Página 19 dos resultados de 35620 itens digitais encontrados em 0.025 segundos

Avaliação de desfechos relacionados à gestação em áreas contaminadas na região do estuário de Santos e São Vicente; Evaluation of pregnancy outcomes in contaminated areas of Santos and São Vicente estuary region

Guimarães, Mariana Tavares
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.42%
Introdução: O Estuário de Santos e São Vicente está contaminado com metais pesados, compostos organoclorados, dioxinas e furanos. Estudos epidemiológicos evidenciam que fetos são mais susceptíveis às substâncias tóxicas que adultos. Este trabalho avaliou a ocorrência de eventos relacionados à gestação em áreas contaminadas e não contaminada na região estuarina. Métodos: Estudo transversal onde foram analisados dados do SINASC entre 2003 e 2007 nos municípios de São Vicente, Guarujá, Cubatão e Bertioga. Foram calculadas as taxas bruta de natalidade e de fecundidade total por ano e os riscos de nascimento prematuro, baixo peso de nascimento, nascimento múltiplo e presença de anormalidade congênita no período, por município. Um questionário estruturado e pré-testado foi aplicado em uma amostra de base populacional (820 famílias) em cinco áreas da região, quatro dessas em áreas contaminadas e uma (controle) sem contaminação conhecida. Foram calculados os riscos de ocorrência de mulheres em idade fértil que engravidaram, aborto, parto prematuro, baixo peso ao nascer, natimorto, malformação congênita e nascimento múltiplo. Os dados de aborto e ocorrência de gestação foram georreferenciados na área 3...

Comparação entre as frequências baixa e alta da estimulação elétrica nervosa transcutânea na prenhez da camundonga Swiss; Comparison between the low and high frequencies of transcutaneous electrical nerve stimulation on pregnancy of mice Swiss

Yokoyama, Larissa Mayumi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.42%
Introdução: A estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS) é uma modalidade terapêutica analgésica, não invasiva e que não apresenta interação com medicamentos. É definida como qualquer dispositivo de estimulação que emita correntes elétricas através da superfície intacta da pele. É utilizada por fisioterapeutas para o manejo sintomático de dor aguda ou crônica em locais de atendimento à saúde. Objetivo: Avaliar os efeitos da estimulação elétrica nervosa transcutânea de baixa e alta frequência sobre o abdome gravídico da camundonga Swiss durante toda a prenhez. Métodos: Trinta camundongas prenhas, pesando 20 a 36 gramas, da linhagem Swiss, foram divididas ao acaso em três grupos (n=10): grupo placebo (P), onde os animais foram submetidos à simulação da eletroestimulação com o aparelho devidamente desligado, diariamente por 20 minutos, a partir do dia zero até o 20° dia da prenhez; grupo experimental baixa frequência (BF), onde os animais foram submetidos ao tratamento por eletroestimulação diariamente por 20 minutos, a partir do dia zero até o 20° dia da prenhez com o aparelho previamente programado com os seguintes parâmetros: frequência baixa de 10 Hertz (Hz), duração de pulso de 200 microssegundos (?s) e a intensidade sensorial foi considerada a partir de 2.0 miliamperes (mA); grupo experimental alta frequência (AF)...

Alterações da composição corporal durante a gestação e sua associação com o peso ao nascer; Body composition changes during pregnancy and its association with birth weight

