Página 18 dos resultados de 44699 itens digitais encontrados em 0.027 segundos

Notas sobre a valorização imobiliária em São Paulo na era do capital fictício; Notes about real estate valuation in São Paulo in the era of fictitious capital

Tone, Beatriz Bezerra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.47%
Essa dissertação tem como objeto de estudo a valorização imobiliária pela prática dos agentes sociais em São Paulo da concepção do produto imobiliário à construção e apropriação com atenção aos conflitos que daí emergem. Procuramos apresentar alguns movimentos recentes na atividade imobiliária brasileira, mais especialmente em São Paulo, através da transformação das grandes empresas em sociedades por ação, o processo incipiente de centralização de capitais, a crescente participação de capital financeiro mundializado e a recomposição do sistema de crédito imobiliário no Brasil. Nesse contexto, a produção crescente de condomínios verticais padronizados, voltados para consumidores por segmento de renda, implica a reestruturação sócio-espacial aonde chega e, em última instância, a reestruturação da cidade. A produção capitalista do espaço historicamente baseou-se na prática social da propriedade privada da terra e construção na forma-canteiro, tais fundamentos implicam um processo de valorização particular. A construção se dá pela divisão manufatureira do trabalho que pressupõe a concepção anterior do produto fora do canteiro. Ao mesmo tempo, no âmbito urbano, a elevação dos preços de imóveis e terrenos aparece coordenando a (re)organização sócio-espacial pela distribuição de usos e determinação de quem pode se apropriar de que espaço e em que momento. Trata-se do fetichismo da forma-mercadoria exposto por Marx...

A mensuração do capital intelectual e social em arranjos produtivos locais; The measurement of intelectual capital and social in local productive arrangement

Maciel, Andreia Marques
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.47%
Este trabalho realiza uma análise do capital intelectual e social em arranjos produtivos locais. O estudo foi desenvolvido no Estado de São Paulo por meio de um estudo de caso em cluster de alta tecnologia localizado na cidade em São Carlos. A metodologia do estudo fundamenta-se em duas etapas que se complementam. A primeira etapa refere-se à pesquisa bibliográfica cujo objetivo foi ampliar o conhecimento teórico sobre os temas envolvidos no presente estudo e desenvolver a proposta de um modelo conceitual de análise do capital intelectual e social em arranjos produtivos locais. Em um segundo momento, foi realizada uma pesquisa qualitativa de natureza exploratória junto às empresas que compõem o arranjo para analise do modelo proposto e descrição dos resultados obtidos. Os resultados obtidos podem contribuir para uma melhor compreensão dos arranjos produtivos locais. Pôde-se concluir que para ser bem-sucedido o arranjo, há necessidade de maior compartilhamento dos capitais existentes entre as empresas para obterem vantagens competitivas e unir as vertentes do econômico, social e cultural. São apresentadas no final do estudo recomendações futuras que podem propiciar melhorias ao modelo proposto.; This study realizes an analysis of the intellectual and social capital in local productive arrangements. This study was developed in São Paulo State by using the method of a case study in a cluster of high technology in São Carlos city. The methodology of this study is based in two stages. The first one refers to a bibliographical research...

Fatores determinantes para abertura de capital de empresas brasileiras; IPO determinants of Brazilian Companies

Oliveira, Bruno Cals de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.47%
A literatura internacional sobre abertura de capital é ampla e vários artigos foram publicados a respeito do tema. No entanto, no Brasil, ainda são poucos os pesquisadores que se dedicam ao estudo de tal fenômeno, haja vista que o crescimento relevante do mercado de capitais nacional ainda é recente. O objetivo deste trabalho é identificar, com base em indicadores contábeis, de mercado e características das empresas, quais são os fatores determinantes para a abertura de capital de empresas brasileiras. A metodologia utilizada no estudo foi de regressão logística com dados agrupados e de regressão logística com dados em painel. A amostra total contém 1720 empresas-ano entre os anos de 2004 e 2010, dos quais 182 são relativos a empresas que abriram o capital no período. Os resultados apontados indicam que as firmas que fizeram oferta de ações no período foram aquelas que vinham investindo significativamente, que possuíam maior nível de rentabilidade e aquelas que aumentaram seu nível de endividamento. O IPO foi uma alternativa para adequar a estrutura de capital e/ou captar recursos para continuar investindo no seu crescimento. Adicionalmente, as empresas que abriram o capital foram aquelas que aproveitaram janela de oportunidade (Market timing) oferecida no período e iniciaram a negociação de suas ações em Bolsa de Valores. O tamanho das empresas não foi estatisticamente significante para o IPO...

