Página 16 dos resultados de 1151 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

O coelho bravo e zoonoses emergentes – Tularémia

Carvalho, Marieta
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior Agrária Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior Agrária
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
16.26%
O Coelho-bravo europeu (Oryctolagus cuniculus algirus) desempenha um papel preponderante nos nossos ecossistemas. Para além de “animar” a paisagem rural, gera muita riqueza às populações que vivem do negócio da caça, é um alimento para um número elevado de fauna selvagem como: o lince-ibérico (Lynx pardinus), a águia-imperial (Aquila adalberti), o lobo ibérico (Canis lupus), o javali (Sus scrofa), a raposa e outras espécies importantes para o equilíbrio da natureza. Em Portugal e país vizinho, as populações de coelho-bravo têm sofrido um declínio muito acentuado devido: ao êxodo rural, abandono das terras agrícolas, caça pelo Homem excessiva e o aparecimento de doenças. Entre as doenças mais comuns destacam-se as doenças virais como a Mixomatose e a Doença Vírica Hemorrágica (DHV). Nesta comunicação pretendemos alertar para um outro tipo de doença que é transmissível ao Homem - a Tularémia. A tularemia (febre do coelho, febre do moscardo) é uma infeção bacteriana causada pelo microrganismo chamado Francisella tularensis. As pessoas infetam-se com Francisella tularensis ao comer ou tocar em animais infetados.

Identificação e densidade das espécies flebotomínicas no concelho de Coimbra: vectores de leishmanioses

Pereira, Maria da Conceição de Almeida Nave
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.26%
As leishmanioses, actualmente consideradas como o terceiro grupo mais importante de doenças transmitidas por vectores, são doenças endémicas em 88 países, causadas por espécies de protozoários do género Leishmania. Conhecem-se cerca de trinta espécies de insectos flebotomíneos (Díptera: Psychodidae) que são vectores comprovados de Leishmania, pertencendo aos géneros Phlebotomus, no Velho Mundo ou Lutzomyia, no Novo Mundo. Além do homem, os hospedeiros vertebrados mais comuns incluem animais domésticos e silváticos. No sul da Europa, L. infantum é o agente causal de leishmaniose visceral, sendo o cão o principal reservatório no ciclo doméstico. Anualmente são reportados cerca de 700 casos humanos autóctones existindo uma seroprevalência de até 25% nos cães domésticos. As infecções por Leishmania são maioritariamente zoonoses rurais ou peri-urbanas de transmissão sazonal, com tendência a tornar-se cada vez mais suburbanas. Em anos recentes a doença reemergiu, afectando maioritariamente adultos co-infectados com Leishmania-vírus da imunodeficiência humana. Na Península Ibérica, os vectores mais estudados e que predominam são P. perniciosus e P. ariasi, tendo sido ambos encontrados infectados com Leishmania infantum. Em Portugal...

Revisão dos parasitas e outros agentes infecciosos que afectam as populações ibéricas de um carnívoro social - o texugo euroasiático (Meles Meles, Linnaeus 1758)

Rosalino, Luís Miguel
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 105724 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.26%
O texugo euroasiático é um dos carnívoros ibéricos passível de funcionar como reservatório de algumas zoonoses que podem afectar os animais domésticos, outros animais silvestres ou o Homem, cuja ecologia (ex. sociabilização) promove a manutenção e dispersão de algumas patologias. A listagem dos parasitas e das doenças infecciosas que afectam este predador na Europa foi já profundamente detalhada, mas nesses trabalhos há uma ausência quase completa de referências às populações ibéricas. Assim, o presente estudo tem como objectivo efectuar uma revisão bibliográfica dos trabalhos que mencionem o texugo como hospedeiro de ectoparasitas ou reservatório de outros agentes infecciosos, nomeadamente, pulgas (ex. Pulex), carraças (ex. Ixodes), piolhos (ex. Trichodectes),helmintos (ex. Mastophorus), bactérias (ex. Mycobacterium) e protozoários (ex. Toxoplama).; Revista Lusófona de Ciência e Medicina Veterinária