Kurashima, Carolina Harumi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.42%
A gestação traz diversas alterações metabólicas, fisiológicas e no estilo de vida da mulher, que podem influenciar o ganho ponderal durante a gestação. O ganho ponderal durante a gestação é composto por: massa livre do gordura e tecido adiposo (materno), placenta, fluido amniótico e feto - entretanto não estão claros quais fatores estão associados à composição corporal materna, e se a gordura ou água (principal componente do tecido magro) estão associados ao peso ao nascer. Objetivo. Avaliar o efeito das mudanças da composição corporal durante a gestação sobre o peso ao nascer e os fatores potencialmente modificáveis associados (atividade física). Metodologia. Foi estudada uma coorte de 152 gestantes clientes do Hospital Amparo Maternal, São Paulo. As informações foram obtidas através de entrevistas com as gestantes, em três momentos para investigar a atividade física. O exame antropométrico foi realizado a cada consulta pré-natal, sendo o exame constituído de medidas de peso, altura, circunferência de braço, coxa e panturrilha, e pregas cutâneas de coxa e das regiões subescapular e tricipital, e bioimpedância. A análise de dados longitudinais foi realizada através de análises de regressão linear mista para verificar impactos das variáveis independentes sobre o a composição corporal. Para relacionar o efeito das mudanças na composição corporal durante a gestação sobre o peso ao nascer...

Aspectos fisiológicos da gestação de mini-pôneis; Phisiological aspects in pregnancy the mini-horse

Canibal, Maria Carolina Horn Berta
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
Este estudo teve como objetivo caracterizar as modificações que ocorrem no ovário e no útero de Mini-pôneis prenhes e descrever o desenvolvimento normal do embrião e do feto nos estágios iniciais da gestação. Durante duas estações de monta foram utilizadas 13 éguas mini-pôneis, clinicamente e reprodutivamente sadias, não lactantes com idade variando de 3 a 16 anos. A partir do sexto dia pós-ovulação os animais foram examinados diariamente até o 60º dia, por um operador, através de palpação e exame ultra-sonográfico trans retal para verificar o dia de aparecimento da vesícula embrionária. Após a detecção do embrião realizou-se um teste de acompanhamento da mobilidade com acompanhamento ultra-sonográfico por duas horas por dia até a ocorrência da fixação. O diâmetro da vesícula embrionária, surgimento do embrião, visualização do cordão umbilical, da alantóide, e batimentos cardíacos foram monitorados. Da mesma forma, verificou-se o tônus uterino, o desenvolvimento dos dois maiores folículos e da área e do diâmetro do corpo lúteo. Conclui-se que a égua Mini-pônei apresenta algumas diferenças importantes nos eventos relacionados à gestação que outros eqüídeos de maior porte. Entre eles a maior demora na detecção da vesícula embrionária...

Biografias de gravidez e maternidade na adolescência em assentamentos rurais no Rio Grande do Sul; Biographies of pregnancy and motherhood in adolescence within rural settlemsnts in Rio Grande do Sul; Biografías de gravidez y maternidad en la adolescencia en asentamientos rurales en Rio Grande do Sul

Soares, Joannie dos Santos Fachinelli; Lopes, Marta Júlia Marques
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
Buscou-se conhecer e compreender as vivências de gestação e maternidade na adolescência em assentamentos rurais. O estudo desenvolveu-se a partir de uma abordagem qualitativa, sustentando-se no método biográfico. As testemunhas foram mulheres que vivenciaram gravidez e maternidade na adolescência. A coleta de dados foi realizada em Janeiro e Fevereiro de 2009, por meio de entrevista biográfica temática. As biografias mostram trajetórias familiares de instabilidade e mudanças constantes, além de habitação e emprego precários. A aceitação da gravidez pelas famílias das adolescentes está diretamente ligada à condição do companheiro em assumir a paternidade da criança e a mãe adolescente como companheira ou esposa. As mudanças na vida pessoal decorrentes da gravidez e maternidade relatadas com mais frequência, foram perda de liberdade e aumento de responsabilidade. No plano das instituições, constata-se a ausência de políticas públicas e, consequentemente, de serviços dirigidos e adequados às especificidades de saúde nos assentamentos rurais.; Se buscó conocer y comprender vivencias de gestación y maternidad adolescentes en asentamientos rurales. El estudio se desarrolló con abordaje cualitativo, sustentado en método biográfico. Los entrevistados fueron mujeres que experimentaron gravidez y maternidad en la adolescencia. La recolección de datos se realizó en enero y febrero de 2009...

