, esta investigação integra...

Inclusão de aluno com Hiperatividade e défice de atenção : a perceção dos pares

Sousa, Maria Manuela da Silva de
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
Este estudo etnográfico refere-se à “Inclusão de um aluno com Hiperatividade e Défice de Atenção: A Perceção dos Pares”. A abordagem deste tema prende-se com o facto de a Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção ser uma problemática cada vez mais notória no dia-a-dia de uma sala de aula. Este trabalho tem como objetivo aprofundar o conhecimento de uma temática que afeta cada vez mais crianças em contexto escolar, no sentido de as ajudar a ultrapassar e a lidar com este tipo de desordem. Por outro lado, pretende-se mostrar que, quando há uma boa interação/aceitação entre pares, todos saem beneficiados. Assim, tentou-se aprofundar mais o conhecimento nesta área e perceber qual a relação que existe entre crianças com esta desordem e os seus pares. Iniciou-se o trabalho com uma revisão de literatura para fazer uma fundamentação teórica de determinados conceitos, que vão desde as necessidades educativas especiais, à escola inclusiva, passando pela perceção social, pela relação entre pares, até hiperatividade e défice de atenção. De seguida, passou-se a um estudo empírico, fazendo uma contextualização do trabalho a ser desenvolvido. Após a aplicação de diversos instrumentos de recolha de dados...

Estratégias de intervenção educativa junto de alunos com hiperatividade e problemas de atenção

Garcia, Ana Rute de Oliveira Gama Francisco
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
A Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA) é um distúrbio que, segundo a literatura, afeta entre 3-7% das crianças em idade escolar e que consiste numa tríade de desatenção, hiperatividade e impulsividade. Este distúrbio é prevalente e para os atingidos pode ter consequências gravosas sendo o insucesso escolar um dos primeiros obstáculos. Muitas vezes entendidas pela classe docente como falta de educação e preguiça, estas características não recebem a atenção devida. Baseado num aluno do 8º ano com diagnóstico de PHDA do tipo misto desde os 5 anos de idade, este projeto destinou-se a estudar sumariamente a PHDA e a encontrar, aplicar e avaliar a eficácia de um conjunto de estratégias de aprendizagem que, numa perspetiva inclusiva, permitissem quer ao aluno quer ao grupo turma desenvolver os seus potenciais de aprendizagem. O aluno não se encontra abrangido pelo Decreto Lei 3/2008 mas apresentou insucesso escolar no 7º ano que quase comprometeu a sua progressão. Integra uma turma de dezasseis alunos que inclui três alunos abrangidos pelo referido decreto sendo um de currículo específico individual. Este projeto desenvolveu-se no primeiro período do ano letivo 2012-2013 e possui duas vertentes: a tutoria individual - num tempo semanal – assumido na qualidade de diretora de turma...

A associação entre genes do sistema noradrenégico e a resposta clínica ao tratamento com metilfenidato em crianças e adolescentes com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade : um estudo de farmacogenética

Polanczyk, Guilherme Vanoni
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
Introdução O Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) está associado a um impacto negativo em diversas esferas da vida dos indivíduos afetados e de suas famílias. Os prejuízos causados por este transtorno são minimizados de forma significativa pelo tratamento medicamentoso, principalmente pelo uso do metilfenidato (MFD), cujo mecanismo de ação não é completamente conhecido. Estudos pré-clínicos têm apontado para o sistema noradrenérgico como um dos principais alvos da ação do MFD. Há um número reduzido de estudos que avaliaram a associação de genes do sistema noradrenérgico à melhora dos sintomas do TDAH e à ocorrência de efeitos adversos com o tratamento com MFD. Objetivos O presente estudo tem por objetivo avaliar a associação de polimorfismos localizados nos genes para o receptor adrenérgico α2A (ADRA2A), para a enzima dopamina-β-hidroxilase (DBH) e para o transportador de noradrenalina (NET1) e a resposta clínica (em termos de melhora sintomatológica, melhora do funcionamento global e ocorrência de efeitos adversos) ao tratamento com MFD em crianças e adolescentes com TDAH. Métodos 14 Crianças e adolescentes diagnosticados com TDAH foram tratados com MFD e reavaliados no 1o e no 3o mês de uso da medicação. Nos três momentos...