Estudo retrospectivo das doenças transmitidas por vectores – Babesiose, Ehrlichiose, Rickettsiose e Leishmaniose – em cães no concelho de Cascais

Moita, Mafalda Sofia de Melo
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.26%
As doenças transmitidas por vectores ocorrem pela picada, nomeadamente de mosquitos, flebótomos, ixodídeos e pulgas podem ser causadas por parasitas, bactérias ou vírus. Para além de algumas apresentarem prevalências elevadas e/ou serem endémicas, têm importância acrescida por muitas serem zoonoses. Nos últimos anos, tem havido uma emergência ou reemergência de algumas doenças, e muitas associadas a alterações epidemiológicas, sobretudo na sua expansão geográfica. Vários factores afectaram este fenómeno, especialmente o aumento da temperatura, que leva à alteração do microclima, biologia e comportamentos alimentares dos vectores, bem como as viagens de animais para zonas endémicas e a sua importação destas zonas. O objectivo do presente estudo foi conhecer e caracterizar a existência de doenças transmitidas por vectores no cão, numa clínica veterinária em Cascais, onde foram recolhidos dados retrospectivamente de 1 de Janeiro de 2010 e 29 de Fevereiro de 2012, e relacionou-se o seu diagnóstico com possíveis factores de risco, como a idade, a época do ano, sexo e raça. A amostra foi obtida através da base de dados da clínica, tendo sido analisados 42 cães com suspeita de Babesiose, 43 de Ehrlichiose...

Tuberculose em caprinos do semiárido brasileiro; Tubercolosis in goats from a semiarid region in Brazil

PIGNATA, W. A.; ALVES, C. J.; AZEVEDO, S. S.; PINHEIRO, Sonia Regina; VASCONCELLOS, Silvio Arruda; ALMEIDA, C. A. S.; DANTAS, A. F. M.; REMÍGIO, F. R.
Fonte: São Paulo Publicador: São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
16.26%
No período de janeiro a outubro de 2007, foram tuberculinizadas 1.866 fêmeas caprinas de diferentes raças e idades distribuídas em 84 propriedades da microrregião de Monteiro, semiárido da Paraíba. Nove cabras (0,48%) foram positivas, duas delas foram sacrificadas e, à necropsia foram observadas lesões sugestivas de tuberculose nos pulmões e no fígado. No exame histopatológico, foram evidenciados granulomas típicos. Foi procedido o cultivo e isolamento de micobactérias, sendo observado o crescimento do agente no meio de cultura de Stonebrink a partir de 36 dias de incubação, com um tempo médio de crescimento de 42 dias. Também foram encontrados resultados positivos na pesquisa de bacilos álcool-ácido resistentes (BAAR) pela coloração de Ziehl-Neelsen. O cultivo de Corynebacterium pseudotuberculosis foi negativo. O presente relato, com isolamento e visualização do agente, bem como verificação de lesões macro e microscópicas, é o primeiro caso de tuberculose confirmado em caprinos do semiárido brasileiro.; From January to October 2007, 1,866 female goats of different breeds and ages from 84 herds of the Monteiro microregion, in a semiarid area of Paraíba State, Brazil, were tuberculinized. Nine goats (0.48%) were positive and two of them were slaughtered...

Evaluation of the expression and protective potential of leptospiral Sphingomyelinases