Gestão logística integrada à gestão de capital de giro de uma cadeia de suprimentos: um estudo de simulações estocásticas da demanda sobre um modelo dinâmico integrado logístico e financeiro; Integrated logistics/financial management of the working capital's cost of a supply chain: a stochastic simulation study over a logistics/financial integrated dynamic model

Andrade Junior, José Augusto Morais de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.47%
Este é um trabalho teórico-empírico que visa principalmente verificar o estado da literatura científica no que diz respeito à consideração dos custos de financiamento da necessidade de capital de giro (NCG) aplicado em mercadorias (NCGp), especialmente em relação aos aprimoramentos do modelo do lote econômico de compras/produção (LEC/LEP). A revisão de literatura mostra diversos modelos aprimorados do LEC/LEP que usam as técnicas de valor presente líquido e fluxos de caixa descontados para considerar o custo do capital no tempo, mas, segundo diversos autores, a diferença entre o LEC original e o uso de tais técnicas é desprezível. Além do mais, o uso destas técnicas não significa que tais modelos tenham incorporado o custo do financiamento da NCGp. Alguns trabalhos, mais recentes, já trazem simulações que levam em consideração o NCGp, outros até já exibem a fórmula NCGp = Estoquesp+Clientesp+Fornecedoresp. Neste trabalho foram feitas 128.000 simulações estocásticas de um modelo dinâmico, de onde se extraíram as variáveis da DRE de cada membro de uma cadeia de suprimentos (CS) hipotética. Foi testada a hipótese de ser este modelo aprimorado, porque incorpora o custo do capital de giro empregado nas mercadorias...

Capital social e capital científico na produção científica sobre linguagens documentárias e sistemas de organização do conhecimento no campo da Knowledge Organization (KO) nos idiomas espanhol, francês e português; Social capital and scientific capital in scientific production on Documentary Language and Knowledge Organization Systems within the field of Knowledge Organization (KO) in Spanish, French, and Portuguese

Lucas, Elaine Rosangela de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.47%
A pesquisa teve como objetivo identificar o Capital Científico e o Capital Social dos agentes presentes na produção científica que aborda questões relativas às Linguagens Documentárias, aos sistemas de organização do conhecimento em estudos no campo da Knowledge Organization (KO) e temas correlatos. A hipótese adotada foi a de que as noções de Campo Científico e as noções correlatas de habitus e, sobretudo de 'Capital Social' e 'Capital Científico', se apresentaram como uma perspectiva teórico-metodológica produtiva para compreender as redes de relações entre os pesquisadores (autores e coautores), suas citações (autores citados) e de temas pesquisados. Partimos do reconhecimento de que a Ciência da Informação (CI), cuja origem está na Documentação francesa, influenciou as literaturas francófona, hispanófona e lusófona e desenvolveu um legado que teve, entre suas referências, a linguagem, em seus aspectos semânticos, sintáticos e pragmáticos. Identificamos quais as principais tendências dos estudos de KO verificando que subtemas foram privilegiados e que redes científicas surgiram, a partir da análise de um corpus constituído pela produção bibliográfica publicada entre 1997 e 2011 em espanhol...

