Página 16 dos resultados de 62257 itens digitais encontrados em 0.021 segundos

Concorrência multimercados e diversificação : um estudo de economia industrial aplicado aos grupos de empresas em Portugal

Fortunato, Adelino Manuel Guimarães
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
Esta tese tem por objectivo principal estudar as potencialidades e os limites do desempenho dos grupos de empresas, essencialmente aqueles que actuam na área industrial. Para que tal estudo fosse possível foi feita uma investigação teórica acerca das causas que justificam a actuação estratégica deste tipo de empresas, nomeadamente no que toca ao aproveitamento de sinergias: a integração vertical, a política de Investigação e Desenvolvimento e de diferenciação do produto. Para além destes aspectos, marcados essencialmente por vantagens em termos de eficiência na afectação dos recursos, outros foram estudados que colocam os grupos de empresas no centro de importantes preocupações relacionadas com as características da concorrência: a possibilidade de contribuirem para aprofundar a concorrência ou, pelo contrário, a hipótese de contribuirem para bloquear a concorrência. Finalmente foi feito um estudo empírico para os grupos industriais que actuavam na economia portuguesa no ano de 1986, tendo-se concluído, entre outras coisas, que os grupos detinham alguma relevância no que toca à Investigação e Desenvolvimento, mas não detinham importância suficiente para influenciar as modalidades da concorrência. Este último resultado foi interpretado com base na relativa juventude da maioria dos grupos...

Um estudo cognitivo das metáforas geradas em um corpus jornalístico da economia; A cognitive study of the metaphors in a journalistic corpus in economics

Costa, Elenice Alves da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.3%
A presente Dissertação tem por objetivo estudar as metáforas geradas em um corpus jornalístico da Economia. Para tanto, esta Dissertação foi realizada na perspectiva teórica de pesquisas que envolvem a metáfora, sobretudo, como fator de cognição, o que permitiu realizarmos uma análise dos termos coletados na Base de Termos da Economia, constituída no âmbito do Projeto Observatório de Neologismos Científicos do Português Contemporâneo. A metodologia empregada na análise dos termos permitiu uma investigação sistemática dos conceitos circunscritos nas unidades referentes ao corpus em análise, a qual resultou em um "mapeamento" cognitivo das unidades compreendidas nesta área, possibilitando, dessa forma, verificar qual é a função da metáfora nesse tipo de especialidade. Para tanto, selecionamos as unidades polissêmicas da Base, a fim de verificarmos quais eram os principais conceitos abrangidos nos termos em estudo. Feitos a seleção e o agrupamento de campos conceituais metafóricos, passamos à análise das unidades, a qual revelou que a metáfora em Economia parece cumprir, sobretudo, uma função didática, facilitando por meio da analogia a compreensão dessa área de especialidade.; The present dissertation aims to study the metaphors in a journalistic corpus in economics. This research was based on the cognitive metaphor theory. The terms were collected in the Base de Termos da Economia (Projeto Observatório de Neologismos Científicos do Português Contemporâneo). The methodology used in the analysis of the terms allowed us make a systematic investigation on the concepts in this kind of terminology...

Redes de cooperação para desenvolvimento em economia solidária: estudo de caso no município de São Carlos-SP; Cooperation network for development in solidary economy: case of study at the city of São Carlos - SP