Gravidez na adolescência : um olhar sobre um fenômeno complexo; Adolescent pregnancy : a look at a complex phenomenon; Embarazo en la adolescencia : una mirada a un fenomeno complejo

Dias, Ana Cristina Garcia; Teixeira, Marco Antonio Pereira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
O presente trabalho apresenta uma revisão seletiva e não sistemática da literatura a respeito do fenômeno da gestação na adolescência. Três eixos temáticos orientam a organização do trabalho: (a) Riscos e problemas associados à gestação na adolescência; (b) Fatores precursores relacionados à gravidez na adolescência; e (c) Fatores sócio-culturais associados ao desejo de ser mãe na adolescência. Entre as conclusões, destaca-se que a gravidez na adolescência é uma experiência que pode ter consequências tanto negativas quanto positivas para os adolescentes. Além disso, o fenômeno evidencia a necessidade de intervenções voltadas à saúde sexual e reprodutiva dos adolescentes.; Este artículo presenta una revisión selectiva y no sistemática de la literatura sobre el fenómeno del embarazo en la adolescencia. Tres temas guían la organización del texto: (a) los riesgos y los problemas asociados con el embarazo adolescente, (b) los factores precursores relacionados con el embarazo en la adolescencia y (c) los factores socioculturales asociados con el deseo de ser madre en la adolescencia. Entre las conclusiones, se destaca que el embarazo en la adolescencia es una experiencia que puede tener consecuencias tanto negativas cuanto positivas para los adolescentes. Por otra parte...

A experiência de assumir a gestação na adolescência: um estudo fenomenológico; The experience of assuming pregnancy during adolescence: a phenomenological study

Amazarray, Mayte Raya; Machado, Paula Sandrine; Oliveira, Viviane Ziebell de; Gomes, William Barbosa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
Esta pesquisa propõe-se a descrever a experiência de ser mãe adolescente vivida por jovens que participaram de um programa de assistência pré-natal. Foram obtidos, por uma entrevista semiestruturada, depoimentos de seis adolescentes, com idades entre 17 e 20 anos, cuja vivência da maternidade se dava há mais de um ano. Os dados foram analisados através da descrição, redução e interpretação fenomenológicas, revelando dez categorias temáticas: o engravidar, o impacto da gravidez, a gestação e o parto, participação em um pré-natal para adolescentes, o ser gestante versus o ser adolescente, a auto-imagem, o grupo de interação mãe-bebê para adolescentes, a adolescente e suas relações, o bebê em relação e a maternidade. Para as informantes, a orientação de uma equipe multidisciplinar, a oportunidade de esclarecer dúvidas e o convívio com outras adolescentes grávidas foram fundamentais ao desenvolvimento da gravidez e do parto sem complicações orgânicas, bem como ao estabelecimento da identidade materna.; The objective of the present study was to describe the experience of being a teenage mother. Six teenage mothers, 17 to 20 years old, answered a semi-structured interview. They had all taken part of a pre-birth assistance program as well as experienced motherhood for more than one year. The data were analyzed in accordance with the phenomenological description...

Arquitetura e estrutura endometrial equina entre o 21º e 42º dias de gestação; Architecture and structure of equine endometrium between 21st and 42nd days of pregnancy

Winter, Gustavo Henrique Zimmermann
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
O embrião equino apresenta um desenvolvimento dinâmico por um longo período entre a fertilização, sua entrada no útero, fixação e posterior invasão trofoblástica após o 36º dia da gestação. Durante todo este período o concepto é sustentado pelo histotrofo endometrial. Estas características dos equídeos favorecem o seu uso com modelo experimental in vivo para estudos nos desenvolvimentos e interações fetal e maternal. Os estudos em endométrio equino tiveram foco em eventos fisiológicos nas diferentes fases do ciclo estral, enquanto os estudos aos primeiros momentos da gestação são escassos. O entendimento do processo de remodelação e morfofisiologia do endométrio após a entrada do embrião no útero não é completamente entendido. O objetivo deste trabalho foi estudar a morfofisiologia endometrial da gestação na égua envolvendo os períodos pós-fixação e peri-implantação, por histologia e microscopia eletrônica de varredura. A característica mais marcante da transformação ou adaptação endometrial à gestação foi o quase total desaparecimento das células ciliadas na superfície epitelial em ambos cornos uterinos. A capacidade de secreção das células microvilosas também passou por mudanças com o avanço gestacional. Muitas células secretórias ingurgitadas e protusas formam a maioria da população do epitélio...