Estrutura de capital, custo de capital e valor de mercado das empresas siderurgicas brasileiras de capital aberto, no período 1991-2000

Calil, José Francisco
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Relevância na Pesquisa
36.47%
A moderna teoria financeira iniciou com a publicação do trabalho de MODIGLIANI & MILLER (1958) em defesa da irrelevância da estrutura de capital sobre o custo de capital e o valor das empresas, e cuja conclusão principal foi que, no contexto de mercados de capitais perfeitos, o valor e o custo de capital da empresa são independentes da sua estrutura de capital. Entre os estudos posteriores, MYERS (1984), EID JR (1996), TEDESCHI (1997) e MARTELANC (1998) defenderam a relevância da estrutura de capital, sob o argumento da existência de imperfeições de mercado que limitam o uso do endividamento, tais como os custos de falência, a teoria de agência, a teoria de controle e a carência de capitais, notadamente em países em desenvolvimento. Os resultados deste estudo mostraram evidências a favor da relevância da estrutura de capital e da prevalência da teoria da ordem de preferência modificada. Dentro do enfoque da criação de valor para o acionista, apresentado por RAPPAPORT (1998), STEWART (1999) e MALVESSI (2001), analisamos se as empresas criaram ou destruíram valor para seus acionistas. Os indicadores EVA e MV A, obtidos a partir dos critérios adotados, mostraram que as empresas do setor destruíram valor para o acionista...

Impacto da emissão dual-class na estrutura de capital

Lewandowski, Oscar
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.47%
A tese propõe que empresas que emitem apenas ações com direitos de voto utilizam mais capitais de terceiros do que empresas que emitem tanto ações votantes quanto não votantes. No desenvolvimento do trabalho, foi demonstrada a relevância de relacionar endividamento ao fato de uma empresa emitir ou não ações sem direito a voto, considerando as principais teorias de estrutura de capital e a realidade brasileira. Como os modelos teóricos que explicam o nível de endividamento das empresas ainda carecem de capacidade explicativa, a busca por novos determinantes está presente na literatura de estrutura de capital. A ocorrência da emissão de ações em classes diferenciadas (dual-class) como fator impactante no nível de endividamento foi analisada sob três prismas: de mercado, dos setores e das empresas que unificaram suas ações. Pelas três investigações ficou evidenciada a perspectiva de que o endividamento seja menor nos casos de emissão de ações preferenciais, considerando o ambiente de negociação e regulamentação do Brasil. A aceitação da tese tem reflexos teóricos na identificação de um fator que deve ser levado em consideração nos modelos de estrutura de capital, bem como suscita a importância de gestores...

Arranjos produtivos locais e capital social no Vale do Jaguari/RS

Anése, Rogério Luis Reolon
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Nas últimas décadas, as teorias de desenvolvimento passaram por um processo de transformação engendrado pelas mudanças nos padrões de produção e consumo, com a emergência do modelo de produção flexível ou pós-fordista. Estas mudanças levaram a uma emergência e reinvenção do local como espaço de desenvolvimento e, evidenciam o papel central das inovações, do conhecimento e do aprendizado interativo como fatores da competitividade sustentada e desenvolvimento local. Neste sentido, as localidades devem ser vistas como espaços ativos dotados de cultura, história, recursos humanos, recursos sociais e materiais diferenciados, e podem com a organização e dinamização destes fatores definirem os rumos do desenvolvimento de maneira endógena e sustentável. É neste contexto que se propõe a presente tese, que busca identificar as condições sociais, através do Capital Social e, econômicas com a identificação dos setores industriais da Região do Vale do Jaguari/RS. Para tanto, foi calculado o Índice de Capital Social através das dimensões propostas pelo Banco Mundial e, com isso, pode-se inferir de que forma este capital pode impulsionar ou obstaculizar a expansão sólida dos setores industriais e torná-los Arranjos Produtivos Locais (APLs). As análises mostraram que em alguns municípios o Capital Social...

Programas de responsabilidade social corporativa e capital social : contribuição para o desenvolvimento local?