Cambiaghi, Bianca Polotto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.3%
Atualmente é possível perceber um contexto de recuperação da importância da presença do Estado nas sociedades contemporâneas, onde governos têm adotado políticas públicas de desenvolvimento local com foco na geração de trabalho e renda para a população, especialmente no âmbito municipal. Tais estratégias de gestão local vêm adotando os conceitos de economia solidária no combate ao desemprego e proporcionando a construção de organizações autogestionáveis, baseadas na cooperação e na valorização dos conceitos de democracia, participação e cidadania. Para implantação destas políticas públicas, novas formas de organização social têm surgido e se desenvolvido, com particular destaque para as redes que envolvem o setor público, as universidades, a sociedade civil organizada e os empreendimentos econômicos solidários. Assim, o objetivo deste trabalho foi estudar a rede de cooperação para desenvolvimento em economia solidária do município de São Carlos, visando identificar quais seriam os aspectos potencializadores desta alternativa de desenvolvimento a partir de redes sociais interorganizacionais. A pesquisa foi de caráter exploratório e teve como coleta de dados entrevistas semiestruturadas junto aos líderes de dez organizações participantes da rede. Os resultados obtidos apontam algumas características que podem servir de subsídios para a formação de redes de cooperação para desenvolvimento em economia solidária e para a construção de uma política pública nesta temática...

O padrão de inserção internacional da economia brasileira entre 1945 e 1980: uma análise da interação entre política econômica e política externa; The international insertion pattern of the Brazilian economy between 1945 and 1980: An analysis of the interaction between economic policy and foreign policy

Chang, Magda Holan Yu
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.3%
Este trabalho visa a avaliar o papel da ação estatal, no âmbito da política econômica e da política externa, para as mudanças no padrão de inserção internacional da economia brasileira entre 1945 e 1980, período em que o país consolidou-se como semiperiferia industrializada da "economia-mundo capitalista." Para além do arcabouço teórico de "sistemas mundo" utilizado para abarcar os determinantes sistêmicos que influíram sobre a inserção internacional da economia brasileira e sobre ambas as políticas econômica e externa, a dissertação recorre ainda às formulações das áreas da história econômica, economia política e relações internacionais para subsidiar a análise. Por fim, o trabalho realiza uma análise comparativa entre os instrumentos da política econômica e da política externa que atuaram sobre esse padrão de inserção, avaliando as formas de interação que se estabeleceram entre esses instrumentos e as suas implicações para a alteração da inserção internacional da economia brasileira.; This study aims to analyze the governments' role, through its economic policy and foreign relations policy, for the change in the Brazilian economy's international insertion pattern between 1945 and 1980...

Economia criativa e seus indicadores: uma proposta de índice para as cidades brasileiras.; Creative economy and its indicators: a proposed index for Brazilian cities.

Jäger, George Felipe Bond
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.3%
Nos tempos atuais, cada vez mais tem se discutido sobre a importância da Economia Criativa para países e regiões. De fato, praticamente toda atividade humana utiliza-se em alguma medida da criatividade, por isso, existe um movimento nos últimos anos para reconhecer em determinadas atividades conteúdo intelectual, cultural e artístico que agregam valor a bens e serviços. A partir dos anos 2000 surgiram diversas metodologias cujo objetivo era mensurar a Economia Criativa, isso despertou grande interesse dos governos locais e nacionais, pois isso poderia ser usado para direcionar esforços e investimentos públicos com a finalidade de alavancar o desenvolvimento econômico local. Dentre as metodologias lançadas, uma das primeiras, o Índice das Cidades Criativas desenvolvido por Richard Florida gerou grande repercussão na comunidade acadêmica e civil com a utilização de diversos indicadores divididos em três dimensões, Talento, Tecnologia e Tolerância (os 3 Ts). Diversas outras metodologias desenvolvidas posteriormente com o objetivo de mensurar a Economia Criativa foram fortemente influenciadas pela estrutura dos 3 Ts. Contudo, existe uma grande dificuldade para replicar qualquer uma dessas metodologias para as cidades brasileiras...