CARVALHO, Eneas; BARBOSA, A. S; GÓMEZ, R. M; OLIVEIRA, M. L. S; ROMERO, E. C; GONÇALES, Amane Paldês; MORAIS, Zenaide Maria de; VASCONCELLOS, Silvio Arruda; HO, Paulo Lee
Fonte: New York Publicador: New York
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
16.26%
Leptospirosis is a zoonotic disease of global distribution, which affects both animals and humans. Pathogenic leptospires, the bacteria that cause this disease, require iron for their growth, and these spirochetes probably use their hemolysins, such as the sphingomyelinases, as a way to obtain this important nutrient from host red blood cells during infection. We expressed and purified the leptospiral sphingomyelinases Sph1, Sph2, Sph4, and SphH in a heterologous system. However, the recombinant proteins were not able to lyse sheep erythrocytes, despite having regular secondary structures. Transcripts for all sphingomyelinases tested were detected by RT-PCR analyses, but only Sph2 and SphH native proteins could be detected in Western blot assays using Leptospira whole extracts as well as in renal tubules of infected hamsters. Moreover, antibodies present in the serum of a human patient with laboratory-confirmed leptospirosis recognized Sph2, indicating that this sphingomyelinase is expressed and exposed to the immune system during infection in humans. However, in an animal challenge model, none of the sphingomyelinases tested conferred protection against leptospirosis; FAPESP; CNPq; Fundação Butantan

Proteome analysis of Leptospira interrogans virulent strain

VIEIRA, Mônica Larucci; PIMENTA, Daniel Carvalho; MORAIS, Zenaide Maria de; VASCONCELLOS, Silvio Arruda; NASCIMENTO, Ana Lúcia Tabet Oller do
Fonte: Gainesville Publicador: Gainesville
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
16.26%
Leptospirosis is a worldwide zoonotic infection of human and veterinary concern. Caused by pathogenic spirochetes of the genus Leptospira, the disease presents greater incidence in tropical and subtropical regions. The identification of proteins that could be involved in the bacteria host interactions may facilitate the search for immune protective antigens. We report the proteomic analysis of Leptospira interrogans serovar Pomona virulent strain LPF cultured from kidney and liver of infected hamsters. Total protein extracts were separated by two-dimensional gel electrophoresis (2-DE), 895 spots were analyzed by MALDI-TOF mass spectrometry (MS), and 286 were identified as leptospiral proteins, corresponding to 108 distinct proteins. These proteins are allocated in all the bacterial cell compartments and are distributed in every functional category. Furthermore, the previously described, known outer membrane proteins, OmpL1, LipL21, LipL31, LipL32/Hap-1, LipL41, LipL45, LipL46, LruA/LipL71, and OmpA-like protein Loa22 were all recognized. Most importantly, this research work identified 27 novel leptospiral proteins annotated as hypothetical open reading frames (ORFs). We report for the first time an array of proteins of the Leptospira expressed by virulent...

Hepatozoon canis infecting dogs in the State of Espírito Santo, southeastern Brazil

SPOLIDORIO, M. G; LABRUNA, Marcelo Bahia; ZAGO, A. M; DONATELE, D. M; KALIARI, K. M; YOSHINARI, Natalino Hajime
Fonte: Amsterdam Publicador: Amsterdam
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
16.26%
From May 2007 to March 2008, blood samples were collected from 92 healthy dogs living in 21 households (17 farms in rural area, and 4 homes in urban area) in 6 counties of the State of Espírito Santo, southeastern Brazil. In addition, ticks were collected from these dogs. A mean of 4.4 ± 3.0 dogs (range: 1 12) were sampled per household; 78 and 14 dogs were from rural and urban areas, respectively. Polymerase chain reaction (PCR) designed to amplify fragments of the 18S rDNA gene of Babesia spp or Hepatozoon spp revealed amplicons of the expected size in 20 (21.7%) dogs for Babesia, and 54 (58.7%) dogs for Hepatozoon. All Babesia-positive dogs were also Hepatozoon-positive. Among the 21 households, 15 (71.4%) from 3 counties had at least one PCR-positive dog, including 13 farms (rural area) and 2 homes (urban area). A total of 40 PCR products from the Hepatozoon-PCR, and 19 products from the Babesia-PCR were submitted to DNA sequencing. All generated sequences from Hepatozoon-PCR were identical to each other, and to corresponding 18S rDNA sequences of H. canis in GenBank. Surprisingly, all generated sequences from the Babesia PCR were also identical to corresponding 18S rDNA sequences of H. canis in GenBank. Dogs from 10 rural and 2 urban households were found infested by Rhipicephalus sanguineus ticks. Immature of Amblyomma cajennense ticks were found in dogs from only 4 rural households (also infested by R. sanguineus). All but one household with R. sanguineus-infested dogs had at least one Hepatozoon-infected dog. Statistical analysis showed that the presence of ticks (i.e. R. sanguineus) infesting dogs in the households was significantly (P < 0.05) associated with at least one PCR-positive dog. There was no significant association (P > 0.05) between PCR-positive dogs and urban or rural households. Canine hepatozoonosis caused by H. canis is a high frequent infection in Espírito Santo...