Macke, Janaina
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Os investimentos privados no campo da gestão social têm sido cada vez mais expressivos. A atuação das empresas está saindo de uma lógica de assistencialismo e voltando-se para o desenvolvimento de projetos sociais mais estruturados. Um dos aspectos a serem tratados na questão da responsabilidade social das empresas é a idéia de que as empresas poderiam resolver grande parte dos problemas sociais, uma vez que, são dotadas de competências gerenciais para tanto. Contudo, o problema do campo da gestão social é mais complexo do que meramente uma questão de gestão de recursos, sejam eles de que natureza for. Esta é uma afirmação chave para o presente estudo. Uma contribuição efetiva no campo social implica que empresas – e qualquer outro agente – direcionem suas ações para a promoção de capital social e, assim, contribuam para o desenvolvimento local. Dessa forma, buscando ampliar a discussão que cerca os programas sociais de empresas privadas, este estudo trabalha com duas abordagens, tendo como pano de fundo a produção de capital social: a Visão da Empresa e a Visão da Comunidade. O primeiro enfoque contempla as teorias da responsabilidade social corporativa e dos stakeholders e reflete as preocupações e o modo de agir da empresa...

Fundos de investimento de venture capital e private equity : um estudo sobre a avaliação contábil da carteira de investimentos

Branchi, Roberto Zeller
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
O objetivo deste trabalho é apresentar as práticas adotadas no Brasil relativas à avaliação contábil da carteira de investimentos de fundos de investimento de venture capital e private equity e verificar o seu alinhamento às práticas contábeis internacionais, considerando o contexto da harmonização contábil mundial. Possibilitando um melhor entendimento do assunto, apresenta-se a definição de capital de risco, o contexto evolutivo da indústria de venture capital e private equity, os agentes e os tipos e estágios de investimento, o ambiente regulatório no país e as principais práticas contábeis adotadas no Brasil e em âmbito internacional. Para atingir o objetivo do trabalho a pesquisa trouxe uma abordagem qualitativa de cunho descritiva, embasada na pesquisa bibliográfica e, também, uma pesquisa em informações disponíveis nas demonstrações financeiras arquivadas na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O resultado da análise revela que as práticas contábeis adotadas no Brasil, especificamente relativas à avaliação da carteira de investimentos de fundos de investimento de capital de risco, ainda não estão harmonizadas às práticas contábeis internacionais.; The aim of this paper is to present the practices adopted in Brazil for the accounting valuation of the investment portfolio of investment funds (venture capital and private equity) and check their alignment with international accounting practices...

A construção do capital social nas interações através do site de redes sociais Couchsurfing

Turbiani, Caio Rozemboim Nascimento
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
O presente trabalho tem como tema a construção do capital social através do site de redes sociais do Couchsurfing. O site é dedicado ao intercâmbio de hospitalidade e oferece aos seus membros a possibilidade de se hospedarem, uns na casa dos outros, de forma gratuita, ao redor do mundo. O objetivo desta pesquisa é analisar a construção do capital social através das interações no site de redes sociais Couchsurfing. Para isso, primeiramente, é apresentada a fundamentação teórica ligada ao tema, inicialmente tratando sobre interações e seus diferentes conceitos ao longo do tempo, para, posteriormente, relacionar essas ideias às discussões sobre internet, redes sociais online e capital social. A metodologia usada para compreender o fenômeno empiricamente, em uma pesquisa exploratória e quantitativa, envolve a observação simples e participante da dinâmica do site e das interações entre os membros dentro e fora deste ambiente, além da aplicação de um questionário online. É possível verificar que existem valores como confiança, identificação, reputação e conexão ligados à construção de capital social nas interações entre os membros do Couchsurfing.; This paper aims at analyzing how the social capital is built through the online social network Couchsurfing. The web site is focused in hospitality exchange and offers its members the chance of host and being host without any charge around the world. The main focus of this study is to analyse the building of the social capital in the interactions that happen online...