A intervenção do estado na economia cafeeira na Primeira República : as relações entre o setor público e o setor privado

Oliveira, Elizabete Rodrigues
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
36.3%
OLIVEIRA, Elizabete Rodrigues. A Intervenção do Estado na Economia Cafeeira na Primeira República: as relações entre o setor público e o setor privado. São Paulo, 1995. Dissertação de Mestrado. Escola de Administração de Empresas de São Paulo. Fundação Getúlio Vargas. O Estado brasileiro ampliou sua atuação no domínio econômico durante a Primeira República, colocando em xeque os princípios do liberalismo. O processo de intervenção do Estado na economia cafeeira resultou da interpenetração das esferas pública e privada. Os fazendeiros de café reivindicaram a presença do Estado para solucionar os problemas que atingiam a lavoura, pois não acreditavam que o mercado pudesse resolvê-los. Após a primeira intervenção, em 1906, novas crises afetaram a economia cafeeira, especialmente a lavoura. Os fazendeiros continuaram reivindicando a intervenção do poder público. Para isso, eles construíram a ideologia de que seus interesses corporativos representavam os interesses de toda a sociedade brasileira, fundamentados na argumentação de que o café proporcionava o dinamismo na economia nacional. Mas não foi somente o setor privado que contribuiu para o processo de intervenção do Estado no domínio econômico...

Bancos públicos e desenvolvimento : análise de decisões judiciais e intervenção do Estado na economia

Dias, Vitor Martins
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.3%
Esta dissertação tem o objetivo de estudar, entre diferentes modelos de organização econômica, aspectos da feição do arranjo financeiro brasileiro, com ênfase sobre os bancos públicos agentes de mercado no Brasil. A pesquisa está divida em uma etapa eminentemente jurídica, de sistematização e análise de normas e decisões judiciais; e uma leitura de economia política do contexto em que essas variáveis jurídicas estão inseridas. As normas pesquisadas analisam a constituição e o funcionamento do arranjo financeiro brasileiro, identificando elementos que constituem um maior protagonismo dos bancos oficiais no Sistema Financeiro Nacional, como, por exemplo, as funções de política econômica e mecanismos de poupança e depósito compulsórios. Entre outras normas, merecem destaque a Lei 4.595/64 e a Constituição Federal de 1988. A pesquisa de decisões judiciais, por sua vez, estuda o contexto e os principais argumentos de ações que envolveram um aspecto sensível na coexistência de bancos públicos e privados: a possibilidade de bancos oficiais depositarem e gerirem recursos em caráter de exclusividade. A leitura de economia política feita no segundo capítulo consiste em ampliar a lente de análise sobre o arranjo financeiro baseado em bancos públicos. Para tanto...

Três ensaios sobre a estrutura espacial urbana em cidades do Brasil contemporâneo: economia urbana e geoinformação na construção de novos olhares

Ramos, Frederico Roman
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.3%
Esta tese apresenta novas possibilidades metodológicas no campo do urbanismo através da aplicação de técnicas derivadas da ciência da geoinformação a luz das teorias de economia urbana. O trabalho está organizado em torno de três ensaios. Cada ensaio se dedica a apresentação e análise de uma questão específica identificada como relevante dentro das teorias da economia urbana no contexto de cidades brasileiras. O primeiro ensaio tem como objetivo investigar as relações que possam existir entre os processos de expansão urbana e a segregação socioespacial na cidade de São Paulo. Situando a discussão dentro de uma perspectiva de economia urbana, o ensaio parte do pressuposto de que ambos os processos estão relacionados às forças de mercado habitacional, incluindo suas falhas inerentes, que acabam por definir a distribuição dos grupos populacionais de acordo com suas características socioeconômicas. O estudo se debruça sobre uma questão central ao debate urbanístico atual que é a ocupação contínua das áreas de fronteira urbana e na forma como este processo impacta a estrutura urbana. O segundo capítulo traz o ensaio onde tratamos de analisar as questões relativas à distribuição dos empregos na cidade de São Paulo e suas consequências para os modelos de economia urbana baseados em gradientes de renda e valor da terra. O terceiro capítulo traz o ensaio no qual retomamos a discussão sobre os processos de expansão urbana...

