Página 19 dos resultados de 44699 itens digitais encontrados em 0.025 segundos

The capital structure choices of large european firms over the crisis : evidence from France, Germany, Ireland and Portugal

Mariz, Maria Félix
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 ENG
Relevância na Pesquisa
36.47%
Mestrado em Finanças; O objectivo desta dissertação de mestrado é identificar os factores que têm impacto sobre a decisão de estrutura de capital das empresas francesas, alemãs, irlandesas e portuguesas cotadas em bolsa. Pretendemos também identificar diferenças nesta escolha empresarial causada pela recente crise financeira internacional. Para atingir o objectivo principal desta dissertação, este trabalho apresenta um resumo da pesquisa empírica realizada em torno do tema estrutura de capital, seguida por uma secção onde a metodologia utilizada no estudo é descrita, bem como as principais informações detalhadas sobre os dados recolhidos. Posteriormente, os resultados e as principais conclusões da dissertação serão apresentados nas últimas duas seções. Em geral, os resultados transmitem a ideia de que as empresas, ao decidir como financiar as suas necessidades de financiamento, levam em consideração um grupo de factores específicos de cada empresa e características dos respectivos países. Durante a análise das regressões estimadas, os factores macroeconómicos juntamente com o país de origem mostraram ser estatisticamente significativo. Quanto aos factores específicos das empresas, apenas alguns foram considerados significantes para a decisão relativa à estrutura de capital. De destacar que estas decisões de estrutura de capital são influenciados pelo período temporal que as empresas enfrentam...

Liderança autêntica e comprometimento organizacional : o papel mediador do capital psicológico positivo

Rego, Paulo Jorge Ribeiro do
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Dissertação de Mestrado em Políticas de Desenvolvimento dos Recursos Humanos; Este estudo tem como principa l objetivo, determinar o papel mediador do capital psicológico positivo na relação entre liderança autêntica e comprometimento organizacional. Este estudo analisa a relação entre Liderança Autêntica e Comprometimento Organizacional. Tem como objetivo principal, avaliar se o Capital Psicológico Positivo é mediador da relação entre esses dois constructos. Foram consideradas as quatro dimensões de L iderança Autê ntica (transparência relacional; autoconsciência ; perspetiva moral interna e processamento equilibrado de informação), as três componentes do Comprometimento Organizacional (comprometimento afetivo, comprometimento normativo e comprometimento calculativo) e as quatro dimensões do Capital Psicológico Positivo (autoeficácia, esperança, otimismo e resiliência). Foi utilizada uma amostra de conveniência, constituída por 309 colaboradores de vários sectores de atividade, que serão convidados a respo nder um questionário, sobre um conjunto de comportamentos e perceções sobre o trabalho. É um estudo de natureza É quantitativa, com recurso a análise fatorial exploratória e modelagem por equações estruturais. Um primeiro resultado justifica a unidimension alidade do comprometimento organizacional. Outro implicou a utilização de um comprometimento de natureza afetiva e normativa...

Capital de risco: análise da indústria em Portugal

Duarte, Pedro
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Mestrado em Finanças; O impacto do capital de risco no desenvolvimento económico, como catalisador do empreendedorismo e inovação, assumindo um papel muito importante nos mercados financeiros mais desenvolvidos, é ainda relativamente incipiente na economia Portuguesa. Contudo, existem sinais de mudança. Nesse âmbito, este estudo fornece uma visão actual da indústria de capital de risco em Portugal, recorrendo-se para o efeito das estatísticas disponíveis, bem como a um inquérito efectuado junto das sociedades de capital de risco nacionais. Este inquérito, para além de recolher dados estruturais do sector tenta compreender o processo de tomada de decisão de investimento, a forma de acompanhamento da gestão e a estratégia de saída. Complementarmente, procedeu-se ao estudo de um caso de IPO (Initial Public Offer) suportada por capital de risco, situação rara no mercado Português, e inédita se considerarmos que foi suportado por VC (Venture Capital) internacional. Conclui-se que a indústria de capital de risco portuguesa continua pouco desenvolvida, servindo principalmente como fonte alternativa de financiamento de expansão da actividade maduras ou saneamento de dívida. A não assunção de um papel activo no desenvolvimento do empreendedorismo...