Integração financeira internacional, fluxos internacionais de capitais e crescimento economico : teoria e evidencia; International financial integration, international capital flows and economic growth : theory and evidence

Aderbal Oliveira Damasceno
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.47%
O objetivo desta Tese é realizar uma análise crítica da abordagem convencional acerca das relações entre Integração Financeira Internacional, fluxos internacionais de capitais e crescimento econômico nas economias nacionais. Pretende-se responder às seguintes questões: existe consenso relativo aos fundamentos teóricos suficiente para fundamentar a hipótese de que a Integração Financeira Internacional e os fluxos internacionais de capitais estimulam o crescimento econômico? As evidências empíricas corroboram a hipótese de que a Integração Financeira Internacional e os fluxos internacionais de capitais estimulam o crescimento econômico? A análise da literatura teórica, realizada no Capítulo 1, explicita a ausência de consenso teórico e a fragilidade dos fundamentos teóricos quanto à hipótese de que a Integração Financeira Internacional e os fluxos internacionais de capitais estimulam o crescimento econômico. A análise da literatura empírica, realizada no Capítulo 2, mostra que as evidências existentes não são suficientes para corroborarem a hipótese de que a Integração Financeira Internacional e os fluxos internacionais de capitais estimulam o crescimento econômico. Por fim, no Capítulo 3, faz-se uma ampla investigação econométrica acerca das relações entre Integração Financeira Internacional...

Gestão do capital de giro das microempresas e empresas de pequeno porte: um estudo dos clientes do Banco do Brasil — agência Capoeiras

Marcelino, João Paulo
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: f.; 64 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.47%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Curso de Ciências Contábeis; O presente trabalho identifica os fatores envolvidos no processo de gestão do capital de giro nas microempresas e empresas de pequeno porte, mostrando como exemplo, algumas das empresas que o autor teve contato na agência do Banco do Brasil S.A do bairro Capoeiras em Florianópolis - SC. Para o desenvolvimento do estudo, foram entrevistadas, entre proprietários e gerentes de empresas, 25 (vinte e cinco) pessoas com vistas a verificar o grau de conhecimento sobre capital de giro, a utilização de técnicas na gestão do capital de giro e apurar as fontes de capital de giro utilizadas. Foram abordados conceitos sobre o tema na fundamentação teórica juntamente com alguns conceitos relacionados que se achou relevante para o trabalho, além da apresentação de linhas de credito para capital de giro disponíveis no mercado (Banco do Brasil SA e Caixa Econômica Federal). Nas entrevistas buscou-se a compreensão de aspectos relacionados com a formação dos entrevistados, quanto à utilização de técnicas na gestão do capital de giro e levantamento das fontes de capital de giro utilizadas. Obtendo como resultado...

Como classificar as reservas de capital na demonstração dos fluxos de caixa?; How to classify capital reserves in the statement of cash flows?

Lustosa, Paulo Roberto Barbosa; Santos, Ariovaldo dos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Este artigo analisa as características de cada uma das reservas de capital obrigatórias do sistema contábil brasileiro e apresenta, a partir dessa análise, alternativas para a classifi cação, entre os três grupos de atividades da Demonstração dos Fluxos de Caixa - DFC, das movimentações físicas e virtuais de dinheiro presentes nos eventos geradores de reserva de capital. As principais normas contábeis estrangeiras sobre o modelo de fl uxos de caixa realizados, como a americana FAS-95 – Statement of Cash Flows, do FASB – Financial Accounting Standards Board e a norma internacional IAS-7 revisada – Cash Flow Statements, do IASB – International Accounting Standards Board, não contêm referências específi cas sobre a classifi cação das reservas de capital na DFC e, além disso, algumas dessas reservas são típicas do sistema contábil adotado no Brasil. O trabalho utiliza uma abordagem metodológica crítico-investigativa do referencial teórico e normativo sobre reservas de capital e ilustra a discussão com um exemplo que contempla todas as reservas discutidas, a partir do qual são elaboradas as DFC por uma das alternativas propostas na análise e pelos critérios do FAS-95. Conclui-se que a alternativa apresentada promove uma maior integração da DFC com as demais demonstrações contábeis do que a abordagem que vem sendo utilizada. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; Th is paper analyses the characteristics of each required capital reserves according to Brazilian fi nancial reporting system...