Ensino de fatos básicos aditivos para crianças com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH) : possibilidades de intervenção pedagógica na aritmética; Teaching basic facts of addition to children with attention deficit/hyperactivity disorder (ADHD): Educational intervention possibilities in arithmetic

Costa, Adriana Corrêa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
O armazenamento e/ou o acesso automático e preciso dos fatos aritméticos básicos da memória de longo prazo têm sido apontados como habilidades prejudicadas em crianças com dificuldades aritméticas e com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade. Em vista disso, esse grupo de estudantes acaba por utilizar procedimentos de contagem mais imaturos do que seus pares sem dificuldades. O objetivo principal deste estudo é avaliar a eficácia de um programa de ensino de fatos básicos aditivos, como um recurso para a mudança de um procedimento baseado na contagem para outro apoiado na memória. Para alcançar essa meta, a pesquisa consta de dois estudos. O primeiro busca identificar e descrever os procedimentos de contagem e os processos de memória utilizados por um grupo de 28 estudantes, com idades entre 8 anos e 14 anos, com TDAH-D ou TDAH-C que participam do Programa de Transtornos de Déficit de Atenção/Hiperatividade (PRODAH/HCPA). Os resultados indicaram que os estudantes continuavam usando procedimentos de contagem considerados imaturos além da série esperada e que, dentre os processos de memória, a decomposição era o mais usado. Para o segundo estudo, foram convidadas a participar as crianças que utilizaram procedimentos de contagem no estudo 1. Dessa forma...

O polimorfismo MRI180V no gene do receptor mineralocorticóide e o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) em adultos

Kortmann, Gustavo Lucena
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) inclui sintomas de desatenção, impulsividade e hiperatividade acometendo aproximadamente 5% das crianças em idade escolar e 2,5% dos adultos. Um dos mecanismos fisiopatológicos propostos para o TDAH é uma resposta disfuncional ao estresse. O eixo hipotalâmico-pituitário-adrenal (HPA) desempenha um importante papel na regulação dos neurotransmissores do sistema nervoso central e no comportamento, estando envolvido em funções relacionadas com atenção, emoção, aprendizado e memória. O receptor mineralocorticóide (MR) é o principal receptor envolvido no desencadeamento inicial da resposta ao estresse e tem um papel fundamental na modulação do eixo HPA. Por este motivo, o gene do MR (NR3C2) é um gene candidato para associação com o TDAH. Há evidências que o alelo Val do polimorfismo MRI180V (rs5522) esteja envolvido na vulnerabilidade a transtornos psiquiátricos e funções cognitivas. Nós testamos possíveis associações entre o MRI180V com o TDAH e com variáveis relacionadas em uma amostra brasileira de 478 pacientes adultos com TDAH e 597 doadores de sangue pareados quanto a variáveis demográficas. O polimorfismo MRI180V não está associado ao TDAH (χ² = 2.71...

Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade na infância e na adolescência : uma pesquisa bibliográfica

Pires, Natália dos Santos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
A pesquisa teve como objetivo conhecer a produção de artigos em língua portuguesa sobre Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) em crianças e adolescentes indexada no banco de dados do SciELO no período compreendido entre janeiro de 2000 e dezembro de 2010. Para análise dos documentos resultantes da busca no indexador, foi utilizada a metodologia de Análise de Conteúdo. Foram encontrados trinta artigos em resultado aos unitermos “TDAH”, “Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade” e “Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade”. Os resultados indicam que o TDAH é considerado o transtorno do desenvolvimento infantil mais diagnosticado, e há diversas hipóteses para sua etiologia, suas manifestações na vida do indivíduo e seu tratamento. O diagnóstico é feito baseado em manuais (DSM-IV™ e/ou CID-10), mas seus critérios têm gerado controvérsia entre os pensadores na área. As comorbidades estariam também relacionadas às dificuldades no diagnóstico. O metilfenidato é o fármaco mais utilizado no tratamento. Evidenciaram-se como categorias de análise as hipóteses etiológicas do transtorno, as comorbidades envolvidas, os questionamentos acerca da diagnose e abordagens terapêuticas ao transtorno. Como conclusão...

