Página 18 dos resultados de 487 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Parasitóides entomófagos da ilha da Madeira : distribuição e hospedeiros

Garcia, Patrícia; Oliveira, Luísa; Vieira, Virgílio; Tavares, João
Fonte: Sociedade Portuguesa de Entomologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Entomologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1999 POR
Relevância na Pesquisa
16.38%
X Expedição Científica do Departamento de Biologia - Madeira 1997.; Durante a "Expedição Científica Madeira/97" foram prospectados parasitóides entomófagos em diversos biótopos da ilha da Madeira. Identificaram-se duas espécies de parasitóides oófagos: Trichogramma cordubensis e T. evanescens. O primeiro parasitou ovos de Autographa gamma e Chrysodeixes chalcites, enquanto o segundo parasitou ovos de A. gamma, Agrotís spp., Pieris rapae e P. brassicae. Nas culturas de milho e outras gramíneas para o gado foram recolhidas larvas de Mythimna unipuncta parasitadas por Meteorus communis e por Glyptapanteles militaris e, por vezes, hiperparasitadas por Lysibia nana. Na cultura de couve foram recolhidas larvas de P. rapae parasitadas por Cotesia glomeratus, algumas das quais estavam hiperparasitadas por L. nana ou por Trichomalopsis sp.

Estenfiliose na couve coração-de-boi

Bizarro, Piedade Maria Dinis Bernardes
Fonte: ISA/UTL Publicador: ISA/UTL
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
16.38%
Mestrado em Engenharia Agronómica - Hortofruticultura e Viticultura - Instituto Superior de Agronomia; This study aims to contribute to the diagnosis of brown spot of spitzkool cabbages, clarifying symptoms associated with the disease and its evolution in the final stage of field. We identified the causative agent of the disease as Stemphylium sp. by classical methods of mycology and sequencing fragments amplified by PCR of DNA purified from cabbage leaves with injuries, which has shown very significant homologies with the fungal genus Stemphylium. We tested the biological efficacy of six fungicides for Stemphylium sp. in in vitro studies. The mycelial growth was inhibited by more evidence fungicide pyraclostrobin + boscalid, pyraclostrobin and difenoconazole + dimethomorph. Based on these results, were selected pyraclostrobin and boscalid + difenoconazole to assess inhibition of spore germination. The fungicide used the first showed efficacy. We evaluated the disease from its onset in a field production, in field subjected to conventional treatments scheme and control field treated with water and refrigerated conditions. The disease was detectable one week before the harvest in the field treated with water, but over time disease developed in a stronger manner in the field treated with fungicides. During storage...

HPV no homem

Tarrulas, A
Fonte: Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E. Publicador: Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E.
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
16.38%
O Virus do Papiloma Humano (HPV), é um vírus que se localiza na pele e nas mucosas genitais tais como vulva, vagina, colo de útero e pénis. No homem, as verrugas genitais surgem frequentemente como tumores fixos e moles, podendo ser lisos ou rugosos. As verrugas perianais normalmente têm aspecto de “couve-flor”. As lesões têm frequentemente entre 3 a 5 mm de diâmetro e normalmente ocorrem em grupos de três ou quatro. A maioria das lesões associadas ao HPV encontram-se no prepúcio, na glande e sulco balano-prepucial, podendo também surgir na uretra, na rafe peniana, escroto e área perianal. Segundo as guidelines da EAU, o DNA do HPV tem sido identificado em 70% a 100% dos casos de neoplasia intra-epitelial e em 40 % a 50% dos casos de cancro peniano invasivo, sendo que destes, 69% são positivos para HPV 16. O HPV é altamente transmissivel, sendo o seu pico de incidência após o inicio da vida sexual. Também o número de parceiros sexuais tem importância. Estudo revelou que a infecção por HPV tem maior prevalência nos homens não circuncisados. A transmissão ocorre durante o contato direto de pele entre os parceiros sexuais pelo que não é estritamente necessária a penetração vaginal ou anal. A maioria das infecções por HPV no homem são assintomáticas e dificeis de detectar à simples observação dos genitais...