Effects of hypertension on maternal adaptations to pregnancy: experimental study on spontaneously hypertensive rats

Peraçoli, José Carlos; Rudge, Marilza Vieira Cunha; Sartori, Maria Salete; Franco, Roberto Jorge da Silva
Fonte: Associação Paulista de Medicina (APM) Publicador: Associação Paulista de Medicina (APM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 54-58
ENG
Relevância na Pesquisa
36.42%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); CONTEXTO: Os modelos animais de hipertensão arterial têm sido usados para a compreensão das condições patológicas humanas encontradas nas mulheres grávidas hipertensas. OBJETIVO: Estudar os possíveis efeitos da prenhez sobre a hipertensão arterial, e desta sobre a prenhez, em ratas espontaneamente hipertensas (SHR) e seu controle normotenso Wistar-Kyoto (WKY) TIPO DE ESTUDO: Estudo comparativo com animais de laboratório. LOCAL: Laboratório de pesquisa experimental da Faculdade de Medicina de Botucatu, Universidade Estadual de São Paulo, Brasil. AMOSTRA: Foram utilizadas ratas virgens, das linhagens WKY e SHR, com idade entre 10 e 12 semanas. Os animais foram divididos em quatro grupos: 15 SHR-prenhe (SHR-P), 10 SHR não-prenhe (SHR-NP), 15 WKY prenhe (WKY-P) e 10 WKY não-prenhe (WKY-NP). VARIÁVEIS ESTUDADAS: A pressão arterial foi avaliada pelo método do esfigmomanômetro de cauda em ratas adaptadas ou não previamente ao aquecimento necessário para a medida da pressão arterial da cauda. A expansão da volemia foi avaliada indiretamente pelo ganho de peso e por parâmetros sistêmicos como hematócrito, hemoglobina, proteínas totais, albumina e balanço de sódio. O resultado perinatal foi avaliado pelo número de nódulos de reabsorção...

Maternal and perinatal outcomes of first pregnancy after chemotherapy for gestational trophoblastic neoplasia in Brazilian women

Braga, Antonio; Maesta, Izildinha; Michelin, Odair Carlito; Gomes Delmanto, Lucia Regina; Consonni, Marcos; Rudge, Marilza Vieira Cunha; Belfort, Paulo
Fonte: Academic Press Inc. Elsevier B.V. Publicador: Academic Press Inc. Elsevier B.V.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 568-571
ENG
Relevância na Pesquisa
36.42%
Objective. To evaluate maternal and perinatal outcomes of first pregnancy after chemotherapy for gestational trophoblastic neoplasia (GTN) in Brazilian patients.Methods. This study included 252 subsequent pregnancies after chemotherapy for GTN treated between 1960-2005. Correlations of maternal and perinatal outcomes with chemotherapy regimen (single or multiagent) and the time interval between chemotherapy completion and first subsequent pregnancy were investigated.Results. There was a significant increase in adverse maternal outcomes in women who conceived <6 months than 6-12 months (76.2% and 19.6%; p<0.0001; OR=13.12; CI 95%=3.87-44.40) and >12 months (76.2% and 21.7%; P<0.0001; OR=11.56; CI 95%=3.98-33.55) after chemotherapy. Spontaneous abortion frequency was higher <6 months (71.4%) than 6-12 months (17.6%; p<0.0001: OR=11.66; CI 95%=3.55-38.22) and >12 months (9.4%; p<0.0001: OR=23.97: CI 95%=8.21-69.91) after chemotherapy. There was no difference in adverse perinatal outcomes (stillbirth, fetal malformation, and preterm birth) related to the interval after chemotherapy and Subsequent pregnancy. The overall occurrence of adverse maternal and perinatal outcomes did not significantly differ between patients on single or multiagent regimens.Conclusion. Adverse maternal outcomes and spontaneous abortion were more frequent among patients who conceived within 6 months of chemotherapy completion. In these cases...