Um diagnóstico da gestão praticada em iniciativas de economia solidária e os seus desafios gerenciais : estudo de caso do município de Cachoeirinha

Costa, Pedro de Almeida
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
O presente trabalho representa uma abordagem da ciência administrativa à Economia Solidária, que será descrito, e definido, nas páginas seguintes. Foi realizado um diagnóstico de como é praticada a gestão nos empreendimentos de economia solidária para então se poder construir proposições de capacitação e assessoria que possam colaborar na construção da sua sustentabilidade. Este fenômeno está inscrito em um quadro de desemprego e de exclusão social, que define um novo cenário social com novos e velhos atores desenvolvendo novos arranjos de articulação em prol do desenvolvimento. Este trabalho inicia justamente pela descrição desse novo quadro, problematizando os novos papéis dos atores sociais ante essa nova configuração de poder e de relacionamentos. Entendido esse cenário, investigam-se os diversos conceitos que têm sido atribuídos à economia solidária, o que permite que se resuma – sem reduzir – esses diversos ângulos de visão a um conceito sintético com o qual o autor vai trabalhar. A partir desse conceito, a questão da gestão e da eficiência dos empreendimentos de economia solidária passa a receber especial atenção, visando identificar as carências de conhecimento em gestão às quais a ciência administrativa pode dar respostas. O terceiro capítulo descreve os procedimentos metodológicos utilizados para o desenvolvimento da pesquisa. O quarto capítulo apresenta os dados levantados...

Contribuições da incubadora tecnológica de cooperativas populares da Unochapecó para a proposta de geração de trabalho e renda em empreendimentos de economia popular solidária

Zarpelon, Ana Paula Granella
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
Sob a expressão Economia Popular Solidária reúne-se o conjunto de práticas de geração de trabalho e renda, organizadas de modo associativo, que teriam em comum a colaboração, a vivência solidária e o humano como razão de ser da vida em sociedade. Como proposta tais práticas esposam a melhoria da qualidade de vida, a autonomia, o reconhecimento e a satisfação das necessidades materiais, sem que ocorra, entretanto, a submissão do humano à lógica do capital. É neste cenário que se situa a presente dissertação, que teve por objetivo investigar, se, e em que medida, os projetos de geração de trabalho e renda - desenvolvidos por técnicos e professores da ITCP - Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Universidade Comunitária Regional de Chapecó, em Chapecó, no estado de Santa Catarina – contribuíram para a melhoria das condições de vida de trabalhadores de empreendimentos, identificados com o Movimento da Economia Popular e Solidária. Entre os principais fatores que se buscou investigar com a realização da presente dissertação, tem-se: flutuações na renda; percepção dos trabalhadores solidários em termos de ganhos e perdas decorrentes da adesão à proposta solidária e ao modo associativo de produção; desejo de permanência e/ou de desligamento face à possibilidade de ingresso no mercado formal de trabalho; características dos processos de trabalho e de gestão...

Politizando o conceito de redes de economia solidária : uma análise das relações à luz da teoria dos campos de Pierre Bourdieu

Kessler, Cristiano Keller
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
Esta dissertação tem por tema a forma organizacional rede e por objeto de estudo as relações entre os agentes sociais no campo da economia solidária. O primeiro momento é dedicado à revisão teórica do tema como objeto de debate na administração e sua transposição para o campo da economia solidária. O objetivo do estudo é problematizar a visão poética e apolítica associada às redes de economia solidária, as quais, conforme essa visão, estariam baseadas nas características da isonomia, da horizontalidade, da holografia e da autogestão. O problema é que tal abordagem não problematiza os conflitos, as resistências, o choque de interesses e outros atributos do poder inerentes à dinâmica da ação coletiva. Para problematizar a dinâmica das relações em rede, foi adotada como referencial teórico a teoria dos campos de Pierre Bourdieu. A questão de pesquisa que se visa responder através da dissertação é: como se dá a dinâmica das relações entre os agentes em uma rede de economia solidária? Para responder essa indagação, o campo da economia solidária foi concebido como um campo de poder, no sentido atribuído por Bourdieu. Pensar as situações sociais como campos de poder permite problematizar as redes como campos de força...