Entendendo as fronteiras e a comorbidade entre o transtorno de humor bipolar e o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade em crianças e adolescentes

Zeni, Cristian Patrick
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
Introdução: Em crianças e adolescentes, o Transtorno de Humor Bipolar (THB) é associado a danos devastadores no desenvolvimento. O Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH), caracterizado por sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade também causa prejuízo funcional significativo. O diagnóstico diferencial entre os dois transtornos é puramente clínico e, até o momento, há poucos estudos avaliando diferenças neurobiológicas. Diversas pesquisas sugerem a participação do Fator Neurotrófico Derivado do Cérebro (BDNF), cujo papel não foi elucidado em crianças e adolescentes com THB e com TDAH. Apesar das altas taxas de comorbidade entre o THB e o TDAH, de uma pior resposta ao tratamento e de um pior funcionamento psicossocial quando da comorbidade, apenas dois estudos avaliaram a resposta ao tratamento especificamente neste grupo de pacientes. Objetivos: O objetivo principal deste trabalho é avançar no entendimento do papel do BDNF na psicopatologia do THB e do TDAH, visando sua diferenciação. O tratamento da comorbidade com estimulantes tambem foi estudado. Métodos: A transmissão do alelo Val66 do BDNF foi avaliada em famílias de crianças e adolescentes com THB e TDAH, assim como o efeito do gene no nível sérico da proteína do BDNF entre os grupos. Foi realizada a comparação dos níveis séricos entre pacientes com THB em comorbidade com TDAH e TDAH isolado. Um estudo clínico cruzado com estimulantes foi realizado em crianças e adolescentes com THB e TDAH em comorbidade que tinham apresentado remissão dos sintomas de humor com o uso de aripiprazol...

Recent advances on attention deficit/hyperactivity disorder; Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade : atualização

Rohde, Luis Augusto Paim; Halpern, Ricardo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
Objetivos: O presente estudo busca uma revisão atual, para o pediatra clínico, dos principais aspectos do histórico, epidemiologia, etiologia, neurobiologia, quadro clínico, comorbidades, diagnóstico, evolução e tratamento do transtorno. Fontes dos dados: Trata-se de uma revisão abrangente, nãosistem ática da literatura sobre o transtorno de déficit de atenção/ hiperatividade. Síntese dos dados: O transtorno de déficit de atenção/hiperatividade é de base neurobiológica, com alta prevalência em crianças e adolescentes. O tratamento é bastante eficaz, envolvendo uso de medicação na maioria dos casos. Conclusões: O pediatra está numa posição privilegiada para a detecção precoce do transtorno de déficit de atenção/hiperatividade em crianças e adolescentes e para o manejo inicial dos casos menos graves e não complicados pela presença de extensa comorbidade.; Objectives: To describe the main aspects of attention deficit/ hyperactivity disorder, including history, epidemiology, etiology, neurobiology, clinical features, comorbidities, diagnosis, outcome and treatment. Sources of data: Comprehensive, non-systematic review of the literature on attention deficit/hyperactivity disorder. Summary of the findings: Attention deficit/hyperactivity disorder has a neurobiological basis...