Mild gestational hyperglycaemia as a risk factor for metabolic syndrome in pregnancy and adverse perinatal outcomes

Negrato, Carlos Antonio; Jovanovic, Lois; Tambascia, Marcos Antonio; Calderon, Iracema de Mattos Paranhos; Geloneze, Bruno; Dias, Adriano; Rudge, Marilza Vieira Cunha
Fonte: John Wiley & Sons Ltd Publicador: John Wiley & Sons Ltd
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 324-330
ENG
Relevância na Pesquisa
36.42%
Objective The aims of this study were to evaluate the prevalence of metabolic syndrome (MS) in a cohort of pregnant women with a wide range of glucose tolerance, pre-pregnancy risk factors for MS during pregnancy and the effects of MS in the occurrence of adverse perinatal outcomes.Research Design and Methods One hundred and thirty six women with positive screening for gestational diabetes (GDM) were classified by two diagnostic methods: glycaemic profile and 100 g oral glucose tolerance test (OGTT) as normoglycaemic, mild gestational hyperglycaemic, GDM, and overt GDM. Markers of insulin resistance were measured between 24-28 and 36th week of gestation, and 6 weeks after delivery.Results The prevalence of MS was 0; 20.0; 23.5 and 36.4% in normoglycaemic, mild hyperglycaemic, GDM and overt GDM groups, respectively. Previous history of GDM with or without insulin use, body mass index (BMI) >= 25, hypertension, family history of diabetes in first-degree relatives, non-Caucasian ethnicity, history of prematurity and polyhydramnios were statistically significant pre-pregnancy predictors for MS in the index pregnancy, that by its turn increased the occurrence of adverse perinatal outcomes (p = 0.01).Conclusions The prevalence of MS increases with the worsening of glucose tolerance and is an independent predictor of adverse perinatal outcomes; impaired glycaemic profile identifies pregnancies with important metabolic abnormalities that are linked to the occurrence of adverse perinatal outcomes even in the presence of a normal OGTT...

Influence of sire and sire breed (Gyr versus Holstein) on establishment of pregnancy and embryonic loss in lactating Holstein cows during summer heat stress

Pegorer, Marcelo F.; Vasconcelos, Jose L. M.; Trinca, Luzia A.; Hansen, Peter J.; Barros, Ciro M.
Fonte: Elsevier B.V. Publicador: Elsevier B.V.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 692-697
ENG
Relevância na Pesquisa
36.42%
Heat stress has negative effects on pregnancy rates of lactating dairy cattle. There are genetic differences in tolerance to heat stress; Bos taurus indicus (B. t. indicus) cattle and embryos are more thermotolerant than Bos taurus taurus (B. t. taurus). In the present study, the effects of sire and sire breed on conception and embryonic/fetal loss rates of lactating Holstein cows during the Brazilian summer were determined. In Experiment 1, cows (n = 302) were AI after estrus detection or at a fixed-time with semen from one Gyr (B. t. indicus) or one Holstein sire (B. t. taurus). Pregnancy was diagnosed 80 days after AI. In Experiment 2, cows (n = 811) were AI with semen from three Gyr and two Holstein sires. Pregnancy was diagnosed at 30-40 and at 60-80 days after AI. Cows diagnosed pregnant at the first examination but non-pregnant at the second were considered as having lost their embryo or fetus. Data were analyzed by logistic regression. The model considered the effect of sire within breed, sire breed, days postpartum, period of lactation, and AI type (AI after estrus versus fixed-time). There was no effect of the AI type, days postpartum or milk production on conception or embryonic loss rates. The use of Gyr bulls increased pregnancy rate when compared to Holstein bulls [9.1% (60/657) versus 5.0% (23/456)...