Determinants of capital structure and financial crisis impact: evidence

Proença, Pedro Miguel Correia
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 ENG
Relevância na Pesquisa
36.47%
Mestrado em contabilidade; The objectives of this empirical work are to investigate the determinants of Portuguese SMEs capital structure, evaluate whether and how the impacts of those determinants affect the debt ratios and examine the effects of financial crisis and industry on Portuguese SMEs capital structure. The sample used considers the period 2007-2010, resulting in 12.857 Portugues e SMEs per year observations. Results suggest that liquidity, asset structure and profitability are the most important determinants explaining the capital structure of Portuguese SMEs. Short-term debt was found to be negatively related to liquidity, asset structure, size and profitability, while long-term debt was found to be related positively to asset structure, liquidity, size and growth and negatively to profitability. Furthermore, we noticed a downward tendency on companies’ debt ratios levels during the financial crisis, which is statistically insignificant. Finally, we observed that industry plays an important role on Portuguese SMEs capital structure and debt ratios vary across industries. Still...

Determinantes da estrutura de capital das PME portuguesas

Oliveira, Inês Gonçalves de
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Tese de Mestrado em Finanças / Classificação JEL: C23, G32, G33; Desde o clássico e pioneiro artigo de Modigliani e Miller (1958), a estrutura de capital tem sido um dos temas mais estudados em finanças empresariais. A heterogeneidade das conclusões e dos resultados encontrados não permitiu ainda chegar a uma posição concreta e universalmente aceite. A presente dissertação tem como objectivo investigar se as práticas empresariais seguidas pelas pequenas e médias empresas portuguesas (PME), no que se refere às decisões financeiras, permitem validar os argumentos propostos pelas teorias explicativas da estrutura de capital. Tendo como base uma amostra de dados em painel, com 3,748 observações relativas a 1,743 PME portuguesas referente ao período entre 2007 e 2010, os resultados empíricos não evidenciam uma tendência clara de que estas empresas sigam uma abordagem concreta na definição da sua estrutura de capital. Ao invés, as decisões sobre a estrutura de capital parecem obedecer à observação de um conjunto de atributos resultantes da sobreposição de várias abordagens teóricas referidas pela literatura. Os atributos cujos coeficientes estimados reúnem maior significância estatística ao nível dos sectores de actividade analisados...

Políticas do desenvolvimento do capital humano em Angola (2002-2012): estudo de caso da província do Cunene

Jonas, Ezequiel Israel
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Mestrado em Desenvolvimento, Diversidades Locais e Desafios Mundiais; A cessação de uma guerra civil é um momento oportuno para uma sociedade pós-conflito enveredar por um processo de (re)construção do próprio tecido socioeconómico com vista ao desenvolvimento nacional. O capital humano é um dos factores essenciais para a concretização de tal objectivo. As políticas de reconstrução do tecido económico e social requerem, por conseguinte, a inclusão da componente «produção de capital humano». A partir de uma análise da educação formal, pretende-se na presente dissertação discutir a adequabilidade da implementação de políticas nacionais de capital humano a uma área geográfica específica em Angola, no período Pós-Guerra Civil, a saber: a província do Cunene. Os resultados sugerem a necessidade das autoridades responsáveis pela produção de capital humano atenderem às necessidades específicas provinciais de modo a prevenir-se desperdícios no investimento e promover-se retornos quer para os indivíduos, quer para a sociedade.; The end of a civil war is always an opportunity for a post-conflict society to embark in a process of (re)construction of its own social-economic fabric, aiming at national development. Human capital is one of the key factors to achieve such a goal. The policies to (re)construct the economic and social fabric require...

A influência do suporte social, autoestima e capital psicológico positivo no bem-estar subjectivo de adolescentes brasileiros

Oliveira, Cintia Dias
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Dissertação submetida como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Psicologia Social e das Organizações; A presente investigação tem como temática central o estudo do Bem-Estar Subjectivo (BES) em adolescentes brasileiros. O BES tem despertado interesse cada vez maior da comunidade científica, no entanto só recentemente foram iniciados os estudos entre os adolescentes, se fazendo necessária a produção de mais conhecimento dentro desta faixa etária. Desta forma, o objectivo deste estudo visa compreender a influência do Suporte Social, da Autoestima, do Capital Psicológico Positivo no Bem-Estar Subjectivo de adolescentes brasileiros. Para explorar esta relação, participaram da investigação 310 adolescentes, com idades compreendidas entre os 10 e 19 anos, dos quais 55,5% são do sexo feminino. Os dados foram coletados através de um questionário de auto-relato. Os resultados encontrados permitiram-nos concluir que os participantes do sexo masculino apresentaram maiores índices de BES. Também se foi constatado que a idade apresentou uma correlação positiva com o BES, porém sem existir diferenças de BES entre os grupos de adolescentes mais jovens e os mais velhos. Além disso, a investigação permitiu-nos concluir que o Suporte Social...