Empowerment como forma de prevenção de problemas de saúde em trabalhadores de abatedouros; Empowerment as a way to prevent work-related health conditions in slaughterhouse workers

Tavolaro, Paula; Pereira, Isabel Maria Teixeira Bicudo; Pelicioni, Maria Cecilia Focesi; Oliveira, Carlos Augusto Fernandes de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2007 POR
Relevância na Pesquisa
16.74%
O objetivo do artigo foi ressaltar a necessidade de esforços educativos que visem ao empowerment de funcionários de abatedouros, baseado nos principais problemas de saúde por eles enfrentados. A rotina em abatedouros consiste em tarefas estressantes e cansativas. As conseqüências incluem problemas músculo-esqueléticos, transmissão de zoonoses, problemas de pele e acidentes com materiais pérfuro-cortantes e animais. Esses trabalhadores geralmente não são especializados, não têm controle sobre suas tarefas, e podem não estar conscientes dos determinantes que afetam sua saúde. Os veterinários são geralmente responsáveis pela rotina de trabalho nesses locais e conhecem os riscos à saúde que a execução dessas tarefas representam. Portanto, esses profissionais poderiam participar mais ativamente na educação para o empowerment dos trabalhadores e não se concentrarem apenas em questões referentes à segurança alimentar.; The objective of the review was to emphasize the need for educational efforts aiming at the empowerment of slaughterhouse workers based on their major work-related conditions. Slaughterhouse work involves stressful and tiring tasks. These workers suffer from serious occupational injuries and health problems including musculoskeletal disorders...

Aspectos ecológicos da leishmaniose tegumentar americana: 1. estudo experimental da freqüência de flebotomineos a ecótopos artificiais com referência especial a Psychodopygus intermedius; Ecological aspects of American cutaneous leishmaniasis: 1. experimental study of the frequency of phlebotomine sandflies in artificial biotope with special reference to Psychodopygus intermedius

Gomes, Almério de Castro; Rabello, Ernesto Xavier; Santos, Jair Lício Ferreira; Galati, Eunice Aparecida Bianchi
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1980 POR
Relevância na Pesquisa
16.74%
A utilização de galinheiro como modelo experimental na observação do comportamento de Psychodopygus intermedius, desenvolvida na região do Vale do Ribeira, Estado de São Paulo, Brasil, revelou uma estreita associação entre o flebotomíneo e biótopo artificial estudado. Sua maior densidade à margem da mata sugeriu a hipótese de estar adaptado ao efeito marginal. As investigações em ambiente florestal e extraflorestal demonstraram sua nítida preferência pelo último. Diversos aspectos discutidos explicam parcialmente a ocorrência de leishmaniose tegumentar nesse Estado.; The use of chicken roosts as experimental models for observing the behavior of Psychodopygus intermedius in the Ribeira River Valley region of the State of S. Paulo (Brazil), showed that there is a close association between the biotope studied and the phlebotomine sandfly. Its greater frequency along the edge of woods suggested the hypothesis of its adaptation to the edge effect. Investigation of forest and extraforest environments showed the fly's clear preference for the latter. Several of the aspects discussed in the paper partially explain the occurrence of cutaneous leishmaniasis in S. Paulo State.