Transformações contemporâneas do trabalho e processos de subjetivação : os jovens face a nova economia e à economia solidária; Contemporary work changes and subjectification processes: young workers facing new economy and social economy

Nardi, Henrique Caetano; Yates, Denise Balem
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
O mercado de trabalho contemporâneo aprofundou o fosso social que separa a população inserida no mercado daquela que sobrevive de forma precária. A economia solidária surgiu como contraponto à fratura social daí decorrente. Utilizando a abordagem biográfica, discutimos as trajetórias de trabalho de 30 jovens divididos em dois grupos. O primeiro grupo é composto por 15 jovens empregados no setor da nova economia (informática, telecomunicações e Internet) e 5 jovens empregados no setor bancário pós-reestruturação; o segundo grupo é composto por 5 jovens ligados a um projeto de economia solidária e 5 jovens vinculados a um projeto comunitário. As entrevistas dos jovens inseridos no primeiro grupo revelam a adesão ao discurso gerencial e a constituição de uma ética individualista. Para os jovens do segundo grupo, a economia solidária e o associativismo constituem somente uma alternativa ao desemprego. Frente a essa constatação, perguntamos se estes projetos se constituem efetivamente como um contraponto à lógica de adesão ao discurso de gestão contemporâneo.; Contemporary labor market increased society’s social gap between those inserted in the labor market and those surviving in a precarious way. Social economy emerged in opposition to this social fracture. Using the biographical approach...

Análise das ações de economia solidária no município de Santa Maria - RS

Barcelos, Ricardo da Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
A Economia Solidária tem se mostrado cada vez mais presente nas agendas governamentais, principalmente a partir do momento em que passou a ser tratada como alternativa de geração de trabalho e renda. O presente trabalho teve por objetivo verificar se as políticas públicas governamentais beneficiam os empreendimentos de Economia Solidária no Município de Santa Maria, com foco específico nos participantes do Feirão Colonial, evento que ocorre semanalmente no Centro de Referência de Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter, além de identificar o perfil destes indivíduos. A escolha do referido Município se deu em função da visibilidade adquirida no meio solidário pelas ações do Projeto Esperança/Cooesperança, e pela Feira de Economia Solidária dos Países do Mercosul. O estudo foi caracterizado como exploratório quanto ao tipo de pesquisa, e a abordagem para o problema adotada foi quantitativa. O instrumento de coleta de dados utilizado foi o questionário. A revisão da literatura incluiu tópicos referentes a políticas públicas voltadas para o tema estudado, bem como o detalhamento dos programas de governo nas esferas Federal, Estadual e Municipal. Ao final do trabalho, foi dedicado um capítulo à análise dos resultados...

Economia verde: a reiteração de ideias à espera de ações

Almeida, Luciana Togeiro de
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Instituto de Estudos Avançados Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Instituto de Estudos Avançados
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 93-103
POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
A Iniciativa Economia Verde, numa perspectiva de análise teórica, é uma reiteração de velhas ideias; não é propriamente um novo conceito, mas sim a proposta de um conjunto de instrumentos para o alcance do desenvolvimento sustentável. Uma novidade importante dessa inciativa é a defesa do ativismo de políticas de indução às mudanças tecnológicas ambientais, o que revela sua aproximação com a economia evolucionária. No plano da economia política internacional, o potencial de conflito Norte-Sul sobre a Iniciativa Economia Verde se vincula aos impasses registrados nas negociações sobre liberalização do comércio de bens e serviços ambientais na Rodada Doha da OMC.; The Green Economy Initiative, under a perspective of theoretical analysis, it is a reiteration of old ideas; it is not exactly a new concept, but the proposal for a set of instruments for achieving sustainable development. A major novelty of this initiative is the defense of political activism to induce environmental technological change, which reveals its approach to evolutionary economics. In terms of international political economy, the potential for North-South conflict on the Green Economy Initiative is linked to the reported deadlock in the negotiations on trade liberalization in environmental goods and services in the WTO Doha Round.