Capital Bancário e Crédito no Brasil

Yoshida Junior,Valter Takuo; Schiozer,Rafael Felipe
Fonte: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração Publicador: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.47%
Este estudo investiga a associação entre capital bancário e concessão de crédito livre no mercado brasileiro de 2003 a 2012, adaptando a metodologia de Berrospide e Edge (2010). Inicialmente, estimamos um capital alvo de longo prazo, ativamente gerenciado pelos bancos, e então calculamos seu capital excedente. Em uma segunda etapa, investigamos se este capital excedente está associado à variação do crédito livre concedido pelos bancos, utilizando regressão de dados em painel. Os resultados indicam relação positiva entre o crescimento do crédito livre e o capital excedente, mais forte na segunda parte do período de análise (após setembro de 2008), mas ainda assim economicamente modesta, contrariando a premissa da alavancagem constante. Os resultados são robustos à utilização de indicadores contábeis diretamente observáveis para o capital bancário. Não se encontrou relação significante entre o capital e o crescimento do crédito nos bancos públicos.

Trade and Capital Flows: A Financial Frictions Perspective

Caballero, Ricardo J.; Antras, Pol
Fonte: National Bureau of Economic Research Publicador: National Bureau of Economic Research
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN_US
Relevância na Pesquisa
36.47%
The classical Heckscher-Ohlin-Mundell paradigm states that trade and capital mobility are substitutes, in the sense that trade integration reduces the incentives for capital to flow to capital-scarce countries. In this paper we show that in a world with heterogeneous financial development, the classic conclusion does not hold. In particular, in less financially developed economies (South), trade and capital mobility are complements. Within a dynamic framework, the complementarity carries over to (financial) capital flows. This interaction implies that deepening trade integration in South raises net capital inflows (or reduces net capital outflows). It also implies that, at the global level, protectionism may backfire if the goal is to rebalance capital flows, when these are already heading from South to North. Our perspective also has implications for the effects of trade integration on factor prices. In contrast to the Heckscher-Ohlin model, trade liberalization always decreases the wage-rental in South: an anti-Stolper-Samuelson result.; Economics

The Bright Side and Dark Side of Workplace Social Capital: Opposing Effects of Gender on Overweight among Japanese Employees

Kobayashi, Tomoko; Suzuki, Etsuji; Oksanen, Tuula; Kawachi, Ichiro; Takao, Soshi
Fonte: Public Library of Science Publicador: Public Library of Science
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN_US
Relevância na Pesquisa
36.47%
Background: A growing number of studies have sought to examine the health associations of workplace social capital; however, evidence of associations with overweight is sparse. We examined the association between individual perceptions of workplace social capital and overweight among Japanese male and female employees. Methodology/Principal Findings We conducted a cross-sectional survey among full-time employees at a company in Osaka prefecture in February 2012. We used an 8-item measure to assess overall and sub-dimensions of workplace social capital, divided into tertiles. Of 1050 employees, 849 responded, and 750 (624 men and 126 women) could be linked to annual health check-up data in the analysis. Binomial logistic regression models were used to calculate odds ratios and 95% confidence intervals for overweight (body mass index: ≥25 kg/m2, calculated from measured weight and height) separately for men and women. The prevalence of overweight was 24.5% among men and 14.3% among women. Among men, low levels of bonding and linking social capital in the workplace were associated with a nearly 2-fold risk of overweight compared to high corresponding dimensions of social capital when adjusted for age, sleep hours, physiological distress...

A estrutura de capital de empresas do sul brasileiro como um condicionante à rentabilidade – um estudo empírico à luz de teorias financeiras.