Avaliação de reativos padrões para provas de Imunodifusão Radial. Controle in vitro de vacinas antirrábicas; Evaluation of standard reagents for radial-immunodiffusion assays. In vitro control of rabies vaccines

MICELI, Graciela S.; TORROBA, Jorge; TORRES, Walter; ESTEVES MADERO, Jorge; DÍAZ, Ana Maria
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2000 ENG
Relevância na Pesquisa
16.74%
A prova de Imunodifusão Radial (IDR) é um método in vitro conveniente para determinar a concentração de antígenos no produto final como um todo, de vacinas anti-rábicas para uso veterinário. Os reativos padrões candidatos para uso na prova IDR, proposta para o controle de processo de vacinas de cultivo celular, elaboradas na América Latina e Caribe, foram produzidos e padronizados no Instituto Panamericano de Proteção de Alimentos e Zoonoses (INPPAZ). A validação dos padrões e o controle de qualidade de 28 lotes de vacinas anti-rábicas, de diferentes procedências, foram realizados na Faculdade de Ciências Veterinárias da Universidade de La Plata, Argentina (UNLP). Todas as vacinas foram elaboradas com virus rábico cepa Pasteur (PV) em células BHK e sua atividade foi determinada através de provas in vivo (NIH) e in vitro (IDR). Os resultados dos reativos, candidatos para as provas de padronização, demonstraram estabilidade, sensibilidade e reprodutibilidade. Por análise de variância e de regressão foi estimada a potência relativa de 1.2 entre as vacinas problemas e a vacina de referência. Os resultados deste estudo de validação indicam que o INPPAZ, está em condições de elaborar e distribuir os reativos padrões acima mencionados e apoiar a adoção da técnica de IDR (sensível...

WATER FROM DIFFERENT SOURCES USED FOR THE IRRIGATION OF VEGETABLES TO BE MARKETED: RESEARCH ON Cryptosporidiumspp., Giardiaspp., AND COLIFORMS IN PARANA, BRAZIL; Água de diferentes fontes utilizadas na irrigação de hortaliças comercializadas: pesquisa de Cryptosporidiumspp., Giardiaspp., e coliformes, Paraná, Brasil

TIYO, Rogerio; SOUZA, Carla Zangari de; NISHI, Letícia; BRUSTOLIN, Camila Fernanda; RATTI, Bianca Altrão; FALAVIGNA GUILHERME, Ana Lucia
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2015 ENG
Relevância na Pesquisa
16.74%
The aim of this work was to compare, from a parasitological ( Cryptosporidiumspp. and Giardia duodenalis), bacteriological (total and thermotolerants coliforms) and physicochemical perspective, water sources used for drinking and irrigation of vegetables intended to be sold for human consumption. From January 2010 to May 2011, samples of different water sources from vegetable producing properties were collected; 100 liters for parasitological analysis, 200 mL for bacteriological analysis, and five liters for physicochemical analysis. Water samples were filtered under vacuum with a kit containing a cellulose acetate membrane filter, 1.2 µm (Millipore(r), Barueri, SP, Brazil). The material retained on the membrane was mechanically extracted and analyzed by direct immunofluorescence (Merifluor(r)kit). From 20 rural properties investigated, 10 had artesian wells (40 samples), 10 had common wells (40 samples), and one had a mine (four samples), the latter contaminated by Cryptosporidiumspp. In samples from artesian wells, 90 to 130 meters depth, 42.5% were positive for total coliforms and 5.0% were identified to have abnormal coloration. From the samples of common wells, 14 to 37 meters depth, 87.5% were contaminated with total coliforms...