Incubadoras universitárias na economia solidária: embriões da tansformação?

Ruwer, Léia Maria Erlich
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 164 f. : il. grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Serviço Social - FCHS; O presente estudo tem como foco o fomento à Economia Solidária pelas atividades de apoio, assistência e assessoria técnica realizado nas Incubadoras Universitárias de Cooperativas. São ações que se destacam, dada a ruptura que se propõe introduzir nas relações de produção capitalistas; e devido à emergência de um novo modo de produção e organização do trabalho e das atividades econômicas na sociedade contemporânea. O interesse da pesquisa (descritiva e exploratória) é mostrar a relação existente entre teoria e prática da Economia Solidária nas Incubadoras Universitárias de Cooperativas das Universidades Públicas do Estado de São Paulo, como proposta de ruptura ou manutenção do modo de produção capitalista contemporâneo. O escopo da pesquisa consiste em contextualizar a Economia Solidária no Brasil e o papel das Incubadoras Universitárias de Cooperativas neste contexto; explicar como se dão as ações de apoio, assistência e assessoria técnica da Economia Solidária nas Incubadoras Universitárias de Cooperativas das Universidades Públicas do Estado de São Paulo; e demonstrar se a realidade levantada na pesquisa empírica compreende uma proposta de ruptura ou manutenção do modo de produção capitalista contemporâneo. Para tanto...

Crises cambiais e fragilidade financeira externa: uma interpretação minskyana aplicada à economia brasileira entre 1999 e 2013

Sarto, Victor Hugo Rocha
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 78 f. : gráf.
POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
Pós-graduação em Economia - FCLAR; Este trabalho possui dois objetivos centrais. O primeiro é elaborar uma interpretação baseada na hipótese de fragilidade financeira de Minsky sobre o processo gerador de crises cambiais e seus determinantes. Para isso, as ideias desse autor são adaptadas a uma economia aberta. Propõe-se que a deterioração da estrutura financeira externa de uma economia constitui o fator responsável por elevar seu grau de fragilidade externa e sua suscetibilidade a crises cambiais. A partir desta interpretação, são construídos indicadores de fragilidade externa visando mensurar a propensão de uma economia sofrer uma crise cambial. O segundo objetivo deste estudo é avaliar a evolução da fragilidade externa da economia brasileira entre 1999 e 2013. Esta tarefa é realizada pela aplicação dos indicadores e da interpretação desenvolvidos na primeira parte do trabalho ao referido país. Os resultados sugerem que a fragilidade externa brasileira sofreu uma gradual e significativa redução durante o recorte temporal estudado; This work has two objectives. The first one is to develop an interpretation founded on Minsky’s financial instability hypothesis about the currency crisis generated process and your determinants. In order to achieve this goal...

CULTURA ORGANIZACIONAL E GESTÃO EM EMPRESAS DE ECONOMIA CRIATIVA: UM ESTUDO COMPARATIVO COM MODELOS DE GESTÃO CONTEMPORÂNEOS

Freitas, Ernani Cesar de; Tonidandel, Mauro Cesar; Pinheiro, Cristiano Max Pereira; Barth, Mauricio
Fonte: Universidade Federal da Paraíba Publicador: Universidade Federal da Paraíba
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares"; Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.32%
Este artigo apresenta uma pesquisa sobre a cultura organizacional e a gestão em empresas de economia criativa. O tema é emergente e teve como motivação um estudo divulgado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro – Sistema Firjan – divulgado em 2008. O presente trabalho visa mostrar características da cultura organizacional que diferenciam as empresas de economia criativa de seus concorrentes, no que se refere aos modelos de gestão. Para tanto, busca-se compreender os elementos básicos da cultura organizacional em empresas de economia criativa, delimitar aspectos inerentes da cultura organizacional dessas empresas, com a finalidade de estabelecer semelhanças e diferenças em relação a seus concorrentes, não classificados nessa configuração criativa. Na pesquisa,verificam-se processos específicos de inovação e criação que podem refletir nos modelos de gestão, além de identificar o perfil dos gestores que atuam no segmento de economia criativa em contraste aos profissionais das demais empresas. Para o constructo metodológico, realizou-se uma pesquisa exploratória mediante estudos de caso múltiplos com abordagem qualitativa. O corpus de pesquisa constitui-se de entrevistas não estruturadas, com quatro gestores da região do Vale do Sinos/RS. A questão norteadora buscou compreender...