Cruz, Ana Paula Capuano da; Mendes, Roselaine da Cruz; Cruz, Rafael Capuano da; Dameda, André das Neves; Espejo, Márcia Maria dos Santos Bortolocci
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
O presente estudo foi desenvolvido com o objetivo de verificar se a estrutura de capital das empresas que integram o ranking das maiores do sul do Brasil condiciona a sua rentabilidade. A pesquisa caracteriza-se por um estudo de natureza formal, causal, ex post facto, desenvolvido em ambiente de campo, rotulada como uma investigação transversal estatística. A amostragem demandou a exclusão de 52 companhias, tendo restado 448 empresas. A operacionalização dos constructos da pesquisa à solução da problematização desenvolveu-se por meio de estatísticas descritivas, testes de hipóteses não paramétricos (Kolmogorov-Smirnov, Mann-Whitney e Kruskal-Wallis) e regressão linear simples, calculados com o software SPSS. Os resultados sugerem a existência de relação negativa entre endividamento e rentabilidade, conduzindo à aceitação da Teoria de Pecking Order, rejeitando-se a existência de uma estrutura de capital ótima (Trade-Off) ou ainda a Teoria da Irrelevância da Estrutura de Capitais. Analogamente, os resultados da análise isolada para as empresas rentáveis estão apoiados pela Teoria de Pecking Order. Todavia, para o grupo de empresas não rentáveis, verifica-se a sobreposição das Teorias de Trade-Off e da Irrelevância da Estrutura de Capitais à Teoria de Pecking Order. Os resultados provenientes da análise dos quatro setores mais representativos mostram-se semelhantes àqueles verificados na análise conjunta das 448 empresas estudadas...

A subvaloriza????o acion??ria em crises financeiras sob a ??tica das teorias de estrutura de capital: um estudo de evento junto ??s maiores empresas brasileiras

Cruz, Ana Paula Capuano da; Cherobim, Ana Paula Mussi Szabo; Espejo, Marcia Maria dos Santos Bortolocci
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Este estudo pretende verificar se, em momentos de crise financeira, h?? rela????o entre varia????es da precifica????o acion??ria, estrutura de capital e rentabilidade das empresas estudadas. Trata-se de um estudo de evento, desenvolvido por meio de estat??stica descritiva, testes de hip??teses n??o-param??tricos e modelagem de equa????es estruturais. A estrutura de capital n??o influenciou a vari??vel latente rentabilidade, tendo influenciado apenas a rentabilidade ajustada das empresas estudadas. A varia????o da precifica????o acion??ria foi influenciada pela estrutura de capital e n??o sofreu influ??ncia da rentabilidade das companhias pesquisadas. A hip??tese de que as empresas mais rent??veis apresentam menor varia????o no valor de mercado n??o foi confirmada. Em s??ntese ?? poss??vel afirmar que as caracter??sticas internas ?? firma podem explicar parte das varia????es do valor de mercado, mas apenas parte. Por fim, reconhece-se que a aus??ncia de considera????o das varia????es nos indicadores que comp??em os constructos estrutura de capital e rentabilidade representa uma limita????o da presente pesquisa. No que diz respeito ?? agenda de pesquisas futuras, sugere-se a incorpora????o de fatores externos ?? empresa e inerentes a crise...

Financeirização e acumulação de capital no Brasil: 1995-2007

Castelo Branco, Iracema Keila
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.47%
Esta dissertação apresenta um estudo da relação entre financeirização e acumulação de capital fixo para o Brasil entre 1995 e 2007. As políticas neoliberais de desregulamentação dos mercados e a liberalização dos capitais possibilitaram o crescimento da valorização do capital na esfera financeira. Com o surgimento dos investidores institucionais e da governança corporativa, as empresas passaram a ter uma gestão voltada à maximização do “valor do acionista” com implicações nas decisões de investimento em acumulação de capital fixo. Os resultados do modelo econométrico estimado pelo método GMM proposto por Arellano e Bond revelaram uma relação negativa entre a financeirização e o investimento real para uma amostra de 209 empresas não-financeiras. Essa relação pode ser explicada por duas razões. Primeiro, as oportunidades de elevado lucro financeiro levariam a um crescimento dos investimentos financeiros, resultando em redução dos investimentos produtivos. Segundo, os aumentos nos pagamentos financeiros sob a forma de juros e dividendos diminuem os fundos disponíveis para investimento em acumulação de capital fixo.; This thesis presents a study of the relationship between finance and accumulation of fixed capital for Brazil between 1995 and 2007. The neoliberal policies of deregulation and liberalization of capital markets enabled the growth of capital appreciation in the financial sphere. With the emergence of institutional investors and corporate governance...