Estudo de acidificação de um composto de resíduos verdes alcalino

Pinto, Ivo Costa dos Santos
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
16.38%
Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia do Ambiente – Perfil de Engenharia Sanitária; O objectivo principal da presente dissertação consiste em acidificar a pH 6 um composto de resíduos verdes (CRV) fortemente alcalino. O CRV foi acidificado produzindo novos compostos, por mistura dos substratos orgânicos, caruma e casca de pinheiro (compostos Cr1, Cr2 e Csc), e de enxofre ele-mentar (Sº) (os compostos de 0.5D a 1.5D). A acidificação de compostos alcalinos pode criar um produto atractivo visto que o pH é importante para a fertilidade agrícola, dado que em função da quantidade aplicada de composto, modifica o pH dos substratos de crescimento no qual a maioria das espécies vegetais desenvolve-se preferencialmente em meios ligeiramente ácidos, ou quase neutros. Durante o ensaio de estabilização da matéria orgânica (MO) fresca de Cr1, de classe II de estabilidade, verifica-se que este composto perde gradualmente a acidez, produzindo um novo composto Cr2 de pH 7,8. O composto Csc é um composto estável (classe V), motivo pelo qual não se procedeu à estabiliza-ção da matéria orgânica fresca. A aplicação de Sº no CRV, durante o ensaio de incubação em condições ambientais controladas...

Constituição couve ou carvalho?

Fortes, Heráclito
Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.38%

Comportamento de variedades e progênies de fumo na resistência ao "vira-cabeça"

Brieger,F. G.; Lima,A. Rodrigues; Forster,R.
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1942 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%
1) The object of the experiment presented in this publication was a detailed comparison between progenies of the varieties Virginia and Sumatra of the collection of the Instituto Agronômico de Campinas. We intended to decide whether these strains were sufficiently heterogeneous to permit further selections or whether they were already so uniform as to allow a reduction in their number within our collection. 2) A preliminary experiment in 1939/40 showed clearly that some of the 7 types introduced as Sumatra were less resistant than others, and the experiment was thus continued "with only four of them. 3) The lay-out of the final experiment was such as to permit both a complete analysis of soil heterogeneity and of differences between the genetically different lines. Without confounding there were only 3 complete replications, but after confounding we may dispose of 8 degrees of freedom for replications. This method of decomposing the total variation was used in the analysis of the vegetative characters. 4) The analysis of disease resistance could follow the same lines only the case of the infection of Sumatra by "spotted wilt" (2). There the main percentage of infected plants per plot was 60%, and the individual percentagens, without any further angular or other transformation...

Composição mineral de diversas hortaliças

Furlani,A. M. C.; Furlani,P. R.; Bataglia,O. C.; Hiroce,R.; Gallo,J. R.; Bernardi,J. B.; Fornasier,J. B.; Campos,H. R. de
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1978 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%
Objetivou-se conhecer, na época normal de colheita, as quantidades de matéria seca acumuladas, as concentrações dos elementos essenciais às plantas, mais as de cobalto, alumínio e sódio na matéria fresca e seca de 50 cultivares de hortaliças num total de 35 espécies. As amostras, normalmente constituídas de produtos da colheita, foram na sua maioria procedentes da região de Campinas, Estado de São Paulo e separadas em: melancia - em casca + polpa branca, polpa vermelha e semente; melão - em casca + polpa e semente; ervilha - em vagem e grão; berinjela - em fruto e pedúnculo; couve-flor - em folha e inflorescência; beterraba, cenoura, nabo e rabanete - em folha e raiz; alcachofra - em folha + caule e inflorescência. Das demais hortaliças foram utilizados o fruto todo, as folhas ou os bulbos sem separação. Verificou-se que as leguminosas extraíram maiores quantidades de N, P, K, Mg, Cu, Mo, Zn e Co; as tuberosas, de Cl, Fe e Mn; as amarilidáceas, de S, B e Al; as folhosas, de Ca e Na. As cucurbitáceas extraíram menores quantidades da maioria dos nutrientes.