Ultrasonographic monitoring of early pregnancy development in Murrah buffalo heifers (Bubalus bubalis)

Pinheiro Ferreira, Joao Carlos; Martin, Ian; Irikura, Cristiane Rumi; Gimenes, Lyndsay Unno; Fujihara, Caroline Junko; Jorge, Andre Mendes; Oba, Eunice
Fonte: Elsevier B.V. Publicador: Elsevier B.V.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 174-179
ENG
Relevância na Pesquisa
36.42%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); The aim of the current study was to monitor the early pregnancy development in buffalo heifers and establish biometric threshold of different gestational vesicle and embryo/fetal parts from the day 15 following fertilization to day 70. Serial daily ultrasonographic examinations were carried out on eleven pregnant buffalo-heifers, during which the gestational vesicle diameter, amniotic vesicle diameter, crown-rump length, trunk diameter and biparietal diameter were measured and embryo/fetal sex characteristics were determined. The gestational vesicle, embryo and its heartbeats were assessed, respectively, by gestational days (d) 20.55 +/- 2.34; 25.18 +/- 1.91 and 25.27 +/- 3.58 of pregnancy. The liquid column in nonpregnant horn and amniotic vesicle were detected, respectively, by d 31.0 +/- 3.83 and 31.64 +/- 2.34 of pregnancy. Subsequently were sequentially detected the neural tube (d 33.0 +/- 3.51), umbilical cord (d 0.25 +/- 2.76), early limbs, (d 41.67 +/- 4.85), embryos proper movement (d 46.25 +/- 236), vertebral column (d 4733 +/- 4.9), genital tubercle (d 47.2 +/- 3), fetal bones (d 56.56 +/- 1.67), brain (d 57.5 +/- 1.2), urinary bladder (d 57.88 +/- 3.08)...

Ovarian activity and plasma concentrations of progesterone and estradiol during pregnancy in jennies

Meira, C.; Ferreira, JCP; Papa, F. O.; Henry, M.
Fonte: Elsevier B.V. Publicador: Elsevier B.V.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1465-1473
ENG
Relevância na Pesquisa
36.42%
The objectives of this study were to determine ovarian activity (with ultrasound) and plasma concentrations of progesterone and estradiol during pregnancy in jennies. There was considerable ovarian activity during the second month of pregnancy. Secondary corpora lutea (total of 2 to 7 per jenny) were formed (mainly by luteinization) starting on Day 41.8 +/- 1.0 (range Days 38 to 46; ovulation = Day 0). The echogenicity of the primary and secondary corpora lutea gradually decreased during pregnancy. Plasma progesterone concentrations increased between Days 0 and 10 (0.9 and 19.9 ng/mL, respectively), gradually decreased to Day 30 (12.1 ng/mL), increased between Days 30 and 40 (plateau, at approximately 17 ng/mL), gradually declined from Days 110 to 160 (nadir of approximately 6 ng/mL), and remained nearly constant until increasing again just before parturition. Plasma estradiol concentrations increased gradually from Day 65, peaked (1.2 ng/mL) on Day 165 (greater than or equal to 1 ng/mL on Days 150 to 210), and decreased thereafter, with very low concentrations during the last 20 d before parturition. Ovarian function and hormone profiles were generally similar to those previously reported during pregnancy in mares. (C) 1998 by Elsevier B.V.

Mixture of vitamin C, hesperidin and piperidol exposure in pregnancy: Maternal-fetal repercussions