Soroprevalência de toxoplasmose em comunidade de baixa renda da municipalidade de São Paulo, SP, Brasil; Seroprevalence of toxoplasmosis in a low-income community in the São Paulo municipality, SP, Brazil

Francisco, Fabio de Moraes; Souza, Silvio Luís Pereira de; Gennari, Solange Maria; Pinheiro, Sonia Regina; Muradian, Vanessa; Soares, Rodrigo Martins
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2006 ENG
Relevância na Pesquisa
16.74%
A toxoplasmose é uma das zoonoses mais comuns em todo o mundo. Estima-se que a soroprevalência desta enfermidade na população humana do Brasil esteja entre 40 e 80%. O objetivo deste estudo foi estimar a soroprevalência para a infecçção pelo T. gondii em crianças entre um e 15 anos de idade em uma comunidade de baixa renda denominada comunidade Jardim São Remo, durante o ano de 2002. A comunidade estudada localiza-se na região Oeste do município de São Paulo, no estado de São Paulo, Brasil. Anticorpos contra T. gondii foram encontrados em 110 (32,4% IC 95%: 27.5 - 37.7) das 339 crianças submetidas ao teste de imunofluorescência indireta. A titulação das amostras revelou 29 amostras com título igual a 16, 14 crianças com título igual a 32, 18 crianças com título 64, 21 crianças com título 128, 20 crianças com título 256 e oito crianças com título maior ou igual a 512. A relação entre a idade das crianças e soroprevalência para toxoplasmose e a associação positiva entre soroprevalência para T. gondii e soroprevalência para T. canis sugere que a infecção ocorre principalmente após o nascimento. A soroconversão na população infantil da comunidade Jardim São Remo ocorre em crianças a partir de dois anos de idade...

A construção do conhecimento do indivíduo no processo de sensibilização-conscientização -ação sobre a hantavirose e a oportunidade para o controle e a prevenção de zoonoses emergentes: a experiência da hantavirose em Santa Catarina/Brasil; The construction of the individual's knowledge in the process of sensitization-awareness raising-action about hantavirus disease and the opportunity to control and prevent emerging zoonoses: the experience of hantavirus disease in Santa Catarina/Brazil

Schmidt, Rosana Andreatta Carvalho
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2007 POR
Relevância na Pesquisa
16.74%
Este artigo descreve a trajetória da descoberta da Hantavirose no estado de Santa Catarina, no Município de Seara, no ano de 2000. Uma investigação epidemiológica dessa primeira ocorrência proveu dados e informações para pesquisa realizada a posteriori. O estudo realizado teve o intuito de analisar a Hantavirose como caso específico de doença emergente, relacionando-a com as suas condições de surgimento, passíveis de intervenção. Por meio de entrevistas semi-estruturadas com atores envolvidos na investigação, foram identificados aspectos relevantes para práticas da Saúde Pública. O pequeno aproveitamento dos dados de uma investigação epidemiológica; o pouco investimento em ações preventivas pelo Estado após a emergência; e a impessoalidade dos profissionais de saúde envolvidos a contribuir para a responsabilização dos indivíduos afetados constituíram elementos indicativos de que não há orientação e controle de forma contínua ou mesmo um auxílio real aos indivíduos/comunidades necessitadas. Dessa forma é praticamente impossível que as ações sanitárias sejam bem-sucedidas. Conclui-se que o Programa de Saúde na Família, de estratégia dinâmica e participativa, é um dos elementos fundamentais no processo de construção do conhecimento de cada indivíduo com importância inegável nas orientações diante da emergência da Hantavirose. Paralelo ao programa faz-se necessária a elaboração de projetos educacionais direcionados às escolas e de um cronograma de palestras para as associações de bairros...

Detection of anti-Toxoplasma gondii antibodies in beef cattle slaughtered on Guarapuava city, Paraná State, Brazil.; DETECÇÃO DE ANTICORPOS CONTRA Toxoplasma gondii EM BOVINOS DE CORTE ABATIDOS EM GUARAPUAVA, PR, BRASIL