Flutuação populacional de formas aladas de Brevicoryne brassicae (L.) (Hemiptera: Aphididae)

Cividanes,Francisco Jorge
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%
Estudos relacionados com a atividade de vôo de pulgões, capturados com armadilhas, podem ser úteis para prever o aparecimento de formas aladas no campo e melhorar o entendimento da dinâmica populacional desses insetos. O presente trabalho foi realizado na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, no período de julho de 1997 a dezembro de 1999, a fim de determinar a flutuação populacional de formas aladas de Brevicoryne brassicae (L.) na região de Jaboticabal (SP), bem como a influência de fatores meteorológicos sobre suas populações. O levantamento populacional foi realizado em quatro locais, sendo a amostragem efetuada com armadilhas amarelas de água. A análise de regressão múltipla, com seleção de variáveis pelo método "stepwise", foi utilizada para verificar a influência da temperatura do ar, umidade relativa, precipitação pluvial e insolação. As primeiras capturas de formas aladas de B. brassicae nas armadilhas instaladas iniciaram-se no final de junho. A flutuação populacional de formas aladas de B. brassicae, em Jaboticabal, caracterizou-se por apresentar maior revoada em setembro. Temperatura máxima de 26,4 ºC, mínima de 13,5 ºC, umidade relativa de 75,1% e baixa precipitação pluvial favoreceram o aparecimento de formas aladas de B. brassicae em campos de couve em fase inicial de desenvolvimento.

Pericondrite pós-piercing

Fernandez,André de Paula; Castro Neto,Ivan de; Anias,Christiane Ribeiro; Pinto,Patrícia Ciminelli Linhares; Castro,Jair de Carvalho e; Carpes,Arturo Frick
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%
O uso de piercing tem se tornado uma prática muito freqüente entre os jovens. O procedimento na maioria vezes realizado por profissionais não-qualificados não é isento de riscos. O manuseio de material contaminado ou a higiene imprópria predispõem à pericondrite e à celulite. A pericondrite caracteriza-se pelo eritema do pavilhão auricular, dor intensa e febre. Sem tratamento, desenvolve-se um edema generalizado do pavilhão com formação de abscesso subpericondrial, podendo evoluir para necrose isquêmica da cartilagem e a temível deformidade estética conhecida como "orelha em couve flor". O agente responsável mais encontrado é o Pseudomonas aeruginosa. No estágio inicial da doença o tratamento pode ser feito com antibióticos de amplo espectro. Nos casos em que o abscesso está presente, a incisão e drenagem cirúrgica são obrigatórios acompanhado de antibioticoterapia guiado pela cultura e antibiograma. OBJETIVO: O objetivo deste relato de caso é realizar uma revisão bibliográfica dos últimos 10 anos abordando os aspectos anatômicos do pavilhão auricular, a história do uso de piercing e suas mais conhecidas complicações. MÉTODO: Relato de um caso de pericondrite pós-piercing transcartilaginoso onde houve a necessidade de tratamento cirúrgico com praticamente nenhuma deformidade estética. RESULTADO: Aquisição de experiência teórico-prática através de revisão bibliográfica e relato de um caso de evolução favorável para a paciente. CONCLUSÃO: Incidência crescente das complicações de pericondrites na população jovem deve levar à prevenção primária mais elaborada.

Efeito comparativo do calor, S0(2) e ácido ascórbico na atividade da polifenol oxidase e peroxidase de algumas frutas e hortaliças

Nogueira,J.N.; Silva,E.
Fonte: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura Publicador: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1989 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%
O objetivo deste trabalho foi o de comparar o efeito do calor, do SO2 e do ácido ascorbico, visando determinar qual o método mais eficiente para controlar o escurecimento enzímico de cada uma das frutas e hortaliças estudadas. Os resultados mostraram que para a banana, pêssego, maça, cenoura, couve-flor e palmito, o calor foi o melhor agente inativador do sistema enzímico responsável pelo escurecimento. O SO2 foi mais eficiente para a pera, e para o figo e batata, o melhor agente inibidor foi o ácido ascórbico.