Os retalhistas alimentares, as marcas de distribuidor e a geração de capital de marca: estudo do capital de marca de retalhistas alimentares e marcas de distribuidor de duas insígnias em Portugal

Xara-Brasil, Duarte Miguel da Costa Pessoa
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Este estudo pretende analisar o capital das marcas de distribuidor, na perspetiva do consumidor. A investigação relativa ao estudo do capital de marca na perspetiva do consumidor tem vindo a ser realizado através de diferentes abordagens. Contudo, não se identificaram estudos de capital de marca relacionados com as marcas de distribuidor. Relativamente ao capital de marca retalhista, verifica-se a existência de um número substancialmente reduzido de trabalhos publicados. Nesta investigação foi aplicado um questionário a uma amostra de clientes das duas principais insígnias retalhistas portuguesas. Os dados foram tratados através de análise fatorial exploratória e confirmatória, obtendo-se uma escala validada para o capital de marca do retalhista. Tendo por base duas escalas identificadas, foi possível validar uma escala para o capital de marca retalhista, com três dimensões – associações, preferências e marca de distribuidor – e quinze itens O trabalho realizado permitiu verificar que as marcas de distribuidor não são entidades com capital de marca autónomo, mas um componente relevante do capital de marca do retalhista; Abstract: Private labels and brand equity in food retailing. Brand equity research focused on two food retailers and their private labels in Portugal This research aims to analyze the brand equity of food retailer’s private labels. Consumer based brand equity has been analyzed by several authors...

A Responsabilidade Social da Universidade na Formação de Capital Humano e como Ferramenta de Desenvolvimento Local Sustentável: os casos da UTAD e da UNIFOR

Pompeu, Randal Martins
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Tese de Doutoramento em Gestão; Desde o início do século XX, a preocupação com o tema da responsabilidade social das empresas fez incrementar novos conceitos e comportamentos que exigem da sociedade, e de todos os stakeholders, que assumam o seu dever de participar do processo de desenvolvimento social, humano, econômico, político, cultural e ambiental. O combate às desigualdades sociais e ao abismo cultural que divide os cidadãos, a promoção do desenvolvimento e do bem-estar do ser humano, não são tarefas exclusivas do Estado, elas perpassam por todas as instituições. A construção de uma sociedade mais justa, equanime e fraterna torna-se compromisso individual e da coletividade. Nesse contexto social encontram-se as universidades, formadoras de novos saberes, forjas da responsabilidade social. A educação torna o ser humano mais produtivo ao longo da vida e contribui, de forma eficaz, para o progresso e o crescimento econômico (g)local. Nesta investigação, procurou-se dar um contributo para melhor entendimento sobre a questão de como as universidades, por meio da responsabilidade social, tem contribuído na formação de capital humano, na construção do capital social e ainda como podem causar impacto no desenvolvimento local sustentável por meio da capacitação profissional. A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro - UTAD...

Comparing Macroeconomic Returns on Human and Public Capital: An Empirical Analysis of the Portuguese Case (1960-2001)

Pina, Álvaro; St. Aubyn, Miguel
Fonte: ISEG – Departamento de Economia Publicador: ISEG – Departamento de Economia
Tipo: Outros
Publicado em //2004 ENG
Relevância na Pesquisa
36.47%
The impact of human and public capital on growth is a major issue in economic theory and in policy evaluation. Using a cointegrated VAR, we estimate a Cobb-Douglas production function for Portugal with public and human capital. Return rates are then computed with and without dynamic feedbacks. Without these, human capital yields a return comparable to private investment, and smaller than public investment. Considering dynamic feedbacks, private capital responds positively to a shock in public capital, but negatively to a shock in human capital. Consequently, the dynamic feedbacks return on human capital is much lower than on public capital.