Apresentação de uma versão em português para uso no Brasil do instrumento MTA-SNAP-IV de avaliação de sintomas de transtorno do déficit de atenção/hiperatividade e sintomas de transtorno desafiador e de oposição; A Brazilian version of the MTA-SNAP-IV for evaluation of symptoms of attention-deficit/ hyperactivity disorder and oppositional-defiant disorder

Mattos, Paulo; Pinheiro, Maria Antonia; Rohde, Luis Augusto Paim; Pinto, Diana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
O instrumento SNAP-IV foi desenvolvido para avaliação de sintomas do transtorno do déficit de atenção/hiperatividade em crianças e adolescentes. Pode ser preenchido por pais ou professores e emprega os sintomas listados no Manual de Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais (DSM-IV) para transtorno do déficit de atenção/ hiperatividade (critério A) e transtorno desafiador e de oposição (TDO). Objetivos: Elaborar uma versão em português, para uso no Brasil, do SNAP-IV utilizado no Multimodal Treatment Assessment Study. Método: Foi empregada uma metodologia de tradução, retrotradução, avaliação de equivalência semântica, sondagem na população-alvo e escolha de versão final. Resultados: Após as etapas de tradução e retrotradução, 20 itens foram considerados semelhantes, seis foram considerados aproximados, e cinco, diferentes da sua versão original em inglês. A versão final foi escolhida após diversas considerações, incluindo a semelhança com o original, a facilidade de compreensão e a maior equivalência dos termos em diferentes regiões sociogeográficas do Brasil. Conclusão: A versão em português do SNAP-IV obtida permitirá um rastreio de sintomas de transtorno do déficit de atenção/hiperatividade e transtorno desafiador e de oposição de modo correspondente à versão original.; The SNAP-IV questionnaire was developed to evaluate symptoms of attention-deficit/hyperactivity disorder in children and adolescents. It can be fulfilled by parents or teachers and consists of the symptoms listed in the Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders (DSM-IV) for attention-deficit/ hyperactivity disorder (criterion A) and oppositionaldefiant disorder. Objectives: To develop a version of the SNAP-IV used in the Multimodal Treatment Assessment Study to be applied in Brazil. Methods: Translation...

Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, uma proposta informativo-educativa

Fochi, Matheus Thomas
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade está envolto em uma cultura biologicista, emergida de uma sociedade que busca respostas biológicas a comportamentos socialmente indesejados. Tal cultura resulta em uma grande demanda de encaminhamentos de crianças para profissionais da saúde com queixas relacionadas à desatenção, alteração de comportamento, agitação, hiperatividade e dificuldade na aprendizagem. Com o objetivo de construir uma proposta informativo-educativa, com uma linguagem acessível, a partir de dados disponíveis na literatura e redes sociais, foi realizada uma pesquisa bibliográfica a respeito do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade. Foram identificados e analisados o total de 13 artigos científicos, 02 dissertações de mestrado, 01 teses de doutorado, 01 trabalho de conclusão de especialização, 03 blogs, 06 vídeos, 08 reportagens e 06 sites. Com base no material pesquisado foi construída uma revisão de bibliografia a cerca do tema, subdivido em categorias específicas relacionadas aos ambientes em que a criança e o adolescente estão inseridos, como a escola e a família e por fim a medicalização utilizada nesses casos. Como resultado desse estudo foi possível então encontrar dicas...

Estudo da influência de polimorfismos do gene do receptor D4 de dopamina (DRD4) sobre a etiologia e manifestações clínicas do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)

Martins, Gláucia Chiyoko Akutagava
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é um dos transtornos psiquiátricos mais comuns da infância e adolescência, caracterizado por sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade. É uma doença bastante complexa, com uma herdabilidade estimada de 76%. A maioria dos estudos moleculares com o TDAH teve como alvo genes codificadores de componentes do sistema dopaminérgico. Entre esses, o gene do receptor D4 de dopamina (DRD4) é o loco mais investigado, sendo considerado um gene de suscetibilidade ao TDAH. Entretanto, ainda existem resultados conflitantes. O objetivo do presente estudo foi contribuir para um maior esclarecimento acerca da participação do gene DRD4 na etiologia e nas manifestações clínicas do TDAH. Para tanto, a hipótese de associação do TDAH com o gene DRD4 foi testada através do estudo de quatro polimorfismos: a duplicação de 120 pb e os SNPs -616C>G (rs747302) e -521C>T (rs1800955), todos localizados na região promotora, e o VNTR de 48 pb do exon 3. A amostra foi obtida junto ao Programa do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (ProDAH/HCPA) e em escolas públicas de Porto Alegre, consistindo de 478 crianças e/ou adolescentes com TDAH...