Biologia comparada de Nusalala uruguaya (Navás, 1923) (Neuroptera; Hemerobiidae) alimentada com diferentes espécies de afídeos: I. Fase de larva

Souza,B.; Matioli,J.C.; Ciociola,A.I.
Fonte: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura Publicador: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1990 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%
A fase larval do predador Nusalala uruguaya (Navás, 1923) alimentada com pulgão-preto-dos-citros Toxoptera citricidus (Kirk), pulgão-da-couve Brevicoryne brassicae (L.) e pulgão-do-picao Dactynotus sp. foi estudada, em condições de laboratório à 25 ± 2°C, UR de 70±10% e fotofase de 14 horas. A espécie de presa consumida afetou a fase larval do predador, influenciando a duração e a viabilidade de cada instar, a largura da cápsula cefálica, o peso e o tamanho de suas larvas. Dactynotus sp. foi a espécie mais consumida e que propiciou o melhor desenvolvimento larval, sendo que T. citricidus acarretou 100% de mortalidade no primeiro instar. As larvas de N. uruguaya somente se alimentaram de pre-ovos e larvas da sua própria espécie.

Um novo gorgulho, broca da couve (Coleoptera: Curculionoidea)

Lima,A. da Costa
Fonte: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde Publicador: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1938 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%

Ocorrência de sirfídeos afidófagos (Diptera, Syrphidae) em Lavras, MG

Auad,Alexander Machado; Trevizani,Raphael
Fonte: Sociedade Brasileira De Entomologia Publicador: Sociedade Brasileira De Entomologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2005 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%
A ocorrência de sirfídeos afidófagos nas culturas de citros, couve, pepino, trigo e batata foi registrada. As amostragens foram realizadas, quinzenalmente, de agosto a dezembro de 2002. Constatou-se as espécies:Ocyptamus gastrostactus (Wiedemann, 1830), Allograpta exotica (Wiedemann, 1830), Pseudodorus clavatus (Fabricius, 1794) e Ocyptamus anthiphates (Walker, 1849). P. clavatus ocorreu em todas as culturas amostradas, com a maior densidade populacional (72%), seguido de O. gastrostactus (16%), A. exotica (11%) e O. anthiphates (1%). A ocorrência dos sirfídeos esteve correlacionada com os fatores climáticos e a presença dos afídeos.

Germinação de sementes e crescimento de plântulas de brassica chinensis L. var. parachinensis (bailey) sinskaja (couve-da-malásia)

Ferreira,Wanessa Resende; Ranal,Marli A.
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/1999 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%
Brassica chinensis var. parachinensis, introduzida no Brasil em 1992, apresenta alto teor de vitamina A e ciclo curto. As sementes foram submetidas a 24 tratamentos em laboratório e 12 em campo, com o objetivo de avaliar o padrão de germinação e o crescimento das plântulas. Em laboratório, as sementes foram indiferentes à luz e mostraram baixa sensibilidade à ação escarificante do hipoclorito de sódio. Ácido giberélico, KNO3, escarificação e estratificação não modificaram sua germinabilidade (96-100%) nem o tempo médio de germinação (1-1,28 dias) em relação ao controle. Em condições de campo os maiores valores de emergência (89,2-96,4%) e os maiores índices de velocidade de emergência (14,2-17,4) ocorreram em solo com adubação mineral, entre 0,5 e 1,5 cm de profundidade. Os menores tempos médios de emergência foram registrados entre 0,5 e 1,5 cm de profundidade (2,90-3,97 dias), com os três adubos testados (mineral, esterco de gado e de galinha). As plântulas se mostraram sensíveis ao hipoclorito de sódio, com redução significativa do hipocótilo e da raiz primária. A estratificação das sementes por 24 horas estimulou o crescimento da raiz primária, o que beneficia o estabelecimento da plântula no solo.