Capital social, envelhecimento activo e dinâmicas de liderança: um estudo sobre as organizações sociais de apoio à população idosa em Oeiras

Martins, Maria Isabel Redondo
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 28/05/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Dissertação de Mestrado em Política Social; A presente tese tem como objecto de estudo as organizações de apoio à população idosa sediadas em Oeiras, com a particularidade de serem criadas e geridas por idosos; analisa a sua contribuição para o envelhecimento activo e produtivo dos associados, dinâmica de liderança, impacto na comunidade envolvente e papel como geradoras de capital social. A partir da análise do modelo de organização e funcionamento, entrevista aos seus líderes e questionário aplicado a uma amostra de associados, foram comparadas entidades previamente categorizadas de acordo com a sua orientação operativa em Convívio, Ensino e Conhecimento, e Apoio Psicossocial, e delineadas as suas semelhanças e singularidades, aferindo o desempenho de cada uma das tipologias a nível de produção de capital social. Os resultados alcançados permitiram determinar o papel do associativismo como fonte de capital social, o que pode ser potenciado pela tipologia da entidade, características do seu líder, bem como pela estrutura da organização e o seu relacionamento com o ambiente externo. Nas situações mais favoráveis pode surgir um compromisso cívico por parte dos líderes e associados, que gera um aumento de capital social a nível individual...

The capital structure of portuguese firms within a crisis

Reis, Luís Henrique Vecchio
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 ENG
Relevância na Pesquisa
36.47%
Mestrado em Finanças; In this study we review the theoretical approach behind the capital structure decisions by presenting the ideas of the Modigliani and Miller (1958) Theorem that was based on the perfect capital markets world and with the argument of the law of one price. We show that there are two useful theories in the firm’s financing decision: the Trade‐off theory, which builds on Modigliani and Miller’s original arguments and identifies several relevant factors in determining a firm’s capital structure (such as taxes, costs of financial distress, and agency costs and benefits of debt), and the Pecking Order Theory of Myers and Majluf (1984). Further in this study we describe the evolution of the capital structure of the 16 largest listed non‐financial Portuguese firms (“PSI‐16”) during the recent crisis peaking in 2008. We present a description of the level debt (and net debt) compared to the book value and to the market value of the equity of such firms (debt to equity ratio). We find some evidence consistent with both theories. In particular we find a cautious utilization of debt due to higher risk of bankruptcy (and its costs), but still taking advantage of the interest tax shield (consistent with the trade‐off theory view)...

A relação entre capital social e desenvolvimento sustentável : uma aplicação aos arranjos produtivos locais no Brasil

Silva, Rogério Rodrigues da
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Doutoramento em Sociologia Económica e das Organizações; Este estudo objetiva verificar a influência do capital social sobre o desenvolvimento sustentável de pequenas e médias empresas em Arranjos Produtivos Locais. Os objetivos secundários são verificar a influência de cada um dos aspectos de um modelo de capital social (estrutural, cognitivo e relacional) sobre os do desenvolvimento sustentável (econômico, social e ambiental) e ainda se os APLs de Tecnologia da Informação têm maior potencial sustentável em função da participação em rede. A amostra com 201 empresas está dividida em dois grupos: APLs de Tecnologia da Informação e APLs de outras atividades econômicas (artesanato/cerâmica, biotecnologia, madeira e móveis, petroquímica). Aqueles com quem e ainda como se relacionam são os itens que mais influenciam o desenvolvimento sustentável, em especial, os aspectos econômicos. O aspecto que menos influencia se refere aos sistemas de significado e interpretações compartilhados, além disso, os menos influenciados são os aspectos ambientais. De ambos os grupos de APLs, o número de relações estabelecidas, os benefícios das informações e o grau de confiança influenciam positivamente e o desempenho econômico...