Função motora fina, sensorial e perceptiva de escolares com transtorno do déficit de atenção com hiperatividade

Okuda, Paola Matiko Martins; Pinheiro, Fábio Henrique; Germano, Giseli Donadon; Padula, Niura Aparecida de Moura Ribeiro; Lourencetti, Maria Dalva; Santos, Lara Cristina Antunes dos; Capellini, Simone Aparecida
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 351-357
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
OBJETIVO: Caracterizar e comparar as funções motoras fina, sensorial e perceptiva de escolares com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e escolares com bom desempenho escolar sem alterações de comportamento. MÉTODOS: Participaram 22 escolares do ensino fundamental, de gênero masculino, distribuídos em: GI - 11 escolares com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade; e GII - 11 escolares com bom desempenho acadêmico e sem alterações de comportamento. Os escolares foram submetidos à aplicação do Protocolo de Avaliação da Função Motora Fina, Sensorial e Perceptiva e da Escala de Disgrafia. RESULTADOS: Houve diferença nas tarefas de função motora fina, função sensorial e função perceptiva entre o GI e o GII, com desempenho inferior do GI. Todos os escolares de GI apresentaram disgrafia. CONCLUSÃO: Escolares com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade apresentam desempenho inferior aos escolares com bom desempenho acadêmico em relação às funções motoras fina, sensorial e perceptiva. Tais dificuldades podem causar impacto significativo sobre o desempenho acadêmico, uma vez que comprometem o desenvolvimento da linguagem escrita, ocasionando disgrafia nesses escolares.; PURPOSE: To characterize and compare the fine motor...

Coordenação motora fina de escolares com dislexia e transtorno do déficit de atenção e hiperatividade

Okuda, Paola Matiko Martins; Lourencetti, Maria Dalva; Santos, Lara Cristina Antunes dos; Padula, Niura Aparecida de Moura Ribeiro; Capellini, Simone Aparecida
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 876-885
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
OBJETIVOS: descrever e comparar o desempenho da coordenação motora fina em escolares com dislexia e com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade utilizando parâmetros de desempenho motor e idade cronológica da Escala de Desenvolvimento Motor. MÉTODO: participaram 22 escolaresdo ensino fundamental, de ambos os gêneros, na faixa etária de 6 a 11 anos de idade distribuídos em: GI: 11 escolares com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade e GII: 11 com dislexia. Como procedimento, provas de motricidade fina da Escala de Desenvolvimento Motor foram aplicadas. RESULTADOS: os resultados revelaram diferença estatisticamente significante entre a idade motora fina e a idade cronológica de GI e GII. Conforme a classificação da Escala do Desenvolvimento Motor, 90% dos escolares de GI e GII apresentaram desenvolvimento motor fino muito inferior ao esperado para a idade e 10% dos escolares com dislexia apresentam desenvolvimento normal baixo ao esperado para a idade e 10% dos escolares com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade apresentaram desenvolvimento inferior ao esperado para a idade. CONCLUSÃO: concluímos que tanto os escolares com dislexia como os com TDAH deste estudo apresentam atrasos na coordenação motora fina...