Volpato, Gustavo Tadeu; Damasceno, Débora Cristina; Miranda, Márcia Regina F.; Sabbag Filho, Daher; De Mattos Paranhos Calderon, Iracema; Rudge, Marilza Vieira Cunha
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 77-82
ENG
Relevância na Pesquisa
36.42%
To evaluate the reproductive performance and the development of their offspring on rat pregnancy. Wistar pregnant rats were gavaged with 0 mg/kg wb/day (control group, n = 20) and 166.5 mg/kg/day of a mixture of vitamin C, hesperidin and piperidol (experimental group, n = 20) during the organogenic period (from day 5 to 14 of pregnancy; positive vaginal smear = day 0). The female rats were killed on day 21 of pregnancy. The number of implantations, resorptions (dead embryos), and live/dead fetuses were counted for the analysis of the postimplantation loss rates. There was neither alteration in maternal reproductive performance, but it was verified an increase of the number of fetuses presenting dilated urether, hydronephrosis, and reduced ossification of skull due to the treatment of female rats with a mixture of vitamin C, hesperidin and piperidol, these abnormalities were considered transitory and may not interfere on offspring development. It was not verified other type of major malformation neither the appearance of fetuses presenting atrophy of upper limbs that it could be associated to use of this drug.

Fecal progestins during pregnancy and postpartum periods of captive red brocket deer (Mazama americana)

Krepschi, V. G.; Polegato, B. F.; Zanetti, E. S.; Duarte, J. M B
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 62-68
ENG
Relevância na Pesquisa
36.42%
This study aimed to validate the enzyme immunoassay (EIA) for fecal progestin quantification of the species Mazama americana, define its excretion profile during periods of gestation and postpartum and determine the gestation period and resumption of postpartum ovarian activity in this species in captivity Fecal samples were collected twice a week during gestation and every day in the postpartum period, and analyzed using EIA The mean concentrations (±SEM) of fecal progestins during gestation were 2180.0 ± 299.1 ng/g in early pregnancy (week 1-11), 3271.4 ± 406.9 ng/g in middle pregnancy (week 12-22) and 5592.0 ± 1125.8 ng/g in late pregnancy (week 23-32) The gestation period determined for the species was 220.9 ± 1.2 days The concentration of progestins reached its peak prior to parturition and returned to baseline levels in 4 ± 0.31 days after parturition In the postpartum period, the mean concentrations of fecal progestins were 1564.2 ± 182.6 ng/g in the interval between parturition and resumption of ovarian activity, 469.8 ± 24.5 ng/g in the inter-luteal phase and 2401.7 ± 318.5 ng/g during the luteal phase, such that the postpartum period and the luteal phase differed from the inter-luteal phase Fecal progestin profiling permitted the detection of ovulation 26.9 ± 3.4 days after parturition in all the hinds studied and estimation of the mean duration of the estrous cycle...

Comparative study of ultrasonographic methods for assessment of pregnancy age in bitches

Castro, Viviane Montich de; Mamprim, Maria Jaqueline; Lopes, Maria Denise; Sartor, Raquel
Fonte: Univ Federal Rural Pernambuco Publicador: Univ Federal Rural Pernambuco
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: 78-80
POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
Compared with human beings, the application of ultrasound in estimating fetal age in bitches is limited due to the large variation of breed and size in this species. Several formulas were developed to calculate the gestational age and to provide the date of birth in dogs, but the efficacy of these formulas on the different gestational stages and dog breeds is unknown. The aim of this study was to compare sonographic methods for assessment of gestational age and days before parturition in dogs with different body weights and pregnancy stages. Twenty seven bitches of several sizes were examined and divided into three groups according to the initial body weight (A: <10kg; B: 10.1 - 20kg; C: >20.1kg); then each group was divided into three subgroups according to pregnancy stage (1st: 18 to 30 days; 2nd: 31 to 40 days; 3rd: >40 days) estimated according to the first day of copulation. Ultrasonography was performed weekly from the first stage of pregnancy. In the first and second stage the following formulas were applied: GA = (6XGSD) + 20; DBP = 65 - IG; by Nyland & Matton (2002); GA: gestational age; DBP: days before parturition; DSG: gestational sac diameter; in the third stage: DBP = 61,2 - (24,6 X BD); DBP = 43,5 - (10,9 X CD); by Burk & Ackerman (1996); BD: biparietal diameter; CD: body diameter...