A corretagem de imóveis no Rio Grande do Norte: das práticas históricas à emergência como segmento integrante da fração imobiliária do capital

Silva, Rainolenes de Melo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
This research proposed to question the development of what was defined as historical practices (commercial, social and political institutions), of the economic activity of the real estate brokerage in the Rio Grande do Norte from the progressive institutionalization of economic agents - individuals (realtors) and legal (real estate) - based on two main approaches: a) the development of economic activity as an integral segment of a fraction of capital (POULANTZAs, 1985; LESSA, 1981). This work set out from a socio-historical approach of the historical practices development the of real estate brokerage in Brazil started in the Southeast, especially in the cities of Rio de Janeiro and São Paulo as a result of the "expansion of capitalist relations by the housing sector" (RIBEIRO , 1996). especially the real estate capital ; b) the historical development of relations between labor and capital within the activity, in other words, the development of the relationship between realtors and Real Estate in relation to "group of interests" and their "collective actions" (OFFE, 1984). These historical practices are defined in this research as: 1) mercantile practices, times when there was no distinction between the activity of real estate brokerage and other forms of mercantile capital; 2) social practices...

Análise da estrutura ótima de capital na avaliação de empresas no Brasil

Nascimento, Letícia Maria Faleiro
Fonte: Universidade Federal de Goiás Publicador: Universidade Federal de Goiás
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Considerando a importância da estrutura de capital para as finanças empresariais, apesar ainda de não existir consenso sobre a existência de uma estrutura ótima de capital, busca-se neste trabalho investigar, à luz dos quocientes de estrutura de capital, se as empresas analisadas mantêm estrutura de capital alvo utilizada na projeção de Fluxos de Caixa em laudos de avaliação. Desta forma, este trabalho não visa discutir a problemática da existência ou não de uma estrutura ótima de capitais, mas sim analisar empiricamente a estrutura de capital dos períodos posteriores a avaliação no âmbito das estimativas consideradas e compará-las com a que foi projetada. Foram analisados os dados de sete empresas brasileiras no período compreendido entre janeiro de 2004 e dezembro de 2009. Trata-se de uma pesquisa quantitativa, na qual as médias de três variáveis foram comparadas, estatisticamente, nos anos posteriores a avaliação com a média da estrutura de capital alvo da projeção. Os resultados encontrados denotam que, dentre os índices considerados para estimar a estrutura de capital a razão Dívida sobre Investimento obteve as médias mais próximas das projetadas, seguido a razão Dívida sobre Ativo e por último a estimativa Capital de Terceiros sobre Ativo. Adicionalmente foi utilizada análise longitudinal e temporal para corroborar com os resultados.

À sombra do capital: as dimensões da reprodução metabólica da economia solidária

Nemirovsky, Gabriel Gualhanone
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
A presente pesquisa teve a intenção de levantar reflexões sobre o universo de experiências alternativas de trabalho e renda inscritas naquilo que se denomina Economia Solidária. Essas reflexões foram fundamentadas em uma perspectiva marxiana da qual emerge a dialética da estrutura e da história, balizada por categorias como totalidade e centralidade do trabalho. Para o desenvolvimento da pesquisa tornou-se necessário, portanto, a discussão sobre o modo de produção dominante, o capitalismo, sendo ele a representação do ordenamento global das determinações históricas e estruturais do metabolismo do capital. A partir dessa discussão inicial foi possível identificar os distintos processos interdependentes que caracterizam o estágio atual desse sistema, sendo o pilar fundamental de todos eles a crise estrutural que tem assolado a relação Capital-Trabalho-Estado. Em sequência, articulou-se uma descrição das formas de crítica a essa ordem dominante do capital e como essas se desenvolveram a fim de que se entendesse o estágio atual das alternativas sociais. Com base, nesse contexto procurou-se levantar dados qualitativos e quantitativos sobre a Ecosol, de modo que fosse possível estabelecer as correlações necessárias para se compreender a realidade concreta dessa alternativa social que emerge das contradições da totalidade de relações de produção capitalistas. Com efeito...