Desenvolvimento das fases imaturas de Chrysoperla externa alimentadas com ninfas de Bemisia tabaci criadas em três hospedeiros

Silva,Cláudio Gonçalves; Souza,Brígida; Auad,Alexander Machado; Bonani,Jean Patrick; Torres,Lucas Castro; Carvalho,César Freire; Ecole,Carvalho Carlos
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2004 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%
Insetos da família Chrysopidae têm sido encontrados em ovos e ninfas de moscas-brancas em diferentes agroecossistemas. O objetivo deste estudo foi avaliar a duração e a viabilidade das fases imaturas de Chrysoperla externa alimentada com ninfas de Bemisia tabaci, biótipo B, criadas em folhas de pepino (Cucumis sativus), couve (Brassica oleracea) e na erva adventícia leiteiro (Euphorbia heterophylla). Discos foliares dos hospedeiros contendo ninfas da mosca-branca foram acondicionados em placas de Petri contendo ágar-água a 1% e mantidos a 25±1ºC, 70±10% UR e fotófase de 12 horas. Em cada placa foi colocada uma larva de C. externa recém-eclodida, num total de dez repetições. Avaliaram-se a duração e a viabilidade de cada ínstar, de toda fase de larva, das fases de pré-pupa e pupa e peso após 24 horas de idade em cada estádio e fase do desenvolvimento. A espécie de planta hospedeira da mosca-branca afetou a duração do primeiro e terceiro ínstares de C. externa, registrando-se redução no período larval, quando alimentadas com presas oriundas de folhas de pepino. A fase de pré-pupa foi prolongada quando utilizadas folhas de leiteiro. Os pesos foram afetados pelo tipo de hospedeiro do aleirodídeo...

Parasitismo de traça-das-crucíferas por Oomyzus sokolowskii

Silva-Torres,Christian Sherley Araújo da; Torres,Jorge Braz; Barros,Reginaldo; Pallini,Ângelo
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2010 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade de parasitismo do parasitoide larval-pupal Oomyzus sokolowskii, submetido a diferentes densidades do hospedeiro traça-das-crucíferas (Plutella xylostella), em laboratório, casa telada e campo. Em laboratório e campo, O. sokolowskii foi exposto às densidades de 2, 4, 8 e 16 lagartas. Em laboratório, empregaram-se recipientes de 300 mL e, em campo, plantas de couve foram confinadas em gaiolas de organza (30x50 cm). Em casa telada, foram utilizadas microparcelas compostas por seis plantas de repolho infestadas com 25, 50, 85 ou 100 lagartas. O número de lagartas parasitadas aumentou de acordo com a densidade do hospedeiro e variou de 1,7 a 10,4, em laboratório, e de 0,61 a 7,0, em campo. Em casa telada, a maior taxa de parasitismo foi observada nas microparcelas com densidades mais elevadas do hospedeiro. O tempo de exposição aos parasitoides proporcionou maior taxa de parasitismo após 72 horas (24 horas, 52,4% e 72 horas, 80,7%) independentemente da densidade. Oomyzus sokolowskii responde positivamente ao incremento na densidade de P. xylostella, embora a taxa de parasitismo permaneça constante independentemente da disponibilidade do hospedeiro.

Efeito da temperatura sobre a severidade de Plasmodiophora brassicae

Rosa,Daniel Dias; Basseto,Marco Antonio; Furtado,Edson Luiz
Fonte: Grupo Paulista de Fitopatologia Publicador: Grupo Paulista de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%
A temperatura é um dos parâmetros importantes para que ocorra a infecção, processo primordial para que haja doença, visando-se verificar a influência deste parâmetro sobre a severidade de Plasmodiophora brassicae em plantas de couve chinesa Pak choi, montou-se testes de infecção em temperaturas variando de 5 em 5ºC, indo de 10 a 40ºC, e observou-se uma redução da severidade da doença nas mudas de 28 dias de idade, nas temperaturas acima de 30ºC, verificando-se que nas temperaturas de 20 a 25ºC a ocorrência da condição ótima para o desenvolvimento da doença.