Stress e qualidade de vida de mulheres grávidas com epilepsia; Stress and quality of life of pregnancy women with epilepsy

Luciane Lorencetti Lunardi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/07/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.42%
A epilepsia é uma condição neurológica crônica que não possui uma definição totalmente satisfatória. Admite-se que 25% dos pacientes com epilepsia sejam mulheres em idade fértil e que 0.3 a 0.6% de todas as crianças nascidas sejam filhas de mães epilépticas. A gestação de mulheres com epilepsia envolve estressores que podem ser avaliados como sobrecarga aos mecanismos adaptativos pessoais. O objetivo principal do presente estudo foi avaliar a qualidade de vida (QV) e os sinais significativos de stress de mulheres gestante com epilepsia durante a gestação e após três meses de puerpério e comparar com mulheres com epilepsia não grávidas. Foram avaliados dois grupos: grupo experimental (GE) formado por 29 mulheres gestantes com epilepsia e grupo controle (GC) formado por 30 mulheres com epilepsia, todas pacientes do Ambulatório de Psicologia Aplicada à Neurologia do HC/UNICAMP. O GE foi submetido a três encontros para a realização de anamnese; aplicação do Questionário de Qualidade de Vida – QQV-65 (Souza, 2001); Inventário de Sintomas de Stress (Lipp,1994), Protocolo de Estressores na Gravidez e Protocolo de Estratégias Adaptativas na Gravidez (Torrezan, 1994). Não encontramos diferenças significativas na medida de QV e stress ao comparar ambos os grupos. No entanto...

Influência da depleção de macrófagos na remodelação da sínfise púbica de camundongos C57BL6 durante o final da prenhez e o pós-parto; Influence of macrophage depletion in pubic symphysis remodeling of C57BL6 mice during late pregnancy and postpartum

Bianca Gazieri Castelucci
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.42%
A sínfise púbica (SP) faz parte do conjunto de elementos do sistema musculoesquelético que oferece suporte aos órgãos pélvicos. Em alguns animais, como camundongos e cobaias, esta junção fibrocartilaginosa passa por drásticas modificações hormonalmente reguladas durante a prenhez, resultando no afastamento dos ossos púbicos e na formação de um ligamento elástico (LiP) que facilita a passagem dos fetos durante o parto. Assim como o LiP, a cérvice uterina (CV) também sofre extensa remodelação durante a prenhez e ambos apresentam similaridades no que diz respeito à composição tecidual, proliferação celular e regulação por relaxina e hormônios esteroides. Embora alguns achados relacionem o relaxamento da SP da e CV à ativação de uma resposta pró-inflamatória sem a participação de granulócitos, a participação de outros leucócitos no remodelamento da SP durante o parto e pós-parto ainda não foi devidamente investigada em camundongos. Com a finalidade de caracterizar aspectos que envolvem a participação de leucócitos neste remodelamento realizamos o presente estudo visando à caracterização morfológica e análise da expressão gênica destas células durante o relaxamento (dias 12, 18 e 19ddg) e a remodelamento da SP no pós-parto (dias 1 e 3dpp) associadas à depleção de monócitos/macrófago. A análise morfológica demonstrou a presença de monócitos/macrófagos...

Psychological variables in pregnancy : does age matter? An exploratory study

Pereira, M. Graça; Ramalho, Vera; Dias, Pedro
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2002 ENG
Relevância na Pesquisa
36.42%
We are assintng in our days to a postponing of pregnancy to a later period of life. This paper describes an exploratory study on the effects of age on important psycohological variables in pregnancy. The sample is composed of two groups of pregnant women : above and below 35 years, and compared how these women differed on maternal adjustmnet, marital satisfaction and psychological morbidity. Husbands/partners of these women were also included in the sample and a comparison between the couple was also assessed on the first two variables. Results showed that younger women were better adjusted and had higher marital satisfaction. No differences were reported in terms of psychological morbidity. Men reported being better adjusted than their partners on attitudes towards pregnancy. Differences on whether the pregnancy was planned and number of children were also assessed. Implications of study are discussed.