Desempenho de escolares com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade em tarefas metalinguisticas e de leitura

Cunha, Vera Lúcia Orlandi; Silva, Cláudia da; Lourencetti, Maria Dalva; Padula, Niura Aparecida de Moura Ribeiro; Capellini, Simone Aparecida
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 40-50
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); OBJETIVOS: comparar e caracterizar o desempenho de escolares com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) em tarefas metalinguísticas e de leitura com escolares sem queixa de transtornos comportamentais e/ou de aprendizagem. MÉTODO: participaram vinte escolares do 4º ao 8º ano do ensino fundamental, sendo catorze escolares do sexo masculino e seis do sexo feminino, na faixa etária de 9 a 13 anos. Os escolares foram divididos em dois grupos, sendo o GI composto por dez escolares com diagnóstico interdisciplinar de TDAH e o GII composto por dez escolares sem queixa de transtornos comportamentais e/ou de aprendizagem, pareados com os escolares do GI de acordo com a idade e o nível escolar. Foi utilizado como procedimento a aplicação de protocolo com provas de habilidades metalinguísticas e de leitura de palavras reais e pseudopalavras. RESULTADOS: houve diferença estatisticamente significante entre os grupos nas tarefas de manipulação silábica e fonêmica, como também nas provas de leitura de palavras reais referentes à leitura de palavras regulares e palavras irregulares...

João Olha-para-o-ar e Felipe Irrequieto: distúrbios da atenção e hiperatividade

Stella, Florindo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
A estruturação dos processos cognitivos, a partir das relações do sujeito com o meio, constitui a base para a aprendizagem. Dentre os diversos processos cognitivos, a atenção representa um mecanismo imprescindível para a compreensão e incorporação de novos conteúdos. Distúrbios do processo atencional, além de comprometer a aprendizagem, estendem-se para comportamentos de hiperatividade. Os distúrbios da atenção e a hiperatividade - fenômenos intimamente correlacionados - contribuem para que o sujeito tenha dificuldades significativas em outras funções cognitivas, como linguagem, cálculo, capacidade de reconhecimento e de planejamento, habilidade de autocorreção dos comportamentos, etc. O desempenho pedagógico por parte do professor, integrado à ação interdisciplinar de outros profissionais habilitados e de familiares, constitui uma estratégia promissora na abordagem e orientação da criança com distúrbios da atenção e hiperatividade.; The structure of the cognitive processes, from the relations between the citizen and the enviroment, constitutes the learning base. Amongst the diverse cognitive processes, the attention represents an essential mechanism for the understanding and incorporation of new contents. Riots of the attention process...

Desempenho de escolares bons leitores, com dislexia e com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade em nomeação automática rápida

Capellini,Simone Aparecida; Ferreira,Tais de Lima; Salgado,Cíntia Alves; Ciasca,Sylvia Maria
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.35%
OBJETIVOS: Caracterizar o desempenho de escolares com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade e com dislexia em nomeação automática rápida e comparar o desempenho destes escolares com aqueles que lêem conforme o esperado para idade e escolaridade. MÉTODOS: Participaram deste estudo 30 escolares na faixa etária de oito a 12 anos de idade de 2ª a 4ª séries do ensino público fundamental, divididos em três grupos de 10 escolares, sendo um grupo de escolares com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade, um grupo de escolares com dislexia e um grupo de escolares com bom desempenho escolar. RESULTADOS: Os resultados revelaram diferenças estatisticamente significantes, evidenciando desempenho superior do grupo controle em relação ao grupo de escolares com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade e ao grupo de escolares com dislexia nos subtestes de cores, dígitos, letras e objetos; e desempenho superior dos escolares do grupo com transtorno do déficit de atenção em relação ao grupo de escolares com dislexia em nomeação automática rápida. CONCLUSÃO: O presente estudo demonstrou que os escolares que lêem conforme o esperado para idade e escolaridade apresentaram melhor desempenho em relação ao grupo de escolares com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade e o grupo com dislexia...