Estimating the impact of innovative human capital on firm-level innovation

McGuirk, Helen
Fonte: University of Limerick Publicador: University of Limerick
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; all_ul_research; ul_published_reviewed; ul_theses_dissertations
ENG
Relevância na Pesquisa
36.47%
peer-reviewed; Innovation is a well-recognised determinant of growth in firms, regions and the economy as a whole. Many studies focus on tangible conditions and factors related to innovation, including human capital. Human capital is an essential part of innovation and is traditionally measured by a uni-dimensional approach: the tangible elements of education and training. Increases in levels of education, especially in developed countries, are causing uncertainty about the competitive advantage afforded by the traditional measure of human capital. From the literature presented in this thesis, it is also evident that such measures of human capital are limited, and a more encompassing measure and concept of human capital is called for. To overcome these limitations and address the lack of a holistic measure of human capital in the literature, this research extends the traditional measure by developing a unique and far-reaching concept of Innovative Human Capital (IHC). The novel and multi-dimensional IHC concept encapsulates four elements of the individual employee-manager: the tangible and standard measures of educational attainment and training, as well as the intangible and more innovative elements of willingness to change in the workplace and job satisfaction. Using Ireland as a laboratory...

The Relative Richness of the Poor? Natural Resources, Human Capital and Economic Growth

Bravo-Ortega, Claudio; de Gregorio, José
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
EN_US
Relevância na Pesquisa
36.47%
Are natural resources a blessing or a curse? The authors present a model in which natural resources have a positive effect on the level of income and a negative effect on its growth rate. The positive and permanent effect on income implies a welfare gain. There is a growth effect stemming from a composition effect. However, the authors show that this effect can be offset by having a large level of human capital. They test their model using panel data for the period 1970-90. They extend the usual specifications for economic growth regressions by incorporating an interaction term between human capital and natural resources, showing that high levels of human capital may outweigh the negative effects of the natural resource abundance on growth. The authors also review the historical experience of Scandinavian countries, which in contrast to Latin America, another region well-endowed with natural resources, shows how it is possible to grow fast based on natural resources.

Capital Flows, Country Risk, and Contagion

Fiess, Norbert
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
EN_US
Relevância na Pesquisa
36.47%
It has been widely recognized that both country-specific and global factors matter in explaining capital flows. The author presents an empirical framework that disentangles the relative weight of country-specific and global factors in determining capital flows. In essence, his approach first separates the common component of emerging country spreads from their country-specific component. The pure country risk and global risk components are then used as explanatory variables to account for the observed pattern of capital flows using multivariate cointegration analyses. The author is able to identify the relative weight of global and country-specific factors in explaining capital flows to Argentina, Brazil, Mexico, and Venezuela in the 1990s. When further decomposing country risk into its determinants, the author finds that within a small system it is possible to jointly identify the determinants of capital flows and sovereign bond spreads. We find that capital flows are driven by country risk and global factors ("contagion" and U.S. long-term interest rates)...

Social capital within ethnic communities

Giorgas, Dimitria
Fonte: Universidade Nacional da Austrália Publicador: Universidade Nacional da Austrália
Tipo: Conference paper Formato: 103219 bytes; 357 bytes; application/pdf; application/octet-stream
EN_AU
Relevância na Pesquisa
36.47%
An ethnic community’s social capital encompasses resources available to an individual through their membership in that community or group. It involves the shared feelings of social belonging that enable groups to set up institutions and other networks that members can access. Social capital in these communities exists in the social relations among parents, between parents and their children and their relationship with the institutions of the community. This paper reviews some of the literature on ethnic community formation and social capital with special reference to six groups: Germans, Dutch, Hungarians, Poles, Italians and Greeks. It argues that social capital within the family is particularly important in overcoming deficiencies in other forms of capital; although it can only be successfully utilised when close relations exist between parents and children. Thus cultures that place greater emphasis on the family and are collectivist in nature, such as Greeks and Italians, are more likely to utilise social capital. In contrast cultures that have an individualistic focus, for example, Germans and Hungarians, are more likely to under-invest in social capital. Moreover, social closure is important for social capital to be effectively facilitated. Closure helps facilitate norms and creates trustworthiness...