La economía feminista y su aporte a la teoría económica moderna

Perona,Eugenia
Fonte: Estudios - Centro de Estudios Avanzados. Universidad Nacional de Córdoba Publicador: Estudios - Centro de Estudios Avanzados. Universidad Nacional de Córdoba
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 ES
Relevância na Pesquisa
36.32%
La economía feminista es una de las alternativas más recientes a la corriente tradicional de pensamiento en economía. En el presente artículo se exponen algunas de sus principales características, así como los aportes que dicha escuela puede hacer a la comprensión de la economía moderna. En particular, se plantea su posición respecto del agente económico racional, los métodos y la enseñanza de la economía. También se discuten algunas aplicaciones que ilustran de manera práctica el modo en el que es posible abordar el estudio de la economía teniendo presente la cuestión de género, incluyendo el concepto de provisión, la feminización en el mercado laboral y el sesgo de género en las cuentas nacionales.

Territorialidad, Estado-nación y economía nacional: Atisbos de una economía transregional en el mundo del siglo XXI

Palacios L.,Juan José
Fonte: Universidad de Guadalajara, Centro Universitario de Ciencias Sociales y Humanidades Publicador: Universidad de Guadalajara, Centro Universitario de Ciencias Sociales y Humanidades
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 ES
Relevância na Pesquisa
36.32%
La expresión economía internacional implica que los términos estado y nación son equivalentes y que lo internacional y lo nacional son los elementos de una dicotomía que no se discute. Se asume así que cada economía "nacional" está enteramente contenida en el territorio del estado-nación con el que se le identifica. Esta convención ha venido perdiendo sustento a consecuencia de los cambios en la espacialidad de las economías "nacionales" y en la estructura y el funcionamiento de la "economía internacional" que se ha operado en las últimas décadas. Por lo tanto, se avanza aquí el argumento de que las economías de los estados nación se han venido desacoplando de su correlato territorial, con lo que su carácter "nacional" se ha venido diluyendo y con ello la condición de "internacional" del conjunto de esas economías a medida que una nueva economía transregional se forma en el mundo. El propósito de este ensayo es desarrollar y sustentar ese argumento.

Karl Polanyi e o “Grande Debate” entre substantivistas e formalistas na antropologia econômica

Machado, Nuno Miguel Cardoso
Fonte: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações Publicador: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.32%
Na raiz do pensamento Polanyiano, encontra-se a distinção entre economia no sentido substantivo e economia no sentido formal. Com efeito, a concepção substantivista – que define a economia como um processo instituído de interação entre o homem e o ambiente natural e social que o rodeia e resulta em contínua oferta de meios para satisfazer as necessidades humanas – constitui a base do método preconizado pelo autor: a análise institucional. Com tal distinção, Polanyi (1977a) pretende evitar a “falácia economicista” que consiste na identificação automática da economia com sua forma de mercado. Ao contrário, só na moderna economia capitalista é que um “sistema de mercados formadores de preços” desempenha papel fundamental. Essas questões foram alvo de um “Grande Debate” entre as correntes substantivista – encabeçada por Polanyi – e formalista no contexto da disciplina da Antropologia EconômicaAbstract At the root of Polanyian thought, a distinction can be found between the substantive and formal concepts of the economy. In fact, the substantivist conception, that defines the economy as an instituted process of interaction between man and its natural and social environment, which results in a continuous supply of material means to meet human needs...