Hiperatividade e déficit de atenção: um olhar psicanalítico

Tuchtenhagen, Maria Beatriz Peixoto
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.35%
Este estudo busca analisar as manifestações de hiperatividade e de déficit de atenção tão popularizadas em nossos dias, sob a luz da psicanálise. Para tal foram elaborados dois artigos um teórico e um empírico. O primeiro, “Hiperatividade e Déficit de Atenção: um olhar psicanalítico”, é uma revisão da literatura sobre o assunto e visa situar esta temática a partir do paradigma neurobiológico e do paradigma psicanalítico. A revisão teórica sobre o tema aborda diferentes autores que trabalham esta problemática a partir de uma perspectiva psicanalítica baseada nos aportes teóricos de Freud a autores mais contemporâneos, que fazem uma releitura dos conceitos fundamentais da psicanálise como Jean Laplanche e Sílvia Bleichmar. Neste artigo ressalta-se a contribuição que um “olhar” psicanalítico pode proporcionar na compreensão destas manifestações. Com o segundo artigo, “Desatenção e Hiperatividade: Destinos do sujeito?”, busca-se destacar, através da ilustração de duas situações clínicas, a importância que um diagnóstico metapsicológico tem para o entendimento destas manifestações comportamentais e sua compreensão dos possíveis sentidos que elas podem ter em cada situação. Este estudo demonstrou a importância que uma abordagem que considera o sujeito em sua subjetividade e em sua singularidade pode oferecer para a compreensão dos comportamentos de desatenção e hiperatividade...

Desempenho cognitivo-linguístico e em leitura de escolares com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade; Performance cognitive-linguistic and reading of students with attention deficit and hyperactivity disorder

Silva, Cláudia da; Cunha, Vera Lúcia Orlandi; Capellini, Simone Aparecida
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2011 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
37.35%
OBJETIVO: o objetivo deste estudo foi comparar o desempenho cognitivo-linguístico e em leitura de escolares com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade com escolares sem queixa de transtornos comportamentais e/ou de aprendizagem. MÉTODO: participaram deste estudo 20 escolares de 5° a 8° ano do ensino fundamental. Os escolares foram divididos em dois: Grupo I (GI): composto por 10 escolares com diagnóstico interdisciplinar de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, e Grupo II (GII): composto por 10 escolares sem queixa de transtornos comportamentais e/ou de aprendizagem. Como procedimento foi realizado o Teste de habilidades metalinguísticas e leitura (PROHMELE), composto de testes de identificação de sílabas e fonemas, manipulação de sílabas e fonemas, repetição de pseudopalavras e leitura. RESULTADOS: os resultados apresentaram diferença estatisticamente significante entre GI e GII, demonstrando que os escolares do grupo GI apresentaram desempenho superior quando comparados com os escolares do grupo GII. CONCLUSÃO: de acordo com os resultados deste estudo podemos concluir que as dificuldades apresentadas por escolares com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade podem ser atribuídas à desatenção...

Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade: características, diagnóstico e formas de tratamento; Attention Deficit-Hyperactivy Disorder (ADHD): characteristics, diagnosis and treatment

de Souza, Eneida Maria Leone; Ingberman, Yara Kuperstein
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2005 POR
Relevância na Pesquisa
37.35%
O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAHI) possui como características nucleares desatenção, hiperatividade e impulsividade. O DSM-IV define vários critérios para o diagnóstico de tal transtorno, que englobam diferentes sintomas de relativas características, em dois módulos sendo um referente à desatenção e outro, à hiperatividade e impulsividade, além de critérios com relação ao tempo de existência de sintomas e idade de início (sendo necessário que o aparecimento dos sintomas seja anterior aos sete anos). Desta forma, considera-se que um adulto apresenta TDAHI se tiverem sido observados sintomas na infância. Existem características adicionais que podem ser encontrados em indivíduos com TDAHI, dentre elas a desorganização, dificuldade no relacionamento interpessoal, relacionamento pobre com pares e irmãos. Portanto, o TDAHI leva a grandes e sérias implicações nos diferentes contextos: social, familiar, acadêmico e/ou profissional. Sendo assim, visualiza-se como de fundamental importância o diagnóstico e o início de tratamentos precoces para o TDAHI...