Disponibilidade de ferro, digestibilidade de proteína e teor de β-caroteno em formulados alternativos de baixo custo para alimentação enteral de idosos

Calheiros,Karina de Oliveira; Canniatti-Brazaca,Solange Guidolin
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%
O objetivo geral deste trabalho foi elaborar formulados alternativos à base de mistura de alimentos convencionais provenientes da cesta básica distribuída por entidades do município de Piracicaba-SP, entre outros alimentos, com o intuito de suplementar a alimentação enteral de idosos. Os alimentos utilizados para elaboração dos formulados foram fubá, óleo de soja, arroz, feijão, macarrão, sardinha, leite em pó, amido de milho, ovos, proteína texturizada de soja, couve-manteiga e cenoura. Foram realizadas análises químicas: composição centesimal, digestibilidade de proteína, determinação do mineral ferro, diálise de ferro in vitro, determinação de β-caroteno e fatores antinutricionais, assim como fenólicos totais e ácido fítico; e análise de custos dos formulados. Os resultados obtidos foram submetidos às análises estatísticas empregando o teste de Tukey e análises de regressão. Concluiu-se com este estudo que os formulados líquidos apresentaram os melhores resultados nutricionais e viabilidade econômica. Dentre estes, podem-se eleger duas alternativas. O formulado F3 se destacou na disponibilidade de ferro, quantidades de β-caroteno e digestibilidade. O formulado F4 se destacou na distribuição do valor calórico total de macronutrientes. Os formulados contribuem com percentual médio de 20% de adequação para idosos...

Oviposição de Ascia monuste orseis (Godart) (Lepidoptera, Pieridae) em couve comum

Bastos,Cristina Schetino; Picanço,Marcelo; Lôbo,Ailton Pinheiro; Silva,Edimar Antônio da; Neves,Ludmila Lafetá de Melo
Fonte: Sociedade Brasileira de Zoologia Publicador: Sociedade Brasileira de Zoologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1997 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%
This research was developed in green house of the Universidade Federal de Viçosa, in Viçosa, Minas Gerais State, Brazil and the objective was to evaluate oviposition patterns of Ascia monuste orseis (Godart, 1819) (Lepidoptera, Pieridae) in the canopy of Brassica oleracea Linnaeus plants. Ascia monuste orseis eggs were laid preferable during the morning period, in higher numbers in the stem of these plants and in the leaves of the lower part of the plants. Higher number of eggs was found in the lower parts of leaves of plants with no previous oviposition.

Uso de inseticidas para o controle da traça-do-tomateiro e traça-das-crucíferas: um estudo de caso

Branco,Marina Castelo; França,Félix H.; Medeiros,Maria A.; Leal,José Guilherme T.
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2001 PT
Relevância na Pesquisa
16.38%
Em agosto de 1999, produtores de tomate e brássicas do Núcleo Rural da Taquara tiveram seus cultivos seriamente comprometidos devido à impossibilidade de controle da traça-do-tomateiro e da traça-das-crucíferas. Diversos inseticidas, alguns com o mesmo princípio ativo ou pertencentes ao mesmo grupo químico, eram aplicados de uma a sete vezes por semana sem qualquer eficiência no controle das pragas. Lavouras foram abandonadas em diferentes estádios de desenvolvimento. A fim de definir uma estratégia de controle que viabilizasse a produção de tomate e brássicas na região, foi avaliado em laboratório a eficiência da dose comercial de alguns inseticidas usados no controle das duas pragas. Para isso, foram coletadas duas populações de traça-do-tomateiro e uma população de traça-das-crucíferas. Para traça-do-tomateiro, cartap, abamectin, lufenuron, acefate e deltametrina causaram respectivamente 100, 90, 67, 2 e 0% de mortalidade das larvas. Para traça-das-crucíferas, B. thuringiensis, abamectin, cartap, acefate and deltametrina causaram 100; 96; 86; 79 e 5% de mortalidade respectivamente. De acordo com estes resultados foi recomendada a suspensão imediata do uso de piretróides e organofosforados para o controle das duas pragas. Abamectin e cartap foram recomendados para o controle da traça-do-tomateiro e B. thuringiensis para o controle de traça-das-crucíferas.