Moura, Anderson Barbosa de; Universidade Est. Santa Catarina; Osaki, Silvia Cristina; UFPR - Campus Palotina; Zulpo, Dauton Luiz; UEL; Garcia, João Luís; UEL; Teixeira, Everton Borba; UDESC
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 04/11/2010 POR
Relevância na Pesquisa
16.74%
Com os objetivos de determinar a ocorrência de anticorpos contra Toxoplasma gondii em gado de corte da região de Guarapuava, Paraná e de correlacionar esta com a idade, o sexo e a raça dos animais, amostras de sangue de 250 bovinos foram obtidas e enviadas ao laboratório de Zoonoses e Saúde Pública do Departamento de Medicina Veterinária Preventiva da Universidade Estadual de Londrina. Após obtenção dos soros, estes foram armazenados a -20ºC, até a realização dos exames. A detecção de anticorpos anti-T. gondii foi realizada utilizando-se a Reação de Imunofluorescência Indireta (cut off ≥1:64). Os dados foram tabulados e analisados por meio dos testes exato de Fisher e de qui-quadrado (p≤0,05) para correlacionar os resultados da sorologia com as variáveis analisadas. Das 250 amostras de soro avaliadas, 77 (30,8%) foram positivas para T. gondii. Os títulos obtidos foram 1:64 (70) e 1:256 (sete). Os resultados demonstram ampla distribuição do protozoário entre os rebanhos bovinos de corte na região de Guarapuava, PR. Animais soropositivos estavam presentes em 56% (14/25) das propriedades avaliadas. Animais sem raça definida apresentaram maiores índices de soropositivos para T. gondii (P=0...

Fundamentos econômicos para a decisão de alocação de recursos público e privado em políticas zoosanitárias

Carlos André da Silva Müller; Universidade Federal de Rondônia; Fátima Marília Andrade Carvalho; Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Fonte: Revista de Administração e Negócios da Amazônia Publicador: Revista de Administração e Negócios da Amazônia
Tipo: Artigo Avaliado por Pares;
Publicado em 04/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
16.74%
Questões zoosanitárias podem ser subdivididas em dois grupos; zoonoses regulamentadas pelo Acordo SPS, objeto de  debates políticas em nível nacional e internacional; e aquelas que não são alvo  deste Acordo. Apesar da importância a respeito do tema, observa-se uma carência de estudos aplicados em âmbito nacional sob a perspectiva econômica. Assim, o objetivo  deste artigo foi abordar o tema sob essa ótica e, para essa finalidade, argumentos fundamentados na teoria econômica sobre bens públicos, externalidades, avaliações econômicas foram apresentados de acordo com as características das zoonoses e ecossistema em estudo para que, tais fundamentos, possam apoiar a decisão de como o financiamento de políticas desta natureza deve ser compartilhado entre setores público e privado.

Fundamentos econômicos para a decisão de alocação de recursos público e privado em políticas zoosanitárias

Carlos André da Silva Müller; Universidade Federal de Rondônia; Fátima Marília Andrade de Carvalho; Centro Universitário UNA
Fonte: Revista de Administração e Negócios da Amazônia Publicador: Revista de Administração e Negócios da Amazônia
Tipo: Artigo Avaliado por Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 26/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
16.74%
Questões zoosanitárias podem ser subdivididas em dois grupos; zoonoses regulamentadas pelo Acordo SPS, objeto de debates políticas em nível nacional e internacional; e aquelas que não são alvo deste Acordo. Apesar da importância a respeito do tema, observa-se uma carência de estudos aplicados em âmbito nacional sob a perspectiva econômica. Assim, o objetivo deste artigo foi abordar o tema sob essa ótica e, para essa finalidade, argumentos fundamentados na teoria econômica sobre bens públicos, externalidades, avaliações econômicas foram apresentados de acordo com as características das zoonoses e ecossistema em estudo para que tais fundamentos possam apoiar a decisão de como o financiamento de políticas desta natureza deve ser compartilhado entre os setores público e privado

Risk, knowledge and preventive measures of smallholder dairy farmers in northern Malawi with regard to zoonotic brucellosis and bovine tuberculosis

Tebug,Stanly Fon; Njunga,Gilson R; Chagunda,Mizeck G.G; Mapemba,Jacob P; Awah-Ndukum,Julius; Wiedemann,Steffi
Fonte: Onderstepoort Journal of Veterinary Research Publicador: Onderstepoort Journal of Veterinary Research
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2014 EN
Relevância na Pesquisa
16.74%
Milk production using local cattle breed-types is an age-old practice in Malawi. Although dairy farming is becoming more common as a result of the increasing population and demand for milk and milk products, there is limited knowledge of the farmers' awareness of zoonotic disease risks, their preventative practices and the disease burden in animals. This study determined dairy farmers' general knowledge of zoonoses, assessed their risks for infection with zoonotic bovine tuberculosis (bTB) and brucellosis, and evaluated farm practices to prevent disease transmission. A questionnaire was drawn up and administered by the authors. It was used to collect information about the knowledge and preventive practices of 140 out of 684 registered dairy farmers at Mzuzu Agricultural Development Division, northern Malawi. During a second visit to 60 out of the 140 farms, a total of 156 and 95 cattle were tested for brucellosis and tuberculosis, respectively. Most farmers (77.1%) knew or had heard of zoonotic diseases, whilst 75.0% correctly named at least one zoonotic disease. More survey participants named tuberculosis as a zoonotic disease compared to brucellosis (74.3% versus 2.9%). The most commonly named means of transmission were milk (67.0%) and meat (56.0%). Almost all survey participants (96.4%) practised at least one farm activity that could lead to potential transmission of brucellosis or bTB...

The business case for One Health

Grace,Delia
Fonte: Onderstepoort Journal of Veterinary Research Publicador: Onderstepoort Journal of Veterinary Research
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2014 EN
Relevância na Pesquisa
16.74%
This article outlines a pathway to develop the business case for One Health. It describes the origin and development of One Health and then identifies five potential areas where One Health can add value and reduce costs. These are: (1) sharing health resources between the medical and veterinary sectors; (2) controlling zoonoses in animal reservoirs; (3) early detection and response to emerging diseases; (4) prevention of pandemics; and (5) generating insights and adding value to health research and development. Examples are given for each category along with preliminary estimates of the potential savings from adopting the One Health approach. The literature reviewed suggests that one dollar invested in One Health can generate five dollars worth of benefits and a global investment of US$25 billion over 10 years could generate benefits worth at least US$125 billion. Conservation implications: the time has come to make the bigger case for massive investment in One Health in order to transform the management of neglected and emerging zoonoses and to save the lives of millions of people and hundreds of millions of animals whose production supports and nourishes billions of impoverished people per annum.

A socio-economic approach to One Health policy research in southern Africa

Kayunze,Kim A.; Kiwara,Angwara D.; Lyamuya,Eligius; Kambarage,Dominic M.; Rushton,Jonathan; Coker,Richard; Kock,Richard; Rweyemamu,Mark M.
Fonte: Onderstepoort Journal of Veterinary Research Publicador: Onderstepoort Journal of Veterinary Research
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 EN
Relevância na Pesquisa
16.74%
One-health approaches have started being applied to health systems in some countries in controlling infectious diseases in order to reduce the burden of disease in humans, livestock and wild animals collaboratively. However, one wonders whether the problem of lingering and emerging zoonoses is more affected by health policies, low application of one-health approaches, or other factors. As part of efforts to answer this question, the Southern African Centre for Infectious Disease Surveillance (SACIDS) smart partnership of human health, animal health and socio-economic experts published, in April 2011, a conceptual framework to support One Health research for policy on emerging zoonoses. The main objective of this paper was to identify which factors really affect the burden of disease and how the burden could affect socio-economic well-being. Amongst other issues, the review of literature shows that the occurrence of infectious diseases in humans and animals is driven by many factors, the most important ones being the causative agents (viruses, bacteria, parasites, etc.) and the mediator conditions (social, cultural, economic or climatic) which facilitate the infection to occur and hold. Literature also shows that in many countries there is little collaboration between medical and veterinary services despite the shared underlying science and the increasing infectious disease threat. In view of these findings...